terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Cristão no palco e inimigos na plateia?


"Será que um servo de Deus precisa mesmo mostrar aos seus desafetos que ele venceu? Existe a necessidade de o Senhor conservar os nossos inimigos vivos para verem a nossa vitória? Não seria melhor desejarmos o bem deles? O que melhor combina com a vida cristã: o sentimento de vingança ou o sentimento de compaixão? (...)

Quem são os nossos inimigos? Seria bom que todos os compositores lessem as palavras de Jesus registradas em Mateus 5.44: “Amai os vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem”.

Que Deus cuida do justo não há dúvidas. Mas não cabe a nós a vingança nem o sentimento de vingança. Em Romanos 12.19,20 está escrito: “Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira [de Deus], porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o SENHOR. Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça”.

Lembremo-nos mais uma vez de Jesus e também de seu seguidor Estêvão, dois vencedores que saíram de “entre a plateia” e subiram “no palco”. Qual era o sentimento deles, em cima daquele “palco” nada atraente, diante da multidão enfurecida? É difícil suportar os nossos inimigos, não é? Como, pois, reagiríamos ante o comportamento hostil e zombeteiro daqueles que estão “entre a plateia”? (...)

Aprendamos com Estêvão e principalmente com Jesus. O primeiro, ao ser apedrejado “no palco”, não ficou em silêncio nem desejou o mal de seus inimigos. Antes, pôs-se de joelhos e clamou: “Senhor, não lhes imputes este pecado” (At 7.60). Já o nosso Senhor — que, como Filho de Deus, podia ter pedido ao Pai que fizesse justiça, castigando os seus algozes — intercedeu por eles: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” (Lc 23.34).

Diante desses piedosos exemplos, por que eu deveria dizer “aleluia” ou “glória a Deus” quando alguém tripudia diante de seus inimigos, por pior que eles sejam? Seria bom revisarmos os nossos conceitos acerca do louvor a Deus. Acredito que muitos cristãos não têm percebido os desvios contidos em letras de composições “evangélicas” da atualidade em razão de desconhecerem algumas características do louvor esposadas na Bíblia."

Trecho do livro Erros que os Adoradores Devem Evitar
, de Ciro Sanches Zibordi (editado pela CPAD), escrito com o propósito de orientar o povo de Deus acerca da adoração e do adorador. O autor discorre sobre a adoração propriamente dita, o louvor, o cântico de louvor, a música, etc. Boa parte da obra é dedicada a análise de letras de composições de sucesso, estilos musicais, comportamento, modismos e inovações no culto a Deus. Em breve, mais informações neste blog e no Portal CPAD.

64 comentários:

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamado pr. Ciro Zibofrdi,

A paz do Senhor!

Muita intrepidez, entregue por Deus, em suas mãos no momento exato em que a igreja toma rumos "extranhos", em contraste ao real louvor, necessário para engrandecer ao Senhor dos Exércitos com a consciência exrecida com o vigor necessário de quem ama a Palavra de Vida.

Possuir este livro, para muitos, será como possuir uma pérola em suas vidas, e o agradecer a Deus, será um grande motivo para a análise correta ao verdadeiro louvor, que deve passar pelos nossos lábios, vindo do coração, da alma e o espírito, através de uma vida transbordante do Espírito Santo de Deus.

O Senhor te proteja, contra os que perecem em suas canções apaixonadas e vazias, sem um verdadeiro motivo de reconhecimento pela nossa Salvação.

Estes se movimentarão, com certeza, contra a retirada das máscaras em diversos, desconcertantes e conformados com os eventos que viajam pelo mundo afora.

pr.Newton Carpintero
www.pastor.newton

Anônimo disse...

paz e graça!!
não vejo como intrepidez, como escreveu o amigo acima, vejo como covardia, isso mesmo. pois vc escreve o que quer, e aceita o comentário que quer. se for intrepidez, aceita esse humilde comentário.sem hipocrisia. gosto e leio todos os dias sem blog e fico triste quando vc não escreve nada de novo. que pena que a nossa CPAD parece que deixou de crer nos ensinos pentecostais que deu crescimento e vida espiritual a nossa magna denominação. claro que sei que esses tipos de escritos vende, talvez seja esse o propósito maior , meramente comercial. mesmo que venda muito, só se compra um livro dessa qualidade, pelo marketing do nome do livro. oro para que Deus te dê força para até o fim de sua vida não cair em todos esses erros que vc tanto repele. já vi esse filme várias vezes....por favor publique e a resposta que o amado pastor mandar será bem vinda!!!!
paz

csz

tadeu disse...

pr.ciro,como faço para adquirir seu novo livro:erros que os adoradores devem evitar?atraves de deposito bancario na sua conta?

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Tadeu,

O livro ainda não está disponível para venda. Mas, como ele já apareceu no encarte das Lições Bíblicas do primeiro trimestre de 2010, creio que em breve estará no mercado. Fique atento às informações neste blog e também no Portal CPAD (www.cpad.com.br).

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querido pastor Newton,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras de apoio. Aproveito também para ser-lhe grato mais uma vez por ter prefaciado a obra acima (e abaixo).

Em Cristo,

CSZ

Elisângela e Francivaldo ( Consultores Jequiti) disse...

Prezado Pr Ciro, a paz do Senhor.

