sábado, 31 de maio de 2008

Kenneth Hagin negou a teologia da prosperidade antes de morrer?

Amados irmãos, a minha amiga Tamar Soares de Souza, de São Paulo, enviou-me um texto — traduzido por ela mesma do inglês — em que Kenneth Hagin, momentos antes de morrer, se mostra frustrado quanto aos resultados de sua mensagem triunfalista e contesta a teologia da prosperidade, além de outros desvios da Palavra de Deus.
O artigo abaixo, entre aspas, foi originalmente publicado em http://charismamag.com, na coluna do editor Lee Grady (Fire in My Bones). Quanto ao livro O Toque de Midas (The Midas Touch), também mencionado no texto, está disponível no Kenneth Hagin Ministries, em http://www.rhema.org, e já foi traduzido para a língua portuguesa.

O aviso esquecido de Kenneth Hagin

Antes de morrer, em 2003, o reverenciado pai do movimento Palavra da Fé corrigiu seus filhos espirituais por terem ido longe demais com a sua mensagem de prosperidade.
O pregador Kenneth Hagin é considerado o pai do que é conhecido como evangelho da prosperidade. Com jeito de americano típico e autodidata, papai Hagin fundou um movimento em Tulsa, Oklahoma (EUA), que inclui uma faculdade bíblica e vários pregadores famosos. Todos eles ensinam que os crentes que ofertam generosamente devem esperar recompensas financeiras deste lado do céu.

Nota do editor deste blog: dentre os seguidores famosos de Hagin, destacam-se Kenneth Copeland, Oral Roberts, Morris Cerullo e Benny Hinn.

Hagin ensinou que Deus não é glorificado pela pobreza e que pregadores não devem ser pobres. Porém, antes de morrer, em 2003, e deixar o Centro de Treinamento Bíblico Rhema nas mãos de seu filho Kenneth Hagin Junior, ele reuniu muitos dos seus colegas em Tulsa para exortá-los por terem distorcido a sua mensagem. Ele não estava contente com o fato de que muitos de seus seguidores estavam manipulando a Bíblia para dar suporte ao que considerava ganância e arrogante indulgência.
Aqueles que estavam próximos à Hagin dizem que ele estava fortemente empenhado em corrigir esses abusos antes de sua morte. De fato, ele escreveu um livro brutalmente honesto com o objetivo de demonstrar suas preocupações. O livro, O Toque de Midas, foi publicado em 2003. Um ano após a infame reunião em Tulsa.

O Toque de Midas

Aqui estão algumas considerações que Hagin fez no livro O Toque de Midas.

Prosperidade financeira não é um sinal da benção de Deus. Hagin escreveu: “Se prosperidade somente fosse um sinal de espiritualidade, então traficantes de drogas e chefões do crime seriam gigantes espirituais. Prosperidade material pode estar relacionada com as bênçãos de Deus ou pode ser totalmente desconectada das bênçãos de Deus”.
As pessoas jamais devem ofertar com a intenção de receber. Hagin criticou aqueles que “tentam tornar a oferta em uma espécie de máquina de vendas celestial”. Ele denunciou os interesseiros, principalmente aqueles que ofertam carros para obter carros novos ou ofertam ternos para obter ternos novos. Ele escreveu: “Não existe fómula espiritural para semear um Ford e colher um Mercedes.”
Não é bíblico “dar nome à semente” em uma oferta. Hagin estava estupefato com essa prática que foi popularizada nas conferências de fé na década de oitenta. Os pregadores do movimento algumas vezes dizem aos ofertantes que, quando eles dão uma oferta, devem exigir um benefício específico como retorno. Hagin rejeitou essa idéia e disse que “focar no que você irá receber corrompe a verdadeira natureza da nossa atitude de ofertar”.
O “retorno de cem para um” não é um conceito bíblico. Hagin fez as contas e chegou à conclusão de que se essa noção bizarra fosse verdadeira, “nós teríamos crentes por aí não somente com bilhões, mas trilhões ou quadrilhões em dinheiro!” Ele rejeitou o popular ensinamento de que o crente deve exigir uma taxa de retorno específica sobre o valor da oferta.
Não se deve confiar em pregadores que dizem ter uma unção que cancela dívidas. Hagin estava perplexo com ministros que prometem “cancelamento de dívidas sobrenatural” para aqueles que dão uma quantia em oferta. Ele escreveu em O Toque de Midas: “Que eu saiba, não existe nada na Escritura que valide esse tipo de prática. Eu suspeito de que isso seja simplesmente um esquema para levantar dinheiro para o pregador, e no fim das contas pode se tornar perigoso e destrutivo para todos os envolvidos”.
(Muitos televangelistas americanos — e também brasileiros — usam esse falso argumento. Normalmente, eles insistem que o cancelamento miraculoso dos débitos somente acontecerá se a pessoa “ofertar agora mesmo”, como se a unção para esse milagre evaporasse imediatamente depois do programa. Esse recurso manipulador mais parece bruxaria do que crença cristã.)

Hagin condenou outras esquisitices

Ele condenou certas esquisitices usadas para iludir platéias e fazê-las esvaziar suas carteiras. Ele ficou indignado quando um pregador disse no rádio que levaria os pedidos de oração para a tumba vazia de Jesus em Jerusalém e oraria por eles lá, se o os pedidos estivessem acompanhados de uma oferta especial de amor. “O que o pregador do rádio realmente queria era que mais pessoas enviassem ofertas”, disse.
Hagin também escreveu aos seus seguidores: “Superenfatizar ou aumentar o que a Bíblia ensina invariavelmente causa mais danos do que benefícios”. Ora, se o homem que foi pioneiro no “moderno conceito de prosperidade bíblica” deu esse recado aos seguidores de seu próprio movimento, não faz sentido para eles executarem seus ensinamentos anteriores...

Amados irmãos, diante do exposto, seria bom que todos os amantes da teologia da prosperidade, os fãs incondicionais do papai Hagin e os seguidores de pregadores que prometem “mundos e fundos” (como depósito celestial em conta bancária e cancelamento de dívidas de cartão de crédito, etc.) refletissem.
Até que ponto vale a pena seguir a um falso evangelho, contrário à Palavra de Deus e contestado pelo seu principal mentor? Fica aqui o alerta a todos os animadores de auditório que se valem de frases de efeito, promessas triunfalistas, como as mencionadas por Hagin, a fim de “arrancarem” dinheiro do povo de Deus. Meditem em Mateus 7.21-23. Acordem! Ainda há tempo!

