terça-feira, 24 de março de 2009

Minha primeira pregação para jogadores e profissionais do futebol


Deus tem aberto portas grandes e eficazes para eu pregar a sua Palavra (1 Co 16.9). Estive na cidade de Ijuí, no Rio Grande do Sul, pela segunda vez, para participar da II Escola Bíblica de Obreiros da Assembleia de Deus, que contou também com a presença do pastor Elienai Cabral, de Sobradinho-DF.

No dia 19, após a minha primeira aula, no templo central, surpreendi-me com o convite do técnico Itamar Schulle, do Esporte Clube São Luiz (de Ijuí), da primeira divisão do Campeonato Gaucho de Futebol, para ministrar uma rápida palestra a todos os jogares e comissão técnica. Essa equipe de futebol fez um bom primeiro turno no Gauchão (como é chamado o aludido campeonato) e experimentava um princípio de crise.

No dia seguinte, eu e o técnico fomos ao Estádio 19 de Outubro, onde ocorreria um treino da equipe, e ministrei uma mensagem da parte do Senhor aos jogares, comissão técnica e diretor do clube com base em Colossenses 3.2, ARA. Discorri sobre as diferenças entre a autoajuda e a Ajuda do Alto, fazendo menção de várias outras passagens bíblicas, como Salmos 37; 40; Filipenses 4.7,13; João 14.23,27; Apocalipse 3.20, etc. Eles, como todos os que militam no futebol, estavam preocupados com resultados imediatos. Mas mostrei-lhes que a Ajuda do Alto é para toda a eternidade (Jo 5.24; 10.27,28).

No domingo, dia 22, eu, o pastor Elienai Cabral e seu companheiro, pastor Nelson (de Sobradinho-DF), fomos à concentração do time, a pedido do técnico Itamar Schulle (foto). Tiramos umas fotos com os jogadores e oramos por eles. Lembro-me de que abracei um jovem e brinquei: "Você que é o craque do time?" Ele, acanhado, sorriu, mas não disse nada. Quando estávamos de saída, ele, demonstrando entusiasmo, perguntou: "Vocês podem fazer uma oração?"

No dia 20, à tarde, na palestra que ministrei, eu tinha enfatizado que todos os jogadores deveriam buscar Ajuda do Alto, a fim de que tivessem comunhão com o Senhor Jesus e certeza da vida eterna. Afinal, quem o segue tem paz vertical (com Deus), horizontal (com o próximo) e interior (consigo mesmo), e isso, sim, pode fazer a diferença em momentos difíceis da vida. Conclusão: no jogo de domingo à noite, dia 22, o jovem jogador mencionado acima (Ronaldo Capichaba) marcou os dois gols da vitória do E.C. São Luiz sobre o Santa Cruz.

Curiosidades: o técnico da Seleção Brasileira, Dunga, começou a sua carreira no São Luiz, e jogadores como Paulo Baier (veterano) e Carlos Eduardo ("estrela" do futebol alemão, atualmente) também passaram por esse clube.

Louvo a Deus pela grande oportunidade que Ele me concedeu, de falar do Senhor a todos os funcionários do clube mencionado. Glória seja dada ao maravilhoso nome de Jesus!


Em Cristo,


Ciro Sanches Zibordi

30 comentários:

Jordanny Silva disse...

Pastor,

Estou sempre orando por seu ministério. Que Deus te use poderosamente, para a Sua glória!

(Ainda bem que o senhor não vai ministrar para nenhum rival do SPFC) rsss...

A paz do Senhor e abraços!

Jordanny Silva
Brasília - DF

Clébio Lima de Freitas disse...

Pr. Ciro,

Esteja certo que orarei por você como sempre tenho feito. A responsabilidade é grande, pois todos acham que ser pastor é simplesmente ser psicólogo e que a Bíblia é um mero livro de autoajuda. É bem verdade que eles poderão até mesmo achar estranho quando você começar a falar sobre a Ajuda do Alto, mas tenho certeza que Deus pode até mesmo converter muitos desses jogadores neste dia. O Senhor é fiel e opera na adversidade trazendo a sua Ajuda em tempo oportuno.

A paz do Senhor Jesus!

Att,

Clébio Lima de Freitas
clebiolima.blogspot.com

Cristiane Carrillo disse...

