sábado, 3 de abril de 2010

Toquem os tambores no ritmo baiano?


Confesso que fiquei sobremodo surpreso com o vídeo abaixo (já publicado neste blog no início da semana). Nele, uma talentosa compositora e vocalista evangélica que exerce grande influência sobre a juventude parece estar em transe ou possuída por “loucura santa”. O estilo de “adoração” empregado por ela, em seu show, é idêntico ao dos cultos afrobrasileiros, com danças de terreiro ao som de tambores e roupa vermelha, cor predominante da entidade feminina da umbanda, a pombagira.

Não escrevo isso para denegrir a imagem dessa famosa cantora gospel e seu grupo. Afinal, ainda hoje ouço algumas belas composições dos primeiros CDs do conjunto liderado por ela. Mas essa “adoradora” está precisando de oração e de orientação. E mais que isso: precisa aceitar os conselhos que lhe são enviados, sabendo distinguir entre a crítica pela crítica, escarnecedora, e a crítica embasada, com amor, de quem deseja o seu bem e de seus seguidores.

Depois de compor belos hinos, no início de sua carreira, essa “adoradora” começou a agir como se estivesse acima do bem e do mal. Primeiro, mantendo aparência de piedade, produziu canções com letras triunfalistas e antropocêntricas, tidas como proféticas. Depois, recebeu a “unção do leão” e andou como um quadrúpede, num ato pretensamente profético. Em seguida, compôs para Satanás; promoveu um show apoteótico em que o Diabo acabou roubando a cena; associou-se ao romanismo, a ponto de fornecer canções a padres-galãs...

E, como tudo o que está ruim pode ficar ainda pior, caso não lutemos bravamente contra o erro, o pecado e a heresia, agora a aludida “adoradora”, a despeito de passar a “profetizar” contra o romanismo, está flertando com os cultos afrobrasieiros?!



Com amor,

Ciro Sanches Zibordi

45 comentários:

PB. João Eduardo disse...

Á paz do senhor Jesus PR. Ciro!, concordo com suas colocações, também gosto de muitos hinos desse grupo logo quando começaram. Assim como gostava de ouvir alguns pregadores no início, mas tanto os pregadores como esse grupo estão se perdendo e se equivocando ao longo da carreira cristã.
Infelizmente estão parecidos com DEMAS, ou seja, amando o presente século, parece que estão mais preocupados em fazer a vontade dos "FÃS" que a vontade de Deus.
Abraços no amor de Cristo.

Nerly Nunes disse...

Ela ta se fazendo de fraca para com os fracos ou já é uma fraqueza dela falar toda essa afronta? Realmente isso ta parecendo um terreiro mesmo.

Walter Filho disse...

Assisti ao vídeo, e essa "loucura santa", tava louca demais para o padrão neo-testamentário.

Concordo. O amor é a maior arma para trazer os incautos devolta ao caminho. TG 5.20

Em Cristo,

Walter Filho

Digi-Alchemist disse...

Olá!
Ela tá fraca! Precisa de umas boas "palmadas"...

Como Paulo disse a Tito (e Orlando Fedeli costuma repetir por muitas vezes): "Este testemunho é verdadeiro. Portanto, repreende-os severamente, para que sejam sãos na fé.". (Especialmente a parte "repreende-os duramente", que, segundo Fedeli, em latim se diz: "Increpa illos dure").

Percebi pois que temos alguém à semelhança de Orlando Fedeli ao nosso lado, que prima pelo retorno às origens, aos fundamentos da nossa fé, rejeitando todo o modernismo, toda a "inovação" que só pode vir de uma fonte de sedições. Dele mesmo, o Cão, o arqui-inimigo de Deus e das almas.

Até mais ^^

jorge mélo disse...

Me fez lembrar quando a minha pessoa ainda não era evangélico e apreciava o espiritismo e cultos de umbanda.
A Bíbliz diz : Não deis lugar ao diabo efésios cap. 4 ver.27.
Paz do SENHOR JESUS a todos irmãos.
salmo 133
RECIFE - PE

ADRIANO JOSÉ URSULINO ISIDRO, 28 ANOS disse...

