terça-feira, 3 de agosto de 2010

Leitor resiste ao frio para ler “Autoajuda ou Ajuda do Alto”

Graça e paz da parte de nosso Senhor Jesus! Pastor Ciro, com grande alegria recebi ontem o livro que adquiri, na semana passada: Autoajuda ou Ajuda do Alto. À noite, comecei a ler esse instrumento de orientação e ensino da Palavra, mas tive que parar na página 59. Estava muito frio, perto dos -2C°.

Apenas quero fazer dois comentários sobre o conteúdo das páginas 40-41 e 48-49. Uma grande verdade é que a maioria da massa manipulável, o povo, tem seus ouvidos bombardeados por palavras de autoajuda. Assim, as pessoas esquecem, ou nunca ouviram, os ensinamentos da Palavra.

Para ilustrar, relato as grandes provas que tem passado, nesses dias, o pastor da igreja na qual me congrego (Pr. João Pedro Soares), um servo de Deus, compromissado com a verdade e com Deus, chamado para a obra, fiel, ajudador, companheiro, realmente um pastor que cuida do rebanho. Ele tem passado por grandes lutas, tanto no árduo trabalho da obra de Deus, como enfrentando situações de enfermidades com a esposa e a filha, que reside com o esposo em outra cidade. O testemunho desse homem e de tantos outros cristãos nos encorajam a não abandonarmos a fé em Jesus.

Nas páginas 48-49, foi muito instrutivo o texto, pois no domingo passado o assunto também foi abordado em nossa Escola Dominical, e Deus nos abençoou grandemente naquela manhã. A leitura de ontem complementou os ensinamentos aprendidos no domingo.

Pastor Ciro, diante do que já li em suas obras já publicadas e nesta que acabo de adquirir, faço um agradecimento a Deus pela sua vida e ministério que o Senhor lhe outorgou. Também deixo aqui um elogio sobre a forma como o pastor escreve, em uma linguagem fácil e esclarecedora. E uma coisa me deixa bastante satisfeito com a leitura: o pastor cita bastantes versículos, uma prova de que o texto escrito tem base bíblica.

André Gonçalves, de Candiota-RS

2 comentários:

Izaldil Tavares de Castro disse...

Amado irmão, Pr. Ciro,
Peço licença para declarar algo que muito me alegra. Não preciso dizer que sou admirador dos seus textos. Não só a sua grande competência exegética é louvável: seus textos alegram também pelo domínio linguístico que revelam. Bem, agora, multiplica-se a minha satisfação, quando leio comentários bem escritos como o que faz o irmão André Gonçalves, de Candiota, RS.
Admirei-me do seu "bastantes". Poucos - e não bastantes - há que reconhecem esse pronome adjetivo! Isso me faz dizer que na Seara do Mestre há intelectos que muito podem ser úteis na divulgação da Palavra de Deus, em todos os lugares e por todos os meios disponíveis.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo e nosso pr. Ciro Zibordi,

A paz de Cristo, o nosso Senhor!

Permita-me a misericórdia de estar nesta lista de comentários ao lado do nobre irmão Izadil Tavares de Castro.

Realmente a leitura deste livro, proporciona uma nova dimensão de vida espiritual, com base na Palavra de Deus, e não nos CONFORMES de homens levados a uma fé incomum aos crentes e norteados apenas pelos sentimentos humanos validados na força do positivismo.

Nada melhor do que a ajuda do alto!

O Senhor seja contigo, nobre atalaia,

O menor de todos os menores.