O povo de Deus precisa ler livros assim como esse.
Pois, muitos estão sendo enganados pelas artimanhas do deus deste século.
Há poucos dias atrás, ouvi um animador de platéia dizer:
- Devemos louvar a Deus com extravagância!
A igreja parecia mais com uma academia.
Deus tenha misericórdia desses lobos! Ôps! Perdão.
Oremos por eles.

Em Cristo,

Francivaldo Jacinto.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amargo anônimo sem paz e sem graça,

Não costumo mesmo publicar comentários de pessoas mal-educadas e que não têm coragem de se expor em razão de “amarem” o seu inimigo blogueiro (eu sei que o irmão deseja que eu esteja "entre a plateia, e você no palco", a fim de dizer: “A minha vitória hoje tem sabor de mel”). Sei que não é de hoje que o irmão (irmão?) deseja o meu mal e o meu fracasso, deixando transparecer em poucas palavras o seu ódio. Mesmo assim, resolvi atender ao seu pedido e publicar esse seu desabafo, principalmente porque ele ilustra bem o trecho do livro acima.

A CPAD não deixou de crer na sã doutrina relativa à manifestação multiforme do Espírito (pentecostalismo). Para os que desejam um falso evangelho, experiencialista, místico, prodigioso, que tira Cristo do centro (isto é, antropocêntrico), ela mudou. Entretanto, essa editora, a despeito de não ser perfeita, nesses seus 70 anos de existência tem anunciado o amor de Deus. Glória a Jesus por isso!

Quanto ao seu “humilde” comentário, amargo internauta (risos), realmente lhe falta autocrítica. Os leitores não são ingênuos e sabem que os covardes, na verdade, são aqueles que xingam, verberam, escondidos atrás do anonimato, e não quem expõe as suas ideias em um livro, mesmo sabendo que, com isso, desperterá a fúria dos fãs-clubes “evangélicos” espalhados pelo Brasil.

Não escrevo o que quero, mas também não escrevo para massagear egos. Por isso, a sua tese de que os meus livros são altamente vendáveis por causa do estilo adotado por este autor não se sustenta. Se eu quisesse vender livros, prioritariamente, prepararia uma obra pela qual elogiasse o estilo mundano dos astros do mundo gospel e as sandices dos animadores de auditório. Se isso acontecesse, você, com certeza, ficaria satisfeito (e o Diabo também!). Mas prefiro seguir à direção de Deus e cumprir a sua vontade.

Finalmente, você me acusa de mesmice, mas as suas ideias, expressas amarga e anonimamente, é que não mudaram desde que começou a inserir desabafos neste blog. Você realmente não mudou nada! E ainda pensa que me engana! Risos. Seja verdadeiro, amargo irmão (irmão?). Até quando continuará com essa máscara? Deus está dando um tempo para que se arrependa. Aproveite-o! Acorde enquanto há tempo.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Francivaldo Jacinto,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras!

O termo "lobo" é pesado, mas tem apoio bíblico (At 20.28-30; Mt 7.15-23). E ele se aplica ao exemplo citado pelo irmão.

Em Cristo,

CSZ

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

Pr Ciro, parabéns pelo novo livro escrito por sua destra pena. Tenho a convicção que este livro será um instrumento de edificação e aclaração para os leitores, em um tempo que as músicas e hinos tem sido marcados pela superficialidade e pobreza teológica.

Em Neemias 12.28 fala sobre a aldeia dos netofatitas. Os netofatitas eram os compositores. Esta palavra significa: gotejante ou destilar como gotas de orvalho. O que isto significa? Isso significa falar por inspiração. Portanto nossa inspiração vem do Alto, mas passa pelo crivo das Escrituras. Somente as Escrituras. Nada mais que ela!

Nele, que nos criou para o louvor e glória do seu Nome

Pr Marcelo Oliveira

http://davarelohim.blogspot.com/

Anônimo disse...

O grande problema pastor Ciro e que na maioria de nossas igrejas ainda existem os culos de doutrina nada mais nada menos apenas para detonarem usos e costumes ou contarem historias de carochinha
Se a igreja cumprisse seu papel de discipular corretamente e doutrinar a igreja evitariamos muio essas coisas

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro anônimo,

Não generalize. Há homens de Deus que ensinam o povo a andar segundo a Palavra, nos cultos de doutrinas. O que o irmão falou ocorre, porém não de maneira generalizada. Eu falo com conhecimento de causa, pois, por graça de Deus, conheço muitos pastores e igrejas, em todo o Brasil.

Mas, além dos cultos em que os MAUS usos e costumes são priorizados (pois os BONS usos e costumes, decorrentes do ensino da sã doutrina devem ser mencionados, sim, não como prioritários para a salvação, mas como necessários para o testemunho), há também a substituição do tradicional culto de ensino pelos "cultos de vitória".

Grato pela participação, mas se identifique no próximo comentário, por gentileza.

CSZ

Anônimo disse...

Prezado Prº Ciro Zibord
Shalom

Concordo com o seu raciocínio. Afinal, conforme disse o profeta Naum 1:2 a vingança pertence a Deus.
O Senhor é um Deus zeloso e vingador; o Senhor é vingador e cheio de indignação; o Senhor toma vingança contra os seus adversários, e guarda a ira contra os seus inimigos.

Segundo a Palavra de Deus, a vingança não pertence a nós.

