terça-feira, 18 de novembro de 2008

O perigoso culto ao “eu” do triunfalismo e do individualismo

Segundo a Palavra de Deus, não devemos nos conformar com o mundo (Rm 12.1-2), isto é, com as suas crenças, doutrinas, tendências, atitudes e filosofias, como: o hedonismo, o materialismo, o imediatismo, o ateísmo, o antropocentrismo, o machismo, o feminismo, o homossexualismo, etc. Neste artigo, discorreremos sobre os perigos do egocentrismo, do individualismo e, principalmente, do triunfalismo, os quais vêm fascinando cristãos desavisados.

Egocentrismo, à luz da psicologia, diz respeito ao conjunto de atitudes ou comportamentos de um indivíduo que se refere essencialmente a si mesmo. Essa tendência é contrária à Palavra de Deus, que condena a soberba, o orgulho, o egoísmo e o egotismo. Todos esses termos, com significações específicas, se inter-relacionam, designando o culto ao “eu”.


Quanto ao individualismo, trata-se da doutrina moral, econômica ou política que valoriza a autonomia individual, em detrimento da hegemonia da coletividade despersonalizada, na busca da liberdade e satisfação das inclinações naturais (Houaiss). É a tendência e a atitude de quem revela pouca ou nenhuma solidariedade e busca viver exclusivamente para si; também está associado à egolatria.

Foi o Diabo o primeiro a cultuar o “eu”, tentando, inclusive, igualar-se a Deus (Is 14.12-15 e Ez 28.15-17). Por isso, como o mundo jaz no Maligno (1Jo 5.19), as suas filosofias predominantes são o egotismo e o narcisismo — se bem que este último diz respeito principalmente ao estágio precoce do desenvolvimento psicossexual no qual o indivíduo tem a si mesmo como objeto sexual —, ambas condenadas pela Palavra de Deus (Lc 12.17-21; Gl 2.20; Jo 3.30; Sl 138.6; Ec 2.4-11; Lc 18.9-14 e 1Pd 5.5).

O termo “triunfalismo” diz respeito à atitude excessivamente triunfante; ao sentimento exagerado de triunfo. É a mais perigosa dentre as influências filosóficas em análise, posto que os falsos mestres a propagam encobertamente entre nós (2Pd 2.1 e At 20.30). E, como num círculo vicioso, os crentes desavisados, ávidos por ouvir palavras que agradem os seus ouvidos (2Tm 4.3), abraçam os mencionados egocentrismo e individualismo, bem como todo o tipo de influência egotista.

Muitos cultos, em nossos dias, são reuniões para “massagear” egos, tendo como objetivo adular, elogiar e melhorar a auto-estima dos crentes. A tendência é que esses irmãos se esqueçam de que são “vasos de barro” (2Co 4.7) e deixem de se humilhar debaixo da potente mão de Deus (1Pd 5.6), passando a ver tudo sob a ótica do triunfalismo. Isso é perigoso, pois a própria Bíblia assevera que no mundo temos aflições (Jo 16.33; At 14.22; Rm 5.1-6 e 2Co 4.16-17).

Quando um crente é estimulado a só pensar em bênçãos, torna-se cada vez mais egocêntrico e individualista. Ele não freqüenta as reuniões da igreja a fim de cultuar a Deus, e sim para satisfazer as suas necessidades. A sua fé é direcionada apenas à consecução de vitória, ignorando que os heróis da fé fecharam as bocas dos leões e escaparam da espada (Hb 11.33-34), mas também, pela mesma fé, foram maltratados, torturados, apedrejados, serrados e desamparados (Hb 11.25,35-38).

Segundo a teologia do triunfo, o crente deve “decretar”, “determinar”, “profetizar” bênçãos materiais e espirituais — nessa ordem — para a sua vida, além de exigir a saúde física como um direito. Tudo gira em torno da fé, vista como a mais importante virtude da vida cristã. Mas isso não é a fé saudável, bíblica, e sim a egolátrica fé na fé. Conquanto precisemos de fé para agradar a Deus (Hb 11.6) e sejamos vencedores, em Cristo (Rm 8.37 e 1Co 15.57), essa virtude sem as obras é morta (Tg 2.17,24,26; 2Pd 1.5-9; Ef 2.8-10 e 1Co 13.2,13).

