quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Eleições da CGADB: já escolhi o meu Candidato


A Assembleia de Deus brasileira assemelha-se à igreja de Corinto, que será objeto de estudo no próximo trimestre de Lições Bíblicas da CPAD. Ela é uma igreja vigorosa e conta com líderes e expoentes de renome, como Paulo, Apolo e Timóteo (1 Co 3.5,6; 4.17); nenhum dom lhe falta (1 Co 1.7); o poder multiforme do Espírito Santo no meio dela é manifesto (1 Co 12.4-11). Glória a Deus! Mas essa denominação quase-centenária também tem os seus problemas.

Na Assembleia de Deus brasileira, como na
igreja de Corinto, há crentes carnais (1 Co 3.3), maus costumes (1 Co 11.20-22), falsos obreiros (2 Co 11), tolerância a pecados graves (1 Co 5-6), dissensões (1 Co 11.17-19), mau uso dos dons espirituais (1 Co 14) e crentes com espírito faccioso (1 Co 3.4,5).

Tenho visto, no meio assembleiano, muito partidarismo. “Eu sou da missão. Eu sou de Madureira. Eu sou do Belém. Eu sou do Belenzinho. Eu sou do Norte. Eu sou do Sudeste. Eu sou de fulano. Eu sou de beltrano” — dizem alguns, com orgulho. Não há problema algum em termos preferências, mas não nos esqueçamos do que disse Paulo aos coríntios: “Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso; seja Paulo, seja Apolo, seja Cefas... tudo é vosso, e vós de Cristo, e Cristo de Deus” (1 Co 3.21-23). E, foi pensando nesta passagem bíblica, que resolvi dizer a todos qual é o meu Candidato...

Mas, antes de eu fazer tão importante revelação (que poderá, inclusive, ajudar os indecisos a fazerem uma boa escolha), pergunto: Você sabe o que significa “candidato”? Esta palavra está atrelada, em seu étimo, ao termo “cândido”, que denota brancura, pureza, sinceridade, inocência. Isso porque, na Roma Antiga, os candidatos a cargos eletivos vestiam-se de toga branca
que simbolizava honestidade e idoneidade, bem como possibilitava a identificação deles entre os demais cidadãos romanos.

Em Cantares 5.10, a Noiva diz do Noivo: “O meu amado é cândido e rubicundo; ele traz a bandeira entre dez mil”. Já descobriu qual é o meu Candidato? É aquEle que é cândido, imaculado e incontaminado (1 Pe 1.18,19), vestido de vestes brancas salpicadas de sangue (Ap 19.13). Sim, o meu Candidato é Jesus Cristo. E o meu desejo — parafraseando Paulo — é que, após as eleições da CGADB, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é nosso. Seja Belenzinho, seja Belém; seja CGADB é você, seja CGADB para todos, tudo é nosso; e nós de Cristo, e Cristo de Deus.

Que o Candidato eleito seja o Senhor Jesus Cristo, e que as Assembleias de Deus do Brasil não sejam deste ou daquele, mas dEle.

Ciro Sanches Zibordi

32 comentários:

Pr. Newton disse...

Prezamado pr. Ciro,

A Paz do Senhor!

Chegou mais um momento de grandes definições dentro da CGADB.

Será que as escolhas passadas foram as melhores?

Será que esta próxima será a mais bem definida?

Creio que estaremos envolvidos por interesses e interessados, pois, o sentimento de poder político, não desvia o desejo de muitos envolvidos nestas eleições.

Hoje, existe a necessidade em se postular aos cargos eclesiáticos, devido as possibilidades futuras para uma ponte à política secular.

O interesse do apoio de muitos do ministério, estão recheados do fermento de interesses para o futuro, e já programado nas agendas de muitos à sua volta.

O interesse do líder que for escolhido, será avaliado, em futuro próximo, e principalmente nos encontros de candidatos aos governos Municipal, Estadual e Federal, em púlpitos das igrejas. O que considero um desencontro com a realidade - prometida e mentirosa de muitos. E, uma junção de falta de respeito ao Senhor que não concorda com a mistura farisaica de certos comprometidos com tudo.

Santo! Santo! Santo!

É o Senhor dos Exércitos, que tem preparado neste final dos tempos, um julgamento para os que andam em constantes brincadeiras dentro da Igreja em afronta a Santidade de Deus.

Vigiar e orar! Sentimento necessário aos santos de Deus.

Deus seja contigo e com o que for definido nesta convenção,

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

claudio pimenta o homem das exejegues disse...

