quinta-feira, 27 de maio de 2010

Fim ou recomeço? (2)

Em 1945, ano em que o nazismo foi derrotado, muitos alemães sobreviventes procuravam por veneno, por uma pistola e por outros meios de pôr fim à vida. Suicídios, causados por depressão diante da catástrofe, ocorriam todos os dias — isso, de certo modo, nos ajuda a compreender o que acontecerá por ocasião da Grande Tribulação: “Naqueles dias os homens buscarão a morte e não a acharão; também terão ardente desejo de morrer, mas a morte foge deles” (Ap 9.6, ARA).

Ninguém imaginava que seria possível um recomeço.
Nunca, no mundo moderno, um país fora derrotado de forma tão completa como a Alemanha comandada pelo insano Adolf Hitler. Não nos esquecemos do Holocausto; ele não é um mito, como debocha o igualmente louco presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad. Milhões de judeus foram, sim, brutalmente executados. Mas não podemos ignorar que Hitler massacrou também o próprio povo alemão, expondo-o à barbárie, sobretudo nos últimos estágios da guerra.

Ao fim da Segunda Guerra Mundial, milhões de soldados alemães tinham sido mortos ou feridos, e havia outros milhões nos campos de prisioneiros de guerra dos Aliados. Os transportes estavam paralisados. O fornecimento de gás e de eletricidade, cortados. Os sistemas de telecomunicações, de água e de esgoto não funcionavam. Praticamente não havia alimento, e muita gente corria o risco de desnutrição.

Cidades inteiras estavam destruídas. As doenças proliferavam, e os serviços médicos foram seriamente prejudicados. Cerca de 26 milhões de alemães tinham perdido suas casas nos bombardeios, ou porque haviam fugido, ou sido expulsos. Vínculos familiares foram rompidos, já que milhões de pais de família estavam mortos, desaparecidos ou em campos de prisioneiros de guerra, e milhões de sobreviventes procuravam desesperadamente por parentes.

A situação dos alemães, em 1945, talvez fosse pior do que a dos haitianos que sobreviveram ao grande terremoto ocorrido em seu país no início deste ano. Mas a Alemanha se reergueu, em algumas décadas, e hoje é um país-modelo, a terceira economia do mundo, atrás apenas de Estados Unidos e Japão! O Portão de Brandenburg, em Berlim (foto) — onde eu estive recentemente — é um símbolo do recomeço alemão.

Na vida, ante as dificuldades, podemos escolher o fim ou o recomeço. Os alemães escolheram recomeçar, ainda em 1945. Os judeus, massacrados na Segunda Guerra, também recomeçaram, em 1948. Os japoneses tiveram um novo começo. Famílias recomeçaram. Pessoas sem família recomeçaram. Mutilados recomeçaram. Mulheres e crianças desamparadas recomeçaram. E qualquer um de nós pode recomeçar, principalmente aqueles que contam com a Ajuda do Alto (Hb 13.5,6).

O mundo continua em guerra, e o Brasil, dominado pela corrupção. Para piorar, as tragédias não param de acontecer... Como temos reagido às grandes decepções da vida? É possível que você esteja enfrentando grandes angústias agora, talvez por causa da perda de um ente querido, de um sonho que não se realizou, de uma enfermidade... Mas não aceite o fim. Recomece!

Em meio às lutas, façamos nossas as palavras dos profetas Miquéias e Habacuque. O primeiro disse: “Eu, porém, esperarei no Senhor; esperei no Deus da minha salvação: o meu Deus me ouvirá” (Mq 7.7). E o segundo: “todavia eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação. O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça” (Hc 3.18,19, ARA).

Ciro Sanches Zibordi

16 comentários:

Cleber Ramos disse...

Boa palavra, pastor Ciro

Deus te abençoe.

Estamos te esperando em Juiz de Fora na Segunda EBO em Julho

Pr. Auriberto Feitosa disse...

Paz do Senhor Pr. Ciro,

Concordo plenamente que o fim não é o fim, ainda mais quando se tem a coragem e força do Alto para continuar a jornada.
Assim, de certa forma, podemos concordar com o jargão popular "enquanto há vida, há esperança".