Além de supervalorizar a fé, os triunfalistas apegam-se à maldição hereditária, à cura interior — isto é, à falsa cura interior —, à priorização da vitória financeira, a exageros no campo da batalha espiritual e à pretensa saúde perfeita. Para eles, o cristão só adoece se estiver em pecado ou dominado pelo Diabo. Ignoram que nem todas as doenças provêm do Maligno (Jo 9.3; 11.4; Sl 90.10; 2Co 4.16; 1Pd 1.24 e 1Co 15.54). Embora Jesus tenha poder para nos curar, segundo a sua vontade (1Jo 5.14; Mt 6.9,10 e 26.42), ainda estamos sujeitos às enfermidades (2Rs 13.14; 1Tm 5.23; 2Tm 4.20 e Sl 41.3).

Outro desvio triunfalista é a menção constante ao Diabo e seus agentes. Cantores e expoentes bradam: “Vou cantar para Satanás ouvir” ou “Vou gritar para sacudir o Inferno”. Certo pregador afirmou que a sua missão resume-se em “chutar a cara do capeta por onde passa”. Ou seja, como todas as coisas negativas seriam, supostamente, determinadas por Satanás, temos de dirigir-lhe palavras de ordem. Entretanto, devemos cantar para louvar a Deus; e pregar para “abalar” o coração dos pecadores!

De acordo com Tiago 1.14, quando pecamos, fazemos isso em razão de nossa própria concupiscência. É do coração que procedem as obras carnais (Mt 15.19 e Gl 5.19-21). Pôr toda a culpa no Inimigo e depois dirigir-lhe palavras de ofensa é fácil! Difícil é se santificar e resistir até ao sangue, combatendo contra o pecado (Hb 12.4,14).

Os triunfalistas gostam de bater no peito e dizer: “Eu sou vencedor”. Eles supervalorizam as suas declarações de fé e, por isso, vivem “profetizando” que o Brasil ou certa cidade são do Senhor Jesus... No entanto, se não houver compromisso com o Deus da Palavra e com a Palavra de Deus, nada mudará. Quantos já não “abençoaram” esse País?! Precisamos conquistá-lo pela pregação do Evangelho, e não politicamente, pois o Reino de Cristo é espiritual (Jo 18.36 e Rm 14.17).

Se não fizermos a nossa parte, é inútil “decretar” o fechamento de bares e casas de shows, e “profetizar” que cinemas e teatros só apresentarão pretensos filmes e espetáculos evangélicos. O triunfalismo não muda em nada as circunstâncias. Deus quer e pode mudar a situação desse País, mas fará isso por meio de intercessão, evangelização e influência do povo que se chama pelo seu nome (1Tm 2.1-3; 2 Cr 7.14-15; Jr 33.3; 29.13; 31.9; Ef 6.18; Jl 2.12,17; Mc 16.15 e Mt 28.19).

O triunfalismo afasta o crente da sã doutrina sem que ele perceba, levando-o a pensar que as aflições não são uma realidade da vida cristã (1Pd 5.8-10; 2Co 8.1-2; Rm 8.18; 2Co 1.6; 1Pd 2.19-21 e 2Tm 3.12). A nossa vitoriosa caminhada rumo ao Céu deve ser caracterizada pela renúncia do “eu” (Lc 9.23; Fp 3.13-14; 2Tm 2.3; 2Co 1.5 e 2.4). Portanto, lembremo-nos das palavras de João Batista acerca de Jesus: “... que ele cresça e que eu diminua”, Jo 3.30.

Ciro Sanches Zibordi
Artigo publicado no jornal Mensageiro da Paz, da CPAD

13 comentários:

Edcleyton Souza disse...

