terça-feira, 3 de março de 2009

O "cair no Espírito" e a "unção do riso" têm apoio bíblico?

75 comentários:

Blog do Jordanny Silva disse...

Pastor,

Particularmente já participei algumas vezes de movimentos em que as pessoas "caíam no poder". Entretanto, verifiquei que, grande parte delas continuavam da mesma forma/estado em que se encontravam, ou tornavam-se piores do que já eram. Não confundo aqui o "cair no poder" com o prostrar-se na presença de Deus (quem já experimentou investir em um dia de consagração, jejum e oração, nota que, ao final, em virtude da própria debilidade física, ficamos prostrados). Entretanto, como foi mencionado nesta postagem, se não for para edificação, não há motivo para aplicar no culto.

O que percebemos é que, grande parte dos crentes, têm sido "meninos" na fé, não sabendo distinguir, segundo a Palavra, o que é certo e errado.

Graças a Deus, depois que saí do meio de tais práticas, tenho me sentido muito mais edificado e fundamentado na fé (não uma fé intuitiva e emocional, mas uma fé racional e fundamental Hb. 11: 1), por meio da Palavra de Deus.

Muito esclarecedora esta postagem!

A paz do Senhor!

Jordanny Silva
Brasília - DF

Teóphilo Noturno disse...

Fico tão satisfeito em testemunhar um pastor da Assembléia falando este tipo de verdade... isso me reafirma que a Igreja de Cristo não tem denominação: será salvo aquele que buscar a Verdade através da Palavra!
Talvez as palavras não sejam suficientes para demonstrar a efusão em que digo: PARABÉNS!! E isso é de coração... do coração de um servo do mesmo Senhor!!!
Que as bençãos sobre ti não cessem!!!

Zeriky de Souza disse...

Paz do Senhor amado Pastor Ciro

Não tenho como negar sua exposição, a palavra de Deus é clara quanto a essas
?manisfestações do espírito?.
Bom sou líder dos jovens da minha Igreja, A.D. Areias São José/SC, e fizemos um lindo retiro, nos dias em que o Brasil estava festejando o carnaval, 4 dias retirados dessas podridões, no domingo estava na programação do retiro, nosso culdo as 20:00hs, era pra ser um culto abençoado com hino e com a Palavra de Deus exposta, mas o Senhor foi além, quando eu fiz a horação no início já senti fortemente o Espírito Santo de Deus, começamos a louvar, de mãos dadas, os jovens começaram a se abraçar, então o espírito santo tomou conta do lugar, detalhe, era caranaval, todas as casas em volta geralmene usam o som no último volume, quando começamos o culto, não estavamos ouvindo nada, só o louvor e a adoração dos jovens, claro tudo com ordem, não tinha ninguém pulando nem gritando, mas fomos tocados pelo Espírito Santo de Deus, nos ajoelhamos, oramos, clamamos, jovens foram batizados com o Espírito Santo, e em um momento Pastor, confesso ao Senhor que perdi as forças, e me deitei no chão, não porque Deus me derrubou, mas eu estava tão feliz pelo acontecido que não consegui ficar de pé, não estou dizendo que fui arrebatado ...nada disso, eu estava conciente, não estava inconciente, mas me deitei no chão pela alegria que foi aquele momento na presença de Deus, quase 30 jovens se rendendo ao Senhor, 4 almas aceitando a Jesus, pois levamos Jovens que ainda não tinham aceitado a Jesus.
Tudo com ordem e descência, ficamos uma hora e quarenta minutos em louvor e adoração...
Este é um relato verdadeiro que aconteceu no domingo de caranaval, no retido de Jovens da A.D. de Areias São José.

Em Cristo, Ax. Zeriky de Souza

Pr. Newton disse...

Nosso pr. Ciro,

A Paz do Senhor!

Segue parte do texto em meu blog, com o título: Gritos! Cai Cai! Prosperidade!

O cai-cai, já investigado, por mim mesmo, em perguntas aos caídos, me permitiu chegar a algumas conclusões. Vamos lá!

Newton perguntou: Você caiu por quê?
Caído respondeu: Para ver como é que é!

Newton perguntou: O que você sentiu ao cair?
Outro Caído respondeu: Nada. Foi somente para ver o que se pode sentir!

Newton perguntou: Como foi que você caiu?
Outro caído diferente respondeu: Fui empurrado, e me deixei cair!

Newton perguntou a mais alguns caídos, as mesmas perguntas, e recebeu, respostas quase idênticas.

Incrível e extraordinário! O poder de Deus(?) está(?) nas mãos destes homens com a unção(?) chamada cai-cai(?).

Ah....para não esquecer, o a "unção do riso", me causa tristeza e...muita vontade de chorar, afinal, é uma vergonha que muitos crentes, por não conhecerem o Deus da Palavra e a Palavra de Deus(como diz o pr. Ciro), estão caminhando para a destruição espiritual e no final chorarão, por causa desta unção mentirosa.

Deus te fortaleça, pr. Ciro, em sabedoria e conhecimento a cada dia,

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Cristiane Carrillo disse...

Paz do Senhor,pastor!
A maioria dos cristãos e teólogos tem (assim como a maioria das pessoas) a sua "verdade" dos fatos e da bíblia!
O que a bíblia relata e ensina é indubitável! Não há o que questionar... Nunca me deixei levar pelo que dizem e sim por aquilo que a PALAVRA ensina. Mas eu tenho a minha experiência com Deus, cada um tem a sua... desde que não seja algo que cause escândalo ou que seja pecado, cada um sabe como Deus age em sua vida.
Eu já "cai de poder" e foi muita glória. O que ganhei com isso? mais sensibilidade e comunhão com Deus. Isso serve pra qualquer um? não... Isso leva alguém ao inferno? não... Isso leva alguém ao céu? não...
Cada um sabe de sua comunhão com Deus! Alguns levantam a mão, outros batem palmas, outros se ajoelham... cada um adora a Deus de uma forma muito particular (com as restrições supracitadas). Talvez, e isso acontece, alguns (muitos) exagerem e acabam por tomar atitudes infantis durante cultos e pregações. Mas dizer que "cair" é ou não é de Deus é muita pretensão.
É melhor ser uma criança que escuta a voz de Deus do que um sacerdote cego e surdo...
Paz do Senhor,amados!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada Cristiane Carrillo,

A paz do Senhor! Respeito a sua opinião. Mas tenho algumas ponderações.

1) A maioria dos cristãos e teólogos têm a sua "verdade" dos fatos e da Bíblia! Porém a Palavra de Deus é A VERDADE, ainda que eu tenha a "minha verdade". Como disse Pedro, todo homem é como a erva, mas a Palavra de Deus permanece para sempre (1 Pe 1.23,24).

2) O melhor caminho é nos apegarmos à VERDADE da Palavra de Deus, e não à "nossa verdade" ou às nossas experiências.

3) A irmã está certa ao dizer que tem a sua experiência com Deus. Até o apóstolo Paulo teve experiências! Ele inclusive teve o privilégio de ter sido arrebatado ao Terceiro Céu (2 Co 12). Entretanto, a fonte de autoridade dele era a Palavra de Deus (1 Co 4.6; 15.1-4; Gl 1.8).

4) O "cair no Espírito" tem causado, sim, escândalo ao evangelho. Basta a irmã ver as aberrações que estão no YouTube, envolvendo Benny Hinn, Kenneth Hagin, Kenneth Copeland e seus espalhafatosos discípulos brasileiros.

5) Na Palavra de Deus não há nenhum fundamento para o "cair no Espírito". Jesus NUNCA derrubou ninguém. Algumas pessoas podem cair por não suportarem a glória que estão sentindo, conscientemente, como aconteceu com João, na Ilha de Patmos. Mas ele permaneceu CONSCIENTE.

6) Deus não arremessa ninguém ao chão mediante "sopros ungidos" e "paletós mágicos". Isso é prática relacionada com milagreiros e enganadores. Examine a vida de Jesus, que andou fazendo o bem (At 10.38), a de Paulo, Barnabé, Pedro, Silas, Timóteo... Veja se há base bíblica para as aberrações que ocorrem hoje?

7) Eu afirmo, com toda a certeza, categoricamente, sem medo de errar (como diz o meu amigo, pastor Newton Carpintero), à luz da Palavra de Deus, que não nos deixa enganados (porque é a Palavra de Deus!), que o "cair no Espírito" NÃO É DE DEUS!

8) Quem derruba as pessoas à moda Benny Hinn e seus discípulos é o Diabo! Isso está claro no Novo Testamento. Lembra-se daquele garoto era arremessado ao chão, e Jesus o libertou, LEVANTANDO-O?!

9) Considero-me pentecostal e espiritual, mas não há nenhum fundamento, reitero, na Palavra de Deus para "cair no Espírito", "unção do riso" e outras aberrações tidas como "mover de Deus".

10) O culto que agrada ao Senhor é espiritual, mas decentemente e com ordem. Não é melhor ser uma criança! Pois o texto de 1 Coríntios 14 nos manda ser adultos no entendimento, e meninos apenas na malícia. De acordo com Efésios 4, temos de amadurecer. Isso é a verdadeira espiritualidade, a não ficar rolando, rosnando, uivando, berrando "pelos cotovelos", rindo sem parar... Isso jamais será espiritualidade, tampouco pentecostalismo.

Com amor e sinceridade diante de Deus,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Teóphilo,

Que bom que o irmão ficou satisfeito! Agradeço-lhe pelo efusivo "parabéns".

Mas gostaria de dizer-lhe que, a despeito de não conhecê-lo, também fico satisfeito quando vejo pastores e crentes em geral de movimentos cessacionistas entendendo melhor o pentecostalismo bíblico e sabendo distinguir entre manifestação do Espírito (bíblica) e manifestações outras sem a aprovação dEle.

Em Cristo,

CSZ

Cristiane Carrillo disse...

Caro,pastor Ciro!
sinceramente...a única coisa que posso afirmar é que diante do que o senhor expos, acho não estamos falando no mesmo "cair". O senhor se refere a oportunismo,ignorância e meninice... eu me refiro a poder de Deus! Sou assembleiana há 10 anos e ja passei por todas as "fases" da igreja. Ja vi e vivi de tudo...aprendi a reter o que é bom.
Quando disse que cada um tem a sua "verdade", quis dizer que por mais que tenhamos todo o conhecimento biblico, somos homens... e homens são falhos! O senhor, pra mim, é exemplo e extremo conhecedor das santas escrituras... mas não o dono da verdade. O senhor não esta livre do erro.
Leio os seus textos porque sou sua "fã"... sei avaliar meus conceitos e discernir o que é bom ou ruim.
Concordo com a sua resposta em parte...
Em relção ao seu comentario no texto que fiz acerca do arrebatamento...fico grata. Tenho me preocupado muito com esse tema.
Paz do Senhor!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada Cristiane Carrillo,

A irmã tem todo o direito de discordar do que eu escrevo ou prego. Não vejo nenhum problema nisso. Até porque a irmã é uma pessoa educada, amável e demonstra ter, de fato, o fruto do Espírito. Fico feliz quando pessoas com essas qualidades discordam de mim. Mas...

