quinta-feira, 17 de abril de 2008

Santificação: um tema esquecido em tempos de extravagâncias (2)

Nesses tempos de extravagâncias, muitos cantam "Sem santificação ninguém verá a ti, e eu quero te ver". Mas, será que sabemos mesmo o que é santificação, ou estamos cantando por cantar? Quanto a você, caro irmão, que já sabe o que é santificação, é preciso ter de fato uma vida de prática da Palavra. Jesus disse: "Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois, se as fizerdes" (Jo 13.17). O objetivo deste artigo é abordar o lado prático da santificação, e não o teórico, que envolveria uma explicação mais pormenorizada.

O que é santificação?

Como já vimos, é o mesmo que separação. Trata-se de uma separação para um fim definido (Lv 20.26). E, nesse caso, devemos nos separar de e para. Em outras palavras, devemos nos afastar do mundo pecaminoso para o Senhor. O fim definido, por conseguinte, é a consagração a Deus, para realizar a sua maravilhosa obra.
No Novo Testamento, o vocábulo para santificação é hagiasmos, cujo conceito central é a separação do pecado a fim de separar-se para Deus, para a adoração, para o serviço. De acordo com o Dicionário Teológico, de Claudionor Corrêa de Andrade (CPAD), a palavra “santificação” significa: “[Do lat. sanctificatio] Separação do mal e do pecado, e dedicação ao serviço do Reino de Deus. É desta forma que o filho de Deus aperfeiçoa-se à semelhança do Pai Celeste. A santificação só é possível através da Palavra de Deus”.

O que significa seguir a santificação?

Em Hebreus 12.14, está escrito: “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor”. Segundo a Bíblia, a santificação é um processo; ela se dá na vida do crente, progressiva e gradualmente. É como se o servo de Deus estivesse subindo uma escada que não tem o último degrau. A sua vereda é como a luz da aurora, que vai, brilhando, brilhando, brilhando... até ser dia perfeito (Pv 4.18).
No momento da salvação, ocorre uma ação tríplice de Deus, justificando, regenerando e santificando o pecador. Nesse caso, quando uma pessoa reconhece o seu pecado e crê em Jesus como único e suficiente Salvador e Senhor, ocorre uma santificação instantânea (Tt 3.5).
Para a preservação da salvação, é preciso seguir à santificação, que começa no momento em que aceitamos a Jesus, mas progride a cada dia, quando nos consagramos ao Senhor, aperfeiçoando-nos para a vida eterna. Por isso, o apóstolo Pedro, tendo como base os escritos veterotestamentários, disse: “... como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver” (1 Pe 1.15).

Os dois lados da santificação

A santificação progressiva, numa análise bíblico-cêntrica, possui dois lados: a parte de Deus e a do homem:
A parte de Deus. Tudo, na vida espiritual, apresenta esses dois lados. Quando Jesus ressuscitou a Lázaro, foi necessário que os homens tirassem a pedra (Jo 11.39ss). É claro que, se Jesus quisesse, ele teria tirado a pedra do sepulcro sem nenhuma dificuldade, pois para Ele nada é impossível. Entretanto, Ele nunca faz o que cabe a nós. Devemos aprender que a santificação é efetuada por Deus, mas não depende só dEle. O Senhor faz a sua parte e espera que façamos a nossa (cf. 2 Cr 7.14,15).
A parte que cabe ao homem. Se não houver de nossa parte a predisposição para ter uma vida santificada, de nada valerá o poder santificador do Espírito Santo em nossa vida. Em Ezequiel 24.13, Deus disse para o seu povo: “... te purifiquei, e tu não te purificaste...” Em outras palavras, Deus fez a sua parte purificando o povo dos seus pecados, o qual, em contrapartida, não se importou em colaborar com o Senhor, perdendo a bênção.
Portanto, amados irmãos, façamos a nossa parte! A Palavra de Deus é clara: “Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós” (Tg 4.8). Ela não diz: “Espera Deus se chegar para ti, e chega-te para ele”. Não! O primeiro passo deve ser nosso (Jó 11.13; Sl 57.7).

(continua...)

Ciro Sanches Zibordi

3 comentários:

Edson Dorna disse...

A paz do Senhor!

Santificação eu vejo ela desde doprimeiro capitulo até o ultimo da biblia, a Palavra de Deusnos mostra em todo o seu conteudo que devemos ser santos (separados), hoje não se fala mais disso, outrora o carater de muitos era a santidade... e devemos voltar para ela, pq ela é o acesso para chegarmos ao Senhor

A paz do Senhor Jesus

Edson Dorna
www.santodosantos.blogspot.com

FRANCIVALDO JACINTO disse...

Prezado Pr Ciro,
Venho lhe informar que a URL do meu blog precisou ser mudada,passando a ser a seguinte:
francivaldojacinto.blogspot.com
Por favor fazer a alteração no seu blog.
Desde já agradeço a sua atenção.
Obrigado!

André disse...

A Paz do Senhor Pr. Ciro!
Muito bom seu estudo...que Deus continue lhe abençoando. Abraço.