domingo, 27 de outubro de 2013

O que é muito pior que Galinha Pintadinha?

Recentemente, uma pessoa me procurou para falar dos "perigos" da Galinha Pintadinha. Ela me disse que havia várias mensagens subliminares nos aparentemente inofensivos desenhos animados. Perguntei-lhe: Em qual desenho não existe alguma forma de mensagem subliminar? Se analisarmos cada desenho animado, encontraremos algum tipo de influência. Lembra-se do Popeye, cujo objetivo era aumentar a venda de espinafre?

Mas a pessoa me questionou quanto à origem do aludido desenho, dizendo que ele tem ligação com o culto a deuses estranhos e que o simples fato de assisti-lo traz maldição para o lar cristão. Pensei um pouco e lhe perguntei: "Você conhece a origem, o étimo, da palavra 'lar'? E ela me respondeu: "Não". Então, lhe disse: "Os romanos cultuavam muitas divindades e acreditavam que as famílias eram protegidas por vários deuses, conhecidos como 'lares'. E daí derivou a nossa palavra 'lar'" (cf. BULFINCH, Thomas, O Livro de Ouro da Mitologia, Ediouro, p. 21).

A despeito da origem ligada aos deuses romanos, empregamos naturalmente o termo "lar" e até usamo-lo em conexão com "cristão", não é mesmo? Diante do exposto, quanto à polêmica em torno da "perigosa" Galinha Pintadinha, penso que os pais cristãos devem ser mais zelosos — ensinando os filhos no caminho em que devem andar (Provérbios 22.6; Deuteronômio 6.6,7) —, e menos paranóicos.

Quer saber o que é muito pior que Galinha Pintadinha? Funk ostentação mirim, com direito às mesmas letras provocativas e eróticas e à simulação de promiscuidade do funk ostentação adulto. Pregadores mirins que imitam pregadores malabaristas adultos, empregando chavões, berrando ao microfone e fazendo exigências. Cantores gospel mirins que se comportam como celebridades. Shows de auditório infantis em que meninas dançam de modo para lá de sensual. Infantes transgêneros...

O que mais falta? Parada Gay mirim? UFC para crianças, com direito a banho de sangue? Festa "rave" infantil? Show das poderosinhas? Será que sou moralista ao extremo em razão de me opor à adultização precoce e desejar que as crianças vivam como crianças, em seu universo de fantasia? De que valem discursos contra a pedofilia e a exploração infantil ante a tolerância da sociedade, da grande mídia e até das igrejas cristãs ao desrespeito à inocência e à singeleza dos infantes?

Aliás, falando em inocência infantil, prefiro mil vezes ver uma criança filha de pais evangélicos assistindo aos DVDs da "perigosa" Galinha Pintadinha a vê-la cantando e dançando à frente da TV o funk evangélico (evangélico?) da dança do pinguim ou outros similares. Crianças precisam brincar, aproveitando bem a linda e curta fase da infância, em vez de serem submetidas à insana e agressiva adultização precoce.

Ciro Sanches Zibordi

19 comentários:

L. H. Dessart disse...

É interessante ver pais e mães preocupados com a pedofilia, sendo que eles próprios estão preparando seus filhos para a sexualização precoce, permitindo-lhes ver e ouvir conteúdo altamente erotizado.(Quem nunca foi a uma festa infantil onde o "pancadão" funk rola solto? Já fui a algumas, e nem funk infantil era, era para adultos mesmo...)
Parece que muitos cristãos têm mais facilidade em procurar o invisível (mensagens subliminares) do que perceber o óbvio, aquilo que está em sua frente. Nada mais adequado para a abertura à pedofilia do que crianças extremamente erotizadas desde cedo.

Abraço!!!

Tom Alvim disse...

Muito bom o texto. Nos faz refletir sobre essa chamada igreja evangélica emergente...será que emerge da onde? melhor nem responder. Um grande abraço e fique na paz do nosso Senhor Jesus Cristo, Tom Alvim.

Pastor Elidiano disse...

Nobre Pr, muito boa a argumentação, quero,é importante quando buscamos as verdades e a expomos como de fato elas são, quero muito está perto de pessoas como vc, pois a minha linha é muito protestante de fato contra algumas bobagens que tem surgido no meio evangélico. Acesse o meu blog: www.elidianoribeiro.blogspot.com e vou colocar o seu blog no meu. (um link)
Obrigado.

Atenciosamente,

Elidiano Ribeiro.

Pr.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro atalaia e amigo pr. Ciro Zibordi,

Paz amado!

Perderam a razão os que não conseguem enxergar o mal que está bem à frente de nossos olhos.

As heresias à nossa volta estão envenenando ou anestesiando a maioria dos frequentadores de igrejas.

Muitos já são os tatuados que nada veem a respeito em comparação ao passado bem presente sobre esta má aplicação.

Soube ontem de um casal com dois filhos, participantes no louvor de uma igreja brasileira nos EUA, que comemoraram a sua felicidade com a colocação de uma tatuagem em cada um para o que chamaram de "celebrando a Família".

Soube de uma outra mãe que perdeu os direitos de criar o seu filho por tatuá-lo com apenas três anos de idade. A lei considerou-a imprópria para cuidar do seu próprio filho e deu-lhe voz de prisão como presente.

O não vos conformeis com o mundo está fora de moda.

Os que perderam a verdadeira visão do evangelho tentam guiar outros cegos ou com a visão deturpada pela catarata das HERESIAS e caem na mesma vala, repleta de areia movediça. Triste!