Pv 24:17 Quando cair o teu inimigo, não te alegres, e quando tropeçar, não se regozije o teu coração;
v 18 para que o Senhor não o veja, e isso seja mau aos seus olhos, e desvie dele, a sua ira.

Aos que discordam, com todo o respeito sugiro o texto bíblico:

Mt 22:19
Respondeu-lhes Jesus: Errais, não sabendo as Escrituras, nem o poder de Deus.
Os 4:6
O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.
Obs: Com raríssimas exceções, a maioria dos autores de hinos sequer conhecem as Sagradas Letras ou tem compromisso com a igreja do Deus vivo.

Se negligenciarmos os ditames da Palavra de Deus corremos um sério risco de ficar irremediavelmente perdidos por toda a eternidade.

Parabéns pela matéria.

Fraternalmente em Cristo Jesus

José Roberto Santana.45
Um dos remanescentes lutando para ser achado fiel no grande dia "encontro nos ares"
Min. Ass. de Deus de Cubatão -SP

Harryson disse...

DEUS te abençoe e te guarde, pastor.

veio em boa hora esse livro.
lendo esse livro, meditando nas passagens biblicas nele expostas, não existe argumento "a favor" desses ventos de doutrina...

Paz do SENHOR JESUS

george harryson, um bereiano

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamado pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

Permita-me retornar a esta tribuna, após ter lido os comentários de dois anônimos.

O primeiro, com certeza, por viver uma vida desregrada e permissiva, não conseguiu em seu amargo desejo, contribuir segundo o Espírito de Deus, com a veracidade do seu texto e inegávelmente pelo que vai adentro do seu ser, conseguiu agradar ao seu inimigo, com agressões infantis de carnalizadas em amizade com príncipe das trevas, ou seja, deste mundo perverso e que exalta os louvores pretenciosos, enganadores e amigos da falsa doutrina.

Agradeço mais uma vez ao Senhor, nosso Deus, que não recebe qualquer música como aroma agradável, a produção deste livro que somado aos demais deverá destruir muitas armadilhas colocadas para crentes, principalmente néscios.

O outro anônimo, o amado pb. José Roberto Santana, sempre realiza o seu comentário com SENSATEZ e o seu NOME abaixo, e demonstra a sabedoria de um homem que procura estar diante de Deus como aprovado, e não como o agressivo comentarista(irmão?), que envergonha-se a sí mesmo com suas palavras e anonimato.

Siga em frente pastor Ciro, pois, é necessário que muitos sejam despertados do ostracismo espiritual e reconheçam os seus maus caminhos.

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Marcelo Lima disse...

Pr. Ciro,

Sinto-me à vontade para dizer que o senhor tem toda razão. Não porque seja o detentor da verdade, mas porque pautou-se nela para escrever essa obra de valor inestimável.

O grande problema é que ninguém quer mais basear-se na Palavra para viver sua vida e prestar o culto a Deus. A Bíblia Sagrada deixou de ser inspirada até mesmo para alguns cristãos, que acham pretextos para suas bizarrices e extravagâncias, desprezando os princípios da Palavra de Deus.

Para estes não importa mais o que Deus pensa, e sim a supervalorização do ego. O louvor não é mais vertical, mas sim horizontal, simplesmente para para satisfação da carne.

Deixo para estes um reflexão do pregador Gesiel Gomes que muito marcou minha vida: "Regras são para um pequeno grupo de pessoas, leis são para um grupo organizado de pessoas, princípios são universais"

Os princípios esposados nas Escrituras são universais e imutáveis, quem quebrá-los terá que prestar contas de seus atos ante o tribunal de Cristo, e dependendo do grau de afastamento destes princípios, prestarão contas ante o Grande Trono Branco.

Deus o abençoe sempre para continuar batalhando pela fé que um vez foi dada aos santos.

Marcelo Lima da Silva - Coop. da AD em São José dos Campos-SP

Pb.João Eduardo disse...

Á paz do senhor Jesus!. A vinte minutos atrás terminei de ler "Evangelhos que Paulo jamais pregaria", que benção, que aprendizado e experiência que absorvi dessa EXCELENTE obra, como todas as outras que o Pr. Ciro nos brinda.
Caro Pr. Ciro, já disse que sou colecionador de suas obras e admirador de seu ministério. Desejo do fundo de minha alma que Deus continue te usando e te abençoando cada vez mais, que o Espírito do Senhor a cada dia te dê mais sabedoria e unção, pois o senhor é um referencial para nós jovens obreiros (tenho 33 anos), espero um dia ter o prazer de lhe dar um abraço, e trazê-lo para almoçar ou jantar na minha humilde casa aqui em SP.

Abraços - Fique na paz do senhor Jesus.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Pb. João Eduardo,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras de apreço para com a minha pessoa. Também espero conhecê-lo, um dia, e desde já lhe sou grato pelo convite para o almoço.

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Marcelo Lima,

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo.

De fato, o "louvor" está bastante horizontal e antropocêntrico, isto é, do homem para o homem, ou dando ênfase às ações humanas: "A MINHA vitória tem sabor de mel", "Hoje o MEU milagre vai chegar", "Se tentaram matar os SEUS sonhos", "Como Zaqueu EU quero subir", etc.

