terça-feira, 14 de julho de 2009

Paulo hoje seria considerado um grande fofoqueiro!


Segundo a Bíblia, não há dúvidas de que devemos julgar, provar, examinar, investigar, questionar, analisar, discernir, denunciar o erro, principalmente nesses últimos dias, em que pregadores e cantores ditos evangélicos propagam vários desvios do evangelho de Cristo (1 Co 2.15; 1 Ts 5.21, ARA). E não podemos confundir isso com fofoca!

O julgamento que cabe a nós é um exame perspicaz de todas as coisas sobre o valor delas, realizado pelo crente espiritual, temente a Deus e hábil nas Escrituras. Jesus condenou o julgamento no sentido de caluniar, assumindo-se o papel de um injusto juiz: “Não julgueis, para que não sejais julgados” (Mt 7.1). Aqui pode ser enquadrada a fofoca. Entretanto, Ele também asseverou que temos de nos acautelar dos falsos profetas e apresentou critérios pelos quais podemos julgá-los pelos seus frutos, isto é, discernir as suas ações, prová-las, examiná-las (Mt 7.15-23; Jo 7.24).

Todas e quaisquer palavras — pregadas ou cantadas — precisam ser examinadas. E o que estiver errado deve ser denunciado. Isso não é fofoca! A única coisa que dispensa qualquer comentário é a Palavra de Deus, pois é perfeita (Sl 19.7), provada (Sl 18.30), refinada (2 Sm 22.31) e muito pura (Sl 119.140; Pv 30.5). Não devemos desprezar nada do que ouvimos, vemos e sentimos. Porém, cabe a nós provar, examinar se tudo provém do Senhor (At 17.11b; Hb 13.9). Afinal, não devemos confundir pregações com falações, nem hinos com canções.

Qualquer escritor que, hoje, combata o erro não tem sido visto com bons olhos pelos fãs de cantores e pregadores. No entanto, o apóstolo Paulo asseverou, inspirado por Deus, que convém imitá-lo, assim como imitava a Cristo (1 Co 11.1). Como o doutor dos gentios lidava com os enganadores que havia no meio do povo de Deus? Ele não se omitia quando via os crentes fazendo coisas erradas. Antes, reagia: “Mas, quando vi que não andavam bem e direitamente conforme a verdade do evangelho, disse a Pedro na presença de todos: Se tu, sendo judeu, vive como os gentios e não como judeu, por que obrigas os gentios a viverem como judeus?” (Gl 2.14).

Às vezes, Paulo se valia da ironia para levar os enganadores e enganados a uma reflexão: “Já estais fartos! Já estais ricos! Sem nós reinais! E prouvera Deus reinásseis para que também nós reinemos convosco!” (1 Co 4.8). Ele era enérgico, quando necessário, e até usava expressões que muitos hoje considerariam ofensivas. “Ó insensatos gálatas! quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi já representado como crucificado?” (Gl 3.1).

Engana-se quem pensa que Paulo ficaria hoje “em cima do muro” e nada diria aos que propagam doutrinas falsificadas por meio de pregações atraentes e canções de sucesso, temendo ser tachado de fofoqueiro ou coisa parecida. Ele fazia duras acusações sem mencionar nomes: “Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo” (Fp 3.18), porém era possível saber de quem estava falando (Tt 1.10-12). E, quando necessário, em circunstâncias extremas, citava nomes (2 Tm 4.10,14).

Finalmente, Paulo — que, com certeza, seria chamado de fofoqueiro, se vivesse em nossos dias — também disse: “E, quanto àqueles que pareciam ser alguma coisa (quais tenham sido noutro tempo, não se me dá; Deus não aceita a aparência do homem), esses, digo, que pareciam ser alguma coisa, nada me comunicaram” (Gl 2.6). Da mesma forma, o salvo em Cristo não é obrigado a dizer “amém” para as heresias, os modismos e o estrelismo dos cantores-ídolos e super-pregadores da atualidade.

Ciro Sanches Zibordi

12 comentários:

IGREJA BATISTA BERÉIA disse...

Pr Ciro, graça e paz. Ser profeta não é tarefa fácil, Jeremias que o diga. Eu louvo a Deus, pois, nos dias de hoje o Senhor tem levantado profetas para combater tantos erros que tem surgido na igreja brasileira, erros gritantes, tanto na teologia quanto na música. Temos presenciado verdadeiros cultos "afros" em nossas igrejas, e dizem que é o Espírito Santo agindo. O irmão foi levantado por Deus como voz profética para esta geração. O irmão tem sido alvo constante de nossas orações.
Fique na Paz!
Pr Silas
Tem um selo em nosso blog para o irmão, passa lá.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Newton Carpintero,

A paz do Senhor!

