segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Cristão verdadeiro não pode ter “memória curta”


“O povo tem memória curta”, diz um adágio popular. Quanto a nós, salvos em Cristo Jesus, devemos nos exortar uns aos outros (Hb 3.12-14), a fim de não nos esquecermos de coisas muito importantes, como a purificação dos nossos antigos pecados (2 Pe 1.9).

Não é por acaso que encontramos na Palavra de Deus mandamentos para nos lembrarmos da essência do autêntico cristianismo, centrado na Palavra de Deus. Quantos já não têm se esquecido da simplicidade que há em Cristo (2 Co 11.3) e abraçado a falsos evangelhos, como a teologia da prosperidade?


Em Hebreus 13, vemos, pelo menos, seis coisas das quais não devemos esquecer: da hospitalidade, dos presos, dos maltratados, dos pastores, da beneficência e da comunicação.


“Não vos esqueçais da hospitalidade” 
(v.2) 
— o autor de Hebreus menciona uma razão para fazermos isso: “alguns, praticando-a, sem o saber acolheram anjos” (ARA). Pense no que significa ser hospitaleiro. Tratar bem os amigos é fácil. E, quando temos de ser hospitaleiros com quem não conhecemos ou com os inimigos? Sofremos, ao fazer isso.

Entretanto, Deus muitas vezes usa esse tipo de circunstância para nos abençoar. Não foi isso que aconteceu com a viúva que ajudou Elias? E o que dizer de Zaqueu? Já imaginou se ele dissesse a Jesus: “Na minha casa, não! Minha mulher não vai gostar de receber uma visita inesperada”?

“Lembrai-vos dos presos” 
(v.3) 
— sejamos sinceros: Qual cristão, incluindo você e eu, caro leitor, costuma se lembrar dos presos, dos encarcerados? Mas o texto bíblico em apreço diz: “Lembrai-vos dos encarcerados, como se presos com eles” (ARA). Meu Deus, que difícil recomendação da tua Palavra! Como eu preciso melhorar!

“Lembrai-vos dos [...] maltratados” 
(v.3) 
— a versão de Almeida Revista e Atualizada (ARA) assevera: “Lembrai-vos... dos que sofrem maus tratos”. E acrescenta: “como se, com efeito, vós mesmos em pessoa fôsseis os maltratados”. Gostamos de lembrar apenas de coisas boas, que nos trazem satisfação...

Ninguém gosta de lembrar, por exemplo, de um morador de rua, maltratado pela vida ou pelas más escolhas que fez. Os espíritas dizem: “Ele está sofrendo, mas é o seu karma, até que alcance a iluminação, depois de várias reencarnações”. Mas alguns evangélicos, conquanto iluminados pelo Espírito, se dão ao luxo de afirmar, sem nenhuma compaixão: “Deus sabe por que esse homem está sofrendo; trata-se de um miserável pecador, um vaso da ira”. Ah, como o nosso cristianismo seria realmente cristão se aprendêssemos a ser “bons samaritanos”!

“Lembrai-vos dos vossos pastores” 
(v.7) 
— nunca os pastores foram tão desrespeitados. Hoje, ser pastor não significa muita coisa. É claro que há falsos obreiros, aos quais convém mesmo “tapar a boca” ou refutar segundo a Bíblia (Tt 1.10,11). Mas não são muitos os cristãos que atentam para a seguinte recomendação: “Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver” (ARC).

O respeito aos pastores (“guias”, ARA) não é por causa do título que eles possuem, e sim porque foram chamados e ungidos pelo Senhor. É o Senhor quem os põe na igreja (Ef 4.11; Jr 3.15). E quem se levanta contra eles — no caso dos verdadeiros, é evidente —, a fim de prejudicá-los, está se levantando contra quem, mesmo?

“E não vos esqueçais da beneficência” 
(v.16) 
— beneficência é o amor em ação; é a prática do bem. Afinal, o amor só é amor quando em ação. Se alguém diz “Eu amo a Palavra”, mas nunca medita nela, que tipo de amor é esse? Por isso, o salmista, ao falar do seu amor para com a Lei do Senhor, afirmou que ela era a sua meditação em todo o dia (Sl 119.97). E o que dizer do amor a Deus e ao próximo? E o que dizer do amor aos inimigos?