A Paz do Senhor Jesus Pastor Ciro.

Eu gosto muito desse grupo musical, e além do mais, para mim, eles tem um dos melhores conteúdos infantil áudio-visual.
Mas ultimamente estou preocupado com esse grupo musical.
Li uma materia na Internet que a Igreja da qual ela faz parte, adotaram o MIR (Ministério Internacional de Restauração), e isso me deixou mais preocupado ainda.
A verdade é que qualquer um pode ser enganado por espíritos enganadores e devemos vigiar para não entrarmos em heresias.
Que Deus tenha misericórdia desse grupo musical.

Que Deus continue lhe ajudando Pastor Ciro.

Thiaguinho disse...

Tenho pena dela...
Perdeu totalmente o foco. Até a pregação dela se torna contraditória. Em um momento ela repreende os deuses trazidos por religiões afro-brasileiras, ao mesmo tempo em que "profetiza" ao som de tambores no ritmo baiano.
Deus tenha misericórdia!

A paz Pr Ciro!

vida de professor disse...

Eu axo isso de um mal gsoto sem tamanho e se eu vc protestante axo q ficaria envergonhado.Além disso,tem varias ofensas q ela de maneria acintosa se direciona aos catolicos,Jesus misericordia de todos nós

Hubner Braz disse...

Amado Ciro,

No meio de tanta beleza e capacidade provida de Deus atravez dos louvores, percebemos neste mundo que há pessoas totalmente fora do foco príncipal.

Uns tem os pés firmes no chão e a cabeça poucos palmos acima. Não conseguem se erguer acima da mesquinhez, do vulgar, são inventores de moda por natureza, quando não por conveniência ou até por convicção. Não tem ideias, seus sonhos morreram nos dias derradeiros. Muitas vezes expulsam o Criador, o Mestre. Os louvores e gestos deixam-se enterrar na lama. Em parte, sobretudo por culpa própria. Os "adoradores segos da real presença de Deus" rejeita os conselhos, as critícas construtivas, quando estes adoradores se vestem a pele do mendigo, quando estes estão possuídos pela depressão. Por isso, não podemos estar acomodados e aceitar tudo que lançam na midia.

Temos que examinar bem... Sabemos que são espelhos, mas os espelhos podem quebrar... e ai para muitos vem a decepção... Saíba que o Maior e Imutavél que devemos espelharmos é Cristo.

Cristo em nós esperança da Glória.

Paz do Senhor a todos.

Hubner Braz

Fabiane Couto disse...

Sabe, fico muito triste com tudo isso...
O DT está perdido... não sei se em meio a fama... não sei se em meio ao dinheiro... não sei se me meio ao G-12....

Lembro-me de uma canção belíssima que aprendi quando criança e até hoje canto:

Quero voltar ao início de tudo
Encontrar-me contigo, Senhor
Quero rever meus conceitos e valores
Eu quero reconstruir
Vou regressar ao caminho
Vou ver as primeiras obras, Senhor
Eu me arrependo, Senhor.
Me arrependo, Senhor
Me arrependo, Senhor!

Eu quero voltar ao primeiro amor
Ao primeiro Amor
Eu quero voltar à Deus!!

Quem sabe um dia o DT grava essa canção....

Com temor e tremor,

Fabiane.

Catiano F. Lima disse...

Gostei da postagem estarei em breve estudando mais afinco esta situação. Mas de qualquer maneira devemos ora por ela. E vigiarmos para não caírmos, pois também somos falhos.

O que podemos fazer por ela Pastor Ciro?

Pr.Valdivan Nascimento disse...

Quanto à condenação de outras posturas discutíveis da Ana Paula e do Diante do Trono não questiono aqui, mas discutir ritmo é brincadeira. Não vejo na Bíblia nenhuma condenação a ritmo nenhum, inclusive ao "baiano". Não entendo nem porque a menção a "baiano".
Gostaria que me mostrassem biblicamente porque não usar tambores como instrumento. A igreja onde congrego e sirvo no ministério não temos tal costume, porém não vejo nada em contrário.
Mas parece a visão dos missionários estrangeiros que quando aqui chegaram deixaram a visão de que o piano é o instrumento santo para uso na casa do Senhor.

