terça-feira, 14 de junho de 2011

Qual é o maior erro que um teólogo pode cometer?


Erros no campo da exegese acontecem. Calvino errou. Armínio errou. Eruditos presbiterianos, batistas, pentecostais, etc. têm errado, por mais respeitados que sejam. Somente a Palavra de Deus é inerrante, infalível e permanece para sempre (1 Pe 1.24,25).

Este editor de blog já errou algumas vezes. E também já tentaram convencê-lo, sem sucesso, de que havia errado, em algumas ocasiões. Mas, quando 
— supostamente — errei, fiz isso na tentativa de interpretar a Bíblia corretamente, e não opondo-me à revelação das Escrituras.

Qual é, por conseguinte, o maior erro que um teólogo pode cometer? É o de valorizar mais 
um “precioso” teólogo do que a preciosíssima Palavra de Deus. E é o que têm feito os adeptos da escola gondimista (mencionada na postagem anterior), que, ao supervalorizar as palavras de um teólogo liberal alemão, contrapõem-se às próprias promessas do Senhor Jesus!

Como alguém pode citar um 
“precioso” teólogo para afirmar que a vinda de Cristo é uma utopia? Ora, isso é pior que má exegese. É falta de temor à Palavra de Deus e ao Deus da Palavra. Quem considera utópica a promessa da volta do Senhor, feita por Ele mesmo, opõe-se, não apenas à igreja, ao ministério, à teologia, mas principalmente às Escrituras.

Todo teólogo cristão tem liberdade para pensar e expressar seus pensamentos. Mas nenhum deles tem permissão de Deus para se contrapor à sua Palavra.


A volta de Cristo não faz parte de um 
“horizonte utópico”, como afirmou Ricardo, o idealizador e principal propagador do gondimismo, evocando o “precioso” Moltmann. Ela é a bem-aventurada esperança dos salvos em Cristo (Tt 2.11-13). Jesus prometeu: virei outra vez (Jo 14.3) e certamente, cedo venho (Ap 22.20a). Como considerar uma utopia essa gloriosa promessa?

Maranata! 
Ora, vem, Senhor Jesus (Ap 22.20b).

Ciro Sanches Zibordi

6 comentários:

Fernando Mercurio disse...

Desculpem pela indelicadeza.

Esse foi um erro velho e louco.
Tal como seu autor.

MARIO CESAR DE ABREU disse...

A PAZ DO SENHOR PASTOR!

Erros no campo da exegese acontecem. Calvino errou. Armínio errou. Eruditos presbiterianos, batistas, pentecostais, etc. têm errado, por mais respeitados que sejam. "palavras do post"

A DESPEITO DE TODO RESPEITO QUE TENHO PELO PASTOR E PELA CREDIBILIDADE QUE DOU A MUITOS DOS SEUS ENSINAMENTOS FUNDAMENTADOS NA PALAVRA DE DEUS,PRECISO PERGUNTAR AO IRMÃO:QUAIS SÃO OS ERROS QUE O PASTOR ACREDITA QUE CALVINO COMETEU EM SEUS ESTUDOS E ESCRITOS SOBRE AS ESCRITURAS? MUITOS TEM ESTES CONCEITOS ERRADOS SOBRE ELEIÇÃO OU SOBRE A SALVAÇÃO PELA FÉ EM CRISTO SOMENTE,DIGO CONCEITOS DE QUE É POSSIVEL PERDER A SALVAÇÃO ,ETC.
QUAL É O GRAVE ERRO QUE TANTO OS PENTECOSTAIS DE MODO QUASE GERAL E O PASTOR FALAM,QUANDO PENSAM EM CALVINO?

MARIO

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Mário,

A paz do Senhor.

Sinceramente, a sua pergunta me espanta. Calvino foi um ser humano como qualquer outro, a despeito de ter sido um teólogo e reformador. Ele cometeu erros de interpretação, alguns dos quais citei neste blog.

É claro que alguns calvinistas, muitas vezes, tomam o calvinismo como sinônimo de Evangelho. Mas é evidente que isso é força de expressão, pois os calvinistas reconhecem que as infalíveis Escrituras estão acima do falível Calvino.

Não me tenha mal, mas não vem ao caso citar neste momento os erros de Calvino ou de qualquer outro teólogo no campo da exegese. Por quê? Porque o que eu quis dizer, na verdade, é que todos os seres humanos erram, na tentativa de interpretar os oráculos divinos. E, por isso mesmo, nenhum de nós tem autoridade para contestar o que está escrito, como têm feito os adeptos do gondimismo.

Em Cristo,

CSZ

MARIO CESAR DE ABREU disse...

A PAZ DO SENHOR!

COMO EU DISSE ANTES: RESPEITO MUITO O PASTOR E VOU ACEITAR QUE EXAGEREI NA PERGUNTA;NA VERDADE O QUE ME INCOMODA, É VER TANTAS CRÍTICAS EM CIMA DE HOMENS COMO CALVINO E OUTROS QUE NOS PROPORCIONARAM A REFORMA NECESSÁRIA PARA A EPOCA.
É CERTO QUE MAIS ADIANTE OS NOVOS AVIVAMENTOS E A BUSCA PELOS DONS ESPIRITUAIS COMPLETARAM TAL REFORMA MAS,ALGUNS QUESTIONAM MUITO DOUTRINAS QUE COM CERTEZA,COMO SÃO DE IMPORTANCIA VITAL,TAL QUAL A DA SALVAÇÃO,DEUS AS DEIXA CLARO EM SUA PALAVRA POIS, TODOS: ERUDITOS,TEÓLOGOS OU ATÉ OS MAIS HUMILDES EM CONHECIMENTO E CULTURA NÃO PODEM TER DÚVIDAS;NÃO ESTOU DIZENDO QUE O PASTOR CRITICA E SIM QUE VEJO E OUÇO MUITOS COMENTÁRIOS E OS PRINCIPAIS VEM DOS PENTECOSTAIS E EU SOU UM PENTECOSTAL HOJE EMBORA, TENHA ME CONVERTIDO NA PRESBITERIANA HA 31 ANOS ATRAS E CONGREGUEI NELA POR VÁRIOS ANOS.

EM CRISTO,
MARIO

Tamar disse...

O capítulo que mais gosto das Institutas é "Porquê o Diabo trabalha contra o Batismo de Crianças" é hilariante ver como os Batistas Calvinistas pulam essa parte..
É interessante que Calvino não era um Calvinista de 5 pontos, quem pinçou os tais 5 pontos foi o pessoal do Sínodo de Dort..

Sou uma das maiores fãs de Calvino, gosto dele com fogueiras e tudo mais.

Muitos teólogos medievais como ele raciocinam com a perspectiva de uma sociedade estamental em que todos nascem com um lugar definido na escala social.
Não é um defeito, mais da metade dos habitantes do globo ainda vivem em sociedades assim..
Nem os cristãos acreditam que o batismo cristão nos torna iguais.

claudiopimenta disse...

Eis uma coisa interessante


calvino batizava crianças ?