quinta-feira, 8 de abril de 2010

Servos de Deus no RJ não tiveram tempo de plantar 12 $emente$ para mudarem de vida


Começamos a semana indignados com as $emente$ de quase dois salários mínimos que certo telepregador pediu — ou ordenou, visto que o seu convidado asseverou, em tom ameaçador: “Vá ao telefone, saia da sua cadeira... A obediência retardada se torna uma rebelião” —, a fim de manter mensalmente o seu programa de TV. Este, aliás, só fala de vitória e cria na mente dos cristãos a falsa ideia de que são suprercrentes, invencíveis, imunes às tragédias da vida.

Fiquei pensando se alguns dos irmãos em Cristo que partiram para a eternidade nas avalanches de terra ocorridas em Niterói, no Rio de Janeiro, não haviam assistido ao tal programa, no sábado pela manhã. Eles podem ter pensado: “Vou fazer essa semeadura de doze meses para comprar a minha casinha e sair desse morro”. Mas não deu tempo...

Evangelho não é triunfalismo. Evangelho não é ter riqueza na terra, como assevera o milionário Mike Murdock, considerado por muitos o homem mais sábio do mundo. Por que os telepregadores não pregam o verdadeiro Evangelho, cristocêntrico, biblicocêntrico — e não bibliocêntrico —, centrado nas “coisas que são de cima” (Cl 3.1,2), posto que as daqui são efêmeras? A resposta é muito $imple$.

Os telepregadores das $emente$ literalmente vendem ilusões. E cobram caro por isso. “Não desista! Você é vitorioso! Semeie! Você colherá bênçãos materiais e espirituais”. E são os cristãos triunfalistas, telemanipulados, que ficam perguntando: “Por que Deus permite que servos de Deus morram em tragédias?” E alguns, do alto de sua “riqueza material” — orgulhosos por terem conseguido comprar uma casinha ou um carro popular —, verberam: “Esses que morreram deviam estar em pecado ou eram pessoas que não semeavam para o Reino de Deus”.

Murdock, o milionário, estimulou o povo de Deus a $emear o dinheiro reservado para comprar um carro, para tirar férias, para a faculdade do filho, para um momento de dificuldade... E afirmou: “Deus quer levá-lo a um sucesso fora do comum”. Nada foi falado sobre “as coisas que são de cima” (Cl 3.1,2). Nada foi dito acerca da nossa Cidade que está nos céus (Fp 3.20,21), como se o melhor para nós estivesse nesse mundo que vai de mal a pior.

A maioria do povo das nossas igrejas fluminenses, sobretudo as pentecostais, é formada por pessoas simples, pobres, que moram em morros. Essas pessoas não têm condições financeiras de “semear” R$ 1.000,00 todo mês. Muitas ganham um único salário mínimo. Mas essas mesmas pessoas são facilmente manipuláveis. Basta um famoso telepregador dizer: “A sua história mudará! Acredite”, e elas se dispõem a dar todo o seu salário e as suas economias em prol da manutenção de um programa de TV.

Um internauta anônimo me perguntou por que morreram servos de Deus nos desabamentos em Niterói, no Rio de Janeiro. E eu lhe respondi: Morreram porque não eram supercrentes, ao contrário do que dizem os telenganadores; morreram porque, se Jesus não voltar logo, todos morreremos, e a Bíblia não estabelece de que modo haveremos de partir; morreram porque o soberano Deus os quis recolher; e morreram porque o melhor para eles não está nesta vida, e sim na glória.

Tenho certeza de que sobre os verdadeiros servos de Deus que perderam os seus entes queridos — como um amado irmão da Assembleia de Deus em Pendotiba, Niterói, que perdeu a esposa e três filhos — o Senhor derramará uma graça especial. Só assim eles poderão suportar essa inimaginável e humanamente insuportável dor.

Por outro lado, graças a Deus que o verdadeiro Evangelho, ao contrário do pseudo-evangelho das $emente$, assevera que o Reino de Deus só começa aqui, pois o melhor para nós está no céu. Podemos, sim, ter bens na terra, mas isso não é a nossa prioridade. A nossa maior esperança é que, ao partirmos deste mundo, “estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras” (1 Ts 4.17,18).

Ciro Sanches Zibordi

20 comentários:

Thiago Schmidel de Freitas, servo, filho, e caminhante nessa terra provisória rumo a terra Celestial. disse...

