sábado, 5 de dezembro de 2009

Em breve: Erros que os Adoradores Devem Evitar

ERROS QUE OS ADORADORES DEVEM EVITAR

Sumário

Capítulo 1 – Como Zaqueu, eu Quero Descer

Capítulo 2 – Sabor de Mel

Capítulo 3 – Autoajuda ou Ajuda do Alto?

Capítulo 4 – A Voz do Bom Pastor e a “Voz da Verdade”

Capítulo 5 – E os Hinos Cristocêntricos?

Capítulo 6 – Mais Populares que Jesus Cristo

Capítulo 7 – “Adoração” com Estilo (I)

Capítulo 8 – “Adoração” com Estilo (II)

Capítulo 9 – Música no Culto ou Culto à Música?

Capítulo 10 – Não Confunda!

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi

39 comentários:

Daniel Franklin disse...

Creio que será mais um livro edificante.
E se é para adoradores, é para todos os cristãos. Certamente que tem muito ensinos e pelo que dá pra ver é algo bem atual.
Assim que puder, lerei.

Paz do Senhor.

Luis Filipe Bomfá disse...

Você está lançando um novo livro! Que bom! Já tem data de lançamento?

Fernando disse...

Olá, Pr. Ciro Sanches!
A Paz do Senhor Jesus Cristo, nosso Rei Justo e Fiel.

Estimado Pr. Ciro,
Acredito que esse livro, como as demais obras, será excelente.

Estamos vivendo dias difíceis, onde muitos crentes não estão examinando as Escrituras Sagradas, permitindo assim que heresias sejam cantadas, faladas, pregadas, etc.

Deus, em Cristo Jesus, te abençoe.
Ah, parabéns por mais uma obra, que trará uma soma muito grande ao conheciomento dos pequeninos do Reino de Deus, os servos do Senhor Jesus Cristo.

Em Cristo Jesus,

Fernando da Conceição
Assembleia de Deus
Rio das Ostras-RJ

Fabio disse...

Sorocaba, SP

Olá pr Ciro, a paz do Senhor.
Que ótimo, mais uma grande obra com certeza.
Estou aguardando o meu.
Um grande abraço.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamado pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

Após verificar, exaustivamente os textos produzidos em seu blog, bem como, suas pregações em Escolas Bíblicas, realizadas em várias igrejas pelo Brasil, através de gravações à nossa disposição na Internet.

Nestes contatos em que o aprendi a amar como servo de Deus, constatei na leitura de três dos seus livros, muito bem conhecidos por seus nomes: Erros que os Pregadores Devem Evitar, Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar e o Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria, que uma balança para aferição, está frente à igreja, através da responsabilidade e temor desenvolvido na sua vida, como exemplo de servo de Deus.

O Senhor seja contigo, meu nobre amigo, nesta decisão de proclamar o Evangelho de Verdade.

pr. Newton Carpintero - servo
www.pastornewton.com

marcelo de moura cogoy disse...

PR:Ciro,estou ancioso pela publicação deste livro(erros que os adoradores devem evitar)pois tenho lido em seu blog os diversos artigos sobre este assunto e concordo plenamente com o senhor,creio que um livro sobre este assunto vai abrir o entendimento de muitos que pensam ser adoradores mas não são um abraço,de seu leitor e irmão em Cristo Marcelo de Moura Cogoy

Jean Patrik disse...

Paz do Senhor pastor Ciro!!!

Esse livro vai ser de grande utilidade para todos os cristãos.

Só fiquei um pouco triste por não ver ESPECIFICAMENTE nada relacionado a ministério de dança ou adoração com dança.

Pode ser que eu esteja enganado, porque no sumário existe um titulo de "adoradores" com estilo, que esteja incluído sobre esse assunto.

Que Deus continue abençoando o senhor e a sua familia!

Um grande abraço!!!

Em Cristo Jesus Jean Patrik

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Jean Patrik,

Pode começar a se alegrar, pois o irmão realmente está enganado (risos). O autor discorre, e muito, sobre a dança.

Um grande abraço!

CSZ

Francisco disse...