1) Quando eu faço menção do chamado "cair no Espírito", refiro-me àquela aberração mediante a qual pessoas são arremessadas ao chão. Não há, repito (com inteira convicção), apoio da Palavra de Deus a isso.

2) Sendo um pouco mais claro, não há respaldo de Deus a essa manifestação, pois Ele magnificou a sua Palavra e o seu nome acima de tudo (Sl 138.2). Não havendo apoio escriturístico, não há abono de Deus.

3) Eu me refiro, ao mencionar o "cair no Espírito", a oportunismo, a ignorância, a meninice... mas também a falso poder de Deus, para enganar pessoas incautas, as quais, lamentavelmente, se distanciam da Palavra do Senhor e do genuíno poder do Espírito Santo (2 Ts 2.9; Mt 7.21-23).

4) Fiquei feliz ao saber do seu progresso, nesses anos de conversão, pois, de acordo com a Palavra, a vereda do justo é como a luz da autora, que vai brilhando, brilhando, brilhando... até ser dia perfeito (Pv 4.18; Hb 6.9).

5) Os homens realmente são falhos! E eu também o sou, com toda a certeza. Mas na Palavra de Deus temos segurança total. Caso contrário, para que serviria a Bíblia? Para cada um interpretá-la a bel-prazer?

6) Perdoe-me, mas não posso concordar que alguém, com a Bíblia na mão, entendendo verdadeiramente a sua mensagem (e não apenas pensando que entende), esteja enganado. Não podemos cair no erro daqueles que dizem: "Cada um tem a sua interpretação".

7) À luz da Hermenêutica (ciência e arte de interpretar textos), uma matéria que, por graça de Deus, eu conheço bem, devemos perguntar primeiro ao texto o que ele significava para quem o recebeu, e não o que significa para mim. O que vale é o sentido original. Fazer exegese de um texto nada mais é que extrair dele o sentido original. E quem faz isso, e com a iluminação do Espírito, NÃO ERRA. Antes, discerne bem tudo (1 Co 2.15), não indo além do que está escrito (1 Co 4.6).

8) Os espíritas, por exemplo, dizem que João 3.3 fala da reencarnação, mas sabemos que não é isso que diz o texto, que trata do novo nascimento. Portanto, o que vale é o que Deus DISSE, originalmente, e não o que eu penso a respeito do texto.

9) No caso do assunto em análise, não estou me valendo do que acho, penso. Por isso, tenho segurança de que a Bíblia não corrobora o chamado "cair no Espírito" nem a "unção do riso".

10) Agradeço-lhe por me considerar exemplo... Saiba que eu não quero desapontá-la, mas quem frequenta este blog, lê meus livros e ouve as minhas pregações sabe que eu não prego ou escrevo para agradar ou desagradar pessoas. Tenho minhas convicções à luz da Palavra e as compartilho.

11) Eu realmente não sou o dono da verdade. Mas tenho convicção de que a Palavra de Deus é verdadeira. E tudo o que eu disse à luz da Bíblia é A VERDADE, porque a Bíblia é A VERDADE, e esta é de Deus, e não minha.

12) Não estou livre do erro, como a irmã salientou, porém a Palavra de Deus é inerrante e infalível. E o que eu disse, portanto, é verdadeiro, porque eu nada disse de mim mesmo. Desculpe-me por repisar e reprisar esse conceito.

13) Sei que a minha maneira de falar soa como se eu fosse o dono da verdade. Mas, como Paulo falava? Como Pedro falava? Como Cristo falava? Como donos da verdade! Por quê? Porque eram porta-vozes do Dono da verdade, isto é, do Deus da Palavra.

Finalmente, agradeço-lhe por ser minha admiradora... Não sei se ainda continuará depois desse nosso, digamos, "embate" (risos).

Com amor, sinceridade e muita convicção pela Palavra,

CSZ

Cristiane Carrillo disse...

Mais uma vez...Caro pastor Ciro!
Tive vontade de rir agora...não do senhor,mas da situação!
De forma alguma me irrito ou ouso pensar em deixar de desfrutar dos seus textos. Quando "discutimos" acerca de determinado assunto temos a oportunidade de avaliar pontos de vista....A cada explicação que o senhor apresenta eu aprendo e avalio a sua e a minha postura!
Como disse anteriormente...eu sei discernir o que é ruim ou não. Retenho aquilo que acho oportuno!
De fato, muita das vezes, seu posicionamento assusta... Mas conhecendo os seus textos e pregações... eu já conheço a sua forma de verbalizar a palavra e seu ponto de vista em relação a determinados assuntos.
Quando EU me refiro ao "cair no espirito", me refiro exatamente ao que o senhor disse em relação a João- o peso da glória.
Eu sou muito cautelosa e criteriosa em relação a "certos movimentos" e suposto "poder de Deus... não concordo!
Continuo me referindo a grandeza da glória de Deus e não a pregadores oportunistas.

* IICrônicas 5:13, 14 E aconteceu que, quando eles tocavam as trombetas, e cantavam, para fazerem ouvir uma só voz, bendizendo e louvando ao senhor; e levantando eles a voz como trombetas, címbalos, e outros instrumentos musicais, e louvando ao senhor, dizendo: porque ele é bom porque sua benignidade dura para sempre, então a casa se encheu de uma nuvem a saber a casa do senhor; E os sacerdotes não podiam permanecer em pé, para ministrar por causa da nuvem; por que a glória do senhor encheu a casa de Deus.

Quanto mais essa discussão prosseguir, mas eu aprendo!
Sei perfeitamente que a PALAVRA só permite uma interpretação.... Se não houvesse interpretação errônea não haveria tantas igrejas, seitas e heresias. Longe de mim relacionar o senhor a alguma delas.. Mas só enfatizo o meu desconforto em relação a essa plena convicção dos fatos....
Como eu disse, a discussão me permite saber se estou certa ou não...
Se correta, defendo ate morte (literalmente). Se errada, avalio e reconheço minha ignorância!
Continuo achando (com certeza ate que se prove o contrário) que o senhor é um dos maiores defensores do Reino.
Paz do Senhor!

Teóphilo Noturno disse...

Pastor Ciro, só gostaria de registrar que sou o pior cessacionista que o senhor já deva ter visto, pois creio na MULTIFORME GRAÇA DE DEUS, ou seja:
1. Não ajo como Tomé e os judeus que necessitam de sinais para crer: simplesmente creio com base na Palavra.
2. Não duvido do poder de Deus, mas não posso crer nos "manuais" que são criados no subconsciente dos crentes: "faça isso que ocorre aquilo" ou "Deus é obrigado a te responder"... se Deus quiser manifestar seu poder através de um milagre, quem sou eu para duvidar?
3. A questão é que tal milagre será, assim como uma impressão digital: ÚNICO e de forma alguma irá contra a Palavra e muito menos dará origem a um novo livro pós-apocalíptico a ser adicionado na Bília...
Realmente poderia discorrer muito sobre o assunto, mas sou cessacionista apenas no sentido de que Deus não precisa soltar "fogos de artifício" para convencer os pecadores do pecado, da justiça e do juízo e exatamente tudo o que o senhor fala no áudio também!
Um abraço!

mover do espírito santo disse...

A Paz do Senhor, não desista, continue sendo um trabalhador da "Última Hora"...

kleber de sa disse...

A Paz do Senhor,pastor Ciro.
otimo e bom artigo sobre tal assunto.esses dias atras um irmão em Cristo me perguntou;irmão você dança no mistério, e eu lhe perguntei,ta na Bíblia e ele me disse;você não entende nada da unção de Deus não é!eu lhe perguntei novamente,você pode me mostra algum exemplo? ele disse e miriã e Davi,eu lhe respondi.leia a carta de Paulo aos corinto cap;14 e você vai ver se o que você me diz tem respaudo biblico, ele não me respondeu nada mais .
em fim ,pastor Ciro o que o senhor tem pra fala sobre isso.o senhor já ouviu fala disso.

ficarei muito Grato pela resposta
e opinião.
kleber de sa
04/03/09

Que Deus o abençoe.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada cantora e escritora Cristiane Carrillo,

É muito bom conversar com pessoas como você. Eu estava até pensando em transformar a nossa discussão em uma série... Digo isso porque não é sempre que podemos debater em alto nível, com pessoas calmas, educadas e, acima de tudo, verdadeiramente cristãs.

Eu gosto da sua convicção, quando diz: “eu sei discernir o que é ruim ou não. Retenho aquilo que acho oportuno”. Seria bom que todo crente tivesse essa certeza, mas com fundamento na Palavra de Deus, é claro.

Meu posicionamento a assusta? Risos. Mas, quando lemos a Bíblia sem preconceito também ficamos assustados!

Bem, voltemos ao famigerado “cair no Espírito”. João realmente não suportou o “peso” da glória, mas observe que não houve “paletó ou túnica mágica”, não houve “sopro ungido”, não houve o deprimente espetáculo que ocorre em apresentações de super-pregadores como Benny Hinn e seus discípulos brasileiros, que, aliás, o consideram mais ungido do que o próprio Ungido de Deus, que andou na terra curando a todos os oprimidos do Diabo porque Deus era com Ele (At 10.38).

Fiquei feliz em saber que você é “muito cautelosa e criteriosa em relação a ‘certos movimentos’ e suposto ‘poder de Deus’”. O crente que se preza precisa mesmo julgar, provar, examinar, discernir (1 Jo 4.1; Mt 7.24; 1 Ts 5.21; 1 Co 2.15, etc.).

Mas o texto que a irmã citou, 2 Crônicas 5.13,14, tem sido torcido pelos super-pregadores milagreiros e seus seguidores. Observe que, na versão ARC, está escrito: “e não podiam os sacerdores ter-se em pé, para ministrar, por causa da nuvem, porque a glória do SENHOR encheu a Casa de Deus”. E, na versão ARA, está escrito: “de maneira que os sacerdotes não podiam estar ali para ministrar, por causa da nuvem, porque a glória do SENHOR encheu a Casa de Deus”.

