quarta-feira, 11 de março de 2009

Julgar ou não julgar? Eis a questão


A falta de conhecimento bíblico, aliada à prevalência da lógica humana, têm levado pessoas — que até escrevem com perícia, mas não manejam bem a Palavra da verdade — a conclusões errôneas. Há poucos minutos, li a opinião de alguns irmãos, em um blog (que eu até considerava um tanto relevante na blogosfera cristã), pela qual sugerem que eu estou, com as minhas postagens, julgando e até “matando” crentes.

Pelo menos uma das pessoas que opinou no tal blog usou uma assinatura falsa — falo com conhecimento de causa. Mas o dono do tal blog deu todo apoio a uma delas (com perfil duvidoso), respondendo-lhe, inclusive, com uma menção desonrosa ao meu nome.
..

Veja que incongruência! Os mesmos irmãos que se valem de bordões do tipo “Não cabe a nós julgar; Deus é o Juiz” ou “São os crentes que matam os crentes” estão agindo à margem da Bíblia. Será que eles já leram Tiago 4.11, que diz: “Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão ou julga a seu irmão fala mal da lei e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz”?

Esses maldizentes internautas são realmente incoerentes. Dizem que eu adoto uma postura de “dono da verdade” ou de juiz, mas, ao mesmo tempo, valem-se de adjetivos caluniosos, julgando-me! Acordem, meus irmãos (irmãos?)! Vocês estão equivocados, e muito! Já leram com atenção Mateus 7.1,2, texto que vocês tanto deturpam?


Paradoxalmente, o julgamento que a Palavra de Deus condena é o que esses internautas maldizentes estão empregando: o calunioso. Quanto a mim, tenho segurança, à luz da Palavra do Senhor, de que o meu julgamento é bíblico e obedece ao mandamento de Jesus: “Não julgueis segundo a aparência; mas julgai segundo a reta justiça (Jo 7.24).

Portanto, repito: a falta de conhecimento, aliada à prevalência do raciocínio humano, levam esses internautas — que maldizem a quem defende as verdades bíblicas — a confundir julgamento calunioso, condenado pela Bíblia (Tg 4.11; Mt 7.1), com julgamento no sentido de discernir, isto é, provar, examinar, combater o erro (Jo 7.24; Tt 1.10,11; 1 Jo 4.1; 1 Co 14.29; 1 Ts 5.21; Ap 2.20 [em destaque]; 1 Co 2.15; Is 5.20). E o pior: além de não conhecerem essa clara diferença, cometem o pecado do julgamento calunioso!

Quer saber de uma coisa? Não perderei mais o meu tempo com esse tipo de gente neste blog. Pessoas que não respeitam não merecem respeito. Afinal, como diz a Palavra de Deus, “... não vos associeis com alguém que, dizendo-se irmão, for impuro, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com esse tal, nem ainda comais” (1 Co 5.11).

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi

16 comentários:

Gleison Elias Pereira disse...

A Paz do Senhor Jesus!

Nobre pastor Ciro,

Há muito tempo sou leitor de suas postagens. Tenho a satisfação de ser um seguidor do seu blog como de outros também. Todavia, como você deve ter notado, dificilmente deixo comentários nos mesmos após alguma leitura, algumas vezes por não achar necessário e outras vezes pela correria do meu dia-a-dia.

Contudo, depois de ler mais este texto, não pude conter o nervosismo dos meus dedos e resolvi comenta-lo, deixando as seguintes considerações:

1º - Louvo a Deus pela sua vida e ministério, porque você é um excelente doutrinador das Assembléias de Deus no Brasil. Na verdade é um dos poucos, que prima na prática e não com retórica vazia, pela transmissão e preservação da sã doutrina.

2º - É notório que você escreveu sobre vários assuntos de relevância para a igreja. E, em todas essas suas postagens que tive a oportunidade de ler, pude provar que elas continham farta referências Bíblicas que respaldaram os mesmos.

3º - Jesus disse: “Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, ... (Mt 7.17)”. Como uma boa árvore, é percebido que seu ministério tem frutificado para glória de Deus, e os frutos produzidos são tão bons que foram exportados para várias cidades e praticamente todos os estados do nosso país, através dos seus livros e preleções.

