sábado, 9 de outubro de 2010

Por que não votarei nem na Dilma nem no Serra

Ontem, Dilma Rousseff — que havia dito claramente, com todas as letras, durante a campanha, que era favorável à descriminalização do aborto — afirmou que é contra o aborto. José Serra, por sua vez, voltou a dizer que é contra o aborto, porém considera as exceções previstas na lei vigente.

Antes de eu dizer porque não votarei em Dilma e em Serra, gostaria de fazer um comentário a respeito da postura dos irmãos que estão se envolvendo em militância política. Tenho recebido comentários contendo xingamentos, ameaças, desprezo, zombaria, etc. E tudo isso vem de pessoas que se dizem cristãs! Elas agem assim porque desejam que todos, na marra, apoiem o seu candidato, o seu partido e falem bem deles, sempre. Democrático isso, não?

Se todos os cristãos defendessem a causa do Evangelho como defendem o seu candidato à presidência e o seu partido preferido, a igreja brasileira teria muito mais influência na sociedade. Recebi hoje pela manhã um comentário “educadíssimo” de um irmão que se sente ofendido porque eu resolvi escrever um pouco sobre política...

Diz o tal irmão: “O senhor assim como os demais pastores ‘politiqueiros’ misturam fé com política para puxar o tapete de Dilma e depois lava as mãos dizendo ‘a verdade tem que ser dita’. A verdade é que esse seu texto é tendencioso, quer parecer neutro, mas nas entrelinhas ‘puxa o — piiiiiiii — do Serra’. Você diz ‘Observe que Serra, desde o início da campanha, se mostrou contrário ao aborto, e seu partido ‘não fechou questão’ sobre o assunto’”.


Caro irmão petista, o que eu tenho escrito a respeito de José Serra e Dilma Rousseff corresponde aos fatos. Serra, desde o início, disse que era contrário ao aborto — nem Marina fez isso claramente, a despeito de ser a única evangélica e, talvez, a mais íntegra dentre os três candidatos. Quanto a Dilma, agora, no segundo turno, ela começou a dizer que é contra o aborto.

O irmão petista prossegue, em seu “amável” comentário: “Dilma não assinou nenhuma lei do aborto, Serra SIM. E se assinou é porque aprovou, não importa quem formulou; votar em Serra não é errado, Ciro? A candidata disse claramente que pessoalmente é contra o aborto, mas porque pessoalmente? Por que não depende apenas de um, mas de senadores, deputados federais e etc. Com oito anos no poder o PT já teve tempo de sobra para pra fazer todos os absurdos que dizem, não acha?
Você é apenas mais um pastor querendo atacar Dilma, usando para isso a sua ‘verdade’ e ‘imparcialidade’”.

Prefiro não lembrar de algumas coisas que ocorreram nos mencionados oito anos...

Mas, não tenho direito de opinar, irmão petista? Não posso verberar contra o aborto? Não posso dizer que a Dilma asseverou, com todas as letras, que é favorável à descriminalização do aborto? Não posso votar em outro candidato que não seja do PT? Não posso dar a minha opinião a respeito do que penso sobre a política brasileira? Que democracia é essa?


O irmão petista conclui: “Via você como exemplo de pastor”.

Nota-se que o irmão petista ficou indignado e decepcionado com este escritor... Fazer o quê? Estamos em um regime pretensamente democrático em que não se pode mais emitir uma opinião! E, em breve, se a igreja não fizer a sua parte — não apenas votando, mas sobretudo usando as armas da sua milícia, que não são carnais (2 Co 10.4,5; Ef 6.10-18) —, serão aprovados projetos de lei que visam a criminalizar a opinião, amordaçando as pessoas, impedindo-as de opinar...

Observe que até as pessoas não-evangélicas estão preocupadas com o cerceamento da liberdade de imprensa. Reinaldo Azevedo, da revista Veja, demonstrou a sua indignação contra o policiamento da opinião por parte do governo, no Programa do Jô, da Rede Globo. Lucia Hippolito, jornalista da Rádio CBN, também tem denunciado o plano petista de exercer controle dos meios de comunicação. E até o humorista Marcelo Madureira, recentemente, no programa Manhattan Connection, da GNT, expôs a sua revolta contra a postura do atual governo.

Diante do exposto, como eu já havia dito em outro artigo, não votarei em Dilma Rousseff, pelas razões que venho apresentando. E também não votarei em José Serra. Por quê? Porque não poderei fazer isso, haja vista estar, no dia 31 de outubro, fora da cidade onde voto. Mas respeito a todos e penso que cada um tem liberdade de votar em quem quiser, visto que isso é um direito que nos assiste. Ou não?

