quarta-feira, 28 de maio de 2008

Igrejas “evangélicas” que não pregam o evangelho

Atenção! Atenção! Você pode estar sendo enganado! Na atualidade, há três igrejas conhecidas como evangélicas que, apesar de terem Deus no nome, não pregam o verdadeiro evangelho. Elas “arrastam” multidões. Pessoas se acotovelam para ouvir os seus pregadores, mas...
Por favor, não me pergunte quais são os nomes delas! Isso é apenas um alerta, um aviso a pessoas que, ingenuamente, freqüentam igrejas ditas evangélicas que propagam “outro evangelho”, e não o evangelho de Cristo (1 Co 15.1,2; 2 Co 11.3,4. Gl 1.6-12; 1 Tm 6.3,4).
Refiro-me a três grandes igrejas, cujos templos estão sempre lotados. A maior delas ainda não conquistou outros planetas — haja vista não existir vida fora da Terra —, mas a sua meta é crescer em nível universal. A segunda maior também está em boa parte do globo terrestre; trata-se já de uma igreja internacional. E a terceira também não deixa por menos. Conquanto menor do que as outras, já pode ser considerada mundial.
Estou falando de três líderes carismáticos, telepregadores muito bem-sucedidos em seus negócios. Quem lê entenda. Os dois primeiros fundaram a primeira igreja. O segundo e o terceiro saíram da primeira. O mais rico (está entre os mais ricos do País!) tem um reino à sua disposição. O segundo mais rico é um missionário, quer dizer, um milionário cheio de graça, que prega, canta, conta piadas... E o terceiro vem suando bastante (a ponto de os fiéis recolherem o seu suor!) para demonstrar que a sua igreja tem muito poder. São três os objetivos deles: dinheiro, dinheiro e dinheiro. Por esta razão, pregam o tempo todo sobre isso.
Essas igrejas aparecem na mídia todos os dias e têm muitos seguidores — você pode ser um deles! —, mas não pregam, como já disse, o verdadeiro evangelho. A primeira prega o evangelho da prosperidade. A segunda, o evangelho triunfalista. E a terceira, o evangelho empirista.
Os auditórios dessas igrejas, em geral, são formados por três tipos de pessoas, nessa ordem: interesseiras que freqüentam cultos apenas para se tornarem empresárias ou saírem de uma crise financeira; interesseiras que só vão aos cultos para receberem curas, bens materiais ou soluções de problemas; e interesseiras que freqüentam os cultos apenas para receberem milagres.
Bem, a primeira igreja contraria o que diz a Bíblia acerca do Reino de Deus: “... não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo” (Rm 14.17), ao enfatizar apenas e tão-somente que o crente deve ser próspero nesta vida. Deus faz prósperos os seus filhos (Sl 1; 23; 37), mas um crente que só pensa em dinheiro e bens materiais está longe de agradar ao Senhor Jesus (Mt 6.19-21; 1 Tm 6.9,20; Ef 5.5).
A segunda igreja não valoriza a graça do Senhor Jesus, posto que promove um culto antropocêntrico, centrado nas necessidades humanas. As pessoas não freqüentam os cultos primeiramente para adorar ao Senhor, e sim para receberem bênçãos, como se Deus fosse aquele bom velhinho do Pólo Norte... Deus abençoa o seu povo, mas o nosso culto deve ser cristocêntrico, isto é, em adoração e louvor a Cristo (1 Co 1.22,23; 2.1-5). A oração modelo não começa com “O pão nosso de cada dia nos dá hoje”, e sim: “Pai nosso que está nos céus, santificado seja o teu nome” (Mt 6.9).
Finalmente, a terceira igreja apresenta um culto aos milagres. Tudo gira em torno de sinais, prodígios, curas... Há problema nisso? Claro que sim! O Senhor Jesus, quando andou na terra, ficou o tempo todo curando os enfermos e fazendo milagres? Não! Ele ensinava, pregava e curava, nessa proporção (Mt 4.23; 11.1). Ele ensinou mais que pregou; e pregou mais que curou. Além disso, pregar o evangelho não é pregar milagres, pois estes são o efeito da pregação do evangelho (Mc 16.15-20). Por isso, na hierarquização que Deus estabeleceu para os dons do Espírito, milagres e curas aparecem depois de apóstolos, profetas e doutores (1 Co 12.28).
Diante do exposto, qual é a igreja que tem abrangência universal, mas só prega a teologia da prosperidade, não fazendo jus à definição bíblica de Reino de Deus?
Qual é o nome da igreja cujo líder, cheio de graça, é conhecido em âmbito internacional?
E que igreja é essa cujo dirigente mundial faz da pregação de milagres o seu carro-chefe, deixando de pregar o evangelho pleno, composto de promessas, mandamentos e princípios?
Bem, saber essas respostas não é tão importante. O que vale a pena mesmo é não seguir a falsos mestres que se dizem bispos, missionários e apóstolos (2 Tm 4.1-5), e sim ao Bom Pastor, o nosso Senhor Jesus Cristo (Jo 10.11,27,28).

Na defesa do evangelho,

Ciro Sanches Zibordi

49 comentários:

Lucimauro*Assembléia de Deus disse...

A paz do Senhor pastor Ciro.
Infelizmente essa situação tem bombardiado a vida dos leigos nesse assunto, inclusive aqui no estado do espirito santo.
À propósito por falar no nosso estado, do dia 13 a 15 de junho o sr nos dará a honra de sua visita aqui em nosso estado não é verdade?
Infelizmente não poderei estar nesse dia em santa leopoldina.
Mas no dia 19-20 de julho estarei em vila velha para ter o privilégio de conhecer o amado pastor,e se o sr tiver um tempinho queria levar os meus exemplares para o sr escrever uma dedicatória rs,rs,rs,se for possivel é claro,até lá.
Daquele que ama a Assembléia de Deus e seus orgãos históricos.

Elian Designer disse...

Paz, Pr. Ciro!

O Artigo é importante e esclarecedor.

Duas situações me preocupam:
* 1) ser membro de uma igreja dessas;
* 2) estar numa igreja dita ortodoxa que, dia após dia, vem aderindo à teologia e modismos daquela.

Estamos vivendo dias difíceis. A cada momento percebo o quanto nossos pregadores, até mesmo aquele irmãozinho simples que tem a oportunidade pra dar uma saudação, estão sorvendo esses princípios nocivos à sã doutrina.

O pior, Pastor, é que quando se vai contra, vc é taxado de anti-pentecostal, cessacionista ou dizem: "não podemos limitar o Espírito de Deus - ele opera como quer!".

Tem um grupo na nossa igreja que, junto com alguns irmãos de outra denominação costumam ir ao Monte toda sexta-feira. Um dos tais, chegou a alegar que certa vigília "CHOVEU AZEITE". Quando chegam do monte, um diz: "Hoje Deus falou primeiro comigo!". Parece q há uma competição de quem profetisa mais ou quem recebe primeiro a profecia.

Mas, não vemos esses mesmos irmãos empenhados na evangelização da cidade, do bairro, do povoado, com o mesmo afinco que se interessam por essas reuniões. O pior é que não adianta o pastor falar contra, pois o nosso pastor já falou que não queria ver ninguém indo ao monte orar, já que os tais não são contados nos cultos de oração.

Nasci num lar evangélico assembleiano. Pela misericórdia de Deus, nunca me afastei da querida Assembléia de Deus, no entanto, sinto muito ver essa modificação, essa transformação, essa metamorfose.

Anônimo disse...

Sou o irmão Danielzinho,assembleiano convicto.O irmão me desculpe mas eu sempre ponho como anonimo por que não sei postar certinho.Acho que é porque não tenho blog.Agora sempre vou postar como Danielzinho e não como Daniel, pro irmão saber quem eu sou.


Amado irmão Ciro,

A paz do Senhor!