Assim, esses maldizentes são aqueles que passam pelo caminho, com pedras na mão, para tentar derrubar algum fruto. Há um velho ditado que diz: “só jogam pedras em árvores que dão bons frutos”.

Somente a Deus Glória.

Gleison.

Pr. Newton disse...

Nosso pr. Ciro,

A paz do Senhor!

Vou repetir abaixo as suas palavras:

Quer saber de uma coisa? Não perderei mais o meu tempo com esse tipo de gente neste blog. Pessoas que não respeitam não merecem respeito. Afinal, como diz a Palavra de Deus, “... não vos associeis com alguém que, dizendo-se irmão, for impuro, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com esse tal, nem ainda comais” (1 Co 5.11).

Excelente palavra! Afinal, o seu tempo é precioso, e existem famintos com o puro desejo de alimento sólido para suas vidas.

O que temos nós, com estes blogaventureiros de plantão? Não estão, estes, preocupados com vidas em perigos, mas, pelo contrário, se dedicam a blasfemar e a desorientar fracos e desconhecedores da fé genuína em Cristo, o NOSSO JESUS.

O resultado para a Igreja invisível, posso afirmar, COM CERTEZA ABSOLUTA, está invisivelmente, através deste blog, atacando as hostes malígnas com a força do ESPÍRITO SANTO, com esclarecimentos legítimos e definidos, não por ser a sua verdade, mas por ser o Atalaia do DEUS DE VERDADE.

Deus te proteja contra estes vândalos do Evangelho.

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Anônimo disse...

Nao resisti em comentar, devem ser os fas dos pregadores e por falar em fas estava vendo umas materias em blogs e descobri que no orkut tem fã clube de pregador isso nao seria idolatria ?

www.exejegues.blogspot.com

edson olhos verdes disse...

Caro pastor Ciro,a graça e a paz do Senhor Jesus.Antigamente as nossa escolas bíblicas funcionavam como um curso teológico.Os irmãos saiam da EBD com a cabeça e o coração cheios de sabedoria que alí eram ensinadas.Tinha-se uma preocupação com o bom ensino,um zelo com a sã doutrina.Cada irmão que era interpelado na rua ou no trabalho acerca da sua crença,tinha prontamente sabedoria para um bom debate,uma boa defesa da sua fé.Infelizmente,com o avanço dos paipóstolos e difamadores do evangelho,tais como Benni Him e seus seguidores no Brasil(Val,RR,EDIR,RENE,)entre outros tantos,foi se adotando um modelo novo de ensino.Baseado nas revelações pessoais dessas pessoas,a Bíblia deixou de ser a regra de fé a ser seguida,o valor da palavra de um apóstolo está em pé de igualdade com as escrituras.
Por isso fica difícil de conversar com pessoas que já tem uma defesa pronta baseada em pontos de vista de homens e não de Deus.Infelizmente e com pesar no coração me lembro da parábola das ovelhas e dos bodes.fazem curas,milagres,prodígios,mas não conhecem a Deus.Outra coisa pastor não entristeça o seu coração,pois a palavra só é revelada àqueles que o Pai os revelou.Se esses ditos irmãos acham que é pecado julgar as práticas erradas que assola as igrejas,oremos para que se for da vontade de Deus os seus olhos sejam abertos e se faça viva a palavra do Senhor em suas vidas.
AINDA EXISTEM AQUELES COMO OS DE BEREIA.

josiel disse...

À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca verão a alva.
Isaías 8:20
Paster Ciro,
Continua nesta tua força,em breve receberás o teu Galardão!

Em Cristo

Josiel.

a verdade do evangelho disse...

E por falar em julgar, recomendo a todos a leitura do excelente livro do Dr. Erwin Lutzer que trás por título: "QUEM É VOCÊ PARA JULGAR?"
Publicado pela CPAD.
Pr. Ciro continue nos ensinando a Palavra através deste blog e de seus livros.
Sou Professor de um Seminário Teológico e sempre tenho recomendado aos alunos os seus livros, principalmente para aqueles que pregam a palavra.

Edinei Siqueira - Vosso conservo em Cristo.

Ranieri disse...

Pr.Ciro a paz do Senhor.

Desde quando me comuniquei contigo por e-mail,sou sincero em dizer que eu ainda não havia notado o qui diz Jo7:24...Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça...É bem verdade que eu preciso ler mais a Bíblia.