A Bíblia não diz que devemos fazer bem a todos? Essa última pergunta é retórica; traz em si mesma a resposta de que devemos amar e fazer o bem (amor em ação) até aos nossos inimigos (Rm 12.20). Estamos dispostos a isso? Ou queremos vê-los arrasados, prostrados, enquanto cantamos: “Tem sabor de mel, tem sabor de mel, a minha vitória hoje tem sabor de mel”?

“E não vos esqueçais da [...] comunicação” (v.16) 
— ou “Não negligencieis igualmente [...] a mútua cooperação” (ARA). O autor de Hebreus acrescenta que Deus se compraz com esse tipo de sacrifício. Ser um cooperador, um ajudador, alguém que comunica alguma coisa a alguém, seja um dom espiritual, seja uma ajuda material, significa se sacrificar pelo próximo!

Quem hoje está disposto a sofrer, a se sacrificar, por alguém que não seja um parente, como filhos, netos, esposa, pais? Enfim, correr atrás de trio elétrico dizendo que está evangelizando os foliões é fácil. Escrever belos textos, pelos quais expomos o nosso pensamento e refutamos isso e aquilo, também não é tão difícil. Priorizar o evangelho ecumênico em programas da Rede Globo é ainda mais fácil e prazeroso
.

Mas, e viver o cristianismo verdadeiro, o cristianismo realmente cristão, que não se esquece da hospitalidade, dos encarcerados, dos maltratados, dos pastores, da beneficência e da mútua cooperação? O cristianismo verdadeiramente cristão é para quem deseja ter a Bíblia como a sua regra de fé, de prática e de vida. E é isso que eu desejo, embora reconheça, humildemente, que ainda não o tenha alcançado plenamente...

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi

17 comentários:

Jônatas O. D. disse...

É Pastor, eis aí alguns versículos que muitos de nós temos esquecidos de pregar, e mais ainda, de praticar! Em um mundo tão voltado para o "eu" tais valores são raridade, mas os que se autoproclama cristãos devem procurar honrar o nome de Cristo com obras dignas de um verdadeiro servo de Deus! Que o Senhor Deus refresque nossa memória todos os dias! Amém!

A Paz do Senhor Jesus!

Jônatas O. Duarte

Valdiney disse...

E, o cristão precisa constantemente ter a memória ativada pelo Espirito Santo, para que a palavra de Deus que é viva, posso jamais se perder de sua mente... Afinal nos temos a mente de Cristo... Um Abraço Pastor Ciro......

Anônimo disse...

A paz do Senhor pastor Ciro!
É muito importante ressaltar ao povo cristão que não se pode viver sem a palavra. E para isso, se deve guardá-la no coração(mente), porque sabemos que a boca só fala do que o coração está cheio, assim, se mantivermos a palavra na mente, cumpriremos o que escreveu o salmista no salmo 119, "minha lingua falará a tua palavra porque todos os teus mandamentos são justiça".
Com a palavra de Deus podemos ter a mente de Cristo, logo, faremos como o que diz o artigo fundamentado na escritura aos hebreus, lembrando sempre dos preceitos e da vontade do Senhor("fazei memória de mim").
Busquemos a sabedoria do alto conforme recomenda Tiago 1 e 5,19, e façamos a vontade de Deus, amando-o acima de tudo e ao próximo como a nós mesmo... att Thiago A. Boudny de cnp MT

Marcos Brito Matos disse...

Shalom Adonai, pr. Ciro!

É... Ser cristão de acordo com a Bíblia não é nada fácil, porém, é compensante. É válido fazer o sacrifício de viver segundo a Palavra, para que alcancemos o Céu.
Aliás, o maior sacrifício Jesus passou por nós no Calvário, a fim de dar-nos a maior bênção: a Salvação!

Diego disse...

Realmente ainda não somos como deveriamos ser , mas mesmos falhos e sujeitos a erros devemos assim como um verdadeiro cristão prosseguir para nos aproximar cada vez mais da estatura de varão perfeito.
Devemos nos lembrar constantemente de nossa posição de santo diante de Deus e realmente buscarmos a santificação progressiva.Quão bom e suave é que todos venhamos a ser amados uns pelos outros.

Renato S. disse...

Que bom ler isto. Nos blogs de pastores bem conceituados, por culpa de suas obras literárias, estão sempre falando de apologética, interpretação de enigmas Bíblicos e etc. Não que eu não goste, e seja muito importante falar disto. Porém, tenho a sensação que estes passam muito tempo com os livros e pouco tempo com o próximo. E não acredito que alguém possa ter intimidade com Deus sem antes ter cuidado com o seu Irmão. Gostaria que o senhor conhecesse o pastor reformado Paul Washer. Missionário, grande Pregador(profeta), Rico, "Humano" e Fundador da heart cry. Faz uma obra maravilhoso em pró das almas.
- Deus te abençoe meu pastor. Fico feliz pela sua estada em cordovil.