Paz Pr. Ciro. Seu blog foi de grande inspiração para mim. Deus te abençoe mais e mais, e te dê mais graça a cada dia que passe para fazer novos posts que nos edificam. Visita se poder meu blog: www.blogdableia.blogspot.com

Deus te abençoe!!!

Antonio Siqueira disse...

Caro Pastor,

Estou escrevendo para apresentar-me assim como o trabalho que tenho feito pela pregação do evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Sou cristão convertido desde 2002 e congrego na igreja batista, trabalho com programação de home-pages e estou criando esta home-page interativa para divulgar o evangelho de forma que o internauta poderá comentar os versos da Bíblia como forma de dar seu testemunho ou de mostrar seus conhecimentos sobre a palavra de Deus.

A novidade é que, com a sua ajuda, o internauta poderá contar com uma orientação adequada e de conformidade com a sua denominação religiosa. Isso levará a que o internauta queira mais a palavra visto que terá este acompanhamento pessoal.

Na prática o pastor receberá um email do site com o comentário do internauta que professa congregar na mesma igreja que o pastor orientador. Este email virá com o endereço de resposta do próprio internauta, então o pastor se dedicará a orientação desde internauta, sem interferência do site.

Para se tornar um orientador o pastor precisa apenas nos informar poucas coisas, seu nome, seu email e quais as denominações que o pastor deseja orientar. Esclarecendo que nenhuma obrigação é gerada por sua cooperação, nem mesmo outros emails serão enviados ao pastor pelo site. Resumindo, é a mais pura inteção de cumprir com os mandamentos do Senhor, e que o Senhor nos abençoe.

Atenciosamente,
Antonio Carlos G de Siqueira.



P.S.
Segue o endereço do site: http://saberbiblico.net

Agora é hora de buscar parcerias e orientadores, trocar banners e links com outras páginas.

Foi providenciado um link para qualquer home-page que queira consultar os versos bíblicos no banco de dados, este link é: http://saberbiblico.net.com/ler.html a programação é bem simples e em javascript.

É possível uma oferta de patrocínio para aqueles que o Senhor dispuser a patrocinar, estes poderão ter seus nomes citados com mérito no site.

Anônimo disse...

Fico feliz pelo artigo, mas me entristeço por parecer que se fala para ouvidos "moucos", ou seja surdos,pois onde congrego têm um presbítero que faz uso desta pregação e, embora tendo-lhe gentilmente falado e explicado sobre o assunto no contexto bíblico, ele não me deu ouvidos e continua a fazer esta pregação na igreja , e o povo gosta disto.
Peço encarecidamente no nome do Senhor Jesus que oreis por ele e também por mim pois me sinto como uma voz solitária nesta igreja.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro anônimo,

A paz do Senhor!

Infelizmente os que propalam o triunfalismo dificilmente percebem que estão torcendo a mensagem do evangelho... E se sentem motivados a continuar pregando "outro" evangelho em razão de ainda não compreenderem (talvez por não terem sido de fato chamados de Deus para o ministério) que devemos pregar para agradar a Deus, e não o povo (Ez 2; At 7; 2 Co 2.17; 2 Pe 2.1-3).

Faça a sua parte, meu amado.

CSZ

RANIERI disse...

BOA MATÉRIA PR.CIRO,ESTOU ACOMPANHANDO O SEU BLOG.TENHO MANDADO AOS IRMÃOS DAQUI DA IGREJA POR E-MAIL O ENDEREÇO DE SUA POSTAGEM PARA QUE TAMBÉM POSSAM CONHECER SEU BLOG.

INFELISMENTE ALGUNS AINDA ACHAM QUE FALAR DESSAS COISAS É INVEJA,MURMURAÇÃO,É FALAR MAL DE "CONFERENCISTAS",ETC.

FALAR DE ALGUMA COISA NÃO É O MESMO QUE FALAR DE ALGUÉM.FAZER CRÍTICA DE UMA DOUTRINA FALÇA NÃO É O MESMO QUE FALAR MAL DO CARACTER DE QUEM A PREGA [EF6:12].MAS HÁ CASOS EM QUE TAMBÉM É NESCESSÁRIO DENUNCIAR.