A irmã que sabe reter o que é bom, deve ter notado que o texto em momento algum afirma que eles “caíram”. Não! Mil vezes não! Eles não suportaram permanecer no local MINISTRANDO! Eles não tinham como resistir a glória presentes ali. Por isso, não permaneceram no local. Eles se RETIRARAM da Casa de Deus! Infelizmente, os super-pregadores usam esse texto erroneamente para defender as suas peripécias. Mas eu sei que a irmã sabe distinguir uma coisa da outra.

Que há interpretações errôneas, não há dúvidas. Mas há a interpretação correta, feita com submissão ao Espírito e atenção aos princípios de interpretação da Bíblia (Hermenêutica e Exegese). Quem age assim dificilmente erra em questões de grande relevância, pois a Bíblia interpreta a própria Bíblia.

Não se sinta desconfortável em relação à minha plena convicção dos fatos, pois o apóstolo Paulo, que é exemplo, para todos nós também tinha essa certeza, não é mesmo?

A sua conclusão desarma qualquer debatedor: “Continuo achando (com certeza até que se prove o contrário) que o senhor é um dos maiores defensores do Reino”. Mas a recíproca é verdadeira!

Um grande abraço! Está sendo muito proveitoso o nosso debate.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado Teóphilo,

Eu nem sabia que o irmão era cessacionista... Mas, quanto às suas considerações, acrescento:

1. O irmão age como Tomé e os judeus que necessitavam de sinais para crer: simplesmente creio com base na Palavra. Mas não ignore os sinais, prodígios e maravilhas, pois eles têm apoio bíblico. Eu sou contra os falsificadores da Palavra de Deus, mas não contra milagres e manifestações do Espírito genuínas.

2. Concordo com o item 2, mas a ponderação que fiz acima também vale aqui.

3. Realmente nada supera a Palavra de Deus. Ela está acima de tudo e todos (Gl 1.8), mas que os milagres e maravilhas ocorrem em decorrência da pregação do evangelho ocorrem (Mc 16.15-20; 1 Co 12.28,29, etc.).

Um grande abraço!

CSZ

Lucas Marin disse...

Por tudo isso, gostei desse trecho!


"5) Na Palavra de Deus não há nenhum fundamento para o "cair no Espírito". Jesus NUNCA derrubou ninguém. Algumas pessoas podem cair por não suportarem a glória que estão sentindo, conscientemente, como aconteceu com João, na Ilha de Patmos. Mas ele permaneceu CONSCIENTE."


Tenho algo a observar!
Até João (em Apocalipse), apenas poucos homens caíram sem forças diante da gloriosa presença de Deus (1 entre mil crentes ou mais)!
Isso tudo revela a raridade do acontecimento, que se torna experiência quase única pra quem presencia!
Outro fator é a individualidade dos acontecimentos em que os grandes homens de Deus caíram com chão em terra! Nínguém os induziu a isso, senão seu próprio corpo carnal e corruptível!
No próximo estágio dessas experiências, vemos todos esses sendo levantados ou convocados a colocar-se de pé (Sinal que o próprio Senhor os possibilitava de ficar em pé). Logo, não era da vontade do Senhor vendo seus servos em em terra, derrubados como se o Senhor fosse um senhor terrível e impiedoso!
No episódio citado em 2 Crônicas 5:14, como já bem explanado, não exige que os sacerdotes tinham de cair "extravagantemente" ao chão (assim como alguém é atingido por uma paulada)!
Até a chegada de homens como B.H. pelo mundo (e o conhecimento dele aqui no Brasil), as únicas ocorrências de pessoas que caíam eram as pessoas endemoninhadas (que chegavam até perder o sentido) e as pessoas que, em sua experiência particular de exaustão diante da presença de Deus!
Mas com o B.H., isso tudo se tornou num grande modismo e, cair no culto, tornou-se em "sinônimo" de "poder de Deus"!
Então, a partir daí, quem derruba mais é o pregador mais "usado por Deus"(quando poderia ser o mais servo, o que mais trabalhava pra ganhar almas,etc) e quem cai está sempre sobre a operação de Deus (o mais curioso é que o pregador nunca cai - partindo do fato que a glória de Deus é tão abundante assim, o pregador deveria ser o primeiro a não consiguir andar naquele momento)!
O Senhor, quando age, não leva nínguém ao chão, mas a nossa própria carne fragilizada possibilita isso!
Mas, o Senhor Deus, todavia é perfeito, e não fará nada com propósito maravilhoso em nossa vida!
O mesmo Deus, também quer de nós que guardemos sua Palavra e a cada dia neguemos mais a nós mesmos (neguemos até de priorizar a experiências pessoais)!

Eu, particularmente, sofri, tive que aprender e ainda tenho a aprender isso! Passei por momentos difíceis por motivo de as experiências pessoais me tentarem a priorizá-las, em vez colocar em primazia a Palavra de Deus!

A Paz do Senhor esteja convosco!

Cristiane Carrillo disse...

CAIR NO ESPIRITO- PARTE 4! rs
Paz do Senhor, pastor Ciro!
Desde ontem a noite eu tenho feito uma reflexão muito grande acerca de tudo o que estamos “discutindo”. Estou lendo e relendo muitos textos (a bíblia em primeiro lugar) para embasar melhor as minhas respostas, não posso utilizar os meus “achismos”.
Então... Não é minha intenção colocar a minha experiência em uma posição superior à Palavra de Deus. Por mais que experiências pessoais sejam importantes, elas variam muito e são singulares. Além disso, a experiência deve estar dentro dos padrões bíblicos.
Sinceramente... Eu tenho conversado com muitos amigos, obreiros e pastores acerca de tudo que anda acontecendo em nossas igrejas. Sei que a maioria desses movimentos e suposta atuação do sobrenatural não passam de modismos, emocionalismo, oportunismo e muitos “ismos”.
“Cair no espírito” não é evidencia da atuação de Deus na vida de ninguém, muito menos implica em santidade e consagração.
Cada caso é um caso... Os relatos apresentados pelo senhor demonstram que os “homens de Deus” que se utilizam do recurso da ministração, o fazem de forma equivocada. O que realmente assegura a plenitude do Espírito na vida de alguém é o batismo com Espírito Santo.
Aqui entramos em outro contexto: o falar em línguas! Não sei quanto ao senhor, mas quando eu fui batizada com o Espírito Santo fui “cheia” de uma transbordante presença de Deus.
Note que, em todo o tempo, não me refiro a pregadores (animadores de púlpitos) egocêntricos (aqueles que querem a glória para si).
As línguas (glossolalia) são a manifestação sobrenatural do Espírito Santo. A evidência desse batismo, assim como em atos dos apóstolos, não foi feita em silêncio ou com a cabeça curvada. Mas com muito barulho... Nem sempre a Bíblia explicita tudo, algumas coisas precisam de uma observação cultural, geográfica,histórica,enfim...
Muita coisa “mudou” depois de atos 2. Creio que não sendo por estimulo FORÇADO, os crentes podem sim cair. Não só pelo poder de Deus, mas muitas deles precisam de libertação. Espero não esta fugindo do assunto e que nos próximos capítulos (rs) encontre resposta mais plausível.
Que o nosso Deus continue nos dando a graça e a capacidade devida para propagarmos a SANTA PALAVRA!
Paz do Senhor!

VÍTOR FARIAS disse...

Eu imaginei que meu comentário não seria publicado. Dessa vez, não afanei seu ego e não concordei com sua postura! Mas, mesmo não me entristeço, pois é um direito que lhe cabe, apesar de sempre acreditar no debate e na LIVRE EXPRESSÃO DE IDEIAS. Espero apenas que tenha lido e refletido sobre o que escrevi. Reitero que a tolerância é uma virtude quase perdida pelo homem contemporâneo, mas eu vou continuar a defendê-la em meu blog e “combatendo” a falta de sensibilidade no tange a vivência do OUTRO. Afinal, somos um, viemos e voltaremos para a mesma essência.

Jadhi Blu disse...

Graça e Paz,

Os comentários acima deixam bem claro o quanto a importancia deste post.

Muitas pessoas tem duvidas a esse respeito e tem receio de perguntar ou falta iniciativa para pesquisar ou até mesmo não buscam um entendimento espiritual da palavra de Deus. Sim por que Ela é bem clara para aqueles que estão em espírito e verdade perante o Senhor.

Esse post merece ser divulgado amplamente na blogsfera cristão e até mesmo entre aqueles que ainda não foram alcansados pela Palavra de Deus e nos criticam cegamente, creio que muitos iriam rever suas opiniões a nosso respeito enqaunto povo de Deus, passariam a entender um pouco mais a nossa filosofia de vida.

Jesus Cristo continue abençoando a todos.

Ps: Estou adicinando seu link ao meu blog, caso haja algo contra por favor me informe.

jadhiblu.blogsfera.com

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amargo Vítor Farias,

Às vezes também me assusto com a reação de alguns leitores deste blog e sua pressa em tirar conclusões. Não sei se o irmão percebeu, mas eu gosto de publicar comentários dos discordantes acompanhados de minhas respostas, a fim de que os dois lados sejam apresentados ao público ledor.

Reitero que a Palavra de Deus é A VERDADE. Ela está acima da “minha verdade”, da “sua verdade”, da “nossa verdade”. Mas, pelo que eu percebi, se há intolerância de minha parte a certos modismos, como o “cair no Espírito” e a “unção do riso”, também há intolerância daqueles que não aceitam a minha argumentação. Porém, eu tenho um trunfo, modéstia à parte: tenho me baseado inteiramente na Bíblia, e não em suposições ou experiências pessoais.

O irmão está surpreso com a quantidade de pessoas que leem, comentam e concordam comigo? Está maravilhado, por assim dizer, com os acessos a este blog? Para mim, este blog não é passatempo; faz parte do ministério que Deus me outorgou. Eu levo isso à sério, para a glória do Senhor. Quanto aos discordantes, como o irmão, eles têm todo o direito de se expressar. Mas não queiram que eu diga o que desejam ouvir, pois o meu compromisso é com o Deus da Palavra e com a Palavra de Deus, ainda que eu perca leitores e admiradores.

Jamais serei tolerante com aquilo que Deus não tolera. Lembra-se de Samuel, que estava com dó de Saul, querendo ser mais paciente do que o próprio Deus? Lembra-se do pastor de Tiatira, que tolerava a falsa profetisa Jezabel? Agradeço-lhe pelo conselho, mas manterei o meu compromisso com a Palavra de Deus. Existem outras opiniões, outras ideias? Oh, sim! Mas, o que é preferível: seguir às opiniões dos teólogos ou às Escrituras? Eu não estou contra a teologia, pois estaria contra mim mesmo... Não obstante, a Palavra de Deus está acima de tudo e todos. A teologia é o que os teólogos dizem da Bíblia. A Bíblia é a Palavra de Deus.