Ciro Sanches Zibordi

24 comentários:

Ricardo Mamedes disse...

Caro Pastor Ciro,

Eu quero ser mais contundente ainda nessa questão: as esquerdas em geral, fincando raízes no marxismo, são anti-cristãs. Logo, cristão que se preza e que tem conhecimento razoável de política, não vota no PT. Todavia, anote-se, somos livres - inclusive para votar no PT.

A esquerda petista, além de defender a bandeira da descriminalização do aborto, do "ataque à heterossexualidade", quer também instituir os crimes de opinião e calar a imprensa, dos últimos bastiões a defender a sociedade, que ainda restam, capaz de expor as mentiras e mazelas dessa camarilha - e que me desculpem os apaixonados.

Em suma, concordo com o seu texto.

Ricardo.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e pastor Ciro Zibordi,

A Paz do Senhor!

Tenho acompanhado seus artigos e concordo plenamente com a sua postura, que é a minha também!

O presidente da República, que representa todos os brasileiros, petistas, pessedebistas, outros e ainda os neutros, tem se utilizado do têrmo "fora do expediente" para justificar seu trabalho na campanha da sua candidata.

Ele é cidadão brasileiro e isso é um direito que lhe assiste.

Nós, antes de sermos pastores, também somos também cidadãos brasileiros e é um direito que nos assiste opinar, pelo menos agora na campanha eleitoral, depois é só orar por quem ganhar!rsrs

Também tenho recebido comentários dessa natureza, o que é lamentável, porque aqueles que querem que tenhamos a mesma postura deles, também teem o direito de abrir um blog e lá manifestarem o que quiserem.

Jesús é o Senhor e
Viva a democracia!

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Eli disse...

Em parte vejo que há uma certa razão do leitor. Apenas em parte.
Porque só tratam do aborto? E por que só a Dilma e não o Serra, tambem?
E a questão homofóbica, onde fica?
São os partidos que decidem sobre esses assuntos.
Indico dois links para ver que não é diferente o outro lado:

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=856843&tit=FHC-e-intelectuais-pedem-legalizacao-da-maconha

http://www1.folha.uol.com.br/poder/754484-serra-se-diz-a-favor-da-uniao-civil-e-da-adocao-de-criancas-por-gays.shtml

Talvez a nulidade de votos de todos os cristãos e dos que defendem os bons princípios seria a forma de demonstrar que não aceitamos essas coisas.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "Eli",

Eu menciono o aborto porque, para mim, é uma questão preponderante, acima das questões que você mencionou. Quem não é a favor da vida intra-uterina e favorável a descriminalização do aborto revela um caráter mau. Pessoas favoráveis ao aborto não têm amor à vida humana e apoiam uma forma de assassinato. São pessoas que não merecem crédito algum. Na minha modesta opinião, é claro... Mas falo isso com base bíblica, pois a Palavra de Deus é contrária ao aborto.

Não apoio o voto nulo. Meu voto de confiança, pois não vou votar na prática, é para Serra. Ele é mais preparado, mais equilibrado em todas as áreas, embora tenha cometido os seus erros, ao longo de sua história. Ele não se declara, pelo menos, abertamente favorável à descriminalização do aborto, como a senhora Dilma Rousseff, que agora mudou o discurso.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Ricardo Mamedes,

Agradeço-lhe por sua participação, que corrobora o meu posicionamento.

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor e amigo Carlos Roberto,

Tenho acompanhado a sua luta...

Estamos juntos, em defesa da vida e do Evangelho!

Outrossim, parabéns pelo maravilhoso programa de TV!

A paz do Senhor!

CSZ

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo e nosso pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

Tenho observado os seus comentários e aprendido muito com todos eles.

Certamente, apenas repito o que muitos pensam, por analisarem com com o coração, instruído pela Palavra de Deus, e muitos dos que se amotinam, são aqueles que vivem uma vida sem definições das coisas de Deus.

Sigua em frente nesta luta determinada pela necessidade em ser um instrumento e um atalaia de Deus, diante deste momento final da igreja na face da terra.

o Senhor seja contigo, nobre pastor!

O menor de todos.

Agemiro Santos disse...

Sou evangélico há 10 anos de uma grande Igreja aqui na Grande São Paulo.

Discordo do Ricardo Mamedes, pois sou estudante de Direito e também possuo conhecimento para lá de razoável sobre política e sempre votei no PT.

