quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Seu blog está fazendo sucesso? Cuidado!

Acabei de ler uma ótima reportagem da jornalista Juliana Carpanez, do Globo.com, sobre comentários ofensivos e ameaçadores inseridos em blogs. Ela menciona o episódio envolvendo o dono do terceiro blog mais lido do mundo — Michael Arrington, co-fundador do TechCrunch —, que, depois de três anos escrevendo sobre novas empresas e serviços de tecnologia, desistiu de fazer isso em razão de ter sofrido agressões verbais e físicas. Ele justificou-se: “Escrevemos sobre tecnologia e empreendedorismo. São coisas importantes, mas não tão importantes para nos fazerem temer pela nossa segurança e a de nossas famílias”.

Segundo a reportagem, o fato de alguém desistir da blogosfera depois de tornar-se muito conhecido indica que a pressão para quem está lá em cima não é pouca. E, como mostra o desabafo de Arrington, há muitos que não economizam na agressividade e apelam até para ameaças quando discordam do blogueiro. Bem, eu já recebi inúmeros comentários maldosos, inclusive de blogueiros que se consideram cristãos. Basta ler a postagem Descuido fatal, na seção O internauta opina, e os comentários de alguns “santos”, no artigo Benny Hinn é um profeta de Deus?

Juliana Carpanez apurou que o blogueiro Arrington se tornou alvo de empresas iniciantes que não recebem a atenção desejada, além de jornalistas e blogueiros concorrentes que acusam o TechCrunch “das coisas mais ridículas”. “Responder a essas acusações não vale nosso tempo: sempre achei que nosso trabalho e integridade iriam dar a resposta para tudo isso. Mas conforme crescemos e conquistamos mais sucesso, os ataques também cresceram”, revelou Arrington.

A matéria também menciona blogueiros brasileiros, como o autor de novelas Aguinaldo Silva, que desabafa: “Dou aqui o meu melhor. Procuro não apenas agradar a quem me lê, mas dar informações, provocar debates, fazer pensar (...). E o meu modo de pensar, limpo e cristalino, está exposto aqui. Em troca dessa exposição, dessa sinceridade toda, o que recebo? (...) Agressões as mais deslavadas, e o que é pior: de pessoas que nem sequer existem! Pois em geral, todos os que entram aqui com propósitos deletérios tratam antes de resguardar com o maior cuidado suas identidades: são todas falsas.”

Mas, e quando isso acontece na chamada blogosfera cristã? Eu digo “chamada” porque uma parte dela é pseudocristã, formada por
“cristãos” que precisam de Cristo, que não amam a Palavra de Deus, desrespeitam lideranças constituídas por Deus e se valem do anonimato e de identidades falsas para xingar, ameaçar e ridicularizar. Infelizmente há também blogs falsos na grande rede. Há pouco tempo, um conhecido blogueiro “cristão” criou um blog, denominado “O X da questão”, pelo qual verberava contra este escritor sem identificar-se. Qual foi o seu descuido fatal? Valeu-se do mesmo estilo empregado em seu blog não-anônimo...

A jornalista ouviu a opinião de Erick Itakura, pesquisador do Núcleo de Pesquisa da Psicologia em Informática da Pontifícia Universidade Católica (PUC), que classifica a agressão na blogosfera como um tipo de ciberbullying — termo que alude a um comportamento agressivo e repetitivo adotado contra alguém no universo virtual, mesmo sem motivação aparente. “O blogueiro exerce o direito dele de liberdade de expressão. Mas muitos leitores se incomodam e acabam querendo impor outras verdades (...) A agressão mostra que, de alguma forma, as informações tocaram a pessoa e ela não soube lidar com isso. Às vezes é mais fácil o leitor enxergar um defeito no blogueiro, que se expõe, do que nele mesmo”, afirmou o especialista.

Rosana Hermann, também citada na matéria, passou por uma situação parecida com a relatada pelo co-fundador do TechCrunch. Ela chegou a fechar um blog e sair do país com a família, depois de receber uma ameaça no estilo “sei onde seus filhos estudam”. Em outra ocasião, pagou um advogado e conseguiu quebrar na Justiça o sigilo de um leitor definido por ela como “o clássico covarde na vida real, que se torna o bam-bam-bam atrevido sob o manto do anonimato”. Mas acabou desistindo do processo, ao descobrir que o maldizente de plantão era um administrador de empresas desempregado, separado, de 42 anos, que morava com os pais. Ele justificou os meses de perseguição à blogueira dizendo que queria ser como ela...