Os neo-pentecostais são um problema...mas o não pregar a mensagem redentora do meigo Cristo
é um problema que assola já de há muito as Assembléias de Deus...

A igreja da décima-oitava letra repetida duas vezes cresce sem parar...quantas vezes eu já me peguei pensando"Senhor...será que esses líderes vão pro céu?"Esses pensamentos atormentam os mais crentes...

Quanto a igreja dona de canais de tv,já disseram os sábios do povo"JESUS É O CAMINHO,O PEDIR-MAIS-CEDO É O PEDÁGIO..."E que pedágio carinho,hem?e o pior é que esse pedágio leva para outros caminhos...

Quanto ao camarada do SILAS MARACUTAIA,ele é o mais povão de todos,bem diferente,já que está começando agora,mais a lábia é a mesma...digo que ele é camarada do SILAS MARACUTAIA porque já vi o mesmo defendendo ele...

É,os tempos trabalhosos preditos por Paulo estão aí...

E infelizmente,quero crer que logo o irmão vai ter mais duas novas igrejas pra comentar:uma do pastor-star MARCO FELIZ-COMMUITAGRANA-TODOANO e outra do SILAS MARACUTAIA.

A do primeiro vai ter muito VENTO SOPRANDO PRA TODO LADO numa igreja MODERNA SEM SER MUNDANA,e a do segundo vai ter muita pregação estilo"VOCE TEM QUE VENCER POR QUE CRENTE FRACASSADO QUE NÃO PROSPERA MATERIALMENTE ESTÁ ERRADO(E COMPREM OS PRODUTOS DA MINHA LIVRARIA GOSPEL!!!)"

Só espero que o Eliel de Jesus(de Jesus???)não venha de Boston pra cá pra colocar ainda mais lenha na fogueira neo-estranha-pentecostal.

E amado Pr. Ciro,uma dúvida cruél atormenta o coração de muitos crentes fiéis pelo Brasil:se o amado irmão fosse convidado para ir pregar nos Gideões o irmão iria?Duns tempos pra cá ,aquilo,que um dia já foi lindo,virou uma vitrine de exposição de bizarrices neo-pentecostais para dentro das Assembléias de Deus mundo afora!!!
Se o irmão fosse lá,o irmão teria coragem de descer a lenha nas heresias gideônicas ou ia apenas trazer um evangelho bem light ???
Muitos esperam sua resposta.

E fique na paz de Cristo ,irmão amado.

A paz do SENHOR.

Daquele que muito lhe admira,

DANIELZINHO.

Samuel Cardozo disse...

Pr. Ciro, muito inteligente esta sua crônica. Deus te abençoe.

Edson Dorna disse...

A paz do Senhor !

Pastor Ciro,

Gostei da sua postagem, o que mai eu admiro no Senhor, é esse seu jeito de utilizar as palavras, sem usar os nomes das denominações, (Será?)... Deus continue abençoando o seu ministério..

Fraternalmente

Edson Dorna
www.santodosantos.blogspot.com

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Lucimauro,

Agradeço-lhe pelas palavras...

Será para mim uma honra encontrá-lo em um dos eventos no estado do Espírito Santo.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Elian,

A situação é mais difícil do que aparenta. Por isso, faz-se necessário que o povo de Deus ataque em duas frentes. É preciso falar a verdade, pois quem conhece uma cédula verdadeira, dificilmente aceitará um nota falsa. E há necessidade também de que combatamos os erros que já se infiltraram sorrateira e declaradamente entre nós (At 20.27-30; 2 Pe 2.1,2).

Suas considerações foram muito sábias e proveitosas.

Em Cristo,

CSZ

Gutierres Siqueira, 19 anos disse...

Nessas igrejas ditas neopentecostais, que se auto-proclamam evangélicas, mas tão longe do Evangelho... Paradoxo?! Não... É realidade!
O Reino de Deus diminui, mas o reino dos líderes aumenta...
O paraíso que conhecem é o fiscal e não apontam para o céu...
O líder é a cabeça incontestável, enquanto na Igreja de Cristo ele é a única cabeça...
Até a teologia dá prosperidade, pois investem em um pseudo-ensino, curso de formação para falsos profetas...
A televisão é um meio eficaz de ganha mais, enquanto os dízimos pagam os salários milionários dos atores ex-globais...
Que Jesus eles servem? Alias, quem ali serve é o próprio Jesus Noel...
A fé, ora, a fé é na fé...
Pecado?! Isso é um problema de encosto, basta expulsar o Zé Pilintra e está tudo resolvido...
Fácil? Sim, pois tudo é pragmático, tem que funcionar...

Parabéns pastor Ciro pela reflexão...

Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

ICHTUS disse...

A Paz do Senhor, Pr. Ciro.

Domingo passado, pela Graça de Deus, lecionei na E.B.D. a respeito do Louvor. Fiquei impressionado ao constatar que crentes da AD há milhares de anos estejam aceitando os modismos e invencionices criados nestas denominações afastadas da verdade, com a maior naturalidade, além de os defender à unhas e dentes.
Louvo a Deus pelas lições da E.B.D. que têm trazido um ótimo ensinamento nestes últimos anos, quer ouçam ou deixem de ouvir...
Apesar da lição de domingo passado não tecer comentários a respeito da dança e do "louvor" através de palmas, fui interpelado a respeito e, para minha surpresa, vários crentes não concordaram com o que está na Palavra de Deus, defendendo o uso destas práticas.
Também não foram favoráveis ao uso de ritmos como o forró, axé, rock e cia nas músicas que estamos acostumados a ouvir, e que muitos crentes definem como "cultura" ou que devem ser utilizados para alcançar este ou aquele grupo, não obstante a Palavra de Deus estar acima da cultura, o Evangelho ser o Poder de Deus para salvação.
É claro que estava pronto para tudo isso, já que as AD, principalmente as localizadas nos grandes centros, estão perdendo sua identidade, por isso, extraí do seu blog tudo o que pude sobre música no culto e sobre a dança estando, portanto, balizado para falar acerca destes assuntos.
Além disso, notei que muitos crentes de outras denominações que convergem para as AD tentam implementar estes modismos e invencionices e não aceitam a correção, causando dificuldade para o pastor da Igreja.
Por fim, percebo que as "cantores interdenominacionais" acabam por trazer "ventos de doutrina" para dentro da Igreja e, partindo do princípio que os crentes lêem pouco a Bíblia, freqüentam pouquíssimo o "culto de doutrina", que mudou para "culto de ensinamento" e que em algumas AD não mais existe e, ainda, também não são fãs da E.B.D., acabam convivendo com o erro e propagando-o ainda mais.
É o parecer.
W. Schneider - IEADC

Anônimo disse...

Graça e Paz Ciro

Já comentei uma vez e me censuraram; "não faria diferença se, pela baixa qualidade dos programas cristãos apresentados, fosse proibido a exibição dos mesmos em rede nacional".

É comum você ouvir um descrente comentando sobre a "falta de vergonha na cara" de certos telepregadores que descaradamente vendem, cobram, negociam a Palavra, vendem o Senhor e todo tipo de "souvenir evangélico".

Mas enquanto isso, a Verdadeira Igreja do Senhor cresce, no anonimato, sem mídia, sem muito alarde, através de homens e mulheres dispostos acima de tudo que seus nomes não sejam vistos e nem ouvidos nesta Terra.
São homens que pregam a Palavra, discipulam, compartilham sem cobrar nada e em muitos casos tiram do próprio bolso para que o Reino do Senhor seja visto nesta Terra.

Nós temos a missão de falar, alertar sobre o erro, e concordo com você de se temos condições e convites, devemos sim. Seja nos Gideões, seja em eventos interdenominacionais. Acredito que Jesus agiria assim, não perderia uma chance.

Fique na Graça mano!

