sábado, 11 de fevereiro de 2012

Globo abriu porta para a pregação do Evangelho?


Abriu-se, de fato, uma porta global para a pregação do Evangelho, como muitos ufanistas têm dito nas redes sociais? Ou a porta foi aberta principalmente para beneficiar as celebridades gospel — que já venderam milhões de discos — e, consequentemente, a maior emissora de TV do Brasil? Será que esta convidaria um pregador do Evangelho para discorrer sobre o maravilhoso Natal de Cristo, sua Morte expiatória e sua gloriosa Ressurreição? Isso, sim, caso tivesse ocorrido, seria motivo de uma grande festa do povo de Deus!

Mas alguém argumentará: “A porta se abriu para os cantores, e agora eles poderão se apresentar com frequência na maior emissora de TV do Brasil e, com certeza, pregarão o Evangelho”. Sinceramente, não é isso que temos visto em outras emissoras, onde os astros da música gospel já têm o seu espaço. E o que ouvimos, no Festival Promessas, com raríssimas exceções, foi uma amostra do tipo de evangelho que será pregado: bordões antropocêntricos, que massageiam o ego das pessoas, mas não lhes apresentam verdadeiramente o Evangelho, que é poder de Deus para a salvação (Rm 1.16).


Oremos para que Deus nos abra portas grandes e eficazes para a pregação do Evangelho, e não apenas para a realização de shows gospel. A Bíblia não é contra a música e os cantores de sucesso. Jesus até cantou um hino antes de sua crucificação! Mas a nossa prioridade é a exposição do Evangelho (At 6.1-7). Você sabia que dois terços do ministério terreno do Senhor foram ocupados pela pregação do Evangelho e o ensino da Palavra?


Desculpe-me, caro leitor. Eu sei que estou sendo um estraga-prazeres, antipático. Mas, o que está escrito em 1 Coríntios 16.9? “Porque uma porta grande e eficaz se me abriu, e há muitos adversários”. Quando Deus verdadeiramente abre-nos a porta da pregação do Evangelho, como a abriu para o apóstolo Paulo, os adversários (Satanás, os demônios e todos os seus emissários) se voltam contra nós. Mas a mídia está aplaudindo de pé a porta global que foi aberta para o evangelho-show.


Até um conhecido jornal de São Paulo — pasme! —, favorável ao liberalismo e que sempre teve uma posição contrária à pregação do Evangelho, comemorou: “Hoje é um novo dia de um novo tempo que começou para a Globo e os evangélicos”. Por quê? Porque o evangelho-show não confronta o pecado. Ele é maleável, suave, agradável, massageia egos e está aberto ao ecumenismo...


O festejado evangelho-show avança a passos largos, sem nenhuma dificuldade. Mas não se esqueça do que o Senhor Jesus previu a respeito do verdadeiro Evangelho: “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas por minha causa” (Mt 5.11,12).


Ciro Sanches Zibordi
Artigo publicado em janeiro de 2012 no jornal AD News (produzido pela Rede Brasil de Comunicação, ligada à Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco, presidida pelo pastor Ailton José Alves)

16 comentários:

Daniel Fernando disse...

GRAÇA E PAZ A TODOS, VERDADEIRAMENTE CONCORDO COM O SR. NÃO SOU FAVORAVÉL A TUDO ISSO, QUE INCLUSIVE SABADO PASSADO ASSISTINDO O RAUL GIL,"Quem Sabe Canta, Quem Não Sabe Dança" ME DEPAREI COM UMA CANTORA GOSPEL OU SEI LA O QUE, QUE TEVE QUE DANÇAR COM O BALAIRINO, DEVIDO TER CANTADO SUPER MAL. ELA FICOU TODA DESAJUSTADA PEDINDO PARA ELE SAIR E ELA FAZIA GESTO DIZENDO QUE ERA CASADA........VEJAM SÓ QUE VERGONHA A IRMÃ PASSO.....O QUE A IGREJA DE CRISTO ACHA DISSO?
SERÁ QUE É NECESSÁRIO TUDO ISSO PARA GLORIFICAR A DEUS.....
DEUS VOS ABENÇOE

IR. DANIEL FERNANDO

Miqueias Sousa disse...