Mas sempre via pessoas falando Mt7:1...Não julgueis para não ser julgado...,o que eu sempre achei estranho pois dentro do contexto do assunto que se tratava ali,essa passagem podia ser usada pra qualquer coisa.

Hoje sempre que é oportuno,coloco em contraste essas duas passagens para mostrar que esse tipo de atitude não é mais do que um meio barato de tentar inibir a correção e o ensinamento sadio da PALAVRA DE DEUS.

Na Bíblia não contradições,isso nos mostra que devemos sim fazer julgamento de algumas coisas,há situações em que é um dever julgar.Crentes sinceros e tementes a Deus se corrigem ao ouvir este ensinamento pois não podemos lutar contra a verdade.

Certa vez eu expliquei pra uma irmã em Cristo essas duas passagens.A resposta dela foi:...É mesmo...Ela não sabia como eu também não sabia.Ela aprendeu assim como eu também aprendi.

Mas há quem não concorde mesmo assim e depois arruma um outro bordãozinho qualquer pra tentar nos inibir pois essa turma se sente ameaçada com a exposição da verdade.Isso é como queimar o filme deles.

Certa feita uma irmã teve oportunidade no culto leu Mt7:1 falando sobre não julgar os outros,e o obreiro que dirigia o culto disse de púpito que se setiu com o "ego massageado" ao ouvir aquelas palavras.É bem verdade que muitos "pregadores" hoje em dia são "bons massageadores de egos".

Mas se o irmão foi julgado como "homicida de crentes",não fizeram esses "irmãos" julgamento de alguém?É aquele tal negócio,essa turma vive se contradizendo mesmo.

Só vai na conversa deles quem não quer compromisso com a verdade.

Um forte abraço companheiro.

Em Cristo.

Ranieri.

Wanderson Sabino disse...

Gente, falem bem ou mal mas falem,
Ou seja, deixa falar.
O que importa é o evangelho ser pregado. E o que tenho visto ultimamente é uma série de ataques e contra ataques.
Onde estão aqueles artigos que vão nos ensinar um pouco mais da palavra de Deus ou alguma curiosidade?
Mas ficar perdendo tempo com quem não quer nada com a verdade, francamente.

Em Cristo,
Wanderson Sabino.

Anônimo disse...

LC 6:27 Digo-vos, porém, a vós outros que me ouvis: amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam;



mario.

Zeriky de Souza disse...

Pastor Ciro...

O Senhor é um abençoado, através de suas pregações e postagens, eu e muitos jovens aprendemos a ammar a Palavra de Deus...

Não fique triste leia (Js 1.9), o senhor é um GRANDE HOMEMM DE DEUS, busca a verdade Bíblica e combate os erros escandalosos...

O Senhor nosso Pastor é contigo.
(Sl 23)

Deus te abençoe Pastor!

se der visite meu blog

www.apologeticajovem.com.br

Lisnei disse...

eu julgo se houver oportunidade. Me submeto a ser julgado, desde que me deem oportunidade de ampla defesa,"pois, se julgassemos a nós mesmo não seríamos julgados... "1ªCorintios 11.31.
Nós podemos ter as vezes visões doutrinárias diferentes, no entanto quando o assunto é defender a pueza doutrinária se faz necessário agir como juiz para que a verdade seja esclarecida. Inelizmente como diz certo irmão ao comentar, as escolas dominicais eram locais onde aprendiamos muito, mas hoje no meio pentecostal tem se desprezado a escola dominical. Muitas igrejas estinguiram-na, outras só tem algumas pessoas que a frequentam.
Os cultos de estudos bíblicos que antes só falavam de costumes e poucas vezes falavam de doutrinas. Hoje foram eliminados e onde há ainda, não se falam mais de doutrinas e nem de costumes, mas na mairia dos casos usam -nos para tratar de assuntos sociais. Pior poucos o frequentam. É por este motivo que pessoas como o pastor Ciro e alguns verdadeiros zelosos pela palavra são alvos de chingamentos e outras amenidades principalmente na internet...

