quarta-feira, 8 de julho de 2009

Aos fanáticos fãs de Zaqueu, com amor

Amargos fãs de Zaqueu, agradeço-lhes por me enviarem por e-mail e anonimamente “elogios” e críticas à análise que eu fiz neste blog acerca da canção “Faz um milagre em mim”. Chamo-lhes de fãs de Zaqueu porque vocês valorizam muito mais o miserável pecador Zaqueu do que o Misericordioso Senhor Jesus Cristo que o salvou!

Desculpem-me da resposta coletiva, mas não tenho tempo para responder a cada um de vocês, além de me recusar a fazer comentários a respeito de alguns impropérios que me foram dirigidos. Talvez vocês não tenham percebido os desvios contidos na aludida composição — o que eu compreendo, pois vocês são fãs, e os fãs costumam não ver os defeitos de seu objeto de idolatria. Por isso, vou relembrar-lhes por que a tal canção é contrária à Palavra de Deus.

Primeiro: o fato de a canção estar sendo cantada por pessoas mundanas com a maior naturalidade não é nada positivo, ao contrário do que vocês pensam. Isso é negativo! Por quê? Porque o mundo perdido tem, por natureza (Ef 2.2,3), aversão às coisas de Deus (1 Co 1.18; 2.14). Somente o Espírito é quem pode convencê-lo de que deve valorizar e receber a salvação. O evangelho não é nada simpático para o perdido pecador.

Segundo: Zaqueu não pode ter subido para chamar a atenção de Jesus. Por quê? Porque a Palavra de Deus diz, claramente, que aquele chefe dos publicanos queria apenas ver quem era Jesus, como se lê em Lucas 19.3: “E procurava ver quem era Jesus”.

Terceiro: se valorizarmos a subida de Zaqueu, estaremos admitindo que a iniciativa para a salvação é do homem, e não de Deus. Isso é gravíssimo! Por quê? Porque é o Espírito Santo quem convence o pecador (Jo 16.8-11). O pecador está morto, espiritualmente (Ef 2.1). Como poderia tomar a iniciativa de chamar a atenção do Salvador para si? O Senhor dotou o ser humano de livre-arbítrio, mas, no que tange à salvação, a iniciativa é sempre de Deus (Jo 6.37; Mt 13.1-8; At 17.30-34).

Quarto: é um grave erro cantar essa canção como se fosse um louvor ou uma oração. Na vida espiritual, temos de prosseguir, e não retroceder (Hb 6.9; 12.14; Pv 4.18). Quando eu digo: “Como Zaqueu, eu quero subir”, estou reconhecendo que desejo ser como era nos tempos do mundo, antes de ter a certeza da salvação. Foi somente depois de ter entrado na casa de Zaqueu que Jesus lhe disse: “Hoje veio salvação a esta casa” (Lc 19.9). Aquele homem não era salvo nem estava desejoso de ser salvo quando subiu no sicômoro, apesar de os seus fãs acharem, erroneamente, que ele queria chamar a atenção do Senhor.

Quinto: quando o crente canta: “Entra na minha casa, entra na minha vida”, está reconhecendo que ainda não é salvo! Por quê? Porque o crente fiel é morada de Deus em espírito (Jo 14.23; 1 Co 6.19,20). O servo de Deus não precisa pedir para Jesus entrar em sua vida, a menos que esteja desviado. E não me venham, caros fãs de Zaqueu, dizer que tenho de respeitar a licença poética, pois tudo tem limite.

Sexto: segundo a Bíblia (não fui eu quem escrevi o Evangelho Segundo Lucas), Zaqueu subiu na figueira apenas para ver quem era Jesus. E o Senhor, olhando para cima, lhe disse: “Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa” (Lc 19.5). Não foi Zaqueu quem chamou a atenção de Jesus. Foi o Senhor quem teve misericórdia do pobre Zaqueu!

Sétimo: o que deve ser destacado na história do miserável pecador Zaqueu foi o fato de ele ter atendido o chamamento do Maravilhoso Salvador Jesus Cristo (Lc 19.6). Ao subir, com muita facilidade, Zaqueu era um pecador perdido; ao descer, encontrou-se de fato com o Salvador e tornou-se um pecador regenerado (Jo 3.3).

Oitavo: Zaqueu não disse: “Largo tudo pra te seguir”. Mas, se vocês, amargos fãs de Zaqueu, realmente estão convictos de que a canção em apreço é bíblica e cristã, é preciso deixar mesmo a vida de pecado. E lhes pergunto: Por que aquelas moças do grupo de forró, que (quase nuas) cantam “Faz um milagre em mim”, não largam tudo para seguir a Jesus? Será que elas desejam, de fato, deixar a vida de pecado? Ou apenas cantam porque acham a canção bonita?

Nono: não foi Zaqueu quem pediu para Jesus entrar em sua casa (Lc 19.5). Mas os fãs de Zaqueu preferem valorizar as obras humanas, esquecendo-se de que a salvação é pela graça de Deus (Ef 2.8,9). Foi o glorioso Senhor e Salvador quem entrou na casa de Zaqueu. Não somos nós quem o convidamos para entrar na nossa vida. É Ele quem bate à porta do nosso coração (Ap 3.20) e nos convida a receber a salvação (Mt 11.28-30; Ap 22.17).

Diante do exposto, amargos fãs de Zaqueu, não faço questão de que gostem de mim, pois não escrevo para agradá-los nem para irritá-los. Apenas escrevo para mostrar-lhes o que realmente está escrito na Palavra de Deus. E desejo, sinceramente, que, em vez de fãs de Zaqueu, vocês sejam seguidores do Senhor Jesus. Mas, para fazer isso, é preciso renúncia (Lc 9.23).

Respeitosamente,

Ciro Sanches Zibordi

80 comentários:

Fabiane Couto disse...

Parabens Pr. Ciro!!
Tenho lido suas postagens sempre, e sempre absorvo mais e mais para o meu crescimento espiritual.
Suas explicações são claras e objetivas, o que tem feito com que eu entenda não apenas o que o sr. explica, mas também outras muitas coisas que a Biblia nos ensina.
A maneira que o sr. aborda tantas questões, abre a mente da gente pra entender outras coisas.
Glorifico ao Nosso DEUS por sua iniciativa neste blog!!

Deus abençoe sua vida e sua familia!!

A Paz do Senhor!!

Fernando Albuquerque disse...

Glórias a Deus, pastor Ciro!!!
Que o Senhor, nosso Deus, continue lhe abençoando, dando graça e sabedoria para alertar à igreja sobre os desvios tão comuns e pouco percebidos (ou discernidos) nos diversos segmentos evangélicos.

No amor de Cristo,

Fernando.

Márcio Cruz disse...

Paz do Senhor, Pastor Ciro.]

Interessante que algumas pessoas não se enervam, brigam, discutem por causa das almas que perecem. Mas tocou em seus terafins... meu Deus do céu, a bomba explode.
Até quando concientizar-se-ão de que a nossa luta não é contra a carne e o sangue?
Até quando a igreja tolerará pessoas que manipulam as outras para aceitarem da forma mais natural invencionices que só trazem prejuízo pra o Corpo de Cristo? Se bem que isto é impossível de acontecer pelo fato de vivermos cumprimentos da Palavra de Deus.
Só resta levantar-se contra esta situação (modismos) que nada acrescenta à Igreja do Salvador.
Lamento profundamente por atitudes e pessoas como estas.

No Amor de Cristo,

Márcio Cruz

Rinaldo Santana disse...

Caro pastor Ciro,

Que Deus o abençoe, mais e mais lhe expirando para sempre combater determinadas heresias, quer seja através de canção ou de pregação.