Flávio - Garça SP disse...

Paz Pr. Ciro!

É triste ver um vídeo como este...mostra claramente que ela perdeu o foco. O grande problema de muitas pessoas é q Bíblia já não basta; tem q haver "outras revelações", outras coisas que "estão ocultas"....ou seja buscam "revelações novas"....que Deus tenha nos guarde...Senhor queremos o Culto Simples, onde o Maior e o que mais Aparece é a tua Graça estampada em nossos corações!!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Pr. Valdivan Nascimento,

Para quem vê a Bíblia apenas como um livro de promessas (muitas promessas) e mandamentos (isso pode, isso não pode), realmente não há nada acerca de ritmo, estilo musical e coisas afins. Mas procure ver a Bíblia como um livro de PRINCÍPIOS. O irmão descobrirá que ela trata sim dos estilos musicais, ritmos e muito mais.

Não vou me estender neste comentário, mas em meu novo livro ERROS QUE OS ADORADORES DEVEM EVITAR (CPAD) há pelo menos 3 capítulos acerca dos ritmos e estilos musicais. E eu posso lhe assegurar que o axé, o funk e outros estilos que fazem sucesso no meio gospel não são apropriados para o louvor a Deus.

Lembre-se, para início de meditação, de passagens como 1 Coríntios 6.12; 10.23,31; 1 Tessalonicenses 5.22; Lucas 9.23; Hebreus 12.1,2,4,14; Filipenses 4.8, etc. Nos tempos bíblicos não existia axé, samba, rock, fã-clube, umbanda, etc. Por isso, não há abordagem direta sobre esses assuntos. Mas a Bíblia, repito, é um livro de PRINCÍPIOS.

Em Cristo,

CSZ

Júnior Rubira disse...

Eu particularmente não vejo mal no ritmo utilizado, e muito menos nas cores das roupas dos cantores, vejo mal sim, no comportamento que eles adotaram no palco e que outros no meio da multidão também adotaram.

Em Cristo,
Júnior Rubira.

Cláudio Ananias disse...

Com certeza, o entendimento da Bíblia Sagrada como um livro de princípios, fará com que muitos ritmos utilizados hoje nas liturgias evangélicas, sejam repensados.

A introdução em nosso meio desses ritmos baianos e outros, além de confundir o louvor a Deus com seções baixas no espiritismo, desrespeitam o costume, o estilo, a liturgia clássica, e até algumas músicas dos hinários tradicionais.

Vê se pode! Já cantam os hinos da Harpa com rítmo de axé, samba e outros. Classifico isso como desrespeito, desrespeito e desrespeito.

A impressão que tenho, é de que a fama impede o reconhecimento dos limites. Essa compositora está precisando aprender e colocar em prática a noção dos limites.

Com moderação,
Cláudio Ananias

Rodrigo disse...

Pr. Ciro e amados irmãos,

A Paz do Senhor!

Com relação ao lamentável vídeo postado, penso que o ponto nevrálgico, que foi ressaltado pelo Pr. Ciro e deve ser discutido mais profundamente é a questão da simbologia do culto/apresentação. A pastora Ana Paula não sabe que os tambores são utilizados para invocar entidades demoníacas nas sessões afro-brasileiras? Não sabe que o vermelho é a cor da pomba-gira? Claro que sim! Então por que utilizá-los em um culto de louvor a Deus? Para fazer-se tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns, como fez Paulo? Se essa era a sua intenção, faltou-lhe sabedoria. A bíblia nos exorta a nos abstermos de toda a aparência do mal (I Ts. 5:22). Paulo exorta as mulheres da igreja de Corinto a cobrirem a cabeça ao orar e profetizar, para não se parecerem com as sacerdotisas pagãs de sua época (I Co. 11:5). Enfim, não precisamos fazer cultos/shows mais atrativos para encher igrejas, precisamos sim pregar a Palavra de Deus e levá-las ao arrependimento.

Pastor Ciro, obrigado pela sua coragem de expor e denunciar estas tristes situações que ocorrem na Igreja do Senhor.

Oremos por um verdadeiro despertar!

