terça-feira, 18 de março de 2008

Música no culto ou culto à música? (4)


Nesta quarta parte da série respondo a mais três perguntas. Você sabe qual é a diferença entre louvor e cântico? Existem restrições na Bíblia quanto ao uso de instrumentos musicais? O que é a música gospel, afinal?

9 - Há diferença entre louvor e cântico?

Segundo as Escrituras, há distinção entre o louvor e o cântico de louvor (Sl 149.1). Quem de fato canta louvores está louvando a Deus, mas é possível louvar a Deus sem cantar, e cantar sem louvá-lo. O louvor, conforme Salmos 103.1,2, envolve tudo o que há em nós: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há mim bendiga o seu santo nome”.
As palavras de louvor devem nascer em um coração preparado (Sl 57.7), pois o cântico é apenas um meio de se louvar a Deus (Sl 69.30), e não o louvor, em si. Louvar a Deus é glorificá-lo, honrá-lo, com tudo o que há em nós, espírito, alma e corpo (1 Ts 5.23).
Por conseguinte, é possível alguém cantar bem, tecnicamente, valendo-se inclusive de letras cristãs, sem, no entanto, louvar o Senhor. Isso aconteceu nos dias do profeta Isaías: “Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim...” (Is 29.13).

10 - Que instrumentos devem ser usados?

A Bíblia não proíbe o uso de nenhum instrumento. Ela menciona inclusive diversos tipos: de sopro, de percussão, etc. (2 Cr 15.14; Sl 98.6; 150.4,5). Apesar disso, é importante que pastores e líderes de louvor atentem para o fato de que certos instrumentos — em razão de serem empregados em cultos afro-brasileiros e estarem intrinsecamente associados a cultos oferecidos a falsos deuses — não combinam com o culto a Deus. O bom senso ajuda bastante, nesse caso (1 Co 6.12).
Em regra geral, o que importa para Deus é quem toca e como toca (1 Sm 16.7; 2 Rs 3.15-20; Sl 33.3). Conquanto a Escritura não apresente proibições expressas, o uso exagerado dos instrumentos eletrônicos e de percussão prejudica o louvor.
No louvor a Deus, em um culto, os instrumentos devem ser bem tocados, suavemente, sem exageros, sem excesso de volume. O músico cristão deve ter sempre em mente que a sua missão é compor e tocar músicas adequadas para o louvor, ou seja, hinos espirituais que, em nenhum momento, desviem a atenção das palavras de louvor.

11 - O que é música gospel?

A palavra gospel, em inglês, significa “evangelho” ou “evangélico”. Como estilo musical, foi usada na década de 1920 por Thomas A. Dorsey, cantor de blues da Geórgia (EUA) e filho de um pastor batista. Mas a origem do gospel rhythm remonta ao final do século XVIII, quando escravos africanos adaptaram hinos religiosos, injetando neles vários elementos de sua tradição musical.
No século XIX, o gospel chegou à terra americana junto com os escravos e passou a ser chamado de negro spirituals, um tipo de blues sacro. A semelhança entre os ritmos era tão grande que muitos cantores da época começaram a carreira cantando o negro spirituals em igrejas protestantes.
Entretanto, é importante distinguir o gospel surgido nos EUA do sincrético estilo utilizado nos dias de hoje. O primeiro era um tipo de blues, que veio a determinar o estilo da “música cristã” norte-americana, enquanto o gospel hodierno abarca diversos ritmos (rock, funk, rap, axé, samba, etc.) com letras supostamente cristãs.
Em outras palavras, hoje, no Brasil, qualquer música pode ser considerada apropriada, “gospelizada”, desde que fale de Jesus ou da Bíblia. Aliás, hoje em dia, para ser considerada música gospel, basta falar de sonhos, de fogo, de vento ou empregar bordões do tipo "Deus vai mudar a sua história"...
Na verdade, a chamada música gospel tocada nas igrejas e nas rádios evangélicas está carregada de agressividade e barulho, e tem pouco ou nenhum conteúdo bíblico. Alguns cantores evangélicos, com uma postura de quem quer demolir o mundo, afirmam que fazem tudo para a glória de Deus, ignorando o que está escrito em Colossenses 3.16. Mas a Bíblia é muito clara a respeito do cântico que deve estar em nossos lábios (Sl 96.1; Is 42.10).
Em Levítico 9.23–10.2, mencionam-se três tipos de fogo. Deus manifestou-se por meio do “fogo da sua glória” (9.24). Nadabe e Abiú, filhos de Arão, trouxeram um “fogo estranho” (10.1) ao santuário, e o Senhor os castigou com o “fogo do seu juízo” (10.2). Que seria esse “fogo estranho”? Falta de reverência? Vasos sujos? Sacerdotes em pecado? Culto simultâneo a deuses estranhos? Incenso estragado?
Utilizar estilos musicais impróprios para o louvor a Deus é o mesmo que usar “fogo estranho”: algo que o Senhor rejeita, abomina. E é isso que temos visto nesses últimos dias, em que os interesses comerciais falam mais alto do que as verdades da Palavra de Deus (2 Co 2.17; 2 Tm 3.1-5; 4.1-5).
Que o Senhor Jesus Cristo nos ajude a entender que, para segui-lo, é preciso negar-se a si mesmo, abandonando preferências pessoais, gostos, caprichos, a fim de fazermos a sua vontade (Lc 9.23; Rm 12.1,2).

