quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Nova aberração pseudopecontecostal: derramar óleo sobre a cabeça


Muitos pregadores, ignorando que a Bíblia é a nossa regra de fé, de prática e de viver, estão agindo por conta própria. E, quando são questionados, dizem: “Não podemos pôr Deus em uma camisa de força”. Esses “ungidos” deveriam atentar para o que está escrito em 1 Coríntios 14.37: “Se alguém cuida ser profeta ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor”. Afinal, se não quisermos ser guiados e controlados pela Palavra (Sl 119.105), para quê serve este livro?

Neste breve artigo, quero discorrer um pouco sobre o uso indevido da unção com óleo. Há igrejas e ministérios da atualidade empregando-a de modo indiscriminado, 
dando de ombros” para o que as Escrituras ensinam. Escrevo este texto na esperança de poder lançar luz sobre esse assunto, desmistificando-o, a fim de ajudar quem tem desejo de agir segundo o que está escrito (1 Co 4.6; 15.3,4).

Em primeiro lugar, de acordo com a Palavra de Deus, a unção com óleo, para nós, que somos a Igreja neotestamentária, aplica-se somente aos enfermos. E apenas os ministros estão autorizados a ungir (os enfermos, repito). 
Em Marcos 6.13 vemos que somente os apóstolos do Senhor ungiam. Tiago, por conseguinte, ao mencionar presbíteros (5.14,15), referiu-se aos ministros chamados por Deus, vedando essa prática aos membros. 

Certos pregadores, que não querem obedecer aos mandamentos de Deus, têm afirmado que os crentes devem ungir casas, carros, objetos, etc. Pasme! Em alguns encontros de casais pseudo-evangélicos, “pastores terapeutas” estão ensinando pessoas a ungirem os órgãos genitais!

Alguns 
“ungidos” ungem até cidades! Um deles contou, recentemente, que, ao chegar a uma cidade, Deus lhe revelou uma nova estratégia de evangelização — percorrer a cidade inteira de carro, derramando azeite por onde passasse. Haja azeite! Se essa é a solução, como ungir uma cidade grande como o Rio de Janeiro?! E se alguém resolver ungir todo o Brasil?!

Há alguns anos, seguidores de um grupo “evangélico” resolveram, num “ato profético”, escalar e ungir o Dedo de Deus, na região serrana do Rio de Janeiro. Segundo eles, esse pico é um chamariz da presença de Deus. Além disso, bem próximo dele há outro que, de tão parecido, chega a se confundir com ele — a Agulha do Diabo, que também deveria ser ungido. Com isso, declararam “profeticamente” que o Estado pertence ao Senhor e que toda ação diabólica foi quebrada!

Os exageros são tantos que tenho ouvido falar até de pastores que enterram latas de óleo ou garrafas de azeite em montes, onde eles permanecem orando por algum tempo. Depois disso, desenterram o produto e o empregam para “curar” enfermos em suas campanhas de milagres, bem como ungem casas, carros, carteiras de trabalho, etc.

Como se não bastasse tudo o que já mencionei, ultimamente certos “ungidos” resolveram derramar uma grande quantidade de óleo sobre a própria cabeça... Se o leitor duvidar, procure os vídeos na Internet. Resolvi não inseri-los aqui para não expor as pessoas.

Ora, qual dos apóstolos do Senhor Jesus derramou óleo sobre a própria cabeça, ao andar na terra? Paulo, que disse “Sede meus imitadores, como eu sou de Cristo” (1 Co 11.1), derramou óleo sobre a cabeça para dizer que é verdadeiramente ungido?

Nos tempos da Antiga Aliança, reis, profetas, sacerdotes e coisas (colunas, objetos, etc.) eram ungidos (Gn 31.13; Êx 30.26-30; 40.15; 1 Sm 10.1; 1 Rs 19.16; Sl 133). A unção simbolizava consagração de pessoas ou coisas ao Senhor. Mas, no Novo Testamento, Jesus afirmou, após ter lido um trecho de Isaías (61.1-2), que a profecia quanto à unção do Espírito sobre a sua vida tinha se cumprido (Lc 4.18-21). Deus o ungira, no plano espiritual, e isso em si já era o bastante para o cumprimento de sua missão na Terra (At 10.38).