Luiz Diego disse...

Amado Pr. Ciro, louvo a Deus por este post, nos faz sentir cada vez mais dependentes de Deus o qual nos dá fólego de vida, depedentes de Sua Graça para recomeçar a cada dia em frente às dificuldades!
Em espirito de oração, agradeço a Deus pelas Suas promessas na minha vida, sabendo que o fim não chegou!

fique na Paz do Senhor!

Cleverson disse...

Amado Pastor Ciro, com esta postagem eu acabei aprendendo um pouco de historia. Parabens pelos posts. Que Deus continue o abençoando.
Em Cristo,

Cleverson

Tamar disse...

Lindas fotos, da próxima vez tira um monte delas sem você e guarde, quem sabe podem servir para ilustrar um novo livro.
Livros ilustrados com fotos e citações são tão legais... Eu fico quebrando a cabeça para entender o significado "oculto" na mente do autor (risos).

---------------------
A Alemanha tem contra si o fato de ser um povo extremamente militarista, sempre envolvida em guerras e unificada "na marra".

Tem figuras poderosas em seu imaginário como o Imperador Carlos Magno e o Chanceler Bismarck.

O Sacro Império era Romano-Germânico.

É a terra de Lutero o Reformador da Igreja a quem devemos o direito de não precisar de Roma.

É berço de grandes teólogos, faculdades de teologia e correntes teológicas.
Lá floresceu a teologia liberal.

Também é a terra do horrendo nazismo e do significado moderno da palavra holocausto.

Eu tenho um palpite que a Alemanha eh um daquelas nações que fazem parte do relógio de Deus.
Faz pouco mais de 60 anos que ela está em relativa paz.
Será que quando ela se levantar novamente teremos mais guerra?

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querida Tamar,

Eu tirei várias fotos sem a minha presença na Alemanha e na França, mas preferi publicar as imagens em que eu apareço, por duas razões:

1) Fotos da Alemanha sem a minha presença são encontradas no Google Images.

2) Fotos com a minha presença são muito mais bonitas e raras. Nota-se nelas um brilho diferente, não encontrado nas outras, em que este editor de blog não aparece...

Você retrocedeu bastante na história da Alemanha, que é bastante envolvente. Mas eu quis mostrar apenas o seu reflorescimento a partir de 1945.

Quanto a essa nação fazer parte do "relógio de Deus", penso como você. E acredito que, assim como nas duas grandes guerras, a Alemanha terá participação destacada na Terceira Grande Guerra. De acordo com o escritor George Friedman, em seu livro "Os Próximos 100 Anos", esse evento deverá ocorrer por volta do ano 2050. Isso se o mundo não acabar em 2012...

CSZ

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamado pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

Estas fotos contrastadas com a loucura do poder humano e a lucidez da esperança do mesmo ser humano, é uma demonstração de que muito mais, podemos descobrir quando nas mãos de Deus nos encontramos.

A terra vai mal, e o Senhor tem pressa em nos recolher para sí, e graças a Deus, o evento do Arrebatamento, não nos permitirá estar nesta futura grande guerra que devastará com fúria a muitos de uma maneira horrenda.

O mundo diz que a esperança é a última que morre, com certeza, a nossa esperança é a primeira que não morre, pois está totalmente em Cristo. O que vive para todo o sempre.

O Senhor seja contigo, nobre pastor,

O menor de todos.

René disse...

Amado Pastor Ciro,

Realmente, o fim não é o fim.

Mas como é difícil chegar ao fim e compreender que o Senhor nos deu, pelo menos, nossa própria vida como despojo. Naquele momento, a gente não consegue entender que não se deve desprezar o dia dos humildes começos. Naquele momento, a gente não consegue vislumbrar toda a gigantesca obra de reconstrução que Deus está por fazer, a partir do nada.

Mas, em contrapartida, é exatamente naquele momento que o Senhor Jesus, geralmente, Se apresenta a nós como a nossa sabedoria, a nossa justificação, a nossa santificação e a nossa redenção. Ali a gente entende que "Ele é", como os amigos de Daniel e o próprio Daniel viveram e entenderam. Glória a Deus!

