quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Você tem certeza de que Deus está no controle da sua vida?


Em 1 Coríntios 16.7-9 está escrito: “não vos quero agora ver de passagem, mas espero ficar convosco algum tempo, se o Senhor o permitir. Ficarei, porém, em Éfeso até ao Pentecostes; porque uma porta grande e eficaz se me abriu; e há muitos adversários”.

Há poucos dias, quando divulguei neste blog que fora apresentado em minha igreja local — a Assembleia de Deus do Ministério de Cordovil-RJ (ADMC) — como co-pastor, alguns internautas perguntaram: “O irmão não disse que recebeu um ministério que envolve itinerância? Como vai agora exercer o pastorado?”

De fato, o Senhor me chamou especificamente para pregar e ensinar a sua Palavra. Mas uma chamada não anula outra chamada. Paulo, por exemplo, tinha um ministério tripartido; ou, se alguém preferir, ele foi chamado para ser apóstolo, pregador e doutor dos gentios (1 Tm 2.7). O Senhor é soberano. E, por isso, entreguei a minha vida inteiramente em suas mãos e lhe pedi que “faça a minha agenda”.

Nessa nova
 fase (até quando?), não vou pregar em outros países ou estados  a não ser em algumas congregações da ADMC em Minas Gerais ou em casos excepcionais. A pedido do pastor-presidente, preparei um roteiro de visitas às congregações do campo, muitas delas situadas em locais de risco, onde há conflito entre facções de traficantes.

Sinto-me imensamente feliz com essa nova incumbência que recebi do Senhor, pois tenho a certeza de que estou no lugar onde Ele quer que eu esteja. 
Quando aceitei esse novo desafio ministerial, tive de cancelar minha agenda de pregações e estudos bíblicos para outros estados e países. Meu campo agora é o Rio de Janeiro, mais precisamente Cordovil e os bairros que o cercam. Só mantive agendada a minha participação no XIV Encontro para Consciência Cristã, promovido pela VINACC (Visão Nacional para Consciência Cristã), o qual foi realizado, durante o carnaval, em Campina Grande, na Paraíba.

Pensei comigo: “Não posso deixar de ir à Paraíba. Aquele evento é muito importante. Tenho muito a aprender com Norman Geisler, Russel Shedd, Augustus Nicodemus e tantos outros. Além disso, milhares de cartazes com a minha foto foram distribuídos. Os irmãos não vão entender a minha ausência”. 
Entretanto, na semana passada, enquanto eu orava a respeito do evento da VINACC e, ao mesmo tempo, estava preocupado com a minha nova incumbência e algumas dificuldades que a nossa igreja local tem enfrentado, Deus falou ao meu coração claramente.

Sempre viajei nessa época de carnaval, para ministrar em escolas bíblicas e eventos afins. Mas, desta vez, o Senhor me mostrou que deveria permanecer no Rio de Janeiro e servir à ADMC. Minha esposa, que viajaria comigo, e outras pessoas se espantaram com a minha decisão, mas entenderam que ela decorreu de uma intervenção divina. Agradeço ao querido pastor Euder Faber, presidente da VINACC, que prontamente aceitou a minha decisão (que não foi minha, na verdade).


Estive no domingo passado, pela manhã, na Escola Bíblica Dominical, em minha igreja, e ensinei a Palavra de Deus a uma classe formada por dez pessoas, aproximadamente. À noite, participei do culto e ouvi atentamente a exposição das Escrituras (enquanto isso, em Campina Grande-PB, meu amigo, o pastor Renato Vargens, me substituía, falando a centenas de pessoas a respeito da realidade da igreja brasileira).

Meu coração está cheio de contentamento! Ontem, ministrei a Palavra no culto de doutrina da ADMC pela quarta semana seguida. Discorri sobre quatro tipos de crente: (a) o que diz que é; (b) o que parece que é; (c) o que pensa que é; e (d) o que é, de fato. Na quinta-feira, teremos um grande culto evangelístico. Na sexta-feira, vou a uma congregação. E assim por diante.

Sabe o que quero dizer com tudo isso? Que o Senhor está no controle da nossa vida. É Ele quem determina se devemos pregar para milhares, centenas, dezenas ou uma pessoa só. 
Ah, como são maravilhosas as lições contidas em Atos dos Apóstolos a respeito da direção de Deus!

Lembra-se do diácono-evangelista Filipe? Ele estava em Samaria pregando o Evangelho para multidões, “que ouviam e viam os sinais que ele fazia” (At 8.6). Espíritos imundos saíam das pessoas, e muitos paralíticos e coxos eram curados. Havia grande alegria naquela cidade (vv.7,8). Pela lógica, Filipe deveria continuar fazendo a obra do Senhor ali. Entretanto, Deus enviou um anjo, que disse: “Levanta-te e vai para a banda do sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserta” (v.26).