Não publiquei o seu comentário, pois o blog que o irmão citou é de autoria de um conhecido falso cristão, que está acostumado a criar blogs com perfis falsos. Deus o julgará.

Que Deus o abençoe, meu amigo!

CSZ

Cicero Leandro Junior disse...

A Paz do Senhor Pr. Ciro!

Hoje em dia, se esses "irmãos" pudessem, rasgariam a Bíblia, ou a deixavam em casa levando poeira e viveriam um cristianismo cheio de misticismo, cuja a palavra máxima viria de "revelações" de Deus aos "irmãos cheios". E na atual conjuntura, eles estão mesmo deixando a Bíblia levar poeira em casa, pois se a examinassem, veriam o quão desviados estão eles mesmos e seus cantores/pregadores ídolos das Sagradas Escrituras. O que me deixa triste é saber que Jesus falou isso a um povo que existiu a 2.000 anos, e hoje, mesmo depois do sacrifício de Cristo no calvário as coisas continuam do mesmo jeito.

Que Deus tenha misericórdia, pois as coisas regridem a cada dia que passa.

Deus o abençoe Pastor!

Em Cristo,
Cícero Leandro Júnior
Assembleia de Deus em Teotônio Vilela/AL

Leonardo Macambira disse...

Vaidade, orgulho,cegueira espiritual,cauterização de mentes e corações ...
e a simplicidade que há em Cristo fica aonde?
Deus nos ajude amado Pr.Ciro!

Abraços e paz!!!

Pr Luis Eduardo disse...

A Paz do Senhor!!!

Pr Ciro, que o nosso Deus te de força, coragem, saúde e muita sabedoria para que você continue defendendo á verdade do Evangelho..
Pois são poucos que tem este sentimento e coragem como você!!!
Não desista nunca, devido as críticas e ameaças, porque o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo te levantou para esta obra árdua!!!

Abraços!!!

a verdade do evangelho disse...

Infelizmente amado Pr. ciro esta é a triste realidade em nossas igrejas.
O nosso povo é muito crédulo, e principalmente os pentecostais (com tristeza e vergonha o digo, pois também sou pentecostal)que creêm em tudo o que se diz sobranatural ou místico.
E ai de quem questionar os erros dos falsos mestres.
Eu, particularmente tenho visto como muitos me olham com desdem por denunciar os erros destes mercenários de plantão que vivem a espreitar os incautos para enredá-los em suas artimanhas heréticas.

Pb. Edinei Siqueira, Th.B

Artur Ribeiro disse...

Pastor Ciro, a paz do Senhor.

Apesar de não vir comentando seus textos, tenho sempre visitado seu blog no desejo de ser edificado. Inclusive, já estou ávido por seu novo livro. Quando chega? Outra coisa: edite novos programas Palavra Viva e Eficaz. Eles eram uma bênção!

Quanto ao artigo que comento e considerando as características do apóstolo Paulo em rechaçar erros doutrinários, o que fazer quando,

sendo eu um cooperador do meu pastor local (numa AD - Belenzinho) e me posicionando contra certas "pregações" e "hinos", não dele, mas em nossa congregação propagados,

meu pastor, em seus sermões, DEFENDE tais "pregações" e "hinos"?

Devo continuar a mostrar os erros divulgados?

Dessa forma eu não iria contra meu pastor, que, apesar disso, é um homem temente a Deus?

Ou devo agir com At 5.29?

O que o senhor faria?

Deus o abençoe ainda mais!

Landelino disse...

Paz e graça Pr. Ciro
sou leitor de seus livros e artigos a bastante tempo, porém só agora estou postando em seu blog.
Infelizmente, estamos vivendo o tempo em que o nosso amado "fofoqueiro" prenunciava no qual pessoas apostatariam da fé e segueriam espírito enganadores e doutrinas de demônios.Há tantas distorções em nosso meio que, realmente, podemos levar o nome de cristãos? presenciamos um cristianismo sem Cristo! Sou cônscio que existem servos fiéis e leais ao verdadeiro evangelho do qual recebemos de Cristo e de seus apóstolos.
O SENHOR continue capacitando-o e encorajando-o nesta santa batalha em defesa da verdadeira Fé que uma vez por todas foi entregue aos santos.

claudio pimenta disse...