Que o louvor a Deus, através da música, seja prioritariamente vertical e cristocêntrico, isto é, do homem para Cristo (Deus), ou com palavras de exaltação a Ele: "Eu te amo, ó Deus, e com minha voz te adorarei", "Pai celeste, eu preciso de ti", "Cristo, Cristo, Cristo, nome sem igual", "Renova-me, Senhor Jesus", "Sonda-me, Senhor, e me conhece", etc.

A paz do Senhor!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Pastor e amigo Newton,

Foram muito importantes as suas observações. Há anônimos e Anônimos. Os primeiros escondem-se covardemente atrás do anonimato para dizerem palavras torpes. Os outros usam apenas o recurso de publicar comentários anônimos por não terem ainda uma conta ou por não saberem usar adequadamente essa ferramento de comunição.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro George Harryson,

A paz do Senhor!

Sou-lhe grato pelas palavras de apoio ao nosso trabalho. Ore por nós, a fim de que o aludido livro seja uma bênção para o povo de Deus.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro José Roberto Santana,

A paz do Senhor!

As referências bíblicas citadas pelo irmão realmente corroboram a argumentaçao contida no trecho do livro citado acima.

Grato pela sua especial participação.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Marcelo de Oliveira,

Louvemos a Deus pelo privilégio que Ele nos concede de podermos escrever livros e artigos contendo mensagens da parte dEle ao seu povo. Como disse o pastor Altair Germano, em seu blog, fazemos parte de uma nova geração de ministros do Senhor, sobre os ombros da qual recai uma grande responsabilidade. Sejamos sóbrios, vigiemos e façamos a vontade daquEle que nos chamou.

Em Cristo,

CSZ

regiane araujo disse...

Pastor Ciro, a Paz do Senhor. Sou professora de escola dominical e de teologia em minha igreja, e sempre cito seus livros em minhas aulas. Fico muito triste porque infelizmente a nossa Assembleia de Deus não é mais a mesma... aceitando vários ventos de doutrina.Os grupos não estão interessados em adorar a Deus em santidade, mas normalmente cantam mantra gospel, e ficam repetindo a mesma palavra diversas vezes, ou então cantam estas musicas (não dá pra chamar de hino)que dizem que Deus vai te dar vitória, vai te curar, vai te dar, dar, dar,...Ora o que Deus fez por nós já é o suficiente,o que vier a mais é lucro...Sinto-me muito feliz por que Deus tem usado homens como o Sr. que não tem medo de dizer a verdade.Que o Senhor Jesus lhe abençoe.

Anônimo disse...

Danielzinho comenta:
A paz do meigo e bondoso Cristo.

O mercado evangélico fonográfico de hoje vai muito bem obrigado:o povo SÓ que ouvir MÚSICAS (e não HINOS!!!)triunfalistas,de prosperidade que falem de bençãos e vitórias,e NÃO DE RENÚNCIA E DE CARREGAR A CRUZ:A PORTA É ESTREITA E O CAMINHO TAMBÉM!!!

E que interessante a capa do novo livro...Quase que o senhor repete o SABOR DE MEL do começo ao fim...

Sempre defendendo a fé que uma vez foi dada aos santos.

Pr. Auriberto Feitosa disse...

Paz do Senhor Pr. Ciro.

Realmente precisamos recordar as palavras de Cristo "Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem" (Mt 8.6). Viver o que Jesus Cristo ensinou não é fácil, mas plenamente possível. Somos diferentes e precisamos fazer a diferença no mundo em que vivemos.
Parabéns, que Deus continue lhe abençoando grandemente.

ADRIANO JOSÉ URSULINO ISIDRO, 28 ANOS disse...

A PAZ DO SENHOR JESUS A TODOS.

PARTOR CIRO, TODO AQUELE QUE TEM COMPROMISSO COM A SÃ DOUTRINA SOFRE.
MUITOS SE LEVANTAM E FALAM DAQUILO QUE NÃO ENTENDEM E NEM CONHECEM.
POR ISSO CONFIE EM DEUS E SAIBA QUE É DEUS QUE LHE ESTÁ USANDO PARA ESCREVER ESTES LIVROS DE GRANDE UTILIDADE E ORIENTAÇÃO.
É DIFICIL ALGUÉM HOJE QUERER DEFENDER DE MODO CORAJOSO A PALAVRA DE DEUS, MAIS DEUS TEM LHE USADO NESSES ÚLTIMOS DIAS PARA ISSO: PARA MOSTRAR AO MUNDO QUE AINDA EXISTEM HOMENS QUE DÃO A VIDA PELA OBRA DE DEUS.
CONTINUE ASSIM, JAMAIS DEIXE QUE O DIABO LHE CALE!
GRITE SE POSSIVEL A VERDADEIRA DOUTRINA BIBLICA!
QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO.

Ivan disse...

concerteza ...é um livro que quero ter em minha estante, já tive o previlégio de ler seus outros livros e me trouxeram edificaçao. esse nao será diferente eu creio nisso.
o Interessante foi quando eu vi que o senhor havia escrito esse livro justamente pontos dos quais já viamos discutindo aqui em minha cidade, principalmente sobre o HIT "Sabor de Mel", um "louvor" que mostra um sentimento de vingança por aqueles que nao nos ajudaram..sempre brincamos a respeito disso, dizendo que se alguem nao orar pela gente e nao nos ajudar vai ter que nos assistir quando estivermos com nossa "vitória SABOR DE MEL" interesante foi esses dias..

quando, antes de me darem oportunidade para pregar, foi cantando esse "hino" quando peguei o microfone, perguntei quantos vieram afim de receber ainda hoje a sua vitória com SABOR DE MEL .. muitos levantaram as maos e disseram amem, eu disse entao vamos aprender como adiquirir a verdadeira vitória. como? Fp 2.5-11 - 3 passos - Humildade, Humilhaçao e Obediencia - nao preciso nem dizer que nao houve muito "glória a Deus" e "Aleluia!" rsrsrs..