Bem, finalizando, agradeço-lhe pelos “elogios”, ao me considerar, digamos, egocêntrico. Como se vê, eu li o seu comentário e refleti sobre o que o irmão escreveu... E cheguei à conclusão de que a tolerância passa longe do irmão.

Com amor e sinceridade, diante de Deus,

CSZ

Felipe Huvos Ribas disse...

Pr. Ciro, gostaria de fazer uma sugestão ao senhor. Porque não faz um podcast semanal abordando uns 5 assuntos, por exemplo (talvez juntando vários áudios como o desse post que o senhor publicou durante a semana ou, quem sabe, com assuntos totalmente inéditos ou abordados novamente mas com nova argumentação, etc). Também gostaria de recomendar ao senhor 2 podcasts cristãos: http://www.irmaos.com/podcast/
http://aprendizdeteologo.com/podcast/

obs: apesar de eu não concordar com tudo o que é falado em alguns podcasts, creio que dá pra aproveitar muuuuuita coisa boa neles. Espero que seja edificante e interessante pro senhor e para os leitores deste comentário que se interessarem.

Deus te abençoe.

Lucas Marin disse...

Romanos 11:36 Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém!

As suas Palavras são perfeitas e, no tempo certo, o Espírito Santo fará entender a cada uma! O Senhor deixou para nós as Palavras certas que a nós pertence saber, e mesmo estas dependem do esclarecimento do Espírito Santo, muitas vezes!

1 Coríntios 4:6 E eu, irmãos, apliquei essas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós, para que, em nós, aprendais a não ir além do que está escrito, não vos ensoberbecendo a favor de um contra outro.

Eclesiastes 7:29 Vede, isto tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, mas ele buscou muitas invenções.

E como o pastor Ciro disse... A Palavra de Deus está acima de qualquer outra verdade!

Eu aconselho o seguinte, se algo não tem amparo na Palavra de Deus, não busque tais coisas!
Deus é perfeito em seus feitos! Quem busca conhecer bem a Palavra de Deus, saberá bem a natureza das ações de Deus: são perfeitas e tem propósito, porque acima de tudo são para a glória dEle!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada cantora, louvadora e adoradora Cristiane Carrillo (nem todos os que cantam têm os três adjetivos):

CAIR NO ESPIRITO PARTE 4? Acho melhor escrevermos um livro em parceria. O que acha da ideia? Gostei das suas reflexões!

A irmã disse que, ao ser batizada com o Espírito Santo, foi cheia de uma transbordante presença de Deus. Glória a Jesus! Isso é bíblico! Aconteceu no dia de Pentecostes (At 2); foi experimentado por Paulo (At 9); ocorreu na casa de Cornélio (At 10), entre os crentes da igreja de Antioquia (At 13) e em Éfeso (At 19), para citar apenas alguns exemplos. Trata-se de uma experiência genuinamente pentecostal, confirmada por passagens como 1 Coríntios 12-14, Efésios 5.18,19, Joel 2.28,29 c/ Atos 2.1-4, etc.

Nem sempre a Bíblia explicita tudo? Como assim? Ela pode não explicar por meio de mandamentos, pois nela não especificidades para tudo. Entretanto, ela apresenta doutrinas, princípios, exemplos, figuras, tipos, símbolos, etc. Lembre-se de que a Bíblia é divinamente proveitosa e inspirada para ensinar, redarguir, corrigir e instruir em justiça, a fim de que sejamos perfeitos e PERFEITAMENTE instruídos (2 Tm 3.16,17).

Algumas coisas precisam de uma observação cultural, geográfica e histórica? Cuidado com isso! Na verdade, nenhuma dessas coisas, conquanto importantes, pode ser usada para alterar ou aprimorar a sã doutrina. Muitos usam, por exemplo, a questão cultural para defender a dança na casa de Deus. Mas não é a cultura que prevalece sobre o evangelho. É o evangelho que deve prevalecer sobre a cultura, até mesmo mudando-a, se for necessário. O evangelho é o poder de Deus (Rm 1.16) e para ele não há barreiras.

Muita coisa mudou depois de Atos 2? Na verdade, os homens mudaram! A manifestação do Espírito é a mesma (Hb 13.8), posto que a promessa, cumprida naquele dia, em parte, diz respeito a todos quantos o Senhor chamar (At 2.38,39). Houve sim sobrenaturalidade no dia de Pentecostes, mas não houve ali histeria coletiva. Muitos pensam que o culto para ser pentecostal deve ser sem limites. Que engano! O fogo é útil sob controle; no fogão, por exemplo. A eletricidade é útil sob controle nas subestações. Imagine o fogo e a eletricidade sem nenhum controle!

Espero que você entenda que eu não sou contra a manifestação do Espírito, mas a Palavra de Deus nos manda provar, testar, julgar, examinar TUDO (1 Ts 5.21; 1 Jo 4.1; 1 Co 14.28; Jo 7.24; 1 Co 2.15, etc.). E tudo significa: pregações, ensinamentos, cânticos, estilos musicais, manifestações, costumes, práticas, profecias, milagres (ou supostos milagres), formas de culto, etc. Somente a Palavra dispensa qualquer comentário, pois ela é pura.

O “cair no Espírito”, reitero (com todo o respeito à sua opinião), não passa no teste da Palavra. Não há apoio da Bíblia, a Palavra de Deus, ao “cair no poder” e outras manifestações exóticas do nosso tempo. E o que nos ajuda a não ter dúvida quanto à desaprovação de Deus a esses modismos é que eles estão atrelados a animadores de auditório, milagreiros, ilusionistas, super-pregadores, cantores-ídolos, etc. Daí eu mencioná-los em minhas considerações.

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Lucas Marin,

Agradeço-lhe pela sua mais uma vez valiosa participação. E agradeço-lhe também pela mensagem que me enviou sobre o livro "Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar", de minha modesta autoria.

CSZ

Pr. Ismael da Silva disse...

Paz do Senhor.
Pr. Ciro, sou pastor evangélico assembleiano, tenho reservado tempo para o jejum, a oração e a meditação da Palavra. Tenho sido extremamente zeloso quanto a observância bíblica. Porém, fiquei confuso quanto a sua exposição referente ao "cair no poder". Recentemente, após exposição da Palavra - orei e algumas pessoas cairam. Algumas foram curadas (vomitaram males) e outras foram arrebatadas em espírito. Sobre algumas impos as mãos...
Minha pergunta: fui usado pelo diabo, ou, aquelas pessoas que cairam que experimentaram milagres estão fantasiando?

Um abraço!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amado pastor Ismael da Silva,

A paz do Senhor.

Eu não estou aqui para fazer julgamento quanto ao seu ministério. E achei estranha a sua pergunta: “Fui usado pelo diabo, ou aquelas pessoas que caíram e experimentaram milagres estão fantasiando?” O irmão é um pastor, pregador, mas eu não o conheço. E, mesmo que o conhecesse, não responderia a uma pergunta tão direta. Como obreiros do Senhor, chamados por Ele, devemos ter convicção de que o seguimos.

Neste espaço eu tenho abordado doutrinas, manifestações e práticas que não têm apoio bíblico. E sobre isso posso acrescentar mais algumas informações, lançando luz sobre o assunto.

O Senhor Jesus mandou-nos pregar o evangelho, a fim de que os sinais ocorram como consequência da pregação (Mc 16.15-18). E eu que, por graça de Deus, também sou pregador do evangelho, tenho visto sinais ocorrerem quando a Palavra é pregada com verdade.

Considero importantes os milagres, mas, na hierarquização feita por Deus, a exposição da Palavra tem prioridade (1 Co 12.28). Os sinais, prodígios e maravilhas devem ocorrer naturalmente. E Deus precisa estar no controle. Mas o que vejo hoje é imitação e falsificação. A maioria dos super-pregadores brasileiros, por exemplo (aqueles que “fazem chover fogo líquido do céu”), têm como modelo o show-man Benny Hinn, que não merece crédito nenhum. Isso porque não é fiel à Palavra de Deus.

Nosso paradigma é Jesus Cristo, que andou na terra fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do Diabo porque Deus era com Ele (At 10.38). É perigoso quando resolvemos ter um ministério “sem limites”, em que nada pode ser contestado. Abrimos uma grande porta para o erro, pois tudo deve ser regulado, controlado pelo Espírito Santo e pela vontade de Deus expressa em sua Palavra (Mt 7.15-23). Caso contrário, 1 Coríntios 14 não teria nenhuma utilidade. Por que Paulo estava tão preocupado com a ordem no culto, se não há limites?

Quanto ao “cair no Espírito”, reafirmo que não vejo apoio na Bíblia a isso. Às vezes pessoas caem enquanto eu prego. Eu não sopro, não jogo paletó, não digo a elas que caiam... Mas elas caem.

Não descarto possibilidades. O “cair no poder” pode ocorrer por sugestão, costume de uma igreja local ou até mesmo em caso manifestação demoníaca. Agora o que eu descarto, com plena segurança, à luz da Bíblia, é a possibilidade de Deus lançar pessoas ao chão à moda Benny Hinn. Isso é um grande desvio do evangelho.

Bem, agradeço-lhe pela visita, e que Deus abençoe o seu ministério!

CSZ

kleber de sa disse...

A Paz do Senhor pastor Ciro.
pastor Ciro nesses ultimos dias tive a oportunidade de compra um dos seus livros(evangelhos que Paulo ja mais pregaria),comecei a ler,e pode ver que o senhor teve muito cuidado com o que escreveu, porque de fato nem todos concordão com o que o pastor procurou esclarecer e mostrar o que na verdade vem acontecendo nas igrejas,ventos de doutrinas,e esse evangelho que eu nunca tinha ouvido falar"empirista".porem,a algums que pode mostra ficaram admirados com o trabalho feito pelo pastor.
que o Senhor Jesus continue te dando graça e forca pra poder continua fazendo esse trabalho sério e polémico ......estou esperando a opinião do senhor no comentario que fiz ontem,fico grato des de já.

Que Deus o Abençoe!
kleber de sa.

Pr. Ismael da Silva disse...