Rodrigo

Paulo Mororó disse...

Caro pastor Ciro, a Paz do Senhor.

A crítica com amor e os conselhos são muito importantes, fazem refletir e amadurecer. Acredito que a questão neste caso seja também de amadurecimento e não de maldade.

"Mas essa “adoradora” está precisando de oração e de orientação. E mais que isso: precisa aceitar os conselhos que lhe são enviados, sabendo distinguir entre a crítica pela crítica, escarnecedora, e a crítica embasada, com amor, de quem deseja o seu bem e de seus seguidores." Pr Ciro

Um abraço
PAULO MORORÓ

Anônimo disse...

Ela já perdeu o foco há muito tempo assim como outros cantores ditos evangélicos. De uma mesma fonte não pode jorrar dois tipos de água. Essa cidadã doou músicas a padrecos e ainda defendeu veementemente sua atitude é só conferir no youtube. Agora ela vem falar da igreja católica. Hipócrita e apóstata.
Deus está longe das atitudes dessa mulher.
Essa sessão de candomblé foi o fim da picada...

Magda disse...

Prezado Pastor Ciro,

Muito bem colocada as suas palavras acerca da aludida adoradora e o conjunto musical. Bem já dizia o apóstolo Paulo em 2 Co 11.3:

"Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos e se apartem da simplicidade que há em Cristo.

Com temor e tremor, que Deus tenha misericórdia da igreja evangélica brasileira.

Magda.

Pr.Valdivan Nascimento disse...

Ainda não tive a oportunidade de ler o livro sobre erros dos adoradores do Pr. Ciro, mas o lerei certamente. Mas tenho umas dúvidas urgentes. Um missionário entre os africanos terá que se esforçar para mudar também o estilo musical deles por ser inadequado? Inadequado na visão de quem? Não confundo princípios bíblicos eternos e inegociáveis com questões culturais que não afetam a sã doutrina.O fato de na umbanda e outras seitas usarem a cor vermelha significa que um irmão ou irmã não pode vestir tal cor?
O fato de se usar tambores no candomblé para invocar demônios, siginifica que este é um instrumento amaldiçoado?
Se assim for tiremos as guitarras e baixos de nossos cultos, pois o rockeiros os tem como instrumentos principais para suas músicas satânicas. Concordo que é preciso conservar a reverência, a boa ordem do culto, a reflexão e a introspecção, mas não atribuo ao diabo nenhum ritmo ou instrumento.
São instrumentos, como a televisão. Se usados para o Senhor são bênção. Se usados para o diabo serão maldição.

BIANCA disse...

Em parte concordo com seu raciocinio. Mas voce só cita o DT, quando há vários outros artistas gospels agindo fora da palavra de Deus. E não precisa usar da hipocrisia, ser contra estes e dizer que nao tem nada contra. Ora, se voce nao fosse contra estaria falando a favor, ou nem os citaria.
Tenha firmeza no que diz. Ou voce é ou nao é contra a pratica de muitos.
Só lembrando: A cantora FB "profeta das naçoes" mas que só fica no Brasil, anunciou seu CD que tera ritmos baianos.


Escrevi um texto, leia: http://focojesuscristo.blogspot.com/

Anônimo disse...

A paz do Senhor
pr Ciro.
Gostei muito desse artigo pois, me fez refletir a cerca de alguns cantores que afirmam que sua vida foi transformada e insistem em ficar com os costumes do passado.
Creio que o servo de Deus que foi transformado deve ter uma nova vida e inclusive o Espirito Santo os guia e lhe dá um novo cántico e um novo ritmo.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Bianca (Bianca?),

Procurei em seu perfil aquelas informações que realmente distinguem as pessoas e não as encontrei. Apenas Bianca, estudante, mulher, aprendiz, ser pensante... Enfim, estamos diante de mais um blog ANÔNIMO e cheio de opinião!

A irmã (ou irmão), a senhora (ou o senhor), está redondamente equivocada! Neste blog, que existe desde 2007, editado por alguém que tem nome e sobrenome (Ciro Sanches Zibordi), o foco, no caso dos artigos apologéticos, não são as pessoas, e sim os erros que elas têm cometido.