Respeitosamente,

Ciro Sanches Zibordi

58 comentários:

Daniel Moreira disse...

Que ótimo Post. Um texto esclarescedor (pelo menos pra mim) e muito pertinente aos nossos dias. Eu tenho pavor desse "evangelho de barganha"

Roberto Soares disse...

Glórias a Deus por esse post, pastor Ciro.

Até me emocionei ao ler os textos, que maravilha ver alguém voltando atrás nesses tipos de ensinamentos e tentando curar as pessoas que sofrem com isso.

Espero que muitos se libertem com esse livro.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Daniel Moreira,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe mais uma vez pelo comentário.

Realmente, o que objetivo com a publicação desta postagem é levar os adeptos dessa falaciosa teologia a refletirem. Lamentavelmente, tenho visto animadores de auditórios "ministrando" ofertas das formas mais "ousadas". Uns dizem que estavam no hotel, e Deus lhe revelou que cinqüenta irmãos vão comprar o seu DVD; outros prometem uma bênção especial para quem dar tanto "agora"... É um absurdo!

E, se de fato Hagin se arrependeu, ainda que isso não tenha evitado o estrago que o triunfalismo causou para as igrejas do século XX (e XXI), é possível que a partir de agora alguns irmãos tomem uma posição ao lado do cristianismo bíblico.

Deus o abençoe!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Roberto Soares,

A paz do Senhor!

Não sei se já é o momento de "soltarmos fogos"... Ao longo da História, pessoas influentes teriam abandonado suas convicções, à morte, como o naturalista inglês Charles Darwin... Mas isso não atrapalhou o avanço do pernicioso evolucionismo.

Há algum tempo, chegam da outra América notícias e mais notícias de que Benny Hinn se arrependeu de suas práticas aberrantes e de algumas doutrinas falsificadas, porém ele continua agindo da mesma forma, como um show-man. Às vezes, o que certos milagreiros e manipuladores de platéia dizem não se escreve.

Um vídeo do Kenneth Hagin (disponível no YouTube) em que ele, pouco tempo antes de morrer, põe a língua para fora como se fosse um lagarto, cai sobre pessoas, ri sem parar como um desequilibrado mental, etc., ao lado de seu fiel discípulo Kenneth Copeland, depõe contra o que ele disse no livro citado.

Então, por que publiquei o texto? Porque, se Hagin realmente disse o que está no livro de coração, significa sim que, pelo menos em parte, ele se arrependeu de seus desvios. E, se isso é verdade, talvez assim os seus fãs tomem uma posição, uma vez que muitos deles são tão fanáticos, a ponto de não aceitarem argumentações bíblicas consistentes contrárias à falsa teologia da prosperidade.

Que Deus tenha misericórdia do seu povo, e que muitos irmãos se despertem para a verdade, a fim de que usufruamos de um verdadeiro avivamento, como muito poder do Espírito, mas segundo a Palavra de Deus.

Em Cristo,

CSZ

Anônimo disse...

Pastor Ciro

Penso que esse livro é uma tremenda enganação. Jamais os discípulos de Hagin vão abandonar os desvios doutrináios da confissão positiva só por causa do conteúdo de um livro que teve pouca expressão entre os próprios seguidores. Pois se assim tivesse acontecido como está no suposto livro,porque os seus atuais seguidores continuam propagando esse engodo? Porque Hagin não diz no livro que abandonou as suas pseudo-doutrinas, como a palavra da fé, a teologia da prosperidade, a grotesca unção do riso, a confissão positiva?

Pelo que se pode perceber no artigo enviado pela sua amiga, não há indício algum de total abandono dos erros doutrinários por Kenneth Hagin. Ele apenas culpa seus adeptos, pedindo para darem uma amenizada na sua pseudoteoria. É só isso que ele faz, porque viu que suas falácias, heresias foram longe demais. Ao meu ver esse livro é um enorme engodo. Esse livro não é uma negação completa não! E muito menos um pedido de desculpas ou um reconhecimento público de seus falsos ensinos. Na minha opinião ele não se arrependou, mas continuou propagando seus errros até o fim. Se puder, encontre mais subsídios e explique toda essa falácia pra nós, ok? Na paz de Cristo, Quédia.

Blog do Pastor Robson Brito disse...

Muito bom esse esclarecimento! Muito Obrigado Pr. ciro por publicá-lo!

Pr Robson Brito - AD Maringá - PR

Roberto disse...

Sei que o livro não vai consertar todos os estragos feitos e que o livro não prove que Hagin tenha deixado totalmente seus pensamentos, mas acredito que isso já demonstra parte da mudança que, acredito, tenha ocorrido nele e eu me alegro com isso.

Mas a verdade mesmo só Deus sabe.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada Quédia,

É bom ver a irmã comentando aqui as postagens. Enriqueço-me com as suas observações por e-mail, mas é bom partilhar com todos o que temos recebido do Senhor, não é mesmo?

Gosto da sua sinceridade: "Penso que esse livro é uma tremenda enganação". Mas sou um pouco mais otimista. Não creio que todos os discípulos de Hagin jamais abandonarão os desvios doutrináios da confissão positiva... Isso porque recebo e-mails de pessoas que dizem ter tido seus olhos abertos após terem lido meus livros. Glória a Jesus!

Publiquei o texto traduzido pela irmã Tamar Soares de Souza, de SP, fazendo algumas observações, porque os seguidores de Hagin precisam se conscientizar de que, apesar dos erros dele próprio, outros pregadores triunfalistas se aproveitaram de sua teologia para enganar ainda mais o povo de Deus.

Eu também, com toda a sinceridade, penso que Hagin apenas tentou suavizar os efeitos de sua pregação, mas continuou propagando as suas convicções triunfalistas até ao fim.

A propósito, já estou com um artigo pronto pelo qual alguns pontos sobre o assunto serão aclarados. Aguarde...

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Pastor Robson Brito,

É-me uma honra vê-lo em meu modesto blog. Agradeço-lhe pelo carinho e espero revê-lo em breve em uma escola bíblica ou outro evento pelo Brasil. Afinal, já nos encontramos algumas vezes, o que para mim foi "motivo de muita alegria" (citando um bordão assembleiano).

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Roberto,

Leia o que escrevi à irmã Quédia. Nos próximos dias publicarei um outro artigo sobre o assunto. Vou esperar um pouco, a fim de que mais irmãos tomem conhecimento desse "arrependimento" de Hagin...

A paz do Senhor!

CSZ

Francivaldo Jacinto disse...

