domingo, 29 de novembro de 2009

Autoajuda 3 x 0 Ajuda do Alto


Esse seria o placar do imaginário jogo da pregação evangélica se considerássemos que cinco em cada cinco (ou seja, todos) preletores dos congressos evangélicos mais conhecidos do Brasil — os que reúnem a maior quantidade de pessoas — priorizam as mensagens de autoajuda, em detrimento das de Ajuda do Alto. E a matéria de capa da revista Veja desta semana mostra que os animadores de auditório estão realmente no caminho certo, pelo menos no que tange às preferências do mundo.

O que a matéria da Veja revela, mesmo sem levar em conta as verdades bíblicas, é que o homem natural, que não tem o Espírito Santo nem a mente de Cristo (1 Co 2.14-16), satisfaz-se com ideias e palavras triunfalistas e acredita que elas podem, de fato, mudar a sua vida. E o pior: considerando que os cristãos, dentro das igrejas, estão se satisfazendo com essa modalidade de massagem (quer dizer, mensagem), pergunto: Que tipo de cristãos são esses, que preferem a autoajuda à Ajuda do Alto?

Quanto aos pregadores (ou animadores de plateia) que desejam agradar os homens, valendo-se de palavras que massageiem os egos, a fim de serem bem tratados, admirados e bem recompen$ado$, parabéns! Mas tenho certeza de que os poucos pregadores da Ajuda do Alto não estão alegres com a descoberta da revista Veja, de que a autoajuda está em alta. Eles sabem que isso, em parte, é o cumprimento de 2 Timóteo 4.3: “virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão doutores conforme as suas próprias concupiscências”.

Mas é possível que algum pregador jovem não saiba ainda qual é a diferença entre mensagens de autoajuda e de Ajuda do Alto. E pergunte: “O que significa ser um pregador de autoajuda?” Na verdade, há muitos jovens pregadores (e também pregadores mirins, conhecidos como gideoezinhos) que estão começando errado. Assistem aos vídeos de seus pregadores-modelos (na verdade, animadores-modelos), assimilam os seus trejeitos (Ei, escute! Levante a mão, levante a mão! Psiu! Olhe pro seu irmão...) e decoram as suas frases de efeito (isto é, bordões de autoajuda berrados ao microfone, acompanhados de línguas estranhas decoradas, e não produzidas genuína e sobrenaturalmente pelo Espírito), sem atentar para o fato de que não estão, verdadeiramente, pregando o evangelho de Cristo.

Quer saber se você prega ou aprecia a falaciosa autoajuda “evangélica”? As mensagens de autoajuda são, mais ou menos, assim: “Estou aqui para dizer que os seus sonhos não morreram! Você é vencedor! Não desista dos seus sonhos! Mas não peça a Deus para matar os seus inimigos. Peça para Ele mantê-los vivos, a fim de que vejam a sua vitória! Você pode estar sofrendo agora, mas a sua vitória terá sabor de mel! Seus inimigos vão estar entre a plateia, e você no palco! Sonhador não morre! Hoje, Deus muda a sua história! No fim do ano, você estará com o copo de refrigerante na mão comerando a derrota dos seus inimigos...”

E a mensagem de Ajuda do Alto, como é? Ela é muito diferente da de autoajuda! Ela apresenta o Senhor Jesus e enfatiza a sua obra, estimulando os ouvintes a glorificá-lo pelos seus feitos poderosos. Ela é cristocêntrica (Cristo é o centro), e não antropocêntrica (o ser humano é o centro). É como a primeira pregação pentecostal, que começou com “A Jesus Nazareno” e terminou com “Senhor e Cristo” (At 2.22-36). Ela não começou com “Hoje tem milagre para você” e terminou com “Você é vencedor”.