Outro especialista ouvido pela jornalista Carpanez foi o advogado Marcel Leonardi, especializado em direito digital. Ele não vê problemas quando as críticas feitas em um blog são dirigidas ao conteúdo postado, e não à pessoa. No entanto, quando o leitor passa a ofender o blogueiro pessoalmente e vice-versa, podem-se cogitar os crimes de calúnia, injúria ou difamação. Leonardi aconselha a não apagar o comentário injurioso, pois a informação preservada permite descobrir, com auxílio da Justiça, o endereço IP de quem publicou o texto. Assim, é possível identificar o responsável pela ofensa e tomar as medidas cabíveis.

Também ouvido pela reportagem, o jornalista Vitor Birner diz ser diariamente agredido nos comentários postados em seu blog, uma página para fãs de futebol: “Há várias formas de agressão. O leitor mente a meu respeito, diz que falei o que não falei, fiz o que não fiz, penso o que não penso. E eu aprovo os comentários na gigantesca maioria das vezes, por achar que as pessoas devem mostrar quem são”. À luz da Bíblia, as palavras de fato exteriorizam o que alguém é (Mt 12.34,35; 15.11).

A matéria menciona, finalmente, a blogueira Ana Paula Barbi, a Polly, que, em seu blog, não permite nenhum tipo de comentário. Ela afirma, no entanto, que a falta de espaço para comentários não impede que pessoas dispostas a agredir mandem e-mails com endereços falsos. Barbi afirmou: “Grande parte desse recalque vem de uma vontade enorme de ser igual a nós. A pessoa queria muito ter um blog legal, mas não consegue e então apela para a agressão”.

Parabenizo a jornalista Juliana Carpanez pela esclarecedora reportagem. E que nós, blogueiros cristãos, sejamos de fato seguidores de Cristo. Afinal, “Aquele que diz que está nele também deve andar como ele andou... Aquele que diz que está na luz e aborrece a seu irmão até agora está em trevas” (1 Jo 2.6-9).

Ciro Sanches Zibordi

22 comentários:

Lisnei disse...

Pastor Ciro a paz do Senhor.
Bom eu quero se igual ao senhor, mas uma inveja assim eu não tenho, infelizmente muita gente que se diz cristão faz estas coisas insanas. Há alguns anos com a alegação e que o diabo é crente muita gente diz se cistã mas de Cristo não tem nada.

Lucas Marin disse...

Amém pastor Ciro!
Que Jesus esteja em nós e nós nEle!
Espero que eu não tenha dado nenhum tipo de dor de cabeça a sua pessoa até hoje...
As vezes não consigo entender totalmente as coisas, mas sempre tento ser sincero e verdadeiro ao expor minhas idéias...
Mas mesmo assim espero que uns com os outros possamos aprender mais em Jesus Cristo (é claro que alguns como eu precisa mais é aprender - rsrs)

A Paz de Jesus Cristo esteja contigo!

Anderson H.A. disse...

Uma vez mais Paz do Senhor,

É lamentável como estas pessoas usam a sua liberdade de expressão.Liberdade esta que se aproveita dos meios mais espúrios para denegrir ou deformar a imagem de alguém.Entre nós cristãos deveria haver um bom senso quanto as nossas palavras.
É por isso pastor, que louvo a Deus por este blog.Muitos não entendem que os comentários que o senhor faz sobre as várias aberrações doutrinárias, não são contra as pessoas ou pregadores em si, mas sim contra os bons princípios da Palavra de Deus.
Que os blogs cristãos, possam tomar exemplo como este: cirozibordi.blogspot.com

Deus Abençoe ricamente!!!

Pastor Mozart Paulino disse...

Pr Ciro,

Paz do Senhor,

Possuo um artigo no meu blog (texto baseado no site apologético do CACP) de setembro de 2008 chamado "DEPARTAMENTO JURÍDICO DO TEOLOGIA DA GRAÇA", cujo endereço é http://teologiadagraca.blogspot.com/2008/09/departamento-jurdico-do-teologia-da.html

No entanto, mesmo com a clareza e firmeza desse texto, os insultos e calúnias permanecem.

Para quem deseja ter uma noção de como respaldar seus textos, convido-os para leem (com a nova regra ortográfica escrevi certo?).

Fiz questão de republicar como atual artigo.

Que a graça do Senhor Jesus esteja sobre nossas vidas,

Amém,

MSP

Anônimo disse...

Otima materia

Ja recebi alguns comentarios maldosos pelo meu album chamado EXEJEGUES no orkut e uma pena a attude dos supostos cristaos


claudio pimenta
crsmedeiros@hotmail.com

Anderson H.A. disse...

Paz pr. Ciro!!