Em Cristo

José Rinaldo de Santana

Renato -BH disse...

Prezado pastor Ciro;

Concordo com tudo que foi dito, pra falar a verdade essa música já tá dando uma canseira, parece que descobriram a pólvora, no culto é Zaqueu, na reunião é Zaqueu, na escola bíblia é Zaqueu, no rádio nem se fala, agora o Zaqueu tá fazendo sucesso até nas rádio seculares, rsrsrsr. Acho que quando ele subiu naquela arvore ele nem imaginava como ia ficar famoso aqui no Brasil.......

Um abraço, Deus o abençoe em Cristo Jesus
Renato Santiago

Andreia =] disse...

Graça e Paz, irmão Ciro! =]

dia sim, e outro também, faço uma visitinha ao seu abençoado blog - que é instrumento de sabedoria e discernimento para todos aqueles que buscam seguir ao Senhor em espírito e em verdade. =]

Gostaria de parabenizá-lo pelo blog, e também por este texto. Como bem salientou o ir. Márcio, infelizmente vemos irmãos brigando por música, e não pela pregação do evangelho, nem para salvar almas.

Que o Senhor Deus tenha misericórdia de nós!

Que o Senhor te abençoe e te guarde, em nome de Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador!

Um fraterno abraço!

Andréia Ferreira

Lucky Costa disse...

A paz do Senhor Jesus, apstor Ciro.
É impressionante como temos hoje, na igreja, pessoas tão alienadas a verdade das Escrituras Sagradas. Preferem ter uma visão distorcida para lhes agradar, do que entender a vontade de Deus e obedecer Sua Palavra como ela é: A Verdade que liberta.
Será que em parte isso não é culpa desses líderes da teologia da prosperidade, que geraram servos deformados, na sua ânsia de granjear o mundo todo, mesmo que para isso se percam a alma deles e dos seus "seguidores"?

Que o Senhor Jesus, pelo Seu Espírito continue te dando discernimento para que, através deste trabalho, muitos se voltem para o verdadeiro Caminho.

Lucky Costa

Elaine Cândida disse...

Ótimas palavras de sabedoria e discernimento, amado Pastor!

Que o Senhor te abençoe ricamente e inspire sempre para defender as verdades do Evangelho como, de fato, Elas são.

À propósito...

Seu livro EVANGELHOS QUE PAULO JAMAIS PREGARIA é uma bênção! Glória a Deus por tua vida.

Shalom.

Wolfer disse...

Cara, nem um dos "fãs de zaqueu" vem dar as caras nos comentários?

Maxmiler Freitas disse...

Mais uma vez muito bom pr Ciro.

infelizmente os crentes de hoje em dia estão se deixando levar pelos modimos do mundo.

Imagine que eu ouvi um pastor dizer que crê que Jesus irá alcançar os funkeiros que estão ouvindo está música no baile, pois segundo ele, o Espírito Santo irá tocar nos ouvintes. Eu não creio nesta posição apesar de crer que Deus tem autonomia de fazer o que quer.

Deus te abençoe e lhe inspire a escrever artigos edificantes como tem feito.

Fique com Deus!

João Roberto P. Silva disse...

Pr. Ciro. parabens. leio sempre seus livros e gosto de seus comentarios nos blogs. procuro orientar minha vida espiritual na palavra de Deus e sempre sigo seus conselhos, pois acredito que o senhor é um santo homem de Deus. Que o Senhor Jesus te abençoe sempre e te faça prosperar. Amém e bençãos mil da parte daquele que é Eterno.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "Wolfer",

Seria você uns dos fãs de Zaqueu?

CSZ

Paulo Adriano Rocha disse...

Deixa eu ver se entendi direito: Depois daquela análise feita biblicamente ainda teve gente que mandou e-mail defendendo a música? Sinceramente, eu não sei se deveria rir ou chorar... Pra onde esse povo tá caminhando, Dio santo? Que céu eles pretendem chegar?

Pr., Que Deus continue lhe abençoando e dando amor pelas almas perdidas no mundo e perdidas dentro das igrejas também e paciência para ensinar e exortar com amor, mesmo (como disse o apóstolo Paulo) sendo menos amado.

Abraços.

Gi disse...

Prezado Pr. Ciro

Fico muito feliz em ver como Deus tem lhe usado para abrir os olhos das pessoas, muitas delas "cristãs". Coloco entre aspas porque, segundo o Dicionário da Bíblia de Almeida, o termo cristão significa - Seguidor de Cristo (At 11.26).

Bom, no meu modesto entender, sendo seguidora de Cristo, a pessoa não pode se deixar levar por determinados modismos ou hábitos sem discernimento. O que Cristo diria a respeito desta canção???

Aliás, atrevo-me a dizer que Deus tem me protegido de forma espetacular, pois acreditem, eu NUNCA ouvi essa música. Se a conheço, é apenas pelos comentários e pelos comentários já cheguei à conclusão de que nem quero ouví-la.

É, irmãos...devemos orar muito e clamar por discernimento!!!

Parabéns pelo blog, Pr Ciro.

Felipe Wandork disse...

Pastor Ciro,

É um grande prazer participar mais uma vez com meu comentário.
Dessa vez só passei pra dar uma sugestão:

Nem todos os fãs do Zaqueu sabem que aquelas referências entre parênteses servem para consulta.

Talvez se eles procurassem na Bíblia os textos indicados a mente cauterizada poderia se abrir para o conhecimento.

Parabéns pelo post.

A Paz do Senhor Jesus.

Alexsander piau alves disse...

A paz do Senhor amado pastor! É incrivél, mas é lamentavél observar que existem tantas pessoas ingnorantes, e falo não no sentido perjorativo, pois esses tipos de pessoas são verdadeiros adoradores, não de DEUS e sim de homens profanos que por terem as suas mentes calterizadas enfluênciam os seus adébtos ingênuos seguidores. Pois aqui vai um conselho do ETERNO DEUS a esses fãs.....Is: cap.1:2;3...OUÇAM,Ó CÉUS! ESCULTEM Ó TERRA! CRIEI FILHOS E OS FIZ CRESCER, MAS ELES SE REVOLTARAM CONTRA MIM.....O BOI RECONHECE O SEU DONO, E O JUMENTO CONHECE A MANJEDOURA DO SEU PROPRIETÁRIO, MAS ISRAEL NADA SABE, O MEU POVO NADA COMPRIEENDE. NVI... DEUS o abençoe pastor ciro dando-lhe graça e sábedoria para lutar contra essas heresias que tem se levantado em nosso meio.....um abraço.

Magda disse...

Prezado Pr Ciro Sanches,
Frequentemente tenho acessado o seu blog, o qual tem contribuído em muito para que o povo de Deus tenha discernimento espiritual nestes últimos tempos. Nesta oportunidade, gostaria de anexar abaixo um texto escrito por Charles Spurgeon, o qual bem se aplica aos fãs do atual "evangelho do entretenimento". Que Deus nos abençoe e nos ajude. Magda.

O fato é que muitos gostariam de unir igreja e palco, baralho e oração, danças e ordenanças. Se nos encontramos incapazes de frear essa enxurrada, podemos, ao menos, prevenir os homens quanto à sua existência e suplicar que fujam dela. Quando a antiga fé desaparece e o entusiasmo pelo evangelho é extinto, não é surpresa que as pessoas busquem outras coisas que lhes tragam satisfação. Na falta de pão, se alimentam com cinzas; rejeitando o caminho do Senhor, seguem avidamente pelo caminho da tolice.” Charles Haddon Spurgeon

José Mário disse...