A autoajuda diz:
Você, você e você! A Ajuda do Alto assevera: Cristo, Cristo e Cristo! A autoajuda massageia os egos, mas pregadores verdadeiramente chamados por Deus não fazem massagem. Entregam a mensagem! Sim, a mensagem de Ajuda do Alto! Daí Paulo — este sim um pregador-modelo — ter dito ao jovem Timóteo: “Conjuro-te... que pregues a palavra [a Ajuda do Alto], instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina” (2 Tm 4.2).

Ciro Sanches Zibordi

32 comentários:

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

É triste saber que os atuais pregadores(OPS!), digo, doutores da atualidade, sentem a vaidade em prestigiar o título de "dortor" em psicologia, filosofia e sociologia.

A Palavra de Deus, transformou-se apenas em um motivo para esconderem os seus principais objetivos. Declaram a sua fé, e não sabem esconder a sua sutileza.

Bem, os tempos estão sendo marcados por novidades e heresias, e existe pela falta do ensino coerente com a Bíblia, a necessidade de se estender qualquer tipo de auxílio, como a do alto não é a prioridade, mas é importante oferecer o fácil e enganoso do tipo: Autoajuda.

A fórmula é grotesca, mas fácil de diferir. A fórmula e simplista e fácil de distribuir. Afinal, quem deseja tomar a sua cruz e seguir a Jesus Cristo de verdade e pela verdade? Creio que podemos contar quase que nos dedos. Infelizmente!

Mas, graças a Deus por sua vida que não se entrega a estes exemplos espalhados pela igreja e decidiu colocar a sua cabeça a prêmio.

Que a recompensa do Senhor, fale mais alto, sempre em sua vida nobre pastor!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

L. H. Dessart disse...

Excelente texto pastor...parece-me que até pregadores sérios têm se deixado levar por essa aberração de se pregar mensagens de auto ajuda para as igrejas.
Parece que existe medo por parte destes, pensando que só assim manterão as igrejas ativas. Quem tiver ouvidos que ouça a palavra de Deus (a verdadeira), agora, se não quiserem ouvir, a pior coisa é se apelar para esse tipo de mensagem que leva ao "bem-estar" geral...

Abraço!!!

Marcelo Hagah disse...

Usarei de palavras bem atuais para me referir ao seu texto:

"É mesmo assim!" É isso!" É de Deus!" "Fala, Jeová".

Fui edificado.

Marcelo Hagah
João Pessoa-PB
http://hagah72.blogspot.com
http://batistademogeiro.blogspot.com
http://pibjuripiranga.blogspot.com

Jean Patrik disse...

Paz do Senhor pastor Ciro!!!

Eu li essa reportagem e de fato fiquei preocupado, pois as "mensagens evangélicas" são bem parecidas com algumas idéias vista naquela reportagem. O problema é de ver um escritor por nome "Max Lucado" fazer parte daquela turma. Apesar de não enfatizar o que ele escreve e como ele escreve, o que se ver é simplesmente um respaldo leve sobre ele e o livro que ele escreveu, por nome "Dias melhores virão" livro que segundo a matéria vendeu mais de 60 milhões de exemplares pelo mundo.

Pastor o que o senhor pode me dizer de ver o nome dele ali? faço essa pergunta por não conhecer os seus escritos, comecei até ler o livro dele "simplesmente como Jesus" mas não terminei.

Pastor visite esse link http://apocalipsetotal.wordpress.com/ e veja o que está escrito, e se for uma fonte confiável ficarei feliz em me dizer.

Um grande abraço!!!

Luciano Lourenço disse...

Não aguento mais essas malditas frases de AutoAjuda. Estou de saco cheio. Tem culto que saio estressado e desanimado. Já me propus a não ser papagaio para esses pregadores liberais. Vou seguir os ditames da Palavra de Deus e nada mais. Não ligo mais para constrangimento.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Jean Patrick,

Max Lucado é um escritor de livros inspirativos, assim como Charles Swindow, por exemplo. Não vejo Lucado como um autor de autoajuda, pois ele, apesar de motivador, enfatiza a Ajuda do Alto.