Já que se inverte tudo hoje, deixe-me explicar o comentário que fiz, antes que alguém me interprete mal.Quando relatei ``Os bons princípios da Palavra de Deus´´, isto quer dizer que estas pessoas ou pregadores, se é que podemos considerar assim, usam as Escrituras sem fazer uma análise exegética, hermenêutica do assunto.
Desculpe pastor Ciro, é que alguém pode interpretar mal!! rss

Alex Esteves da Rocha Sousa disse...

Pr. Ciro,

Em pouco conhecido blog já pude experimentar críticas acerbas de alguns leitores, especialmente quando critiquei Silas Malafaia, René Terra Nova e Morris Cerullo. Há uma patrulha ideológica em favor da Teologia da Prosperidade, e ela não gosta de ler ou ouvir certas coisas. Mas percebo também que a ofensa pessoal - do tipo "duvido que você frutifique como esses homens" - parte de quem não tem argumentos contundentes, e por isso se apega a palavras fortes, com o fim de intimidar.

Eriton Junior disse...

É uma pena que um veículo que leva conhecimento ao público enteressado esteja sofrendo este tipo de pressão, mas temos que continuar na luta pelo Nome de Jesus para que o evangelho seja proclamado!!

visitem www.eritonjunior.blogspot.com

Graça e Paz

Blog do Jordanny Silva disse...

É lamentável tudo isso que temos visto. O anonimato, apesar de ser expressamente proibido na Constituição, ainda tem sido o meio mais eficaz de covardes e invejosos tramarem, injuriarem e ameaçarem a todos nós. Já sofri perseguição também no meu Orkut, pois sou presbítero e ministro sempre em minha igreja. Uma pessoa tentou de várias formas difamar o meu nome. Descobri quem era pela forma de escrever (erros e mais erros ortográficos e gramaticais). O incrível é que esta pessoa era de minha igreja e saiu de lá tentando destruir minha imagem. Após descobrir tive uma conversa sincera com ele e o perdoei. Mas, depois disso, não aceito quaisquer amizades nas redes de relacionamento, e seleciono bem os locais em que estarei acessando e me relacionando com as pessoas.
Pastor Ciro, sabemos que o senhor tem sido alvo de muitos destes ataques. Mas saiba que o Senhor é contigo nesse ministério maravilhoso.
Deus, quando entregou o ministério à Moisés para que o povo fosse conduzido à libertação, apresenta no livro de Êxodo, no capítulo 4, uma forma de agir interessante. Ele diz a Moisés que para demonstrar ao povo que o Eu Sou o enviara, eram necessários alguns sinais. Acredito fielmente que tais sinais não foram escolhidos por acaso. O primeiro deles era transformar o cajado em serpente. No segundo sinal Moisés colocaria a mão em seu seio e logo saiu leprosa. O último sinal era lançar na terra um pouco de água do rio, e esta se tranformaria em sangue.
Creio que tais sinais não foram por acaso e que o Senhor apresentava alguns princípios para o exercício do ministério. O primeiro é desmascarar o diabo (serpente) por meio da verdade. O segundo é expor o pecado (lepra) por meio da Palavra e da Lei. O terceiro é apresentar a aliança feita no sangue de Cristo Jesus.
Pastor Ciro, como homem de Deus, o senhor tem exercido o ministério em sua completitude. Vejo em seus texto que a Verdade tem desmascarado o inimigo; que palavra tem exposto o pecado; e que a solução na aliança em Cristo tem sido apresentada. É por isso que o senhor tem sido alvo de tantas afrontas. Um grande abraço pastor e que Deus continue te usando.

Jordanny Silva
Brasília - DF

Pastor Geremias Couto disse...

Excelente matéria!

Pensava em escrever alguma coisa sobre o ato covarde do anonimato, principalmente na blogosfera cristã (e até nos orkuts da vida), mas diante do que li nada há a acrescentar.

Apenas espero que aqueles que usam desse recurso mudem depressa o seu comportamento, pois, um dia, a verdadeira identidade acaba aparecendo, como já aconteceu por aqui, e os seus comentários ficam desacreditados.

Abraços

Pr. Newton disse...

Nosso pr. Ciro,

A Paz do Senhor!

Matéria excelente, conforme a saudação do prezado pr. Geremias do Couto.

É do nosso conhecimento que dias difíceis virão, e com certeza, seremos perseguidos pelos próprios "irmãos", que insistirão em estar, lado a lado, com a arrogância desproporcional, produzida pela agressão e anonimato, pois, são covardes em suas insinuações, principalmente, pela ajuda administrativa do império das trevas.

O Senhor está contigo, amado pr. Ciro,conforme o que está escrito em Salmos 91:7:

Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.

Glória! Aleluia! Deus seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Matias Borba disse...