Pr Ciro:
Cada dia mais o admiro por estar sempre centrado na Palavra de Deus.
Trabalho com cliente e fiquei muito preocupado quando alguns, conhecidos por mim sendo de "outros exercitos" entoando tal música. A verdadeira adoração jamais daria tanto "ibope" ew seria "tão permitida assim" pelo inimigo de nossas almas. Por isso parabenizo-o pelo comentário e concordo plenamente com o mesmo.
Paz de Cristo e Maranata!!!

Newton Carpintero, pr. disse...

Nosso pr. Ciro Zibordi,

A Paz do Senhor!

É terrível, o que está acontecendo com esta música sobre Zaqueu.

Esta música parece um termometro de medição espiritual e carnal.

É simples, avaliar que, algo está errado, e não se pode agradar a Deus, com a ressonância carnal, evidênciada nesta letra, que não é de adoração, pois, possue erros básicos e descobertos com um pouco de atenção, principalmente, através de um coração aberto, para a fácil EXPLICAÇÃO, em sua matéria, que consiste de coragem e desafio para os que a leem.

O Senhor seja contigo, meu amigo e pr. Ciro Zibordi!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Anônimo disse...

Graça e Paz Pastor.
Moro á 19 anos na Av. Paulista na cidade de SP. No dia 14 de Junho realizou-se a Parada Gay da cidade, e Pr. sabe qual foi a música mais tocada? humm.. Faz um milagre em mim.
Homossexuais dançavam ao som do suposto hino, "alegres" e felizes.


Graça e Paz Pastor Ciro

Jonatas disse...

A Paz do Senhor caro pastor Ciro,


Esta é a primeira vez que entro neste blog, e creio que não será a última. Pois confesso ao senhor, que já cantei por algumas ínumeras vezes esta canção, e mesmo não sendo fã de Zaqueu, deixe-me levar pela letra. Mas agradeço a Deus por sua vida e o conhecimento que lhe tem dado, sei que o disse a respeito da mesma, se encontra nas Sagradas Escrituras, mas as vezes não a examinamos como devemos, e por consequência, nos deixamos levar por algumas coisas. Mas que o Senhor Deus venha despertar a todos nós para que prossigamos em conhecê-Lo e servi-Lo com o temor e o tremor a qual a Bíblia relata.
Louvo a Deus pela sua vida e a de seus familiares.
Agradecido estou pelo esclarecimento.

Que a Paz do Senhor esteja sempre a sua vida e sobre a vida dos seus!!

Seu irmão em Cristo,

Jonatas Henrique.

Inspiração disse...

Percalços em que muitos estão tropeçando é, sem dúvida, músicas cujas letras moldam o entendimento erroneamente, norteando concepções.
Portanto, "desperta tu que dormes, e Cristo te esclarecerá" (Efésio 5.14).

Ranieri disse...

A paz do Senhor amado.

"...se valorizarmos a subida de Zaqueu, estaremos admitindo que a iniciativa para a salvação é do homem, e não de Deus. Isso é gravíssimo! Por quê? Porque é o Espírito Santo quem convence o pecador (Jo 16.8-11). O pecador está morto, espiritualmente (Ef 2.1). Como poderia tomar a iniciativa de chamar a atenção do Salvador para si? O Senhor dotou o ser humano de livre-arbítrio, mas, no que tange à salvação, a iniciativa é sempre de Deus (Jo 6.37; Mt 13.1-8; At 17.30-34)..."

Essa explicação responde à minha pergunta.Lembra daquela uma?Eu não esqueci não.

Ef 2:8-9 "...Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.Não vem das obras, para que ninguém se glorie..."

Muito grato.

Ranieri.

Anônimo disse...

Não gosto desta música nem a canto , mas gostei muito menos de seu comentário que não tem nada edificante, as pessoas interpretam como elas querem as coisa e isto vi em seu comentário de onde tira tanta asneira e interpretações ridiculas heim?

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amargo anônimo,

Segundo o seu pensamento, as pessoas interpretam como elas querem... Então, eu também tenho o direito de interpretar a canção, não é mesmo?

Mas você está redondamente equivocado! Nós, como servos de Deus (se é que você é um), devemos interpretar tudo (1 Ts 5.21), e segundo a Palavra de Deus (At 17.11).

Acorde! Ainda há tempo.

CSZ

Wanderson Costa disse...

Tudo na paz Pastor, agradeço a Deus por levantar homens como o senhor para defender a genuina fé evangelica.

Evertho Rodrigues disse...

Caro Pr. Ciro

Confesso que ao passar a ler seu blog por ter visto um vídeo no youtube de um pregador que já tinha minhas dúvidas quanto ao seu ministério (Pr. Paulo Roberto o chamando de can...) virei um leitor assíduo de seu blog, e tenho aprendido bastante com o mesmo além de o ter divulgado aos amigos. Já tinha ouvido falar sobre senhor através dos seus livros mas não sabia da existência do blog. Espero que continue esplanando e orientando aos servos de Deus neste blog e ganhou um leitor constante do mesmo pois todos os dias passo aqui para ler seus artigos. Sou de Natal RN e estarei se Deus permitir e Jesus não voltar até lá em sua visita a cidade no mês de agosto deste ano, faço parte de uma congregação da Assembléia de Deus em Parnamirim área metropolitana de Natal e estaremos indo em caravana ouví-lo quando estiver aqui.

A Paz,

Evertho Rodrigues.

Pr. Alexandre disse...

Parabens Pr. Ciro mas uma vez pelo comentário sério e equilibrado sobre essa canção..concordo plenamente com tudo que o senhor disse..Pr. Alexandre

Luciano Lourenço disse...

Pr. Ciro, não aguento mais essa canção.Fico feliz que um pastor, servo de Deus, tenha coragem de fazer a reciclagem do "lixo" que entra na nossa casa. Digo reciclagem, porque nem tudo é desprezível. Deus te abençoe sobremaneira! Tenho esperança de vê-lo pregar na igreja onde me congrego - Assmebléia de Deus - Ministério Blea Vista - Fort/Ce.

Victor Nunes disse...

Como muitos já disseram, também digo o mesmo, desde quando "descobri" o seu blog tenho aprendido muito, tive a felicidade de mostrar o seu blog pra minha mãe que ao ler os seus comentários sobre o (rei do pop), gostou e muito, (sempre quando prego pra ele é uma briga e tenho a mania de dizer que quando alguem morre em festas, drogas vão para o inferno e ela fica muito chateada com isso), e ao ler o seu comentário sobre o MJ, no qual o senhor diz: quem sabe ele não esteja no céu (eu acho muito difícil) ela disse isso sim é que é crente rsrs, me ajude em ter paciência pra pregar pra ela.

Paz, Victor Nunes.

Victor Nunes disse...

Ha e sobre zaqueu já não guento mais, meu pastor proibiu cantar esse "hino" aki.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Victor Nunes,

O que eu disse em relação a Michael Jackson se deve ao fato de não ser da nossa alçada opinar sobre salvação ou condenação de ninguém. Podemos supor, mas não afirmar categoricamente se alguém está no Céu ou no Inferno, na eternidade.

Mas eu reitero o que disse: não desejo o Inferno a ninguém, mas ele foi preparado para o Diabo e seus anjos. E há muitos ímpios que estarão lá também.

Em Cristo,

CSZ

Anônimo disse...