E estava lendo a escolha de Matias e observei algumas diferenças dos tempos primitivos para os tempos atuais.
Claro que hoje temos a tecnologia entre outros meios logisticos corretos que podem ser usados em eleiçoes.
Mas poderiamos usar o velho e infalivel metodo: Oraçao e lançar sortes, par ou ipamar, palitinhos etc

rs!!!!!!

Anderson H.A. disse...

Paz do Senhor pastor Ciro,

Nós membros da Assembleia de Deus aguardamos com muita expectativa as eleições da CGADB.Vamos orar para que essa AGO seja realizada na doce Paz do Senhor.Quando li este artigo logo pensei no próximo trimestre da Escola Dominical pois, vamos tratar dos problemas e soluções da igreja de Corinto.
Mais uma vez glorifiquei a Deus por esta postagem pois, realmente todos nós temos que centralizar a nossa fé somente em Jesus.Ele é nosso Amigo e Protetor.
Que Deus possa abençoar esta 39ª AGO em Vitória - ES.

Deus Abençoe.

Anônimo disse...

PAstor Ciro:
APLAUSOS!!!!
Amém! Palavras inspiradas pelo Espirito Santo e totalmente isentas!
Que Deus lhe conserve assim!

Pr. Robson Aguiar disse...

Concordo!

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pastor Ciro:

Excelente sua proposa, mas só para descontrair, quero lembrar o nobre e preclaro amigo que, em que pese ser esse o nosso maior desejo, quando teclarmos a urna em Vitória-SP, não aparecer nem a foto nem o nome de Jesus em nenhum cargo.

Nesse caso, só nos resta uma opção, orar para que Jesus esteja no coração de cada um dos candidatos (sera?), aí sim, "tanto faz como tanto fez", poderemos votar à vontade, qualquer um vai servir.A CGADB tanto pode voce, assim como ser de todos, Tanto pode ser para todos, como ser só sua, Vai dar tudo na mesma! Oh Glória!

Entendi sua proposta, mas se não descontrair a coisa fica séria demais.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Mauricio Brito disse...

pr ciro muito inteligente a sua colocação; nos somos a assembleia de Deus, o partidarismo só contribui para mais facções dentro da propria denominação.
oremos para que Deus faça a escolha atraves dos seus servos.

pr brito jaru ro

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Carlos Roberto,

A paz do Senhor.

Sei que o irmão está descontraindo, mas há blogueiros e internautas que torcem as nossas palavras. O que eu quero é ver o Senhor Jesus no centro de tudo o que se diz e faz nas Assembleias de Deus.

Para muitos, as eleições da CGADB estão sendo encaradas como uma eleição de clube de futebol, mas está ainda pior...

Recentemente, em São Paulo, foi eleito o presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras, um clube de futebol, e o presidente eleito (um economista respeitadíssimo e conselheiro do presidente Lula) saiu abraçado com o seu adversário. Juntos, reconheceram que precisam trabalhar pelo bem do clube, pois ambos são palmeirenses. O que prevaleceu? O amor ao clube.

Por isso, o meu desejo é que não haja guerra, disputa, contentas nas eleições. Afinal, irmãos somos. Os assuntos deveriam ser debatidos à luz da Bíblia, em oração, e a Palavra de Deus deveria permanecer, ainda que as decisões à luz da Palavra fossem contrárias às opiniões pessoais.

Todos, independentemente da chapa, devem curvar-se à supracia da Palavra. E o Senhor Jesus precisa voltar ao controle da CGADB, seja quem for o presidente.

Um abraço.

CSZ

Edson Dorna disse...

A paz do Senhor!

Concordo com suas palavras, que Cristo precisa voltar ao controle da CGADB.

Vejo a Convenção como a igreja de Laudicéia, ele está de fora, mas batendo na porta.

Em Cristo
Edson Dorna

Wanderson Costa disse...

Espero que antes de votar, nossos pastores busquem a orientação divina.

cordus88 disse...

Pastor Ciro,

A paz do Senhor. Gostaria de parabenizá-lo pela defesa da Santa fé e pelo blog, o qual visito diariamente e está nos meus favoritos.

Lí esta postagem soobre a CGADB e uma coisa me chamou atenção. No segundo parágrafo o senhor excreve:
"como na igreja de Corinto, há crentes carnais (1 Co 3.3)". Realmente é uma definição bíblica, mas soa muito estranho agregar o nome "carnal" ao de "crente".