Ei, pastor amado, quanto tempo!
Que alegria eu tenho quando vejo tanta fé e convicção bíblica sem distorções do Evangelho do Reino, e não esses outros 'evangelhos' surgidos nesses tempos. Tenho acompanhado pela internet essa tragédia, e tenho me remoído pois alguns amigos possuem famílias e parentes nessa região de Niterói e áreas mais simples da região. Deus sabe que nosso coração se pudesse abraçaria a todas essas pessoas e causas. Nós que somos tão duros e imperfeitos, focados sempre nos nossos umbigos, nos sentimos invadidos e condoídos por essas pessoas, ainda mais os da família da fé, que tristeza. Glórias a Deus que previu tudo isso, e que resolveu toda essa dor e afastamento de uma vez por todas na cruz, quando afirmou: Está consumado!
É o meu motivo de fé e esperança, descanso e alívio eterno pois esse Evangelho do Reino no qual é único e verdadeiro nos assevera essa garantia em Cristo Jesus e isso nos basta.

Deus te abençoe e guarde sua família, filhos e filhas na fé, a congregação, as almas e os corações sofridos com Sua Graça e Amor.

Magdeburg- Alemanha.

Fabio disse...

Sorocaba,SP


Caro pr Ciro, você está coberto de razão.
Oramos sempre para que o Senhor Todo Poderoso continue dando da Sua maravilhosa Graça e te enchendo mais e mais de sabedoria para a Glória de Deus e edificação da Igreja.

Alexsander Piau Alves disse...

a paz do Senhor pastor muito triste essas perdas que estào acontecendo no Brasil devido as fortes chuvas e em Paises vizinho devidos aos terremotos meus sentimentos a todas as familias dessas vitimas que DEUS confortes os vossos pensamentos nenhuma duvida ha, Jesus esta perto de voltar para buscar a sua noiva e se esses falsos profetas que pregam um outro evangelho carregado de heresias nao pararem e se converterem ao verdadeiro Evangelho genuino com certeza nao ficaram impunes diante de DEUS...um grande abraco A.D. Belem SP.

Sidnei Moura disse...

Pr. Ciro,

Concordo plenamente com suas palavras!

De fato, muitos dos nossos "televangelistas" e outros "expoentes" que frequentemente ocupam nossos púlpitos simplesmente apropriaram-se do discurso religioso como instrumento de manipulação, controle e dominação das massas.

Aparentam piedade - é deles que devemos nos afastar!

Abraço!

Sidnei Moura
www.sidneiemoura.blogspot.com

Rodrigo disse...

Pr. Ciro,

A Paz do Senhor!

É em momentos como este que sabemos se a casa foi edificada sobre a areia ou sobre a rocha.
Infelizmente, falta senso crítico, conhecimento e discernimento de espírito na Igreja do Senhor. Digo isto porque provavelmente, como em todas as vezes que o senhor denunciou estes falsos profetas que pregam um anátema que chamam de Evangelho de Jesus Cristo, se levantarão fervorosos defensores destes "homens de Deus" o advertindo a não "tocar nos ungidos do Senhor", a "não julgar para não ser julgado", a "olhar para a trave de seu olho e não ao cisco do olho do irmão", a "fazer algo pela obra de Deus ao invés de criticar aqueles que o fazem" etc etc etc. Será que hoje serão realizados cultos no estado do Rio em que pessoas rolarão de rir no chão, "profetizarão" (ordenarão) as bênçãos do Senhor (carro, casa, humilhação dos inimigos, todos serão cabeça e ninguém cauda), $emearão $emente$ de fé (afinal, quem planta dinheiro colhe dinheiro!) para colher vitórias? Infelizmente sim!!!
Que o Senhor conceda à sua Igreja a unção do choro! Do choro de Jeremias, do choro de David Wilkerson...
E que a Paz de Cristo conforte e levante aqueles que hoje sofrem, mas esperam n'Ele, pois essa espera não é vã, e novos céus e nova terra ainda serão criados, e toda lágrima será enxugada pelo próprio Senhor.

Abraço fraterno,

Rodrigo

Diógenes Spartalis, diácono disse...

Paz do Senhor amado Pastor Ciro.

É muito triste, e até vergonhoso, ver e ouvir homens falando do Evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, como se estivessem manipulando uma mercadoria barata, um artigo de liquidação ou algo que podemos apalpar.
De uma coisa não discordo dos tais $emeadore$, devemos semear sim.
Mas de que forma e onde?
Semear a palavra de Deus aos corações necessitados e amargurados, sem esperança. Mas, se não sei SEMEAR falando a palavra de Deus, então ORAREI, mas se não sei orar, então CONTRIBUIREI, para que missionários, eu disse missionários (os que tem compromisso com a verdade) em levar a preciosa semente da salvação.
Sem falar que devemos de contribuir em nossas igrejas com dízimos e ofertas. Então Deus que é poderoso e Senhor da benção derramará uma medida recalcada, sacudida e transbordante.