Corrupção, desmandos, posições contrárias à Palavra de Deus tem em todos os partidos.

Ninguém é ingênuo para acreditar piamentes nos homens que fazem parte tanto do PT como do PSDB e cia.

Voto no PT desde meus 16 anos (primeiro voto para Lula) e nesta eleição estou com Dilma.

Quanto a afirmação do Pr. Ciro sobre a "preocupação" de pessoas não-evangélicas, isso é fachada por interesses políticos também.

Quando a Veja de Reinaldo Azevedo precisa atacar as Igrejas e pastores evangelicos o faz sem dar sequer o direito de se defenderem.

Oportunismo barato movido por interesses.

É só ver aqui, pastor, que antes de Domingo, Reinaldo Azevedo "elogiava" Marina a chamando de "a santinha do pau oco":
<a href="http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-santinha-da-floresta-oca/>

Como se vê Pr. Ciro, a mídia é assim: quando quer achincalhar o evangelho o fará e quando interessa, muda de opinião.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "Agemiro Santos",

Por que a posição contrária ao petismo é motivada por interesse político, e a posição favorável a ele não o é? Onde está a imparcialidade? O PT não aceita crítica nenhuma? O governo Lula é perfeito?

Os críticas estão movidos por interesse político quando questionam os desmandos do petismo, como as atitudes de José Dirceu e toda a sua turma, bem como as alianças de Lula com Ahmedinejad, Fidel, as Farc, etc.? Estão eles com interesses políticos quando se opõem ao movimento pró-aborto, apoiado pelo PT?

Reinaldo Azevedo denuncia o que eu denunciaria também, se estivesse no lugar dele. Estou eu também com interesses políticos, ou estou simplesmente exercendo o meu direito de questionar? Ou o petismo está acima da lei e do questionamento por parte da sociedade e da imprensa?

Seja justo, meu irmão. O Senhor Jesus disse que devemos julgar, mas segundo a reta justiça (Jo 7.24). Veja os dois lados da moeda. O PT e os petistas impõe o seu pensamento e os seus projetos. Onde está o diálogo? Por que não ouvem os que pensam diferente?

Ademais, o PT é um partido como os outros, que se mostrou até pior, na verdade, do que os outros, nesses oito, com escândalos e mais escândalos. Esse é mais um motivo para Lula e o petismo ouvirem os críticos e ponderarem.

Como se vê, meu caro, tomando emprestadas as suas palavras, o petismo é assim: quando quer achincalhar o Evangelho o fará, e quando interessa, muda de opinião. Não é o que fez agora a senhora Dilma Rousseff?

CSZ

Izaldil Tavares de Castro disse...

Amado irmão, Pr. Ciro,
Mencionar "petista irmão" ou "irmão petista" não é contrassenso, nem paradoxo; é ironia, mesmo. E suas ironias são interessantes e saudáveis!
O advogado (?) que fez um comentário, alegando que sempre foi (e será) petista deve:
1) optar pelas diretrizes do partido que apoia e fechar a Bíblia; ou vice-versa.
2) Estudar um pouco da língua culta para não usar, em tais defesas, o verbo "ter" no lugar de "haver"; ficar-lhe-ia mais adequado. Afinal, ele se arroga erudição!
Concordo com o senhor, pastor, não dá para ser petista-crente nem crente-petista! Assim, é inegável: se for poetista não é crente; é joio mesmo!

Anônimo disse...

ACHO QUE NA ATUAL CIRCUNSTANCIA TEMOS QUE ANALIZAR EM QUAIS DOS 2 CANDIDATOS SÃO MENOS RUIM NÃO ADIANTA ANULAR O VOTO E DEIXAR QUE OUTROS ESCOLHAM POR NÓS, AFINAL SE SOMOS REALMENTE CRISTÃOS TEMOS QUE DEFENDER OS PRINCIPIOS CRISTÃOS ANTES DE QUALQUER PARTIDO POLITICO (POIS DEUS ESTA ACIMA DE QUALQUER UM), E SE FAZEMOS PARTE DA SOCIEDADE TEMOS QUE DAR A "CESAR O QUE É DE CESAR E A DEUS O QUE É DE DEUS" CABE A NOS FAZER A DIFERENÇA E LUTAR PELO CRISTIANISMO, PRINCIPALMENTE PORQUE O DECRETO EM APROVAÇÃO PNDH-03 VAI ALEM O ABORTO MAS PODE NOS LEVAR A UMA DITADURA, PESQUISE SOBRE O ASSUNTO E VEJA QUE O FUTURO PODE SER BEM PIORRR... PERANTE DEUS QUERO DORMIR DE CABEÇA TRANQUILA.. QUANDO AS COISAS PIORAR NÃO ADIANTA ORARR POIS VAI TER QUE LEVAR A CULPA DE NÃO TER FEITO NADA... SE NÓS CONSEGUIMOS FAZER A DIFERENÇA ATRAVÉS DE MEIOS LIVRES DE MANIPULÃO COMO A INTERNET E CHEGARMOS AO 2° TURNO É POR QUE DEUS NOS DÁ ARMAS PARA FAZER ALGUMA COISA.. . ALEM DAS ESPIRITUAIS. FAZEMOS PARTE DO PAIS, DEVEMOS SIM FALAR DE POLITICA QUANDO ISSO SE TORNA UMA QUESTÃO DE DEFENDER O EVANGELHO DE CRISTO E A NOSSA LIBERDADE... NÃO QUERO O BRASIL NA LISTA DO PORTAS ABERTAS COM UM PAIS PERSEGUIDOR!! AGORDEM .....