Sou servo de Deus e o tenho servido com muito prazer e alegria, mas me irmão não precisa apelar para fazer coemtários que não edificam e distorcem o que o autor quiz dizer, este comentário por exemplo:
Quinto: quando o crente canta: “Entra na minha casa, entra na minha vida”, está reconhecendo que ainda não é salvo! Por quê? Porque o crente fiel é morada de Deus em espírito (Jo 14.23; 1 Co 6.19,20). O servo de Deus não precisa pedir para Jesus entrar em sua vida, a menos que esteja desviado.
Meu irmão isto é apelar demais, qual pessoa mesmo o crente não faz isto todos os dias pedindo para Deus estar em suas entra em sua casa? Por mais crente que possa ser sempre precisamos desta presença, e este clamor deve estar na vida do crente sepre, e isto não quer dizerque esteja desviado, quer dizer que porque aceitei a Cristo não devo mais pedir sua presença em minha casa? Por favor Pastor não precisa apelar desta forma.

Renato -BH disse...

A graça e a paz pastor Ciro!
Devido ao grande sucesso (risos) que seus comentários sobre Zaqueu estão fazendo na grande rede, gostaria de aproveitar entao a oportunidade para pedir que o senhor analise outra canção muito entoada no meio envagélico: EU TENHO A MARCA DA PROMESSA.
Quando ouço a música observo que o cantor sempre fala muito do homem, acho que é mais centrada no homem do que em Deus. Se eu estiver errado por favor me corrija.
Que Deus continue te abençoando cada dia mais!!

Abraço

Renato Santiago

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro anônimo,

Você é mesmo um servo de Deus? Quem o é não precisa dizer que é, pois, aliás, o próprio Senhor Jesus disse: "Nem todo o que me diz Senhor, Senhor entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus" (Mt 7.21).

Fique sabendo que não há apelação nenhuma de minha parte, pretenso servo do Senhor. Também não é este escritor quem torce a letra da canção, mas, sem dúvidas, ela depõe contra as Escrituras, como já foi demonstrado. O irmão (irmão?) se deu ao trabalho de conferir as referências bíblicas citadas no texto, ou você, como um bom fã de Zaqueu, despreza a Palavra de Deus?

Você pergunta, amargo e incauto anônimo: "qual pessoa mesmo o crente não faz isto todos os dias pedindo para Deus estar em suas entra em sua casa?" Um crente que se preza, que tem certeza de que Jesus mora em seu coração (Jo 14.23), nunca pediria para Jesus entrar em sua casa e em sua vida!!! Mas de pessoas como você, que sequer tem coragem de dizer o seu nome, espera-se tudo, menos fidelidade ao Deus da Palavra e à Palavra de Deus.

Portanto, apelo para que você deixe de ser um fã de Zaqueu e de seus cantores-ídolos e seja um fiel seguidor do Senhor Jesus.

Acorde! Ainda há tempo.

CSZ

LAERTE PINTO DE BRITO disse...

Pr Ciro A paz do Senhor,hoje infelismente para muintos vale mais o modismo, ao invés da santa palavra de Deus. pr gostaría que o senhor comentasse esse testemunho, qual o seu julgamento dentro da palvra de Deus? http://www.youtube.com/watch?v=3YbPIekZbsAhttp://www.youtube.com/watch?v=28viAqye1kU

LAERTE PINTO DE BRITO disse...

http://www.youtube.com/watch?v=jsKu-PLJDMg

LAERTE PINTO DE BRITO disse...

http://www.youtube.com/watch?v=lwR8TAPZ7jMhttp://www.youtube.com/watch?v=bYMOQLK5iVchttp://www.youtube.com/watch?v=UfuI4VsCCqwhttp://www.youtube.com/watch?v=YAI7Pp49VZYhttp://www.youtube.com/watch?v=YAI7Pp49VZYhttp://www.youtube.com/watch?v=knfZBczSEL4

LAERTE PINTO DE BRITO disse...

http://www.youtube.com/watch?v=EStU_ZcogGg

Anônimo disse...

A Paz do Senhor, Pr. Ciro!

Pr. Ciro, estou com uma dúvida e peço para que se possivel for, o senhor me ajude. No terceiro topico o sr. escreveu: "se valorizarmos a subida de Zaqueu, estaremos admitindo que a iniciativa para a salvação é do homem, e não de Deus. Isso é gravíssimo! Por quê? Porque é o Espírito Santo quem convence o pecador (Jo 16.8-11). O pecador está morto, espiritualmente (Ef 2.1). Como poderia tomar a iniciativa de chamar a atenção do Salvador para si? O Senhor dotou o ser humano de livre-arbítrio, mas, no que tange à salvação, a iniciativa é sempre de Deus (Jo 6.37; Mt 13.1-8; At 17.30-34)."

Fico com dúvida pastor em relação a questão da doutrina da predestinação pregada pelos adeptos de Calvino e Agostinho. Afinal de contas exixte a predestinação (da forma que eles pregam) ou não? O nosso futuro já está traçado por Deus na questão de sermos salvos ou condenados, ou nós temos o "poder" de nos achegarmos a Deus pelo nosso livre-arbítrio?

Pr. Ciro, desde já agradeço ao amado irmão por sanar as minha dúvidas, e rogo a Deus para que continue lhe abençoando e iluminando!

em Cristo,
Cleiton Tenório
São Sebastião/SP.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Cleiton Tenório,

A paz do Senhor.

Não existe eleição arbitrária, de uns para a perdição e de outros para a salvação. O Senhor Jesus morreu pelos pecados de TODOS, e Deus sempre desejou que TODA a humanidade fosse salva (Hb 2.9; 1 Jo 2.2; Jo 3.16; 1 Tm 2.4, etc). Mas as doutrinas da eleição e da chamada para a salvação são bíblicas e precisam ser estudas com afinco e sem preconceito.

Biblicamente, QUALQUER pessoa pode ser salva, se, ao ouvir o chamamento para a salvação (Mt 11.28-30), mediante a pregação da Palavra (Rm 10.17) e o convencimento do Espírito (Jo 16.8-11), abrir o seu coração e confessar o Senhor Jesus (Rm 10.19,20).

A iniciativa para a salvação do perdido e morto pecador vem sempre de Deus. É Ele quem elege, chama, convence, comunica fé, além de ter dotado o ser humano de livre-arbítro. Mas, como também não existe graça irresistível, é mediante a livre-vontade que Deus concedeu ao ser humano que este recebe ou não a gloriosa salvação em Cristo.

Em razão de o ser humano estar morto em pecados (Ef 2.1-3), ele não pode por conta própria sentir as suas misérias. Por isso, o Espírito Santo o convence. Mas, uma vez convencido, o ser humano toma uma posição, podendo levantar-se, assim como fez o filho pródigo (Lc 15), ou endurecer o seu coração, como muitos têm feito (Hb 3.15).

Diante do exposto, reitero que o que deve ser destacado no episódio envolvendo Zaqueu foi a sua descida, posto que atendeu ao chamamento para a salvação (Lc 19.1-10), e não a subida, que ocorreu por mera curiosidade.

Em Cristo,

CSZ

Martins disse...

Pastor Ciro, a Paz do Senhor

A mesma dúvida do irmão Cleiton é a minha, no entanto mesmo após a resposta a dúvida persiste. Sempre entendi que ao ouvir a mensagem da salvação, cabe ao homem aceitar ou não mediante o livre arbítrio, ficando indesculpável diante de Deus, visto ter recebido o convite e rejeitado. Mas como o irmão explicou, a iniciativa para salvação é sempre de Deus, quer dizer que todas as vezes que alguém ouve o evangelho, o Espírito Santo o convence do seu pecado e pela dureza do seu coração ele rejeita? Ou alguns ao ouvir o evangelho é convencido pelo Espirito Santo e outros não? Se for assim como o nosso irmão disse, não seria semelhante à doutrina da predestinação, visto que alguns são convencidos do seu pecado pelo Espírito Santo e outros não. Se possível esclareça pois creio pode ajudar também outros irmãos a entender.

