quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Crente que tem promessa não morre?




Escrevi recentemente um artigo denominado
“Coisas que a Bíblia não diz”, por meio do qual refuto clichês como “Crente que tem promessa não morre”. Alguns internautas não gostaram, e outros dizem que esse controverso chavão tem apoio bíblico. Exponho abaixo a argumentação do irmão Flávio Silva (sem revisão gramatical e estilística), acompanhada de minha resposta.

"Graça e Paz, irmão Ciro. Meu nome é Flavio Silva.
Caro irmão Ciro, referente ao texto acima onde o Sr, diz que essa afirmação ("Crente que tem promessa não morre") não é verdade usando os versiculos 13 e 39 de Hebreus, discordo parcialmente da sua afirmação. Segue abaixo o que penso acerca disso:
Pois no caso do versiculo 39 o autor fala da promessa dada a Israel sobre a vinda do messias que é Jesus, não é uma promessa pessoal, no caso do versiculo 13 são promessas para as gerações futuras de Israel.
Podemos ver varias. Assim como a promessa do arrebatamento da Igreja.
Creio e tenho certeza que crente que possui promessas de Deus para sua vida não morrerá sem que veja o cumprimento, assim como foi Prometido a Simeão que veria o Cristo antes de Morrer Lc 2:26.
Concluindo:
Quando temos promessas para vida pessoal, nao morreremos sem ve-las se cumprir.
Quando a promessa é referente a igreja ou a minha posteridade essa poderei ou não morrer sem que veja cumprir".

Caro irmão Flávio Silva, a paz do Senhor.
Meu nome é Ciro Sanches Zibordi (risos). Quanto à sua afirmação de que "Crente que tem promessa não morre", gostaria de dizer-lhe, antes de tudo, que é temerário valorizarmos chavões ditos por animadores de auditórios, geralmente acostumados a falar o que querem, irresponsavelmente, a platéias que os aplaudem, não refletindo sobre o que ouvem (cf. At 17.11).
O irmão aparenta ser sincero, disposto a conhecer a verdade, e não alguém interessado em me testar, como alguns que freqüentam este blog. Por isso, vou dedicar alguns minutos ao seu comentário...
Primeiro, reafirmo que empreguei o texto de Hebreus 11 conscientemente, e não de forma impensada. Citei-o por convicção, haja vista considerá-lo claro quanto à refutação do clichê em apreço.
É óbvio que o tal chavão não resiste a uma exegese. Isto é, se o analisarmos à luz da analogia geral das Escrituras, considerando todos os aspectos que envolvem as promessas de Deus, como a condicionalidade de boa parte delas, não há como sustentar a falaciosa tese nele contida.
O Senhor Jesus não é obrigado a cumprir todas as promessas que as pessoas julgam ter recebido dEle. E usar o tal bordão como uma segurança de que não morreremos enquanto as tais "promessas" não se cumprirem é uma atitude que vai de encontro (e não ao encontro) de textos como 1 Pedro 2.11 e Tiago 4.13-17. Estes não deixam dúvidas quanto a podermos partir para a eternidade a qualquer momento.
Qual é o crente que não julga ter promessas, hoje? Eu tenho promessas, mas não me valho delas para me considerar imortal. Estou preparado para encontrar com o Senhor Jesus, seja na sua Vinda, seja por meio da morte, a qualquer momento. Os dois pastores que morreram no acidente com o vôo da TAM, há alguns meses, tinham inúmeras promessas...
Basta um pouco de bom senso, para se perceber que o tal clichê, apesar de parecer bíblico, torce a Palavra de Deus, levando o crente a pensar que é invencível. Quando acontece uma tragédia de grandes dimensões envolvendo servos de Deus, e centenas deles morrem, isso significa que nenhum deles tinha promessas pessoais?! Um avião não cairá se houver nele um crente que julga ter uma promessa pessoal?
Caro irmão, pense biblicamente; raciocine, mas não se esqueça de que a Bíblia é a nossa fonte máxima de autoridade, a nossa regra de fé, de prática e de vida. O seu simplismo me deixou preocupado, pois, quando resolvemos refutar um pensamento, temos de ter a Bíblia ao nosso lado, e não o nosso raciocínio, baseado em algumas passagens isoladas. É preciso ter em mente toda a verdade contida nas Escrituras.
É claro que as verdadeiras promessas de Deus se cumprem, como no caso de Simeão, mas não se esqueça da condicionalidade de muitas delas, pois nem todas são de caráter imperativo. A promessa de Lucas 24.49 (coletiva) só foi recebida por quase 120, mas foi dada a mais de 500, pelo menos. Promessas pessoais também não se cumprem devido a fatores outros, como o mencionado em Eclesiastes 7.17.
Muito melhor do que apegar-se ao tal bordão é firmar-se na promessa de Apocalipse 22.20, que inclui a última oração da Bíblia: "Ora, vem, Senhor Jesus". E esta só pode ser feita por quem verdadeiramente está preparado, confiando nas promessas contidas em 1 Tessalonicenses 4.16-18 e 2 Timóteo 4.8.
Melhor do que firmar-se em um bordão simplista e irresponsável é estar preparado para partir para a eternidade a qualquer momento, como Paulo, que, ao receber uma profecia de Ágabo, disse que estava pronto até para morrer!
O clichê em apreço, por conseguinte, leva o crente a esquecer-se das coisas de cima (Cl 3.1,2), fazendo-o pensar que é um super-herói. Pedro, quando estava na prisão (At 12), sabia que morreria velho, pois Jesus lhe revelara isso (Jo 21). Contudo, a sua vida demonstra que ele não se firmava nisso; antes, estava pronto a morrer a qualquer momento pela causa do evangelho.
Bem, vou parar por aqui, mas o aconselho a firmar-se na Palavra, e não em frases de efeito, usadas por animadores de auditório que não têm compromisso com as Sagradas Escrituras.
Para saber mais sobre essa pergunta, leia o livro Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar, a ser lançado pela CPAD.