Luis Carlos Mathias
Joinville/SC

ERNANE M.S. FREITAS disse...

Olá Pastor Ciro, saudações no Senhor!

Mais uma vez meus parabéns pelo brilhantismo com o qual o senhor escreve seus artigos.
Este como os demais, postados aqui e/ou nos seus livros, excelente e de fácil leitura.

... Porque os dias são dificeis e trabalhosos e muitos são os que querem enganar e enganam os servos do DEUS Altissimo.

E como o sr. disse "QUEM LÊ ENTENDA" rsrs

A Respeito do cartaz do nosso congreso, tive conversando com o líder do departamento infanto-juvenil de nossa Assembléia, e ele me disse q ainda naum esta pronto. E foi por isso que ainda naum o enviei.

Um forte abraço
e Parabéns!

Ernane M.S.Freitas.
http://blogdoernane.blogspot.com/

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caros Edson e Gutierres,

Agradeço-lhes pelas palavras de incentivos e participações opinativas, sempre contribuindo para um melhor entendimendo do assunto proposto.

A paz do Senhor!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Schneider,

A paz do Senhor!

Em primeiro lugar, vi a foto de sua filhinha no Orkut. Linda! Parabéns!

Quanto ao seu extenso comentário, farei algumas considerações.

Muitos não conseguem hoje discernir entre o bem e o mal, a luz e as trevas, o amargo e o doce (Is 5.20; Hb 5.12-14). E isso, apesar de estarem há muitos anos nas igrejas...

É triste ver o povo de Deus aceitando com facilidade, como o irmão disse, modismos e invencionices. As lições da EBD, por terem caráter formativo, dificilmente confrontam tais modismos. E isso, quando ocorre, acaba melidrando certos líderes, capazes até de não adquirir as revistas para estudar em suas igrejas, o que é lamentável.

Confunde-se hoje o combate impessoal ao erro com perseguição a certos "ungidos". Ou seja, se o pregador é enganador, metido em confusões, propagador de heresias, isso não importa, desde que ele atraia multidões e faça certos "milagres".

Eu citei milagres entre aspas porque é preciso distinguir-se à luz da Palavra de Deus entre milagres e "milagres" (fenômenos, hipnose, auto-sugestão, truques, ilusionismo, etc.).

Com respeito ao palmear, de fato nunca fez parte da liturgia da Assembléia de Deus. Nada tenho, a bem da verdade, contra o bater palmas, pois existem instrumentos naturais, como o assobio, as palmas, etc. Contundo, nas Assembléias de Deus, nunca foi costume cantar hinos acompanhados de palmas.

Isso pode mudar? Bem, os costumes, usos e práticas são locais e mudam com o tempo. Isso é um fato. Mas, como mudam? Por que mudam? Toda mudança deve ter apoio da Palavra de Deus. E, nesse caso, uma passagem norteadora é 1 Coríntios 14.

Até que ponto palmas, quer no momento dos cânticos, quer como aplausos, contribuem para o culto pentecostal ter ordem e decência? É preciso examinar tudo com cuidado. E esse exame cabe ao ministério da igreja.

O que tem acontecido em nossos dias? Vemos uma avalanche de secularismo nas igrejas. Imita-se os grupos mundanos naturalmente.

Vejo até pastores dizendo: "Irmão, jogue a mão pra cima..." ou "Tire o pé do chão". Ora, essas frases são usadas por cantores mundanos, em seus shows. Bem, mas hoje em dia existem até shows "evangélicos", não é mesmo?

Algumas palavras não se casam, segundo a Bíblia, apesar de muita gente não aceitar isso. Por exemplo, "adoração" não casa "extravagante"; "show" com "evangélico" também não casa, etc.

Compare os cantores e grupos de maior sucesso no meio evangélico com os do mundo. Não há diferenças. Como se chama isso? Secularização, um nome mais suave para mundanização. É a igreja se tornando mundana, e o mundo religioso, a ponto de não haverem mais diferenças.

Quanto à dança, difunde-se a falsa idéia de que devemos louvar a Deus com o corpo e emprega-se textos como 1 Coríntios 6.19, que nada fala sobre louvor. Bem, se alguém quiser saber mais sobre isso, é melhor ler a série que escrevi sobre a música no culto, disponível na seção "Vale a pena ler".

Os estilos musicais (que têm entrado nas igrejas, através de gravadoras sem compromisso com a Bíblia, ávidas por dinheiro, e de cantores/grupos igualmente sedentos por fama e dinheiro) são mundanos e despertam sentimentos e desejos não condizentes com a vida cristã.

Precisamos pensar à luz de textos como Filipenses 4.8; 1 Coríntios 10.31; Hebreus 12.1; 1 Tessalonicenses 5.22; Isaías 6.1-8; 2 Coríntios 6.14-18, etc. Forró dentro de uma igreja evangélica? Axé? Rock?

Não pense você que está lendo essa resposta que este editor de blog é um alienado, que nunca viajou para outro país... Falo com conhecimento de causa. Já estudei a fundo esse assunto, à luz da musicologia, consultei pessoas versadas em música, li diversos livros... Sei do que estou falando.

Estilos como os que mencionei não servem para o louvor na casa de Deus. Bem, não vou reescrever aqui, nessa resposta, os artigos sobre a música na casa de Deus. Confira, na seção citada, a mencionada série sobre música & louvor.

Realmente, a Palavra de Deus deve estar acima da cultura. Caso contrário, em alguns países teremos de aceitar a poligamia e outros costumes antibíblicos.

Um texto que trata com clareza disso é Atos 15. Ali a igreja resolveu, em concílio, o que poderia ser aceito ou não. Hoje, infelizmente, não há essa reflexão à luz da Palavra. Aceita-se tudo, com a desculpa de que é cultural.

Fico feliz em saber que o modesto Blog do Ciro está contribuindo com subsídios para a sua aula! Glória a Deus!

Sei que isso parece ser antipático, mas é tempo sim de que os profetas de Deus, homens e mulheres compromissados com a Palavra de Deus e com o Deus da Palavra, rejeitem heresias, modismos, maus costumes, estilos musicais que balançam o corpo, e não o coração.

Sejamos firmes. O Senhor conta conosco.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Luís Carlos,

Sua análise sobre os programas de televisão estão de acordo com a realidade. Sei que é difícil pregar o evangelho e ao mesmo tempo ter audiência, conseguir patrocínio... Mas é preciso achar um meio-termo, a fim de que a ênfase dos programas não seja a mercantilização.

Não falo nem das igrejas triunfalistas que estão na TV, mas das igrejas históricas, que acabam imitando aquelas, infelizmente.

Façamos a obra de Deus. O Senhor abençoará aqueles que têm compromisso com Ele!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro amigo Samuel Cardozo,

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo.

Que Deus abençoe a sua família e o seu ministério!

CSZ

P.S. E a Tábita, continua animada?

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Danielzinho,

Eu sou o irmão Ciro, servo de Deus convicto, assembleiano em dúvida quanto aos rumos dessa denominação... Mas é claro que sou assembleiano até debaixo dágua... Risos. Só não concordo com heresias e modismos que ocorrem em algumas igrejas que não estão fazendo jus à denominação histórica.

Sendo bem sicenro com o irmão, não gosto muito desse adjetivo "neopentencostal". Haja vista sugerir que se trata de um novo pentecostalismo, mais moderno, revolucionário, algo do momento.

Na verdade, o que ocorre nas chamadas igrejas neopentecostais não tem nada com o pentecostalismo, posto que a Palavra de Deus é desprezada, não sendo considerada regra de fé, de prática e de vida.

Prefiro chamar tais movimentos de neoliberalistas, que aliás é um termo antigo (empregado mais no meio teológico), mas que retrata o que de fato certas igrejas têm sido.