Paz do Senhor, companheiro...
Parabenizo pelo brilhantismo nas colocações das suas puras convicções e tenho dito a cada dia um respeito e admiração maior pelo seu arduo ministério, como apologista, defensor das verdades bíblicas e pentencostais.
A minha interrogações surgiu quando li o seu comentário: "Eu afirmo, com toda a certeza, categoricamente, sem medo de errar (como diz o meu amigo, pastor Newton Carpintero), à luz da Palavra de Deus, que não nos deixa enganados (porque é a Palavra de Deus!), que o "cair no Espírito" NÃO É DE DEUS!".
Como é um assunto complexo - pois o ponto crucial é cair ou não no Espírito. E conforme suas palavras, até mesmo quanto Deus o usa na ministração da Palvra pessoas caem. Isso torna claro a obsuridade da minha ignorância e visão exteriotipada acerca desse assunto a sua pessoa.
Pr. Ciro, faço votos de que Deus continue abençoando o vosso ministério.
Um abraço.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado pastor Ismael,

A paz do Senhor.

Peço-lhe que leia com a atenção a minha resposta. Pessoas caem quando eu prego. Isso realmente ocorre. Mas tenho CERTEZA ABSOLUTA DE QUE NÃO É DEUS QUEM AS DERRUBA. Por isso, eu apresentei algumas possibilidades.

No mais, agradeço-lhe pelas palavras de incentivo.

CSZ

T.Diesel disse...

A PAZ do Senhor! bom confesso que muitas vezes ficava e ainda fico meio confuso com tudo o que acontece coisas que só Espírito Santo para testificar ser ou não dEle ...só deixando um breve testemunho:todo carnaval fazemos em nossa igreja um retiro espiritual, mas dessa vez foi diferente como faço parte de um ministerio de intercessão começamos a nos consagrar orando e jejuando pedindo a Deus que realmente se manifestasse naquele lugar e de fato o que aconteceu foi algo extraordinario pessoas aceitaram a Jesus outras se reconciliaram e eu que sempre buscava o Batísmo no Espírito Santo pude orar em novas línguas isso depois de orarem por min eu cair no chão mas sei que foi algo vindo de Deus porque as pessoas que oraram eu particularmente conheço sei que sempre buscam mais de Deus algumas fazem parte de um ministerio evangelistico e são exemplos na igreja, bom o que queria dizer e que realmente cai no chão mas fiquei consciente de tudo o que aconteceu e derrepente comecei orar diferente , porem fiquei na duvida de ser ou não de Deus pedi confirmação somente em pensamento ele me confirmou e fora que agora me sinto ir além na adoração ir mas longe tocar a Deus procuro estar sempre em oração e fazendo jejum ou seja tal acontecimento que muitos dizem não ser de Deus me aproximou mais dEle e gerou em min maior temor e busca pela santificação! no mais ....Glória a Deus! Sola Gratia!
obs:outras pessoas cairam e vi outras rindo e algumas chorando e minha igreja não e neopentecostal não cremos em rosas copos de agua etc,não cremos em teologia da prosperidade,mas cremos em um Deus que abençoa os seus servos,pr. que pregou pastor Wanderlei carceliano ministerio AD de Deus e não notei nem uma heresia olha que eu estudo bastante inclusive alguns artigos desse blog. peço desculpas se errei na ortografia é a pressa e tambem esta tarde da noite.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro T. Diesel,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelo comentário e peço-lhe que ouça a segunda parte deste estudo e leia as minhas respostas a outros comentários, pois acredito que elas podem ajudá-lo em suas dificuldades, haja vista o irmão ter reconhecido que ainda fica confuso.

Em Cristo,

CSZ

Pr. Newton disse...

Nosso pr. Ciro,

A Paz do Senhor!

Permita-me recordar um fato acontecido, em uma vigília de oração em uma das Assembléias de Deus, no Rio de Janeiro há muitos anos:

Em dado momento na madrugada, faltou energia, as luzes se apagaram. Muitos dos irmãos começaram a gritar como que loucos, o Glória a Deus e Aleluias, de maneira tão histérica, que confundiria a qualquer, que buscasse conhecer ao Senhor nosso Deus. E com certeza, sem a unção apresentada no Dia de Pentecostes, mas pura carnalidade e meninice.

Fato seguinte, eu era um visitante a mais, diácono na época de outra igreja, e atento a tudo e a todos. Assim, Analisava todos os fatos com cuidado e vigilância.

Aconteceu que uma "irmã" se projetou ao solo, e após a sua queda ou o "cair em espírito", ela começou a falar em mistérios e pode desta forma, chamar a atenção de muitos para um possível arrebatamento. Todos glorificaram mais a Deus, pelo ocorrido, e "pela certeza", daquela "manifestação" do "espírito".

Senti pelo Espírito Santo que a queda e a manifstação não era produzida pelo Senhor, e me aproximei dizendo: Espírito malígno sai dela em nome de Jesus!

A "irmã", com aparência de irmã, levantou-se sem saber o que estava ocorrendo, e o povo se indignou proclamando que eu havia(rs), expulsado o Espírito Santo.

Este é o estado da igreja. Não há vigilância e discernimento.

Deus lhe dê saúde para continuar, sem medo de errar, divulgando o que está escondido nas igrejas com aparência enganosa.

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Lucas Marin disse...

Sem palavras e de olhar estupefato!

É sempre bom ter as experiências genuínas que Deus tem nos dado, assim como essa do Pr. Newton!
Deus é Deus de Paz e não de confusão!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Newton Carpintero,

A paz do Senhor!

Já me aconteceu também de, na hora da oração, depois eu ter pregado, pessoas começarem a cair... Eu então comecei a repreender: "Que todo espírito maligno seja repreendido agora". Nesse momento, uma pessoa permaneceu caída, mas movimentando-se. Estava realmente endemoninhada. As outras, sem graça, se levantaram. Era apenas costume delas fazer isso, haja vista tratar-se de um "culto de libertação".

Um grande abraço.

CSZ

Tânia Regina disse...

A Paz Pr. Ciro !
Antes de mais nada quero dizer que acabei de ler seu livro,"O Evangelho que Paulo jamais Pregaria",e como sempre uma benção,ao mesmo tempo que é uma leitura agradável,é cheio de informações edificante,valeu apena ter adquirido,aliás como todas suas obras literárias ,que Deus o abençoe a cada dia.
Também gostaria de dizer que sua sua fã de carteirinha(se é que tem),sempre visito o seu blog,e até mesmo nas Postagens de respostas que aula que tenho, xereto tudo mesmo (perdoe a expressão),e se possível me responda,é que acho muito interessante quando ouço falar sobre "bençãos" de toronto,do riso,de Benny Hin(acho que o nome está errado),é um tal de "fulano" abençoando "cicrano",eu como nova convertiva,sempre acreditei e quero continuar acreditando,pelo pouco que aprendi(e ainda estou aprendendo) da palavra de Deus,que quem abençoa é o Senhor,mais sempre que falo sobre isso com pessoas "mais velhas" na fé ,tentam me mostrar(até hoje não vi) que é errado ,e que Deus manda que temos que abençoar os outros,eu ainda não achei essa parte em Sua Santa Escritura,e por isso gostaria de sua opinião,desculpa minha ignorância,mais é sempre bom opiniões de quem sabe o que falar.
Mais uma vez agradeço e Deus o abençoe.
Fique com Jesus !

JanaraLopes disse...

Graça e Paz Pr. Ciro
Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a Deus pela sua vida! Sou moradora de uma cidade perto de Porto Alegre e ontem o Pr. Benny Hinn esteve aqui. Desde que vim morar no RS me converti em uma igreja pentecostal em que tudo o que é relatado neste blog sobre o "cair no espírito" acontece...risos, pulos, gargalhadas, falta de consciência...sempre achei normal, e tinha isso como uma bênção da renovação que o Espírito podia fazer na igreja, mas confesso nunca havia procurado algo sobre o assunto.
Ontem, vendo o B.H. comecei a me questionar se aquilo era realmente de Deus. Sinceramente, mais parecia um comercial Norte Americano de milagres enlatados. Socos e pontapés espirituais rolando a torto e à direita. Eu saí de lá extasiada...tinha ido esperando uma coisa, e cheguei de lá totalmente confusa e pensando..meu Deus, será que tenho vivido uma mentira??? Entrei na internet a fim de pesquisar algo sobre o assunto...confesso que demorei um pouco para achar este blog, mas que satisfação em tê-lo encontrado. Pr. Ciro, suas colocações são sensatas, embasadas na palavra e de fato muito contundentes. Sabendo agora que o que ocorre em minha igreja não vem de Deus (e estou convencida disso depois de várias leituras, posts e todos os comentários existentes), como devo eu proceder com relação à minha congregação? Gosto das pessoas, gosto do local, do louvor, mas essas práticas....e agora???
Paz do Senhor Amado Pr. Deus continue te iluminando, pois assim como me ajudaste, muito tens feito o Senhor através de sua vida, na vida de outras pessoas...

Abraços

Ciro Sanches Zibordi disse...

Olá, Janara Lopes!

Que a graça e paz do Senhor Jesus pousem e repousem sobre a sua vida, sempre! E agradeço-lhe pelas incentivadoras palavras. Glória a Jesus!

O que tenho a lhe dizer é o seguinte: Quando lemos os capítulos 2 e 3 de Apocalipse, vemos que algumas igrejas apresentam grandes desvios. O que Jesus disse aos pastores daquelas igrejas? Disse Ele àqueles que deveriam sair das igrejas desviadas da verdade? Não. Mas lhes disse: "Arrepende-te".

Amada irmã, o meu conselho para você é: não saia da sua igreja, mas oriente as pessoas quanto aos seus desvios. Sair de sua igreja seria uma última alternativa, um derradeiro recurso, depois de esgotadas todas as tentativas de convivência harmonioza com os seus irmãos.

Por enquanto, aconselho-a a permanecer em sua igreja, mas usando a sua influência para convencer, com amor, as pessoas do seus erros. Há muita gente enganada, e algumas até perdidas, dentro das igrejas, precisando conhecer o verdadeiro evangellho, e não os falsos evangelhos que ora invadem igrejas.

Que Deus abençoe a sua vida! Conte comigo.

Em Cristo,

CSZ

JanaraLopes disse...

