Anúncio

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Sobre a mostra 'Queermuseu' do Banco Santander


Se você quiser saber o que está por trás da polêmica — para dizer o mínimo — exposição "Queermuseu", cancelada pelo Banco Santander, depois de grande reação da população, leia a excelente obra Famílias em Perigo: o que todos devem saber sobre a Ideologia de Gênero, de Marisa Lobo.

Lobo é uma psicóloga cristã especialista em Ideologia de Gênero. Ela tem defendido a família tradicional nesses tempos tão difíceis, em programas de TV e rádio, na Internet, dando palestras nas igrejas etc. Não conheço, aliás, mesmo considerando obras em outros idiomas, um livro tão completo sobre esse assunto como a dessa serva do Senhor.

Como parte da perniciosa Ideologia de Gênero, a teoria Queer, baseada na filosofia de Michel Foucault, visa à desconstrução da família conforme o modelo estabelecido por Deus. Estejamos atentos. #FicaADica


Ciro Sanches Zibordi

5 comentários:

Anônimo disse...

E A CGADB CALADA COMO Ñ VIVESSE NESSE MUNDO.

Gabriel disse...

A Dra. Marisa Lobo é TOP! Tenho esse livro e o outro livro dela: Ideologia de gênero na educação. Os dois livros são muito bons...

Anônimo disse...

Ao caro anônimo (como eu,mas diferente rsrs) que falou da cgadb. Comentário vazio, sem argumento e raivoso. Se soubesse o mínimo sobre a cgadb não diria isso pelo menos elevaria o nível do comentário.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Concordo. Mas, por que ambos não se identificam?

CSZ

joel monteiro disse...

Bom dia a todos. É vrdd! Qual a razão que os leva a ficarem anônimos? Qndo se trata de um assunto relevante aos cuidados com familia, aliás todos fazemos parte de uma. Não devemos ter medo ou vergonha de nos indentificar.acredito que cgadb e outras convençoes, apesar de uma visivel crise ideologica institucional dentro de nossas denominações. Estão empenhadas em trabalhar em prol das famílias. É preoculpante o crescimento avassalador que essa ideologia vem tomando em meio a nossas ceianças. Nós como paí e mãe temos a chançela de cobrar de nossos educadores , mais respeito com nossos filhos. Pois o direito de de educalos é nosso, ficando pra escolas , apenas a tarefa de complementar o ensino. Temos acho e femea dentro de nossas casas e não precisamos de pessoas descomprometidas com a verdade, a passarem uma fantasia pra nossos filhos. Fantasia essa que corrompe e destroe.