Quanta invencionice, nesses últimos dias! Onde vamos parar? Mas quem tem a unção do Santo (1 Jo 2.20) não se deixa enganar. Que o Senhor nos ajude a aprender, a cada dia, que o Evangelho nada tem a ver com o misticismo. O Evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê!

Ciro Sanches Zibordi

53 comentários:

Luciano Santos disse...

Perfeito comentário do Pastor Ciro! Infelizmente nós que defendemos a "SOLA SCRIPTURA" somos criticados e rechaçados dentro das igrejas. Um dia ao lecionar a revista da EBD falando sobre unção com óleo e "água ungida" fui muito criticado e afastado da função. Ainda bem que existem muitos Elias que nao aceitam se curvar diante desses profetas de baal!

Dedé disse...

Estou impressionado... sem palavras. =/

Sérgio Fernandes disse...

Pastor Ciro, mais uma vez o sr. soube defender a fé que uma vez nos foi dada com clareza e precisão. Que Deus continue abençoando sua vida ricamente!

Keila e Tiago disse...

Éh pastor Ciro e amados irmãos, os pregadores do "evangelho" atual mundano estão indo cada vez mais além das Escrituras, errando e levando muitos ao mesmo erro.

Essa heresia do "óleo da unção" é um exagero!

Mas, que Deus possa ter misericórdia dessas pessoas, tirando-lhes as escamas dos olhos para que enxerguem as Escrituras como ela é verdadeiramente, e de nós também, para que não sejamos levados pelo vento de tais doutrinas.

Em Cristo,

Tiago Baldo

Luciano de Paula Lourenço disse...

O que esses falsos pastores estão fazendo é um tremendo desserviço ao reino de Deus. Eles envergonham o Corpo de Cristo(a Igreja). São falsos profetas que seduzem os incautos na busca frenética de enriquecimento. A sedução teológica é a mais perigosa e sutil das tentações; porque advém de pessoas que estão infiltradas em nosso meio, se dizem “profetas”, que demonstram conhecer a Bíblia. O diabo conhece a Bíblia, mas ele a torce e a usa para seduzir, para tentar; foi assim com Eva no Éden; foi assim que ele conseguiu interromper a jornada espiritual de muitas pessoas. Ele queria interromper a Obra de Jesus, só que se deu mal, muito mal! O primeiro livro dos reis de Israel registra um episódio em que um profeta foi capaz de rejeitar riquezas e glórias por fidelidade a Deus, mas não conseguiu escapar da sedução teológica. Ele morreu porque acreditou que o profeta velho que lhe falava em nome de Deus era verdadeiramente um enviado de Deus (1Rs 13:1-32). Muitos que se dizem cristãos têm se desviado da sua fidelidade a Deus porque dão ouvidos àqueles que falam em nome de Deus, mas torcem as Escrituras. Falam em nome de Deus, mas estão a serviço do inimigo usando a Bíblia para tentar e não para edificar. Que Deus proteja os féis servos de Deus destes falsos pastores.
Parabéns, pr. Ciro por alertar aqueles que servem a Jesus Cristo e tem a Bíblia como regra de fé e prática.
Com nojo destes travestis,
Luciano Lourenço

Luciana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana disse...

Que triste até chorei de vir isso.
E por que não exite fiscais pra fiscalizar as igrejas. Pelo que sei Paulo ia nas igrejas que davam problemas...e vivia escrevendo cartas para orientações das mesmas.
Hoje em dia com tanta tecnologia, é impossivel os lideres não saberem o que acontecem nas igrejas administradas por eles (do seu setor ou campo). Mesmo assim nas nossas Assembleias vivem acontecendo coisas anti-biblicas. E esse Pastores?...Por que ainda pregam em nossas igrejas? Só por que é biblico que as coisas vão ficar piores eles acham que não podem fazer nada? Não é o seu caso Pastor Ciro que graças a Deus tem feito um ótimo trabalho, e nos edificando cada vez mais. Mas os lideres de suas igrejas tem obrigação de fazer alguma coisa.


Luciana.

Elder Dayvid Morais disse...