GLÓRIA A DEUS!
OPORTUNIDADE ÍMPAR,PASTOR!
ESPERO QUE O MOMENTO SEJA UM ENCONTRO MARCADO PELO SENHOR JESUS PARA MUDANÇA DE VIDA.
QUE ELES VEJAM QUE O ALVO, O OBJETIVO MAIOR É ALCANÇAR O REINO!
PAZ DO SENHOR!

NOSSA PROGRAMAÇÃO disse...

Creio que Deus honrará sua depedência Dele e da oração dos irmãos.Pode contar comigo, estarei intercedendo.

Pastor Paulo Cesar
Ministério Religare

a verdade do evangelho disse...

Ainda bem que você é um Pastor que conhece a Bíblia e sabe aproveitar as oportunidades. Pois se fosse daqueles "pastores" legalistas (santarrões)iriam recusar o convite com pretexto de "santidade."

Pregue a Palavra com sabedoria e dê frutos onde Deus te plantar.

Pb. Edinei Siqueira, Th.B

Matias Borba disse...

Nobre Pastor Ciro Zibordi,
Paz do Senhor!

Atitudes como essa nos fazem orar mais por seu minitério e família. Creio que muitos em seu caso rejeitariam este convite de imediato mas sua coerência é tão importante que o fez aceitar de bom grado.

A questão da prática de esportes em nossa Assembleia de Deus pode ser algo indiscutivel ou aceitável por muitos, mas o que me chamou a atenção de seu texto é onde Deus o conduziu na palestra.

Muitos certamente falariam de fultebol ou de triunfos etc., mas falar da ajuda que vem do alto e é eterna sem dúvida é muito mais proveitoso que qualquer assunto.

Parabéns por deixar que Deus tome sempre a direção de seu ministério.

Deus abençoe!

EV MARCIO ROBERTO disse...

O nosso mestre pregou para toda classes de pessoas, ladrões , prostitutas, facções religiosas e varias outras. ja fui jogador de futebol profissional e nos domingos de evangelismo, entramos nas imediações do campo de futebol para pregar o santo evangelho.
Isso ai pastor ciro , pregues a palavra.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Ciro Zibordi!
O homem de Deus, jamais deixará passar uma oportunidade de pregar a Sua Palavra!

Glória a Deus!

No tempo certo, os resultados aparecerão para o louvor do nome do Senhor!

Não costumo torcer, mas nesse caso, prefiro que o Esporte São Luiz ganhe do Grêmio!rsrsrrs

Parabéns!
Pr. Carlos Roberto

Gutierres Siqueira disse...

Pr. Ciro, a paz do Senhor!

Parabéns por essa oportunidade... Que bom ver um técnico convidando um pastor para falar ao seu time. Graças a Deus por isso!

Elaine disse...

Verdadeiramente o Senhor conhece as necessidades dos homens!

Que o Pai continue te usando para alcançar essas necessidades através da Sua Palavra de Paz e Vida.

Shalom, shalom, shalom.

Rafael Ferraz disse...

Amado Ciro, a paz do Senhor!!!
Queria saber de sua parte, referências de estudos e compreensão sobre futebol, doutrina, enfim sobre tudo o que diz respeito a isto!!!
Há muitas dúvidas que tenho!!!
Abraços Rafael Ferraz!!
Deus Abençôe!!!

Alex Esteves da Rocha Sousa disse...

Há técnicos que convidam pastores para falarem ao time, e há técnicos que aplicam punições a jogadores que vão mal nos treinos, fazendo-os vestir roupas femininas e escutar a gozação dos colegas. Sim, há técnicos e técnicos. O esporte é um só, mas nem todos são sábios sequer para o esporte.

Debora Zibordi disse...

Glória a Deus, tio Ciro!!!

Lembra daquela foto sua segurando um troféu? É, você devia ter uns 16 ou 17 anos. Me lembrei dela enquanto lia este texto!!!

Agora ela faz muito sentido, né? Tá vendo? Até no futebol Deus está te abrindo as portas!!! Rsrsrsrs! Glória a Deus!!! Gooool!

Que esses jogadores possam ser como o bom soldado de Cristo! Parabéns! Oramos sempre por vocês!!!

Deus te abençoe e beijos a todos.