O senhor não acha que essa definição usada por Paulo era para pessoas que estavam na igreja,mas não eram "convertidas" e não tinham nenhum compromisso? Acho um pouco contraditório visto quê não tem como a pessoa ser um verdadeiro crente e ainda ser carnal.

Acredito que esse título "carnal" só serviu para abrandarmos a situação de determinadas pessoas que não querem nenhum compromisso com a Obra de Deus. Os lidees não querem dizer que elas são do mundo e as chamam de "crentes carnais", pois soa como se, mesmo fazendo tudo de errado,fossem salvas.

Desculpa se não é a postagem ideal para esse tipo de pergunta, mas foi a única que encontrei tal termo.

Abraços e que Deus continue te sustentando nesta obra.

Nélio A. Fernandes

Marcelo Oliveira disse...

Sola Christus e soli Deo gloria!

Ás vezes como o irmão bem abordou penso que a igreja brasileira em geral é muito parecida com a igreja de Corintios muito dividida, cheia de contendas e com muitos crentes carnais, fracos e doentes. Têm irmão que contendem pensando que são de A outros de B, mas todos somos de Cristo e devemos nos fortalecer na Sua palavra e no Seu amor para que desta maneira nos unamos em prol da nossa amada Assembleia de Deus.

Marcelo Oliveira
http://blogdomarcelooliveira.blogspot.com

José Rinaldo de Santana disse...

Paz do Senhor pastor Ciro,

As eleições da CGADB, é momento de muitos comentarios entre os crentes Assembleianos:
1 - Como uma eleição de politica partidária;
2 - Como uma eleição de clube de futebol;
3 - como eleição de uma Associação;
4 - Como eleição de uma diretoria de empresa;
Mas vamos orar para que essa seja realizada na doce Paz do Senhor e da vontade, conforme At. 6.3,Que Deus possa abençoar esta 39ª em Vitória - ES.

Em Cristo
José Rinaldo de Santana
www.rinaldoeapalavra.blogspot.com

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Ciro,
Entendi perfeitamente sua posição que também é a minha!
Usei apenas um momento de descontração para não acirrar os ânimos dos internautas, que parecem já estar na flor da pele, e olha que ainda estamos em Fevereiro.
Ainda à luz da sua exposição nesse comentário, quero lembrar um exemplo mesmo da política nos EUA, sem querer entrar no mérito particular desles, mas o presidente eleito e agora empossado, nomeou pessoas que fizeram oposição a ele dentro do seu próprio partido e ainda mais, nomeou pessoas da oposição partidária, quando não encontrou nomes com a capacitação dentro do seu partido.
Em nosso caso, ouvimos até falar em "racha", o que é no mínimo inaceitável, pois afinal de contas somos todos irmãos em Cristo.
Nesse caso, só o CANDIDATO JESUS para SALVAR A ASSEMBLÉIA.
Um grande abraço meu amigo e continueamos na marcha pela unidade da Igreja.
Pr. Carlos Roberto Silva

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Nélio,

A Palavra de Deus é clara. O texto de 1 Coríntios 3.3 se refere aos CRENTES DE CORINTO e diz: "PORQUE AINDA SOIS CARNAIS..." Isso denota que há pessoas dentro das igrejas que precisam se converter, haja vista ser a conversão um processo. A Bíblia não corrobora a máxima predestinalista: "Uma vez salvo, salvo para sempre".

Grato pela participação.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro amigo, pastor Newton,

A paz do Senhor!

Realmente, é um momento de grandes definições dentro da CGADB. E estas precisam ser tomadas por crentes espirituais, que servem a Deus em espírito (Rm 1.9), e não por crentes carnais, que entregaram a sua vida a Cristo, foram salvos, mas não se converteram, posto que a conversão é um PROCESSO. A santificação do crente tem três aspectos: posicional (passado), progressivo (presente) e perfectivo (futuro).

Pedro, a despeito de andar com Jesus, ainda não estava convertido... E há obreiros nessa condição também, como vemos em Apocalipse 2-3, os quais, como o irmão disse, acertadamente, "andam em constantes brincadeiras dentro da igreja em afronta à Santidade de Deus".

Deus o abençoe, prezado amigo!

CSZ

Juber Donizete Gonçalves disse...

Pr. Ciro

Minhas palavras são as mesmas do irmão Edson Dorna, ao comparar o atual processo à frase de Jesus a igreja de Laudicéia. Em poucas palavras, falou tudo o que penso.