O Senhor seja contigo, nobre pastor,

O menor.

Pastor Elidiano disse...

Nobre Pr, muito boa a argumentação, quero,é importante quando buscamos as verdades e a expomos como de fato elas são, quero muito está perto de pessoas como vc, pois a minha linha é muito protestante de fato contra algumas bobagens que tem surgido no meio evangélico. Acesse o meu blog: www.elidianoribeiro.blogspot.com e vou colocar o seu blog no meu. (um link)
Obrigado.

Atenciosamente,

Elidiano Ribeiro.

Pr.

Ruan Nunes disse...

Ótima observação!

Lembrei-me de outras paranoias como o famoso "Alô, Diabo" na Marca Coca Cola ou "Homens do Inferno" da Hellmann's.

Deus te abençoe pastor,
Seu conservo em Cristo!

Elaine Cândida disse...

Kkkkkkk!!!

Até a pobre da Galinha Pintadinha, que tem contribuído tanto para o trabalho dos professores - principalmente para os da Educação Infantil - por causa do seu valor pedagógico, já foi demonizada pelos crentes?

Então, vou já começar a jogar os livros didáticos fora, porque muitos deles são escritos por não-crentes, e alguns deles até batedores de tambor para o diabo são...

Vou parar também de trabalhar em escolas, porque os pais de alguns de nossos alunos são seguidores da pomba-gira, e a escola está amaldiçoada, com certeza!

Vou deixar de sair de casa, porque os pés de muitos satanistas já pisaram a mesma terra onde piso, e a cidade está amaldiçoada também.

Pensando bem, vou morar numa bolha e viver na atmosfera, longe do planeta Terra, porque o diabo caiu do céu pra cá e isso tudo aqui é maldição.

Mas será que quem fizer a bolha pra mim será um cristão autêntico? E quem criou os materiais de que será feita a bolha, será que são santos?

Tá vendo, Pr. Ciro, não é exagero não. Tem razão para tanta paranoia... Nem dentro de uma bolha, fora do planeta, as pessoas ficarão salva da maldição do diabo.

E a ironia é que Jesus é suficiente para afastar de nós toda maldição e condenação, e se as pessoas cressem na eficácia do Seu Sangue, saberiam que o diabo não tem poder para ficar fazendo gracinhas na vida dos salvos, não.

Meus respeitáveis cumprimentos, com notas de saudades deste amável e inteligentíssimo blog.

Misericórdia, Graça e Paz.

Apologista disse...

Não se pode justificar aceitar o errado por causa de outro erro. Sejamos luz em que vamos dizer diante da Palavra de Deus; Muitos estão apostatando da fé pelo ceticismo que os teologia liberal dissemina. Continuemos firmes combatendo as obras das trevas, e anunciando de ´so existe SALVAÇÃO ATRAVÉS DO SENHOR JESUS.

João Paulo M. de Souza disse...

Pastor Ciro,

Graça e paz do Senhor!

Sua postagem é clara e objetiva. Realmente a sociedade hodierna está adultizando as crianças, introduzindo nelas a sensualidade, a avareza e o hedonismo, bem como outras formas de degradação moral.

A infância é uma fase peculiar, diferente da adulta, porém não excludentes entre si. É preciso que entendamos o mundo pueril, a partir da visão da criança, e não do adulto. Caso contrário, descambaremos para as atrocidades que vemos hoje contra esses pequeninos.

Abraço,

www.joaopaulomsouza.blogspot.com.br

NILMAR VIDAL disse...

Caro Pastor, sou leitor assíduo de seu blog, no entanto, li este mesmo texto em outro site. Quem copiou quem?

Ciro Sanches Zibordi disse...

Nilmar,

Se você é leitor assíduo deste blog, não entendo por que tem tal dúvida... O irmão não conhece a minha maneira de escrever?

O presente texto é, sim, de minha modesta autoria, por graça de Deus, mas há muitos plagiadores na grande rede, o que é lamentável.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

É verdade, caro L.H. Dessart...

Privar os filhos de brincadeiras e divertimentos, para muitos, é mais eficaz do que a educação e a oposição à adultização precoce...

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amigo e pastor Newton Carpintero,

É verdade... As pessoas não enxergam o perigo que está bem à frente de seus olhos e querem achar "coisas ocultas".

Um abraço, amado. Saudades...

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Elidiano,

Conte comigo.

A paz do Senhor.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Elaine Cândida,

Muito boa a sua argumentação! Se Galinha Pintadinha é do Diabo, então todos os livros didáticos o são... Quem defende esse tipo de fanatismo precisa refletir melhor e aprender a ter equilíbrio em tudo.

Um abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Apologista,

Leia o comentário da irmão Elaine Cândida. Ele lhe será útil.

Grato pela participação.

CSZ

Anônimo disse...

Concordo plenamente Pr. Ciro Deus o abençôe

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro amigo e pastor Ciro Zibordi,

A Paz do Senhor!


Parabéns pela excelente exposição!

Postei no meu singelo blog com o devido crédito e link, no afã de reverberar a matéria.

Um grande abraço,

Seu conservo em Cristo,

Pr. Carlos Roberto
Point Rhema

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Carlos Roberto,

A paz do Senhor.

Agradeço-lhe pelo compartilhamento. Fico imensamente feliz quando nosso singelo trabalho literário é propagado por editores de blog que têm prestígio, para a glória do Senhor.

Um grande abraço.

CSZ