Graça e paz, Pr. Ciro. É como eu comentei no blog do Pr. Altair Germano, tais modismos mais fazem mal que bem. É lamentável o que temos visto... Essas mazelas se propagam de maneira surpreendente, aqui no Equador, a "unção do cai-cai", danças mundanas e falsas doutrinas estão atrapalhando muito o desenvovimento e pregação do genuíno Evangelho. Por isso, pedimos aos amados que continuem orando por nós. Deus abençoe a todos plenamente!

Zilton Alencar disse...

Aos que afirmam de forma leviana que "não podemos por Deus em camisa de força", respondo: CONCORDO COMPLETAMENTE com vocês. O problema é que esta é uma meia verdade. Não somos nós, meros mortais, quem limitamos a ação de Deus, mas Ele mesmo na Escritura. Foi Ele quem disse que as coisas de Deus devem ser feitas com ordem e decência. Foi Ele quem afirma que a ordem para unção é dada por ele ao profeta, e nunca ao ungido (pelo menos no AT, já que no NT não existe unção com óleo, senão para enfermos). Foi ele que ordenou que não ultrapassássemos o que está escrito.

Agora, se vocês não querem dar crédito às Escrituras, aí é outro assunto...

Anônimo disse...

Ola, já li na net, que o azeite/oleio no novo testamento, significa remédio.

ou Seja, Os presbítero, da o remédio e ora.

faz sentido?

ROBSON SILVA disse...

Paz, amigo!

Logo logo teremos uns loucos dizendo que receberam a unção da "imaculada" da "santa"... Tudo porque o retardado do "pregador" usou azeite "extra virgem" ou óleo composto MARIA... kkk!

"Santa" invencionice...

Abraços!

Domenico Ieracitano disse...

Pr. Ciro. Q a Paz de Deus esteja convosco.
Sou um admirador (não adorador) seu, e estou interessado em comprar alguns de seus livros.
Já enviei um email, mas não obtive resposta sua, então quero usar esse canal para pedir um retorno de vossa parte.
Entendo que és um homem muito ocupado, e, por isso, humildemente peço que entre em contato comigo pelo email ieracitano@gmail.com quando puder.

Obrigado!

Deus o abençoe.

Áleckson Marcos disse...

Amado irmão Ciro, não é exagero insistir que muitas igrejas já aderiram ao Espiritismo e Esoterismo.Quando o irmão fala de enterrar óleo, chego a uma triste conclusão de que já estão trazendo o Ocultismo para dentro das nossas igrejas.Na Magia Negra os objetos consagrados aos demônios também são enterrados.No Ocultismo os amuletos têm uma energia cósmica e que pode ser manipulada.O óleo da unção está sendo manipulado como se nele houvesse um poder sobrenatural de realizar milagres, ou melhor, bruxarias!E aos poucos estamos nos aproximando do Esoterismo(nos bastidores da auto-ajuda), Espiritrismo(candomblé)e o Ocultismo.Isso é vexatório, mas é verdade.

Pastor Marcílio disse...

Lamentável onde estamos chegando. oremos pelos líderes brasileiros

Casal 20 disse...

Parabéns, Pastor Ciro! Por estar denunciando essa água benta evangélica!

Abraços sempre afetuosos.

Gilmar Valverde disse...

Caro Pr. Ciro,

Quando vemos o vídeo de um deles (talvez o mais conhecido), fica claro três coisas lamentáveis (entre outras): falta de exposição da Palavra de Deus, comportamento de show-man e o povo agindo de modo vibrante ante os equívocos dele, sem discernir, à luz da Bíblia, as suas práticas como bem faziam os bereanos (At 17.11).

Aproveitando o momento, quero lhe dizer que a unção com óleo tem sido usada em algumas igrejas, como a minha, para separar obreiros ao diaconato e ao santo ministério, o que também é outro equívoco.

Em Cristo,

Gilmar

Anônimo disse...

Saudações em cristo!, prezado Pr. Ciro gostaria de lhe fazer uma pergunta que já me fizeram.
Somente um crente pode ser ungido com óleo?, respondi que a unção com óleo era para ser ministrada somente sobre uma pessoa que já é salva, visto que o óleo representa o Espírito Santo, e a pessoa precisa primeiro ser liberta para depois ser ungida.
Por gentileza respondi certo?, o que o senhor acha sobre isso?.