Ora vem Senhor Jesus.

Em Cristo Jesus.

a verdade do evangelho disse...

Parabéns, Pr. Ciro por mais esta bela postagem.
O que me deixa indignado é saber que o nosso povo gosta de ser enganado. Pois muitos crentes pensando que estão contribuindo para a expansão do reino de Deus, acabam sendo colaboradores de hereges que pisoteiam as doutrinas bíblicas.
É lamentável.

Pb. Edinei, Th.B

HELIO ALVES DA COSTA disse...

a paz

temos pensamentos iguais, tambem assino em baixo

oportuna postagem.

fique na paz
helio costa

Márcio Cruz disse...

Paz do Senhor Ir. Zibordi.

Resumindo:

"DISSESTE TUDO!!!".

Varão, o colega da trama montou seu quiosque por 25 anos, ganhou a freguesia e agora a manipula para arrecadar os fundos para manter o status.

Fruto do lado negro do capitalismo. Aliás, Paulo já alertava sobre isso quando disse a Timóteo que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males e que o deus deles é o seu ventre (Fp 3.19; 1Tm 6.10).

Jesus te abençoe.

Ir. Márcio Cruz

Cícero Leandro Júnior disse...

Prezado pr. Ciro, a paz do Senhor Jesus.

Acredito que apologética deve ser feita desta forma. Sem ataques apaixonados, "desvario santo" e coisas do tipo.

Que Cristo tenha em paz esses irmãos que partiram e dê forças aos que tanto perderam nesta tragédia. Que a certeza da vida eterna e da vinda da pátria celeste seja o sustento da fé destes que aqui têm de viver com dor no coração.

Que Deus abençõe não somente ele, mas todos o que de alguma forma foram atingidos pela tragédia.

Que o genuíno evangelho de Cristo seja pregado, evangelho este que é simples, poderoso para fazer do mais vil pecador um filho de Deus. E que o Senhor Deus nos dê a força necessária para erguermos nossas vozes contra este evangelho de falsidade e materialista, e amor para orarmos pelos seus expoentes, afim de pratiquem obras dignas de arrependimento.

Em Cristo, que jamais nos deixa só mesmo que pensemos o contrário,
Cícero Leandro Júnior.

Isaque N. Fermiano disse...

É Pr. Ciro, é o fim dos tempos mesmo.
Onde vamos parar? Não faço idéia.

Só tenho a dizer que, fique firme. Fale independente da oposição. Pregue o Evangelho, pregue Cristo, pregue cruz.

Fale a verdade e pode ter certeza que sua vitória vai ter sabor de chocolate com morango.
Ei Ciro, você não é comum! você é muito mais do que pensa ser! (risos)

Portanto fica firme e pregando porque eles vão ficar de pé e aplaudir tua vitória.


Só me pergunto o que Jesus faria se entrasse em nossos congressos, já imaginou? Se naquela época Ele já pegou um porrete e quebrou tudo no templo...


UM Abraço,
em Cristo!


Isaque Fermiano

André Gonçalves disse...

Graça e paz da parte de nosso Senhor Jesus!!

Pr. Ciro,

Porque os "tele pregadores da prosperidade" não usam seus talentos para arrumar emprego em uma multinacional? Por que não vão para uma fila de emprego tentar uma vaga em uma mega empresa?!
Estas gigantescas empresas não conhecem o talento dos mesmos, pois se conhecessem contratariam os mesmos imediatamente, talento para enrriquecer eles tem!!!

Fico a comparar a história de vida de ricos empresários e a dos tele pregadores da prosperidade, quanta diferença em termos de arduo trabalho!!

Em Cristo,
André Gonçalves.

Miss. Gilberto Diniz disse...

Paz do Senhor, Pr.Ciro sou Miss. da AD Recife Pr. Ailton en Argentina, sempre acompanhamos o seu blog, e queria dizer que é lamentavel o que temos visto en nosso meio Evangelico, que nos da vergonha, mas ao mesmo tempo coragem para dizer que ainda existe profetas en Israel que nao se encurvarao e nao se deixarao levar por esta onda de heresias, existe ainda muitos de cabecas erguidas pregando e ensinando o verdadeiro Evangelho, espero que o tal Teleevangelista convoque os Murdoks e os Cerullos para plantar uma semente de 1100,00 para ajudar os desabrigados do seu Estado, até porque sao conterraneos dele, mas nao sei nao, esses que estao desabrigados nao estao no rol dos triunfalistas e vencedores do seu programa, que Deus tenha Misericordia de nós.
Um abraco. Miss. Gilberto Diniz

Sarah Lee disse...