Graça e Paz amado Pr. Ciro!!!
Muito obrigada por seus conselhos, pois estava realmente muito aflita com esta situação! Mas de ontem para hoje, tenho colocado diante do Senhor meu coração e dito a Ele que não quero ser enganada e nem enganar aos outros! Vai ser difícil Pr. Ciro, continuar lá, pois como posso disciplinar meu coração ao ceticismo nas manifestações??? Sei que não devo olhar para o homem e sim procurar ao Senhor e adorá-lo... sabe, eu faço parte de um ministério de louvor dessa mesma igreja, além de ser co-líder em células e ainda fazer curso de libras para a obra...confesso que fiquei meio sem chão... mas...tá na bênção...vou fazer o que me aconselhastes querido Pr. Se puderes, por favor, ore por mim ok?
Muito obrigada!!
Deus te abençoe em nome de Jesus!!

Abraços

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amargo anônimo,

Desistiu de apresentar-se como ALBERTO VEDETA?

Como você é ingênuo... Por que não usa o seu verdadeiro nome? Ou você pensa que eu não sei que você é? Que usar as iniciais VF?

Que Deus tenha misericórdia da sua vida.

CSZ

LAERTE PINTO DE BRITO disse...

Pr ciro a paz do senhor seja com o irmao,como pastor por graça e misericordia de Deus,quero que saiba que o seu ministerio tem influenciado minha vida e o meu ministerio.tive oportunidade de receber na igreja a qual sou pastor algumas pessoas que adotaram essa moda cair no espirito[fanerose]descobri que o cair no espirto,e movido por 3 fontes:alto sugestao,hipnose,liberaçao de demonios sobre as pessoas.ressalto um caso de uma jovem que chegou a ficar totalmente possesa por demonios.Afirmo com toda a comvicçao essa pratica e diabolica importada da america a chamada bençao de toronto.Pastor continue continue firme a igreja precisa despertar o espirito do engano tem agido no seio da igreja,porque a inerrante,infalivel e poderosa palara de DEUS nao tem sido respeitada, e estudada DEUScontinue abençoando o senhor sua familia e ministerio conte com minhas oraçoes fique na paz nosso senhor e salvador JESUS CRISTO.

EV. SAMUEL EUDÓXIO disse...

Sobre a "unção do riso" transcrevo a experiência relatada por João Wesley em seu diário e citada no livro "NÃO É PARA RIR!O 'FENÔMENO DE TORONTO' E SUAS IMPLICAÇÕES" de Stanley Jebb:
"Sexta-feira: 9 de maio de 1740: causou pouca surpresa que alguns tenham sido esbofeteados por Satanás de maneira extraordinária, com tal espírito de riso que eles não conseguiam resistir de modo nenhum, embora isso lhes causasse tristeza e dor. Eu não poderia ter acreditado no relato que eles me fizeram, se não tivesse experimentado a mesma coisa há uns dez ou onze anos. Uma parte dos domingos eu e meu irmão costumávamos passar passeando pelas campinas e cantando salmos. Mas um dia, justo quando estávamos começando a cantar, ele caiu na gargalhada. Perguntei-lhe se estava ficando louco; e fiquei muito irritado, e logo depois comecei a rir tão alto como ele. E não conseguimos refrear-nos, apesar de quase nos despedaçarmos, porém fomos forçados a ir para casa sem cantar mais nada."
Quarta-feira, 21 de maio de 1740: À noite, tal espírito de riso estava entre nós, que muitos se escandalizavam. Mas a atenção de todos fixou-se na pobre L.S..., que todos sabíamos que não era nenhuma hipócrita. Tão violento e diverso espírito do maligno eu nunca tinha visto. Por fim, ela debilmente chamou Cristo em seu socorro. E a violência da sua angústia cessou. Muitos dos nossos irmãos e irmãs estavam agora plenamente convencidos de que aqueles irmãos que ficavam sob esta estranha tentação não podiam evitá-la....E.B. e Anne H...foram repentinamente dominadas do mesmo modo como os demais, e riram querendo ou não, quase sem parar. Continuaram assim dois dias, um espetáculo para todos; e depois, tendo-se orado por elas, foram libertas num momento."

Percebemos que a tal "unção do riso" não é de hoje que vem causando problemas em nossas igrejas, já em 1740 João Wesley deparou com ela e a teve como uma manifestação demoniaca. O seu relato é claro como tal "unção" atrapalhava o verdadeiro culto. Não tem sido assim nos lugares onde ela tem acontecido? Pelo amor de Deus irmãos, vamos ficar com a Bíblia !!!

Forte abraço Pr. Ciro, leio e admiro teu trabalho.

Ev Samuel.

EV. SAMUEL EUDÓXIO disse...

Sobre a "unção do riso" transcrevo a experiência relatada por João Wesley em seu diário e citada no livro "NÃO É PARA RIR!O 'FENÔMENO DE TORONTO' E SUAS IMPLICAÇÕES" de Stanley Jebb:
"Sexta-feira: 9 de maio de 1740: causou pouca surpresa que alguns tenham sido esbofeteados por Satanás de maneira extraordinária, com tal espírito de riso que eles não conseguiam resistir de modo nenhum, embora isso lhes causasse tristeza e dor. Eu não poderia ter acreditado no relato que eles me fizeram, se não tivesse experimentado a mesma coisa há uns dez ou onze anos. Uma parte dos domingos eu e meu irmão costumávamos passar passeando pelas campinas e cantando salmos. Mas um dia, justo quando estávamos começando a cantar, ele caiu na gargalhada. Perguntei-lhe se estava ficando louco; e fiquei muito irritado, e logo depois comecei a rir tão alto como ele. E não conseguimos refrear-nos, apesar de quase nos despedaçarmos, porém fomos forçados a ir para casa sem cantar mais nada."
Quarta-feira, 21 de maio de 1740: À noite, tal espírito de riso estava entre nós, que muitos se escandalizavam. Mas a atenção de todos fixou-se na pobre L.S..., que todos sabíamos que não era nenhuma hipócrita. Tão violento e diverso espírito do maligno eu nunca tinha visto. Por fim, ela debilmente chamou Cristo em seu socorro. E a violência da sua angústia cessou. Muitos dos nossos irmãos e irmãs estavam agora plenamente convencidos de que aqueles irmãos que ficavam sob esta estranha tentação não podiam evitá-la....E.B. e Anne H...foram repentinamente dominadas do mesmo modo como os demais, e riram querendo ou não, quase sem parar. Continuaram assim dois dias, um espetáculo para todos; e depois, tendo-se orado por elas, foram libertas num momento."

Percebemos que a tal "unção do riso" não é de hoje que vem causando problemas em nossas igrejas, já em 1740 João Wesley deparou com ela e a teve como uma manifestação demoniaca. O seu relato é claro como tal "unção" atrapalhava o verdadeiro culto. Não tem sido assim nos lugares onde ela tem acontecido? Pelo amor de Deus irmãos, vamos ficar com a Bíblia !!!

Forte abraço Pr. Ciro, leio e admiro teu trabalho.

Ev Samuel.

pr.josé olinto disse...

paz: gostei muito deste comentário.pq eu tb não creio nesta coisa de cair no espirito, e gostaria de ter mais prufundidade neste assunto,pois sou pastor de um determinado ministério, e em 10 anos ensinei que isto não é Deus fui transferido para outra cidade, e meu sucessor agora me afronta de lá por email, dizendo que nunca provei o poder Deus, e está levando a igreja a este caus, de cair no espirito, pastor por favor pode me ajudar a esclarecer melhor isto de onde surgiu está mentira!obrigado. e que Deus continue te usando como defensor do evangelho

Anônimo disse...

Foi muito bom os argumentos do Pr. Ciro.
Devemos sempre pedirmos a DEUS em nossas orações sabedoria e vivermos sempre na alegria do ESPÍRITO DE DEUS nos cultos e nunca por emoções.
Esta escrito em Gálatas cap.5 vers.25 " Se vivemos em ESPÍRITO, andemos tambem es ESPÍRITO. E 1 Pedro cap.vers. 15 nos diz que devemos ser santo em toda a maneira de viver.
Aqui em Recife -Pe a Igreja é bem doutrinada pelo PR. Presidente Ailton JOSé Alves e por outros obreiros homens de DEUS como é o PR. Ciro Zibordi e Graças a DEUS por isto, que ainda temos homens de DEUS na terra destimidos e exclarecedores da palavra de DEUS pela Bíblia Sagrada.
Os nossos círculos de orações começa das 6, 7, 8 horas da manhã indo até as 16 horas da tarde, e É uma verdadeira bençãos de DEUS este trabalho da ASSEMBLÉIAS DE DEUS, sem precisar de invencionices, meninices ou emoções.
Quando vierem ao Recife nos visitem vindo tb orarem conosco.
Pr. Ciro DEUS em CRISTO continue o abencoando neste glorioso trabalho de exclarecimentos Bíblicos, e aguardamos breve uma visita sua em nossa cidade.
Vai ser uma benção.
Em CRISTO,
Grande abraço.
Jorgeferreiramelo@hotmail.com
Recife -Pe

Pr.Roberto Sobreira disse...

Amado irmão tenho feito um estudo severo das escrituras e cheguei a conclusão que o Senhor Jesus de forma alguma iria lançar as pessoa ao chão para libertar,curar,fotalecer etc.Pois ele nos trata com amor e respeito, sabemos que o bom pastor é aquele que da a sua vida em favor das ovelhas vemos hoje em dia muitos pastores infiéis;"que não apascentam as ovelhas e dominam sobre elas com rigor e dureza ( Ez34)entendo que todos aqueles que cairam não cairam pelo o poder que receberam e sim por assombro vemos em Ez 3:23"cai com o rosto em terra. Então entrou em mim o Espírito,e me pos de pé"vemos ai que não foi o Espírito que o derrubou e sim que o colocou de pé, em Mt17:6 no fala que quando os discípulos ouviram a voz de Deus cairam tomados de grande medo e não de poder.EM Ap 1:17nos diz que João caiu,mas Jesus pôs a mão sobre ele e disse "não temas"vejo que João caiu por estar assombrado e não por ter sido cheio de poder

Francelio disse...

A paz do Senhor, Pr. Ciro

Sou um jovem pastor, amo o ensino da palavra de Deus. Em um culto, após ter passado alguns dias em jejum e oração, na oração de encerramento, pessoas começaram a cair no chão. Algumas pareciam realmente anestesiadas ou em estado de sono profundo por alguns minutos. O resultado? Curas. Uma das irmãs tinha múltiplas pedras nos rins, ela sentia tanta dor que dava gritos horríveis, naquele dia foi curada e as pedras simplesmente desapareceram. Assim aconteceu com uma que tinha cisto no ovário, outra com cirrose e hepatomegalia por ser ex-bêbada (todas recém-convertidas).
A partir daquele dia, comecei a orar (lembrando, sem sensacionalismo, métodos, apelos, entrevista a demônios, etc) e pessoas constantemente têm a mesma reação e, acredite, todas recebem curas e outras libertações. Acredito sim que é Jesus quem está fazendo isso. Mas concordo que ele não tem interesse algum em derrubar alguém só a título de exibição ou demonstração de poder, apesar de me perguntar o porquê do fato ocorrido em João 18:4-8, quando pessoas caíram apenas por ouvirem o "SOU EU" de Jesus.