A Paz do Senhor Pr. Ciro,

Todas as vezes em que acesso a internet tenho a intenção de buscar algo que me traga edificação, como parte dessa busca estabeleci como padrão de visitação aos sites da grande rede consultar este BLOG que para mim tem sido muito importante, e o senhor não sabe como, pois a testificação dos assuntos gerais e principalmente relacionados a amada Igreja do Senhor são sempre abordados nos tempos em que busco respostas e embasamento bíblico.
Isto porque ontem estava meditando nas letras dos chamados "hinos", será?, que se tem cantado ultimamente nas igrejas, rádios, ..., em certas letras podemos dizer que é hino só porque quem canta é suspostamente evangélico?
Louvo a Deus pela vida do amado Pastor.
Aguardo como todos os outros irmãos o lançamento deste livro.
Deus o abençoe juntamente com sua família.

Jean Patrik disse...

Hooo Gloooriiiaaa!!!!!

ALEXANDRE BRAGA disse...

Paz do Senhor
Pastor Ciro, tenho adquirido algumas obras do amado pastor, entre eles: Erros que os pregadores devem evitar, evangelhos que Paulo jamais pregaria e o DVD. E essa obra nova estará disponível para compra quando?

Saulo Vale disse...

Paz do Senhor,
Pastor, fico feliz com mais uma publicação do seu livro, tenho quatro deles e têm servido muito para a minha edificação e conhecimento. Nos preocupa como os modismos estão adentrando a Igreja do Senhor. A flexibilização doutrinária tem se tornado cada vez mais comum no meio evangélico. Ainda acho que há esperança para a igreja evangélica brasileira. Que Deus continue levantando homens e mulheres que tenham firmeza doutrinária e não aceitem falsas doutrinas.
Em Cristo Jesus,
Saulo Vale - AD de Mossoró-Rn

Jean Francesco disse...

Salve!
meu nome é Jean, curti muito o seu blog! E dá pra perceber que o senhor se preocupa verdadeiramente com a Igreja.

Fica com a Paz do Senhor!

Jean

Alessandro Cristian disse...

Amém... Aguardamos.
Deus continue te abençoando.

Simone Fernandes disse...

Oh, pastor Ciro. A Paz do Senhor Jesus, Como vai?
Estava com saudades de vir aqui no blog, não tenho net em casa (e nem dinheiro pra lan house, rs).
Gostei da notícia! Apesar de nunca ter lido um livro seu, tenho lido os artigos e aprendido bastante.
Não vejo a hora de adquirir... Uma obra dessa é essencial para mim.
Sou compositora, Deus tem me ensinado a compor para Ele e não para agradar o povão. Toda a honra e glória sejam dadas ao Senhor.

A propósito, pastor Ciro, eu postei um comentário naquele artigo "Novidade! Meu primeiro álbum musical" e o senhor não me respondeu. Sei que o senhor é ocupado, mas eu quero mesmo saber se suas composições estão disponíveis. O senhor vende, ou doa? Assim que puder, me responda ok.

Como fazer para convidá-lo a vir pregar na minha denominação? Sou da Igreja de Deus Avivamento Bíblico.

Abraços fraternos.

Simone, Mirabela (MG)

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Luis Filipe Bomfá,

A paz do Senhor!

A previsão da editora é lançá-lo ainda neste ano. E, como já estamos em dezembro, também estou ansioso (risos). Fique atento a este blog e ao www.cpad.com.br, pois, assim que o livro estiver disponível para compra, esses sites serão os primeiros a divulgar a notícia.

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querida irmã Simone Fernandes,

A paz do Senhor!

Em primeiro lugar, é uma honra ter uma compositora em meu blog! E agradeço-lhe pelas palavras de apreço para com a minha pessoa.

Desculpe-me, mas eu não respondo a todos os comentários inseridos neste espaço. E também não publico todos. Leio cada comentário (quer dizer, nem todos; alguns, quando são ofensivos, eu leio apenas o começo e apago). Dependendo do tipo de assunto, do tempo de que disponho no momento, eu publico uma resposta.

Por que não respondi às suas indagações inseridas na postagem "Novidade! Meu primeiro álbum musical"? Como se tratava de uma abordagem espirituosa de minha parte (pois é claro que não sou compositor!), encarei as suas palavras como igualmente espirituosas.

Eu jamais comporia canções como "O tempo de orar, ler a Bíblia, jejuar, evangelizar e se santificar chegou!" ou "Chega de sonhar: acorde!". O meu artigo foi, na verdade, uma crítica bem-humorada a algumas composições gospel e ao jargão mercantilista prevalecente nesse meio.