Creio, que o irmao está corretissimo em ajudar a muitos Cristaos a olharem mais para o Senhor , e rever seus pensamentos a respeito de certos "louvores' nas igrejas, o engraçado é que sempre aparece "irmaos" que tentam impedir e dizer que o senhor nao deve fazer isso.

irmao e amado Pr. Ciro continue assim que Deus lhe abençoara.
ah nao podia deixar de IRONIZAR....

Se alguem nao acreditar nos teus Sonhos, duvidarem de ti e nao te ajudarem . Eles teram que ver tua Vitória com "Sabor de mel" da Platéia. rsrs.

"Os teus Sonhos jamais iram morrer".

receba essa mensagem . pois eu a "PROFETIZO" sobre sua vida..kkk
até mais abraços
fica na paz de Cristo - MAranata.

Ivan Clayton - AD-belem Itaberá-Sp

Anônimo disse...

"Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos. Unges a minha cabeça com óleo; o meu cálice transborda” (Salmo 23:5).

Leia mais a Biblia pastor, antes de ficar querendo ser polêmico com todo mundo. A musica não fala de vingança. Fala de darmos a volta por cima. Leia o versículo que coloquei acima.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Presunçoso anônimo,

Quem eram os inimigos do salmista? E quem são os inimigos do cristão, hoje?

Considerando que os textos bíblicos precisam ser interpretados à luz de seus contextos imediato, remoto, histórico-cultural, etc., o cristão deve, hoje, regozijar-se na presença de seus inimgos? E quem são esses inimigos, hoje, insisto? São os nossos vizinhos, desafetos, colegas de trabalho?

O presunçoso anônimo já meditou sobre as palavras do Senhor Jesus em Mateus 5? Já leu Romanos 12? Leia e estude mais a sua Bíblia, pretensioso anônimo, a fim de que não ande de mãos dadas com o erro.

Já está tarde, e eu poderia lhe responder somente amanhã. Mas faço questão de que você não durma sem "essa".

Que Deus o ilumine!

CSZ

Anônimo disse...

Essa é a sua resposta? Esperava mais.....

Ciro Sanches Zibordi disse...

Presunçoso anônimo,

Deus também espera mais de você...

Ele espera que você seja verdadeiro.

Ele espera que compreenda que os inimigos do cristão não são a carne e o sangue (pessoas), e sim as hostes do mal (Ef 6.10-18), as obras da carne (Gl 5.16-21) e o mundo (Tg 4.4; 1 Jo 2.15-17).

Ele espera que você não queira mostrar aos outros que você é vencedor.

Ele espera que você não deseje que o seu próximo, ainda que seja seu adversário, esteja na plateia contemplando a sua vitória com sabor de mel...

Acorde! Ainda há tempo!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Ivan,

A paz do Senhor!

"Desista dos seus sonhos", se for preciso, pois a vontade de Deus está acima dos seus projetos!

"Não ouse sonhar!" Antes, entregue o seu caminho ao Senhor e confie nEle!

"Crente que tem promessa morre!" Afinal, até os heróis da fé morreram! Mas, para o salvo, morrer é lucro!

"Não profetize para o seu irmão!" Profecia não é qualquer declaração de fé, e sim quando Deus verdadeiramente fala!

Grato pela participação e pelas palavras de incentivo.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querido irmão Adriano Ursolino,

Sou-lhe grato pelas palavras animadoras, que me incentivam a continuar a pregar o evangelho de Cristo e defendê-lo segundo está escrito em Filipenses 1.16.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amado pastor Auriberto,

A paz do Senhor!

Sua participação neste espaço é muito importante! Que Deus abençoe essa grande trabalho que lhe confiou na Assembleia de Deus em Odivelas, Portugal. E espero revê-lo em breve.

Em Cristo,

CSZ

Anônimo disse...

O livro veio em boa hora.
Será que custa muito a um compositor refletir sobre as frases que está escrevendo? Hoje em dia todo tipo de bobagem aparece nos hinos evangélicos. Cantamos um corinho no domingo que fala "O teu nome exaltarei" mas não diz que raio de nome é esse. O hino fala de um cara que morreu na cruz. Seria Dimas? Jevas? ou Jesus... Não descobri.
Frases discutíveis "eu escolho amar ao Senhor" ,"..denuncia o pecado e ama o pecador", "te amo pelo que és". Tem muita soberba nestas composições e pouco louvor mesmo.
Não sei se você abordou a onda de composições tipo "Jesus meu namorado" ou aquele hinos que falam de um sujeito oculto, o deus que ninguém sabe quem é.
Ah e tem mais essa, um dia desses eu estava na condução e uma mulher disse que ia cantar um hino na igreja para o marido dela que estava fazendo aniversário. Bonitinho né, ir à igreja para sentar lá e ouvir a louvação ao "irmão fulano".. Vá fazer isso em uma festa privada, mas não no culto..
Baladinhas românticas também estão aparecendo no nosso meio cantadas pelos das bandinhas de rock .