E o novo livro "Erros escatológicos que os pregadores devem evitar" quando sai?, já estou com o dinheiro reservado para comprar rrsrsrsrsrs, estou ansioso por seu lançamento.

Abraços no amor de Cristo - Pb. João Eduardo Silva - AD Min. Belém - SP.

Jeanderson Alves disse...

Muito bom esse artigo pastor Ciro, gostei muito, é muito esclerecedor. que Deus continue te usando para nosso proveito e crescimento espiritual, ah! estou aguardando ansioso o lançamento de seu novo livro, por favoe nos avise com antecedencia, Obrigado!

HARLLAN CABRAL REGO disse...

Graça e Paz pastor Ciro, gosto muito dos seus cometários, concerteza existe muitas coisas errados concordo plenamente mas teve ai algumas afirmações, que eu fiquei de olho aberto, o Oleo sempre foi usado pra simbolizar a Unção. Essa de Oleo só é usado somente pra infermos foi uma conclusão pessoal sua. Certo que la só fala do Oleo com respeito aos Infernos no Novo testamento, mas não fala que não deve ser usado para outro tipo de Ocasião, mas pra ser sincero tem muita coisa errada mesmo atualmente, porém eu creio na Unção do Espírito Santo, sí alguns usarem o Óleo como um ato símbolico na oração não vejo na Bíblia nada que proíba me corrija se eu estiver errado, eu aceito sua Opinião contra ou a favor.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Harllan,

Nada do que está escrito no artigo acima é opinião minha. Na verdade, eu apenas expus a Palavra de Deus. Se o irmão não quiser aceitar o que a Bíblia diz, isso é um direito que lhe assiste.

Que Deus o abençoe.

CSZ

Jesielpadilha disse...

Este fato e um palco. O que esta por traz do palco?
Impressionar incautos para lhes arrancar o dinheiro.
O pior e que o heresiarca tem um cargo na CGADB na conissao de apologetica que e um braco do Conselho de doutrina

Anônimo disse...

Pastor Ciro, infelizmente este é nosso ¨cenário espiritual¨de hoje, conheço uma Irmã que foi consagrada ¨Pastora¨ e que manda as próprias crianças pegarem óleo e ungirem a geladeira, o fogão, armários da cozinha e assim por diante...Que tipo de lideres espirituais estão sendo consagrados?Pessoas que não tem nenhum conhecimento da Palavra de Deus, e levando junto com eles inúmeras pessoas a perdição!!! Que Deus venha usar de misericórdia com eles, que ainda tenham tempo de se arrepender e verdadeiramente se tornarem seguidores de Cristo!

fernando pinheiro disse...

o que diriam Daniel Berg e Gunnar Vingren?

forte abraço ao Pr. Ciro

fernando pinheiro
de Sorocaba, SP

Matheus Carrel disse...

OI pastor Ciro tdb?
Pra mim isso é novidade !!! Nunca tinha visto isso antes...
Falando em aberração, está também dissiminando no meio evangelico essa história de que todo cristão deve estar debaixo da cobertura espiritual do seu pastor.E eles isolam textos biblicos para provarem isso.
Vc já ouviu falar disso?
.
.
Fique com Deus !!!
T+++

fernando pinheiro disse...

ah não! era só o que faltava, tem cargo na CGADB!
bom, acho que agora é cada um por si e Deus por todos.
se bem que o requsito para o ministério é estar em dia com o dízimo, pelo menos foi a única consulta que me tomaram, aí tá o resultado

fernando pinheiro disse...

desculpem a insistência, não aguento essas coisas!

extraído do site da CGADB

COMISSÃO DE APOLOGÉTICA

A Comissão de Apologética é composta de onze membros, sendo três da região sudeste, e dois das demais regiões, escolhidos dentre os ministros de notável conhecimento bíblico e apologético que representem o pensamento das Assembléias de Deus no Brasil, indicados pelo Presidente da CGADB durante o período da AGO e por esta referendados. A Comissão de Apologética terá um Presidente, um Vice-Presidente, um Secretário e um Relator, escolhidos dentre os seus membros.


não...ele não representa o pensamento das Assembléias de Deus no Brasil!

Anônimo disse...