O que vemos nos grandes congressos evangélicos, hoje, é autoajuda mesmo, como a exposta por autores como Augusto Cury (em "Nunca Desista dos seus Sonhos"), Lair Ribeiro, etc., a qual supervaloriza as "potencialidades" humanas, em detrimento da Ajuda do Alto (1 Pe 5.6; Hb 13.5,6).

Em Cristo,

CSZ

Júnior disse...

A paz do Senhor.
Irmão, parabéns pelo blog. Vejo que há muitas denúncias de heresias no seu blog, parabéns! Mas pra quem lê a bíblia não é de estranhar porque isso é mencionado que antecederia a volta de Cristo.
Sou da CCB, e creio nas Escrituras Sagradas, fico triste pois lá (Na ccb) grande parte não lê a Bíblia, pra muitos só basta ir na igreja que tudo o que o pregador falar é inspirado
por Deus (isso é perigoso), e outras coisas. Peço as suas orações, e se for possível que venhanmos a trocar alguns e-mails, preciso de conselhos, porque minha esposa, a família dela e a minha são de lá, e
creêm no que eles ensinam, eu porém creio nas Escrituras e que ela é nossa guia da fé e conduta. Desejo sair de lá, não aguento tantas meninices e falta de conhecimentos bíblicos, é triste as vezes mas
diante de alguns irmãos de muito tempo no caminho eu me sinto um sábio e grande conhecedor das Escrituras.
Eu trabalhei 1 ano e 4 meses na segurança da Rhodia de Paulínia, por uma empresa terceira, e lá conheci um irmão caminhoneiro, chamado André Luis, um conhecedor das Escrituras, professor
dominical de uma Assembléia de Deus em Campinas - SP, e as poucos as minhas conversas com ele, os meus olhos foram se abrindo para analisar a CCB a luz das Escrituras Sagradas, e a partir daí eu comecei
a ir cada vez menos lá, e hoje raramente eu vou, mas como mencionei eu quero sair, mas como eu também disse todos a minha volta creêm nos ensinamentos de lá, e se eu sair e ir pra outra igreja, me
tornarei um "seitário", ou que cai da "verdadeira graça" e outras bobagens.

Júnior.

André Gonçalves disse...

Paz do Senhor Pr. Ciro!!

Realmente Pr. Ciro, muitos dos pastores/pregadores de hoje (infelizmente)estão mais comprometidos com o que os "meninos" na fé querem ouvir, do que o comprometimento com Deus e sua Palavra. Vivemos em dias em que as pessoas estão muito carentes e necessitadas de uma palavra que as faça ter uma nova vida, e por que não anunciar o Evangelho de Cristo? O qual nos faz reconhecer a obra redentora de Cristo. Mas para tais mensageiros da autoajuda isto não é "lucrativo".
Neste fim de semana foi comemorado a aniversário de 70 anos da Igreja a que pertenço, e graças a Deus que o pregador pregou a Palavra de Deus. Incrivelmente teve alguns irmãos de outras denominações que saíram do culto sem entender nada, pois não estão (ou nunca ouviram)acostumados a explanação da Palavra.

Continue com o firme propósito de servir ao Senhor com fidelidade e coragem! Estamos orando pelo Pr.

Na paz de Cristo Jesus.

André Gonçalves.

Pedro Henrique disse...

"Cristo, Cristo, Cristo: Nome sem igual! Enches o contrito de prazer celestial..."

Deus continue abençoando o senhor e tua família!

Abraços.

PC ADJEQUIÉ disse...

Verdadeira postagem Pr. Ciro. Infelizmente isto é uma verdade em número, grau e gênero. Sempre questiono algumas ações, durante a "massagem" que talvez faça parte da caminhada de se conquistar os efeitos esperados, frente a auto-ajuda "ministrada". Por que pra receber a benção tem que ir lá na frente, sentado não recebe? Po que temos que ficar "conversando" com nosso irmão durante a ministração? Quanto ao louvor: Por que quando começa a cantar a igreja tem que ficar em pé? Sentado o louvor na chega aos céus? Quando em pé a manifestação do Espírito é mais rápido?