Compositores são artistas talentosos e raros. A maioria deles tem alta produtividade, mas a desgraça é que cantores não querem dar o direito autoral para os compositores e querem eles mesmos escrever as canções e ficar com o bolo todo.
É por isso que temos tanta burrice e mesmice por aí.
Tamar

Girlady disse...

Sabe, Pastor, eu tento explicar o seu ponto de vista (que também é o meu) pras pessoas que gostam 'tanto' dessa música e tal, mas sempre acham que eu sou crítica demais :(

Eu nunca gostei dessa história de 'sabor de mel' e sempre ouvi a letra com o nariz torcido, mas sabe essa história de 'deixa o povo cantar'? sou totalmente contra, mas tudo bem.

realmente, ninguém pensa no palco de Jesus, não é? Claro, por que só pensamos na Coroa de Glória! Glória, glória e glória e nada mais.

o interessante é que não adianta discutir. quem quer subir no palco quer subir na figueira, é um fato.


e eu já quero - e muito - esse livro.

Robson disse...

Pastor Ciro, a paz, eu gostaria sinceramente, que vc me explicasse como é que Deus pode me fazer um apromessa, por exemplo de me dar um carro, e depois eu morro, me diga, como confiar nas promessas de Deus dessa forma, se Deus, aí eu digo Deus realmente, prometer curr um irmão doente, e depois esse irmão morre dessa doença, não seria então Deus mentiroso? É claro que a eternidade será sempre melhor que tudo aqui na terra, mas eu acredito que ate mesmo o senhor tem promessas de Deus para essa vida,eu sei que há muitos bordões falsos, mas não podemos negar tambem que há frases biblicas, espero que o senhor seja realmente humilde para aceitar que não está com a razão. Qunato a musica sabor de mel, eu mesmo ja ouvi Deus falar atraves de servod de Deus realmente usados, que iria exaltar o irmão, e seus inimigos veriam que Deus é com ele, temos na biblia o caso de josé e seus irmãos, daniel e seus inimigos, paulo e seus inimigos que queriam mata-lo, mas Deus lhe deu vitória. Porfavor publique meu comentário, só queria ter certeza que o senhor não é imparcial, e amigo de bajuladores. Em Cristo.

Henrique Damasceno disse...

Um assunto interessantíssimo!!!
Tem jeito de livro bom!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "Robson",

Não gosto de bajulação. Mas também detesto insinuações maldosas feitas sob anonimato ou mediante perfis anônimos ou falsos.

Quanto à sua simplista defesa da canção "Sabor de mel", não confunda o que Deus faz (pois Ele é o Todo-Poderoso) com o sentimento que o cristão deve ter. Se Deus quiser me exaltar perante pessoas que se levantam contra mim, Ele tem todo o poder para fazer isso. Mas não cabe a mim regozijar-me "no palco" diante de meus desafetos, "na plateia".

O caso de José e seus irmãos é um bom exemplo. Em momento algum José se vangloriou de sua vitória. Mas Deus o elevou, mostrando aos seus irmãos que estava com ele. Mas não vou dar maiores detalhes. Se o irmão desejar se inteirar melhor sobre o assunto, adquira um exemplar do livro "Erros que os Adoradores Devem Evitar", por gentileza.

Quanto ao falacioso bordão "Crente que tem promessa não morre", é bom repetir que há várias questões que envolvem promessas, como origem, modalidade, condicionalidade, etc. Não confunda experiências de pessoas com falibilidade divina. Pensar assim é abraçar o simplismo.

Já respondi inúmeras perguntas sobre o aludido bordão neste blog e no outro, pastorciroresponde.blogspot.com. Há artigos, vídeos, respostas a comentários, etc. De maneira, que eu o aconselho, se estiver mesmo interessado em aprender sobre o assunto, que explore um pouco mais este blog.

Em Cristo,

CSZ

Ivan disse...

Só queria entender o por que de muitos criticarem a posiçao do Pastor... já que nao é uma posiçao firmada em opniao e sim de fatos biblicos que comprovam que o Crente é humilde e nao vingativo..achei interessante os exemplos citados pelos irmaos a respeito desse assunto..como de José, Paulo, Daniel,

mais o interessante é que nenhum deles disse "voce nao me ajudou, agora veja o que Deus está fazendo por mim" e muito menos regozijaram da derrota dos seus inimigos.

é , é muito interessante esse assunto... nao adianta quem fala a verdade é perseguido.(Micaias foi diferente?)

alias Pastor assisti a essa semana o DVD "erros que os pregadores devem evitar"... Parabens. um belo trabalho . aprendemos muito e rimos muito tambem.. principalmente a "profecia" do MACACO ..rsrs

fica na paz
Ivan Clayton - AD-belem Itaberá-Sp

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querido irmão Ivan,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo.

Fiquei feliz ao saber que o irmão assistiu às minhas palestras sobre a pregação e o pregador contidas no DVD "Erros que os Pregadores Devem Evitar". Glória a Deus, também, por ele estar sendo útil para o seu ministério.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Henrique Damasceno,

Pelo que li, em seu blog, o livro, modéstia à parte, lhe será útil.