Fabio Pinheiro
Sorocaba, SP (minha cidade maravilhosa) rsrsrsrs

Pr Ciro, a coisa tá feia.
Irmãos, desculpe a minha estupidez, to com vontade de bater nesses caras com gato morto até o gato miar. Entendeu?
Ah, tô cada vez mais angustiado com essa palhaçada no nosso meio.
Tô ficando com raiva, gente me perdoem.
quanta palhaçada!!!
Me perdoem.

O BLOG DA VERDADE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renato Vargens disse...

Querido amigo e irmão Ciro,

Morro e não vejo tudo. Quanta bobagem esse pessoal comete? Impressionante a capacidade deste povo de criar falsas doutrinas.

Abraços,

Renato Vargens

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro amigo Renato Vargens,

Precisamos fazer aquele trabalho urgentemente! Lembra?!

Um abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmãos Pinheiro,

Vocês estão indignados mesmo, hein! É por isso que este escritor e outros, como Renato Vargens, precisam continuar "falando mal" e "criticando" os "ungidos" de plantão. Não podemos nos calar ante tantas heresias e modismos que existem "ENTRE NÓS" (At 20.28-30; 2 Pe 2.1).

Um abraço para o povo de Sorocaba-SP. Saudades das delícias preparadas pela matriarca da família Pinheiro.

CSZ

Ciência e religião ao alcance de todos disse...

Cabe lembrar que a unção aos enfermos no Novo Testamento não era algo místico, já que os antigos tinham o azeite como uma espécie de remédio. o usavam com propriedades medicinais. Tanto os crentes quanto ímpios tinham essa prática.

Abraços, Paz de Cristo.

Rudiney disse...

Ótimo comentário Pastor Ciro!
Tenho aprendido muito no seu blog, e tem me ajudado a esclarecer muitas dúvidas.
Que o SENHOR continue te abençoando. Amém!

Ronivaldo Brandão disse...

pr. ciro, realmente concordo q muitas praticas atuais estão longe da sagrada escritura. aproveito pra questionar se mesmo as igrejas pentecostais também assim estão longe do que praticavam os da igreja primitiva. já se questionou se o modelo de igreja é mesmo bíblico? o tipo de pastorado, os ritos, o organograma e etc. nós crentes falamos tanto em seguir a biblia ou apenas somos um igreja catolica apostolica romana um pouco e só um pouco mesmo reformada?
abs e gostaria de trocar ideias a esse respeito.
fica na paz e Deus nos guarde...

rony.brandao@gmail.com

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "Ciência e religião",

Para a igreja nascente, a unção não era nem mística e nem medicinal. Era usada simbolicamente, apenas na oração pelos doentes, a fim de estimular a fé deles. Há somente duas menções no Novo Testamento à unção com óleo, todas ligadas à oração da fé pelos doentes.

O azeite era usado como remédio, mas acompanho do vinho, como se lê em Lucas 10.

Um abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amados,

Respeito os cessacionistas e tenho até amigos que não concordam com doutrinas esposadas pelos pentecostais. Mas considero muito deselegantes os antipentecostais, que não sabem distinguir pentecostalismo de pseudopentecostalismo. Informo que não darei espaço a esses extremistas sectários aqui. Chamar a aberração mencionada no artigo acima de prática dos pentecostais, além de ignorância, é uma deselegância sem tamanho.

A paz do Senhor a todos.

CSZ

http://descansandoamente.blogspot.com/2011/09/eu-quero-ser-feliz-agora-oswaldo.html disse...

Concordo com você, as vezes acho que muitos pastores praticam alguns atos exageradamente por sensacionalismo. isto acabada denegrindo a imagem de pessoas sérias que pregam o evangelho. viite o meu blog se tiver um tempinho.

http://descansandoamente.blogspot.com/2011/09/eu-quero-ser-feliz-agora-oswaldo.html

Anônimo disse...

Concordo que muitos exageram nas formas de unção. mais não vejo em parte alguma nas escrituras proibindo. Ou será que tem? Se nós formos observar no dia de pentecostes os discipulos falaram em outras linguas, qual passagem do velho testamento relata que eles falariam em outras linguas? Na profesia de joel não fala sobre essa manifestação. Será que tambem os discipulos exageraram você mesmo se coloque naquela época como um grande conhecedor das santa escrituras você concerteza ia ser contra, pois" a letra mata e o espirito vivifica". 2 corintios 3.6.