Ranieri disse...

Amado,Saudações na paz do Senhor Jesus Cristo.

Não é sempre que encontramos uma porta aberta assim,se é que eu posso dizer assim.Como seria maravilhoso se alguém influente aqui nos convidace para anunciar a Palavra de Deus.

Já ouvi dizer que o imperador sempre convida um pastor para lhe recitar salmos.Que Deus ouça o nosso clamor por esta nação.

Vida longa ao imperador e salvação para o seu povo.Amém.

Como a nossa intenção aqui não era a obra missionária,bom pelo menos eu não vim pra cá com essa intenção mas acho que o irmão entende a situação e não é necessário explicar aqui.

É muito dificíl pra nós nos prepararmos para fazer qualquer coisa.No trabalho do evangelismo o máximo que a gente consegue é entregar um folheto e pedir que eles o recebam,e muitos nem pegam.

Há uma coisa que me incomoda aqui e vou ser sincero porque tem muita gente achando que Deus nos mandou pra cá para ganhar esta nação para Cristo,mas não percebem que aqui também há igrejas evangélicas que precisam de avivamento assim como nós precisamos de avivamento.

Não somos em nada melhores do que os crentes locais.Certo pastor não pouco influente me disse:...eles são muito limitados,e eu me pergunto,o que nós fizemos por eles até agora?Mas se for essa a vontade de Deus,oro pelo seu cumprimento.

É,o evangelho chegou aqui muito antes de nós e os crentes daqui também fazem o que podem.Pr.Ciro me perdoe se eu estiver errado mas sinceramente eu penso que Deus não nos escolheu para isso.Permita-me explicar.

Eu prefiro ficar com a Bíblia que diz:...portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém...[Mt28:19-20].

Deus disse ide pra todos os salvos é não só pra nós,o irmão sabe quem.Portanto prego como quem foi chamado para pregar,e não como quem prega melhor que os outros.Essa idéia de que nós brasileiros fomos escolhidos com propósito de evangelizar o mundo não se harmoniza com a Palavra de Deus.

Oro para que Deus abençoe as igrejas locais também,Deus não se limita às imperfeições de quem quer que seja,Ele disse:...derramarei o meu Espírito sobre toda a carne...[Jl2:28].Deus chamou o seu povo e o seu povo cumprirá a tarefa da Grande Comição.Assim fica bíblico.

Pr.Ciro,obrigado pelo espaço.Oremos para que as nossas sementes também sejam lançadas em boa terra e produza frutos para a glória do nosso Deus.Amém.

Deus te abençoe.Em Cristo.

Ranieri.

Anchieta Campos disse...

Apenas destacando que o São Luiz venceu o Santa Cruz por 2 a 0 neste domingo... rsrs

Teria condições do ilustre pastor ministrar uma rápida palestra dessa para os jogadores do Vasco? Tá certo que ele até que está bem, mas é só para melhorar mais ainda! rsrs

Brincadeiras a parte, é realmente muito bom contemplarmos oportunidades como esta, onde com certeza a mensagem maior fora pregada para os ouvintes, e não fora a promessa do título do gauchão, mas a promessa de um título eterno.

Que Deus o abençoe, use e o guarde grandemente, amado pastor Ciro.

Forte abraço.

De seu admirador e discípulo, que ora e torce por sua vida ministerial e familiar, Anchieta Campos.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado irmão Anchieta,

É claro que o time não ganhou por causa da nossa oração... Risos. Não me comprometa.

Mas o estado de espírito dos jogadores foi fundamental para o bom desempenho. O que eu mais desejo, mesmo, é que eles sirvam ao Senhor Jesus. E louvo a Deus porque eles demonstraram um surpreendente interesse pela mensagem do evangelho.

Um grande abraço.

CSZ

Zeriky de Souza disse...

Amém Pastor Ciro.

Que Deus toque na vida desses jogadores...

Que eles venham a servir Jesus conosco um dia...

A mensagem oi pregada, agora o Espírito Santo está trabalhando neles...

Que o Senhor Jesus continue te abençoando grandemente!!!

Paz do Senhor!!!

SALDANHA disse...