Pastor estava meditando em 1 Corintios e percebi Paulo dizendo que uma familia la de corintio avisou paulo de alguns absurdos no versiculo 11 ou seja ele recebeu noticias ,queixas dos irmaos provando que falar a verdade ou divulgar os erros para conbate-los foi feito mesmo ate pelo grande apostolo paulo.


www.exejegues.blogspot.com

Márcio Cruz disse...

A Paz do Senhor Pr. Zibordi.

Hei pastor! O senhor esqueceu de colocar nesta postagem que segundo o que está escrito em 1Co 1.11, Paulo também era Maria-Vai-Com-As-Outras.

Esta sua postagem é interessante, pois lendo e estudando a seção Escatologia no livro Teologia Sistemática Pentecostal onde o senhor discorre acerca dos sinais indicadores do arrebatamento da Igreja, por incrível que pareça o primeiro sinal descrito é o de muitos enganadores e muitos enganados. O que estamos vivendo são cumprimentos sobre cumprimentos da Palavra de Deus, e a despeito do que pensam os fãs, fazedores e adoradores de terafins, a Palavra se cumpre e eles fazem parte daqueles que estão arrolados no time dos enganados. Para estes vai a exortação de Paulo em Ef 5.14: "Desperta , ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará".

Jesus também disse: "e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" - Jo 8.32. Há tempo, pois Jesus ao falar para João sobre a situação das igrejas da Ásia ele mandou João escrever à igreja em Éfeso para que a mesma lembrasse de onde havia caído, se arrependesse e voltasse à prática das primeiras obras, pois havia abandonado o primeiro amor - Ap 3.24,5.

Lutemos pastor! Pois, se a verdade na Palavra de Deus diz em Jr 23.29 “Não é a minha palavra fogo, diz o SENHOR, e martelo que esmiúça a penha?”, um dia "a ficha cairá” e estas pessoas que hoje estão com escamas nos olhos se voltarão para a verdade.

Márcio Cruz
A Paz do Senhor.

Alexsander piau alves disse...

a paz do SENHOR pastor ciro! louvo ao REI dos reis e SENHOR dos senhores....JESUS!!!. por sua humilde vida e a forma tão magnífica que o senhor pastor; pelo ESPÍRITO SANTO, vem abordando e exclarecendo vários temas importantes e as vezes difíceis para alguns que não compreende ou não o querem, aceitar a Soberana e perfeita palavra, contidas nas Escrituras do ETERNO DEUS; ai ficam criticando e até mesmo desrrespeitando e usando de palavras audáciosas como o anonimo que indiretamente o chamou de fofoqueiro, no poster abaixo! este individúo com este tipo de comportamento que sem dúvidas desagrada a DEUS, precisa urgentemente de se arrepender e se converter dos seus máus caminhos e parar de idolatrar pregadores e cantores- idolos. desse tal mundo gospel!.... Porque será pastor ciro; que todos os anonimos que tem este comportamento profano querem dar uma de machão não pondo os seus nomes para todos saberem quem é???. porque para mim essa turma de criticos e( FÃS) que sofrem de ofencionismo pelos seus pregadores ou cantores -idolos, que deixam de amar ao SENHOR JESUS e sua SUBLIME PALAVRA colocando-os de lado,não passam de desviados que precisam de se arrependerem e aprenderem de JESUS que é manso e humilde de coração!!!POIS aqui deixo uma mensagem para os amargos fãs anonimos de cantores e pregadores-idolos; que não querem aceitar a verdadeira e fidedigna Palavra de DEUS:....EZ:3;27...MAS QUANDO EU FALAR COM VOCÊ,(DEUS;através do profeta)ABRIREI A SUA BOCA E VOCÊ LHES DIRÁ: ASSIM DIZ O SOBERANO, O SENHOR, QUEM QUISER OUVIR OUÇA, E QUEM NÂO QUISER NÂO OUÇA: POIS SÃO UMA NAÇÃO REBELDE.....NVI. DEUS o abençoe pastor ciro um grande abraço!.....irmão Alex...SP...setor 09. A.D. Belém.

Keyla Camelo disse...

É triste ver algumas pessoas acreditarem cegamente em pregadores (ou animadores de auditório, diga-se de passagem) sem questionar, analisar, etc... Se esse pregador for famoso nem se fala, ai de quem criticar. Em relação à algumas músicas evangélicas, noto o mesmo comportamento, especificamente quando se trata dos "hits" do momento.

Um abraço!

Keyla Camelo