Sinto-me envergonhada com esses vendilhões da fé... =[


Que DEUS tenha misericórdia deles...

Luciano Lourenço disse...

Comparando as pregações do pr. S.M., antes e após do bigode, nota-se uma diferença quanto a sua objetividade. Antes, eram mais cristocêntricas e visavam direcionar a atenção dos seus ouvintes para uma dimensão celestial. Após o bigode, são mais triunfalistas e convergentes a um plano horizontal e terreno. Fico preocupado com essa mudança de direção e objetivo de suas pregações que tanto tem cativado a milhões de evangélicos e não-evangélicos. Ainda sou contribuinte de seu programa, pois ainda acho que o mesmo é uma voz ativa na defesa do povo evangélico na mídia, mas muitos têm se desestimulados em fazê-lo. A mudança para a teologia da prosperidade tem levado ao pr. S.M. ao um perigo enorme de perda de identidade. Que Deus o ilumine e arrefeça esse entusiasmo materialista que poderá levá-lo à bancarrota espiritual.
Luciano Lourenço

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso Prezamado pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

Triste termos que lembrar deste fato diante das muralhas dos1.000.00 Reais, neste momento em que esta tragédia abala a comunidade.

Esta $muralha$ foi levantada para mostra, do que está ocorrendo diante da igreja e de seus líderes, que se acovardam em detrimento da verdade, e possuem apenas interesses mórbidos com a morte, sinal desta parafernália e apoteótica catástrofe, chamada de plantação, sementeira, horta, terra fértil ou seja lá o que for, não passa de puro embuste que caotiza as mentes com a necessidade de usufruirem de imediato os benefícios enganosos, desta plantação que somente dá frutos aos bolsos dos prosaicos donos da "Fazenda" em suas falaciosas pregações de prosperidade que desvia aos néscios e pulveriza os novos convertidos sem pena e sem dó. Pura "Vanity".

O Senhor seja contigo, nobre atalaia, neste momento tão necessário à igreja de verdade.

O menor de todos.

Elaine Cândida disse...

"Se a nossa esperança em Cristo só vale para esta vida, nós somos as pessoas mais infelizes deste mundo." (1Coríntios 15.19)

Que o Senhor continue te usando com essa sabedoria e unção para alertar muito mais pessoas sobre isso, também através de textos com tanta execência como este.

Shalom.

jorge mélo disse...

Miss.Gilberto Diniz, que bom saber que o irmão também acessa o blog do Pr. Ciro, fiquei alegre com isto, e creio que os seus comentários serão importantes neste blog.
Á última vez que lhe vi ministrando a palavra de DEUS, foi quando da sua recente visita a Recife na Escola Bíblica de Obreiros, em particular no círculo de oração na rua sete de setembro, templo o qual, trabalhastes vários anos.
Foi uma benção! Aguardamos o seu retorno.
Salmo 133
Recife -Pe

Amilton Camargo disse...

Pr. Ciro

Quero lhe dizer que depois de assistir ao programa do Silas Malafaia com o Mike Murdock, decidi fazer parte do "Clube" de Milhões de almas.
O Espírito Santo falou ao meu coração e desde a semana passada comecei a intensificar o meu trabalho na área do evangelismo.
Vou fazer a minha parte sem precisar pagar R$1.000,00, sem ter livro de sabedoria do Mike, mas a Palavra de Deus que contém a sabedoria divina e sem diploma do clube na parede.

Sempre paguei para outras pessoas fazerem o que é minha responsabilidade fazer EVANGELIZAR.

Se todos os que estão dentro de uma Assembléia de Deus conseguirem que Deus lhe abençoe com uma alma, imagine que benção.

Imagine se todo o povo de Deus, se empenhar para conquistar uma alma.

Com certeza a igreja, e não o Clube, terá Milhões de Almas lavadas no sangue de Jesus.


Um abraço e fique na Paz do Senhor!!!

Amilton Camargo
Lavras do Sul - RS

Eliel disse...

Eis o mais novo "versículo" dos triunfalistas:"Jesus é o caminho,e eu sou o pedágio"kkkk!!!!A paz do senhor Pr.Ciro.