sábado, 14 de fevereiro de 2009

É bom viver de “sonhos”, mas...


Na minha casa todos gostam de “sonho”. Minha filhinha, que completou 5 aninhos no dia 9, lambuzou-se nesta manhã com um “sonho” enooorme... Ela aprecia o que tem recheio de doce de leite, mas o seu preferido é o tradicional, recheado com aquele creme amarelo. Hum... Uma delícia! Papai e mamãe não resistiram à tentação e fizeram companhia à pequena Júlia...

Saindo um pouco da área gastronômica, mas falando ainda da minha família, gostaria de dizer que a minha esposa vive de “sonhos”... Ela “sonha” com apartamento novo, carro novo, móveis novos, cortina nova... Graças a Deus que ela não “sonha” com marido novo!

Ah, como é bom “sonhar”... Eu também vivo “sonhando”. Mas aprendi que nem sempre os nossos “sonhos” estão de acordo com a vontade de Deus — observe que estou empregando a palavra entre aspas porque me refiro a projetos, aspirações, desejos, planos, ambições, e não a sonhos de verdade, os oníricos, que ocorrem quando dormimos.

O que está escrito em Provérbios 16.1 e 19.21? “Do homem são as preparações do coração, mas do Senhor a resposta da boca”. “Muitos propósitos há no coração do homem, mas o conselho do Senhor permanecerá”. Em outras palavras, do ser humano são os “sonhos”, mas é o Senhor quem deve dirigir a nossa vida.

Temos visto, em nossos dias — por conta da influência de palestrantes e livros de auto-ajuda —, líderes, pregadores, cantores e crentes em geral confundindo os seus “sonhos” com a vontade de Deus, como se os projetos e aspirações fossem implantados dentro de cada um de nós. Pregadores e compositores têm dito ao povo: “Ouse sonhar, pois você não morrerá antes que os sonhos de Deus se cumpram” ou “Os sonhos de Deus jamais vão morrer”. No entanto, essas afirmações não resistem às verdades da Palavra de Deus.

José — tido como o grande modelo de “sonhador” — nunca “sonhou” que seria o governador do Egito! A bem da verdade, Deus lhe mostrou, mediante sonhos (sonhos, mesmo!), que o colocaria em um lugar de destaque, e isso se cumpriu (Gn 37-50). Davi “sonhou” que levantaria o templo, mas seu projeto não estava de acordo com a “resposta da boca” nem com o “conselho do Senhor” (2 Sm 7). Paulo “sonhou” que evangelizaria a Ásia e a Bitínia, porém, a despeito de seus planos serem bons, “... o Espírito de Jesus não lho permitiu” (At 16.6,7).

Viver de “sonhos” é bom e não é pecado ter aspirações. Mas o melhor mesmo é buscar a Deus e pedir a Ele que dirija a nossa vida em tudo. E, se confiarmos no Senhor (Sl 37.4-7), não precisaremos ser “sonhadores”, nem ter “sonhos ousados”, tampouco nos preocuparmos com a “morte dos nossos sonhos”. Afinal, “... sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto” (Rm 8.28).

Ciro Sanches Zibordi

18 comentários:

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor pastor Ciro...

Vejo que atualmente, há 2 pastores "sonhando" a presidência da CGADB...

Seria possível Deus mostrar sua vontade pra que não houvesse tanta disputa e troca de acusações pelas partes envolvidas? Então, se sim, será que esses 2 irmãos tem buscado saber a vontade de Deus antes de arriscar posição que se precisa tanto de saber a vontade de Deus?

São dúvidas que me rondam a mente, visto que hoje é tão comum ver crentes que não consultam mais a Deus pra tomar decisões em suas vidas...
Penso que Deus se alegra quando buscamos o seu sábio conselho, quando confiamos mais nEle e menos em nós mesmos!

A Paz do Senhor Jesus Cristo esteja contigo amado irmão!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Lucas Marin,

A paz do Senhor!