Caro Pr. ciro,

A paz do Senhor!

Que postagem maravilhosa! O povo de Deus precisa cada vez mais de esclarecimentos como esse.Temos que está preparados para refutamos toda doutrina anti-bíblica.

Um abraço.

francivaldojacinto.blogspot.com

valdeci disse...

Graça e paz. eu gosto muito deste trabalho que o senhor tem feito. tenho lutado contra esse modismo antibiclico e neopentecostal que tem entrado em nossos arrais.infelizmente os irmãos nãoleem. deveriam ler mais para poderem ser esclarecidos e deixarem de ser enganados por tanta mentira. a Bíblia está sumindo cada vez mais dos nossos púlpitos. o que se prega é um evangelho antropocentrico e triunfalista. Jesus está deixando de ficar no centro de nosso culto a muito tempo. o resultado é cada dia mais pessoas se afastando dos habituais cultos de ensinso. e por não conhecerem a verdade acabam taxando os que gostam da palavra de "incrédulos" e "hereges". eu mesmo já fui chamado de herege..me diga onde posso adquirir este livro o toque de midas..desejo que Deus continue abençoando o seu ministério....não adianta dizer que existem 7.000 que não se dobraram... estes sete mim tem que sair do esconderijo e defender a bandeira de sua fé. da fé verdadeira e batalhar por ela... fique na paz

valdeci do carmo
ministro do evangelho

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Francivaldo Jacinto,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelo incentivo! O povo de Deus nunca precisou ser alertado quanto aos desvios da Palavra como hoje. Deus o abençoe!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Valdeci,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras. Não podemos mesmo aceitar como natural o triunfalismo, o antropocentrismo, a confissão positiva, a teologia da prosperidade... Infelizmente, hoje em dia, há obras "conciliadoras", que sugerem que é tudo normal, que só uma questão de ponto de vista, etc. São autores que desejam agradar a todos, a fim de alcaçarem fama e dinheiro. Que Deus nos guarde disso!

Graças a Deus que já somos mais do que 7.000!

Quanto ao livro, há uma editora que o publica. Procure pela Internet, mas lembre-se: o livro não é uma refutação da teologia da prosperidade, e sim uma tentativa de apresentar uma teologia da prosperidade mais equilibrada, digamos. Não deixa ser uma boa notícia, pois o que temos visto hoje, na área da pregação, é deprimente.

Em Cristo,

CSZ

Mi disse...

Pr.Ciro é tão triste ver como satanás cega o entendimento destas pessoas e faz com que elas sigam essas doutrinas malignas. Antigamente era difícil se ouvir tantas bobagens como essas que o Pr.Kenneth Hagin pregava, mas hoje houve uma disceminação tão grande dessas heresias, que vez por outra sobe no púlpito da nossa igreja esse tipo de mensageiro enviado pelo diabo para confundir a mente do cristão.
Sinto que os obreiros da Assembléia de Deus estão um tanto que acuados diante dessas falsas doutrinas, não reagem, e olha que muitas são pregadas pelos próprios ministros assembleianos. Tenho visto muitos pastores que eram usadíssimos nas mãos de Deus falando besteiras. Quando Deus levantou Josué para guiar o povo de Israel à terra prometida ele lhe falou: "Tão somente esforça-te e tem mui bom ânimo para terdes o cuidado de fazer conforme toda a Lei que meu servo Moisés te ordenou: dela não te desvies nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Não se aparte da tua boca o livro desta Lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque, então, farás prosperar o teu caminho e, então, prudentemente te conduzirás". (Js. 1:7,8)
Um abraço,
Miriam

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada irmã Míriam,

A paz do Senhor!

Realmente, é triste ver como pessoas, dentro das igrejas, como profetizaram os apóstolos (At 20.27-30; 2 Pe 2.1; 1 Tm 4.1) estão envolvidas com doutrinas humanas e, em muitos casos, malignas.

Vemos com angústia pastores de renome pregando as mesmas heresias do chamado Movimento da Fé, formado por super-pregadores, como Benny Hinn, os Kenneth's (Hagin, Hagin Jr. e Copeland), T.L. Osborn, Fred Price, M. Hickey, Morris Cerullo & cia.

Não podemos pregar apenas contra as heresias triunfalistas, pois o evangelho é poder de Deus para a salva de todo aquele que crê (Rm 1.17), porém é preciso que mais homens e mulheres de Deus se levantem contra o falso evangelho da "fé na fé", que desvia os crentes da Palavra de Deus.

Deixo para irmão também um texto da Palavra do Senhor: "Não temas, porque eu sou contido; não te espantes, porque eu sou teu Deus; eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça" (Is 41.10).

Um abraço.

CSZ

Felipe Inácio disse...

A paz do Senhor!
É uma pena que kenneth Hagin tenha aberto seus olhos somente agora, depois de ter havido propagado tamanha heresia!Mas antes tarde do que nunca!pelo menos vai balançar alguns que seguia o ensinamento de Hagin.
Uma curiosidade q sai um pouquinho do tema,mas tem alguma coisa haver,q eu gostaria de tirar com o senhor:Eu já ouvi falar que a IURD todo ano tenta se denominar evangélica,porém nunca é aceita por uma convenção evangélica q todo ano se reune.O senhor,se possível,poderia esclarecer mais.
Desde já agradeço.E parabenizo pelo ótimo blog.

Abraços!


Soli deo gloria!!!

Geziel Silva Costa disse...

A paz do Senhor
Pr. Ciro

Parabéns pelo blog e este excelente texto. Estamos presenciando este tipo de evangelho barato dentro da igreja hoje. Para muitas pessoas, se o pregador não falar da benção da prosperidade,batalha espiritual,triunfalismo, ele não é pentecostal.

Nós que vivemos fazendo apologia contra esses erros, aberrações doutrinárias, e as heresias, somos tachados de frios, sem (poder)e até perseguidor.Mas graças a Deus, que sempre tem levantado homens, em todas as épocas, para falarem a verdade, em tempos sombrios.

Continue com esse trabalho que tem ajudado a muitos nesse propósito.Também estamos empenhados em escrever, ensinar e pregar contra os modismos e heresias, apesar do caminho da apologia cristã, ser uma difícil tarefa.

Que Deus em Cristo voz abençõe.
Geziel S Costa
Ministro do evangelho

Joabe disse...

A Paz do SENHOR Jesus!