Robert Neves disse...

A paz do Senhor pr. Ciro.
Mas uma vez parabenizo sua publicação. Tenho aprendido muito com você. Tenho pregado na congregação sobre essas coisas, alertando os irmãos.
Mas creio que tudo isso é o que bem profetizou o apóstolo Paulo em I Timóteo 4:1 - "MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios";
Ao meu ver isto é apostasia. Pois "todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece NÃO TEM DEUS" (II João 1.9(ARA))

EV. SAMUEL EUDÓXIO disse...

Caro Pastor Ciro,
Paz do Senhor.

Sinceramente não sei onde vamos parar. Em BH tem uma igreja que para entregar um tal sabonete ungido em suas "sextas-feiras" fortes inventaram um tal de "Enxu-da-lama" (vide you tube). Pelo amor de Deus! Quanto a ungir o RJ, quem sabe eles não usam um daqueles aviões usados para apagar incêndios?

Forte abraço,

Samuel Eudóxio

Renato Vargens disse...

Prezado Ciro,

Claro que sim.

Vamos combinar.

abraços,

Renato Vargens

disse...

Fico imaginando eles lá decima do helicóptero ungindo a cidade e gritando: vocês estão fritooosss. rss desculpa não resisti!

claudiopimenta disse...

pastor ciro

o senhor esta cada vez mais "incredulo"

e o que dizer do santo apostolo moderno que se revelou mijando todo uma cidade marcando o territorio feito leao ?
os animais nao marcam seu territorio ?

kkk

claudiopimenta disse...

.

disse...

kkkk Claudio eu conheci um pastor que fez isso de madrugada pelas ruas do bairro do Engenho de Dentro aqui no Rio rsssss.

Tiago Bertulino disse...

Querido pastor Ciro, admiro seu trabalho, principalmente seu blog, leio todos os dias, postei no meu blog a matéria dos ungidores, espero não ter problemas, o sr pode conferir la.
www.tiagobertulino.com

Tiago Bertulino disse...

Querido pastor Ciro, leio seu blog todos os dias, de manhã, tarde e noite, admiro seu trabalho, também tenho um blog: www.tiagobertulino.com, postei a matéria do óleo la, espero que não haja problemas, gostaria que o sr conferisse.

Ev. Padilha disse...

As pessoas estão adotando práticas nos cultos que são verdadeiras aberrações em nome da "espiritualização", e que por falta de conhecimento biblico dos presentes isso está tomando dimenssões alarmantes para não dizer preocupante. São "inspirados" por espiritos enganadores.

Grande abraço Pr Ciro


Ev. Padilha

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Gerson (O Blog da Verdade),

O que destaco do exemplo da vida de Paulo (e não Paula), ao citar 1 Coríntios 4.6, é a disposição dele (e de Apolo) em ser fiel somente ao que está escrito, ao contrário dos que vivem no mundo experiencialismo. Medite em 1 Coríntios 15.1-4.

Procure entender melhor o que lê. E que Deus o abençoe mais e mais.

Um abraço.

CSZ

Ev. Padilha disse...

Prezado Pr. Ciro,

Não sei se já foi assunto no seu blog, sobre os "hinos" de fogo que estão muito comuns em nossos cultos. Falo sobre as letras criadas mais para animar o público do que para adorar ao Senhor. Fiquei chocado com as letras das musicas do grupo "fogo no pé" e outros do gênero. Está doendo nos meus ouvidos. Será que Deus tem se agradado desse "louvor"?

Anônimo disse...

Que mundo "religioso" virou este meio evangélico em que vivemos, mas tenho uma ideia a todos os pastores. A unção de Arão é coisa do passado, invento agora a unção de Sansão, todos os pastores deixando o cabelo crescer (é só o que falta acontecer). Grande abraço a todos.

Álvaro Melo disse...

Quanta besteira se vê hoje em dia, mais louvo a Deus pela vida do senhor pastor ciro, que está entre os poucos que se conservam em meio a uma geração mal.
fique na paz!!

Anônimo disse...

Talvez seja necessario votar um projeto de lei que fiscalize as igrejas obrigando seus lideres a ter estudo adequado para não pregar heresias. Talvez seja necessario fazer nas igrejas uma espécie de "caça as bruxas"