segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Afinal, o mundo acabará mesmo em 2012?

Dizem os pessimistas que, depois do título mundial do Corinthians, tudo é possível... Risos. Brincadeiras à parte, há algum fundamento na notícia alarmante de que o mundo chegará ao fim em 2012? O que há de verdade nessa previsão, se é que há alguma verdade nisso?

Canais como Discovery, National Geographic e History têm produzido documentários pelos quais descartam que o mundo chegará ao fim de 2012, mas alertam sobre a possibilidade de o fim acontecer nas próximas décadas. Ambientalitas estão preocupados com o crescimento da população global e a ação predatória do ser humano.

Eles afirmam que a causa central não é propriamente a destruição dos recursos naturais, e sim o excesso de pessoas, seus animais de estimação e gado, mais do que a Terra consegue suportar. Quanto a uma possível guerra nuclear, cientistas não demonstram muita preocupação. O perigo maior estaria em uma guerra climática, que poderia deixar poucos sobreviventes no mundo, e com um padrão de vida extremamente precário.

À luz das Escrituras, não há motivo para nos preocuparmos com o fim do mundo. Chegará, sem dúvida, em breve, o período que o Senhor Jesus chamou de a Grande Tribulação (Mt 24.29), em que males sem precedentes virão sobre a humanidade. Mas isso ainda não causará o fim do mundo. Após o tal período de grande aflição será estabelecido o Milênio (Ap 20.1-10).

Somente depois desse período de mil anos de paz, em que a Igreja reinará com Cristo, o mundo chegará ao fim. Segundo a Palavra profética, “os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nelas há, se queimarão” (2 Pe 3.10), dando lugar a um novo céu e uma nova terra (Ap 21.1). Segue-se que o servo do Senhor não precisa se preocupar com o fim. Afinal, se Jesus viesse buscar a sua Igreja hoje, o mundo só acabaria daqui a 1.007 anos!

Para finalizar, gostaria de informar a todos que tenho uma grande comemoração para "o dia do fim do mundo"! Casei há quase 21 anos, em 21 de dezembro de 1991. À época, minha esposa e eu não sabíamos que o calendário maia terminaria nessa mesma data. Se acreditássemos em profecias sobre o fim do mundo, talvez tivéssemos mudado a data de nosso casamento, não é mesmo?

Feliz Natal! Merry Christmas! Joyeux Nöel! Feliz Navidad!

Ciro Sanches Zibordi

5 comentários:

Gustavo Silveira disse...

Pastor Ciro, Crês em um Milênio Literal?

Luiz Henrique disse...

Nós brasileiros não devemos nos preocupar caro Pr. Ciro, afinal não temos estrutura para sediar um evento da magnitude de UM FIM DO MUNDO!!! rsrsrs

T.Mendes disse...

Amigo e irmão Gustavo, crês que a Igreja não substitui Israel nação no tocante as promessas de uma terra(Gn 13.14,15), Lar, um governo e um Rei da descendência de Davi(2 Sm 7.10-16) e da nova aliança (Jr 31.31-34)?
Crês que Israel até hoje não ocupou a toda a extensão da referida terra e de Cristo reinando literalmente na Terra (Zc 14.9)?

T.Mendes disse...

21 de dezembro de 2012(Maia), Um Plano bem intencional. Bem, irmãos a Paz do Senhor. Este ano foi intensamente aunciado na mídia e através de filmes e livros com respeito a episódio do fim dos tempos na data citada. Observe a seguir, estratégia que quase ninguém observou, a saber:

Como ímpio "atento e um pouco preocupado", o que pensaria não acontecendo nada de anormal neste dia?

( 1º ) Mais uma previsão e nada, pensaria. Então, qualquer outra previsão soma-se a tantas outras ao longo da história de cumprimento duvidoso ou não-cumprimento. Assim a revelação das profecias Bíblicas caem em descrédito pois passam a ser niveladas como Nostradamus, Edgar Case etc.

( 2º ) Como nos dias de Noé, comiam, bebiam,casavam e davam em casamento(rotina normal) quando inesperadamente foram surpreendidos. A iminência de Cristo afim de remover sua igreja faz com que vigiemos mais nossas atitudes Bíblicas. Sabendo do fim ganhamos temor e encorajamento para carregar a cruz. O fim é fato e não há como intervir no que Deus determinou. As profecias hoje já não são mais anunciadas na Igreja que vive a secularização, o que dizer fora delas.

Diga não ao evangelho da prosperidade em 2013. Combata campanhas com temas sem base bíblica. Incentive sua igreja a ler mais, dedique ensino com mais tempo na programação priorizando mais dias de estudo em lugar de eventos e excesso de louvores e ensaios. Ensine a igreja a" perder essa vida."

Anônimo disse...

Pastor ciro a paz do senhor! Eu me chamo jose viana, gostaria de saber se o apostolo paulo antes de sua conversao ele tinha esposa?e se nao tinha ele mantinha relacoes sexuais?porque nunca vi um homem suportar e viver sem uma mulher ao seu lado paulo ja era um homem so,ou decidiu isso depois de sua conversao? Obrigado.