Isso ja foi visto em nossa blogosfera crsitã, muito nem se quer tem a copragem de mostra a cara e comentam como anonimos, como se os mesmos não tivessem uma identidade propria.

Infelizmente tem sido assim com muitos conpanheiros nosso que com muito amor desenvolvem um ótimo trabalho com blogs.
Deus abnçoe!

José Rinaldo de Santana disse...

Caro Pastor ciro Graça e paz,
Seguidamente, os perseguidores, ameaçadores,maldizentes xingadores,são os anônimos que se escondem no ocultismo e vomitam impropérios contra as verdades que muitas vezes ferem a sua conduta, quando um blogueiro,coerente nas suas postagens expoem algo que eles ignoram. Mas eles esquecem que muitas vezes basta uma palavra, algumas vezes, para que se conheça suas identidades.

Em Cristo
José Rinaldo de Santana
www.rinaldoeapalavra.blogspot.com

claudio pimenta disse...

O meu album do orkut esta disponivel para todos os irma olharem a parte das fotos EXEJEGUES esta rodando a net

http://www.orkut.com.br/Main#Album.aspx?uid=5065311599749758045&aid=1219903439

tem varios tipos de crentes e satiras la

caso algum dos irmaos queria discordar fiquem a vontade

André G. Fischer Oliveira disse...

Pr. Ciro estou começando um blog e gostaria que o senhor desse uma olhada, O link é http://plenitudecrista.blogspot.com/

e pudesse dar alguma dica ficaria grato...

ficaria feliz com a sua visita...
Obrigado.

ASS André Fischer - Camboriú - SC

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Lisnei,

Uma das diferenças entre o cristão e o falso cristão é que o primeiro não apenas aparenta ser honesto, verdadeiro, mas é verdadedeiro e honesto. Já o pseudocristão às vezes aparenta ser honesto ou verdadeiro, mas é falso e desonesto. Creio que este artigo, baseado na matéria citada, desperta-nos para sermos o que aparentamos, de fato, como cristãos autênticos.

A paz do Senhor!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Lucas Marin,

O artigo menciona claramente um tipo de internauta que usa de engano e falsidade. O irmão não leu com atenção? Ou está exagerando em sua penitência? Risos.

É claro que o irmão nunca me deu "dor de cabeça"! Pelo contrário, o irmão é sempre bem-vindo. As suas perguntas são importantes porque não são capciosas, e sim estimulantes, instigantes.

Um abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Anderson,

Como se apurou na reportagem, o maldizente de plantão é aquela pessoa que não consegue debater no campo das idéias. Louvo a Deus ao saber que há internautas como o irmão, que consegue perceber que o nosso objetivo não é expor pessoas, e sim combater "ventos de doutrinas".

Que Deus o abençoe!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Mozart,

Estou de pleno acordo com o irmão. O anonimato, pela Constituição, nos é vedado. Temos liberdade, em contrapartida, de manifestar o nosso pensamento, desde que não ofendamos a ninguém. Mas eu não desabilito a opção de comentário anônimo neste blog para que os irmãos que não possuem conta no Blogger ou no Orkut possam inserir os seus comentários. Caso contrário, eu já teria desabilitado tal opção.

Quanto à sua frase "convido-os para leem", o correto seria: "convido-os a lerem". O "leem" sem acento circunflexo na primeira vogal (de acordo com a nova grafia) é aplicado em casos como: "Os internautas que acessam este blog LEEM o livro Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria" (risos).

Que Deus o abençoe, meu amigo!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmão Cláudio Pimenta,

Não é por acaso que seu nome contém "pimenta" (risos).

Um grande abraço ao irmão e ao amável povo cearense!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Alex Esteves,

Quando citamos nomes, é inevitável que haja reação de admiradores e fãs. Eu evito mencionar nomes, para deixar bem claro que não tenho nada pessoal contra ninguém. O Senhor Jesus, quando andou na terra, e o apóstolo Paulo, para citar apenas dois exemplos, evitavam criticar pessoas nominalmente. Mas, quando necessário, faziam isso.

Eu considerei necessário citar o nome de Benny Hinn e de outros enganadores do nosso tempo, neste blog e em meu livro "Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar", mas fiz isso não para denegrir a imagem deles, e sim para usar um "tratamento de choque" em relação a seus seguidores, que em geral se tornam títeres daqueles e deixam de observar a Santa Bíblia.

Um abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado Eriton,

Ao escrever, pregar e ensinar, não devemos ter como motivação agradar ou irritar pessoas, e sim dizer a verdade, seja ela agradável ou não, agradando aquEle que nos dá a mensagem (Is 50.4; 1 Co 11.23).

A paz do Senhor.

CSZ