Pastor Ciro

Não se pode dizer se Kenneth Hagin mudou radicalmente seu pensamento quanto a Teologia da Prosperidade,entretanto essas retificações são relevantes, principalmente vindo do Neopentecostal "Mestre" Hagin. É importante ressaltar que o "Neopentecostalismo" tem varias facetas entre elas a Teologia da prosperidade(tendo como seu maior representante Keneth Hagin). Que o fato dele ter feito essas retificações sirva para que muitos outros sigam seu exemplo e que sigam mais além ainda, e adotem uma posição Biblica.

Em Cristo,

Joabe

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Filipe Inácio,

A paz do Senhor!

Creio que o pregador Kenneth Hagin não chegou a abandonar as suas convicções, mas pelo menos reconheceu que os seus discípulos foram longe demais. Mas, por que fizeram isso? Porque não foram ensinados pelo seu mestre, a saber: Kenneth Hagin.

Apesar de ser até mesmo idolatrado por alguns dos seus seguidores, o papai Hagin, como ainda é chamado, falhou. Supervalorizou as suas experiências em detrimento da Palavra, ignorando textos como Gálatas 1.6-12.

Mas o meu desejo é o mesmo do irmão: que pregadores triunfalistas, ante as revelações desta postagem, reflitam sobre a falácia que é o pacote teologia da prosperidade + confissão positiva + maldição hereditária + "cura interior".

Nunca ouvi falar que a igreja mencionada pelo irmão estivesse sofrendo rejeição por parte de algum órgão interdenominacional ao qual quisesse se filiar. Pelo contrário, já houve até um grupo de pastores (de várias denominações) que ficaram ao seu lado em suas quedas de braço com a Rede Globo.

Na verdade, tal igreja passa longe do conceito bíblico de igreja cristã. Não prega o evangelho de Deus, haja vista a ênfase de sua mensagem recair na teologia da prosperidade. Ademais, seu líder maior, não obstante esteja sendo considerado "o maior evangelista deste século", defende o aborto, o que é uma postura anticristã.

Deus o abençoe!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado ministro do evangelho Geziel S. Costa,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras.

Concordo com o irmão plenamente. Prosperidade, batalha espiritual, como são ensinados hoje, e triunfalismo nunca fizeram parte do culto genuinamente pentecostal. É bem verdade que certas obras literárias generalizam, põem tudo em um mesmo bojo, com o intuito de "fazer média", política da boa vizinhança ou coisa parecida, a fim de ter êxito comercial.

Quem tem compromisso com a Palavra de Deus não faz apologia a aberrações doutrinárias e heresias, ainda que seja tachado de frio ou perseguidor. Quer dizer, então, que Lutero foi um perseguidor por ter adotado uma postura de oposição à venda de indulgências?

Continue, meu irmão! Empenhe-se mesmo em combater modismos e heresias, pois o povo de Deus precisa ser alertado, avisado, ensinado, exortado.

Deus o abençoe mais e mais!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Joabe,

Muito boas as suas observações! Hagin apenas tentou conter os exageros, mas não negou a falaciosa teologia da prosperidade abertamente.

Em Cristo,

CSZ

Edson Dorna disse...

A paz do Senhor!

Pr.Ciro

ficamos triste quando olhamos para algumas denominações, em que fazem de tudo para arrancar dinheiro da igreja, perto da nossa congregação, houve um congesso em uma determinada igreja (Ass de Deus) em que o dirigente do culto gastou mais de 30 minutos com essas praticas sitadas no seu artigo.

Nossa missão Pr.Ciro tem que continuar sendo essa DEFENDER O EVANGELHO.

Em Cristo

Edson Dorna

Anônimo disse...

Concordo plenamente com esta análise e Hagin e afins, ..
e também percebo coragem cristã ao negar à iurd o título de evangélica. Eu compartilho dessa convicção também, a iurd não é evangélica, não é Igreja. Acredito haverem crentes sinceros nela, mas a instituição e os ensinos são claramente anti-cristãos e anti-evangelho. Tenho a quase certeza (embora não tenha autoridade final) que o edir macedo nem é cristão, não crê em Deus. Um verdadeiro convertido teria temor de Deus e não axincalharia a Palavra dessa maneira.

marcio leal disse...

__PR.CIRO?!
__IRMÃOS(ÃS) PARTICIPANTES!!
_A PAZ DO SENHOR!
__TENHO NOTADO A IMPORTÂNCIA DESTE SERVIÇO QUE SE FAZ PARA COM OS SANTOS! _cl 3.16_2tm.2.23.
__"literaturas,pregações,seminários etcs..
em cujo conteudo não se encontra as "Sagradas letras">sl.19.7>2tm.3.16<.. ..NÃO PODE SOB HIPÓTESE ALGUMA SER APRESENTADO A UM EVAJELIZANDO!!! mt.28.20>sl.101.3.
" >> CASO O IRMÃO (Ã) SEJA CHEIO DO ESPIRITO SANTO E POSSUA A DEVIDA HABILIDADE_2 tm.2.15_..com as sagradas letras.."por favor!! faça isso! mc.16.15.

_AMADOS!!
_ME "EXAUTEI" UM POUCO DESEJANDO SOMENTE AQUILO QUE NOS É UTIL..
_APESAR DE SER "RECEM CHEGADO!

> AO IRMÃO CIRO.
> GRATO PELO ESPAÇO <
.PAZ A TODOS.

. MARCIO LEAL .

RANIERI CESAR AKAMINE disse...

PREZADO PR CIRO .APAZ DO SENHOR

FICO FELIZ EM PODER PARTICIPAR DO CEU BLOG.DEPOIS QUE O IRMÃO RESPONDEU MEU E-MAIL SEGUI ALGUMAS DE SUAS RECOMENDAÇÃO ALI E TAMBÉM ESTOU LENDO AS POSTAGENS,SENDO ELAS A FAVOR OU CONTRA O NOBRE TRABALHO QUE O IRMÃO TEM FEITO

O IRMÃO TEM DADO RESPOSTAS COERENTES E ISSO ESTÁ SENDO UMA REFERENCIA PARA MIM

VOU RECOMENDAR SEU BLOG AOS IRMÃOS DA IGREJA AINDA QUE SEJA UM TANTO,DIGAMOS,REBELDIA NA VISÃO DE ALGUNS AMAVEIS IRMÃOS

TENHO LIDO SEU LIVRO ERROS QUE OS PREADORES DEVEM EVITAR E REALMENTE VEJO QUE A ABORDAGEM ALI NOS ADVERTE SOBRE A REALIDADE EM ALGUNS DE NOSSOS PULPITOS