Elas não têm compromisso com a Palavra, com os bons costumes, com a ética, com o bom senso... O que são elas? Neoliberais.

E, ainda, como o irmão disse, os líderes neoliberais preocupam-se sobremodo com a décima oitava letra do alfabeto português, com dois tracinhos verticais... O cifrão realmente está em alta...

Mas, meu prezado irmão, seus adjetivos e trocadilhos são bem "pesados", hein?! Procure atacar o erro, prioritariamente, pois dessa forma o irmão acaba afastando quem mais precisa ser alertado...

Quase que não publico seu comentário, pois não gosto de emitir juízo de valor sobre pessoas...

ATENÇÃO, internautas! O conteúdo dos comentários é de inteira responsabilidade de seus autores. Eu sou responsável apenas pelo artigo acima e pelas respostas aos comentários...

Dura pergunta o irmão me fez. Mas a minha resposta talvez o surpreenda.

Tenho visto alguns irmãos criticando Fulano e Beltrano por pregarem em certos lugares. E é claro que muitos pregadores têm a porta aberta em certas igrejas por estarem alinhados com as suas falsas doutrinas, como os unicistas, que negam a cristalina e fundamental doutrina da Trindade. Mas isso não é regra. Não é por que eu prego em certa igreja que estou alinhado com as suas doutrinas.

Eu tenho por princípio pregar onde há corações abertos; onde há pessoas que, mesmo não estando no caminho da verdade, estão desejosas de ouvir a pregação. Jesus pregou até para os fariseus, hipócritas. Estêvão pregou para as autoridades que o apedrejariam. Ezequiel falou à casa rebelde, etc. E Paulo discursou em Atenas, no Areópago...

Sendo mais claro: se a Igreja Católica Romana me convidar para dar uns estudos no vaticano (Que viagem!), eu vou orar a Deus e, caso Ele confirme, irei. Por que não?

Quem prega a Palavra tem a porta aberta. Se tantas pessoas estão disseminando o erro, precisamos de pessoas que falem a verdade. Não seria bom pessoas serem confrontadas com a Palavra. Qual será a reação delas?

Na parábola do semeador, a semente representa a Palavra de Deus, era uma só. Mas havia quatro tipos de terreno. Devemos entregar a mensagem do evangelho, disseminar a Palavra de Deus, independentemente do tipo de terreno, isto é, corações abertos, fechados, divididos, etc.

Ademais, nada tenho contra os meus irmãos que freqüentam o congresso dos Gideões Missionários (GMUH). Tenho muitos amigos que não perdem um congresso. Alguns, inclusive, pregadores oficiais.

De vez em quando vejo, em comunidades do Orkut, irmãos sugerindo, ainda que timidamente, o meu nome para pregar no congresso GMUH. Na verdade, me sinto honrado com isso, mas, se já preguei em alguns congressos até hoje, foi porque o Senhor me abriu portas.

E, sabe de uma coisa? Pregar naquele congresso não seria assim tanta novidade para mim... Afinal, aqueles irmãos que o freqüentam são os mesmos que freqüentam outros onde eu prego! Que problema haveria eu pregar lá? A menos que haja outras circunstâncias que eu ainda desconheça, não vejo problemas em participar daquele congresso.

Não podemos confundir as coisas. Eu sou contra o erro, e não contra pessoas. Combato heresias e modismos, e não pregadores, mestres, cantores, etc.

Já preguei em vários eventos similares aos Gideões, isto é, congressos de missões que seguem ao mesmo modelo. Fui muito bem recebido e entreguei a mensagem que o Senhor me deu.

Outrossim, devido ao conteúdo dos meus livros, muita gente pensa que eu vou chegar nas igrejas verberando contra pastores, cantores, etc. Nada disso. Eu prego o que o Senhor me dá. E quase sempre Ele me dá mensagens de salvação, conforto, encorajamento...

Respondendo à sua última pergunta, eu tenho coragem de falar a Palavra de Deus a qualquer auditório, seja ela uma mensagem suave, seja contundente. Mas jamais pregarei para agradar pessoas nem para atacá-las. Sempre considerarei que pregar significa, antes de tudo, ter compromisso com o Deus da Palavra e com a Palavra de Deus.

Deus o abençoe!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Ernane,

A paz do Senhor!

Brilhantismo? Agradeço-lhe pelo incentivo!

Em breve, se Deus quiser, vou à sua cidade... Quando o irmão me vir no templo, perguntará: "Já tá aí?" Quem lê entenda. Risos...

Meu amigo, aguardo o arquivo do cartaz para divulgação em meu blog.

Um grande abraço!

CSZ

Daniel Moreira disse...

Eita... Essa da "proteção divina contra dengue" eu não conhecia.

Sem comentários...

Jean Jacques disse...

Engraçado almas sendo perdidas no mundo, e alguém preocupado com denominações, ao invés de se preocupar com seu ministério e falar de Jesus.

Ainda por cima julga os freqüentadores da mesma, por isso que elas crescem pois se preocupam em pregar o evangelho já os fariseus se preocupam em criticar.

Mas tudo bem, Jesus fazia milagres e acusaram dele fazer os milagres em nome dos demonios, expulsaram

Mas como diz a palavra de Deus somos bem aventurados quando mal dizem de nós somos bem aventurados e a verdadeira igreja seria perseguida no fim dos tempos.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Senhor Jean Jacques,

Creio que em sua igreja (ela tem abrangência mundial, internacional ou universal?) o irmão (irmão?) não aprendeu a ser manso e humilde de coração, como Senhor Jesus (Mt 11.28). Ademais, pela sua reação, o senhor não deve ter tanta convicção assim de que está no caminho certo. Afinal, quem serve a Cristo de verdade não se irrita tanto com as críticas, a menos que elas correspondam à verdade dos fatos.

Outrossim, o irmão (irmão?) não percebeu que a nossa crítica se dá justamente pelo fato de as mencionadas denominações não se preocuparem com as almas perdidas no mundo (a não ser com o dinheiro delas!). As mesmas igrejas nunca falam de Jesus, a não ser por conveniência, para dar uma satisfação, pois o negócio delas é dinheiro, muito dinheiro...

Se o irmão está satisfeito com esse grande desvio da Palavra de Deus, o que podemos fazer? Cada um escolhe o caminho a seguir. Mas é bom observar o que está escrito em Isaías 5.20 e Mateus 7.21-23.

As tais igrejas crescem apenas numericamente. E Deus até valoriza a quantidade, mas não a prioriza. Já leu Mateus 7.13,14?

Por que os líderes das igrejas mencionadas não querem pregar o verdadeiro evangelho? Porque quem fala a verdade é perseguido. Já leu as bem-aventuranças em Mateus 5.1-12? Pregar o que o povo gosta de ouvir é muito fácil...

Medite em João 6.60-69.

CSZ

Anônimo disse...

Danielzinho,escreve.

Amado irmão Ciro,

A paz do Senhor.

O irmão Jean Jacques escreveu:
"Engraçado almas sendo perdidas no mundo, e alguém preocupado com denominações, ao invés de se preocupar com seu ministério e falar de Jesus."
Esse irmão devia ver bem a parte que lhe toca ,porque as ditas "igrejas" que foram comentadas aqui fazem exatamente o contrário:NUNCA PREGAM JESUS CRISTO!
Os líderes da igreja do bispo que é favorável ao aborto nunca pregam sobre a volta de Jesus!Nunca pregam sobre o pecado!E aquelas sessões do descarrego são pecinhas de teatro muitíssimo mal ensaiadas!
Saiu na revista Veja tempos atrás(apesar da Veja ser uma revistinha tendenciosa e burguesa que eu não incluo entre a minha literatura predileta!)que o bispo que tem um vídeo no You Tube ensinando seus pastores(ou lobos mercenários?)a roubar ,possui bilhões em sua conta bancária!!!E mesmo assim vivem pedindo dinheiro...
E o Jean Jacques disse que o amado irmão não se preocupa com seu ministério...Creio que ele precisa ler urgente seus livros,daí ele verá se o senhor se preocupa ou não!