SE FOSSE ASSIM,NÃO VAMOS PRECISAR LER A BÍBLIA NEM APRENDER A PALAVRA DE DEUS,NÃO É PRECISO SEMINÁRIO TEOLÓGICO,NÃO É PRECISO ORAR,NEM JEJUAR,NEM IR A ESCOLA DOMINICAL.

SE FOSSE ASSIM,O CERTO SERIA IR NA ONDA DE QUALQUER UM QUE APARECER,E NÃO FALAR NADA COM MEDO DE SER CRITICADO,CHAMADO DE INVEJOSO,TRIBULOSO,MURMURADOR,OU CONTRÁRIO A VISÃO DO MINISTÉRIO. MUITOS ACEITAM TUDO AMIGAVELMENTE PRA "FICAR DE BEM" COM SEU PASTOR E PODER CRESCER NO MINISTÉRIO.

O NEGÓCIO SERIA DEIXAR QUE DEUS CUIDE DISSO SOZINHO,SENDO QUE ELE MESMO DELEGOU AOS SEUS SERVOS A INCUMBENCIA DE FALAR A VERDADE AFIM DE QUE TODOS CONHEÇAM A PALAVRA DE DEUS.

CERTO DIA UM PASTOR ME DISSE QUE ESSE PROBLEMA NÃO TEM MAIS JEITO E QUE NÃO DEVEMOS FALAR A RESPEITO DISSO PRA NÃO MAGOAR QUEM PENSA ASSIM E ETC.

NUNCA FUI CONTRA PASTOR NENHUM.MAS A DOUTRINA É INEGOCIAVEL.

MAS É NATURAL QUE HAJA UMA REAÇÃO CONTRÁRIA AO COMBATE A HERESIAS E MODISMOS.É CLARO QUE O DIABO NÃO VAI FICAR VENDO A BANDA PASSAR.

MUITOS "PREGADORES" JÁ SABEM ATÉ COMO SE DEFENDER DESSAS CHAMADAS "MURMURAÇÕES".OS TAIS deuses DO PÚLPITO USAM SUA HABILIDADE DE FALAR PARA ILUDIR AS MASSAS,ALGUNS SE FAZEM DE VÍTIMA E DIZEM QUE O DIABO USA ATÉ PASTORES PARA SE LEVANTAREM CONTRA O "MINISTÉRIO" DELES.EM MEIO AOS GLÓRIAS A DEUS E ALELUIAS DIZEM:...ESTOU SENDO CRITICADO PELOS MURMURADORES SÓ POR QUE EU SOLTEI UMA PALAVRINHA AQUI,OUTRA ALI................

TENHO PEDIDO A DEUS SABEDORIA PRA VIVER EM MEIO A TANTA MENTIRA QUE ESTA SENDO PREGADA POR AI.A GENTE PRECISA TER SABEDORIA PARA NÃO VIRAR INIMIGO DE ALGUNS FÃS DE HOMENS ENDEUSADOS E AO MESMO TEMPO ENSINAR A VERDADE.

CERTO DIA UMA IRMÃ ME DISSE QUE PERDEU SUAS HORAS EXTRAS NO TRABALHO POR CAUSA DE UMA PALAVRA NEGATIVA QUE ELA DISSE,SE FOSSE ASSIM LOGO DEVERIA TER FALADO UMA PALAVRA POSITIVA PRA DAR UM EFEITO REVERSO NÃO É MESMO.SERÁ QUE ALGUNS CRENTES AINDA NÃO SE DERAM CONTA DA CRISE ATUAL QUE ABALA O MUNDO INTEIRO?