Mas, se a irmã desejar, posso tentar ajudá-la, sugerindo assuntos ou conferindo letras de sua autoria.

Que Deus abençoe o seu ministério!

CSZ

Paulino disse...

A paz do Senhor Pr,Ciro Deus o abençoe por mas esta obra apologetica da verdade do evangelho de nosso Senhor Jesus,gostaria de saber se nesta primeira edição ou a publicação para a comercialização desta obra,tambem nós irmãos fora do territorio brazileiro teremos este privilegio ainda nesta fase de lançamento ou mas tarde tivemos o acesso aos seus materias depois de muyito tempo mas damos graças a Deus por esta obra.

francisco disse...

pastor ciro sei que e meio dificil mas se pudar traga um desses exemplares que comprarei de suas maos quando estiver de ferias no ceara e pagarei aquela tapioca

Alexsander Piau Alves disse...

A paz do SENHOR pastor desde ja meus parabens por mais esta magnifica obra Q DEUS o ortogou, ficarei aguardando com muita alegria para obter logo esta bela obra Q com certeza ira edificar mais uma vez a minha vida e a de muitos outros irmaos Q ama a fidedgna PALAVRA de DEUS!!! Alex A.D.Belem SP. DEUS seja sempre contigo......em todos os momentos de sua preciosa vida......

Márcio Cruz disse...

A Paz do Senhor Jesus Pr. Ciro!

Parabéns por mais um passo de ousadia contra a maré das empolgações e emoções momentâneas que cirandam em meio à Igreja.
Que seu livro possa nos aproximar mais do Criador e levar pessoas a fazer o mesmo. Adorá-lo como os anjos, 24 anciãos e os 4 seres viventes (Ap 5.8-14)

Posso lhe pedir algo?

Que seu próximo livro seja: "Erros que as lideranças devem e tem que evitar".

Por quê?

Se as lideranças tivessem mais coragem, com certeza não seria preciso abordar certas situações na web. Lembra de Judas quando disse que gostaria de escrever acerca da salvação e pelo que estava acontecendo foi necessário mudar o teor da carta (Jd v.3)?

No mais, parabéns. Use o dom que Deus lhe deu e faça o que Ele espera de ti.

Com carinho e respeito próprios do cristão,

Ir. Márcio Cruz

Anônimo disse...

estamos no aguardo....

q Deus abencoe pastor...

Artur Ribeiro disse...

A paz do Senhor.

Pelo menos uma informação a mais já temos do livro: o preço. Na seção comercial das Lições Bíblicas da CPAD já há o valor de seu novo livro, pastor.

Apesar dessa obra, amado, eu aguardava outra, cujo título pendia para algo como "100 coisas sobre o Arrebatamento que você precisa saber. Se der tempo".

Essa não viria antes de "Erros..."?

Forte abraço,

Artur Freire Ribeiro
http://blogdoarturribeiro.blogspot.com/

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Artur Ribeiro,

A paz do Senhor.

Cada livro, para mim, é uma mensagem. Não gosto de escrever apenas seguindo a uma tendência. O outro livro está pronto, precisando apenas de retoques, mas a mensagem contida em "Erros que os Adoradores Devem Evitar" é mais urgente. Por isso, em oração e em conversa com a CPAD, preferi priorizar "Erros..."

Um abraço.

CSZ

Prof Damasceno disse...

A paz do Senhor, nobre companheiro. Glorifico a Deus pela nova obra: ela vem em tempo bastante oportuno.

Louvo a Deus também pelas postangens humoradas, simples e profundas, com as quais Deus lhe permite nos brindar sempre que por aqui navegamos (e olhe que são todos os dias).

Já estou em negociações com a minha Igreja, AD de Lago da Pedra, Ma., para trazê-lo para uma série de atividades em nossa Igreja, sobretudo na área da EBD, pois estou cotado para assumir a Superintendência em eleição e composição de nossa agenda anual agora dia 19, próximo. Assim que isso se concretizar, já entro em contato para agilizarmos...

Um forte abraço!

Prof Damasceno

Ivan Tadeu Panicio Junior disse...

Caro pastor Ciro!

Meus sinceros parabéns por está obra que está no "forno".

