terça-feira, 13 de abril de 2010

E que Diabo sou eu?


Nesse Brasil de dimensões continentais existem expressões que, às vezes, podem soar mal, mas são usais e comuns.

Há lugares do Nordeste em que certos termos, tidos como palavrões em outras regiões, são pronunciados até por pregadores! Em alguns estados, quando alguém quer saber a definição de alguma coisa, por exemplo, é comum dizer: “Que Diabo é isso?”

Digamos que um professor de Escola Dominical esteja discorrendo sobre a doutrina da salvação, e ele chame um aluno à frente e lhe diga: “A salvação plena implica justificação, regeneração e santificação. Exponha para a classe o que você entende a respeito da justificação”. Não se espante se a resposta for: “E que Diabo é isso, professor?”

Em uma escola bíblica para obreiros, em algum lugar do Nordeste, os organizadores formaram algumas filas para o almoço. Certo ministro resolveu sair antes do término da aula que antecedia o almoço e entrou na fila dos pastores. Ele nem esperou o almoço começar a ser servido e passou a reclamar que a fila não “andava”. E um diácono se aproximou...

— Qual é o problema? — perguntou o “amável” diácono, vendo a impaciência do seu irmão.
— Qual é o problema? A gente paga a inscrição e ainda tem de pegar fila?
— Meu irmão, o senhor está reclamando de quê? O irmão saiu antes de terminar a reunião e ainda entrou na fila dos pastores! Por que não entra na fila dos cooperadores, em vez de ficar reclamando? Essa fila aqui é só para pastores.
— Oxente, e que Diabo sou eu?

Como se vê, em alguns casos, não é apenas uma questão de expressão idiomática...

Ciro Sanches Zibordi

18 comentários:

Auli Júnior disse...

Pr. Ciro,
de fato existe diferenças de norte a
sul do Brasil, e podemos acrescentar
as diferenças advindas dos sotaques.
Minha mãe que é pernambucana criada
no Rio de Janeiro e moradora em São
Paulo há 30 anos, foi passear em sua
terra muitos anos atrás e levou vales
refeição da Brazilian Foods e quase
morre de rir ao ouvir este nome com o
sotaque de lá.
E o irmão vai me perdoar este comentário, mas o pastor em questão
não tinha mesmo que reclamar, pois
fazer fila exclusiva para pastores
cria cidadãos de segunda classe nas
igrejas, o crente comum da outra
fila.
Um bom exemplo da o pastor de uma
igreja aqui do Rio, Batista, que
segue na frente para a mesa, mas é
para ajudar a servir a congregação.
Um forte abraço,
Auli Júnior

HELIO ALVES DA COSTA disse...

a paz pastor ciro

eu sou nordestino,
a pesar de morar em sp, por muito tempo sei do que o pastor esta falando,

essa variaçao de linguistica brasileira, e sotaques tem muitas variaçoes,
muitos la no nordeste principalmente falam sem saber o significado das palavras

DIABO
(do latim = diabolus, )
(grego =διάβολος, "caluniador, acusador") o titulo mais comum atribuido a entidade sobrenatural maligna,
São muitos os nomes, as características e os poderes atribuídos ao Diabo - o príncipe das trevas - na cultura ocidental. Na verdade, o Diabo é o resultado da fusão de muitas crenças de diversas entidades e de diferentes culturas. Aparece na Bíblia Sagrada como sendo a serpente que seduziu Eva e Adão no paraíso, levando-os a comerem do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal; ou quando da agonia de Cristo no deserto, o Diabo aparece tentando-o, oferecendo-lhe o mundo como recompensa para que Jesus abandone o plano de Deus para sua vida.
resumindo ele e o nosso adiversario,inimigo de nossas almas,
ele estar reprendido em nome de jesus.

fique na paz
helio costa

J. Santos disse...

Pr. Ciro a paz do Senhor!
Seus textos são muito bons e tem edificado a muitas vidas inclusive a minha. Algumas expressões que alguns pregadores usam nos púlpitos e até em rede nacional,eu não concordo expressões tipo: vagabundo, canalha, sem vergonha e outras mais que não convém mencionar.E o que mais me impressional é que o povo dão muitas risadas e até "glória" a Deus.São bons na hora de exortar a igreja mas não reverenciam nem o altar da casa de Deus, o que o senhor pensa disso?

NilmaBostonRio disse...

Que choque cultural, hein?!

rsrsrs



by @NilmaBostonRio

marcilo magalhaes disse...

Pastor Ciro aqui no Ceara é bem com agente falar dessa forma. (que diabo é isso? )rsrsrsrs

marcilo meruoca disse...

Pastor Ciro aqui no Ceara é bem com agente falar dessa forma. (que diabo é isso? )rsrsrsrs

Rinaldo Santana disse...