A RAZÃO DISSO É QUE MUITOS CRENTES TAMBÉM ESTÃO LENDO O QUE NÃO DEVERIAM LER.LIVROS QUE FALAM SOBRE BATALHA ESPIRITUAL,CURA INTERIOR,CONFIÇÃO POSITIVA,MALDIÇÃO HEREDITÁRIA,PROSPERIDADE FINACEIRA,ESPIRITOS FAMILIARES E MUITOS OUTROS TÍTULOS QUE ESTÃO AOS MONTES COMO LIVROS DE CABECEIRA.

DIZEM QUE NÓS BRASILEIROS NÃO TEMOS O COSTUME DE LER BASTANTE.SE FOR VERDADE,O POUCO QUE LEMOS É DE PÉSSIMA QUALIDADE.

EU SEI QUE TAMBÉM EXISTE UM PÚBLICO PARA CADA TIPO DE PREGADOR COMO DIZ:1Tm4:3...Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;4 E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas...

ISSO TUDO NÃO É MAIS DO QUE O CUMPRIMENTO DAS ESCRITURAS.

MAS GRAÇAS A DEUS QUE A PALAVRA DE DEUS AINDA É PREGADA.AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALCERÇÃO CONTRA A IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO.AMÉM.

PR.CIRO,QUE DEUS CONTINUE ABENÇOANDO SEU NOBRE TRABALHO,ENCONTRO FORÇA PARA CONTINUAR QUANDO SEI QUE MUITOS IRMÃOS ESTÃO ACOMPANHANDO SEU BLOG E OUTROS DO MESMO GENERO.

EM CRISTO.

RANIERI.

Euller.Monteiro disse...

Caro Pr Ciro e irmão Ranieri e demais irmãos.

Graça e Páz.

Infelizmente esta é uma realidade infeliz na igreja hoje, tanto quanto o irmão que comentou sobre o presbítero em sua comunidade, e que não lhe deu ouvidos, eu também tenho uma péssima experiênica com esta nova e infeliz mensagem que estes irmãos tem pregado. Eu mesmo era professor da escola dominical, diacono, era procurado pela liderança para diversas atividades, contudo eu não conseguia permanecer calado frente à uma exposição triunfalista da palavra de Deus, e quando na escola dominical (meu maior atrito com o lider local), eu procurava ministrar a palavra de Deus, ainda que sendo forçado à usar uma revista voltada para uma mensagem de triunfalismo, vitória e conquista, fora disto a mensagem desta revista era uma fraca auto-ajuda, e eu me esforçando para reduzir seus efeitos ruins e exaltar a verdade bíblica, no entanto fui execrado e removido da escola dominical, fui removido do diaconato, fui tido como opositor ao pastor, (e não compreenderam que era contra a mensagem que professavam).

Chegaram ir à minha casa e me afrontar, dizendo que da maneira como eu falava ou eles estavam com Deus ou eu, e que um dos lados estava com o Diabo, ("da maneira com o eu falava", interpretação deles), contudo eu procurava explicar que não era contra homens e não contra eles, e sim contra uma mensagem sem conteúdo bíblico, triunfalista, antropocêntrica. . . .

Más não fui compreendido, e fui convidado à não mais voltar à igreja.

No entanto, tanto como o irmão, eu via que não eram maus, e sim estavam equivocados quando a visão que seguem. . . . Tenho amor por eles, não quero que pereçam no erro. . .

Gostaria que algo realmente impactante acontecesse, e que esta mensagem fosse desmacarada. . .

Pr Ciro, e irmãos oremos. . . .

Obridado Pr Ciro, pois tenho crecido e sido edificado com a mensagem que Deus lhe tem ministrado.

Abraços:
Euller

Pr. Newton disse...

Prezamado pr. Ciro,

Mais uma vez, o meu coração se alegra, em verificar neste texto, a possibilidade de esclarecimento aos desavisados de plantão em diversas igrejas que somente se alimentam do positivismo.

O culto ao "eu" ou ao "nós", está repleto de vanglorias e ousadias da carne em sua divulgação. E assim, posicionam o Espírito Santo como coadjuvante.

A necessidade de promoção aos novos modelitos de culto, significa o quanto à igreja está se distanciando da verdadeira adoração e pregação.