QUERO DIZER QUE AQUI NO NOSSO MINISTÉRIO,O NOSSO PR.PRESIDENTE TAMBÉM É UM HOMEM DE DEUS QUE TEM SIDO ZELOSO COM A PALAVRA DE DEUS
MAS ELE NAO É ONIPRESENTE E POR ISSO NÃO SABE O QUE SE ENSINA EM NOSSAS CONGREGAÇÕES

ELE TEM ADVERTIDOS A TODOS OS DIRIGENTES QUANTO AO APRIMORAR SEUS CONHECIMENTOS PARA SERVIR MELHOR AO SENHOR JESUS

ESTOU ORANDO AO SENHOR PARA QUE A VERDADE DA PALAVRA DE DEUS SEJA ESCLARECIDA A TODOS.QUE O ESPÍRITO SANTO DE DEUS FAÇA ESSA GRANDE OBRA
E USE SEUS SERVOS DENTRO DA VERDADE
A PALAVRA DE DEUS.DEUS HONRARÁ QUEM PREGA A PALAVRA

SINTO IMENSO PRAZER EM POSTAR EM SEU BLOG.ISSO VAI ME AJUDAR BASTANTE,ATÉ POR QUE NÃO SOU BOM EM ESCREVER MAS GOSTO MUITO DISSO,A GENTE PENSA MELHOR QUANDO ESCREVE E NOSSAS IDÉIAS FICAM REGISTRADAS PARA UMA ANÁLIZE MINUCIOSA,PONTO A PONTA,PALAVRA POR PALAVRA,VÍRGULA POR VÍRGULA E ASSIM POR DIANTE

POR ENQUANTO É SÓ,DEUS ABENÇOE A TODOS

EM CRISTO
RANIERI CESAR

Anônimo disse...

Vc disse: "Amados irmãos, diante do exposto, seria bom que todos os amantes da teologia da prosperidade, os fãs incondicionais do papai Hagin e os seguidores de pregadores que prometem “mundos e fundos” (como depósito celestial em conta bancária e cancelamento de dívidas de cartão de crédito, etc.) refletissem.
Até que ponto vale a pena seguir a um falso evangelho, contrário à Palavra de Deus e contestado pelo seu principal mentor? Fica aqui o alerta a todos os animadores de auditório que se valem de frases de efeito, promessas triunfalistas, como as mencionadas por Hagin, a fim de “arrancarem” dinheiro do povo de Deus. Meditem em Mateus 7.21-23. Acordem! Ainda há tempo!"

Vou deixar um relato aqui. Tenho um amigo que estudou em Belo Horizonte na Ig. Batista da Lagoinha na escola Bíblica que André Valadão Abriu após estudar no Rhema em Tulsa.
Nesse diálogo descobri muitas coisas que a internet não informa, e quando informa, faz equivocadamente. Indaguei de cara sobre a prosperidade, o que era isso para os professores do Rhema.
Ele me disse, pelos relatos que viu no "Carisma" (escola de André Valadão baseada no Rhema. Que a prosperidade pregada em algumas igrejas no Brasil (como IURD e Graça) em nada tem a ver com o que eles pregam, lá se falava em prosperidade em algo como benção vinda de Deus e não como barganha ao dar ofertas, sempre era explicado isso, principalemente depois de muitas criticas feitas a Hagin, pois entendiam que ele estava pregando a barganha com Deus, o que não é verdade. Ele me disse o nome da igreja que representa o ministério no Brasil, e pelo que vi, não têm tanta semelhança com aqueles da tv que pensamos ser seguidores de Hagin.
Ainda não me encontrei novamente com este amigo, mas devo vê-lo em breve no final desta semana, se tiver oportunidade que ouvir mais, não sendo duro criticamente, pois que ouve com cautela não julga precipitadamente.
Infelizmente algumas igrejas brasileiras fizeram mais que levar os livros a sério, viram neles um certo suporte para ler e interpretar de acordo com interesses próprios...

Espero ter colaborado,

Abraço fraterno...

Marina disse...

Queridos irmãos,
devo confessar q fiquei quase estarrecida quando li as postagens anteriores à minha. Não é a minha intenção ofender a nenhum dos irmãos, porém, senti uma necessidade de falar algo sobre o assunto. Estamos julgando o Pastor Kenneth e acusando-o por posições fanáticas de pessoas que decidiram por distorcer as palavras ditas e escritas por Hagin para conseguirem tirar proveito da "Indústria" que os dízimos e as ofertas infelizmente têm se tornado. Sabemos que ambos são uma ordenança de Deus. Quando o Pastor Kenneth fala sobre prosperidade, ele não o faz devido ao valor que foi ofertado, ou devido ao fato ter havido uma oferta. Ele o faz levando em consideração a atitude de obediência de abrir mão de algo que poderia ser muito útil para nós. Ser dizimista e ofertante é uma segurança para nós afinal o próprio Deus quis que ficasse escrito na bíblia, "trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança". é uma promessa que temos de Deus. A lei da semeadura não falha. Se plantamos amor, se amarmos os nossos irmãos, o nosso próximo, seremos amados, se cuidarmos de nosso corpo como convém, colheremos saúde... e assim por diante. Não adianta dizer que alguém planta morango esperando colher melância. Foi sobre isso que o Pastor Hagin quis trazer o esclarecimento em seus ensinamentos sobre prosperidade. Ao invés de estarmos falando sobre pessoas que deturparam essa mensagem, vamos nos concentrar em orar por aqueles que o fizeram para que o Espírito Santo, nosso Ajudador, convença essas pssoas do pecado que estão cometendo.
Àqueles que por algum motivo acham que o Pastor Kenneth Hagin pregou sobre prosperidade do modo distorcido como temos ouvido hoje, faço o desafio de dedicarem tempo à leitura de livros desse pastor, para que possam conhecer melhor a visão dele. Aos que resolverem aceitar o dessafio, orem pedindo ao Espírito Santo que esteja trazendo esclarecimento durante a leitura para que não haja interpretações equivocadas. Garanto que aqueles que estuddarem à fundo o assunto, não acharão nada que está em desacordo com a palavra de Deus. Caso encontrem, POR FAVOR, entrem em contato comigo para que eu, através da ajuda de pessoas que conviveram lado a lado com o Pastor Hagin, em laços estreitos de amizade, possa vir a esclarecer possíveis equívocos quanto ao ministério desse Grande homem de Deus , que tive a oportunidade de conhecer pessoalmente!