E também ele disse:
"Mas como diz a palavra de Deus somos bem aventurados quando mal dizem de nós somos bem aventurados e a verdadeira igreja seria perseguida no fim dos tempos."

SE A IGREJA DA SESSÃO DO DESCARREGO É PERSEGUIDA SEMPRE É PELA POLÍCIA E PELO MINISTÉRIO PÚBLICO,PELAS FALCATRUAS REFERENTES Á ESTELIONATOS E LAVAGENS DE DINHEIRO!

E certas ditas "arremedos de igrejas" serão mesmo perseguidas no fim dos tempos,pela ditadura do Anti-cristo,pois não vão subir no arrebatamento por que ao invés de se apegarem a Cristo agora ,ficam aí brincando de serem crentes...

Eu só sei que eu mal vejo a hora de chegar o arrebatamento,pra então eu estar face a face diante do meigo Cristo:daí eu vou me prostrar perante Ele em santa reverência,adorá-lo e depois me levantar e beijar sua face tão linda!!!

ORA,VEM SENHOR JESUS!!!

Amado irmão,continue sempre a BATALHAR PELA FÉ QUE UMA VEZ FOI DADA AOS SANTOS!!!

A paz do Senhor!

Daquele que muito lhe ama e admira,

Danielzinho.


P.S.:Ore por mim.

gilmar disse...

É caro irmão é complicado, agora não sabemos se é pura inveja da oposição, o dar dinheiro sustenta o anuncio da palavra sem dinheiro sem sustento.
Eu fico mesmo é com a opção de impera uma grande inveja pois os templos dos que criticam essas tres igrejas algums ficam vasios, ja cheguei a participar de um culto em uma iogreja cujo o povo estava morto espiritualmente falando notava-se o desanimo, então nas tres igrejas pessoas dia apos dia são libertas dos seus problemas os testemunho são prova disto agora vem um pastor com inveja do crescimento dos outros, é certo que a salvação é muito mais importante do que tudo mas o lutar p alcançar as bençãos de Deus é imprencidivel para se manter a conquista da salvação e até p insentivar a outros, afinal se não á milagres não á louvor a Deus e Deus sobrevive de nossos louvores, não sejamos ipocritas como um pessoas doente , endividada , passando fome vai levantar as mão p o céu e louvar a Deus, a suas exeções mas é muito complicado.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Gilmar,

Não preciso lhe dar uma resposta longa.

Se o irmão gostar da Bíblia (espero que sim, pois o povo dessas três igrejas [e de outras também!] têm sido manipulados por não agirem como os bereanos [At 17.10,11]), peço-lhe que leia João 6.60-69.

Em Cristo,

CSZ

Anônimo disse...

Exelente postagem... Que o DEUS da paz continue inspirando o amado pastor. Aproveito a oportunidade para pedir ao senhor se posso publicar essa matéria no meu blog: http://destruindofortalezasanulandosofismas.blogspot.com/

Claro estarei colocando a fonte...

PARA QUE A PALAVRA DO SENHOR SE PROPAGUE, E SEJA GLORIFICADA,... (2 Ts 3: 1)

Graça e paz!

PR. Aloísio

Maris disse...

Pastor Ciro,
eu vivi aprox. 12 anos na Su�a, voltei ha 10 anos, e fiquei assustada com as coisas que passei a ver dentro das igrejas evangélicas.
Falei para um pastor que as igrejas estavam se corrompendo e que Deus com certeza alguma coisa iria fazer, pois do jeito que está a tendência é piorar. Ele não concordou usando a frase bíblica que diz que "as portas do inferno n�o prevaleceram sobre a minha igreja". Creio que ele não sabe ainda a diferença, da igreja feita de tijolos e da Igreja de Cristo, que é formada por seres nascidos de novo,e que ela é espiritual e universal. Um certo dia falei com uma evangelista convertida no tempo de hoje,(na dita igreja neo-pentecostal) em não concordar com todos esses modismos que existem hoje nas igrejas evangélicas, e que se algo não está de acordo com a Palavra de Deus, eu considero lixo. Ela demonstrou várias vezes que não aceita o meu modo de pensar e em uma dessas vezes ela disse que não devemos idolatrar a B�blia.
Ninguém faz a minha cabeça pastor. Leio, estudo, examino, pesquiso a Bíblia o máximo que eu posso. Mais não só apenas para conhecê-la, mais principalmente para vive-la.
Hoje, mais do que nunca, devemos estar fundamentados na Palavra da verdade, para não sermos enganados, pois estamos nos aproximando da volta de Cristo.
Eu tamb�ém, pastor, não sou de acordo, com esse tal de "neo-pentecostalismo", o senhor tá certo é um "neo-liberalismo".
Hoje as pessoas querem amar mais do que Deus, serem mais misericordiosas do que Deus, esquecendo que Deus é amor, mais é também justiça, e que o céu e a terra passaram mais a Palavra dele jamais passará.
Pastor Ciro, que Deus continue o iluminando e fazendo que os teus pés continuem firme na Palavra que é a verdade. Amém.

Cristo a única Esperança disse...

A Paz do Senhor Jesus.

Infelismente muitos desvios doutrinários estão acontecendo no meio evangélico, e muitos cristãos começaram a aderir tais práticas, nos grandes centros principalmente vemos muito disso, e com tristeza até em muitas Assembléias de Deus a fuzaca está acontecendo, já ouvi algumas pessoas falerem que fazem isso para atrair o povo, esquecem de que o próprio Jesus disse em João 12,32:E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim.

Deus abençoe Pastor Ciro.

Yasmim disse...

A paz do Senhor...
sou Yasmim tenho 12 anos fui revelada como misionária tenho muito muito o desejo de aprender a biblia.....
O seu ministerio é muito abençoado.

sou istudante tenho auguns preconceitos por ser pequena na estatura fisica.

Já passei sobre as águas, mais não falei em linguas estranhas.
Meu pai é presbitero e minha mãe lider do grupo infantil e do grupo dos adolescentes!

Gostaria de Saber se você(com todo o respeito)suas condisoes para pregar em um congresso de adolescentes na minha igreja seria em novembro desse ano?

Pr.Adilson Benevides Sobral disse...

Infelismente nossos Pastores Setoriais e Presidentes estão ficando com o dinheiro do Reino e vc aponta os erros dos Neopentecostais????
Não somos melhores que eles.E, há algo que vc não considerou nem no seu livro : Mais erros...: Deus está salvando, restaurando, e libertando pessoas lá nos arraiais Neopentecostais!!!!!!!!!! Duvido que vc aprove esse comentário em seu blog mas, não gosto da "separação" sob nome de santidade que AS ADs fazem das suas co-irmãs no evangelho , patrocinadas por homens de visão obtusa no que tange a comunhão bíblica como o Sr.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Pastor Adilson Benevides,

A sua falta de atenção me espanta! Se o senhor fosse um pouquinho mais observador, perceberia que há artigos neste blog, bem como trechos de meus livros (inclusive "Mais Erros..."), que denunciam erros cometidos por pregadores, líderes e cantores das Assembléias de Deus.

O Senhor Jesus salva, mas não é por causa das igrejas, aliás muitas delas tiram das pessoas a oportunidade de conhecerem o verdadeiro evangelho (1 Co 15.1,2), fazendo como os fariseus, que tornavam pessoas dignas do inferno duas vezes.

Portanto, como se vê, a visão obtusa, ao que me parece, diz respeito ao senhor, meu caro, que sequer se deu ao trabalho de prestar atenção ao fato de que esse blog é imparcial em suas críticas e análises.