Seu ministério como escritor já é consagrado e esta obra deverá com certeza ratificar esta opinião.

Forte abraço
Ivan Tadeu - Ctba

Anônimo disse...

Prezado pastor, algum tempo comecei ler seus artigos, e sei que apesar de não ser o seu objetivo, muitos nos faz rir. o que me deixa mais envergonhado é saber que apesar de parecer fatos ficticios, são mais reais do que imaginamos. outro dia perguntei a um irmão cmo tinha sido o culto na Igreja dele, e ele me falou: "foi uma benção, foi um reteté só". e eu que pensava que isso ainda não tinha chegado aqui no interior do nordeste
Sou Figueror R. Melo, diacono,membro da assembleia de DEus em Buriti-MA

Lindiberg de Oliveira disse...

Olá pastor Ciro, quero parabenizá-lo pelo livro, creio que será uma benção.
Há uns seis meses atrás publiquei no meu blog uma matéria denunciando os erros contidos na música de Regis Danese, com o titulo "Como Zaqueu eu quero descer" e retirei por causa de algumas censuras.
Recentemente postei-a novamente e queria que o senhor analisasse e desse sua opinião, pra mim seria uma honra.

Eis ai o link: http://ferazaoegraca.blogspot.com/2010/01/como-zaqueu-eu-quero-descer.html

A Paz do Senhor!

Anônimo disse...

OI Pr. Ciro.

Estou lendo seu livro "Erros que os Adoradores devem evitar" e compartilho de boa parte das suas críticas ao posicionamento de muitos líderes. Todavia, quanto ao seu posicionamento diante da postura da Ana Paula na canção Mais que vencedor e em outro episódio, eu discordo. Não quero afirmar que os membros deste grupo não são passíveis de erro, pelo contrário, é reconhecendo isto que eu não os atiro pedras. Entendo a importância de se reconhecer a importãncia que este Ministério tem para o nosso Brasil e outras nações. Reconheço trabalhos realizados como Preciso de Ti, Diante do Trono, Ainda Existe uma cruz, Esperança, A canção do Amor, e o último, Tua visão. Sem contar as palavras que já foram pregadas por eles, íntegras e alinhadas à palavra de Deus. Sem contar as obras sociais, o trabalho para o público infantil...

Quando olhamos a vida de Davi, vemos um homem segundo o coração de Deus, no entanto, que "caiu", escreveu salmos lindos e ainda hoje é um exemplo de adorador. Uma atitude não pode desqualificar anos de trabalhos. Não conheço de perto o trabalho do DT, mas como expectador, e pelos frutos, percebo o trabalhar de Deus. Seja com palavras de exortação, de arrependimento, de salvação, de libertação...enfim, acredito que o senhor deveria antes de mostrar um texto sem o devido contexto, e sem a devida referência, e antes mesmo de apontar posturas aparentemente equivocadas, expôr as qualidades de um ministério que certamente, um dia pelo menos, foi um canal de bênção para você.Sobre a música Mais que vencedor, não consegui verificar uma só frase de xingamento, ou afronta ou algo parecido; apenas uma declaração verdadeira de uma pessoa que estava passando por afrontas do inimigo. É pecado declarar: EM Jesus sou mais que vencedor? Ou o senhor nunca declarou a verdade para o inimigo, quando você se viu afrontado? Uma coisa é viver enfrentando o maligno, outra é declarar verdades. Mas se tua consciência te acusa, não cante. Quanto a postura de Ana Paula num show (como você sinaliza) você julga equivocada, é a sua verdade. Então a respeito. Teríamos que sentar com a Ana Paula Valadão para saber sua motivação naquele momento, só assistir a um vídeo no youtube e ver frases editadas não bastam.

Outra observação refere-se a Ludmila Ferber em sua música Os Sonhos de Deus. Repare o tema da música: Os Sonhos de DEUS, agora se os "adoradores" a aplicam de forma egocêntrica, individulista, não é um problema da compositora. É óbvio que os sonhos de Deus são mais nobres e é o que importa para nós.

Ps. Percebi que o sr. tem o costume de visitar o blog da Ana Paula; neste mesmo blog tem bastante mensagens muito edificantes.

No mais, reitero, concordo com a maioria dos seus posicionamentos no livro. Seu senso de humor, e ironia, é muito bom. Seria interessante a Convenção das Assembléias de D. ter acesso ao livro.