O seu texto promove o abrir de olhos, aos que possuem a necessidade da verdade, mas andam enganados e mal nutridos espiritualmente.

A verdade atinge aos que sentem: fome e sede de justiça. Portanto, que Deus o fortaleça em saúde e coragem a cada dia, para que o Espírito de Deus o impulsione a informar a tantos e quantos.

Deus seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

claudio pimenta disse...

belo texto realmente maravilhoso
ja arrumei umas brigas santas por indicar alguns dos seus artigos a pregadores triunfalistas que deixaram de me procurar ou mandar seus videos pedindo para pregar onde congrego
pois como resposta eu enviava algun artigo para eles lerem resultado nenhum veio mais me procurar
gostaria de INDICAR um site que tem umas satiras interessantes CONTRA A TEOLOGIA DA PROSPERIDADE

http://marcosbotelhodojv.blogspot.com/

inclusive O AUTOR TEM UMA COLOCAÇAO INTERESSANTE SOBRE UMA nova versao de biblia CHAMADA
NVTP (NOVA VERSAO DA TEOLOGIA DA PROSPERIDADE)
onde ele adultera versiculos biblicos como forma de satira


veja um exemplo:

Habacuque 3:17,18 - Bíblia NVTP (1)

17 A figueira florescerá e haverá fruto na vide; e me surpreenderá o produto da oliveira, e os campos produzirão mantimento; pois as ovelhas da malhada serão abrigadas, e nos currais haverá gados;

18 porque eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação, pois ele sempre honra os que os servem.

[Está é uma serie de versículos da Bíblia NVTP (Nova inVersão da Teologia da Prosperidade) que tem como objetivo confortar e encorajar o leitor a prosperar na vida. Para isso, usamos a Bíblia NVTP que mudou detalhes da Palavra para adaptar-se melhor a teologia da prosperidade e ao capitalismo.]


poderia ser a introduçao de um livro


crsmedeiros@hotmail.com

Luis disse...

Pr. Ciro.

Seu texto é muito bom e nos deixa animados por saber que ainda há pregadores preocupados com a essência do Evangelho.

Gostaria muito de pedir uma coisa ao irmão. Sei que o Sr. tem voz ativa na CPAD, porém, não sei como é feito o curriculo das revistas da Escola Dominical, mas creio que seria de grande valor para a igreja se no próximo trimestre tivéssemos esse assunto abordado.

Será que o Sr. consegue convencer o pessoal da CPAD para fazer isto? A igreja está precisando urgentemente de ser exortada e ensinada sobre os erros que estão sendo praticados por pregadores e pelos ouvintes também.

Acho que a Escola Dominical é o local idela para discutir com a igreja estes assuntos.

Fica a minha dica, digo, súplica! He he he.

Em Cristo

Luis

RANIERI disse...

PR.CIRO.
GRAÇA E PAZ DA PARTE DE DEUS NOSSO PAI CELESTIAL,E DO SENHOR JESUS CRISTO SEU FILHO QUE REINHA À DESTRA DE DEUS PAI TODO PODEROSO.AMÉM

ESTAVA AQUI LENDO AS POSTAGENS DO BLOG QUANDO ME LEMBREI DE UMA MENSAGEM QUE OUVI.

O FAMIGERADO "PREGADOR" DIZIA QUE AS A.D ESTÃO FRIAS ESPIRITUALMENTE POR CULPA DE SEUS DOUTORES,ELES SÃO RESPONSÁVEIS PELA AUSÊNCIA DE MANIFESTAÇÕES SOBRENATURAIS NA IGREJA.

DIZIA ELE QUE DANIEL BERG E GUNNAR VINGREM RECEBERAM A BENÇÃO DE ISAQUE [A UNÇÃO DO RISO],E QUE OS NOSSOS MESTRES ASSEMBLEIANOS NEGAM AS PRÓPRIAS ORIGENS QUANDO ENSINAM QUE ESSA TAL UNÇÃO É HERESIA.BEM,COM TODO RESPEITO AOS NOSSOS PATRIARCAS MAS SE ELES FIZERAM ISSO O PROBLEMA NÃO É NOSSO,NÃO É PORQUE ELES FIZERAM QUE EU VOU TER QUE FAZER,NÃO É MESMO?