Que Deus o abençoe.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado Girlady,

O problema é que as letras de sucesso da atualidade são as antropocêntricas, que massageiam egos, que mencionam os "seus" sonhos, a "sua" vitória com sabor de mel, o "seu" milagre, etc.

Não me importo que algumas pessoas, principalmente as que fazem parte do fã-clube "evangélico", se irritem, considerando-me crítico demais, contanto que isso as leve a refletir, mesmo revoltadas contra mim. Aliás, a sua revolta e desejo de vingança é uma prova de que elas estão redondamente enganadas, precisando urgentemente entender o que é o verdadeiro cristianismo.

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada amiga Tamar,

"Quem é vivo sempre aparece".

Agradeço-lhe por sua contribuição. Algumas das suas considerações me deram ideias para escrever o meu próximo livro: "Mais Erros que os Adoradores Devem Evitar" (risos).

Que Deus abençoe a sua vida, em tudo!

CSZ
p.s. Talvez você não saiba, mas no livro "Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar" (2007) faço menção de você e de nosso amigo Valter Miranda. Afinal, aquelas nossas conversas me foram muito úteis na produção de alguns capítulos do aludido livro.

Maya Felix disse...

Caro Pastor,

Excelente reflexão, e mais do que necessária.

Um abraço,

Maya

Fernando Jerônimo disse...

A paz Do Senhor Pr. Ciro Sanches é um prazer lê seus livros, tenho aprendido bastante com seus ensinamentos, agradeço a Deus pela sua vida. estou ancioso pelo próximo, quando estará à venda?
Deus lhe abençõe...

William Ferreira disse...

Pr. Ciro eu sou filho de um pastor da Assembléia de Deus em Minas Gerais e sinto em meu coração o arder da chamada ministerial,e creio eu que no tempo de Deus ele cumprirá o que ele falou diretamente comigo e por intermédio de seus servos.
Peço-lhe que ore por mim,para eu não entrar nesses modismos que tem surgido na igreja.
Mas relacionado às suas postagens,quero dizer que o admiro muito,pois a sua coragem e muito grande,que Deus o abençoe!,realmente tem surgido muitos pregadores e cantores que parecem verdadeiro show man do que servos do Senhor,e outros parecem manequim,pois sobem no pulpito com arrugância e com suas roupas estravagantes.
Louvo a Deus pela sua vida e por ser um Crítico dos dias atuais.Houve ou melhor há momentos que eu fico meio contrariado com alguns comentários seus,mas a verdade é que eles tem embasamento bíblico,muito bom.
Peço que ore por nós.
Para mim seria um prazer se o irmão visitasse o meu blog: williamjunioferreiraprofeta.blogspot.com
(eu fiz agora,não tem muita coisa,mas há algumas postagens)
seria um prazer te-lo como seguidor,um grande honra mesmo.visite e faça comentários,e se houver algum erro deixe um comentario me alertando.
Um grande Abraço e a Paz do Senhor nosso Deus seja com o irmão.

Simone Fernandes disse...

Olá, Pr. Ciro. A Paz do Senhor, como está?
Não sabia que esse assunto renderia tanto! Fico pensando - a dita Damares, idolatrada "cantora gospel" que canta essa porcaria com "sabor de fel" não sabe que está comprometendo a própria alma, corrompendo o coração do povo de Deus?
Pior é a situação do compositor da música, um certo Agailton Silva, que é especialista em compor músicas que endeusam e idolatram o ser humano.
Por que as igrejas permitem que esses estratagemas do inferno ganhem voz?
Me perdoe por citar nomes, mas hoje estou revoltada.
Se eu pudesse ver a Damares um dia na vida, eu lhe diria: "oi, você já ouviu falar em Jesus Cristo? Aceite-o enquanto é tempo".

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querida Simone,

Entendo a sua indignação, mas peço-lhe que dirija as suas críticas ao erro, e não às pessoas.

Tenha um excelente 2010, na presença de Deus!

CSZ

Simone Fernandes disse...

Certo, Pastor Ciro. Me perdoe as más palavras. É que, às vezes, a gente ouve tanta coisa, que dá raiva.
Quando a gente fala com alguém sobre os perigos de ouvir e cantar falsos hinos, a pessoa diz que NÓS temos inveja, e tantas coisas mais! Pessoas que têm cargos na igreja, ou muito tempo de batizadas. Parece que é proibido pensar. Difícil não se irar.
Gente que ri de piadas blasfemas sobre Deus e Jesus Cristo, e não admitem que se fale mal de seus deuses ou deusas humanos.
Sei que não é correto atacar pessoas - eu também não gosto - mas chega horas em que a ira vem mesmo.
Pode deletar o meu post, pastor Ciro, senão fica parecendo que eu também sou "maldizente de plantão"... rs
Mais uma vez, peço desculpas!
Não esqueça de deletar o post.
Deus te abençoe, Pastor Ciro.

Simone Fernandes disse...

Ah é...
Garanto que não faço mais isso!
Fique com Deus

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querida Simone,

Eu entendo perfeitamente a sua posição e de maneira alguma a vejo como uma web-maldizente. O próprio Deus sabe que em alguns momentos exageramos, mas são momentos. O importante é que a irmã está consciente de que os problemas são os erros, e não as pessoas, que precisam ser ensinadas no caminho da verdade. Se bem que há muitas que aprendem sempre, e nunca chegam ao caminho da verdade, como diz a Palavra de Deus.