Pastor Ciro Graça e paz, Ouvi certa vez um pastor falar que chegou um viajante em sua casa dizendo ser crente, passou o dia e chegou a noite, na hora da janta o pastor disse ao moço: Ore pela a refeição ele que estava querendo dar um golpe no pastor, mas não tinha nada de crente, olhou pra um lado, pra o outro e disse: Ha pastor num é que eu esqueci o diabo da oração?!!!

Rinaldo Santana
www.rinaldoeapalavra.blogspot.com

Walter Filho disse...

(risos!!!)

Edilson Paulo disse...

Quando vierem a Cuiabá MT,cidade linda, e abencoada por Deus, não se esquecam de comprar uma " cambada"( porção de peixe) como falamos aqui, e comer uma " cachorrada", (doce feito com leite coalhado), mas não seja muito "carne de pescoço",(birrenta)como foi o pastor do texto postado pelo pastor ciro, pois o "Cisa-Ruim"(diabo)é "Lambido" (cinico) .
"Sistrodia" (outro dia),um pastor disse que aqui que tem muito crente "arroz de festa"( so frequenta festa),não preocupem quanto vierem aqui, pois o linguajar cuiabano é lindo, voces precisam conhecer e se mais um "pau rodado"(pessoa de fora que passa a residir na cidade).
"vote!(Deus me livre)de nao morar aqui.
Saudaçoes em Cristo.
overbooverbooverbo.blogspot.com

Catiano F. Lima disse...

That's good... I'm a people who was born in the Brazil's Nordeste and I know what you are saying... Many other expressions are used here...

Muito bom... eu sou uma pessoa nascida no nordeste brasileiro e sei o quê você está dizendo... Muitas outras expressões são usadas aqui...

Honório Guedes disse...

A Paz do Senhor! Pastor Ciro,
Esta questão de sotaques, costumes é complicada... Um de nossos presbíteros nascido no estado de Minas Gerais certa vez pregava sobre a cura dos dez leprosos por Jesus, e quando chegou na parte em que apenas um voltou para agradecer, ele imitando Jesus exclamou UAI! não eram dez os que foram curados!
Por muito tempo nosso irmão foi alvo de gozação, pois perguntavam Jesus era mineiro?
Abraços Fraternais

Paulo disse...

Eu falo: bé isso(diabo é isso) rsrs

Thiaguinho disse...

Pr. Ciro,
Não pude deixar de notar que esta expressão não é exclusividade nordestina. Como nordestino que sou, a conheço. Mas lembrou - me uma expressão equivalente no inglês americano que tem diversidade de gírias, no caso a frase: "What the hell are you doing?".
Onde Hell significa de fato "inferno", mas a tradução desta expressão idiomática para o português é tida como: " O que "diabos" você está fazendo?". Ora,de fato o nordeste brasileiro importou(ou criou?) essa expressão há um bom tempo. Apesar de não ser ofensiva aqui, por não achar um ato comum usar "diabo" nas indagações, eu nunca usei.
rsrsrsrsrs

A Paz!

Letícia disse...

é Ciro ... vc vai diretoo pro céu! Pois do jeito que escreve é perfeito! Os outros pregadores cometem erros, os compositores cometem erros mas vc não! Sabe apontar o erro de todos, mas tenho certeza que não sabe os seus! Só um lembrete: procuroo olhar mais os SEUS erros.. e deixe um pouco de lado o erro dos outros! Deus está vendo todas as coisas, não precisa de vc aqui pra apontar ninguém.

Paulo disse...

Realmente existem expressões meio complicadas. No caso da expressão citada, acredito que o Cristão deve evitá-la.

João Paulo disse...

Amado pr. Ciro,

A paz do Senhor Jesus!

É pr... o senhor tem toda razão. Infelizmente ainda existe em nosso meio, principalmente em nosso Brasil, lobos vestidos de ovelhas, que não permitem que o Senhor Jesus modifique-os à sua semelhança... Esqueceram-se (ou nunca aprenderam) os bons e preponderantes conselhos do Mestre, como: "Bem-aventurados os 'mansos', porque eles herdarão a terra; bem-aventurados os 'pacificadores', porque eles serão chamados filhos de Deus (Mt 5.5, 9).

Sigamos os passos de Jesus, que é manso e humilde de coração, e encontraremos descanso para as nossas almas! (1Jo 2.6; Mt 11.29).

Em Cristo,

JP

Íris disse...

Noooosa senhoraaaa!!!Ainda bem que tive a felicidade de encontrar esse blog! hehehehe...Brincadeiras à parte, quero admitir que o sr tem me feito refletir mto através de seus artigos. Mto obrigada
Graça e Paz.

Ciro Sanches Zibordi disse...

"Anônimo" (entre aspas, pois eu o conheço muito bem):

Eu fui pastor, sim, na AD São Domingos, bairro de SP, uma igreja que me ama muito e é amada por mim. Você está me confundindo com outra pessoa que passou por lá.

Que Deus o abençoe. E medite em Mateus 7.1,2.

CSZ