Wilton Lima disse...

Esse irmão que lhe mandou este e-mail é o retrato da igreja brasileira...
Só gosta e se exempla daqueles que satisfazem a sua vontade...
Enquanto o senhor não cutucou a ferida do irmão ele gostav do senhor, mais quando falou de dilma parece que ele não gostou e se decepcionou...
Infelizmente o governo tem tentado tirar nossa liberdade e infelizmente muitos tem concordado com isso e não aceitam nossos protestos e opinião...
Mais como vi num blog...
CRER TBM É PENSAR...
Chega de ser manipulado...
manipulado pela igreja, manipulado pelo governo...
Cristo seja o centro!!

Abraços!!

Eliel Toledo disse...

Perfeito!!!!

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo e nosso pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

Incrível a postura do "Agemiro Santos".

Se o este irmão não conseguiu entender o que está, bem diante do seus olhos, como entenderá o que está por vir.

Triste! Muito Triste!

O Senhor seja contigo, nobre pastor!

O menor de todos os menores.

Darthez disse...

Pastor Zibordi, como o senhor disse, Serra "Ele não se declara, pelo menos, abertamente favorável à descriminalização do aborto,". Realmente o senhor tem razão, Serra não diz abertamente o que acha, pois é um dissimulado. Pastor, ele está claramente se aproveitando da situação para angariar votos! Um pessoa dessa maneira não pode ser uma pessoa honesta! Passou a eleição toda reclamando que o sigilo da filha foi quebrado e no entanto a um ano atrás ele já sabia que essa prática era conhecida e que achava isso normal! Posso depois enviar para o senhor no youtube a entrevista que ele diz isso. Quando o senhor, vai perceber como ele é um mentiroso!
Espero não ter sido rude com o senhor, mas sinto ódio quando vejo um mentiroso querendo se passar por justo! O justo é justo! Sim, sim; não , não!
Um abraço e a paz do Senhor!!!

Tiago Rosas disse...

Ilustre Pr. Ciro,

Talvez nem a Dilma nem o Serra sejam os nomes mais apropriados para o governo de nosso país. Entretanto, como escolha inevitavelmente tem que ser entre os dois, e o voto nulo não seria interessante diante de nossa realidade política, então devemos atentar para aquele que demonstrou ao longo de sua carreira política maior maturidade.

Deve ser ponderado o que cada um fez pelo país, em suas respectivas administrações. Sem dúvida alguma, as companhias políticas de cada candidato devem ser ressaltadas, já que o grupo pode influenciar sobre o indivíduo.

E que Deus dirija a nossa nação!

José da Silva disse...

Caro Pastor Ciro,
Nesta postagem o senhor, citou um irmão que disse que "via o senhor como exemplo de pastor", e se ele não vê mais, azar o dele.
Em Crsito
José

Anônimo disse...

Rafael Vasconcelos.

Contra fatos não há argumentos.Gostaria de sugerir,embora acredite que muitos já tenham lido o artigo do potal de notícias G1, que apresenta às opiniões de Dilma,Serra e Marina sobre o tema aborto.Confira!

http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/noticia/2010/10/saiba-o-que-dilma-serra-e-marina-ja-disseram-sobre-o-aborto.html

Tamar disse...

O que aconteceu é que muitos pastores, bispos e reverendos tentaram, mesmo sem má intenção, encabrestar o voto dos evangélicos e se lascaram.
Não leram o programa dos partidos que apoiaram e deram com os burros nágua.
Quando veio a público as questões da PL122 e a legalização do aborto mais o escândalo Erenice muita gente mudou o voto.
Aprendam senhores reverendos, bispos e pastores que o povo evangélico não aceita cabresto.