Shalon

Paulo

Poemia disse...

Parabéns Pastor Ciro!!!!!
Deus o abençoe, excelente post!

Renato Santiago disse...

Prezado pastor Ciro,
Infelizmente essas mensagens de auto ajuda parecem que estão se espalhando rápido como o vírus da teologia da prosperidade.
Assiti a um pregação ontem, e vi que infelizmente a iurd está fazendo seguidores, mesmo sendo de outras denominações. A pastora(!?) da minha igreja disse ontem que Deus pediu a Abraao que sacrificasse isaque, por que Isaque era o mais importante para abraão (até aí tudo bem) mas deixou bem claro que o proposito dessa oferta de sacrificio era devolver ao homem o dominio sobre terra, céus e mar, que havia sido perdido no éden. Pastor Ciro, me entristeci muito ao ouvir tais afirmações, pois o contexto de Gn.22 não diz nada a respeito de abraao dominar sobre as coisas.
Foi dificil esperar o fim do culto, as pessoas sao ensinadas que em Cristo elas se transformar em semi-deuses, cheio de autoridade, poder nas palavras profeticas, e agora até dominio sobre céus, terra e mar (se temos tando poder e dominio, não precisariamos de Deus, correto?)
Vejo que o engano está se alastrando, a teologia da prosperidade e seus "anexos" estao destruindo a pregação do verdadeiro evangelho, e conformando a igreja cada vez mais com o mundo.
O que fazer pastor, me responda, me oriente, eu e minha esposa somos membros dessa igreja há quase 10 anos, temos muitos irmaos que amamos de coraçao, mas em contrapartida fica dificil compactuar com essa contaminação do evangelho praticamente dentro de casa, entende?
Espero ter sido claro em meu desabafo, e aguardo um resposta sua.
Um abraço em Cristo Jesus,
Em fevereiro nos conheceremos aqui em BH.
Em Cristo

Elaine Cristina disse...

A Paz pastor!
Parabéns pela reflexão!
Eu estava na fila do mercado e vi capa da Veja. Apesar de não ter lido a matéria, eu tive a mesma impressão que a sua. Infelizmente hoje muitas igrejas estão oferecendo serviços ao gosto do cliente, em sua maioria alimentos Fast Food, para não cansar e espantar os membro$, nao é mesmo?
Se Paulo estivesse me nosso meio, com certeza ele iria perder para a "concorrência" e fatalmente seria chamado de fanático...
abs

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado L.H.,

É verdade. Pregadores que já foram sérios estão embriados com a autoajuda... E ainda taxam os que pregam a Ajuda de Alto de retrógrados, ultrapassados.

Que Deus, o nosso Ajudador, nos ajude.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor e amigo Newton,

A autoajuda de fato não combina com o evangelho, pois seguir a Cristo significa negar-se a si mesmo, isto é, renunciar o EU, e tomar cada dia a cruz (Lc 9.23). Por isso, a supervalorização do EU é condenada em 2 Timóteo 3.1-5.

Que Deus nos ajude, nesses últimos dias.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Marcelo Hagah,

Que Deus seja louvado! Fico feliz pelo presente texto ter edificado a sua vida.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Luciano Lourenço,

Graças a Deus que ainda há um grupo que rejeita as mensagens de autoajuda. Caso contrário as igrejas evangélicas já teriam perdido toda a essência do evangelho de Cristo.

A paz do Senhor Jesus!

CSZ

Geovani Figueiredo dos Santos disse...

Graça e Paz, pastor Ciro!

Em um comentário acima, em resposta ao Jean Patrick, o senhor disse que Max Lucado não é uma autor de auto-ajuda, mas inspirativo.