Pastor Ciro! A paz do Senhor!
Fiquei muito feliz por sua atitude, porque muitos legalistas do nosso tempo jamais aceitariam um convite para ministrar a palavra de Deus para um time de futebol. Mas eu gostaria de lhe fazer uma pergunta, não com o intuito de provocá-lo, mas para tirar minha dúvida. Temos visto no meio esportivo grandes jogadores que são evangélicos e muitos, como o jogador Kaká, tem sido elogiado pela mídia pelo ótimo comportamento que exerce entre os companheiros. Mas a pergunta que gostaria de fazer é a seguinte: é pecado um cristão praticar esporte?
Tenho visto muitos debates sobre o assunto nos dias atuais e gostaria de tirar essa dúvida.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Saldanha,

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo.

É inegável que há jogadores e profissionais do futebol que verdadeiramente se convertem. E a conversão genuína muda comportamentos, atitudes, reações, motivações, etc. (2 Co 5.17).

Mas o meu intuito, ao divulgar que fui pregar a jogadores de futebol, foi mostrar que devemos aproveitar as oportunidades para evangelizar, como fez Paulo no aereópago, em Atenas (At 17). Não tive a intenção de gerar debate sobre os atletas cristãos.

Há muito mau testemunho e brincadeira com o nome do Senhor no meio do futebol. Porém, há pessoas sérias, que se convertem, estando nesse meio.

Praticar esporte, em si, não é pecado, mas é algo secundário para o cristão. Leia 1 Timóteo 4.8. A nossa prioridade é a piedade, isto é, "estar sempre de frente para Deus". Quando não priorizamos a comunhão com Deus, mesmo o que não é pecado transforma-se em embaraços (Hb 12.1; 1 Co 6.12; 10.23,31, etc.).

Estar na roda dos escarnecedores é pecado, mas o que caracteriza estar na roda dos escarnecedores? Trabalhar entre escarnecedores é estar na roda dos escarnecedores? Ou estar na roda dos escarnecedores implica pecar juntamente com eles? Medite em Salmos 1, Isaías 6.1-8; 1 Tessalonicenses 5.22. Observe que não estou sendo dogmático, porque prefiro que o irmão discirna. Afinal, o que é espiritual discerne bem tudo (1 Co 2.15).

Em Cristo,

CSZ

arnaldo lino santos disse...

olá pessoa abençoada que o senhor jesus sempre abencoa seu ministerio
por onde vc passar pregando a palavra do senhor jesus.

ass.vasodosenhorarnaldosantos.blogspot.com/

SALDANHA disse...

Muito obrigado Pastor! Suas palavras foram esclarecedoras, estarei analisando as referências bíblicas, Deus continue abençando teu ministério.

T.a.t.h.i.a.n.a L.u.c.e.n.a disse...

Que tremendo o agir de Deus em sua vida, Pr. Ciro! Estou maravilhada com seu ministério!

Que o Senhor continue lhe usando poderosamente!

A Paz do Altíssimo!

Muller disse...

Deus é tremendo mesmo.

Mas veja bem pastor, para não complicar muito o campeonato bem que o senhor poderia ministrar para os jogadores do Internacional de POA também..heeheheeh com uma ajuda dessas sempre é melhor.

Que deus continue abrindo portas para que o evangelho seja cada vez mais pregado, e aceito, a todos.

Paz

David disse...

Caro Pr.Ciro.
Qua a paz do Senhor continue sempre contigo!
Louvo a Deus que lhe concedeu essa oportunidade para pregar aos jogadores de futebol do referido clube, com certeza Deus falou em especial com algum atleta ou comissão técnica ali presente, quem sabe um desviado.Se podemos pregar nas cadeias qdo temos oportunidades porque não pregar numa preleção?Deus conhece tudo e até o vaso a ser usado para cada ocasião.Oremos pra que oportunidades como esta apareça mais no sua vida.
Fique na paz.
Pb.David Martins
Assembleia de Deus em Aramina SP
campo de Igarapava SP