Abraços
José Martins

Anderson Gonçalves disse...

Caro Ciro, entendo seu ponto de vista, e o credito até certo ponto, mas vocês que criticam esta canção, não levaram em consideração alguns pontos...

Foi citado o fato de Zaqueu não ser um adorador, e que na música dizia: "como Zaqueu, eu quero...", dando a entender que havia uma contradição, o desejo de ser como alguém que não buscava a Cristo.

Primeiramente, é preciso ser um verdadeiro adorador, um convertido, para procurar por Jesus? É preciso buscá-lo com o coração aberto, pra que Ele possa agir? Quantas pessoas não o buscavam só por buscar, até que Jesus os "fisgassem" de vez, existem inúmeros testemunhos de pessoas que iam a igreja por causa disso e daquilo, menos por causa de Deus, mas um dia se sentiram tocadas e resolveram buscá-lo verdadeiramente, não que isto signifique que todos devam ser assim, mas Deus age até mesmo nos que o procuram desta forma. Há um outro aspecto que não foi lembrado, que é o fato de Zaqueu ter se arrependido, e inclusive confessado seus erros. Por que ninguém deu ênfase neste momento da vida do cobrador de impostos, seria este menos importante, irrelevante? Zaqueu se converteu, e isto é o que importa!
Há ainda um desvio de interpretação. Na música, é dito: "Como Zaqueu, eu quero subir..." isto não quer dizer que o compositor tenha expressado seu desejo de ser como Zaqueu, e sim o desejo de repetir o ato de Zaqueu, que é o de ter feito de sua pequenez (Zaqueu era mesmo um homem de baixa estatura) apenas um pequeno detalhe na procura por Jesus, e não um impedimento. Por ser muito pequeno, o republicano teve de subir naquela árvore.
Devemos nos atentar para coisas mais importantes, do que denegrir a imagem das músicas cristãs. Se for pra criticar, vamos criticar o créw, que é mais coerente, não acham?
O Senhor está sempre a dizer que todos os que defendem e cantão são idólatras, mas o que é idolatria pra você? Gostar de uma música? Idolatria é por algo, ou alguém acima de Deus, defender um ponto de vista, apenas, não é pô-lo acima de Deus, gostar de uma música, ainda sendo Dele, muito menos. Se fosse assim, haveria aqui muitos idólatras do senhor Pr. Ciro, isso mesmo, pois muitos aqui o defendem com unhas e dentes, e estão sempre a "exaltá-lo" pela sua sabedoria em colocar as palavras.

Ao criticar tanto como criticam, vocês não transmitem nenhum amor, isso é lamentável, principalmente se tratando de pessoas que se dizem "crentes". Parecem amar somente aqueles que os elogiam.
O maior mandamento é o amor, voltemo-nos para este.

A paz do Senhor!

Ailton disse...

Pastor como deve ser o nosso Louvor e adoração, se é errado pedir para Deus entrar em nossa vida.

Andrey disse...

Olá Pastor Ciro,
Fui um dos que te questionei por e-mail, mas tenho convicção que essa palavra fã não foi pra mim. rsss...

Gostaria de demonstrar minha felicidade por ter de você uma resposta dessa, fundamentada no proposito de Deus, à quaestões mal interpretadas. Confesso que agora, juntando essas às anteriores, me sinto convencido que esta coberto de razão e não mais irei pensar da forma que pensava.
Que Deus continue te abençoando, sempre!

hugo Cunha disse...

Paz Pr Ciro, concordo com o senhor, vivemos hoje tempos difíceis, e as péssoas são levadas pelo emocionalismo barato, não prestam atenção no que ouvem e nem no que cantam, mas continue expondo os erros e sigua com a verdade, por mais que as criticas cheguem, esse espaço que o senhor tem na inernet, tem que ser bem aproveitado, fique na Paz do Senhor Jesus!!!

Elaine Cândida disse...

UAI!

Cadê a Débora?

Ela tirou o blog do ar???

Alexsander piau alves disse...

A paz do Senhor amado pastor ciro! mais uma vez com carinho e respeito e com temor ao SENHOR DEUS que é digno de toda a glória e adoração, venho ocupar mais uma vez está tribuna de comentários e expressar a alegria em saber que ainda existem verdadeiros cristãos assim como o senhor pastor ciro; que entre poucos vem nos trazendo ensinamentos edificantes pela inspiração do ESPÍRITO SANTO e com certeza tem ajudado a muitos assim como a minha pessoa a não nos desviarmos do alvo que é o SENHOR JESUS, glórias a DEUS. Pois assim como está escrito em ROM:: 12:2. E NÃO VOS CONFORMEIS COM ESTE MUNDO, MAIS TRANSFORMAI-VOS PELA RENOVAÇÃO DO VOSSO ENTENDIMENTO, PARA QUE ESPERIMENTEIS QUAL SEJA A BOA E PERFEITA VONTADE DE DEUS. Observando este magnífico versiculo fico a imaginar; e com muita alegria e credibilidade que através das Escrituras sagradas ver, como os nossos pais, patriarcas do antigo testamento como também os verdadeiros profetas tanto maiores, como também os menores não tiveram as vossas vidas por preciosas vivendo, não para agradar homens profanos e caluniadores carregado de pensamento iníquo, Mas se dedicaram unicamente ao GRANDE REGENTE E CRIADOR DA TERRA E DO UNIVERSO DEUS! e que também nos tem proporcionado nesses ultimos tempos a alegria através da sua obra de redenção vicária na cruz do calvário fazendo assim uma grande e infalivél promessa de nos levar com ELE para morarmos no céu! é por esse maravilhoso e tão glorioso motivo que continuarei a louva-lo em quanto viver! e sou grato a DEUS também pastor ciro porque o senhor existe! e nos tem ajudado através do ESPÍRITO SANTO a combater os recheios de heresias que infelizmente paira em nosso meio. E faço aqui um apelo ao senhor pastor ciro não pare, por favor continue a ensinar e a exortar, pois este bog assim como os seus livros tem sido uma benção não só na minha vida como na de muitos, deixo aqui uma referência biblica para meditação.EZ:33;27-33 Um abraço. S.P. setor 09. A.D.belém.

Teóphilo disse...

Amado pastor Ciro,

Acho que não preciso ficar repetindo que estou contigo e não abro!

A paciência que demonstra para com os cegos me inspira.

O Senhor nosso Deus continue o protegendo e abençoando!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado "Ailton",

Como deve ser o nosso louvor e a adoração? Leia a Bíblia e, além de aprender o que é adoração e louvor, você se convencerá de que é errado pedir para Deus entrar em nossa vida. Lembre-se de que, se você é um salvo, Deus já mora em Espírito dentro de você.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão José Martins,

A Paz do Senhor.

A dúvida persiste? Então, o irmão precisa estudar a sua Bíblia com mais cuidado, recorrendo a obras de autores que sejam piedosos e reverentes à Palavra de Deus. Não pense que eu lhe darei uma "resposta mágica", capaz de colocar dentro da sua cabeça todas as verdades sobre a doutrina da salvação.

Reitero que é o Espírito Santo quem convence o pecador, quando a Palavra de Deus é pregada (como aconteceu com Lídia, a vendedora de púrpura), posto que aquEle age em conexão com o que está escrito na Bíblia. Mas o ser humano pode sim endurecer-se, haja vista ter o livre-arbítrio.

Lembre-se, em seu estudo sobre a salvação, da parábola do semeador. A semente era a mesma, mas houve quatro resultados diferentes. Por quê? Porque aqueles quatro tipos de terreno representam quatro tipos de receptividade à Palavra de Deus.