Mas, para você me acusar de hipocrisia, deveria primeiro ter a coragem de assumir a sua identidade, pois falar sob anonimato é muito fácil. Eu poderia ignorá-la, porém estou lhe dando uma oportunidade para repensar sobre suas motivações e atitudes. Se escreve bem e tem boas ideias, apresente-se.

O curioso é que no e-mail você tem outro nome! Bianca ou Sophia? Sou eu mesmo que preciso ter firmeza no que digo?

Em Cristo,

CSZ
Esta sigla é de quem tem nome e sobrenome: Ciro Sanches Zibordi

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Pr. Valdivan Nascimento,

O Evangelho está acima da cultura e dos costumes dos povos. Jesus nos mandou ir e pregar o Evangelho, e não nos aculturarmos (Mc 16.15). É um erro pensar que evangelizar é o mesmo que adaptar-se a costumes e cultura. Há povos, por exemplo, em que os homens podem ter mais de uma mulher. E isso está ligado à sua cultura.

Sinceramente, gostaria que o irmão lesse o meu livro, o qual, para a glória de Deus, já está esgotado em sua primeira impressão, tendo sido lançado em meados (depois do dia 13) de janeiro deste ano. Nele, eu discorro sobre a transculturação e sobre até que ponto devemos, ao pregar o Evangelho, aceitarmos imposições culturais.

Muitos pensam que todos os ritmos são de Deus e que o Diabo os roubou. Mas isso é uma enorme falácia! Há ritmos que foram criados pelos filhos das trevas e não devem ser usados pelo povo de Deus. Foram feitos EXCLUSIVAMENTE para o mal.

O axé é inadequado para o louvor, segundo a Bíblia. Ou o irmão não sabe que o termo "axé" está relacionado à força sagrada dos orixás, que se revigora, no candomblé e na umbanda, com as oferendas dos fiéis e os sacrifícios rituais? O irmão precisa ver a Bíblia, repito, como um livro de princípios. O axé não passa no crivo de Filipenses 4.8, pois foi criado para o fim de adorar a falsos deuses. Usá-lo para louvar a Deus é impossível!

Questões culturais afetam a sã doutrina, sim, como eu já demonstrei, pois até a poligamia está ligada a costumes e cultura. Quanto a estilos musicais, sabemos que há ritmos que foram produzidos por pessoas adoradoras de Satanás, repito, e por isso não servem para o louvor. A música é como o alfabeto. Você pode usar as mesmas letras para escrever letras de composições bíblicas ou satânicas. Da mesma forma, com as mesmas notas, pode compor músicas imprómprias ou próprias para o louvor do Senhor.

Onde está escrito em meu texto que o cristão não pode usar a cor vermelha? O fato não é a umbanda e outras seitas usarem a cor vermelha. Analise o contexto e veja que tudo no show foi montado propositalmente em associação com o mencionado culto afrobrasileiro.

Se o irmão não puder adquirir o livro, até porque ele está esgotado, no momento, procure (se desejar, é claro), a série "Música no culto, ou culto à música?", neste blog.

Em Cristo,

CSZ

Lucinaldo Santos disse...

Prezado Pr. Ciro, a Paz do Senhor Jesus.

Concordo inteiramente contigo, gosto muito de alguns hinos desse grupo, principalmente os lançamentos do início da carreira, porém há algum tempo suas atuações têm se mostrado distantes da Palavra e sã Doutrina, deixando até adolescentes boquiabertos. Louvo a Deus pelo seus comentários e pelos livros que tem escrito, pois tem despertado muitos para o estudo e meditação da Palavra.
Abraços, Lucinaldo.

Pr Joel disse...

È lamentável o rumo que esta moça esta tomando em sua vida ou ministério.
Querem aparecer tanto que estão perdidos.
Se ela fez hinos e deu aos padres, e este hino é para dar pra quem???? para os (pai de santo)?
Ja esta na hora de este povo voltar ao 1° amor.

Vera Paula disse...