Juan - juansterfan@bol.com.br

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querido irmão,

A paz do Senhor.

Agradeço-lhe pelo e-mail e pela mensagem no blog. Mas que fique claro o seguinte: não verbero contra pessoas, e sim contra os ERROS delas. O fato de eu combater os erros não significa que eu não reconheça os acertos. Mas o livro trata dos ERROS que os adoradores devem evitar. Quanto à canção "Sonhos de Deus", a despeito de Deus ser mencionado, os conceitos nela apresentados são, sem nenhuma dúvida, antropocêntricos, humanistas. Basta comparar o conteúdo da composição com o jargão da autoajuda.

Não visito com tanta frequência o aludido blog, mas respeito sim o lado positivo da mencionada vocalista. Não estou jogando pedras em pessoas, mas orientando, alertando o povo de Deus. Bom seria que não nos melindrássemos com as críticas, mas as confrontássemos com o que a Bíblia diz. Nenhuma pessoa é obrigada a aceitar críticas, mas precisa responder a elas, ainda que seja de modo introspectivo, à luz da Bíblia.

Quando eu recebo críticas, avalio. Se eu estiver errado, volto atrás, corrijo os meus erros. Mas, se eu estiver certo, respondo aos que me criticam, posto que existem críticas injustas, produtos de pessoas que ainda não têm um claro entendimento das verdades sagradas, ainda que pensam ter. Mas o que não podemos é aceitar passivamente o erro, como se o carisma fosse mais importante que o caráter, ou o talento mais relevante que a mensagem.

Em Cristo,

CSZ

ADRIANA disse...

Por favor enviem o mais rapido possivel aqui para a baixada santista. Ja fui procurar o livro e ainda nao chegou.

Sou regente de circulo de oração e ministra de louvor na igreja onde congrego, e tive que retirar alguns hinos do conjunto apos o Pastor orientar-nos em uma reuniao de obreiros.
Creio que este livro sera de grande ajuda para nos, regentes de conjuntos e ministros de louvor.

Tenho os outros tres livros seus. São otimos. Que Deus o conserve sempre defendendo o verdadeiro louvor e a verdadeira Palavra de Deus.

bentavicente disse...

a paz do senhor!

Bem primeiramente não fomos constituidos juizes de ninguém e aos seus ungidos cabe ao senhor julgá-los (Deves conhecer bem esta passagem) e em segundo lugar não podemos tornar imundo aquilo a quem o senhor purificou(outra passagem bíblica), nem preciso citar onde está pois o Sr. deve conhecer de cor e salteado. Quanto à determinados adorares, devemos ter em mente que deus sonda todos os corações e conhece nossas intenções e o juizo temerário é estritamente proibido na bíblia. Ressalto que em suas obras deveriam ser mais voltadas para a vinda de jesus, salvação e conversão, talvez não venda tantos exemplares, mas com certeza o propósito de deus na sua vida será cumprido, pois o Meu Deus não é Deus de confusão, assim a bíblia ensina. Sendo que esta sua obra tem trazido para o meio do povo Deus, algo que não agrada à ELE.
Não isente o SACRIFÍCIO DE JESUS NA CRUZ, pregue o evangelho não correntes de pensamento, doutrinas de homens e não destruas o ministério de irmãos que estão fazendo algo verdeiro e de coração para o senhor, não importa posição social ou títulos se somos mestres, membro de academias, devemos no preocupar com o que deus vê em nós e não os outros. Temos que ter frutos do espírito e não da carne e cuidar para não disseminar-mos o mal entre o povo de Deus, pense quantas pessoas estão falando destes adoradores, não erre o alvo.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "bentavicente",

1) Se o senhor ler o meu novo livro, descobrirá que o que eu desejo mesmo é que o verdadeiro evangelho seja pregado, com ênfase à cruz de Cristo, à vinda de Jesus (com "j" maiúsculo!), à salvação, etc.

2) Quanto a julgar, o irmão não está equivocado. Está REDONDAMENTE equivocado! Jesus nos vedou o julgamento calunioso, e não o julgamento no sentido de discernir, provar, examinar, etc. Leia João 7.24; 1 João 4.1; 1 Tessalonicenses 5.21. A propósito, a postagem atual, neste blog, trata desse assunto. Leia-a, se desejar, e descobrirá que, de fato, o irmão está enganado.