Um grande abraço!

CSZ

Vanda Késsia disse...

Caro pastor Ciro, PAZ SEJA CONVOSCO!

Sou jornalista e congrego na Assembléia de Deus em Campina Grande.

Bem... Desde a primeira vez que ouvi a canção "Sabor de mel" senti muita sede (kkkk brincadeira).

Faço parte da direção do grupo de jovens de louvor e qdo uma das regentes levou o hino pro conjunto me sentii muito incomodada. Porque aquilo não refletia o desejo do meu coração com relação aqueles que não me apoiam qdo eu preciso.

Já falei muitas vezes no altar da igreja a seguinte frase: "Meus irmãos, se em algum momento vcs não me ajudarem ou forem injustos comigo saibam que minha vitória só terá sabor de mel qdo vcs estiverem ao meu lado.

A igreja que subirá é a que anda de mãos dadas.

Eu no palco? Meu irmão na platéia? Pra quê? não não... Eu quero ele ao meu lado.

Sempre qdo levam algum hino pro grupo gosto de refletir sore a letra... Não quero que os jovens cantem qualquer coisa... As vezes ouço que sou muito crítica... E até entendo. É pq o zelo me consome. E enquanto a igreja perde tempo com coisas vazias e sem fundamento que em nada edificam, multidões caminham para o inferno.

Que Deus o abençoe. Essa é a minha oração de coração.

Até mais!

Vanda Késsia disse...

Como diz John Stott: Crer é tb pensar!

Presbítero Jefferson de Paula disse...

Fico feliz em conhecer seu livro,muito ja questionei a respeito de "inimigos"Quando sabemos que nossa guerra não é contra carne nem sangue!Muita gente ja corre atrás de seu sonho para provar aos outros que eles estavam errado,essa é a motivação maior!Que o Eterno continue o abençoando

JOEL ISAIAS DE OLIVEIRA disse...

Pastor Ciro,Já merece um jatinho, top 2010. JESUS de jumentinho emprestado, na boca do peixe dinheiro para pagar imposto e não taxaram Jesus e Pedro, com aquela renda Ciro pensando bem, se não der para comprar um jatinho, usa o jatinho de FELIPE...o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco;..E Filipe se achou em Azoto até que chegou a Cesaréia. At 8.39,40

Anônimo disse...

Querido Pr. Ciro
Seus livros são uma benção! Ainda não li esse novo, mas tenho certeza que será uma benção na vida dos verdadeiros adoradores.
Há quem não goste, mas a verdade, é que quando algum cantor grava apenas hinos de louvor e adoração, não há recorde de vendas. Falo isso porque aconteceu com uma cantora amiga minha, que gravou um CD só de hinos com letras inspiradas na Bíblia, letras de meditação. Um cantor já famoso falou pra ela que o que faltou pra o CD ficar melhor, foi umas músicas mais agitadas. Fiquei realmente, decepcionada, pois sempre admirei esse cantor, mas o fato é que o CD é lindo, e todos os hinos falam na nossa alma, nã preciso ficar com o controle na mão mudando de faixa. Onde estão os autores que falavam de salvação, do arrebatamento, que exaltavam o nome de Jesus????
Parece que não dá lucro, né?
Rosi/SP

Vanda Késsia disse...

Nosso inimigo não é Eliabe... Nosso inimigo é GOLIAS.

Gerrard disse...

a paz do senhor irmão ciro ! irmão tenho algumas duvida e criticas. posso coloca-las para dialogar com o senhor??

ISMAEL...DOM ELISEU disse...

a paz do senhor vaso! c o senhor concorda então eu pergunto porq o senhor ñ coloca o nome dos ANIMADORES ou dos cant-idolos nada contra os "pseudonimos" e "metaforas" que uas,alias cai bem aos tais! certo? é uma duvida somente nada mais que isso. obrigado pelo espaço.

Ciro Sanches Zibordi disse...

"ISMAEL...",

Sou inimigo dos erros, e não das pessoas.

Perguntemos a Paulo porque ele preferiu "os mais excelentes apóstolos" a citar o nome de cada um deles! Perguntemos ao Senhor Jesus porque Ele preferiu "todos os que vieram antes de mim foram ladrões e salteadores" a dizer o nome de cada um deles!

CSZ

jesuselevolta.blosport disse...

a paz do senhor pr ciro.

primeiro quero dar meus parabems por mais essa obra escrita.
estive lemdo alguns comentarios e pode perceder que ha muita inveja contra sua pessoa.
olha estou comesando a escrever um livro pelo que li ja posso me preparar para as pedradas tambem (risos) so jesus na nossa vida
em cristo jesus
helio costa.

Rita disse...

GRAÇA E PAZ , QUE O IRMÃO CONTINUE ABRINDO OS OLHOS DO POVO DE DEUS,PORQUE ESTAMOS NOS ÚLTIMOS DIAS E PRECISAMOS DA VERDADE MUITO CLARA PARA ENTENDERMOS PARÁBEEEEEEEEEMMMMMMMMMMMM

Anônimo disse...

Quero lhe dizer prezado Pastor Ciro,que estas cançõs na minha igreja não toca.GRAÇAS A Deus nós(membros)temos um Pastor muito sábio.A Paz do Senhor e que Ele te abençoe sempre e a sua família.

Gerusa
Igreja Assembléia de Campo Grande