sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Pastor Ciro responde (3): "O que é a pregação pentecostal?" (2a. parte)

Biblicamente, o que é a pregação? O que é uma pregação pentecostal? Por que devemos enfatizar o nome de Jesus e sua obra? Estas e outras perguntas são respondidas neste vídeo, a segunda parte deste Pastor Ciro responde (3).

3 comentários:

Vitor Hugo da Silva disse...

A paz do Senhor Jesus, pastor Ciro!

Gostaria de saber, para quando está programado o lançamento do livro Teologia Sistemática Pentecostal? É possível repassar esta informação?

Deus o abençoe;
Vitor Hugo
vitorhugosc.blogspot.com

DANIEL FERNANDO disse...

Graça e Paz Pastor Ciro, depois de ver essse video me lembrei daquele hino nº 192".... És um gande pecador? eis aqui o teu Salvador!Tema do bom pregador: O Calvário, o Cordeiro divinal padeceu na cruz teu mal, e ofereçe graça tal no calvário."
Realmente as pregações sobre Jesus e sobre a sua vinda estão desparecendo, nós que temos essa consciencia nunca vamos esquecer de mencionar o nome daquele que esta acima de tods os nomes JESUS.
GRAÇA E PAZ A TODOS

Antonio disse...

Pr. Ciro

A paz do Senhor...
Assisti o vídeo e quero parabenizá-lo pela iniciativa.
Sou pastor em São Paulo, Setor 2 Belém - São Miguel Paulista e tenho formação acadêmica em Direito (FMU) e Teologia (Fac. Teológica Batista SP).
Infelizmente, fico triste pelo lamentável "equívoco pentecostal" que teve início com a permissão da direção da Igreja, entregando nossos púlpitos a certos pregadores. Por que pentecostal? Por que nas Igrejas tradicionais eles não tem vez, pois elas prezam pelo genuíno ensino da Palavra.
Esses "pregadores pentecostais" conhecem a fórmula e dominam a técnica: manipulação de auditório, anúncio de milagres (nunca presenciei), vitória imediata, cura instantânea... Se fizerem um bom barulho terão a certeza de novo convite e, quem sabe, aumento no cachê. Cachê???
É. Infelizmente nossas lideranças permitiram esse péssimo hábito. Hoje para alguns, trabalhar para Jesus é viver como itinerante, cobrando para pregar. Mas Jesus não disse "...de graça recebei, de graça dai?"
Descobriram essa mamata e não falta quem invista em seus curriculuns. Trabalhar para que?
Lamentavelmente , precisamos extirpar esse câncer. Capacitar nossos líderes com a verdadeira doutrina evangélica, a Palavra de Jesus, cristocêntrica, com o crivo do Novo Testamento, contextualizada para a Igreja do presente século.
Que o Senhor nos ajude, abrindo os olhos de nossos líderes a fim de que cessem essas e eventuais novas aberrações.
Em Cristo,
Antonio Corobim