R. Vieira disse...

Caro pastor Ciro Zibordi, a paz do Senhor Jesus Cristo, tenho acompanhado ainda que fora do Brasil o seu fecundo ministério e glorifico a Deus por sua postura na defesa da sã doutrina(Tt 1.9), no combate as herezias(2Pe 2.1),admiro o teu trabalho e a minha oração sinceramente é para que o Senhor Jesus lhe guarde e conserve-o nesta posição, a obra de Deus precisa de verdadeiros profetas(1Co 14.8), em relação a sua mensagem aos atletas profissionais do futebol, realmente não podemos perder as oportunidades de falar do Reino de Deus(2Tm 4.2), anunciar as verdades deste evangelho que tem poder para transformar o homem(Tt 2.11-14)e esta mudança ser esternada através das nossas práticas cotidianas(1Ts 5.23). Atletas de futebol como outro ser humano em outra "profissão" precisam ouvir a Palavra que liberta(Jo 8.32; 17.17),o que os ensinadores devem ter é o cuidado e equilíbrio como Paulo teve de não serem influenciados por tais práticas (1Co 9.16-27),deixando de confrontar o pecador pela palavra(2Co 3.18) e sorrateiramente aprovando estas práticas entre os santos (1Co 6.12;10.23). Sou conhecedor deste fato, deixei o futebol no resplendor da minha carreira com 23 anos de idade, abdicando de propostas irrecusáveis, pois fui colocado diante desta palavra. Hoje sou um homem realizado, liberto pela palavra de Deus e renunciaría outra vez o futebol por uma vida verdadeira com Cristo se preciso fosse. que Deus lhe abençoe, vai nesta força o Senhor Jesus é contigo. Fique na paz do Senhor Jesus. R.Vieira em Cristo

Cristo a única Esperança disse...

A Paz do Senhor Pastor Ciro!

Gostaria de lhe fazer uma pergunta, espero não ofender ao Sr. não é minha intenção:
"O Senhor cobrou para dar a tal palestra motivacional"?

Sapão - André Luís Oliveira disse...

Pr. Ciro

muito legal esta oportunidade, tens alguma notícia sobre as pessoas que foram ministradas, se estão em alguma igreja?

O Itamar Schulle foi técnico no Criciúma, aqui de SC. Que bom que ele mesmo o convidou pra tal palestra, o esporte é uma grande porta

Sobre sua resposta ao Saldanha, permita-me discordar quando você diz que o esporte é secundário ao cristão. Uma vez que esporte é saúde, acho importantíssimo todo cristão ter alguma atividade esportiva semanal. Vejo muitos cristãos cheios de atividades na igreja (cultos de oração, ministério de jovens, células, etc) mas descuidando da saúde. E não creio que isso seja a vontade de Deus

Sei que minha opinião é polêmica, mas sou profundo defensor do esporte pelo benefício físico (e até mesmo emocional) que ele traz. Obviamente um cristão que não busca a Deus (seja com leitura da Palavra, oração, etc) e só pratica esporte é o outro extremo e sua atitude é incorreta

Abraços

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro André Luís,

A paz do Senhor.

Na verdade, o seu conceito de secundário é diferente do meu. Quanto eu disse que esporte é secundário, afirmei isso tendo como base o fato de a nossa vida espiritual ser prioritária. E asseverei com base na Palavra de Deus. Sugiro que o irmão estude 1 Timóteo 4.

Não pense que secundário, nesse caso, signifique desprezível ou sem nenhum importância. O que Jesus disse em Lucas 9.23? O irmão deve saber que renunciar não é necessariamente abandonar, mas pôr em segundo plano.

Portanto, reitero que o esporte é importante, útil, mas secundário. Espero que o irmão agora tenha compreendido, à luz do contexto, o que eu quis dizer.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado "Cristo é a única esperança",

A paz do Senhor!

Eu também lhe farei algumas perguntas:

Primeira: O irmão cobraria para pregar o evangelho de Cristo?

Segunda: Quem lhe disse que dei uma palestra motivacional?

Terceira: O irmão realmente leu a matéria?

Em Cristo,

CSZ

Isaque N. Fermiano disse...

Nota sobre o referido técnico.

Há um tempo atrás ele comandou o G.E Juventus, de Jaraguá do Sul. Falou com o pastor de uma cidade vizinha que começou a realizar reuniões na concentração do time.
Todo jogo eles entravam com uma faixa: " A alegria é nossa, mas a honra e a glória é do Senhor Jesus"

Acabaram conquistando o vice-campeonato perdendo para o Figuerense FC.


isaquefermiano.blogspot.com