Abraço.

josias LEONARDO disse...

O que me desgosta nessas eleiçoes é se portarem parecidissimos com esses politicos sem compromisso com a politica, com o povo, por puro narcisimo deles.Na igreja tem que ser diferente. Gostei de seu comentario, caro Ciro;a igreja é um corpo, não um clube de futebol.Deve-se haver mais respeito a todos os assembleianos de todo o Brasil.
PAZ!!!

Elaine disse...

Como sempre, excelentes colocações... Deus seja louvado por tua vida!

Obrigada por responder uma das minhas tantas questões em aberto, e me ajudar mais uma vez. Obrigada mesmo.

Mas eu não sumi do seu blog, não. Esse aqui se tornou uma referência pra mim e estou sempre por aqui e tenho acompanhado todas as atualizações... só não deixei comentários nas minhas últimas visitas.

Contudo, prometo que vou ser mais correta em comentar, primeiro porque nós, cristãos sem nenhum interesse de receber louvores que só Cristo merece, só pelo fato de sermos blogueiros somos tentados (e cedemos) a esperar sempre por um comentário novo no blog. Parece que receber opiniões nos incentiva (e acho que incentiva mesmo, ainda que elas sejam contrárias às nossas coloações). Segundo, carece realmente deixar comentários, mesmo sendo os seus textos já bastante completos, pois vale cooperar com os argumentos bíblicos deste blog, que se fez um manancial pra todos que entram aqui.

Tenha um excelente fim de semana sob a graça, misericórdia e paz de Deus Pai e de Cristo Jesus, o nosso Senhor.

No amor do Divino Mestre.

Cristo a única Esperança disse...

A PAZ DO SENHOR!

AINDA ME LEMBRO DAS ELEIÇÕES NO TEMPO EM QUE NÃO ÉRAMOS GOSPEL, E SIM PENTECOSTAIS;

Márcio Renee disse...

Ora, de fato, espero que essas eleições possam servir para o aumento quantitativo e qualitativo da igreja. Mas existe uma coisa que tenho que expressar: aqui onde moro, Fortaleza, é muito difícil alguém seguir o ministério pastoral, pois os critérios para a escolha de um pastor não me parecem claros. Na maioria das vezes, a escolha acontece por indicação de alguém que já dirige uma congregação. Eu acho esse critério muito falho, principalmente frente aos desafios que a igreja terá de enfrentar daqui para frente. Espero que nos outros estados não aconteça o mesmo. Parabéns, pastor, pelo belo espaço. Glória a Deus pela iniciativa bastante edificante.

EV MARCIO ROBERTO disse...

Caro Pastor Ciro .
A nossa igreja, precisa de homens abnegados, simples, do contrario o 'StatUS'de ser presidente, vice , secretario, tesoureiro membro do conselho da cpad ou coisa parecida.poderão gerar um grande para nossa convençao.
sauadações em Cristo

Pr Dário Gomes disse...

Bastante sutil o titulo deste post: "Já escolhi meu candidato!"
Princialmente com as fotos de alguns candidatos.
Interessante que no final o amado irmão cita sua escolha "Jesus Cristo" só que não o vejo no cartaz ou panfleto (como queira chamar) distribuido como capanha e que tem chegado em nossoas mãos. Será que esta no da outra chapa? Será que este post tem a "cândura" do que o amado propõe neste belo artigo?
Eu tambem já tenho meu candidato, e ele é um homem, (creio eu que homem de Deus, como todos são, se não, não tenho a capacidade de julgar) . Só não é Jesus, porque Ele não concorre a nada, e não precisa de voto, ao contrario Ele elege, pois ja aconteceu conosco.

Sempre em Cristo.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Pastor Dário,

Bastante infeliz a sua afirmação: "não o vejo no cartaz ou panfleto", referindo-se ao Senhor Jesus. Pelo que vejo o irmão se deixou levar pelo que lê em certos blogs que, por falta de criatividade do blogueiro, sobrevivem de postar em cima de postagens de outros, distorcendo, na maioria das vezes, a ideia original.

Realmente, eu tenho o meu candidato, ente os dois postulantes, não há dúvida. E o irmão deve ter o seu. Eu tenho o meu, o irmão tem o seu. E ponto final.

Mas é uma pena que o irmão, a despeito de ser um pastor, não tenha conseguido entender o sentido real do texto. Sugerir que eu estou apresentando Jesus como um dos candidatos me leva a pensar até que o irmão sequer leu o texto com atenção. Leia o texto de novo, se puder, a fim de que perceba que ele em nada tem que ver com questiúnclas eleitoreiras.