Cesar Filho disse...

Realmente o conceito de evangelho está sendo dissolvido por muitos crentes!!!
O prazer de servir a Deus está se firmando em entretenimento gospel!!!

César Filho, 20 anos, Fortaleza-CE
Meu Blog:
http://ircesarfilho.blogspot.com/

Ivan Clayton disse...

Esse tema me fez refletir um pouco em algumas coisas que temos esquecido de pregar:
por exemplo.

) ouve-se muito falar em que temos de orar, mais os cultos de oração estão cada vez mais escassos, ou com poucos frequentadores.

) Fala-se muito no nome de Jesus, mais não se ensina o verdadeiro significado do poder do Nome de Jesus, por isso tem crente, "amarrando" os demônios ou dizendo o Sangue de Jesus tem poder, sim tem, mais pra expulsar demônios?

) ouve-se muito falar de Escatologia, mais num termo teológico do que prático, por que são poucos que pregam um Jesus que voltará, pois se contentam com esse mundo.

) ouve-se falar em geração de adoradores, mais a verdadeira adoração já foi esquecida por muitos;

) ouve-se falar em espiritualidade, ser cheio do Espírito, mais pouco se fala em Batismo com o Espírito Santo, o resultado é cada vez menos crentes tendo a sede do Batismo, e o que falar dos dons espirituais, basta a pessoa dizer ter uma "divina revelação do inferno" que pronto todos se contentam, não se fala em discernimento de espírito e se falar, é ameaçado de julgar - basta uma pessoa na igreja dizer que teve uma revelação e dar uma de suas profetadas que todo mundo fica dando glória e fica por assim mesmo, estamos nos esquecendo das obras verdadeiras do Espírito Santo, e estamos nos alegrando com os sinais e prodígios que os falsos profetas realizam (Mt 24.24);

) ouve-se falar em estar de bem com você mesmo,"Haja o que Hajar" (riso forçado), em detrimento do bem do próximo, nos esquecemos de amar o próximo, e ainda dizemos que amamos a Deus! (I Jo 1.6, 2.9);

) só pra tirar a raspa do tacho, ouve-se falar em consagração, ouve? raramente, mais ouve, mais quem está disposto a jejuar? meditar na Palavra de Deus sem orgulho e desprendimento de todo achismo? deixar a religiosidade de lado, e se tornar um verdadeiro Cristão, que Ama a Deus e a sua palavra? consegue fazer um regime pra ficar melhor esteticamente, mais não consegue Jejuar pra ficar melhor capacitado espiritualmente!

é estamos ficando com memória curta. estamos nos esquecendo das coisas divinas rápido demais.
que Deus nos livre de uma amnésia espiritual.

De um jovem servo de Deus, que devia estar aprendendo muito mais dos que estão a mais tempo que eu no serviço Cristão, mais que recebi de Deus a graça de ensinar, (não a nós Senhor, não a nós)Sl 115.1.

jorge melo disse...

É verdade Pr. Ciro, muito bem colocado o seu post, seria muito bom se todos que se dizem cristãos, e que estão desligados dos versiculos mencionados neste post, acordassem para a realidade citadas nos mesmos.

JESUS breve vem !

O tempo presente é : Dar uma pausa para : Refletismo mais na palavra de DEUS, obediencia, oração, santificação e ação.

Ainda há tempo !

EM CRISTO,

Palavra e Vida disse...

Pastor Ciro, claro que ainda sou um menino na fé, mais acredito que um dia ainda me tornarei um adulto igual você. Tenho adotado um método para que eu venha a ser um biblista assim como o Senhor. Tenho procurado responder os questionamentos que me fazem no dia a dia a luz da Bíblia.

Seu Blog tem sido um ponto de referência pra mim. Tenho lido diariamente seus artigos, às vezes imprimo alguns e distribuo entre os irmãos da minha igreja que não tem acesso a internet, inclusive ao meu pastor a aos Obreiros.

A maioria de seus textos eles gostam e dão glórias a Deus por sua vida, porém tem alguns, a minoria que são adeptos de um certo pastor que você escreveu recentemente sobre ele e a Teologia da prosperidade, que eles torcem o bico quando lêem os artigos que você escrevem fazendo alguns comentários sobre eles. Mais eles só ficam com o bico torcido mesmo e não vão muito além, porque o que você fala tem base Bíblica. Aí correr pra onde?