(continua...)

Ciro Sanches Zibordi

7 comentários:

josiel disse...

Pastor Ciro,a paz do Senhor!Estou acompanhando esta série de estudos sobre o louvor genuíno na igreja e confesso ao amado irmão que venho sofrendo muito.Não que exista erros nos estudos em apreço, mas é o fato das nossas igrejas em especial os chamados hinos cantados avulsos, a cada dia estão sendo dessacralizados,isto é, a música sacra está desaparecendo dia após dia por favor lance logo seu álbum,pois não aguento mais hinos de ´´AUTO AJUDA´´ Me ajude pois o momento do louvor na maioria das vezes tem sido uma tortura.O senhor já parou para ouvir o que fizeram com o Mefibosete?

Josiel.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Josiel,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo! Mas, como é essa canção sobre o Mefibosete? Risos...

CSZ

Anônimo disse...

Meu caro Pastor é mais uma daquelas promessas que você irá sentar na mesa do rei pois o mesmo mandou te buscar em uma carruagem,tirando o crentede um modo´´Majestoso´´ de Lo-debar. A minha crítica é que a letra não desperta o ouvinte para uma esperança celestial e sim para uma expectativa terrena, digo isto porque conheço pessoas que quando ouviram a letra ficaram sonhando com a tal carruagem cheia de prazeres desta vida!Nem queira ouvir...

Em Cristo

Josiel.

Filipe disse...

A paz Pr. Ciro,

Pastor, eu tenho uma dúvida, pois sempre que em minha igreja estamos debatendo rítmos musicais sempre é elevada a pergunta "E se alguém se converte na África? Vamos forçá-los a ouvir o que nós consideramos cristãos, ou deixar que eles louvem a Deus com seus tambores e tudo que nós consideramos 'consagrado a espíritos" .
E também falam sobre se uma pessoa que cresceu ouvindo sertanejo ou samba se converte, porque nao deixá-la ouvir isso agora mas em "adoração a Deus"?

Para matar 2 coelhos com uma cajadada só.
Eu recebi seu e-mail de quando o senhor estará aqui em Boston, e se possível eu gostaria de adquirir o livro contigo, moro 2-3 horas de distância daí.

Obrigado pela a atenção,


Que Deus o abençõe.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Filipe,

Agradeço-lhe pela pergunta. Ela foi tão bem formulada que me "obrigou" a fazer uma nova postagem...

Um abraço!

CSZ

Anônimo disse...

Ciro..muito boa sua postagem.E o que voce acha dos mantras, que hoje em dia é cada vez mais comum.Na verdadeo nome de mantra gospel veio dos mantras hindus, onde o pessoal faz um ritual que consiste em repetir certas mensagens por diversas vezes, às vezes seguidas de músicas ou não. As músicas na verdade são poucas notas organizadas de modo a criar um clima de "paz" para que vc possa meditar. As repetições com o clima de "paz" fazem com que vc altere seu estado de consciência e vc sinta um bem estar, apesar de não lembrar de nada. É como se vc desligasse.
Há intuitos espirituais nisso, porque se a sua mente desliga, qualquer besteira que te disserem vai direto no seu subconsciente.e a pessoa pensa que está na presença de Deus.

Um povo que vive um evangelho de emoção, e não de razão!!!

só a titulo de informação: n é só na Africa que se tem tambores..a propria Fernanda Brum tb aderiu a moda.Vejam o ecxtase espiritual que provoca.

http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=11005638&tid=2464317529257994177

o negócio é mais sério do que se imagina.

Jesus vem..pra quem não sabe.

ERNANE M.S. FREITAS disse...

SAUDAÇOES NO SENHOR! CARO PR.CIRO ESTOU GOSTANDO MUITO DESSE ESTUDO A CERCA DO LOUVOR NA CASA DE DEUS, DE VERDADE! SOU MUSICO E DEUS TEM FALADO COMIGO ATRAVES DESTES ESTUDOS...Q DEUS CONTINUE DANDO MUITA SABEDORIA AO SENHOR! ABRAÇOS EM CRISTO