Pb. Ociel lima
A Paz do Senhor, Pr Ciro

Me desculpe por estar entrando no blog, atravéz do perfil da minha esposa,é que ela estava conectada e eu não pude deixar de ver o que estava acontecendo e observei algumas frases.
O pior que se nós observarmos todo o vídeo, vamos ver que, existem frases como : (Precisamos da ajuda das palmas e dos tambores, receba o tambor, toquem os tambores no Brasil, no rítmo baiano , irá soar novos tambores no Brasil ) ,isso nos faz pensar muito bem, que tipo de cantores " adoradores " estão entrando em nossos lares, em nossos púlpitos, etc...
Eu estava pensando outro dia que o pior, é que,existe um grande grupo de pesssoas que os seguem ao ponto deixar nosso Senhor Jesus Cristo por eles, e isso me deixa muito triste. Continue fazendo o seu trabalho .
Fique na Paz do Senhor Jesus.


Obs: Estamos lhe aguardando,para o Seminário de Liderança aqui em Manaus .

ADRIANO JOSÉ URSULINO ISIDRO, 28 ANOS disse...

A Paz do Senhor Jesus Pastor Ciro.

O Sr. tem razão nessas suas respostas a essas pessoas no Blog.
Eu sou músico, toco na Igreja, e vejo que nós crentes músicos gostamos de imitar certas bandas e certos ritimos, mas isso não é bom e na maioria das vezes não se ajusta a vontade de Deus.
Primeiro porque uma das definições de música é:

A arte de combinar os sons para deixa-lo agradável ao aparelho auditivo.

Agora eu pergunto: Qualquer som ou música é agradável aos ouvidos de Deus?
Será que Deus aceita qualquer tipo de manifestação de expressão musical?

Creio que não, pois Deus é santo e tudo tem que ficar de acordo com a sua natureza santa.

Pelo que eu sei Deus se agrada de reverência e um bom comportamento.

Se música é arte, vamos fazer a arte que agrade a Deus.

Que Deus continue lhe ajudando Pastor Ciro.

Fabio disse...

Á Paz do Senhor a todos, eu vi o video e não vi nada de mais, eu vi apenas ela profetizando que todos a idolatria, seja caido por terra, eu fico triste, pq estou vendo a IGREJA BRIGANDO CONTRA A PROPRIA IGREJA, temos tantas coisas para nos preocupar, almas a ser ganhar, mas paramos para ver o que a irmã esta fazendo se é de Deus ou não, ninguem vê o tanta de almas que ela ja ganhou, mas é esse o meu comentario.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "Fábio",

Eu fico triste em ver que muitos não conseguem ver o que é visível no vídeo. A minha preocupação com os "espíritos enganadores" e as "doutrinas de demônios" agindo no meio do povo de Deus é necessária e bíblica (1 Tm 4.1). O Evangelho de Cristo precisa ser defendido (Gl 1.8).

O culto "umbandizado" que aparece no vídeo decorre de problemas espirituais que a tal "adoradora" e seus seguidores estão experimentando.

Meu texto tem duas finalidades: (1) ajudar a própria cantora, o que é difícil, pois há muitos como você que não veem o óbvio e preferem incentivá-la a continuar errando, escondendo-se atrás de seus talento e carisma; e (2) alertar os que, desapercebidos, não tinham notado que, pouco a pouco, estavam se distanciando do verdadeiro louvor.

Acorde! Abra os olhos! Ainda há tempo.

Em Cristo,

CSZ

Márcio Cruz disse...

Paz de Cristo Ir. Ciro.

Nada contra tambores, os mesmos tiveram origem no ceu (Ez 28.13);

Nada contra indumentárias, desde que as mesmas atenham-se ao padrão exposado pelas Escrituras (1Tm 2.9. Aqui vale o mesmo princípio para "los hombres").

Agora, aos que defendem que todos os ritmos foram criados por Deus, é subestimar o inimigo, crendo que o mesmo não possui poder de criação (os pastores Stamps e Shedd assim afirmam: Asah: fazer de algo existente; Bara: criar do nada e aplicado exclusivamente a Elohim ), ainda que o mesmo se valha de imitação.

Mas, como o Brasil é composto de fãs (não somente de cantores), a teologia liberal importada, principalmente dos EUA, possui adeptos fortes por aqui. E o reflexo disso, vemos claramente nesta área tão bonita que é a música.