Um dia desses, assistindo uma preleção de Dave Hunt, o mesmo afirmou que Max Lucado é um mercadejador da palavra de Deus e os seus livros não tem nenhuma profundidade espiritual. Segundo Hunt, Lucado é hábil com as palavras e só isso. Além do mais, o autor declarou que Lucado pertencia a uma instituição religiosa que prega o batismo como regeneração. A mesma tese que um certo pastor coreano e sua editora, a New Life, defedem. Inclusive com a oferta destes livros gratuitamente na WEB para quem os solicitar. Os livros são repetitivos em suas abordagens sobre esta temática, dando a idéia de que o objetivo do autor é fazer uma verdadeira lavagem cerebral em seus leitores.

O senhor já tomou conhecimento destes livros da New Life? O que o Senhor acha destes comentários de Dave Hunt sobre Lucado?

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Geovani Figueiredo dos Santos,

Eu não aprecio tanto o gênero inspirativo, empregado por Max Lucado e outros autores. Gosto mais de textos "pesados", como os de Dave Hunt. Entretanto, reitero que a abordagem de Lucado está longe de ser autoajuda.

Lucado não aborda assuntos doutrinários com profundidade, como faz Hunt, mas enfatiza a Ajuda do Alto. Quanto a ele ser repetitivo, Hunt tem razão, mas isso não desabona o trabalho de Lucado nem o insere na vala comum da falaciosa autoajuda. Às vezes, a repetição é uma característica de um autor, que se vale disso para repisar (e não apenas reprisar) a sua mensagem.

Reconheço que as obras de Lucado (pelo menos, as que eu já li, no todo ou em parte) são importantes para ajudar pessoas que estão desanimadas, precisando de uma palavra de motivação. Não confundamos palavras de motivação embasadas na Bíblia com a autoajuda barata que muitos pregadores estão apresentando nos púlpitos das igrejas.

Quanto a Hunt, gosto da sua obra, como um todo, mas ele também deixa a desejar em alguns aspectos. Ademais, algumas de suas abordagens críticas são exageradas, como a que ele faz, por exemplo, a respeito de Billy Graham, que também não é perfeito, mas, no geral, um expoente do evangelho de Cristo.

Finalmente, Max Lucado tem várias obras publicadas pela CPAD e já foi missionário no Brasil. Conheço bem a sua obra. E desconheço as graves acusações feitas por Hunt. Minha resposta ao irmão Jean Patrik se baseou no que disse o Senhor Jesus em João 7.24: "Não julgueis segundo a aparência; mas julgai segundo a reta justiça".

Em Cristo,

CSZ

Weslei Rocha disse...

Caro Pr Ciro!

Ao ler os comentários postados, um chamou-me à atenção: o do irmão Júnior da CCB.
Mas por que?
Fazendo uma pesquisa pela net descobri algo inusitado: o grande número de membros da CCB que acompanha seu blog e até mesmo o indica à outras pessoas. Isso mostra que o Pr está tendo a oportunidade de orientar algumas pessoas que, assim como o Júnior, estão com sede por conhecimento das escrituras e cansados de tanta ingnorância em matéria de fé.
Deus tem lhe capacitado para responder sabiamente tais pessoas, que realmente estão precisando de ajuda. Por isso atente para estes fatos.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Weslei Rocha,

Há, sim, alguns irmãos da igreja Congregação Cristã que visitam este blog, e eles são muito bem-vindos por aqui. Graças a Deus por isso. Sou assembleiano, todos sabem, mas o meu desejo é que todos os cristãos, independentemente de suas denominações, atentem para o fato de que a Palavra de Deus deve ser a nossa fonte primária de autoridade, a nossa regra de fé, de prática e de vida.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado irmão Júnior,

Que a paz de Cristo, nosso Deus e Senhor, seja com o seu coração.

A realidade exposta pelo irmão não é prioridade de uma denominação. O povo de Deus, de maneira geral, está se afastando da Palavra... Mas, como servir ao Deus da Palavra sem amar a Palavra de Deus? Eis o motivo de tantos desvios em nosso meio, nesses últimos dias.