3) Deus não purifica nem santifica o que é contrário à sua Palavra. E as canções contestadas no livro são contrárias à Palavra de Deus, sem nenhuma dúvida. Falo assim, com toda a certeza, porque não me baseio em minha opinião, mas nas infalíveis Escrituras.

4) Ressalto que o irmão deveria se preocupar mais com a verdade, em vez de defender a falsidade. Leia 2 Coríntios 11; 2 Pedro 2; Judas; Mateus 7.15-23; Atos 20.27-30; Deuteronômio 13.1-4, Tito 1, Filipenses 1.16, etc. Há muitas passagens que nos mandam tomar uma posição contra o erro, ainda que seja em nosso meio.

5) Não vendo muitos exemplares justamente porque prego a verdade. Se eu quisesse vender mais, massagearia os egos dos fãs dos adoradores-ídolos.

6) Procure grafar termos que se referem a Deus com iniciais maiúsculas. Fica feio para o irmão que tenta me corrigir escrever: "deus", "jesus", "espírito", etc. Procure melhorar. Ah, isso vale para Bíblia também. É feio escrever "bíblia".

7) Não destrua o ministério de irmãos que estão fazendo tudo errado e precisam de ajuda, e não de bajuladores!

8) Pense em quantas pessoas estão enganadas, seguindo ao erros de certos "adoradores" e precisam de ajuda!

9) Não erre o alvo! Acorde! Ainda há tempo.

CSZ

Rita disse...

que DEUS continue abençoando, e que o povo de DEUS precisa de homens como o irmão para que o povo veja a verdade e abra os olhos ,graça e paz

Ray* disse...

A Ideia é boa, mas foi no momento errado, está com pelo menos uns quatro anos de atraso, também peca por coar mosquitos e ...(o restante vc ja sabe) ex.: Erro muito maior do que a música do Régis Danese foi a de David Quilan: "Vc NÃO PRECISA SABER COMO ORAR, vc só precisa saber como chamar, esse nome de Jes....Jes...." Uma oposição "aberta" aos ensinos que todos sabemos : Os discipulos disseram: "Senhor, ensina-nos a orar".
Jesus respondeu: "Quando orardes, DIZEI: 'Pai, santificado seja o teu nome, venha...'".
Mas o que vale é a intenção, talvez seja útil para a proxima geração de adoradores, isso se chegarem a serem leitores, o que é difícil!. Valeu. Ray

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Ray,

Agradeço-lhe pelas observações. Mas a minha intenção não foi propriamente "atacar" letras heréticas e "deixar de atacar" outras mais heréticas. Na verdade, elegi algumas letras de canções de sucesso para mostrar como o evangelho está sendo entendido de modo torcido por muitos.

O público-alvo desse livro não são apenas os músicos. Aliás, já tenho, por graça de Deus, um público, que é formado, em grande parte, por obreiros (pastores, pregadores, ensinadores, professores, músicos, etc.). Esse público vê nesse trabalho subsídios para mostrar ao povo de Deus qual é o verdadeiro evangelho, que pouco a pouco tem se distanciado de nós.

Portanto, julgo o momento de sua publicação adequado. E penso que o que irmão considera pequeno ("coar mosquito") pode ser grande, dependendo-se do ponto de vista. Na minha maneira de ver, no livro trato de questões relevantes, e não de questiúnculas que a nada levam.

Grato pela crítica e pela visita.

CSZ

kelvin disse...

Apaz Do Senhor pastor ..

... Sincemente eu acho Que a maioria desses hinos foram sim ispirados por Deu.... Pois são hinos que Deus fala atraves deles com a minha e a vida de muitos .. hj em dia está um trem de quererem dizer q isso e aquilo não é de Deus mas em minha opinião a maioria foram espirados e REVELADOS POR DEUS

Rafael Nascimento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael Nascimento disse...

Li o livro e aconselho a todos as pessoas que realmente tem o desejo de adorar o nome do Senhor, gostei munto. Nós, adoradores, estavamos precisando de um alimento espiritual como esse, que Deus venha continuar a te abençoar e possar também estar levantando mais e mais pessoas capazes de ensianar e lutar contra esse mal desfarçado de bem no mei cristão.
Abraços, e fiquem na Paz do Senhor!