Obrigado pelo tempo que dedicou à leitura de minha postagem, e se possível, me digam se alguém optar por levar à frente o meu desafio!!!

Abraços...

Anônimo disse...

Para os fiéis mais atentos, ávidos pela palavra da verdade, da qual está encarregado em ensinar o Espírito da Verdade, uma postagem que escancara nas entrelinhas seu posicionamento adverso pouquíssimo esclareceu, senão, talvez intencionamente, deu combústível aos contenciosos.
Entre nós á aqueles que estão afirmando: Livrai-nos do mal de sermos prosperos, como Davi e Abrãao (Pai dos que crêem), de sermos curado e perdermos a graça de sermos ensinados por meio das enfermidades (alguém intencionamente enfermaria um filho para os ensinar? Deus o faria?)...Vede pois como ouvis.
Ciro, seria correto citar as pgs. onde o Rev. Hagin afirma o que vc publicou.
Acho que o Senhor não leu o Livro, como a maioria dos contradizentes, e se o fez foi buscando ás "pérolas menores".

No amor de Cristo

Romildo disse...

Os textos que Ciro Zibordi coloca sobre tais assuntos é muito bom, parabéns Ciro!!!!

Pr Edson de Jesus disse...

Bom. tenho tentado observar estes blg sem fazer comentarios, pois sinceramente acho que naun vale a pena. a maioria dos frequentadores deste blog nunca leram um livro de hagin. tudo que sabem sobre hagin e o que leram em livros como o Super Crente, O Evangelho da nova era. e agora mais recentemento o evangelho que paulo nao pregaria. diga se de passagem, boa parte destes autores nao conhecem os livros de hagin, falam de literaturas americanas que leram. So como exemplo um destes autores acusa hagin de plagiar kenyon. se ele tive se pelo menos aberto as primeiras paginas do livro o nome de Jesus. teria lido os creditos de hagin a kenyon e os agradecimentos a familia do mesmo.em outras partes eles diz que kenyon era admirador da ciencia crista. se tivesse lido algo realmente sobre kenyon saberia que a tanta diferença entre os ensinos de kenyon e os destas seitas como a entre a luz e as trevas. mas eles nunca leram hegin, nem sabem quem foi kenyon, sao irreconciliaveis, num momento acusan hagin de desvios na doutrina. e agora sitando o livro o toque de midas dizem que hagin renegou seus ensinos. se isto fosse verdade naun seria um motivo para elogios? uma vez que ele se arrependeu de supostos erros que ensinou? mas ainda assim ninguem fala nada positivo sobre o suposto arrependimento de hagin. mas amados o livro naun fala nada sobre hagin ter se arrependido. compreem o livro leam e param de repetir o que os outros dizem. O livro fala sobre manter o equilibrio evitar os extremos e corrige alguns abusos que existem dentro da igreja. so isto. Amado Pr ciro existem heresias verdadeiras a serem combatidas. sera que o irmao nunca encontrou uma virtude em hagin? nem na vida nem nos ensinos dele? por exemplo quantas heresias o Senhor encontra no ensino de hagin sobre o Amor? Existem erros nos ensinos de Hagin? certamente. Como nos de lutero, calvino, e qualquer outro autor evangelico. mas dai dizer que ele pregava outro evangelio.. Com todo respeito e viajar na maionese e coisa de quem nao tem o que fazer a nao ser procurar erros e heresias por toda parte. e como os ateus que leem a biblia acreditando encontra nelas inumeros erros. Leiam os livros de Hagin tirem proveitam do que for bom e se encontrarem de fatos erros corrijam na palavra. mas parem de falar porque outros falaram, parem de repetir mentiras.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Edson de Jesus,

Um verdadeiro pastor e verdadeiramente "de Jesus" aconselharia o povo de Deus a ler a Bíblia, a Palavra de Deus, e não os livros de Kenneth Hagin.

O senhor, que se diz pastor e tem "de Jesus" no nome, não faz jus nem a uma e nem a outra coisa, infelizmente. E, por isso, não vou escrever muito para refutar o que tem afirmado.

Só devo lhe dizer que conheço bem as heresias do papai Hagin. E o que escrevi aqui e em minhas obras foi baseado nos próprios livros desse "mestre" da fé.

Leia a Bíblia, pastor (pastor?), pois o senhor comparecerá ante o Sumor Pastor naquele grande Dia (Mt 7.21-23).

CSZ

Pr Edson de Jesus disse...

O Assunto Pr e sobre os livros de hagin. nao disse para o povo naun ler a biblia. disse que se querem condenar os livros de hagin, pelo menos tenham o cuidado de ler antes de refutar e condenar. so por curiosidade. O Sr ja leu algum livro de Hagin? qual? seus escreitos apenas repentem literaturas de alguns fundamentalistas norte americanos. as mesmas acusaçoes, mesmas deturpaçoes, mesmas mentiras. amaria ler alguem que leu pelo menos 10 livros de hagi fazer as criticas que o Sr Faz.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Pastor Edson,

Seja um pouco mais esforçado e procure neste mesmo blog uma série pela qual eu refuto o livro "O Nome de Jesus", de Hagin, capítulo por capítulo. Eu ainda nem terminei a refutação, mas já há bastante material para atender ao seu pedido...

CSZ

claudio pimenta disse...

Gostaria de sugerir ao amado Pastor que colocasse novamente no topo do blog materias sobre o Kenneth Hagin e seus desvios de ensino !afinal ja faz tempo que as materias foram colocadas

Luciana disse...

Certamente o ama do irmão não conhece o que prega o irmão Hagin, ele nunca pregou teologia da prosperidade (como se tem citado nesse artigo) e o livro Toque de Midas só vem confirmar isso.
Apesar disso o irmão Hagin crê na propsridade bílbca sim e na confissão de fé, que não tem anda a ver com ciência cristã ou pesnamento positivo.
Aconselho aos críticos se aprofundarem melhor antes de falar.

Anônimo disse...

Seria interessante se a cpad lançasse esse livro ,seria muito bom para o povo conhecer os arrependimentos desse homem

Anônimo disse...

A graça editorial lançou esse livro em portugues
http://www.gracaeditorial.com.br/.

luiz antonio disse...