DIZIA TAMBÉM QUE ELE MESMO AINDA NÃO TEVE A ESPERIÊNCIA DE "VOAR" DURANTE SUAS MINISTRAÇÕES MAS QUE UM DIA ISSO ACONTECERIA PORQUE DEUS TEM PODER PRA FAZER ESSAS COISAS.

NA MESMA MENSAGEM ELE ESTAVA MANDANDO O CAJADO NO POVO DIZENDO QUE NÃO "PREGA" AQUILO QUE O POVO QUER OUVIR.NÃO SEI NÃO EIN?ACHO QUE FOI EXATAMENTE O CONTRÁRIO.

DIZER QUE NOSSOS LÍDERES SÃO CULPADOS DISSO É UM PRATO CHEIO PARA OS VERDADEIROS MURMURADORES DE PLANTÃO QUE NÃO ESTÃO SATISFEITOS COM A LIDERANÇA E A SÃ DOUTRINA.

FALAR DA BENÇÕA DE ISAQUE É UMA BELA MÚSICA NOS OUVIDOS DOS INCAUTOS E DESAVISADOS.

DIZER QUE VAI VOAR DO PÚLPITO ENTÃO,NEM SE FALA.ATÉ HOJE EU TO ESPERANDO LANÇAREM O DVD DO PREGADOR VOADOR.

ATÉ AGORA JÁ LANÇARAM MUITOS DVDs MAS NENHUMA DECOLAGEM.SEM CONTAR OUTRAS COISAS ESTRANHAS QUE ELE ANDA ENSINANDO PELO YOUTUBE.

O IRMÃO QUE ESTAVA NO CARRO COMIGO OUVINDO ESSA MENSAGEM NÃO ECONOMIZAVA ELOGIOS A ESSE PREGADOR,ERA IMPRECIONANTE COMO ELE NÃO PERCEBIA AS DISTORÇÕES.ELE DISSE ASSIM:...AMADO VOU COLOCAR UMA MENSAGEM TREMENDA AQUI PRA VC OUVIR,ETA HOMEM CHEIO DO ESPIRITO SANTO,ELE USA MUITAS ILUSTRAÇÕES BOAS,A MENSAGEM DELE É TREMENDA,UNGIDA,ESSE É HOMEM DE DEUS MESMO EIN,ETC.............

TENHO TENTADO ALERTAR ESSAS PESSOAS,MAS É DIFICIL.ELAS PREFEREM ACREDITAR EM QUEM É FAMOSO,A FAMA DELES FALA MAIS ALTO ATÉ MESMO DO QUE A PALAVRA DE DEUS.É IMPRECIONANTE COMO ESSES FALADORES SEDUZEM AS PESSOAS.ESSE IRMÃO USAVA ATÉ UM SUSPENSÓRIO,TALVEZ PRA IMITAR AO TAL FALADOR.

CERTA FEITA MINHA CUNHADA ME MANDOU UM CD DE AUDIO COM UMA PREGAÇÃO DO TAL.FICOU LARGADO NUMA GAVETA ATÉ QUE UM DIA EU DEI PRA UM IRMÃO QUE VEIO AQUI EM CASA.NAQUELA ÉPOCA EU NÃO TINHA CONHECIMENTO DESSAS COISAS.AQUELE CD NÃO ME DESPERTOU CURIOSIDADE MAS SE EU SOUBESE NÃO TERIA DADO O CD.FOI LAMENTAVEL.DEPOIS MINHA CUNHADA RECLAMOU COMIGO PORQUE EU NÃO OUVI O CD DIZENDO:...PORQUE NÃO OUVIU,O HOME É UMA BENÇÃO..............