Que a Paz do Senhor Jesus continue com você, sua família e seus leitores!

Dirceu Carvalho disse...

PALAVRAS ABENÇOADAS, PR. CIRO...

O SEGREDO DA VITÓRIA É NÃO DESISTIR

Izaldil Tavares de Castro disse...

Caríssimo pastor, Um belo "flash" de História Geral! É necessário que os crentes sejam bem informados e você faz isso com destaque. Fico feliz por ver na seara do Senhor homens que não fazem feio aos olhos do mundo, que, infelizmente, vive à cata de documentação que ateste ignorância entre o povo de Deus.
Glória a Deus, por isso!
MAS,...
... que lição de ânimo! Creio que o irmão deu uma injeção de coragem em muitos dos nossos que, diante das agruras da vida terrena, pensavam em desistir, fugir, sumir.
Glória a Deus, também, por isso! Cotinue sendo esse defensor da fé, a qual foi entregue aos santos.

jorge mélo disse...

É verdade Pr. Ciro, prova so sabe quem passa.
Já passei por grandes adversidades na vida, e se não tivesse de recomeçar tudo novamente crendo que DEUS me ajudaria, eu hoje estaria perdido, sem DEUS, sem Paz e Salvação.
Um dos versículos entre outros que me deram força para recomeçar, está escrito em Ecleciaste cp.7.vers.14 "No dia da prosperidade goza do bem,mas no dia da adversidade considera,porque tambem DEUS fez a este em oposição aquele, para que o homem nada ache que tenha de vir depois dele".
DEUS é realmente tremendo em suas palavras, mas na sua Misericórdia, ELE nos da sempre a vitória.
EM CRISTO, salmo 133
Recife - Pe.

Weslei Rocha disse...

A Paz do Senhor Pr Ciro!

Confesso que me emocionei bastante ao ler essa mensagem.
O meu casamento está por um fio. A minha esposa não vai mas à Igreja e tudo está muito difícil. As vezes penso que está tudo perdido pois meus maiores sonhos, que era ter um casamento e um ministério sólidos, estão desabando.
É o fim, mas o fim não é o fim.

Anônimo disse...

A paz pastor Ciro. Excelente comentário, pois aquele que tem Deus na vida tem esperança para recomeçar, adespeito das interpéries e tribulações que solapão nossa existencia. É certo que nossa vida aqui não é um mar de rosas, como apregoão alguns desavisados dentro da igreja evangélica mas, a semelhança de Paulo podemos dizer: tudo posso na quele que me fortalece filipenses 4:13.

Anônimo disse...

Carlos Souza diz: Pastor Ciro, o que o senhor tema dizer sobre mortes sucessivas em uma unica familia em um pequeno espaço de tempo?
Me ocorre o fato da morte do genro da cantora Marina de Oliveira dia 31.05 ou 30.05 em acidente de moto.
acontece que ja acontecerem mortes recentes nesta familia reentemente.O senhor pode dar um estudo sobre isos ou isos é mera coincidencia?
fonte:http://www.mkpublicita.com.br/ConsultaNoticias?mid=13101

David Lima disse...

Pr. Ciro com sua autorização estarei postando esse artigo no blog evangeliza brasil, citando fonte, claro!. Muito bom, gostei muito!

jafe_guedes disse...

Quando comparamos os acontecimentos mundiais juntamente com o que está escrito na Bíblia de forma holística, isso de alguma forma nos atinge, ou mais precisamente, sentimos uma voz nos incentivando e afirmando que é apenas um recomeço...
...Interessante observar o que o pastor Ciro postou; os países que foram devastados pela guerra se reergueram e, estão até melhores que eram. Acredito que os alemães esperavam ser traídos por qualquer nação, menos por um alemão, líder de seu povo; a memorável Anne Frank, viveu nesse período, salientou o que o povo do Deus de Abrahan viveu, o que muitos achavam que eram o fim; infelizmente para alguns foram, mas, veja o que o Deus de Abrahan, têm feito por aquele povo...
"...teu Deus, é contigo, por onde quer que andares." Js 1.9