sábado, 23 de janeiro de 2010

Pregadores mirins ou miniaturas de animadores de auditório?


Comecei a pregar muito cedo, por graça de Deus, e também conheci, ao longo dos meus quase 40 anos, meninos pregadores. Alguns cresceram e continuaram pregando a Palavra do Senhor. Outros, por falta de orientação, resolveram agir por conta própria, e suas promissoras carreiras ministeriais não deram em nada.

Estou preocupado com a nova geração de pregadores. E me sinto incomodado com os chamados pregadores mirins, que são, na verdade, meninos de 8, 10, 12 anos que estão imitando famosos animadores de auditório. E, pasmem, já existe até bebê avivalista!

Os animadores de plateia mirins são miniaturas dos pregadores malabaristas. Eles são cheios de trejeitos, berram ao microfone, como se fossem pôr as entranhas pela boca, correm de um lado para o outro, fazem gracejos, dão golpes no ar, empregam bordões como “Ei, psiu, diga para o seu irmão: sonhador não morre” e “Pentecostal que não faz barulho está com defeito de fabricação”. E o pior: de modo soberbo, agem como profissionais da pregação!

Em algum lugar na Internet, um menino mal-orientado apresenta o seu currículo de maneira imodesta e, tacitamente, oferece os seus serviços: “Pregador mirim fulano de tal, pregador da palavra de 11 anos, usadíssimo por Deus! Deus tem me usado para avivamento espiritual, exortação, cura, libertação de almas e muito mais! Telefone para contato: (99) 9999-9999”.

Ora, Deus usa a quem quer e como quer, inclusive meninos, adolescentes e jovens! Haja vista Samuel, Davi, Josias, o menino Jesus, Timóteo, etc. Mas não podemos aceitar com naturalidade a exploração infantil, o mecanicismo e o artificialismo. Além disso, não devemos tolerar, nos infantes, a soberba, o comportamento de celebridade e a imitação de um modelo que não está de acordo com a pregação cristocêntrica, ainda que usemos como justificativa o fato de as crianças serem ingênuas e, até certo ponto, inocentes.

Por outro lado, não me agrada a maneira como certos editores de blog escarnecem desses chamados pregadores mirins e os expõem zombeteiramente, criando vídeos com legendas reprováveis. Eu nunca vou inserir um vídeo desse tipo aqui porque isso é também explorar os infantes e expô-los ao ridículo. Precisamos ter equilíbrio e saber que o bom humor precisa ser feito com bom senso e temor a Deus.

Que Deus levante pregadores mirins que falem com singeleza a respeito do Evangelho. Que os líderes e pais orientem os meninos pregadores a permanecerem humildes, sabendo que a chamada é um ato soberano do Senhor. E que eles, por sua vez, imitem o maior Pregador mirim que o mundo conheceu, o qual aos 12 anos estava no meio dos doutores — interrogando-os e sendo interrogado por eles! Ele, ao chegar à maturidade, cumpriu com autoridade um tríplice ministério, ensinando, pregando e curando os enfermos (Mt 4.23).

Com respeito e amor a todos os expoentes mirins (pois Jesus também foi um menino Pregador), e desejando vê-los progredir, seguindo a bons exemplos,

Ciro Sanches Zibordi

23 comentários:

Dini Kelly disse...

Infelizmente muitos tem deixado de se espelhar em Jesus para imitar pregadores famosos. Alguns deles estão até fazendo escola [literalmente].

Neste link há mais sobre esse assunto:

http://crentepensante.blogspot.com/2010/01/tirem-as-criancas-da-sala.html

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada irmã Dini Kelly,

A sua preocupação nitidamente é a mesma que a minha. E eu fiquei feliz com o seu comentário pelo qual corrobora o meu pensamento de que os pregadores mirins precisam seguir ao exemplo do Senhor Jesus.

Mas não gosto nenhum pouco da maneira como editores de blog escarnecem desses pregadores mirins e os expõem zombeteiramente, como no link em que a irmã me indicou. Lamentável. Eu nunca vou inserir um vídeo daquele tipo neste blog porque isso é também explorar os infantes e expô-los ao ridículo.

O bom humor não deve excluir o bom senso. Mas alguns editores de blog estão também fazendo escola, usando a expressão que a irmã usou, e induzem outros a ridicularizarem pessoas e até crianças.