Como os internautas, atualmente, estão com a cabeça nas eleições da CGADB! Logo no primeiro comentário esse assunto?!

Sinceramente, por enquanto vou me abster de fazer comentários sobre os pastores que concorrem à presidência da CGADB. Em abril, se Deus quiser, vou a Vitória, Espírito Santo, e cumprirei o meu papel como convencional.

Bem, como eu afirmei no artigo, não é pecado "sonhar", mas devemos priorizar a vontade de Deus para a nossa vida, a qual nos é revelada pela sua Palavra e por Ele mesmo, mediante a nossa comunhão diária com o Senhor. E, quando confiamos nEle, sabemos que tudo o que acontece em nossa vida tem a sua permissão, como aconteceu com o jovem José.

Que Deus abençoe a sua vida e a dirija em tudo!

CSZ

Lucas Marin disse...

rsrsrs

"Como os internautas, atualmente, estão com a cabeça nas eleições da CGADB! Logo no primeiro comentário esse assunto?!"

Verdade, não pude deixar de evidenciar que isso me veio rapidamente a mente...

Fico preocupado com algumas mudanças e ainda penso que algumas coisas poderiam ser repensadas e outras resgatadas ou aproveitadas do passado!

Que o Espírito Santo de Deus possa estar sempre a nos auxiliar em tomadas de decisão!

vocepracristo.blogspot.com disse...

Sonhar é bom, quando o sonho é orientado por Deus, ainda é melhor,pois sabemos que pode vir a se tornar realidade, nosso maior sonho diário tem que ser o de servir a Jesus sempre da melhor maneira,orientado pela Vontade de Deus.

vocepracristo.blogspot.com disse...

Nossos sonhos, nossas aspirações,tudo é motivo de felicidade para nós,quando realizado,porém quando é orientado pelo amor de Deus,aí é certeza absoluta.

Alex Esteves da Rocha Sousa disse...

Sonhar com o sucesso perante os outros é comum - caso de quem sonha em ser pregador de renome, por exemplo, pregador de multidões, líder de ministérios pomposos. Sonhar em servir parece mais raro.

carloshenrique disse...

Sonhar, como é bom sonhar.
Mas, prefiro um sonho bem melhor do que ter carro novo, casa nova.
Prefiro sonhar em ver vidas sendo salvas.
Prefiro sonhar com mensagens que toquem profundamente no coração de cada pessoa, levando-as a se renderem aos pés de Cristo.
Prefiro sonhar com a nova Jerusalém que do céu desce ornada.
Prefiro sonhar em um dia ver a Cristo Jesus lá na glória.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Carlos Henrique,

Sugiro que você "sonhe" em aumentar a sua capacidade de compreender os textos que lê...

CSZ

Ana Paula disse...

Sonhar, é um verbo que nos direciona a sempre olhar a vida com uma perspectiva poética de que tudo seja alcançável, provável e, até mesmo, real.
E aí, nos esquecemos que nossas vidas são na verdade "sonhos de Deus" e não nossos. Que na verdade devemos buscar ouvir diretamente Dele toda a nossa história, que já está escrita antes mesmo que nascêssemos (Sl 139.16). Ousar ter uma vida assim exige coragem, pois agindo dessa forma, em certos momentos teremos que abrir mão de vontades e, teremos que passar por experiências que não calculávamos ter que passar para, no final, cumprir todo o Seu querer. Assim foi com José. Os sonhos que ele teve não foram plantados por sua própria vontade, mas vieram diretamente de Deus e, ele permitiu que Deus contasse sua história... e que história!!!! Façamos o mesmo....

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amada irmã Ana Paula,

Muito me honra a sua participação em meu blog.

É importante sabermos distinguir sonho de "sonho". A Bíblia só emprega o termo "sonho" em relação a sonhos de verdade. Haja vista o sonho de Jacó e a escada; os sonhos de Faraó; os sonhos de José, do pai de Jesus, etc. Ele sonharam quando estavam DORMINDO. Não foram "sonhos" de olho aberto, anseios, projetos, etc.