Em Cristo,

CSZ

Pr. Alexandre Sousa disse...

a paz do Senhor pastor Ciro!!
acredito que algumas atitudes de Zaqueu podem ser extraídas sim como lição à nossa vida, com exceção da questão moral antes da conversão, claro.
1. esforçar-se( naõ que a salvação seja uma obra humana), pois o Reino de Deus é conquistado por esforço(entendo que esse esforço refere-se a disposição, coragem).
2.colocar sua casa a disposição.
3. mostrar frutos dignos de arrepedimento.
4. e outros.....

mas relacionado a música, claro que há uma certa zaqueolatria, se é que existe essa palavra...porém , acredito que é tudo questão de poematização, essas coisas de música mesmo. tem fatos mais relevantes a serem descutidos pelos fãs e pelos(como eu)não aguentam mais não o louvor, mas a falta de criatividade dessas canções , pois a banalização das coisas divinas tem sido vista através dessa música...para vcs terem uma idéia, recentemente foi pastor de uma igreja em SP, e um dia em plena tarde, em um bar perto de minha casa em são miguel paulista, tinha uns " camaradas" bebendo e tentem descobrir que música eles estavam ouvindo? isso mesmo, parabéns, era " zaqueu".isso não é piada.portanto meu querido pastor ciro e amados blogueiros , com carinho claro, vamos esperar a nova onda , que já deve está sendo preparada.
em cristo jesus,
P. Alexandre Sousa, santa maria- DF

Ciro Sanches Zibordi disse...

Olá, Elaine!

A informação do Blogger é de que o blog da Débora foi removido. Procurarei saber o que aconteceu.

Um abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Anderson Golçalves,

Nós que criticamos a canção em apreço, principalmente este escritor, levamos em consideração tudo o que você falou, e mais um pouco, pois fizemos uma exegese do texto de Lucas 19.1-10. Ou seja, a argumentação apresentada no artigo acima decorre de estudo bíblico criterioso. É você quem não está levando em consideração o que a Bíblia realmente diz.

Zaqueu, quando subiu no sicômoro, não era salvo. Ponto. É isso o que a Bíblia realmente diz. Se aquele cobrador de impostos não era salvo, nós, que somos salvos, não podemos desejar ser como Zaqueu, que não era salvo! Isso é uma verdade bíblica incontestável. Não é a nossa opinião. É o que a Bíblia diz. Se você não quiser aceitar, não aceite-a. A verdade não precisa de aceitação para ser verdade.

Você diz que ninguém lembrou do fato de Zaqueu ter se arrependido, o que demonstra que você sequer leu o texto com atenção. Eu enfatizei isso e mostrei que só foi possível a conversão de Zaqueu depois de ele ter atendido o convite de Jesus para descer do sicômoro. Quando foi que ele se converteu? Quando ele subiu? É claro que não!

O feito de Zaqueu, ao subir na figueira, foi tão simples e fácil como o de pessoas curiosas, em grandes ajuntamentos. Preste atenção às reportagens televisivas que mostram grandes concentrações de pessoas, em protestos ou shows ao ar livre. Você verá pessoas em cima de árvores, de carros, de bancas de jornal... todas curiosas, querendo ver o que está acontecendo.

Você precisa, caro irmão, realmente ler o texto bíblico com atenção, pois Zaqueu não era um republicano! Ou você pensa que ela do partido de George W. Bush? Zaqueu era um PUBLICANO, um cobrador de impostos. E, para saber isso, basta ler a sua Bíblia. Não precisa sequer consultar um dicionário ou navegar pela Internet.

Quem precisa atentar para coisas mais importantes é você. Leia a sua Bíblia com atenção, em vez de se deixar guiar por canções desprovidas de embasamento bíblico. A Palavra de Deus nos manda examinar tudo (1 Ts 5.21), pois o crente verdadeiramente espiritual discerne bem tudo (1 Co 2.15). Jesus nos manda julgar segundo a reta justiça (Jo 7.24).

O que é idolatria para você? Eu é que lhe pergunto. Você sabe o que é idolatria, do ponto de vista bíblico? Repito: o irmão precisa ler e estudar a Palavra de Deus com atenção e reverência. Caso contrário, se apegará sempre ao que acha ou seguirá a opiniões de cantores-ídolos.

Outrossim, o irmão demonsta desconhecer o sentido bíblico de amor. Quem ama, verdadeiramente, fala a verdade, em vez de passar a mão na cabeça e tolerar o erro. Aliás, eu não me daria ao trabalho de responder ao seu prolixo comentário se não tivesse como motivação o amor. Eu podia simplesmente tê-lo apagado, como faço com alguns maldizentes de plantão, haja vista a sua falta de objetividade, de atenção ao texto bíblico, além de suas desnecessárias insinuações pouco elegantes.

Acorde, caro irmão! Ainda há tempo. Abandone as efemeridades, as coisas surpérfluas. Estude a sua Bíblia, a fim de que defenda pontos de vista realmente embasados na Palavra de Deus.

Você é um cristão de verdade, não é? Ou ainda está preso ao tradicionalismo romanista?

Com amor, verdadeiramente,

CSZ

Adriano Cassiano Pereira disse...

A Paz do Senhor, Pr. Ciro
Estou quase sempre acompanhando os seus comentários, fico satisfeito com isso, pela abordagem que fazes baseado unicamente na Palavra de Deus.
Isso para Jesus é honroso, porque os profetas foram apedrejados(Zacarias), torturados (Paulo e Silas), queimados (John Huss), cerrados ao meio, degolados (João Batista)e crussificados (O SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO, ALELUIA)simplesmente por falarem a verdade e não por fazer "prodígios, sinais e maravilhas", coisas estas que agradam as pessoas "crentes", "gospel" e "evangélicas".
Todo mundo quer subir, em todos os aspectos da vida, mas se esquece ou finge que para subir na vida cristã é o inverso "humilhai-vos embaixo da mão potente de Deus para no seu tempo(tempo DELE)ele vos exalte", e a maior exaltação é esta: A VIDA ETERNA garantida.
A grande preocupação hoje é ganhar, receber, buscar, vencer, pedir, bater e isso digo só as coisas desta terra, mas disse Jesus: "buscai primeiro o Reino dos céus e a sua Justiça e as demais coisas vos serão acrescentadas" e também "se ressuscitasse com Cristo, pensae nas coisas que são de cima" e mais "onde estiver o vosso tesouro aí estará o vosso coração".
Os fanáticos não gostam de renúncia, humilhação, nem se quer sabem argumentar para defender seus ídolos, irão se basear em quer? Na falsidade? Os idólatras terão suas recompesas, diz a Bíblia.
Por isso, digo Pastor Ciro, continue sempre firme e abundante e constante sabendo que o vosso sacrifício não é vão no SENHOR.
Desculpe-me não o texto que escrevi e sim a extensão do mesmo.
Do irmão Adriano

Francisco A. Barbosa disse...

Amargos fãs (rsrsrsr) ( adj.1. Que tem sabor acre e desagradável. 2. Fig. Doloroso; penoso.3. Duro, ofensivo. 4. Irritante, mordaz. fã (inglês fan) s. 2 gén.1. Indivíduo que admira entusiasticamente as vedetes do mundo do espetáculo!. = ADMIRADOR . 2. Pessoa que nutre grande admiração por alguém ou alguma coisa.); Impressionante e deleitosa sua maneira de escrever e até quando está a rebater os ‘elogios’... que o Eterno continue derramando sobre sua vida e ministério essa graça e unção! Paz.

Anônimo disse...

A paz do Senhor
gostaria que o irmão comentasse sobre o livro "feridos em nome de Deus" da editora mundo cristão. saiu na revista época, tá vendendo bastante.