Sair de uma igreja é uma alternativa e é um direito que nos assiste. No entanto, às vezes, é melhor permanecer, a fim de ajudar pessoas que precisam de orientação. Por isso, continue orando e faça o que o Senhor lhe dirigir a fazer.

Que Deus o abençoe mais e mais!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querido André Gonçalves,

A paz do Senhor!

Pregadores que não têm compromisso com a Palavra exploram essa carência das pessoas, sabendo que isso lhes trará benefícios, uma vez que as tais retribuirão com ofertas.

O povo que não está acostumado a ouvir mensagens de Ajuda do Alto reage como os epicureus e estóicos, ante a exposição cristocêntrica do apóstolo Paulo: "Que quer dizer este paroleiro? Parece pregador de deuses estranhos" (At 17.18).

Continuemos firmes nos propósito de servir ao Senhor com fidelidade e coragem, pregando o evangelho de Cristo, a mensagem de Ajuda do Alto!

CSZ

Anônimo disse...

Pr. Ciro Sanches Zibordi
A paz do Senhor Jesus Cristo.

Parabéns pela defesa da fé.
Assim como na época do profeta: Os 4:6
O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento
Deus continua levantando os defensores da fé dos santos que não negociam o valor das Sagradas Letras.
Infelizmente o descaso com a Palavra tem levado muitos a caminhos tortuosos. Há igrejas hoje que preferem ter o ego massageado do que tomar a cruz e seguir.
Evangélho Triunfalista: Nunca foi pregado por Jesus ou seus discípulos. Os discípulos conduziam pessoas a Cristo.
Que Deus em sua longanimidade permita o regresso do povo as Sagradas Letras para que os olhos sejam abertos a tempo e parem de tropeçar.

Fraternalmente em Cristo Jesus

José Roberto Santana
Um dos remanescentes lutando para ser achado fiel no grande dia "arrebatamento".
Jesus prometeu. Ele virá.
AD. Min. de Cubatão -SP

Naylla disse...

Pastor Ciro...
Excelente blog!
Que Deus continue te dando a sabedoria e te mostrando o caminho da verdade!

Deus o abençoe!

Pedro Henrique disse...

Pr. Ciro, a paz do Senhor Jesus!

É lamentável que o povo se engane por tão pouco... Eu já estou cansado das mensagens "oniromaníacas". Oniromania, diferente de "Oniromancia", é um neologismo que criei para me referir às pregações sobre os supostos "sonhos de Deus" e seus "sonhadores"...).

Que o Senhor nos livre do antropocentrismo.

Abraços em Cristo.

Pedro Henrique Martins

=~D

Walmison B. Godoi disse...

Pastor enviei pergunta sobre uma pregação do SILAS MALAFAIA assisti hoje pela manhã para ser respondida no ciro responde. Como sei que esta mensagem vai passar primeiro por você antes de ser postada repeti aqui o assunto:

email:
A Paz do Senhor!

Pastor Ciro sempre acompanho teu blog
indico teus livros, alguns amigos dizem
que pregar com o sr. presente não deve
ser fácil!

Hoje de manhã ouví o pastor SILAS MALAFAIA
conjecturando muito bem sobre que Jesus
tomou as chaves do diabo.

Pergunta:
O que que esta passagem de hebreus 2v14
quer dizer sobre que "o diabo tinha o império da
morte"?

Obrigado Pastor!

André Quirino disse...

Amado pastor Ciro, a paz do Senhor!

Depois de algum tempo "sumido", estou de volta ao meu blog. Aguardo uma visita do senhor e rogo suas orações.

Forte abraço!

Cristão CCB disse...

Amados(as), que a graça, a paz e o amor de Deus abunde em teus corações!!!

Parabéns pelo artigo, sempre fiquei a pensar neste assunto, vejo pessoas devorando os livros de autoajuda, enquanto nós servos do Senhor nos consumimos com a "Ajuda do Alto", por intermédio do Exame da Escrituras.

