quinta-feira, 23 de abril de 2015

Nem Babilônia nem Festival Promessas

Alguém, alhures, me perguntou: “Pastor Ciro, por que o irmão ainda não verberou contra a novela Babilônia, da TV Globo?” Em primeiro lugar, não fiz — e não farei — nenhum comentário contrário a essa novela, especificamente, porque a mencionada emissora não é obrigada a exibir novelas, filmes e programas que agradem o público evangélico. Além disso, ela sabe que os mesmos evangélicos que criticam Babilônia ficam ansiosos para assistir ao Festival Promessas, e alguns até sonham em participar dele! E, se isso acontecer, vão publicar nas redes sociais que Deus lhes abriu uma grande porta!

Como se sabe, a TV Globo, tão criticada por muitos evangélicos por causa de sua programação imoral e contrária aos valores cristãos, é a mesma que convida pastores e cantores gospel para participar de seus programas, como Caldeirão do Huck, Esquenta e Na Moral. Além disso, ela promove o mencionado festival gospel, do qual participam, prazerosamente, algumas celebridades evangélicas. Quem assiste a esse programa, dando audiência à emissora? Em geral, boa parte dos mesmos que se revoltam contra a Babilônia!

Se quisermos ser coerentes — penso —, devemos fazer três coisas em relação à TV Globo. Primeira: criticá-la de modo equilibrado, sem ofensas. Segunda: não assistir à sua programação tendenciosa e contrária à fé cristã. Terceira: não colaborar com ela, haja vista a sua parcialidade em relação aos evangélicos e a sua clara disposição de estereotipar e ridicularizar a fé cristã. Não nos prendamos, portanto, a um jugo desigual com os infiéis. Afinal, “que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos?” (2 Co 6.14-16). ‪#‎ProntoFalei‬.

Ciro Sanches Zibordi

3 comentários:

PB. João Eduardo Silva disse...

Paz de Cristo como tem passado? Parabéns pelo belo texto, concordo com o senhor no que diz respeito ao festival promessas. Gostaria de lhe perguntar o que o senhor acha da participação de um pastor em algum programa da globo como a participação do Pr. Silas no "na moral", ou seja, participar no sentido de defender a fé cristã e pregar o "verdadeiro" evangelho?. Se a globo lhe convidasse para debater com um ativista gay o senhor aceitaria?

Abraços no amor de Cristo.

Cris Oliveira disse...

Pastor Ciro.... nossa que belas palavras, extremamente coerentes e sábias. A partir do momento que não concordo com certas programações, e estas são totalmente contrárias à palavra de Deus... a questão de fato é muito simples: não assisto, troco o canal. a questão é que muitos cantores e pregadores estão caindo num grande engodo. acham que as portas estão se abrindo. Deus cria muitos meios para que sua palavra chegue aos corações aflitos. basta tão somente orar para que o Senhor nos abra o entendimento.


Anônimo disse...

Em minha casa temos feito exatamente assim. Não nos importaremos com estas se estivermos ocupados com as coisa de Deus.