A Bíblia também fala de projetos, aspirações, anseios, vontades, ambições, etc., termos hoje designados genericamente pela palavra "sonho".

Não encontramos na Bíblia José "sonhando" em ser o que foi! Ele não almejava ser o governador do Egito! Subtentende-se que Deus não colocou no coração de José esse "sonho".

Deus, na verdade, mostrou a José, mediante sonhos de verdade (oníricos), que o colocaria em lugar de destaque. Haja vista o sonho em que Sol, Lua e 11 estrelas se prostravam diante dele; e o outro, em que molhos se prostravam diante dele.

Distingamos, pois, sonhos e "sonhos".

A paz do Senhor!

CSZ

cincosolas disse...

Pr. Ciro,

Dei-me ao trabalho de compilar expressões contendo "sonho" em nossa hinologia contemporânea e fiquei assustado. Quem sabe até vire um artigo no Cinco Solas.

Mas o pior é que essa onda de "sonhos" não está restrita aos cânticos, mas os pregadores incorporaram o "recurso" às suas pregações. Ora, é desculpável, com a desculpa de licença poética, que artistas façam pulular sonhos em suas músicas, mas pregadores, bem, pregadores deveriam iniciar o preparo de seus sermões com uma exegese do texto base...

Em Cristo,

Clóvis

Ana Paula disse...

Pr. Ciro,
é essa diferenciação que não estamos vendo hoje em dia em muitíssimas pregações e hinos.
Tem-se posto mais o EU do que DEUS.
Tem-se visto mais os sonhos, projetos, vontades próprias, do que os sonhos, projetos, vontade de Deus.
E disso advém essa festa de hinos que procuram mais o bem estar e de pregações onde a determinação de uma vida próspera é garantida por Deus....
Não temos é visto essa diferenciação tão claramente em muitos arraiais evangélicos... inclusive no nosso.
Claro que José não sonhava em ser o que foi... e creio que nem imaginou que tal sonho que fosse o que foi....
Mas que já ouvi pregações sobre tal passagem mostrando que ELE JÁ "DEDUZIA" O QUE DEUS QUERIA PARA VIDA DELE E QUE POR ISSO ELE ACEITOU TUDO O QUE ACONTECEU E POR AÍ FOI...........
Enfim, toda essa interpretação equivocada sobre SONHOS e tantas outras palavrinhas, cansa!!!!!!
Como cansa!!!!!!
Tenho muitas saudades das pregações de cunho totalmente evangelístico ou então de verdadeiro aprofundamento das verdades teológicas que a Bíblia contém....
E dos hinos onde suas mensagens nos elevavam até os céus e nos sentíamos junto com os anjos, louvando e adorando a Deus com toda a intensidade de alma.

Ana

Levi Bronzeado disse...

Prezado Pastor Ciro

Já que o seu texto versa sobre sonhos, goataria que o Sr. acessasse o http://www.levibronze.blogspot.com e desse sua opinião sobre um sonho que permeia as nossas mentes, cujo título é: "UM CÉU DEMASIADAMENTE HUMANO". Se tiver mais um tempinho leia outro texto que versa sobre um modo de sonhar meio triste de resultados: "A HORA DO APELO".

Graça e Paz,
Levi B. Santos

Marcia disse...

Como todo ser humano, também tenho o hábito de sonhar, mas, mediante as escrituras (Pv.16:1), prefiro entregá-los nas mãos de Deus, pedindo sua direção e vontade. Agora, mudando de assunto, muito hilário esta montagem fotográfica (sua filhinha com um garfo atacando o sonho há, há, há).

Cristo a única Esperança disse...

Ec.5:3 Porque, da muita ocupação vêm os sonhos, e a voz do tolo da multidão das palavras.Que têm a palha com o trigo?