Não me tenha mal por essa crítica. Como lhe disse, percebi que a irmã está de acordo com a minha preocupação. Mas os tais editores de blog (que até já foram bem recebidos neste espaço) não são mais bem-vindos por aqui, pois ignoram que para tudo há limite, até para usar de humor, e andam por aí xingando, zombando, incitando uns contra os outros.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querida Dini,

Vou inclusive incluir mais um parágrafo no texto, a fim de deixar claro que não estou de acordo com a exposição dessas crianças, nem de uma forma nem de outra.

Um abraço.

CSZ

Eder Borges disse...

Paz do Senhor...

Sou familiar a esse assunto, pois comecei a pregar muito cedo, aos 11 anos na verdade, mas nunca imitei ninguém e tão pouco falava os jargões "pentecostais".
Por falta de orientação eu acabei saindo da igreja, pois não soube lidar com tantos compromissos ainda tão jovem, ainda mais sendo órfão de pai. Hoje graças a Deus voltei pra igreja e estou recomeçando o ministério de Deus na minha vida.
Achei muito oportuno esse post no que diz respeito à má orientação dessas crianças, muitas vezes bem intencionada.
Pais, lideres e os irmãos em geral devem buscar orientar essas crianças, mesmo sendo pregador ou cantor elas são crianças. E não devem pular essa etapa da vida delas, vivendo como se fossem adultos ou sendo exploradas.
E assim que continue esse ministério, mas de maneira sadia e abençoada.

fique na Paz do Senhor.

L. H. Dessart disse...

Olá pastor!

Os que usam do tipo de humor que o sr. citou têm sido tão infantis, ou até mais, do que estas crianças, que são ou foram mal orientadas por pais e líderes.

Deus levante, sim, crianças e jovens temerosos e desejosos em agradar ao Senhor, e não por serem reconhecidos como versões mirins de tais e tais...

Abraço!!!

Moisés Carneiro disse...

Pr. Ciro,
A paz do Senhor!

É sempre bom sermos comedidos e sensatos na hora abordarmos qualquer assunto, especialmente os que podem parecer um pouco mais polêmico no meio cristão.

Por trás de tudo isso, vejo nessas crianças um sonho que por sinal é verdadeiro e bom, de serem usados por Deus, apesar das circunstâncias pelas quais estão buscando (sejam eles, ou seus pais) tal realização.

Do jeito que anda o negócio, acho que daqui alguns dias o prezado pastor precisará escrever uma nova obra, posso sugerir um tema? "Erros que os pregadores mirins devem evitar" rsrs.

Abraço! Parabéns pelo blog.

Jean Patrik disse...

Paz do Senhor,
Pastor Ciro!!!

Concordo com o que escreveu, tem que haver um despertamento entre os lideres de igreja acerca desse assunto tão carente.

Que Deus continue te abençoando!!!

Um grande abraço!!!

André Gonçalves disse...

Graça e paz da parte de nosso Senhor Jesus!

Pr. Ciro,

Confesso que fiquei espantado com o que vi no video do bebê avivalista...
O que mais me preocupa com esta situação, é a má orientação que os pais e líderes religiosos passam a estas crianças. Pude presenciar a muito tempo um certo mini-profeta, infelismente hoje está no mundo vivendo uma vida miserável longe dos caminhos do Senhor.

Infelizmente isto tem se tornado modismo, e desenfreado. Por tráz, estão os pais e falsos mestres, tirando lucro disso tudo.

Em Cristo,
André Gonçalves.

Wendell Cordeiro disse...

Esse eh o "mundo" evangelico!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Wendell,

Qual é o "mundo" evangélico?

CSZ

Paulo Sergio disse...

Estou ficando cansado de ouvir tantas aberrações nas igrejas. Um certo pregador chegou na minha cidade e no meio de uma multidão, chamou o anjo Gabriel de Gabi e disse que esse nome é para quem tem intimidade com o anjo. Estou com saudade das mensagens que falam sobre o calvario, a volta de cristo e dos hinos que antigamente eram entoados. Que Deus levante nestes ultimos dias pregadores compromissados com o verdadeiro evangelho.

Vinícius disse...

Agora deu do Srº criticar ate os pequens se não tem o que fazer mesmo em ves disso vai orar
voce leva todo mundo pro abismo afinal é pra isso que voce nasceu como na profecia que iam matar Jesus você não tem escolha ta ferrado

Ciro Sanches Zibordi disse...

Vinícius,

Se você quer mesmo ter credibilidade, mude a sua linguagem. Um cristão que se preza não diz "você não tem escolha ta ferrado". Isso não é linguagem de salvo, e sim de pessoas que não andam segundo a Palavra de Deus.

Você não refletiu sobre o problema levantado por mim no artigo acima. Eu não estou me levantando contra o pregadores mirins. Estou contribiundo para que, verdadeiramente, haja pregadores mirins, em vez de animadores de auditório mirins. Há uma diferença enorme entre as duas modalidades.

