segunda-feira, 20 de junho de 2011

A vida continua...

Quem já perdeu um ente querido sabe como isso é difícil. E, por mais que eu tenha a certeza da salvação eterna do meu pai, os últimos dias têm sido bastante atípicos e pesarosos para mim.

Há pouco mais de uma semana, minha esposa e eu tivemos de remanejar tudo o que foi possível a fim de viajar a São Paulo e assistir à minha mãe, que estava muito aflita, além de visitar o meu pai, já bastante debilitado, no hospital. Fui obrigado a deixar de atender alguns compromissos ministeriais e profissionais. E também não pude participar das comemorações do Centenário das Assembleias de Deus.


Ao voltarmos a Niterói-RJ, há oito dias, sabíamos que meu pai ficaria pouco tempo entre nós, em razão do seu grave estado de saúde. Ficamos acompanhando por telefone, até que a notícia do falecimento chegou, na madrugada da última sexta-feira, pondo fim à dor do sofrimento, mas trazendo outra dor: a da saudade.

Bem, a vida continua... E, a partir de agora, minha mãe — ainda bastante abatida com a perda do companheiro (estava ao seu lado havia 51 anos) e também enferma — precisará muito da minha assistência. Não existe nenhuma possibilidade, humanamente falando, de eu me mudar com a minha família para São Paulo. Nosso “quartel general” está em Niterói-RJ. Entretanto, já estamos redefinindo a nossa agenda, a fim de estar, com maior frequência, com a minha mãe. Teremos de rever compromissos ministeriais e profissionais, viagem de férias no mês de julho (já cancelada), etc.

Peço perdão aos leitores que adquiriram as minhas obras pela Internet. Estou com uma pilha enorme de livros para enviar pelo correio. Lamento muito pelo atraso, pois sei que estão ansiosos para receber o material encomendado. Como eu mesmo faço todo o trabalho (que envolve: aquisição dos livros junto à editora, separação dos pedidos, dedicatória, envelopamento, envio pelo correio, etc.), os pedidos acabaram se acumulando. Mas começarei a expedição ainda hoje.

Minha família e eu agradecemos mais uma vez a todos os irmãos, de várias partes do Brasil e do mundo, que têm nos enviado as suas condolências. Não temos como responder a cada um, em particular, pois já recebemos centenas de mensagens via e-mail, Twitter, Facebook e neste blog. Que Deus os abençoe rica e maravilhosamente.

Contando com a intercessão e a compreensão de todos,

Ciro Sanches Zibordi

13 comentários:

EVANGELISMO ITAQUERÃO disse...

Que Deus continue te abençoando e dando conforto ao seu coração e de familiares. Conte com a oração de todos nós!

Alan

Anderson Rogerio Andujar disse...

Meus sentimentos pr. Ciro...

Elias Vasconcelos disse...

A Paz Abundante de Jesus Cristo!
Que o Nosso Bom e Afável Deus, possa continuar confortando e trazendo o Seu Refrigério sobre e em toda a vossa família.
meus sentimentos

JJM Designer - Impressos Gráficos e Impressão Digital de Qualidade disse...

Tbém deixo-lhe meus sentimentos, pois sei como se sente, pois já passei por essa experiência, que o Senhor conforte a ti e os familiares neste momento.

NAIR disse...

nossos sentimentos, Pr Ciro
o conforto só Deus pode dar, mas saiba que o amamos muito em Cristo.

Fruto do Espírito disse...

PAZ QUERIDO MOSQUITINHO!

Realmente depois de todo o sofrimento, resta-nos a saudade, mas como o amado e sua família estão sendo assistido pelo Espírito Consolador, eu continuo orando para que a dor seje amenizada pelo Todo Poderoso!

Ósculo Santo!

***Shalom***

Pb. Emerson Santos disse...

Paz do Senhor Pastor

Neste momento não há palavras que possam acalentar a dor da separação, já passei por esta dor.
Mas tenha a certeza que estaremos orando para que o Amado Senhor possa ajudar o senho e sua família a superar esta dor, pois a falta é eterna.

Deus lhe abençoe orarei por pelo senhor, sua família e sua mãe.

João Paulo disse...

A paz do Consolador, meu pastor Ciro!

Como havia dito antes, perdi o meu pai no ano passado, dia 10 de dezembro. Todos os dias sinto a falta dele, mas aprendi a conviver com isso, porque Deus nos ensina, consolando (Jo 14.16). Entretanto, as picadas da saudade, eventualmente, são inevitáveis...

O meu desejo é que o irmão e família consigam superar essa fase difícil pela qual estão passando...

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação, que nos consola em toda nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados de Deus" (2 Co 1.3, 4).

Um forte abraço!

www.joaopaulomsouza.blogspot.com
"

Anônimo disse...

Que a paz de nosso senhor Jesus e seu santo Espirito te console hoje e sempre meu pastor. Saiba que estamos orando pelo senhor.

GERALDO CARDOSO DE ALMEIDA FILHO disse...

Com certeza pastor Ciro, todas as pessoas que o agendaram ou aguardavam um encontro com o senhor, e que por esse motivo não vai ser possivel, vão compreender o senhor de modo carinhoso, sabendo que foi cancelado ou adiado por um motivo unico.E tenho certeza que esses cancelamentos e adiamentos que o senhor teve que fazer não vai trazer nenhum prejuizo para o senhor, visto que todos sabem que o senhor e um homem de compromisso. Nos estaremos orando em favor do senhor e da sua familia.

Leandro Dias disse...

Sinto muito pelo ocorrido pastor Ciro, estamos em oração!!

DURY disse...

Prezado Pastor Ciro.
Fiquei uns dias sem acessar o seu blog e, por isso, só hoje (21/06), com muita tristeza, fiquei sabedo do falecimento do seu pai. Solidarizo-me com sua dor, pois perdi minha mãe no dia 04/05/2011. A saudade dói.
Minha oração é que o Senhor, infinito em misericórdia, console o seu coração e de seus familiares neste momento de dor.
Fica na paz do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

ALTAIR GERMANO, disse...

Caro amigo e pastor Ciro, já sofri esta dolorosa perda. Conte com as minhas orações.

Minhas condolências.

Abraços e paz do Senhor.