Irene Rocha disse...

pastor Ciro, agradeco a Deus por sua vida, por abrir nossos olhos diante de tanta herezia..
Quando vi o Benny Hinn achei meio estranho e como nao tenho muito entendimento fui buscar na net sobre ele, que bom ter achado seu blog, me ajudou muito!
Moro em Londres, aqui muitos ingleses nao acretitam em Deus e creio que o Benny Hinn tambem nao acredita, pois pra ter um comportamento deste da pra notar que ele nao tem respeito e muito menos temor a Deus!
Parabens pelo blog, fique com Deus.
Forte abraco, Irene

Pr. André disse...

Graça e Paz do Senhor Jesus Cristo!
Amado Pr. Ciro, acompanho e anuncio seu blog a muito tempo, e te digo, me alegro por ter encontrado nesta caminhada, mais um valente do Senhor, que ama verdadeiramente as Boas Novas de Cristo, que ama a Genuína Palavra Santa de Deus! Bom, vamos a matéria: Os "Mestres" dizem que não podemos julgar em hipótese alguma, porque ficam morrendo de medo de serem indagados a respeito de certas coisas estranhas que fazem, sem fundamentos bíblicos, e por sim, com medo de serem apontadas tais heresias que implantam nas congregações. Devemos Julgar, se o que temos visto, realmente, provem do Espírito de Deus, e não Julgar por Calúnia, por mentira, nem pela aparência, mas segundo a Reta Palavra de Deus. Fui praticamente convidado a sair de algumas congregações, pois tentei acordar os amados irmãos dos erros e heresias que deixavam entrar nas congregações, porém em troca sempre fui humilhado e deixado de lado, e me diziam, que estava louco, que o que eles queriam é "PODER" e não advertências de heresias ("Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?" (Gálatas 4 : 16)), pois bem, como Atalaia de Deus continuo avisar sobre as heresias e coisas estranhas no nosso meio, e peço a Deus e aos amados irmãos que orem por mim e toda a minha família!
Deus abençoe a todos, e ao Amado Pr. Ciro em especial nesta noite, que DEUS continue colocando a Verdadeira Palavra, QUE LIBERTA O CATIVO, DAS AMARRAS E PRISÕES na vossa boca!

PR. ANDRÉ LUIZ
IGREJA BATISTA
JUIZ DE FORA - MINAS GERAIS.
BLOG: ATALAIA DE DEUS www.atalaiasdedeus.blogspot.com

Daniel Ferreira disse...

A Paz do Senhor Pr. Ciro!
Para mim o Blog do senhor sempre trouxe informações benéficas e edificante quanto a fé a palavra de Deus. Mas infelizmente há pessoas iludidas com modismos e heresias que não podem compreender uma verdade bíblica.

Louvo a Deus por haver escritores como o senhor, compromissados com a Palavra de Deus.

Dc.Daniel Ferreira
Coruripe,AL
Igreja Assembléia de Deus

Anônimo disse...

A paz do Senhor
II Timoteo 3:5

Irmão Ciro
È assim mesmo
digo para voçe na palavra que o Senhor Jesus disse:
Mt 15:18
Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim.

Deus conhece o coração do senhor, fica firme postando a verdade doa a quem doer.

Deus te abençoe e te de sabedoria mais ainda, para ir por todos os meios de comunicações e pregar a Palavra que liberta(Biblia.

Tenho um blog estou começando.
Visite se tiver tempo

alertadecristo.blogspot.com

Darliana disse...

Caro Ir. Ciro A Paz de Cristo!

A cada dia que leio um de seus comentários fico mais feliz com o meu Deus,
pois vejo que o Senhor tem cuidado dos seus, primeiro porque tem capacitado
o senhor para escrever coisas tão necessárias para nós, internautas, e também por
ver que aqueles que buscam ao Senhor tem a mesma unidade de pensamento,
sempre ficava preocupada quando alguém me dizia que eu nao podia julgar
os outros , nem mesmo segundo a Palavra, nunca aceitei isso! Sempre entendi
que podíamos inferir julgamentos sobre as coisas de acordo com a palavra de Deus, se não fosse
assim, como poderíamos saber se estávamos certos ou não?
Não somos juízes, é verdade, nem devemos passar o nosso tempo a julgar os outros,
mas entendo que muitas coisas podemos, e devemos julgar, pela Palavra ,se vem ou nao de Deus.
Grata pela sua palavra...trouxe refrigério pra mim.
É isso, continue sendo usado pelo Bom DEUS.

Deus é Fiel!! Aleluia.
ah!...se tem gente jogando pedra, é porque a árvore é boa.