Sou Pastor a quase vinte anos e fico surpreso quando tive o prazer de encontrar este blog, mas mesmo assim tenho minhas ressalvas quanto a sua opiniáo em criticar um homem que muito beneficiou o evangelho de Cristo agora segue minha pergunta o sr ja leu os absurdos dO Bispo edir macedo sobre o sacrificio, fogueira santa, terapia do amor enfim entre outros em quest;ao, agora pergunto ao sr que [e conhecedor da palavra de Deus aqui numa cidade proxima existe um pastor que n;ao cre no nome de jesus diz ele que os demonios da sua cidade s;ao muito poderosos ai ele recebeu uma un;ao do beijo interessante so pode beijar mulher bonita e jovens senhoras segundo ele expulsa demonios dessa maneira (o boca santa e da assembleia de deus belem) a pouco tempo traz li um manual ou cartilha desta igreja diz em um texto que a cura nao e para todos, entao o que jesus fez na cruz?

Anônimo disse...

Sinceramente, li todos os livros de Kenneth Hagin, eu não vi, em nenhum deles, ele ensinar aos ministros a serem cobiçosos. Este comentário não condiz com a verdade. Ele foi um cristão sério e cheio do Espírito Santo. Ele recomendava ao pastores EXPREMEREM A PALAVRA e nunca as pessoas, no assunto contribuição financeira, e ainda alertava aos pastores para terem cuidado com o dinheiro, porque muitos perderam a unção por causa da ganância - assim dizia. Foi um dos servos de Deus mais estraordinário dos últimos tempos. Como deturparam os ensinamentos que ele recebeu diretamente do Senhor! Fui muito beneficiada pelo seu ministério.

Jhonny Forte disse...

Recomendo ler o livro: Amor Caminho para a Vitória - Kenneth Hagin

Anônimo disse...

Mi querido Pr. Ciro.
Verdaderamente es una pena que usted realice ese tipo de comentarios acerca de Kenneth Hagin y de su doctrina. Ninguno de los libros de Hagin contiene una doctrina errada, por el contrario, esta basada totalmente en las escrituras y ayuda a los creyentes a tener un equilibrio espiritual y no desviarse del camino de la verdad.
Solo puedo orar para que Dios abra sus ojos, le de espiritu de revelación y sabiduría, y que todos los misterios de Su Palabra le sean revelados a usted pastor.
En cuanto a las otras personas que hacen comentarios tales como: "es una heregía", "es falsa doctrina" y otras parecidas refente a las enseñanzas de K. Hagin, les recomiendo que oren, pasen tiempo con el Señor, mediten en Su Palabra y lo más importante: sean guiados por el Espíritu Santo, Él los guiará a la verdad.
Dios bendiga a todos y también abra sus ojos.
Atentamente: Marco Antonio

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmão Marcos Antonio,

Tenha cuidado, pois há muitas heresias ligadas a Kenneth Hagin. Ele não foi irrepreensível. Inerrante e infalível é apenas a Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus.

Gostaria que o irmão comentasse sobre o fato de Hagin ter afirmado, de modo blasfemo, que o Senhor teve o seu corpo invadido por Satanás na cruz (O nome de Jesus).

Responda também sobre o encontro de Hagin com "Jesus", em que um demônio conseguiu ficar na frente de dele e atrapalhar a sua mensagem. Em seguida, Hagin teria mandado embora o tal demônio, ante a impotência do suposto Jesus ante o "poderoso" demônio (Zoe, a própria vida de Deus).

Fale também sobre os vídeos aberrantes de Hagin no YouTube em que ele põe a língua para fora da boca como se fosse um lagarto ou serpente...

Se não tiver respostas, prefira, a partir de agora, ter o Senhor Jesus como o seu referencial, e não um pregador triunfalista e controverso, longe de ser um expoente da verdade.

Em Cristo,

CSZ

pablo disse...

Trecho do livro de PAULO ROMERO “super crentes”
Romero começa assim:

As visões tornaram-se parte importante do ministério de
Kenneth Hagin. Um exemplo das várias que ele já teve:
Em 1952, o Senhor Jesus Cristo me apareceu numa visão e
falou comigo por mais ou menos uma hora e meia sobre o
diabo, demônios e possessão demoníaca. No final daquela
visão, um espírito maligno que parecia um macaquinho ou
um duende correu entre mim e Jesus, espalhando alguma
coisa parecida com fumaça ou nuvem escura.
Então este demônio começou a pular, gritando com uma
voz estridente: “Iaqueti-iac, iaqueti-iac, iaqueti-iac”. Eu não
podia ver Jesus, nem entender o que Ele dizia. (Durante
todo o tempo dessa experiência, Jesus estava me ensinando
alguma coisa. E, se prestar atenção, você encontrará resposta
aqui para muitas coisas que o têm perturbado.)


Não podia compreender por que Jesus permitia ao demônio
fazer tanta algazarra. Fiquei imaginando a razão por que
Jesus não repreendeu o demônio para que eu pudesse ouvir o
que Ele falava. Esperei algum tempo, mas Jesus não tomou
nenhuma iniciativa com relação ao demônio; Jesus ainda estava
falando, mas eu não podia entender uma palavra sequer do
que dizia e eu precisava ouvir, porque Ele dava instruções referentes
ao diabo, demônios e como exercer autoridade.
Pensei comigo mesmo: “Será que o Senhor não sabe que
não estou ouvindo o que Ele quer que eu ouça? Preciso ouvir
isto. Estou perdendo!” Quase entrei em pânico. Fiquei tão
desesperado que gritei: “No nome de Jesus, espírito tolo, te ordeno
que pares!” No mesmo instante que disse isso, o demoniozinho
caiu no chão como um saco de feijão e a nuvem negra
desapareceu. O demônio ficou ali no chão tremendo, choramingando
e gemendo como um cachorrinho acossado. Nem
olhava para mim. “Não somente cales a boca, mas sai daqui em
nome de Jesus!” ordenei. Ele foi embora correndo.
O Senhor sabia exatamente o que se passava em minha
mente. Eu estava pensando: Por que Ele não fez nada? Por
que permitiu isso? Jesus me olhou e disse: “Se você não tivesse
tomado uma atitude a respeito, eu não poderia fazê-lo”.
Ao ouvir isso tomei um verdadeiro choque — fiquei pasmo.
Respondi: “Senhor, acho que não O ouvi direito! O que o Senhor
disse é que não o faria, não foi?” Ele respondeu: “Não, se
você não tivesse tomado nenhuma atitude, eu também não poderia
fazê-lo”. Repeti tudo por quatro vezes. Ele era enfático ao dizer:
“Não, não disse que não faria, disse que não poderia fazê-lo”.
[A autoridade do crente p. 37-38.]


