quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Vc sabe pq a net tem influenciado tto a grafia qto a fala?


Qdo
eu comecei usar essa ótima ferramenta de compartilhamento de ideias, naum havia mtos escritores, pastores e cristãos em geral q possuíam um blog, e alguns até o preteriam, priorizando os sites. Mas tdo mudou. Há cada dia me espanto com o surgimento de novos blogs na gde rede. Axo isso mto bom. E vc?

Com a popularização da net — estima-se q o número de internautas brasileiros chegue a 40 milhões, segundo balanço realizado pelo Ibope/NetRatings em novembro/2008, praticamente o dobro de usuários de 2007 —, várias palavras e expressões têm surgido, influenciando a nossa língua portuguesa. Alguns exemplos dessa influência: googlar (fazer uma pesquisa no Google), orkutcídio (excluir o próprio perfil do Orkut),
postar, deletar, printar...

Muitos veem no internetês (expressão grafolinguística criada na net pelos adolescentes na última década) um grande mal, um perigo, capaz de corromper a forma padrão do idioma, tornando o patrimônio da língua uma gde sala de bate-papo. Mas precisamos encarar a influência da net com equilíbrio, pois ela tb propicia o surgimento de novas palavras. Só é preciso ter cuidado com os exageros, q realmente são prejudiciais, principalmente para as pessoas sem uma boa formação educacional, q naum conseguem separar a linguagem coloquial da formal.

Eu sou bastante “quadrado”, pois naum gosto de usar o internetês nem em conversas no MSN (se bem q uso pouco essa ferramenta). Naum consigo substituir falou por flw, beleza por blz, etc. É claro q os jovens e adolescentes, principalmente, usam esse tipo de linguagem pq se acostumaram a naum colocar acentos nas palavras, o q consideram trabalhoso na hora de tc (digitar), já q é preciso apertar uma tecla a mais! Isso é ou naum preguiça? Em parte, sim, mas o internetês, às vezes, é prático (naum em um blog, é claro), haja vista a economia de caracteres, sem causar prejuízo à mensagem.

A cada dia, me convenço de q o internetês é coisa de adolescente, q tb aprecia gírias e outras efemeridades. Mas, como eu considero q o aprendizado força a pessoa a ser diferente, estimulo-os a se comunicarem da forma mais simples possível, porém correta, sem uso abusivo do internetês, vlw?

Abs, amigo! Xau, t+, bjs...

CSZ

10 comentários:

VÍTOR FARIAS disse...

Uma graça o "textin"!
Em tempo: agora escrevi sem "caps lock", gostou agora?!

Cristiane Carrillo disse...

Paz do Senhor,Pastor Ciro!
O texto ficou bastante legal...
A metalinguagem foi bem utilizada... usar a línguagem da internet para falar dela mesma ficou bem bacana!
Então... quando suprimimos determinadas letras ou deixamos de utlizar acentos, tornamos a conversa mais dinâmica, mais rápida!
É uma questão de "praticidade", a net pede essa agilidade e rapidez!
O lado ruim de tudo isso é que,muita das vezes, acabamos por utilizar essa linguagem no cotidiano.
Muitos adolescentes nem sabem mais a grafia correta das pelavras...

Anne Ferreira disse...

shalom!

O pro é não deixar a inflência da net, chegar a sala de aula, e as provas, ou curriculums. Pasmem vcs masi assiti auma entrevisat em q o entrevistado especialista em etiquetas e Rh, disse que recebeu varios curriculums com a grafia do internetês: pq, vc, q, at, tb e outras mais. NEste caso aí é que vemos o internetês sendo prejudicial.

No mais se ficar só na net( será que é possivel?) e tb nos site corretos claro. aí cont sendo blz.

paz!

Anderson H.A. disse...