Realmente são muitos os ccbeianos que visitam este abençoado site, eu sou um deles, e talvez os outros são somente aqueles que compreendem que a "Igreja de Cristo" não é formada por paredes e suas placas, mas pelos crentes em Cristo Jesus. Aqueles que que também compreendem que fazemos parte de um mesmo corpo, onde a cabeça é Cristo. Aqueles que compreendem que todos somos da mesma familia, porque somos filhos do mesmo Pai, enfim, aqueles que percebem que muitas são nossas similaridades, inclusive, que falamos a mesma língua e falamos das mesmas coisas, ou seja, a Boas Novas do evangelho e a salvação para os crentes em Cristo Jesus.

Fiquem na paz e no amor do Senhor Jesus!!!

ADRIANO JOSÉ URSULINO ISIDRO, 28 ANOS disse...

A PAZ DO SENHOR PARA TODOS.

SOU MEMBRO DA AD DA PARAÍBA.
VENDO ESTA MATERIA TAMBÉM FIQUEI PREOCUPADO, POIS AQUI TAMBÉM NA PARAÍBA, ESTÃO TROCANDO O EVANGELHO CRISTOCÊNTRICO PARA UM SUPOSTO "EVANGELHO ANTROPOCÊNTRICO."
SOU PROFESSOR DA ESCOLA DOMINICAL, E QUANDO CERTA VEZ, EM UMA LIÇÃO QUE ABORDAVA QUE A PREGAÇÃO DA CRUZ ESTAVA SENDO ESQUECIDA E SUBSTITUIDA PARA A ANTROPOLOGIA, COMECEI A ENSINAR QUE ISTO ERA UM ERRO. E SABE QUAL FOI A REAÇÃO: MUITOS FICARAM CHATEADOS COMIGO.
MAS UMA COISA SEI, QUE O EVANGELHO JAMAIS PODE SER MUDADO, E NEM TÃO POUCO FALSIFICADO, ALGUÉM GOSTANDO OU NÃO, O EVANGELHO TEM QUE SER CRISTOCÊNTRICO!
PARABÉNS PARTOR, CONTINUE NESTA FORÇA, E QUE DEUS LHE DÊ MUITO MAIS DE SUA GRAÇA PARA O SENHOR CONTINUAR.
GRAÇA E PAZ DO SENHOR JESUS.

Dc Zeriky de Souza disse...

Paz do Senhor Pastor.

Bom acho que a culpa desses "pregadores" continuarem na ativa é também dos Pastores que abrem as portas para tal, contratam muitas das vezes e indicam para outros.

Precisamos é tirar dos púlpitos Cristãos esse tipo de mercadejantes da fé.

Até quando vamos tolerar esses?
Infelizmente o neopentecostalismo esta entrando ferozmente em nossas igrejas ...

Que Jesus tenha misericórdia de nossas vidas...

com muita tristeza em meu coração faço este comentário...

Em Cristo, Dc. Zeriky de Souza
A.D. Areis SC/SJ
Paz Pastor...

Elaine Cândida disse...

E a autoajuda coloca o homem na direção de sua vida, seguindo um rumo que chega apenas ao limite da sepultura. Mas é a Ajuda do Alto que mantém Cristo na direção, conduzindo nossas vidas além dos limites dos portões do Céu.

----------------

Li todas as publicações recentes do amado pastor aqui no blog, mas por uma questão de tempo vou deixar comentário apenas nesta. Estive ausente por causa de uma cirurgia pela qual minha mãe passou. Fiquei cuidando dela em sua casa e fiquei bem desatualizada das novidades deste celeiro evangelístico e também de outros irmãos em Cristo que periodicamente acompanho.

Continuas tendo minha admiração e intercessões.

Deus permaneça te iluminando.

Paz do Senhor Jesus Cristo.

Elaine Cândida