Ademais, o senhor errou ao pensar que eu não publicaria o seu comentário; se bem que o irmão faltou um pouco com a diplomacia, o que podia sim ter-me feito ignonorá-lo.

Em Cristo,

CSZ

Estelio disse...

Amado Pr Ciro,
Quanto ao que disse o irmão Gilmar e outros irmãos, não restam dúvidas: estamos vivendo os dias dos profetas Oséias e Amós (foram contemporâneas). Vejamos os motivos:
Nos dias dos profetas citados a cima, o reino do Norte (Israel - capital Samaria) vivia o seu periodo de aporgeu. Eram os dias de Jeroboão II. Este rei teve o governo mais longo e própero no reino do Norte. Contudo, vale salientar o seguinte:
a)O povo não conhecia Deus OS 6.3;
b)O povo estava em pecado OS 4. 1-6
c)Vejam o que o profeta Amós fala do louvor minitrado em Israel naquela época: AM 5. 21-23.
Quem defende estas heresias são pessoas adeptas do pragmatisma ( igreja cheia é o que importa). Mas isso não é evangelho. O que eles pregam não gera conversão (eles não pregam vida eterna, nem a Cristo). As pessoas estão buscando estas coisas, pois a verdadeira palavra deixa o homem em uma posição totalmente descofortável: ela diz "...arreperdeivos...".
Infelizmente denominções como a AD e outras estão se contaminando com a prática dessa doutrina falsificada. Contudo, não devemos perder a esperança: "ainda exixte alguns milhares que não dobraram seus joelhos a BAAL".
Um abraço Pr Ciro, e que Deus continue abençoando-o.

Anônimo disse...

A paz do Senhor pr. Ciro
sou Presbítero Sales de Itacaré-ba e dou graças a Deus por ter escolhido pessoas corajosas como o senhor e outros poucos que tem coragem de denuciaros erros doutrinários e incentivar os cristãos a serem mais observadores, a cerca do que tange a palavra de Deus. Nos dias em que estamos vivendo temos visto a cada dia a palavra de Deus sendo deturpada por falsos mestres que pouco se importam com a palavra do senhor e conseguem enganar muitos ´neófitos que acham que se houver prosperidade material e curas já esta tudo bem esquecendo assim dos principios bíblicos que nos ordena a viver em santidade para alcansarmos a vida eterna "O que pouco importa aos falsos profetas". Quero lembrar para aqueles que vivem em consumismo que muitos serão envergonhados ante o trono do senhhor naquele grande dia, quando for pronuciado eu expulsei demonios, curei enfermos em teu nome o que me cabe? "apartai-vos de mim malditos para o fogo eterno pois nunca vos conheci". isto sera terrivel resposta do Senhor. imagine "de que adianta ganhar o mundo inteiro e perder sua alma"?.

itacaré-ba
Pb. Sales

Pr.Adilson Benevides Sobral disse...

principios bíblicos que nos ordena a viver em santidade para alcansarmos a vida eterna "O que pouco importa aos falsos profetas". Quero lembrar para aqueles que vivem em consumismo que muitos serão envergonhados ante o trono do senhhor naquele grande dia, quando for pronuciado eu expulsei demonios, curei enfermos em teu nome o que me cabe? "apartai-vos de mim malditos para o fogo eterno pois nunca vos conheci". isto sera terrivel resposta do Senhor. imagine "de que adianta ganhar o mundo inteiro e perder sua alma"?.Vc, amado parece defender a salvação pelas obras?? A santificação é ordem sim do NT mas, não fazemos isso pra sermos salvos mas, porque somos salvos. A passagem supracitada Mt 7.21ss, refere-se aos falsos profetas não aos seus irmãos EVANGELICOS de outras DENOMINAÇÕES. Lembre-se " Não Julgueis " ( Mt 7.1 )...abraço!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Adilson Benevides Sobral,

A sua dificuldade em entender os textos da Palavra de Deus me espanta! Isso porque o senhor é um pastor!

Como o irmão pôde inferir que eu defendo a salvação pelas obras? A salvação é pela graça, mas não pense que é impossível perdê-la, pois fomos salvos pela graça PARA AS BOAS OBRAS (Ef 2.8-10). E quem não tiver uma vida de santificação não verá o Senhor (Hb 12.14; 1 Ts 5.23; Ap 2.10; 3.11).

O irmão está equivocado quanto à interpretação de Mateus 7.21, pois os falsos profetas agem do lado de fora e, principalmente, "entre nós" (1 Jo 4.1-3; 2 Pe 2.1-3; At 20.28-31; 2 Tm 4.1-5; 1 Tm 4.1-3).

Há, sim, falsos pastores, falsos profetas, falsos ensinadores, milagreiros em nosso meio! Já leu 2 Coríntios 11? E Tito 1? Já leu Gálatas, caro pastor? E a Epístola de Judas?

Mas a sua interpretação mais equivocada é a de Mateus 7.1, em que o Senhor Jesus se refere a julgamento CALUNIOSO, e não a discernimento pela Palavra (1 Ts 5.21; 1 Co 2.15; 1 Co 14.29; At 17.11; 1 Jo 4.1). Deixo para a sua meditação, caro colega de ministério, a ordem de Jesus contida em João 7.24: "JULGAI SEGUNDO A RETA JUSTIÇA".

Respeitosamente,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro presbítero Sales,

A paz do Senhor!

Fico feliz em saber que há obreiros atentos ao que diz a Palavra de Deus. Vivemos dias difíceis, previstos na Bíblia (2 Tm 4.1-5).

O Diabo, que sempre atacou o povo de Deus com doutrinas falsas, vindas de fora, agora ataca com doutrinas FALSIFICADAS, verificadas no meio do povo de Deus, como a Palavra também nos alerta, profeticamente (2 Pe 2.1-3).

Infelizmente, há obreiros que fazem "vista grossa" e, à semelhança do pastor de Tiatira, toleram falsos profetas (Ap 2.20-22) e, em alguns casos, se indignam contra quem combate o erro.

Porém, como nos ensinou o Senhor Jesus, temos de julgar segundo a reta justiça (Jo 7.24). O único julgamento que não cabe a nós, como servos de Cristo, é o calunioso (Mt 7.1,2). E os bons hermeneutas sabem diferençar esses dois tipos de julgamento. Afinal, se não pudéssemos julgar em hipótese alguma, como julgaríamos as profecias, conforme 1 Coríntios 14.28,29?

Portanto, como crentes que recebem de bom grado a Palavra (1 Ts 2.13), sejamos também nobres, como os bereanos, para examiná-las a cada dia, segundo as Escrituras (At 17.10,11). Afinal, o que é espiritual prova, discerne, analisa, isto é, JULGA bem tudo (1 Co 2.15).

Um grande abraço!

CSZ

Luisinho disse...

Creio ser um problema sério quando se da mais enfase a o que homens lideres dizem do que a própria bíblia diz, defender homens a ponto de nem consultar a palavra.
Impressionante como os assuntos, prosperidade, benção e cura atraem o povo. Na mensagem do evangelho contém o milagre da conversão, se da no momento em que a pessoa reconhece ser pecadora e aceita o que Deus fez por ela, é um milagre sem precisar que o homem use qualquer outro assunto para mostrar a pessoa o lucro de servir a Deus, isto seria tentar convencer . Não ha necessidade de que o homem acrescente nada, o que nós vemos hoje não é somente um acréscimo, mas um desvio do alvo. "Se os filhos das trevas pode, você pode também, se Deus falo, então exija que ele tem que dar, se Jesus curou, então ele tem que curar". Sem dúvidas Jesus cura hoje nos nossos dias, mas tenho um leve pressentimento que tudo que se diz mover de Deus, avivamento, e coisas assim que estão cercados de cameras e holofotes não passam de eventos promovidos por homens, (não no geral). È triste ver pessoas referências no meio evangélico no Brasil neste estado, uma vez que a maioria dos não evangélicos tiram base para formar suas opiniões em programas de televisão. Ao mesmo tempo que fico ansioso para ver os acontecimentos da igreja nas próximas décadas, penso na solução para essa problemática. Creio que estamos nos tempos de apostasia, creio também o amor de muitos começará a esfriar, ultimamente tenho meditado muito na palavra, pois creio que somente aqueles que estiverem alicerçados na palavra permanecerão de pé.