A paz do Senhor!

anne ferreira disse...

shalom!

Pr. Ciro li sua analise sobre a musica " os sonhos de DEus 'de seu livro; Mais erros que um pregador ñ pode cometer... e Vi o quanto equivocado está o assunto em pauta, ou seja os "Sonhos". Nunca havia pensando neste "hino" com uma bordagem antropocentrica. Foi decepcionante,ver o quanto estavamos errados cantando recebe, recebe a curaaa. aff!
Mais como Deus não leva em conta os tempos da ignorancia, restou este consolo.

Obg pelo esclarecimento, Biblíco.

Grata em Cristo!

Cristo a única Esperança disse...

A PAZ DO SENHOR!

PROFETA MIQUÉIAS 3v11.

JOSÉ NÃO SABIA QUANDO O SONHO IRIA SE CONCRETIZAR; NÃO SABIA EM QUE LUGAR ISSO ACONTECERIA; NÃO SABIA COMO DEUS ESTARIA REALIZANDO AQUELES FEITOS; O QUE FALTA ESTES PREGADORES SONHADORES MOSTRAREM É QUE JOSÉ PASSOU POR CONSTRANGIMENTOS, ACUSAÇÃO, PRISÕES, FOI INVEJADO E VENDIDO PELOS SEUS IRMÃOS; TEVE QUE FUGIR DA APARÊNCIA DO MAL, PARA NÃO PECAR CONTRA DEUS; JOSÉ NÃO TRAIU POTIFAR;
JOSÉ INTERPRETOU DOIS SONHOS NA PRISÃO E MESMO ASSIM NÃO SABIA QUE DEVIDO A UMA ESSAS INTERPRETAÇÕES É QUE ELE SERIA CHAMADO A PRESENÇA DE FARAÓ PARA SAIR DA PRISÃO E INTERPRETAR MAIS UM SONHO;
JOSÉ DISSE QUE A SOLUÇÃO ERA QUE FARAÓ ESCOLHESSE UM HOMEM ENTENDIDO E SÁBIO PARA COMANDAR TODA TERRA DO EGITO, E QUE COLOCASSE TAMBÉM GOVERNADORES SOBRE A TERRA; JOSÉ NÃO DISSE A FARAÓ QUE ELE SERIA ESSE HOMEM, ELE NEM PENSOU QUE ASSIM OS SONHOS PODERIAM SE CONCRETIZAR FINALMENTE NA VIDA DELE, NA VERDADE, SOMENTE DEPOIS DE VÁRIOS ANOS É QUE OS SONHOS QUE JOSÉ SONHOU SE TORNARAM REAIS NA VIDA DELE, POIS SEUS IRMÃOS SÓ FORAM SE PROSTAR DIANTE DELE DEPOIS DE VINTE ANOS (Sl.40,1)
FARAÓ COLOCOU JOSÉ COMO GOVERNADOR POR QUE VIU QUE JOSÉ FALOU UMA PALAVRA BOA, TINHA O ESPÍRITO DE DEUS NA VIDA, ERA SÁBIO E ENTENDIDO;
OS VENDEDORES DOS DITOS SONHOS DE DEUS ESQUECEM QUE JOSÉ CONTOU O SONHO AO SEU PAI JACÓ, E QUE MESMO O SEU PAI TENDO EXPERIÊNCIA COMO SONHO (DOIS), AO VER A TÚNICA QUE DERA A JOSÉ DE VÁRIAS CORES ESTAVA ENSANGUENTADA ACREDITOU QUE UMA BESTA FERA MATOU SEU FILHO E JACÓ O PRANTEOU POR VÁRIOS DIAS;

Handressa disse...

a paz do senhor sou leitora dos seus livros e Gostei muito desse artigo a respeito dos sonhos.Tenho tentado busca a vontade de Deus para minha vida em todas as areas.
Deus continue abençoar o senhor e sua familia careço das oraçoes
a paz do senhor!!