Anderson Gonçalves disse...

Rsrsrs, ok, é PUblicano.

Bom, repito aqui a frase dita no comentário anterior:

...Na música, é dito: "Como Zaqueu, eu quero subir..." isto não quer dizer que o compositor tenha expressado seu desejo de ser como Zaqueu, e sim o desejo de repetir o ato de Zaqueu, que é o de ter feito de sua pequenez (Zaqueu era mesmo um homem de baixa estatura) apenas um pequeno detalhe na procura por Jesus, e não um impedimento. Por ser muito pequeno, o publicano teve de subir naquela árvore."

Ainda é dito na canção a frase: "Sou pequeno demais, me dá tua paz..." E isto não me deixa dúvidas quanto a intenção do compositor.

Numa coisa eu realmente não posso concordar com relação á música, que é o desejo do cantor em chamar a atenção de Deus. Isto realmente não é preciso, pois Deus nos sonda a todo momento, nos conhece por inteiros, não é preciso que chamemos sua atenção, para que Ele volte os olhos para nós. Também não é interessante o fato da música ser popularizada em rítimos tão banalizados, quanto o funk e o forró, porém ainda assim devemos focar no Deus que a música transmite, pois uma canção que diz "largo tudo pra te seguir", não pode ser de um outro Deus, ou ser contra Deus, senão dEle próprio.

Não faço aqui citações bíblicas, pois tenho imensa dificuldade pra guardar números de versículos na memória, não é falta de leitura, mas simplesmente não consigo memorizar estes números, só isso, mas estou convicto de que a canção não está equivocada, está sendo sim atacada, por representar um hit do momento. O fato do mundo cantar, não significa que a canção não deva ser utilizada para glorificar á Deus, afinal, também somos do mundo, não podemos nos excluir, e ter uma postura de julgamento, com relação aos que não buscam á Deus.

Não sou um doutor na palavra, como o senhor Pr. Ciro, porém busco sempre o dicernimento, e principalmente, o que vem do Espírito Santo, poderia ler a bíblia milhões de vezes, mas sem o discernir, de nada valeria. Eu leio sempre, e procuro estar atento ao detalhes.

Caro amigo, prestei sim atenção em suas endagações, porque não posso contestar aquilo que não conheço, mas este comentário fiz em relação ao post anterior, visto que meu comentário havia sido excluído da vez em que tentei postá-lo neste post, ao qual me refiro, e neste sim, não há qualquer menção da conversão de Zaqueu.

Eu acredito que não há pecado algum em se cantar uma música que fala de Deus, pecado haveria em colocar a canão, ou o músico, seja lá quem for, acima Dele, dai sim cairíamos em idolatria.

O que disse sobre idolatrar, está escrito na bíblia, confira e veja que eu não distorci nada. Um pecado pode ser uma idolatria. Assim como amar alguém mais que á Deus é uma idolatria.

Pra mim, se esta canção não existisse, não faria diferença alguma, pois minha espiritualidade não está alicerçada em cantigos e hinos de louvor, e sim na RESSURREIÇÃO de Cristo, que me permitiu a salvação. Claro que as canções em muito me ajudam a se aproximar de Deus, mas esta seria apenas mais uma, no meio de tantas que podem, com efeito, me trazer intimidade com Jesus.

Só acho que não era necessário, mesmo, condenar um música que é de Deus. Só isso. Até agora ninguém me deu argumentos suficientes para provar que esta música não seja dEle, e se não fosse, seria de quem então? Pra mim, só pode ser de Deus.

Mas se hoje proibirem de cantar esta música, destruirem todos os CDs, continuarei na minha busca por Deus de sempre, em nada me abalaria, pois minha fé não esta baseada em HITs.

Forte abraço!

diogo disse...

Boa noite Pastor Ciro, concordo com sua convicção a respeito da letra desta música, não havia ainda parado para meditar na mensagem da mesma, conforme o texto ao qual a mesma é "baseada", por tê-la ouvido e achar a letra muito bonita, mas após ter lido o artigo em questão pude perceber realmente o conteúdo da mesma que realmente não é tão bíblico como parecia para mim, talvez seja a mesma situação de outras pessoas não a falta de conhecimento, mas a falta de refletir biblicamnte sobre o que ouvimos. O SENHOR o abençoe.

Pastor Mozart Paulino disse...

Está na hora dos "fã"náticos dessa música sem nexo descerem do pedestal da idolatria, e adorarem de modo racional ao único e soberano Senhor.

MSP

Fernanda disse...

Pastor Ciro, sempre leio teu blog, e, agora, teus livros também.
Essa análise da música "Faz um milagre em mim" deveria ser distribuída para todas as igrejas...
Que DEUS continue abençoando sua vida.
Fernanda

alex disse...

Gosto muito dos seus comentáris, é sempre uma critica racional e bem balizada na palavra de Deus, então mesmo considerando radical ou não paro para pensa com muito respeito e admiração.
Fique muito feliz em saber que estarás em Mossoró rn para palestra na EBONR é minha cidade e será um prazer recebe lo.

Anônimo disse...

Se observassem melhor a historia de zaqueu, se aprenderiam melhor a situação atual, como uma multidão que se aproxima para ver Jesus,indiferente ao proximo, ao cego de jerico e seus gritos, e também com um homen de baixa estatura que todos sabem que e um pecador e que se conhecesse o mestre poderia mudar de vida, ninguém se esforça para que este o conheça, este porém sobe sobre uma arvoré e assim vê e passa a conhecer ao Senhor,creio que na eternidade zaquel ira agradecer a Deus por aquela arvore. poderiam se cantar assim "como aquela arvore levou zaquel até o Senhor usa me também Senhor para levar vidas até ti"

Erick disse...

O interessante desse pseudo hino, está na boca de muitas pessoas que não são evangélicas, e as pessoas estão pedindo pra Jesus entra na minha casa, entra na minha, meche com a minha estrutura e sara todas as feridas, agora enquanto pessoas pseudo entendidas da biblía não conseguiu fazer nada para a comunidade louvar a Deus e pedir para Deus entrar na vida dela.

Com Amor - Erick!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Senhor Erick,

Desculpe-me de não publicar todos os seus "elogiosos" comentários. Também tenho visto o quanto você é uma pessoa "amável" e que "nunca" fala mal de seus desafetos... Parabéns!

Quanto à canção em análise, ela realmente é muito popular. Até na Parada Gay, em São Paulo, foi tocada e cantada! Muito bom! Tenho certeza que o pedido de todos foi de coração!

Agradeço-lhe mais uma vez pela "audiência".

CSZ

J. Carlos disse...

Muito boas as suas colocações inclusive porque não havia atentado para muitos detalhes ainda, só discordo quando V. Sa. questiona o fato dos não evangélicos está cantando, mulheres semi-nuas. Meu prezado se formos abolir todas as músicas sacras que o mundo canta, com sentido de profanação, teríamos que abrir mão até da bíblia, pois há muitos que usam com sentido contrário ao seu fim.

Parabéns Pr Ciro

J. Carlos

André Sto Pedro disse...

Pr Ciro, a Paz do Senhor!!!

Quero somente registrar que não aguento mais o "Zaqueu" e o "sabor de mel". Na igreja quando escuto a introdução destas musicas, me da vontade de correr!!!

Grande abraço!!!
André Sto Pedro

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "J. Carlos",

V.Sa. não entendeu o que eu quis dizer. Eu não afirmei que uma canção deva ser abolida porque as pessoas do mundo a cantam! Eu asseverei que o fato de uma canção estar sendo aceita com tanta facilidade pelo mundo é um mal sinal, além de todos os outros problemas teológicos que enumerei. Isso biblicamente, é claro. Ou o irmão pensa que as coisas de Deus são aceitas com a maior naturalidade pelo mundo sem Deus, dominado pelo príncipe deste mundo, o Diabo?