CERTA FEITA,NÃO FAZ MUITO TEMPO,ALGUÉM ME DISSE QUE AQUELE SEU LIVRO O "MAIS ERROS...." É UMA VERDADEIRA PALHAÇADA.DISSE TAMBÉM QUE ISSO TUDO É RIXA DE PREGADOR QUANDO COMEÇA A FICAR FAMOSO E QUE DEU VONTADE DE JOGAR O LIVRO NO LIXO.EU QUASE MANDEI ELE JOGAR LÁ NO LIXO DA MINHA CASA.RSSRRSSRRSR

PR.CIRO,FICO MUITO FELIZ COM ESTE ESPAÇO NO SEU BLOG PORQUE ASSIM EU PENSO QUE ESTOU DANDO UMA PEQUENA CONTRIBUIÇÃO A ESSE TRABALHO.ATÉ PORQUE EU GOSTO DE ESCREVER,MESMO NÃO SABENDO.QUE AS NOSSOS PALAVRA POSSAM FAZER COM QUE MUITOS LEITORES VENHAM REFLETIR MAIS SOBRE SUAS CONVICÇÕES,NÃO É MESMO?PRINCIPALMENTE AOS QUE SÃO CONTRÁRIOS.HOJE EM DIA QUASE NÃO SE FALA A PALAVRA "DISCERNIMENTO" EM NOSSOS PÚLPITOS.

QUE DEUS CONTINUE ABENÇOANDO,CONFORME A SUA MISERICÓDIA E GRAÇA,SUA VIDA,FAMILIA E MINISTÉRIO.

COPIOSAMENTE.

EM CRISTO.

RANIERI.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "pastor" Neto,

Eu já li alguns dos seus comentários "elogiosos" a meu respeito. Por isso, dispenso a sua "valiosa" participação neste espaço destinado a pessoas ocupadas e preocupadas verdadeiramente com a evangelização do mundo e a edificação do povo de Deus.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Amado irmão Luís,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo e, assim que possível, encaminharei a sua sugestão ao diretor executivo da CPAD, o Dr. Ronaldo Rodrigues de Souza. Mas o irmão também pode fazer isso enviando um e-mail para diretoria@cpad.com.br.

Um grande abraço.

CSZ

Cristiano Santana disse...

Isso me faz lembrar desse trecho da "História da Filosofia" de Giovanni Reali, contendo resumo do pensamento do "poeta cristão" Kierkegaard:

"Entretanto, depois de mil e oitocentos anos de cristianismo, "tudo se tornou superficialidade na cristandade atual". E isso porque o cristianismo é visto como instrumento capaz de "facilitar sempre mais a vida, a temporalidade no sentido mais trivial". O que se quer é "viver tranquilo e atravessar o mundo em felicidade": essa é a razão por que "toda a cristandade é disfarce, mas o cristianismo não existe em absoluto". E Kierkegaard se escandaliza diante da realidade - para ele terrível - de que, entre as heresias e os cismas, não se encontra nunca a heresia mais sutil e mais cheia de perigos: a heresia que consiste em "brincar de cristianismo".

De certo modo, concordo com a maior parte do pensamento de Kierkegaard. Acho que deveríamos levar o cristianismo mais a sério. Lembrarmos das palavras de Jesus: "Quem quiser vier após mim negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me."

Identifiquei-me muito com Kiekeggard. Não há um dia sequer na vida em que eu não sinta uma aflição interior gerada pela consciência de que vivo em um mundo perverso, de que sou um homem vivendo em um corpo de pecado, carente continuamente da graça de Deus. Quando ando pelas ruas e observo os seres humanos andando agitados, absorvidos em interesses mundanos, ávidos pela consquita da felicidade, porém totalmente desapercebidos quanto a seus destinos eternos, eu contemplo a vaidade humana. Isso também gera aflição e meu espírito geme, clamando logo pela redenção.

Na verdade, se nos fosse dada a faculdade de absorver mentalmente toda a essência do verdadeiro cristianismo, não ficaríamos mais tranquilos, nem por um minuto, em razão da reprodução constante da imagem da tragédia humana em nossos espíritos.