Aos que defendem uma boa batucada, por quê não bater os mesmos toques, tons, andamentos de um ogã? Afinal, Deus criou tudo(?)!!!

A Bíblia mostra que nem tudo o que há no Universo teve início Nele (pecado, morte, maldade, etc.).

Por isso aquilo que disseste na postagem deve pairar sobre todo e qualquer comentário exposado, ainda que as Escrituras estejam(?) em silêncio: PRINCÍPIOS.

Mas, como saberão dos princípios, se ninguém os conhece, e não há quem os mostre?

Tá bom. Tô falando demais.

Abraços, mano. Jesus te abençoe em tudo.

Paz do Senhor Jesus.

Ir. Márcio Cruz

Tamar disse...

Se a gente trocar o vestidão vermelho por um terninho bege ela fica menos parecida com uma sacerdotisa. Podemos trocar os tambores por violinos.
Mesmo assim continuamos com a base bíblica furada e esse tom melodramático de invocação.
Isso não eh cristianismo.

Gilson disse...

Não entendi nada. Devo ser mesmo pouquissimo espiritual, pois não vejo como alguem pode meter o malho no catolicismo (feitiçarias, idolatrias, missas, etc) e se jogar no colo do capiroto (yemanjá ou sei la de quem mais). Deve ser confusão mental das muitas heresias.

Filemom disse...

A igreja batista da lagoinha, onde nasceu o grupo diante do trono é uma benção em belo horizonte, seu pastor é homem santo, sério, temente a Deus e respeitado. Mesmo com sua unção, vive em singeleza, pregando a palavra de Deus com amor. Seus filhos e sua igreja são frutos de uma vida plena na presença do Senhhor. Esta moça tem sido usada por Deus para compor louvores ao Senhor. Compará-la à alguém que está em sessão espírita é um risco de blasfemar contra o Espirito Santo de Deus, além de ser uma crueldade sem tamanho.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamado pr. CIRO SANCHEZ ZIBORDI,

A paz do Senhor!

Retorno com mais este comentário para informar que os comentários me deixaram: Sorrindo e chorando.

Chorando pela falta de senso de alguns que não entenderam por falta de acerto com a palavra de Deus, que esrte movimento está CONTRA o óbvio e é parte de um abismo bem preparado para muitos desavisados.

Sorrindo por que é bom encontrar os muitos, que estão alertas para esta enganação, que apenas distrai aos muitos desavisados, e se posicionam com vigilância para poder orar. Afinal, precisamos vigiar e orar!

Citei o seu nome por completo e em caixa alta(letras maísculas) por sua boa posição com a Palavra de Deus, e principalmente a coragem de dar a face por completo e não se intimidar com os anônimos e com os que sem vergonha, e por vergonha, se escondem com outros nomes. Triste!

Vá em frente nobre pastor, com certeza, apesar dos que se levantam contra, existem muitos que estão aprendendo o melhor para as suas vidas.

O Senhor seja contigo meu amigo!

O menor de todos. Certamente! E sem medo de pedradas!

MARCOS PAULO disse...

Com todo respeito Pr.Ciro , mas se usar tambor for um erro a Ass. de Deus também estar errando . Se tem uma cisa que é abobinavel ao Senhor é a balança enganosa , ou seja , aquela que tem dois pesos e duas medidas . Fiz parte durante seis anos da Ass. de Deus (Belém) aqui em Aracati - Ce e vi muito disso , lá ainda existe um grupo chamado de MANANCIAL que usa toda sorte de instrumentos afro , tambores , afoxés e outros . Inclusive quando esse grupo começava a cantar os vizinhos da Igreja dizim que tinha começado a macumba dos crentes . Um dia uma mãe de " santo " nos fazendo uma visita se manifestou endemoniada justamente na hora que esse grupo se apresentava . E o que dizer do Pr. Adeildo nos Gideões , que até a mão pra traz coloca como se tivesse entoado ?

fran disse...

Eu sou ministro de louvor, e acredito que onde esta o espirito santo esta ai existe liberdade, por tudo que o Senhor escreveu acredito que o seu ponto de vista e muito extremado.Aconselho ao Senhor no amor de Cristo que veja seus conceito e valores em nome de Jesus!