A Bíblia, na verdade, é rejeitada pelo mundo sem Deus, ao contrário do que o irmão afirmou. Citá-la fora de contexto ou para mostrar que é intelectual e conhecedor de todo o tipo de literatura (como faz Jô Soares, por exemplo) não significa aceitar a mensagem da Palavra de Deus (cf. 1 Ts 2.13).

Grato pela participação.

CSZ

Anônimo disse...

Pr. Ciro

Sempre acompanho o seu blog e procuro extrair tudo de bom como tambem para enriquecer meus conhecimentos bíblicos para melhor difundi-los.
Então gostaria de saber sua opinião sobre cantores evangélicos licenciarem suas músicas para serem gravadas por grupos seculares.
Pode ser o caso da música em questão como tambem qualquer outra na mesma situação.
Em minha opinião entendo que aquilo que é consagrado a Deus deverá ser executado pelos que são seus servos.
Eu nasci em lar evangélico e meu pai(in memoriam) foi evangelista pelo sertão pernambucano e por um determinado tempo mantido por uma junta de missão estrangeira e nunca vi algo igual ao que está acontecendo às igrejas nestes quase quarenta e nove anos.

Eli

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor

Vou ser hipotético:

Digamos que Zaqueu, como muitos judeus da época Jesus, estava "louco" pra "tirar a prova" se Jesus realmente realizava milagres, se os milagres eram autênticos, e até talvez "provar" se realmente aquele era um homem de Deus.
Zaqueu sobe no sicômoro para "matar" todas as suas indagações. Era mais um curioso querendo ser testemunha ocular dos fatos/boatos que rondavam a Judéia!
Mas então, no cenário entra Jesus, que oferece a Zaqueu uma oportunidade: de passar a ser, ao invés de uma simples "platéia", ser agora um participante das maravilhas do glorioso Reino de Deus; sim, o Reino de Deus (ou Reino dos Céus) no qual Cristo tanto falou em suas parábolas!

Chamando Zaqueu pelo nome, Jesus talvez tenha quebrado todo o esteriótipo que talvez Zaqueu tivesse: "Vou assistir ao espetáculo com uma visão privilegiada, aqui em cima desta árvore"; mal sabia ele, que Jesus queria fazer sim algo grandioso na sua vida, mas não era nenhum espetáculo, antes, vinha trazer a Paz e a Justiça que excede todo entendimento humano, que só Jesus pode nos dar!
Jesus o chama pelo nome, pede para ele descer. Contrariando todos os seus primeiros propósitos, Zaqueu agora vê verdadeiramente que aquele o qual falava com ele, não era um simples mágico, truquista, feiticeiro, mas era mais que um homem de Deus ou um profeta do Altíssimo, pois aquele era o Filho de Deus, sim, aquele no qual estava a salvação de Israel, o Messias prometido, que agora chamava o pequeno Zaqueu para cear com Ele. Zaqueu agora, lançando mão de toda maldade, poderia conhecer a Verdade e ser participante do Reino de Deus!

Em Cristo, um caso hipotético, mas seja a Glória a Ele!

silv@ni@ disse...

Pastor ciro ,quero te dizer que desde o primeiro dia que ouvi esta canção não me agradei muito,porque como posso pedir ao Senhor que mexa com minha estrutura,se não aguento de tristeza quando vem as provas?
Se ele quizer mexer que ele mexa sem eu pedir,certo?
Um abraço na paz do Senhor!

toggle disse...

Em primeiro lugar não precisamos ir longe, rs..... Como zaqueu quero subir... kkkk... subir numa figueira brava com espinhos.... isso fala justamente a forma que as pessoas querem ver JESUS hoje. A figueira brava fala de uma religião... só que essa tem espinhos... uma religião não mostra JESUS e sim suas doutrinas, dogmas e etc....

Então meus irmão, como zaqueu eu quero descer... rs.....

Sem comentários ao restante dessa letra de música.

Anônimo disse...

Boa noite pastor, primeiro gostaria de falar que não sou evangelica,mas cristã pois crio em Cristo.
Concordo que esta musica não deveria estar sendo cantada por grupos de forró ou samba, acho um desrespeito ao compositor e principalmente a Deus.
Agora quem somos nós ou voces evangelicos para criticar as pessoas ou se acharem os unico salvos onde está escrito que só evangelicos serão salvos e são filhos de Deus ou merecem o perdão ou mesmo podem cantar louvores, ora pastor não seja igual aos pecadores que não creem em Cristo.
A musica passa uma versão distorcida da realidade,mas Zaqueu se arrependeu e todos tem esse direito e não devem ser julgados pelo que passou, ele subiu e Deus mostrou a ele seu erro foi preciso para poder se arrepender e o mais importante é reconhecer seu pecado e seguir a Deus.

Genis disse...

Eu acho incrível sua capacidade de análise. Parabéns! Precisamos deixar de ser alienados. Genis.

Ellyx disse...

Fiz uma análise semelhante, mas alguns cristãos com quem compartilhei, me acharam radical e deixaram ser massa de manobra.

Não quero ser religioso, senão bíblico, usando hermeneutica, exegese e outras tecnicas para interpretar corretamente a bíblia.

Parabéns, espero que não perca a essencia em nos alertar nesse sentido, agora lembre-se sempre do que a biblia diz: aquele que exorte, que o faça com amor.

Deus abençoe.

Claumirzinho disse...

Pr., o que mais me preocupa é realmente o engano de que pelos nossos esforços podemos receber a salvação, pelos nossos esforços podemos mover a mão de Deus!!!Esforça-te!!!!Vamos fazer campanhas!!! Essas pessoas estão declarando que Deus muda e que pelos os seus sacrifícios serão atendidos.
Infelizmente a Evangelho de Cristo está minimizado a isto!
Parabéns e fique na paz!!!

Diácono Rubens Herbst disse...

Paz do Senhor Pr.Ciro,agradeço A Deus por existir homens de Deus assim como o senhor,para nos alertar quanto a muitas heresias que tem cido pregada,cantada e ensinada,em nossas igrejas,que O nosso Senhor Jesus venha levantar mais homens de Deus assim com essa coragem de mostrar o que realmente a Bíblia nos ensina,e não o que faz cócegas nos ouvidos dos crentes,saudações No Senhor...

Jonathan - RJ disse...

A paz do Senhor , gostaria de saber se o Senhor ja viu um certo video postado no youtube entitulado -" Faz um milagre em mim do capeta " e se já qual a sua opinião sobre o video citado . Se for possivel responder-me por e-mail agradeço (jotanoce@yahoo.com.br)
Obrigao
A paz do Senhor Pr. Ciro

Israel Gusmao@produçoes disse...

A paz do Senhor Pr. Ciro.
louvo a Deus pela vida de homens como o senhor, que ñ teme o perigo, e fala a verdade de Deus, com autoridade. É lamentável o que ta acontecendo, estão transformando os louvores em cançoes mundanas, e como se ñ bastasse, estão substituido os cultos por shows, já adquirir seus livros "Erros que os...1 e 2" e aguardo o lançamnto do proximo, tenho aprendido muito com seus livros, tem sido excelentes ferramntas em auxilio ao estudo das Santas Escrituras. Que Deus lhe abençoe mais, é o que pedirei nas minhas orações, Amém.

Sonia disse...

Excelente!
Vou comentar no meu blog e colocar um link para o seu blog.

A Paz do Senhor!