Tamar disse...

Voto com a consciência que podemos esperar um país melhor, mas a benção que faz a diferença vem do Senhor.
Na era Collor/Sarney período horrendo da Economia Brasileira Deus me deu tudo que as propagandas hoje dizem vir da mão do governo.

Tive emprego, faculdade, igreja legal, vestimenta, comida na mesa e saúde perfeita e meus pais eram assembleianos comuns e pobres. Nasci em casa própria pois Deus preparou um terreno para meu pai comprar do nada.
Naquela época governo não dava material escolar nem leite e isso nunca nos faltou.
Lamento por aqueles que acham que só comem por que o governo lhes dá.
Continuarão miseráveis e dependentes por não reconhecerem a providência divina e pior, ao idolatrarem o governante no poder correm o risco de ver a mão de Deus pesar sobre ele.
Se hoje as coisas estão mais fáceis é Deus quem está permitindo isso para que o ser humano cada vez mais descrente e pecador não caia no desespero.
Vou votar com a minha consciência.

Tamar disse...

Gostaria de comentar um comentário.
DEPOIS DAS ELEIÇÕES A DEMOCRACIA NÃO ACABA!.
O governo democrático não é o governo dos Césares de Roma.

Muitos pastores acham que a República Democrática de Três Poderes é a mesma coisa que as exóticas estruturas de poder que implementaram em suas denominações. Muitas delas baseadas no autoritarismo no misticismo e sem base bíblica.
Política é para quem tem estômago mas é necessário negociar com os contrários e jogar com os votos nas eleições municipais e estaduais para manter as posições conquistadas.
Esse negócio de quem ganhar as eleições virou "Ótoridade Ispiritual" e pode fazer o que quiser é baforadinha do diabo.

O povo evangélico deve continuar acompanhando a postura dos eleitos e verificar se eles vão continuar defendendo as bandeiras que hoje estão levantando. Caso contrário, nas eleições municipais a gente dá o troco.

Donovan disse...

Pr Ciro, vejo que o sr manifesta apoio total e irrestrito a josé serra nesse segundo turno. Mas é importante lembrar que o psdb e o próprio Serra, segundo ele mesmo afirmou no jornal Estado de S. Paulo de 14/06/2009, é a favor da união civil entre homossexuais.
( http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,serra-defende-uniao-homossexual-durante-a-parada-gay-de-sp,387264,0.htm )
Essa declaração foi feita durante a parada gay em 2009. Nem Serra nem o psdb tem compromisso algum com valores cristãos ou com os evangélicos; Serra posa de “defensor dos valores cristãos” agora para usar (com sucesso) os evangélicos e católicos mais conservadores para ganhar a eleição, como Collor fez em 1989. Lembra? "Lula é comunista", "Lula vai fechar as igrejas", “Lula mata criancinhas”, “Lula não crê em Deus” e outras bobagens. Acredito que Dilma pessoalmente também não defende os valores cristãos, embora tenha se comprometido, devido à pressão dos evangélicos, ao não-apoio ao casamento gay e ao aborto, em uma reunião ontem com líderes evangélicos. Sinceramente, em matéria de fé, Dilma é seis e Serra é meia dúzia. Meu critério de voto será o político, por isso voto na Dilma, que representa a continuidade de um governo que, na minha modesta opinião, foi o melhor que esse país já teve. Respeito todas as opiniões contrárias, e desafio, por favor, que alguém me convença, pelo histórico (e não pelo bla bla bla de véspera de eleição) que Serra é um modelo de homem de valores cristãos. Acho que vai ser meio difícil, quem se arrisca? rsrsrsrs...

Genis disse...

Olá, Pr. Ciro.

Faz um tempinho que não visito o seu blog devido a grande correria que me encontro, mas sabe... hj eu fiquei tão chateada com um email que recebi que imediatamente me lembrei do sr. e vim aqui, no seu blog, confortar meu coração e buscar algumas respostas.
A questão é que política x evangélicos está me aborrecendo cada dia mais. Os cristãos não estão sabendo se posicionar e tem dado um mau testemunho cada dia mais...
Que bom vir aqui, ler verdadeiramente opiniões de quem sabe se expor...
Obrigada por ser tão sensato e honrar o nome que carrega como Pr.
Um forte abraço, Genis.

Genis disse...

Pr. insisto, mais uma vez, tenha um twitter!!
Abçs.