Esse texto aqui gostei muito e vou imprimir com certeza e dá para meus amigos. Claro que respeito os direitos autorais e imprimo do jeito que está aqui. Com seu nome e tudo mais. Só não com os desenhos para não ir muito tinta da impressora.

Alexandro Arruda. Formoso do Araguaia – Tocantins. Assembléia de Deus CIADSETA

Fruto do Espírito disse...

Bela mensagem!

Como sempre o irmão está sempre a nos surpreender, com as pérolas postadas aqui no seu espaço abençoado.

Deixo aqui expresso meu carinho pelo amado Pr. e em retribuição ficaria feliz com um presente de sua parte: Tê-lo como seguidor.

Uma chuva de bençãos desçam sobre sua casa!

_..._ ..._(... (  ...).._
  (_....__..._) _(.. (  ...)
  /(_...._)(_...._..._)\
 // / / / / | \ \ \ \
 / / / / | \ \  \
/ /  /  /  | \  \  \
♥ ♥    ♥  ♥ ♥   ♥    ♥ 
♥ ♥   ♥   ♥    ♥ ♥ ♥   ♥
♥   ♥   ♥  ♥   ♥ ♥
 ´´´, •♥♪♥♪♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•
´´´¢ /Λ\♥♪♥♥♪♥♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥•
´´¢ /.....\♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥•
´¢ / ๑۩ ๑_\♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•
¢/¨๑۩۞۩๑_\´♪♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥
¨▓¨.♪♥♥♪.▓♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•|||||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓¨★★★★★¨¨¨¨¨¨¨¨¨★★★★★|||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓¨★★★★★¨¨¨¨¨¨¨¨¨★★★★★|||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓••••••••••••••••••••
¨♥♥======♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
¨♥♥======♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥


Em Cristo,

http://frutodoespirito9.blogspot.com/

***Lucy***

Visite também: http://discipulodecristo7.blogspot.com/

Anônimo disse...

Veja a noticia que está correndo o mundo essa semana na TV, jornais, internet : Um grupo cristão foi ao desfile do Orgulho Gay em Chicago segurando cartazes com mensagens, incluindo um que dizia: "Eu sinto muito pela forma como a igreja tratou vocês".

Izaldil Tavares de Castro disse...

Amém para o seu texto, caro Pr. Ciro! Temos tido muita facilidade para sermos cristão "que estão no mundo" (literalmente). Mas, sem dúvida, o que Deus quer de nós é que sejamos "luz do mundo e sal da terra", o que não tem sido fácil, porque não temos feito essa diferença. Que Deus manifeste a sua misericórdia e nos dê a graça para retornar aos princípios do verdadeiro cristianismo. Abraço.

Mateus disse...

Estive conversando com um colega e trabalho estes dias, sobre nós lutarmos muito contra adultério, roubo, mentira e esquecermos de lutar contra coisas que consideramos muito pequenas como tratar alguém com indiferença, fazer descaso dos outros, acepção de pessoas e outras coisas de desvio de caracter, como Jesus disse aos fariseus que se preocupavam tanto em dar dizimo de tudo, mas desprezavam o amor.

Jefferson Rodrigues disse...

Pastor gostaria de saber se há alguma objeção em publicar algum artigo do sr. desde que citanto fonte e o blog de origem?
Fico grato pela atenção e aguardo a resposta.

Jefferson Rodrigues - Teresina/PI

Edinei Siqueira disse...

“Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver” (ARC).

LEMBRAR DE QUAIS PASTORES?

1º - Que vos falaram a Palavra de Deus.

Estão certos lideres falando a Palavra de Deus para o povo?
Lideres que pregam a "Teologia" da prosperidade e só falam em dinheiro, não merecem ser respeitados.

2º - A fé dos quais imitai.

Confesso que está difícil imitar a fé de alguns que se dizem pastores.

3º - Atentando para a sua maneira de viver.

1ª Tm. 4:12 e 1ª Pe. 5:3 dizem que o lider deve ser exemplo do rebanho. Mas em meio a este evangelicalismo impregnado de heresias não é fácil acharmos homens que sejam dignos de terem suas vidas como modelo.

Porém, se acharmos pastores que realmente tenham as características de Hb. 13:7, que venhamos lembrar dos tais.

Edinei

O BLOG DA VERDADE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.