sexta-feira, 29 de maio de 2015

Seminário sobre os Desafios da EBD na Pós-modernidade em Curitiba, Paraná

5 comentários:

Letícia Cavalcanti disse...

Pastor, fale algum dia aqui sobre Gaither Vocal Band, Bill Gaither, se possível.

Letícia Cavalcanti disse...

Pastor, fale algum dia aqui sobre Gaither Vocal Band, Bill Gaither, se possível.
http://www.wayoflife.org/database/bill_gaithers_disobedience.html

Letícia Cavalcanti disse...

Pastor, se possível, fale algum dia desses sobre Gerald Wolfe e a Disneylândia. Me desculpe, no meio desse comentário eu lembrei que o senhor não gosta de citar nomes nos seus textos, mas eu vou enviar mesmo assim, porque eu acho importante saber mais, ter a opinião de uma pessoa mais experiente. Eu já vi anos atrás vídeos do pastor Josué Irion que passam uma imagem assustadoramente terrível da Disney, mas às vezes fico pensando se ela é tão terrível mesmo quanto ele falava.

Rafael Evandro disse...

Pastor quando sera o lançamento do novo livro?

António Jesus Batalha disse...

Se bem me lembro Jesus não lavou ou pelo menos as escrituras não o dizem, Ele não lavou os pés a pessoas que não criam nEle. quando Jesus se cingiu para lavar os pés Ele lavou aos discípulos, isso mostra a forma como nos devemos tratar uns aos outros, foi apenas um símbolo de humildade e serviço. Agora o resto estava no coração de Jesus O Amor a união a humildade a entrega. Certo é que nos dias que correm muita gente gosta de ser servido mas servir mandam os outros. Ele Jesus deu um bom exemplo que todos deveríamos seguir.
Bom texto.
António.