Filipe podia ter argumentado: “Senhor, aqui está muito bom. Multidões ouvem a tua Palavra”. Mas ele obedeceu a Deus e foi para uma estrada deserta. Ali, recebeu a ordem para se aproximar de uma carruagem em que havia um “homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros” (At 8.27). Isso mesmo: o soberano Deus enviou um pregador de multidões a um lugar deserto para falar de Cristo a uma única pessoa!


Outro episódio interessante no livro de Atos dos Apóstolos a respeito da direção de Deus está no capítulo 16. Paulo queria pregar na Ásia e na Bitínia, dois ótimos desejos. Mas o Espírito de Jesus lhe disse “não” (vv.6,7). Em seguida, o doutor dos gentios “teve de noite uma visão, em que se apresentou uma varão da Macedônia, e lhe rogou, dizendo: Passa a Macedônia e ajuda-nos” (v.9). Paulo entendeu que a direção de Deus estava acima dos seus projetos e foi para a Macedônia.


Pergunto: E se Filipe tivesse ficado em Samaria? E se Paulo tivesse ido para Ásia ou Bitínia? Qual teria sido o resultado? Bem, faço outra pergunta: Qual foi o resultado da obediência deles à voz do Senhor? Primeiro, através da evangelização do etíope, a Palavra de Deus foi levada a uma nação! Segundo, mediante a obediência de Paulo, toda a Europa, começando pela Macedônia, foi evangelizada. Mais tarde, o Evangelho chegou à América do Norte e, de lá, veio para o Brasil!


“Muitos propósitos há no coração do homem, mas o conselho do Senhor permanecerá” (Pv 19.21). Glória seja dada ao maravilhoso nome de Jesus!


Ciro Sanches Zibordi

18 comentários:

Felipe Wandork disse...

A Paz do Senhor, pastor Ciro,
Fico feliz em ver que mesmo o senhor alcançando projeções internacionais para a pregação do evangelho, não deixou de ouvir a voz do nosso Deus.
A palavra que o senhor tem recebido do Deus eterno e soberano fará muito bem ao Rio de Janeiro. Creio que os planos de Deus são perfeitos e que no Rio existem almas sedentas desta Palavra maravilhosa.
Que Deus continue usando o irmão. Pena que agora será mais difícil trazê-lo para pregar em nossa igreja, mas que a vontade de Deus seja feita. Fique na Paz!

Francisco Teixeira disse...

Prezado Pastor Ciro, tenho uma enorme admiração por você, porem não concordo com cancelamento de agendas por motivos nenhum, a não ser por doença ou morte de familiares próximos. Esses motivos que muitos pregadores apresentam para cancelar agendas, Deus não aceita. Eu entendo que quando um homem de Deus firma um compromisso já estar confirmado por Deus, pois a palavra do crente é sim, sim! E não, não! Deus jamais faria com que o homem de Deus, seu servo, faltasse com sua palavra, antes ajudaria a cumprir-la, para honrar o homem de Deus e o Deus desse homem.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "Francisco Teixeira",

Agradeço-lhe pela sua opinião. Mas mantenho a convicção de que a minha vida ministerial tem sido dirigida pelo Senhor Jesus.

Em Cristo,

CSZ

Wellington Estrela disse...

Amado, Seu texto falou poderosamente ao meu coração! Que Deus te abençoe!
Em Cristo ,
Wellington Estrela.

Anônimo disse...

Paz del Señor, Pr. Ciro. Puede tener la seguridad absoluta de que lo que le comento es verdad: lágrimas escurrieron de mis ojos al leer este post suyo, porque me ha tocado presenciar pastores (pastores?) con más amor a su propio yo, que para con las ovejas que Jesús les encomendó ("Ahora soy un pastor de prestigio, tengo que cuidar de mi reputación"). Una de las cosas que Jesús, Nuestro Señor me enseñó es exactamente eso que usted comenta, amado pastor Ciro: predicar a diez mil personas como si estuviera predicando para una sola, y predicar a una persona, como si estuviera predicando a diez mil!... porque la Obra es del Señor y una sola alma es muy preciosa ante los ojos de Jehová Nuestro Dios. Mis más sinceros respetos y un gran abrazo desde Bolivia, de parte de su hermano menor, Pr. Ciro.

João Paulo disse...

Caro pastor Ciro, a paz do Senhor!

Minha oração é a de que o senhor continue sendo uma benção nas do Senhor.

Em Cristo,

JP

Geovani Figueiredo dos Santos disse...

A paz do Senhor Jesus Cristo,Pastor Ciro!