Quanto aos seus impropérios e maldições, saiba que todas as suas palavras foram ditas diante do Senhor.

Mude enquanto há tempo. Seja fiel à Palavra de Deus. Haja como um cristão autêntico. Você é novo ainda e pode ser um vaso de bênçãos nas mãos do Oleiro.

Em Cristo,

CSZ

Dil disse...

Paz irmão Ciro, tenho a mesma preocupação em relação a crianças como pregadores.Outro dia em minha igreja veio um menino de doze anos, fiquei chocada quando vi e ouvi a maneira como ele imitava outros famosos pregadores. Daí a necessidade de orientação dos pais e líderes da igreja, pois pelo testemunho, este é um menino que realmente tem um chamado para ser ministro do evangelho. Infelizmente alguns até acham o máximo este comportamento e até apoiam copiar outros.Oramos pelas nossas crianças.

Abraço.
Dil

Anderson Cruz disse...

Paz do Senhor Pastor

Gostei muito do tema abordado, e como o senhor soube mostrar os dois lados, o lado errado e o certo, tenho a mesma opinião que o senhor sobre os editores destes blogs, acho muito "feio" uma pessoa querer defender o verdadeiro evangelho zombando daqueles que estão errado, acho que o evangelho tem de ser defendido com seriedade.
Sou bem jovem (16) e tenho chamado na pregação, graças a Deus meu maior exemplo é Jesus Cristo, e em segundo lugar David Wilkerson.

Pode ter certeza que há ainda jovens que não se influenciam por animadores de púlpito;

Um dia pretendo adquirir um livro seu, paz!

Em Cristo,
Anderson Cruz, Assembleia de Deus, em São Paulo(SP).

Palavra e Fé
anderscrz.blogspot.com

Francielle Rocha disse...

Eu também vi no orkut um anúncio escrito dessa maneira: "IMPACTE SUA CIDADE, LOTE SUA IGREJA", fazendo refencia a uma escola de cura, escola de cura??

Francielle Rocha disse...

eu vi a seguinte frase no orkut: "impacte sua cidade, lote sua igreja" referindo-se a uma escola de cura, escola de cura?

Unknown disse...

pastor ciro vejo que és um homem sábio,hoje muitos procuram beni him e novidades mas estão longe de produzir frutos de arrependimentos que DEUS CONTINUE TE DANDO SABEDORIA...

Unknown disse...

irmãos vemos cada aberração hoje em dia,as pessoas procuram novidade mas se lermos as cartas paulinas veremos que tudo oque se precisa saber está na escritura não precisamos de novidades precisamos sim de restauraçaõ ,colocar em pratica aquilo que está escrito...produzir frutos do ESPIRITO GOSTO MUITO DA COLUNA DO PASTOR CIRO MUITO SABIO OS ESTUDOS...

Laura Souza disse...

Pastor Ciro, gostaria de saber de quem será a responsabilidade se um pregador mirin vier a falar algo que não condiz com a biblia no pulpito da igreja?

Pr. José Bonetti disse...

Paz do Senhor Pr. Ciro.
Acompanho com atenção seus livros e comentários e quero parabenizá-lo por levantar-se em defesa da verdadeira mensagem da Palavra de Deus em nossas igrejas. Com relação ao artigo apresentado, concordo com seu parecer. Temos que respeitar a todos; grandes e pequenos; desde que preguem a Palavra e não fiquem inventando histórias só porque são crianças ou porque falam bonito. Certa vez perguntei a um pai de uma dessas crianças, como ela se preparava pra pregar com tão pouca idade, no que este pai me respondeu: "Compro muitos DVDs de pregadores famosos e deixo ele assistindo pra aprender." Perguntei como ele era na Escola Dominical e me respondeu que não frequenta e nem culto de ensino. Percebi que o menino na verdade era tido como fonte de renda do pai e tinha que fazer tudo ele mandasse. Que triste situação, mas creio que nosso Deus continua usando pessoas independente da idade, desde que tenha o real desejo de falar de seu grande amor, sem necessidade de reinventar o Sua simples e eficaz Palavra.
Um forte abraço.
Pr. José Bonetti

Ismael Borges disse...

Se vcs querem presenciar um pregador mirim autêntico sem imitações humilde e prega porque verdadeiramente ama pregar vejam no you tube - pregador mirim Isaías Borges ele tem apenas 8 anos.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Ismael Borges, a criança de apenas 8 anos é seu filho ou sobrinho?

CSZ