Romero argumenta assim:
Observe bem as palavras de Hagin. Não é que Jesus não
quis; ele simplesmente não pôde. Como entender que Jesus
não pôde expulsar o demônio à luz de Mateus 28:18:
“Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade
me foi dada no céu e na terra”? Veja ainda Marcos
16:17, que claramente indicam o contrário do
que Hagin comenta em sua visão. O pior de tudo é que
qualquer pessoa que ler o relato de Hagin acima concluirá
facilmente que ele alega ter mais poder sobre os demônios
do que o próprio Jesus.

Ok?! fim do argumento de Paulo Romero.

Eu começo aqui então:
o texto que Romero diz corroborar com sua crítica,
não me parece ajuda-lo muito
que é o de Marcos 16.17 diz assim:
Aos que crerem será dado o poder de fazer estes milagres: expulsar demônios pelo poder do meu nome e falar novas línguas.
Diante disso o que você tem a me dizer?

Deixo meu e-mail: paulofurniel@yahoo.com.br

Hugo Leonardo disse...

Olá Pastor!

Gostei muito do post, principalmente porque ele fala de uma reunião que o irmão Hagin teve com "filhos" que distorciam ensinamentos e usavam - ou ainda usam, não sei - de palavras, ritos e costumes que não são fundamentados na Palavra de Deus.
As pessoas que estudam, leem os livros de Kenneth E. Hagin sabem que seus escritos acerca de finanças nunca responderam pela lógica do excesso mas sim pelas promessas de Jesus quanto ao suprir as necessidades de Seus servos e amigos... Se distorções grotescas e pecaminosas vieram a partir do que Hagin ensinou, entendo que os responsáveis por tais criações heréticas são aqueles que distorceram os ensinamentos e não aquele que anunciou de uma maneira enfática as palavras de Jesus quanto ao suprir das nossas necessidades. (Mateus 6.1-34; Lucas 12.1-31)

Luis disse...

Uma dúvida ficou no ar.

Se o toque de Midas é a redenção de Hagin em relação a Properidade, em qual lugar que ele diz exatamente o contrário do que Ele afirma no Toque de Midas, em qual livro está?

Ministerio Petros Paiva disse...

graça e paz amado, eu faço parte de igreja evangélica verbo da vida, a qual representa a visão do ministério Keneth E. hagin no brasil, e gostaria de lhe esclarecer que no livro: o toque de mirdas, irmão hagin não está negando nada daquilo que ele ensinou, pois ele mesmo nunca ensinou certos exageros que muitos de seus seguidores estavam cometendo.
amado leia os livros de irmão hagin, e você comprovará uma mensagem totalmente respaldada pela palavra de Deus.
já li alguns de seus comentários a respeito do irmão hagin, e sabe qual é a minha conclusão:
nenhum de seus comentários cabem ao irmão Hagin, pois ele sempre foi muito fiel as escrituras.
suas criticas ficariam muito bem colocadas se tivessem sido direcionadas a pessoa certa.
nós não concordamos com duas coisas?
01-exagerar nos ensinamentos bíblicos a respeito de prosperidade.
02- omiti-los das pessoas.

Anônimo disse...

Alguém aqui acredita na teologia da pobreza??

Flávio disse...

estudei no rhema que faz parte do ministério hagin durante dois anos nunca vi nada de extraordinario ou anormal , os ensinos sempre foram equilibrados e pouco se falou sobre prosperidade , os professores sempre tiveram a biblia como regra de fé ,e fomos incentivados a comparar o que era ensinado com a biblia . recomendoa todos os crentes maduros que façam esse curso.

Anônimo disse...

Triste ver o Senhor amado Pr Ciro , relatar tao fatos apontando hagin com essas palavras , vc ta `perseguindo` ele,e assim persegue a Deus , tenha cuidado ..

Heynes Bertilla disse...

A graça e paz. Pastor ciro faco o curso rhema ,curso que faz parte do ministerio do pr. Hagin e tenho sido tremendamente abencoada! jamais ouvi heresias e tudo é ensinado conforme a palavra de Deus.Muitas pessoas é que são duras de coração e não querem aceitar o que Deus fala. Pastor Ciro com todo respeito, em vez de você ficar criticando e falando coisas absurdas do pastor Hagin que foi um grande homem de Deus se preocupe em pregar o evangelho. tenha sabedoria. E tenha cuidado com o que afirma! a paz!

Daniel disse...

Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;

E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.
2 Timóteo 4:3-4

É exatamente o que acontece com os defensores do Hagin.

Léia Moreira Caldas. disse...

BOA TARE!!!
NÃO QUERO DEFENDER NEM ACUSAR NINGUÉM.
MAIS GOSTARIA DE SABER O QUE LEVARIA UM HOMEM DE DEUS FAZER UMA PAGINA NA NET PARA QUERER FAZER JUÍZO DE UMA OUTRA PESSOA?
JULGAR TALVEZ.ACUSAR???
A BIBLIA EXISTEM TANTOS ENSINAMENTOS, PQ NÃO USAR ESTE ESPAÇO PARA ABENÇOAR VIDAS E DEIXAR QUE DEUS TOME PROVIDENCIAS REFERENTE A QUEM PREGA OU NÃO A SUAS VERDADES.
ONDE ESTAR O AMOR AO PRÓXIMO??

Provérbios 6:16-19 diz: "Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos."

Mary disse...

A viuva de Kenneth Hagin disse ao meu pastor(americano), que o marido antes de morrer estava muito triste com muitos pastores. Ele ensinou a muitos que desviaram completamente o evangélio. Ele dizia a sua esposa que muitos deles ficaram gananciosos. Kenneth foi um homem de amor, um homem bondoso e muito simples, pois meu pastor o conheceu pessoalmente.

Uhelliton Andrade disse...

Devemos ter muito cuidado com as coisas que falamos, O Pr. Kenneth Kagin, foi um homem amoroso e muito simples, todos nós erramos em determinado pontos da vida. Mais o nosso Senhor Jesus, autor e consumador na nossa fé, é poderoso para perdoar nossos pecados. Falo isso pois quanto fui abençoado com o Livro A oração que prevalece para a paz.

Não julgueis, para que não sejais julgados.
Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. "MT 7:1-2"

A paz do nosso Senhor esteja com todos.

Einstein Felinto disse...

O irmão Hagin nunca se arrependeu do que ensinou, mas ele sempre demonstrou tristeza por àqueles que distorciam a palavra que ele pregava.

julio cesar disse...

obedeça à Deus

julio cesar disse...

obedeça à Deus
obedeça à Deus
obedeça à Deus