quinta-feira, 27 de maio de 2010

Berlim, Alemanha


Estou lendo o livro Alemanha, 1945, editado pela Companhia das Letras. O autor, Richard Bessel, descreve com detalhes a derrocada da Alemanha, no fim da Segunda Guerra Mundial. Admira-me o fato de essa nação, tão bombardeada pelas Forças Aliadas, ter se reerguido com tanta rapidez, a ponto de ser hoje a terceira potência econônica mundial, atrás apenas de Estados Unidos e Japão.

Uma das cidades alemãs mais devastadas na Segunda Gerra foi a sua capital, Berlim, onde parte das ruínas foram preservadas como um memorial. Tive o privilégio de conhecer essa cidade e o seu famoso Muro (ou a parte que sobrou dele).

Berlim é muito bonita, funcional, limpa, nada parecida com as caóticas megalópoles mundiais. Ao mesmo tempo, há um “peso” no ar, e pensamos com frequência nas grandes atrocidades que ocorreram ali, entre 1939 e 1945.


Apresento aos queridos internautas algumas fotos — umas sérias, outras inusitadas, feitas em um momento de descontração pela querida missionária Joany Bentes — as quais dão uma ideia da emoção que o nosso grupo sentiu ao caminhar pelas ruas de Berlim e conhecer os seus principais monumentos.
Ciro Sanches Zibordi

13 comentários:

Sarah Virgínia disse...

Que beleza,como o nosso Amado Deus-Pai é maravilhoso,em meio as batalhas diarias nos proporciona alegrias. Que Deus continue lhe prosperando em tudo, inclusive nas viagens.
Em Cristo nosso amado.
Sarah Virginia

Auli Júnior disse...

Pr.Cyro,
não sei o que me impressiona mais,
se o fato de um povo tão culto, e de
origem Cristã ter se deixado levar
pela loucura satanica de Hitler, ou
de perceber que décadas depois, com
tanta literatura, a humanidade ainda
está a criar "hitleres".
Só em Cristo temos paz.
Um forte abraço,
Auli Júnior

Fabio disse...

sorocaba, SP

...Meeeeu Deusssss!!!!!!!!!!!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querida irmã Sarah Virgínia,

Grato pelas palavras. Viajar a passeio é muito bom, uma bênção. Arejamos a mente. Aprendemos. Divertimo-nos com a família. Mas, quando viajamos a serviço do Senbor e temos a oportunidade de conhecer lugares, aprendendo sobre eles, considero um bênção dúplice.

Um grande abraço.

CSZ

EBDicas disse...

A Paz do Senhor Jesus!
Com alegria posso dizer como o salmista:
"Foi o Senhor que fez isto, e é coisa maravilhosa aos nossos olhos"!
Deus abençoe o pastor mais ainda.Fique com Deus!
Obs:ri demais com a foto da batalha!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Auli,

Sei que a história recente da Alemanha está ligada a Hitler. Mas a Alemanha que se ergueu depois da derrota do Führer tem feito de tudo para se libertar do legado desse líder cruel.

Muitos pensam que Hitler foi cruel apenas com os judeus. Não! Ele massacrou os alemães. No fim da Segunda Guerra, ele sabia que perderia (estava cercado), mas não quis que ocorresse uma rendição, como em 1918. Preferiu que inúmeros civis, inclusive mulheres e crianças, fossem mortos...

Eu admiro a Alemanha do presente, que ressurgiu das cinzas, modernizou-se, mas preserva a sua história anterior ao aludido ditador mundial, reconstruindo e conservando monumentos. Quem for a Wittenberg, por exemplo, vai encontrar de pé o castelo em que Lutero afixou as 95 teses.

CSZ

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo Pr. CSZ,

A Paz do Senhor!

Depois dessa demonstração da sua performance guerreira, fiquei mais preocupado ainda com o seu tino apologético.

Se o irmão ultrapassar o limite das palavras...

Meus Deus....rsrrs

Parabéns!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão e amigo Pr. CRS,

A Paz do Senhor!

Eu achei engraçado o pessoal tirando foto ao lado daquele guerreiro do espaço com a espada na mão e resolvi tomar a espada dele... Risos.

Um grande abraço!

CSZ

Cícero Leandro Júnior disse...

A paz do Senhor!

Estou rindo até agora com a sua foto combatendo o Stormtrooper com o sabre de luz. Inusitado ao extremo!

O quão necessária se faz a pregação do evangelho num lugar como a Alemanha. Um país que como o senhor falou, ressurgiu das cinzas, e que, como o resto da Europa, vem se tornando cada vez mais ateísta. Que Deus o abençõe pr. Ciro, capacitando-o para propagar a Palavra da verdade.

Em Cristo,
Cícero Leandro Júnior.

PS: noutros tempos eu diria: "Que a Força esteja com você". Mas remido pelo sangue do Cordeiro, eu desejo a paz.

René disse...

Amado Pastor Ciro,

Me alegro muito em ver o que o nosso Deus, o Senhor Jesus, tem proporcionado a você, enquanto o usa como Seu instrumento.

Gostei muito das fotos (todas), mas gostei, mais ainda, do seu comentário: "a Alemanha que se ergueu depois da derrota do Führer tem feito de tudo para se libertar do legado desse líder cruel". Esta é uma verdade que muitos desconhecem. É verdade que ainda existem grupos nazistas (uma minoria da população), mas tais grupos existem em todos os lugares, inclusive aqui no Brasil.

Meu falecido pai participou (à força) da juventude hitlerista. Aos 14 anos, era obrigado a andar de arma em punho, pronto para matar qualquer um. Ele dizia que eram ensinados (lavagem cerebral, mesmo) a odiarem aos judeus. Graças a Deus que, em seu caso, o tiro saiu pela culatra e ele tinha ojeriza era do próprio Hitler.

Hoje, esse povo tenta apagar essa mancha na história. Mas o pior de tudo é o seu afastamento do Deus Pai e Criador. O "peso" que você sentiu no ar, não é só a marca da história, mas a marca da presença de Satanás, escravizando esse povo. Por isto, essa terra que já foi a "casa" de muitos homens de Deus, famosos através da história, necessita demais de nossas orações e da ação do Espírito Santo.

Que o Senhor continue usando a você e aos outros instrumentos Seus, que Ele tem utilizado nesse lugar!

E que a Paz do Senhor Jesus continue com você, sua família e seus leitores!

the_k disse...

sahushuahauhsuha

Tô rindo muito de você lutando com o Stormtrooper!

Sério! Algo que realmente não esperava!

O Senhor conhece a história de Star Wars?

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro The_K,

Eu conheço sim a história de Star Wars. Quanto à foto, foi inevitável. Quando vi o cidadão com a roupa de Stormtrooper, tomei-lhe a espada e chameio-o para o combate (risos). Foi apenas um momento de descontração, depois de passar por lugares tão tensos como o resto do Muro de Berlim e o Portão de Brandenburg (que aparece ao fundo, na foto).

Um abraço.

CSZ

Bruno Azedo disse...

Caro Pastor Ciro, acompanho o seu blog e admiro suas posições. Espero um dia conhecer o Pastor, quem sabe, ou aí na igreja em que pastoreia ou quando vier a Brasília, minha cidade. Espero (e oro) também que na ocasião o Pastor não esteja portando uma espada...hehe. Grande abraço