Magda disse...

Prezado Pr Ciro,
Para embasar ainda mais os teus estudos acerca desta questão de ritmos, gostaria de lhe passar uma informação muito interessante.

Um cientista japonês (Masaru Emoto) estudando a molécula de água, a submeteu em sua nascente ao congelamento e fotografou os cristais formados que se apresentaram em uma belíssima estrutura. O cientista utilizou a mesma técnica de congelamento com a água em um rio poluído, e ao fotografar a molécula de água, a mesma se mostrou completamente destituída de beleza, com aspecto de deteriorização. O pesquisador expôs então a água ao efeito de diversos sons, e depois de congelá-la ele fotografou a estrutura molecular formada em todos os casos. O resultado mostrou que a molécula de água, quando exposta ao som de heavy metal, ou ao som de uma ameaça de morte, ou ao som da voz de Adolf Hitler, tornava-se semelhante a estrutura observada em rios poluídos.

Diante de tais fatos, o que podemos dizer acerca de certos ritmos na Casa de Deus? Se a própria ciência comprova os efeitos negativos dos mesmos em relação a estrutura molecular da água, o que pode inclusive contribuir para a degeneração do corpo humano, já que este é constituído em grande parte de água, será que ainda haverão aqueles que ousarão dizer que qualquer tipo de ritmo agrada ao Senhor nosso Deus que é Puro e Santo? E ainda mais? Se a estrutura molecular da água sofre deformação mediante determinados sons, o que dizer acerca da espiritualidade daqueles que tem se deixado levar pela banalização do louvor nas igrejas evangélicas?

Que Deus nos abençoe e nos ajude a discernir todas as coisas neste tempo do fim. Atenciosamente,
Magda (Assembléia de Deus Juiz de Fora, Prof. da UFJF, PHD em Química Orgânica)

José disse...

Misericórdia!!!!

Karin disse...

Pr. Ciro e comentaristas
gostaria que vocês olhassem no youtube um video do último congresso do DT http://www.youtube.com/watch?v=CG2QKFvCH-Q
e fizessem algumas colocações, pois desde aí estou horrorizada... a que ponto nós chegamos e aonde vamos chegar! vejam também os comentários lá.
DEUS tem levantado o Pr. Ciro para abrir os nossos olhos e que possamos discernir as coisas pois infelizmente há milhões de fãs que seguem o estilo de seus ídolos... é de arrepiar, escandaloso!!! triste demais pra ser verdade

Vivian I.B.E. disse...

Fico triste em ver como as pessoas tem usado o nome do Senhor Jesus desta maneira,porque ao invés dela perguntar "receba os tambores" ela não perguntou "receba a JESUS". O unico que pode salvar e trazer a verdadeira paz é o senhor JESUS, E NÃO BARULHO DE TAMBORES. Acho que ela esta precisando é ter Jesus em sua vida.

Fabio Santos disse...

Pr. Ciro, Boa noite

Somente a título de curiosidade. Quando o Sr. diz "Em seguida, compôs para Satanás; promoveu um show apoteótico em que o Diabo acabou roubando a cena". Sobre que situação envolvendo Ana Paula Valadão, o Sr. está se referindo??

Obrigado pela atenção.

Simone - Adoradora Reverente disse...

Pastor Ciro, Graça e Paz.

Acho que já comentei neste post...
Só passei para te aconselhar a NÃO parar de escrever, viu...
Seu blog é uma fonte de informações úteis!
Sem hipocrisia, gosto demais deste espaço aqui.

Grande abraço... e que Deus continue a te inspirar para escrever mais ainda, mesmo que fã(nático)s lhe desrespeitem.

Prossiga!

Expert disse...

A Paz do Senhor pastor Ciro.

Quero dizer que finalmente entendi o porque do pastor tinha ficado meio "pé a traz" com o meu anonimato.

Quer saber de uma coisa. O senhor tem toda a razão!!!!.

Pastor, conte comigo e minhas orações nessa luta constante contra as heresias e modismos.

Que Deus continue te abençoando.
A Paz do Senhor