Boa Noite Pastor,

Hoje em um programa televisivo, certo telepregador, disse que foi sugestão dele ao dono dessa emissora, o acontecimento de um festival de música gospel; disse ele ao ser indagado pelo dono da emissora, sobre qual a forma de entender e agradar o público evangélico. Segundo o mesmo, ele não seria trouxa de pedir uma hora em horário nobre para pregação da Palavra, que o cristão tem que ser estratégico e "comer pelas beiradas" e que o nome de Jesus foi glorificado.
Não assisti ao dito Festival, porém, já conheço os clichês e a falta da Palavra que confronta o padrão mundando de viver; é muito pulo, dança, queda e gritos histéricos. Hinos que falam sobre a mensagem da cruz, sobre mudança da maneira de viver da sociedade e clamor contra os pecados da nação não são expressados.
É o dito outro "evangelho".

Na paz do Senhor Jesus

MIQUÉIAS Sousa

Nerly Nunes disse...

A paz pr. Ciro! Tenho divulgado isso a muitos e tenho arrumado briga com eles. Fui até ameaçado de processo ao falar contra a uma show gospel que teve aqui na cidade de Anchieta-ES. Esse evangelho-show nao adoração mesmo! Deus está longe disso. No blog Amigos Diante do Trono, na postagem de hoje sobre a Xuxa se emocionar com Aline Barros cantando, no final da postagem diz: "O Programa TV Xuxa vai ao ar nas tardes de sábado pela Rede Globo de Televisão". A Globo e Xuxa agradecem a propaganda! Jesus deve ter amado isso!

Maely Mendes disse...

Meu pastor, Ailton José Alves.

Projeto Missionario Levando Vidas a Cristo disse...

A paz do Senhor a todos. Concordo plenamente com o amado pastor. Show gospel não é pregação do Evangelho. Só acredito na porta aberta dessa emissora para o Evangelho, quando ela aceitar pessoas compromissadas com o Evangelho falar a verdade: Que não existe outro Deus além de Jesus. E que somente Ele(Jesus) é quem nos leva a Deus e que um dia Ele vai voltar, e que império nenhum levará ninguém pro céu, somente Jesus. Isso pra mim não é novidade nenhuma, os fazedores de shows gospel estão por aí, inclusive sobem nos palcos(da globo) e ninguém sabe quem é ou quem não é crente. Essa é minha opinião. Deus abençoe o amado pastor.

Lincoln Lózer disse...

Meu querido Pr Ciro. Paz do Senhor Jesus! Nos conhecemos na Suíça em Novembro do ano passado na Igreja do Pr Luis em Genebra. Acho q deverá lembrar-se de mim.

Pr, fundamentado nesta matéria escrita pelo sr, gostaria q me respondesse, se possível, acerca do texto bíblico abaixo:

"Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho.

MAS QUE IMPORTA? CONTANTO QUE CRISTO SEJA ANUNCIADO DE TODA A MANEIRA, OU COM FINGIMENTO OU EM VERDADE, NISTO ME REGOZIJO, E ME REGOZIJAREI AINDA".

(Filipenses 1:15-18)

Aguardo resposta meu Pastor. Deus abençoee! Saudadess!

Renato Paúra disse...

Alguns dizem que a Globo está abrindo portas para a propagação da Palavra de Deus. Desses, temos vistos até pastores renomados, como o Silas Malafaia que, diga-se de passagem, já se apostatou da fé há muito tempo.

Mas, que porta é essa que a Globo está abrindo? Uma emissora que tem um histórico horrível; que sempre defendeu os católicos e espíritas, mas que sempre se mostrou contra os evangélicos e que, várias vezes, através de suas podres novelas, zombou dos evangélicos e do Evangelho! Uma emissora que é a favor do ecumenismo, que procura inculcar na mente dos cristãos que o ecumenismo é algo divino. E para isso promovem programas de auditórios reunindo evangélicos (?), espíritas, católicos e tantas outras religiões em plena harmonia. E agora, une os mais famosos cantores do mundo gospel como forma de engodo! Só se for a porta larga que conduz a perdição.