Que Deus o abençoe.

CSZ

Pr Dário Gomes disse...

Pastor Ciro.

Não costumo acessar a internet pela manhã. Mas confesso que o fiz, na intenção e ler seu Blog. Blog este que acompanho há muito tempo (sempre a noite) lendo matérias que nos edifica, algumas (poucas devido a assiduidade que posta)que posso não concordar na sua totalidade mas é sempre proveitosa.
Conseguir sim entender o sentido real do seu texto, (não por ser pastor)e por isso surgiu meu questionamento, é que neste "sentido real" nada tem haver o cartaz publicado, não me preocupo pela chapa,candidatos ou números, poderia ser qualquer um. Quando o amado afirma que leio certos Blogs, imagino que visitou o meu blog ( se isso aconteceu é uma honra para mim) e viu que acompanho alguns blogs. Gostaria de acompanhar outros, (preciso acompanhar para não errar no dia do voto) tenho sim o meu candidato e saberei revelar na urna.
Sem a intenção de entrar nas "questiúnculas" eleitoreiras.

Pela "candura" pureza, sinceridade, inocência, por Cristo Jesus.

Dario Gomes

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Dario,

A paz do Senhor.

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo e pela participação. Já visitei e ainda visitarei o seu blog.

Em Cristo,

CSZ

Pastor Adelino Justo Salvador disse...

Pastor Ciro.
A Paz do Senhor Jesus.
A forma estatutária para a escolha da próxima Mesa da CGADB, as urnas, representam o amadurecimento da Convenção, para tais decisões. A forma como o pleito está sendo conduzido, é o que vai influenciar na escolha do candidato. Nós, os 'eleitores', pastores membros da CGADB, não nos deixaremos levar, ou sermos induzidos por atos ou oferecimentos... haja vista nossa maturidade, que não pode e não deve ser colocada em dúvida diante dos membros de nossa Igreja, quaisquer que seja o Ministério ou Convenção filiados à CGADB.
Se ensinamos nossos irmãos a orar ante às várias decisões cotidianas, é porque isto fazemos também.
Quando o amado pastor fala do candidato eleito ser O SENHOR JESUS CRISTO, o faz com muita propriedade. Pois seja Paulo, seja Apolo, permaneceremos sendo Igreja Evangélica Assembléia de Deus no (norte, sul, leste, oeste)Brasil, nós de Cristo, e Cristo de Deus.
Fosse para proclamar nosso Candidato, a eleição não seria em urna eletrônica, de forma direta e secreta.
Oramos ontem, Oremos hoje, amanhã, no dia e no hora de teclar, e depois do resultado!... (OREMOS sem cessar) para que Deus continue nos abençoando e tal qual Corinto, surja sempre UM PAUlO, não somente para denunciar mais também para doutrinar com autoridade, para que tudo seja feito decentemente e com ordem. (ou a eleição da mesa não será também um culto a Deus? Bem que deveria ser) Pois o que fazemos fazemos como para agradar a Deus e não aos homens!!!

Deus continue lhe usando poderosamente.

Pastor Adelino Justo Salvador

Pastor Adelino Justo Salvador disse...

Des continue te usando!

Jæn disse...

AMEM.
(e nem boto o acento porque nao sei se tem mais xD).

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amargo anônimo,

Desistiu de apresentar-se como ALBERTO VEDETA?

Como você é ingênuo... Por que não usa o seu verdadeiro nome? Ou você pensa que eu não sei que você é? Que usar as iniciais VF?

Que Deus tenha misericórdia da sua vida.

CSZ

Anônimo disse...

Durante a última AGO da convenção a que pertenço, COMADESPE, em Janeiro deste ano, o presidente da CGADB trouxe a palavra devocional no ultimo dia e durante a sua palavra incentivou todos os pastores a irem a Vitória para votarem, dizendo que “apenas perderiam um dia. Sairiam de Sao Paulo na Quarta-Feira à noite, amanheceriam em Vitória na Quinta-Feira, votariam e poderiam voltar a São Paulo no mesmo dia”. Se este “circo político” não for desarmado, não me surpreenderei se na AGO de 2013 tivermos 30.000 pastores inscritos e realizarmos nossas plenárias no Morumbi, Maracanã ou outra praça de esportes do nosso país.(Mark kolenda)

Anônimo disse...

Sounds it is tempting