Que o Senhor continue abençoando sua vida bem como o seu ministério. Que nessa nova empreitada mais experiências profundas lhe sejam acrescentadas e que a mão do bendito Mestre te conceda mais e mais sabedoria e provecta madureza na condução do rebanho do Senhor para o qual foste chamado.

Nos laços do Calvário,

Geovani F.dos Santos

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e pastor Ciro Zibordi,
A Paz do Senhor


O Deus dos céus, que sempre esteve com amado, continuará te abençoando nessa nova missão.

Vai nessa tua força, varão valoroso.

Um grande abraço!

Seu conservo nEle,

Pr. Carlos Roberto

Tadeu de Araújo disse...

Pastor Ciro, graça e paz!
Nossa vida somente tem sentido, apesar de todas as adversidades por que possamos passar, é quando submetemos a mesma à direção do Eterno. O que nem sempre muitos de nós conseguimos fazer.
Sabemos que o ser humano, em sua grande maioria,quanto mais tem capacidade, tem tendência para se achar imbatível.E isso é um caminho muito perigoso.Pois as facilidades iludem e enfraquecem, enquanto que, as dificuldades ensinam e fortalecem.
Aliás,há um recado para todos aqueles que se veem super-alguma coisa,em Jeremias 9.23,24.
Dói,mas é verdade: aceitar a Cristo como Salvador,é fácil; tê-lo, todavia,como Senhor Soberano do nosso dia a dia, aí é que reside a dificuldade.
Assim dizemos, pois muitas vezes "entregamos" o desafio,no entanto, pela metade.
Se bem que isso não chega a ser nenhuma novidade,pois quando não estamos vivendo uma vida de plena comunhão,confiamos no braço de carne.E, desse modo, não temos vitória,segundo Jeremias 17.5.
Há, porém,um recado que nunca deveria ser esquecido por todos que se dizem seguidores de Cristo: "Entrega o teu caminho ao Senhor,confia N'Ele, e Ele tudo fará"(Salmo 34.7).
Se bem que, nem sempre o que recebemos, é o que esperávamos.
Portanto,caso estejamos como servos submissos,o que recebermos,será bem-vindo (Romanos 8.28).
Em Cristo,
Tadeu de Araújo

Anônimo disse...

O melhor lugar para se estar é no centro da vontade de Deus !!!

João Paulo disse...

Dileto pastor Ciro, o senhor está redondamente certo: "Mais importa obedecer a Deus do que aos homens" (At 5.29). Quantos não estão "enroscados" por aí, só porque decidiram obedecer aos seus próprios desejos e caprichos?

Segundo as Escrituras, consultar a Deus antes de qualquer decisão a ser tomada é a melhor alternativa. Davi exemplifica muito bem isso: "E consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Irei eu e ferirei... E disse o SENHOR a Davi: Vai, e ferirás..." (1 Sm 23.2). Observe também, por gentileza, o versículo quatro de 1 Samuel 23.

Em suma, o problema de muita gente é gostar sempre de "aparecer" diante de um expressivo auditório.

Jamais nos esqueçamos de que o Evangelho, não obstante ser o poder de Deus (Rm 1.16), é singelo (2 Co 11.3). Por isso, "todos" que desejam ou o propagam, devem fazê-lo com seriedade e compromisso, independente da quantidade de pessoas que o escute.

Abraços fraternos,

João Paulo M. de Souza
www.joaopaulomsouza.blogspot.com

Jusileide Pinto disse...

A paz pr. Ciro

O Ministério de Cordovil tem congregações, aonde é necessário a sua presença, não estou desmerecendo os outros, apenas estou tentando dizer que no momento Deus te quer asssim, então, fique no centro da vontade de Deus!

Walter Filho disse...

Pastor Ciro,
Que o Senhor continue a dar direção e o capacitando para todas as "paradas".

Microscopicamente (Jo 3.30).

Paulo disse...

Caro pastor Ciro, a Paz do Senhor.

Serão muito proveitosos os apredizados nesta nova realidade.

Paulo Mororó

Tiago Martins disse...

A vontade de Deus sempre é a melhor independente da situação.

Mozart Paulino disse...

Pastor Ciro, a Paz.

Louvo sempre a Deus pela sua vida.

Continue nas dispensações do Senhor,

Abração.

MSP

Cidinha disse...

A paz do Senhor Pastor Ciro,
esse texto tocou profundamente em meu coração .

Deus te abençoe !

claudiopimenta disse...

tambem concordo com o irmao francisco teixeira sobre a palavra do crente porem nesse caso em especifico creio sem duvidas que devemos ouvir antes da nossa palavra firmada a voz do nosso senhor

e o pastor ciro esta ouvindo
e uma perca momentanea para a igreja de um modo geral mas um ganho para a igreja local da qual o pastor Ciro faz parte

parabens por ter ouvido a voz do senhor!