Todo cristão que participa e apóia esse “evangelho” desfigurado, desse “evangelho” que está de mãos dadas com o ecumenismo, está caminhando a passos largos rumo ao inferno. E não sou eu que digo isto, é a Bíblia quem diz (1Co 10.1-21; 2Co 6.14-18).

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Lincoln Lózer,

A paz do Senhor.

Foi para mim e minha família um grande prazer ter conhecido o irmão em Genebra, na Suíça. Fomos edificados através da sua vida. Também estamos com saudades do irmão, do estimadíssimo pastor Luís Dias, de sua família, nossos amigos, e de tantos outros amáveis irmãos que ali conhecemos.

Quanto à sua importante pergunta, tenho prazer em lhe responder. O apóstolo Paulo disse tais palavras (Fp 1.15-18) quando estava preso, na cidade de Filipos. Ele se referiu aos opositores do Evangelho, isto é, judeus que o acusavam perante tribunais de Roma.

Mesmo acusando-o, os tais inimigos do Evangelho eram obrigados a dizer que Paulo estava pregando sobre a morte e a ressurreição do Senhor Jesus! Além disso, diziam que, para esse apóstolo, o Senhor Jesus estava acima de César, visto que o título de Senhor, à época, não implicava apenas senhorio. O imperador romano, como senhor de Roma, era adorado. Ou seja, Jesus, como Senhor, também era adorado pelos cristãos, tomando o lugar de César.

Os judeus que acusavam Paulo estavam, com isso, indiretamente, pregando o Evangelho! E Paulo se regozijava com esse resultado, a despeito de sofrer por amor a Cristo.

Segue-se que o aludido texto não deve ser usado de modo generalizante, para afirmar que os crentes, hoje, podem usar todos e quaisquer meios para propagar o Evangelho. Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm ou edificam (1 Co 6.12; 10.23). A Bíblia diz, inclusive, que devemos fugir da aparência do mal (1 Ts 5.22).

Em 1 Coríntios 9.22, Paulo se referiu a meios lícitos e convenientes de evangelização. Caso contrário, não haveria limites para "pregar" o Evangelho. Até um show erótico poderia ser usado, desde que o Evangelho fosse mencionado...

Que Deus abençoe o seu ministério aí na Bahia, amado!

A paz do Senhor!

CSZ

Maely Mendes disse...

O pior é, que agora é moda ser evangélico, pois é a globo quem dita tudo.

Lincoln Lózer disse...

Obrigado querido Pr Ciro pelo carinho e resposta. Pra mim tb foi uma satisfação muito grande poder conhecê-lo, juntamente com sua família e os demais irmãos em Cristo.

Deus abençoe sua vida, família e ministério. Espero encontrá-lo em breve

Pr Lincoln Lózer

Anônimo disse...

[Jadiel da cidade de Joaquim nabuco]

A Paz de Cristo pastor Ciro.
A globo e um lixo e quem A apoia tambem.

Marcos Duarte disse...

O que se viu nesse festival da Globo não foi a exposição do Evangelho cristocêntrico, mas sim, um monte de evangélicos proferindo jargões que só os evangélicos entendem. Parabenizo o Pr. Ciro pela coragem de lutar contra esse "outro evangelho" de facilidades, que diverte os homens, mas que não transforma. E que Cristo volte a ser o centro da nossa vida e da nossa pregação.

Fernando Falheiros disse...

Pastor Ciro, Graça e Paz.
Há algum tempo atrás, não sei se o senhor se recorda, comentei um dos artigos publicados criticando suas palavras à respeito do Festival Promessas.

Não posso deixar de lhe avisar que li sua resposta, refleti mais profundamente sobre o assunto e entendi o ponto de vista exposto ali, a ponto de concordar com a postura adotada pelo senhor e com a argumentação (totalmente bíblica).

A mistura já levou o povo de Deus à ruina antes, e a forma com que o evangelho antropocentrico e ecumênico vem tomando conta da mídia e até nas nossas igrejas, trará a esta geração danos profundos: "(...)se possível fosse, enganaria até os escolhidos".