Para mim, tudo tem um propósito no reino de Deus e Jesus disse que quem cresse nele faria as mesmas obras que ele fez e "maiores" do que elas.

Abraço. Fique na paz!

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor!

Se não é pedir muito, teria como comentar sobre o post do irmão Francélio?

Fique na Paz do Senhor!

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor

Venho aqui reiterar meu pedido com especificando com maior clareza, ou pelo menos tentando;

Agradeço pelo artigo que foi publicado recentemente a respeito das "obras maiores", mas na verdade gostaria de um comentário sobre o "cair como agir de Deus", se não for novamente pedir muito!

Ah, pretendo estar neste fim de semana no congresso da nossa igreja em Fátima do Sul, cidade que fica a cerca de 50 Km daqui de Dourados, se Deus assim quizer, sendo do mesmo modo programado para que o senhor seja o preletor; Tenho amigos/irmãos conhecidos desde que era pequeno, o Pr. Aparecido Reis, que se encontra enfermo e seu cunhado, o Pr. Saulo Marinho;

Que Deus lhe guie e guarde, conforme a perfeita vontade dEle!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Lucas,

A paz do Senhor.

Tudo o que eu tinha a dizer sobre esse assunto já foi dito, através de artigos, respostas a perguntas, arquivos em áudio. Não quero nem devo obrigar ninguém a crer como eu creio. Mas percebo que o irmão insiste nessa questão.

Eu mantenho que o chamado "cair no Espírito" não provém do Senhor Jesus. Ele nunca derrubou ninguém para, em seguida, curar. E Ele é o nosso modelo (At 10.38). Mas Paulo, Pedro e todos os apóstolos nunca precisaram usar desse expediente. Alguém pode cair, mas não é o Senhor quem derruba. Vários fatores pode levar alguém a cair, até mesmo demônios.

O que o irmão Francelio citou eu já abordei, em minhas respostas. Não duvido de sua sinceridade, mas não podemos inverter a ordem das coisas. É a Palavra de Deus que deve ter a primazia, o primado, e não os nossos sentimentos, opiniões ou experiencialismo (empirismo).

Quanto à possibilidade de nos conhecermos em Fátima do Sul-MS, fiquei feliz!

Um grande abraço.

CSZ

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor!

Muito obrigado pela resposta, era exatamente a resposta adequada que eu gostaria;

Desculpe-me pela insistência ou até o incômodo que causei, mas realmente perguntei por querer ouvir esse tipo de resposta que o senhor deu agora, simples, compacta e objetiva, não que os outros artigos não fossem de igual forma satisfatórios, mas a expectativa de uma resposta mais objetiva, quanto a homens servos de Deus que são sinceros diante de Deus e não buscam mal, é que me motivou a pergunta; quanto a minha pergunta, creio que não houve maldade ou ironia da minha parte!

Que Deus continue lhe abençoando!

ELIANA DE CARVALHO disse...

A PAZ DO SENHOR PASTOR CIRO QUE DEUS CONTINUE TE USANDO DESTA MANEIRA.PORQUE MUITOS TEM DETURBADO A PALAVRA DO SENHOR SUBISTITUIRAM A BIBLIA POR ESSES MOVIMENTOS ESQUIZITOS ESQUECERÃO QUE A VERDADEIRA UNÇÃO VEM QUANDO LEMOS A BIBLIA E TEMOS COMUNHÃO COM DEUS EU SOU MISSINÁRIA DA IGREJA OBPC E PREGO A PALAVRA A ALGUM TEMPO E TENHO VISTO PALHAÇADA PRINCIPALMENTE POR PREGADORES RENOMADOS COMO MUITOS DIZEM .SOU PENTECOSTAL SIM BATIZADA COM ESPIRITO SANTO TAMBEM MAIS O QUE TEMOS VISTO DÁ ATÉ MEDO AQUI NA IGREJA O BRASIL PARA CRISTO EM SANTA BARBARA ONDE MEU ESPOSO ÉO PASTOR TEMOS PREGADO BIBLIA E DEUS TEM FEITO MILAGRES EXTRAORDINÁRIOS O POVO SAI ALIMENTADO CHEIO DA GRAÇA DE DEUS E NÃO PRECISA DE UNÇAÕ DE RISO PALETÓ MÁGICO ETC...A VERDADE DA PALAVRA NOS LIBERTA DESSAS HERESIAS
LEIO SEMRE SEU BLOG E LEIO É CLARO TODOS OS TEXTOS BIBLICOS E DIGO CONTRA A PALAVRA NÃO HÁ ARGUMENTOS CONTINUE FALANDO A PALAVRA E VAMOS ORAR PRO POVO LER A BILBLIA PORQUE ELES PERECEM POR FALTA DE CONHECIMENTO UM GRANDE ABRAÇO MEDITE ISAIAS 61

jean disse...

QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO PASTOR,QUE VC CONTINUE ESCLARECENDO AS DUVIDAS DOS IRMÃOS,ISTO É BENÇÃO PARA NOSSAS VIDAS!

JCC-SANTA LUZIA DOESTE disse...

A pz do Senhor,Pastor.

Moro em uma cidade pequena de Rondonia, e aqui houve recentemente muitas situações que envolveram um agir que ainda eu não tinha visto. Tudo começou quando o pastor local ,iniciou um trabalho de oração e consagração, com vigilias , jejuns , estudos e outros trabalhos relativos a obra. Em uma terça feira de estudos bíblicos, que tinha poucas pessoas, pois são poucas as que vem na terça feira,iniciou este agir , que creio é do ESpirito Santo, Até aquele momento eu pensava que o ESpirito Santo falava com a pessoa assim como nós conversamos, mas algo dentro de mim disse para falar com todas as pessoas que haviam vindo a frente a seguinte frase: prepare--se para ser impactado pelo poder de Deus. A principio eu não quis obedecer,mas aquilo se tornou mais forte, a ponto de eu ter que fazer, e quando eu terminei de falar ao ultimo , inclusive aos obreiros, chamei minha mãe, que tinha 29 anos de crente e ainda não era batizada com o Espirito Santo, e quando coloquei a mão em sua cabeça, eu sou Presbitero, ela começou a falar em outras linguas e caiu. Em seguida, fui orar por outros irmãos e aconteceu o mesmo, uns caiam e outros falavam em linguas. A partir desta data isto se tornou rotina, e algo começou a acontecer, o local da vigilia ficou pequeno para tantas pessoas, o culto de terça feira chega a lotar o templo, capacidade de 300 membros, a cidade tem 9000 habitantes, as pessoas que caiam depois contavam testemunhos de curas, e outras confessavam pecados de até cinco anos , e o interessante que algumas que cairam desviaram e nunca mais voltou.A igreja começou um programa de evangelização na cidade: O pastor presidente , o vice e o adjunto, saem pelas ruas da cidade de paletó e tudo, visitando bares , lojas, moteis,lanchonetes, mercados, postos de combustível e outros, orando e pregando o evangelho, e antes até fazer uma entrega de folhetos os crentes tinha vergonha, só como exemplo ,dois anos atrás só apareceram 07 para entregar convites na feira , e agora estamos montando um pelotão de pessoas , todas de camisetas camufladas para evangelizar toda a cidade. E outra coisa pastor que está acontecendo, quando vem um pregador de fora para pregar na igreja , se ele não tiver alimento de Deus vai sair decepcionado, até os analfabetos distingue quando o "pregador" tem algo de Deus ou não, o senhor sabe deste animadores de auditório que diz para levantar as mão duzentas vezes, dar abraço de todos os lados. o senhor imagina um "pregador " falando para fazer isso e ninguem fazendo? Pois é assim que a igreja está , e tudo começou a partir daquela terça feira.

Já Faz um ano e meio que estamos neste avivamento, e o interessante que são o obreiros de casa que Deus está usando, a igreja está preferindo ouvir o pastor pregar todo dia que alguém vir de fora.

O senhor poderia vir dar um passadinha por aqui, a igreja vai gostar de ouvir alguma coisa de sua parte. Lembrando que é Assembléia de DEus, com usos e costumes assembleianos, das irmãs de cabelos compridos e saias longas e de joelhos calejados.inclusive que oram pelo senhor e todos os pastores do BRasil e escritores.

o Pastor presidente é um homem simples , de oração, no minimo duas horas diarias, de segunda a segunda, que tem um seleto grupo de obreiros que o acompanham nas orações.

O campo tem 13 congregações com cerca de 600 membros e congregados.
O nome da Cidade è Santa Luzia Doeste, A convenção è A CEMADERON, presidente Pastor Nelson L.

Pense na proposta. Que o ESpirito Santo possa convencer o seu coração , afim de trazê-lo, nem que seja como Filipe.

EStamos esperando.e que Deus o abençôe como defensor do evangelho.

dalilakido disse...

a biblia diz em galatas que jesus se fez maldiçao por nós para que a bençao de abraao chegasse aos gentios por cristo jesus, como voce pode alegar que kenneth e. hagin está blasfemando. E a biblia também diz que os que são sensatos de boa mente toleram os insensatos e outra vez diz que as más conversaçoes corrompem os bons costumes... analise se é ele realmente que está indo contra a palavra de Deus ou se é voce quem está com falatórios prafanos que para nada se aproveitam. Deus é cura , prosperidade e libertaçao pregar isso não é nenhuma blasfemia do contrario do que voce pensa. estude melhor a biblia meu amigo.... DALILA

ESCRITURA EM FOCO disse...

Pastor Ciro, graça e paz!

Relatei esse fato em meu blog esses dias (sem citar nomes), e agora tem uma junta de obreiros (tipo os filhos de Eli)querendo a minha cabeça. Mas tenho minha vida ministérial e social transparente e não temo pressão sem fundamento.


Em um desses domingos, quando cheguei à igreja no qual sou membro, para lecionar a escola bíblica dominical. Um irmão recém convertido e ex testemunha de Jeová, chegou alegremente para mim contando as novidades do culto em nossa igreja sede no dia anterior.