Para meditação: Co 3.10-17
2ºTm 6.3-10 em especial 7 e 8.

Que a paz de Cristo esteja com todos.

Anônimo disse...

Covardia. Ja que vai criticar pelo menos tenha coragem e diga os nomes das igrejas.

É por isso que prefiro Caio Fabio, ele Critica e fala o nome das igrejas..

Ele tem coragem.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado anônimo,

A sua "perspicácia" me deixou admirado...

Outrossim, qual é o seu nome mesmo?

CSZ

claudio pimenta disse...

Diante dos ultimos fatos esse artigo poderia ser novamente colocado no topo! TAMBEM seria muito util : Evangelistas que nao sao evangelistas etc

Marcos disse...

Querido Pastor Ciro,

Graça e paz da parte de Jesus Cristo.

Há muitos anos tenho procurado esclarecer irmãos, amigos e outras pessoas do perigo de tais falsos ministros e suas doutrinas "super poderosas.
Sempre argumentamos que eles não estão preocupados com a salvação da almas perdidas ou com o verdadeiro evangelho de Cristo.
Eles estão enriquecendo universalmente, com uma graça surpreendente que se alicerçou num poder mundial.Porém é fogo estranho.
Quanto a mim que sou pobre de bens materiais fui excluído do reino dos céus.
Resolvi então perseverar em oração.
Que Deus nos abençoe e nos livre de tais falsos profetas.
Amém.

Natália Coelho disse...

Olá Ciro, tudo bem? Não sou uma frequentadora assídua do seu blog, mas as vezes fico horas lendo vários artigos.
Gostaria apenas de dizer que estive na igreja citada como "mundial". Vale lembrar que a exposição midiática, desta igreja hoje, tem sido maior do que as primeiras citadas em seu artigo. O apelo e o marketing televisivo da igreja gira em torno dos milagres, por estratégia, obviamente. Não estou justificando e nem apoiando esta atitude, apenas afirmo ser uma estratégia de marketing. O que de fato fez com que eu ficasse curiosa e por isso participei de uma de suas reuniões aos domingos.
E ao chegar ao local (mais cedo do que o início do culto, pois queria sentir o ambiente antes dos curiosos - como eu - e dos famintos por milagres chegarem) pude conversar com alguns pastores e diáconos e notei neles uma simplicidade e amor pelo próximo surpreendente. POucos minutos antes do início do culto o templo já estava completamente lotado (mais de 7 mil pessoas) e para a minha surpresa a liturgia foi a seguinte:
1) Oração
2) Louvor - hinos entoados pela igreja, aproximadamente 5 hinos
3) Leitura da Palavra
4) Explanação da Palavra
- Note que até agora não aconteceu nenhuma manisfestação "milagrosa e nem apelo para isso"
5) 3 testemunhos de milagres - e o pastor (chamado de apóstolo deixou bem claro que as curas eram para honra e glória de Jesus)
6) Oração pelos incontáveis pedidos de curas, resolução de problemas, etc.
7) Oferta (sem muito apelo, como acontece na primeira igreja citada em seu artigo)
8) Oração final

Enfim, confesso que fiquei surpresa e até um pouco decepcionada, pois fui até lá (com toda sinceridade) esperando ver aquele culto (apelativo) visto na TV e não foi isso que vi. E em nenhum momento a pregacão da palavra foi ministrada de forma herética. Não estou defendendo a citada igreja, mas estou dizendo que o que passa na TV é um marketing para atrair pessoas, e que (graças a Deus) o que presenciei foi algo diferente. Pude notar que o que é transmitido nada mais é que uma montagem de pedaços de cultos com inúmeros testemunhos seguidos.
(talvez eu tenha participado de um culto atipico...)

Que Deus o abençoe.

P.S. Quando você montar um curso, ou uma escola teológica, ou algo do tipo, pode contar com minha matricula.

P.S. 2 - não corrigi os erros gramaticais, não fiz una releitura do meu comentário. Desculpe se algo está errado, são 2 horas da manhã (insônia e cansaço).

abraços

Natália Coelho - São Paulo

Pr.Adilson Benevides Sobral disse...

Paz do Senhor a Todos !
Parece amado Pastor Ciro que a Natália, que foi ao Culto - e fez bem - NÃO COMPROVOU o que dizes por aqui dos "falsos profetas Neo Pentecostais"...Parabéns A Natália, e fica aqui ( de novo! ), o meu Protesto contra 80% de suas posições sobre isso, pois acabamos por destruir a comunhão cristã que deveria existir...( vide meuys posts anteriores ), ao mesmo tempo em que parabenizo o Sr. por publicar minhas manifestações mostrando com isso a IMPARCIALIDADE do seu Blog...Um abraço a vc Pr.Ciro e tb a Irmã Natália...

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmão Adilson Benevides,

A paz do Senhor.

O fato de eu publicar o comentário da irmã Natália Coelho, à qual responderei em seguida, é uma demonstração de que a minha intenção não é "jogar pedra" em pessoas, mas esclarecer o povo de Deus.

Entretanto, vejo que o irmão está se valendo deste espaço para tentar promover uma "queda de braço", numa tentativa de provar que este escritor está equivocado. Não sou o dono da verdade, mas o que escrevo sustento. Não escrevo por escrever. Não sou denuncista. Antes, tenho zelo e desejo que o povo de Deus não seja enganado por falsos profetas vestidos em pele de ovelha (Mt 7.15-23).

O que eu disse a respeito das três igrejas acima eu mantenho. Até porque a irmã Natália partilhou o que ela sentiu em UMA reunião, como outras pessoas já deram testemunhos pelos quais expressam sentimentos negativos em relação à práxis dos cultos das aludidas igrejas, principalmente a citada pela irmã Natália.

Portanto, não se gabe, pensando que, por causa do testemunho mencionado, agora "a sua vitória tem sabor de mel" (risos), posto que agora, por causa do referido testemunho, você venceu, e eu perdi. A questão é mais abrangente do que parece.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querida Natália Coelho,

A paz do Senhor! Fico imensamente feliz todas as vezes que recebo, em meu blog, uma participação de amigos especiais que tenho em São Paulo, minha cidade natal. E você é filha do meu melhor amigo, em SP, foi minha aluna no seminário teológico (brilhante aluna), trabalhamos juntos no departamento da mocidade, na AD da Lapa-SP. Enfim, a sua participação é muito importante neste espaço.

Agradeço-lhe por me dar a informação, que muito me anima, de que fica algumas horas lendo os artigos constantes deste espaço. Isso me incentiva a cada vez mais valorizar essa ferramenta de tabalho, considerando-a, como sempre fiz, como parte integrante do ministério que o Senhor me outorgou.

De fato, a exposição midiática da Igreja "Mundial" é muito grande. E nós, que somos espirituais (1 Co 2.15), não podemos nos deixar enganar por choro e palavras persuasivas, que atingem em cheio a alma, mas torcem a Palavra de Deus.

Acompanho a Igreja "Mundial" desde a sua fundação. Viajo muito pelo Brasil e já percebi que a sua estratégia de marketing dessa igreja muda de acordo com a região. No Nordeste, por exemplo, os programas de TV são muito mais apelativos, sendo uma cópia exata dos programas da Igreja "Universal", igreja onde foi formado o "apóstolo" que lidera a "Mundial". E outras regiões, a ênfase recai no "determinar", dando a impressão de que estamos assistindo a um programa da Igreja da "Graça".