Interessante também que cada vez que eles julgam que uma "barreira" tratada como legalismo(que na prática é a palavra de Deus)caiu, uma seguinte vai sendo derrubada, como num jogo de dominós, peça após peça, até que tudo se torne relativo, a verdade do evangelho se transforme em apenas um ponto de vista, abominações são tratadas como normais, e o discurso que ouço desde criança de que "Deus não se importa com o exterior, se importa com o coração" toma uma nova força. Primeiro um evangelho, sem parte da palavra de Deus, depois um evangelho sem nada da palavra de Deus. Por fim, um evangelho sem Cristo, onde Deus assume apenas a postura de um ser maior.

Mas, com certeza nós não fomos feitos para deixar "partes" para Deus, mas diante dele entregar a nossa vida por completo, a ponto de sermos totalmente moldados por Ele, transformados de glória em glória em Jesus, que com certeza terminará a boa obra que começou em nós.

O que a mídia está transmitindo não são boas novas de salvação. É ruina, mistura e abominação.

Peço desculpas pelo comentário anterior e quero deixar exposto que concordo com o senhor e com o uso da palavra de Deus para embasar os argumentos contra o evangelho $how. Graças a Deus que ainda houve tempo de voltar atrás. Obrigado pelos seus argumentos, pela atenção dada e que Deus continue lhe abençoando!

Anônimo disse...

pr.

sinceramente não vi OUTRO EVANGELHO. Prefiro afirmar que outra FACETA foi revelada, assim como o evangelho por João Batista e o evangelho por João. Um apontava o pecado de Herodes (e conquistou seu respeito e admiração), o outro conquistou a muitos, a nós, inclusive, como todo seu jeito e trato no falar. Tudo isto me cheira diversidade no REINO DE DEUS. À uns Deus usa "PEDRO", à outros Deus usa "JoÃO".

Foi excelente a porta que foi aberta. Isso não pode ser negado. Agora, outra questão é o exemplo que será dado pelos nossos irmãos, e o evangelho na prática por nós e por eles. O fato de muitos não darem bom testemunho não anula a oportunidade. O problema estaria na concessão, no abrir mão da Palavra; isso jamais.

Sinceramente, se o Sr. assistiu a apresentação do Diante do Trono (parte final), percebeu que a PALAVRA de DEUS foi proclamada, nos moldes de João, mas foi pregada. E glória a DEUS por isto!! Não vejo problema algum.

Juan Sterfan juan_sterfan@hotmail.com

Tamar disse...

Abriu nada, abriu uma porta na cabeça oca dos crentes para enfiar comerciais de tudo o que não presta.
Comida lixo, cerveja, financiamentos a perder de vista com juros extorsivos, jogatina estatal, propaganda do desgoverno, intermináveis campeonatos de futebol, imoralidade e adultério.
Tudo isso "patrocinado" pela presença de celebridades gospel nos seus programas.

Tenho dó dos pastores fiéis que terão um duro trabalho para desprogramar a mente das ovelhas, livrá-las das amarras do vício e reconstruir suas vidas.

Saulo Alves disse...

Na verdade, nem mesmo as emissoras que vendem horários para pastores evangélicos abriram as portas de vez para a pregação da mensagem. Os melhores horários eles nunca cedem aos pastores, evidenciando assim, um interesse , tão somente pelo lucro. A rede globo, nem mesmo abre qualquer horário que seja para a pregação do evangelho e sim, evidencia-se apenas uma preocupação em fazer uma média com evangélicos tendo em vista o aumento dos evangélicos no país, o que pode , sem dúvida, influenciar no IBOPE da emissora . Será algo positivo quando a emissora abrir os seus horários para que pastores ungidos pelo amor e poder da palavra de Deus e santidade possam pregar o verdadeiro evangelho do Senhor Jesus.
Não se iludam, o mundo não ama as coisas de Deus. É preciso ter mais discernimento nas igrejas, mais oração, mais estudo das doutrinas, pois , agora, estamos passando por uma era em que as igrejas estão pobres de doutrinas, oração e discernimento , sendo vulnerável a todo e qualquer que se diz do bem!