No começo até que fiquei muito interessado pela empolgação com que ele comentava sobre o culto, como; “acabou bem tarde, foi uma benção, como Deus trabalhou, o fogo caiu e etc.” Mas quando ele começou a relatar o que na verdade tinha deixado ele atônito e eufórico daquele jeito, foi quando mais uma vez tive minha mente perturbada e ao mesmo tempo triste pela aquela vida feliz com Cristo, porém entrando por uma vertente teológica bem emotiva e sem fundamento espiritual cristão.

Ele começou a relatar o “poder” existente no preletor daquela noite ao tocar nas pessoas, e soprar sobre elas, caiam imóveis no chão, e que ele mesmo teria sido uma das pessoas que não resistiram ao poder. Confesso ter ficado muito triste por ele ser um novo convertido e começar a ver as coisas de uma forma sem base bíblica e muitas vezes tornando se um adepto dos movimentos que muitos ainda chamam de avivamento. Depois de um bom tempo de ouvir tudo que ele estava a expressar, como um bom ouvinte que sou, segurei-me para não jogar uma balde de água fria naquela alegria, sendo ele um novo convertido.
Hoje dentro da teologia pentecostal existem muitas coisas que não estão esclarecidas para alguns membros e obreiros. Existem dentro do mesmo ministério, obreiros sem esclarecimentos e que estão mais preocupados com os barulhos pentecostais, que transformações causadas pelo evangelho.

Sabendo que o preletor estaria a noite ministrando novamente em nossa igreja sede, fui não como um cético, mas sim como adorador para cultuar a Deus e observar se as pessoas que não resistiram ao “sopro super poderoso”,receberam algo novo em suas vidas com aquele arrebatamento. No ônibus que a própria igreja havia fretado para levar a nossa congregação até a igreja sede, havia umas jovens no qual fui obrigado a chamar a atenção por estarem mexendo com os rapazes pelas ruas de uma forma bem imoral.

Quando o culto já estava no final, duas dessas jovens estavam diante do preletor chorando como alguém que teve seu coração quebrantado e estava entregando sua vida a Cristo. Fiquei muito feliz e acreditei que elas tinham tido um encontro com Jesus. No momento da oração do preletor, as jovens ao receberem o sopro poderoso, não resistiram e foram arrebatadas como outros.

Na volta para casa, estávamos no mesmo ônibus e as jovens que choravam no culto e tinham sido arrebatadas, repetiam as mesmas atitudes grosseiras de antes, e com um depoimento de uma delas, que dizia:” Ainda bem que ele não tinha bafo, se não eu não iria cair”. Que poder era aquele no sopro? Que transformação causou nas pessoas? Todos que vi cair continuam com a sua vida medíocre de sempre, como um pastor que é super privilegiado no ministério, não faz diferença nenhuma na igreja, não vive o que prega, ganha mais que todos os outros obreiros que estão no mesmo nível dele, e que trabalham de verdade.

Até quando vamos viver um evangelho cheio movimentos e nada de avivamento.

gabriel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André Queiroz disse...

Amado Pastor sou pentecostal e em um culto de jovens o pregador durante um momento de adoraçao pediu que o banco dos auxiliares empuse a mao sobre os que nao eram batizados com Espirito Santo mas eu nao o fiz -nao sintinhe Deus naquele lugar e nem na atitude de alguns irmao, pouco antes do termino do culto quando o meu pastor pegou o microfone fui chamado a atensao no pupito da igreja...refosso sou pentecostal e nao me deixo manipular..sou pentecostal e nao movimentalista

rafaele disse...

A paz!
Pastor sou atualmente de uma igreja que tem a unçao do riso o cair ao "ser batizado no Espirito", e outras unções, mas eu particularmente não acredito nisso, não digo que essas pessoas não são de Deus, porque do coração delas é Deus que conhece, mas digo porque o senhor mesmo disse, não há base bíblica para isso. Sempre peço a Deus quando um deles me impõe as mãos que eu não caia se não tiver necessidade de tal, não que eu não queira me humilhar na presença de Deus, mas para mim cai quem está endemoniado, volto a dizer, não estou julgando, apenas falo pelo que diz bíblia. Quero ser batizada com o Espírito mas Deus não tem ainda me concedido essa graça e gostaria receber o Dom do Espirito Santo para edificação da igreja, o que mais posso fazer além de pedir para Deus?
Um grande abraço e que Jesus lhe abençoe

entretenimento disse...

A paz do Mestre Jesus Pr.Ciro.
Parabéns pela iniciativa de colocar a disposição de internautas a Palavra de Deus.
Que o Senhor Jesus continue lhe abençoando espiritualmente para que possas continuar divulgando as boas novas a todas as criaturas.

Celina Alves disse...

Prezado Pastor Ciro, sobre o assunto, de cair sobre o poder do Espirito, achei louvavel a sua explicação. eu ja´passei por esta experiencia e sei que quando sentimos a presença de Deus nosso corpo não suporta tão grandiosa presença e há mudança de vida. Sobre a unção do riso eu creio se a pessoa tiver intimidade com Deus Eel fará proezas e em meios as adversidades Ele pode nos abençoarcom muita alegria que será externada pelo riso. Fique na Paz

Anônimo disse...

Caro Pastor CSZ, gostaria de lhe parabenizar pelo seu feliz comentário no texto ora citado.

Arildo Silva disse...

Caro pastor Ciro,queria dizer pra Cristiane Carrillo que o apóstolo Paulo diz para não crer em todo espírito,mas provar se os mesmos são de Deus,ela tem que ter cuidado porque o diabo é enganador.

JAVÃ VIDAL DE NEGREIROS disse...

Graça e paz pr ciro louvo a Deus pela vida do irmão, graças a Deus que este tipo de unção não chegou aqui na minha igreja, mais por via das duvidas já estou mim preparando,lendo seus comentarios.

edson disse...

a paz do SENHOR pastor nao sou fa do cai cai , mais tambem nao julgo quem cai. DEUS se manifesta diferenti em cada pessoa me responda. saulo quando caiu na estrada caiu endemoniado? a biblia nao diz. ou caiu na uncao?

Anderson Cruz disse...

Paz do senhor pastor,
tenho uma dúvida

e se uma pessoa cair sem nenhuma motivação humana?

O BLOG DA VERDADE disse...

Interessante que neste vídeo,quando o pastor pronuncia o nome "Jesus",a pessoa cai.

http://www.youtube.com/watch?v=LN-SSETsDtI

kleyber disse...

Muito lindo este blog,
Na verdade temos que falarmos sobre a vinda de Jesus, tá tão difícil ganhar uma alma se converter,porque não se fala mais sobre a morte de Cristo, só se fala em dinheiro,casa, carro. Enfim tantas coisas. Em certas ocasiões o homem parece que quer ser mais que Deus.
Eu sou serva de Deus e já sentir sim a presença do Senhor dançando na presença do Senhor.
VAMOS FALAR SOBRE A VINDA DE JESUS QUE ESTA PERTO, OS SINAIS SÃO CADA VEZ MAIS REAL.

Anderson Macêdo disse...

Pastor,

Recentemente participei de alguns cultos como esses com o Pastor Wagner Ribeiro. Eu estava muito abalado e desanimado. Por 3 vezes eu cai nesses cultos, mas, não senti nada além de dormência e quis sorrir pq nada d+ tinha acontecido. Mas o carisma dos irmãos ali me conquistou e por alguns domingos eu frequentei aquele culto. Mas com o passar dos dias começaram a surgir indagações na minha mente, e vi que muitas coisas ali não batem. Uma das minhas indagações é a de que Jesus não ensinou isso a seus discípulos, nem está contido tal ensinamento na Bíblia.

Gosto muito do seu blog!

Um Forte abraço Pastor.

A Paz do Senhor!

Anderson Macêdo disse...

Pastor,

Recentemente participei de alguns cultos como esses com o Pastor Wagner Ribeiro. Eu estava muito abalado e desanimado. Por 3 vezes eu cai nesses cultos, mas, não senti nada além de dormência e quis sorrir pq nada d+ tinha acontecido. Mas o carisma dos irmãos ali me conquistou e por alguns domingos eu frequentei aquele culto. Mas com o passar dos dias começaram a surgir indagações na minha mente, e vi que muitas coisas ali não batem. Uma das minhas indagações é a de que Jesus não ensinou isso a seus discípulos, nem está contido tal ensinamento na Bíblia.

Gosto muito do seu blog!

Um Forte abraço Pastor.

A Paz do Senhor!

Anderson Macêdo disse...

Pastor,

Recentemente participei de alguns cultos como esses com o Pastor Wagner Ribeiro. Eu estava muito abalado e desanimado. Por 3 vezes eu cai nesses cultos, mas, não senti nada além de dormência e quis sorrir pq nada d+ tinha acontecido. Mas o carisma dos irmãos ali me conquistou e por alguns domingos eu frequentei aquele culto. Mas com o passar dos dias começaram a surgir indagações na minha mente, e vi que muitas coisas ali não batem. Uma das minhas indagações é a de que Jesus não ensinou isso a seus discípulos, nem está contido tal ensinamento na Bíblia.

Gosto muito do seu blog!

Um Forte abraço Pastor.

A Paz do Senhor!

Claudio Elias Do Nascimento disse...

ACREDITA OU NÃO ISSO NÃO PASSA
DE ANESTESICO INALATORIO
EM ATOS NA BIBLIA ESPIRITO SANTO
NÃO DERRUBOU NINGUEM
O QUE ACHAM?

Claudio Elias Do Nascimento disse...

ANESTESICO INALATORIO NAS IGREJAS

Anônimo disse...

Pastor Ciro Sanches
fico feliz com a sua explicação bíblica, reforçando o cair no Espirito, tive uma experiência que pode esclarecer muitas duvidas, quando resolvi entregar minha vida á DEUS o demônio veio para acabar comigo, foi poçuida por três vezes, poi poucos sabem que o satanás não vai atrás de quem já é dele, mais sim de quem pertence ha Deus, quando uma pessoa é libertada do espirito maligno o seu corpo fica tão debilitado pela presença do mal, que ela chega a perder as forças e cai no chão, Jesus com a sua altoridade logo ergue esta pessoa colocando-a de pé, logo o cair no espirito não vem de Deus na minha opinião. Shalon

Marcos Borges disse...

Eu concordo perfeitamente com as suas palavras pr. Ciro

Claudio Elias Do Nascimento disse...

TENHO ALGUNS VIDEOS SOBRE O ASSUNTO
DEPOIS DE VER ESSE LINDO BLOGGER CLICK NO MEU NOME,VEJA VOCES MESMO O QUE ACHA #ANESTESICO INALATORIO NOSSA VOCE JA CAIU?