O meu artigo não teve como objetivo afirmar que os membros das referidas igrejas estão todos errados. Eu quis mostrar que as três, principalmente em programas de TV, não pregam o evangelho, priorizando, antes, através do marketing, o enriquecimento. Daí a ênfase a milagres, confissão positiva, teologia da prosperidade.

Hoje, muitos líderes de movimentos ditos evangélicos "dançam conforme a música". Apresentam um pouco de tudo, a fim de agradar a todos. Por isso, um culto, isolado, não é suficiente para que possamos conhecer as reais intenções de alguém, à frente de uma igreja.

A sua experiência, inclusive, me fez lembrar do dia em que eu fui visitar um Salão do Reino, das testemunhas de Jeová. É claro que não estou sugerindo que os membros da "Mundial" estão em uma seita, mas no Salão do Reino eu também notei simplicidade e amor pelo próximo. Isso, no entanto, não basta, posto que o amor precisa estar atrelado à verdade (Jo 14.23; Dt 13.1-4).

A liturgia do culto em que você participou, Natália, a rigor está de acordo com a Bíblia: oração, louvor, leitura da Palavra, explanação da Palavra, etc. Mas eu também fiquei impressionado com a ordem do culto no Salão do Reino. E pensei: "Se eles crescem que Cristo é o Salvador, que é Deus; se abandonassem as heresias que seguem, tudo seria diferente..."

Bem, o que eu quero dizer com tudo isso? Eu quero dizer que um único culto não é o suficiente para afirmarmos que a Igreja "Mundial" de fato prioriza a pregação do evangelho. Mas que fique claro para todos os internautas que o meu desejo e o seu, Natália, tenho certeza, é de que os líderes da Igreja "Mundial" procurem andar segundo a Palavra de Deus, verdadeiramente.

Não queremos que essa igreja feche as portas; não estamos contra os milagres. Mas estamos contra o evangelho prodigioso, que inverte a ordem de Marcos 16.17, que inverte as prioridades contidas em 1 Coríntios 12.28. O Senhor Jesus não aceitou ser seguido por interesseiros (Jo 6.60-69). Ele faz milagres, mas em decorrência da pregação do evangelho, deixando claro que a prioridade é amar a Deus acima de todas as coisas, ainda que o milagre não aconteça (Jo 10.41).

O nosso desejo, por conseguinte, é que o evangelho seja pregado sem segundas intenções, sem mercantilismo (2 Co 2.17), sem chantagem emocional, visando-se lucro, como infelizmente tem acontecido em nossos dias (2 Pe 2.1-3).

Em Cristo,

CSZ

p.s. Se eu montar um curso ou uma escola teológica, você e seu pai vão ser convidados para ser professores!

Seu texto está excelente!

Pr.Adilson Benevides Sobral disse...

Pô, Pastor "pega leve" comigo...rsrs!
agora tá empatado entaum rsrsrs!
Afinal, são só 80% de discordancia rs!
Abração!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Benevides, não me incomodo com o grande percentual de rejeição, pois não sou candidato (risos). Mas, pelo que vejo, tenho fiéis leitores, que, mesmo discordando de grande parte do conteúdo do blog, costumam visitá-lo.

Um grande abraço.

CSZ

Anônimo disse...

Pastor Ciro não o conheço mas estou conciente de que nem tudo esta perdido.Pois ainda existem homens como o Sr. e alguns que não se dobraram diante do que se tem visto no meio evangélico.Moro na Baixada Santista e o que se tem visto aqui não é muito diferente do que tem sido a forma de cópia dos pseudos-predadores em forma de lobos devoradores.Até as igrejas chamadas tradicionais estão se curvando a onda do falso, diabólico e terrível "evangelho da falsa prosperidade"Para o sr.ter uma idéia um pastor daqui queria lançar o filho como canditado a prefeito as despensas dos fiéis da sua igreja e dizendo peremptóriamente que tudo iria mudar caso ele fosse eleito.A maioria dos pastores e não estou generalizando porém afirmo a maioria dos pastores só querem apascentar a si mesmo,antes era estas igrejas que ja conhecemos porém agora a coisa se disseminou de tal maneira que é difícil entrar em alguma igreja e não ver o ponto que se chegou o evangelho no Brasil.Detalhe existe defensores vorazes destes crápulas dizendo não fale mal do ungido,do isto daquilo,ora vão ler a Bíblia,se encher do Santo Espírito de Deus.Será que teriam a mesma convicção,e coragem de defender o nome Excelso do Senhor Jesus caso tivessem que pagar com a própria vida por professarem tal fé?

marcilo meruoca disse...

A paz do Senhor.Infelizmente isso é uma realidade que está presente em nosso meio, o pior que muitos estão sendo enfluenciado pelos falsos mestres que tem entrado nossos lares com heresias. O nosso povo é muito pobre de conhecimento. louvo a Deus pela sua vida e de outros Homens que Deus tem levantado para abrir os nossos olhos.

marcilo meruoca disse...

A paz do Senhor.Infelizmente isso é uma realidade que está presente em nosso meio, o pior que muitos estão sendo enfluenciado pelos falsos mestres que tem entrado nossos lares com heresias. O nosso povo é muito pobre de conhecimento. louvo a Deus pela sua vida e de outros Homens que Deus tem levantado para abrir os nossos olhos.

Anônimo disse...

Pastor Ciro Sanches, a paz do Senhor!

Aqui é o irmão Laécio Máriton (auxiliar, ministro do evangelho de Cristo e professor da Escola Bíblica Dominical da igreja Assembléia de Deus em Belém, gostaria de agradecer pelas reflexões que o senhor tem me proporcionado pelos livros e pelos artigos aqui do blog.
Durante um bom tempo estou pensando em sair da Igreja Assembléia de Deus, pois observo muitos movimentos tomando conta da maioria dos nossos templos aqui em Belém. O retété, as mensagens motivacionais, as músicas antropocêntricas, as campanhas para alcançar bens materiais, além dos muitos congressos de "avivamento".
Comecei a criar um repudio as práticas pentecostais e ao mesmo tempo procurar igrejas históricas. Contudo, ao ler seus livros percebi que o problema não está no movimento pentecostal genuíno e sim nos modismos que infelizmente a maiorias de nossas igrejas vem aderindo.
Sinto-me incomodado em ver tantos absurdos! Vou relatar um deles. Convidaram-me para assistir o culto do congresso de jovens do bairro, sábado passado (16/04). Na verdade cogitaram meu nome para ministrar a mensagem da noite, porém, eu não tenho o “estilo” de animador de platéia. Mesmo assim fui ao congresso. Louvores antropocêntricos (em sua maioria) do início até o “momento mais importante do culto” – a mensagem (para a qual reservaram vinte minutos). O jovem pregador tomou Mateus 28.6 parte a (“Ele não está aqui, porque já ressuscitou como havia dito.”) como o texto base da pregação. O ápice da mensagem me surpreendeu: “os teus sonhos e planos podem ter morrido na sexta-feira, estando moribundos no sábado, porém, domingo eles recussitarÃO!!!”. Nunca imaginei que ele faria de Jesus tão coadjuvante desse jeito. E o pior é que para a igreja a mensagem foi uma benção, o pregador foi usado por Deus e não faltaram: “glória a Deus”, “aleluia”, além dos “sons inteligíveis” (bem como o senhor relatou “Isso é que é congresso!”, parte do livro Mais erros que os pregadores devem evitar).
Gostaria de algum conselho da sua parte. Devo permanecer na Assembléia de Deus e lutar contra esses movimentos humanistas? Ou devo sair. Desde já agradeço pastor. Ah, quando vens para Belém? Gostaria de lhe ouvir palestrar.