Paz do Senhor pastor Ciro,

Muito bem postado este artigo.Necessitávamos de um alerta sobre isso.O tempo vai passando e estes detalhes vão sendo menosprezados pela maioria dos internautas.Particularmente não gosto de usar este tipo de grafia, nem mesmo nas conversas de MSN.
Este meio de comunicação(internet) é fundamental para nossos dias, mas as vezes causa sequelas irreparáveis.Fora a deterioração da grafia, muitas vezes nos deparamos com propagandas indecentes, imorais, e outras mazelas horríveis.
Sei que fugiu um pouco do assunto pastor, mas quem sabe não é uma idéia para escrever um artigo sobre os ``perigos da internet´´.

Que as ricas bençãos do Todo-Poderoso estejam sobre ti!!

Carlos Henrique disse...

Pastor Ciro,
O blog Apologética - Sola Scriptura tem uma homenagem especial para você pelo seu belo trabalho por meio deste blog abençoado. Acesse já: http://defesa-da-fe.blogspot.com
Um abraço.
Carlos Henrique

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor Jesus esteja convosco!

Graças a Deus, hoje sou liberto do "internetês"! Com a graça de Deus pude me ver livre dessa falta de clareza de linguagem!
Quem foi minha inspiração? Deus é perfeito, e seguindo a Ele, quero ao menos imitá-lo em seus preceitos, para Honra e Glória dEle!

Também o que me motivou a mudar, foi o versículo abaixo:
Filipenses 4:8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.


Não minto, realmente esses foram meus motivos, em sinceridade, não para minha glória, mas para a de Deus, que em todo nosso viver deve ser glorificado!

Deus abençoe aqui a cada um, conforme sua porção!

Cristiane Carrillo disse...

Cada um tem o direito de manifestar a sua opinão livremente...
Mas acho estranho que alguns espiritualizem certos assuntos! Não podemos ser radicais ou ignorantes!
Cada situação exige uma postura e um determinado vocabulário! Mantendo,logicamente, o caráter e a conduta cristã. Agora dizer que utilizar a "linguagem da internet" deixa a pessoa menos ou mais santa é d+...
Enfim... cada um sabe de sua comunhão com Deus!

Lucas Marin disse...

Quero esclarecer, antes de qualquer coisa (não sei se houve má interpretação), que não espiritualizei a escrita correta!
Também não a tomo como necessária para a santidade!
Mas apenas digo que a Palavra de Deus me serviu de inspiração para uma conduta melhor e mais aprovada até no meu palavriado e escrita!

Busco sim, que Deus seja a razão de meu viver!

Pr. Newton disse...

Prezamado pr. Ciro,

A Paz do Senhor!

Existe no momento a dificuldade de comunicação e o desespero de não se comunicar corretamente.

É grave o que está ocorrendo, e extremamente prejudicial ao cotidiano das pessoas que se submetem a não tentarem -como eu-, manter pelo menos um pouco da escrita correta na mente, e não se substimar com a nova internetelinguagem.

Esta armadilha está estraçalhando mentes em várias universidades, e está promovendo a desvalorização do ser humano em uma comuicação troglodita. Poucos são os que conseguem expôr suas idéias, e se fazer entender de uma maneira correta.

Imaginemos a Bíblia, os discursos de advogados, as receitas médicas, as salas de aulas com professores codificados, livros de poesias, explicações complexas e os hinos tranformados nesta tal liberdade cultural que agride ao bom senso e as boas atitudes, sendo alterados para esta nova linguagem alienígena?

Excelente matéria, continue e vá longe.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Juliana disse...

A Paz do Senhor Pastor Ciro !

Gostei muito desta postagem, sou uma adolescente de 14 anos apenas, e tenho muitos amigos que acabam(literalmente) com o Português na internet, e se incomodam por que as vezes eu escrevo de uma maneira correta demais para eles.
A preguiça é o maior causador da má escrita na internet, os jovens de hoje tem que aprender a deixar a preguiça de lado! (risos)

E que Deus te abençõe muito Pastor!