Respeitosamente,

Ciro Sanches Zibordi

37 comentários:

Alisson disse...

A palavra do Senhor nos diz que devemos dar honra a quem merece honra. Neste artigo eu concordo plenamente contigo Pastor. Muitos cristão estão se desviando, confiando que Deus não deixará nada acontecer com eles por causa das promessas, mas eles não se fixam no Senhor, mas nas promessas! Ora, foram as promessas que os libertaram? Não! Foi Jesus, que ao morrer na cruz, nos perdoou os pecados e nos fez mais que vencedores e muito mais. Temos que manter uma vida santa, andar em sintonia com o Senhor, negando a nós mesmo dia após dia, tomando a nossa cruz e seguindo a Jesus. Infelizmente muitos querem as mãos do Senhor, e não o coração!
Abraços

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmão Alisson,

Quem bom que o irmão concordou com o que dizem as Escrituras... Brincadeira... Eu agradeço-lhe pelas palavras! Um grande abraço!

CSZ

Luciano (Lupajov) disse...

A igreja em que sou membro, em nota oficial, proibiu o pregador (M.F) que tem utilizado desde de clichê de ministrar em seus templo, alegando imcompatibilidade doutrinária.
Qual é sua opinião neste caso pastor Ciro, pois uma coisa e cometer erros durante um exposição da mensangem e outra e viver falando e levando pessoas a acretidar no que dizem.

Luciano(lupajov)

A Paz do Senhor.

Anônimo disse...

Pr CIRO,como interpretar o salmo 34.7.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro anônimo,

Para interpretar Salmos 34.7, o irmão precisa primeiro ser um crente espiritual, que respeita a Palavra de Deus (1 Co 2.14,15; 1 Ts 2.13). Segundo, estude a passagem em oração. Terceiro, atente para as regras da Hermenêutica, ciência e arte de interpretação, matéria pela qual aprendemos princípios de interpretação, como "A Bíblia interpreta a própria Bíblia". Quarto, faça uma análise histórico-cultural do texto...

Creio que, fazendo isso, o irmão saberá interpretar esse versículo...

Em Cristo,

CSZ

Anônimo disse...

Querido pastor Ciro, admiro muito seu ministério e sua coragem, tenho lido todas as postagens do seu blog.

Tenho uma dúvida, e gostaria se possível da ajuda do irmão. Tenho ouvido por muitos anos, muitos pregadores dizer que Deus precisa de homens, e muitos dizem: DEUS PRECISA DE VOCÊ! Eu não encontrei base para tal afirmação, por isso gostaria de saber a opinião do Pastor Ciro Sanches Zibordi.

grato, Ivanilson José da silva

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Ivanilson,

A paz do Senhor.

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo. Sua pergunta é importante.

Deus precisa de nós? Em certo sentido, não, pois Ele é o Todo-Poderoso. Que é o homem mortal, diante dEle? O Salmo 8 e 1 Pedro 1.24 são textos claros a respeito de nossa pequenez ante o Oniponte.

Por outro lado, somos cooperadores de Deus (1 Co 3.9). Não que Ele precise de nós, mas Ele conta com o nosso trabalho. Se não quisermos fazer a parte que nos cabe, mesmo assim o Senhor não terá frustrado os seus desígnios.

Israel não fez a sua parte, e o Senhor comissionou a Igreja (Mt 28.18-20; 1 Pe 2.9,10). Quando da entrada triunfal, em Jerusalém, Jesus disse aos críticos que, se os seus servos se calassem, deixando de adorá-lo, as próprias pedras clamariam (Lc 19.40).

Portanto, é preciso saber em que sentido o pregador está dizendo que Deus precisa de nós. No primeiro sentido que mencionei, não, pois nada somos e devemos nos humilhar diante dEle (1 Pe 5.6). Contudo, Ele espera que nós, uma vez salvos, façamos o trabalho que Ele mesmo nos confiou (Jo 15.16).

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Luciano,

Realmente, o clichê em apreço é incompatível com a sã doutrina. As igrejas e pastores fazem bem em impedir que animadores de auditórios, que se comportam como astros mundanos, ocupem os seus púlpitos. A obra é de Deus, e é preciso que os ministros chamados por Ele sejam zelosos.

Em Cristo,

CSZ

Anônimo disse...

Querido pastor Ciro, em continuidade ao assunto sobre o que eu comentei antes. O que eu tenho percebido é que, muitos dizem: DEUS PRECISA DE VOCÊ PARA PREGAR O EVANGELHO. DEUS PRECISA DE VOCÊ PARA EVANGELIZAR NAS RUAS. DEUS PRECISA DE VOCÊ PARA PARA ORAR PELO SEU VIZINHO. DEUS PRECISA DE VOCÊ PARA AJUDAR SEU PROXIMO. Diante de tais afirmações, eu não encontrei base bíblica. Gostaria de obter um esclarecimento sobre este assunto.

grato, Ivanilson José da silva

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Ivanilson,

Nesse sentido há base bíblica, pois somos cooperadores de Deus (1 Co 3.1-15). Deus conta conosco. Mas, se não fizermos o nosso trabalho, outros farão. A obra de Deus não sofre solução de continuidade.

Em Cristo,

CSZ

lupajov disse...

Caro Pastor Ciro, gostaria que numa oportunidade falasse sobre as ilustrações ou analogias que são feitas para trazer luz ao entendimento dos ouvintes, existem pregadores que até explicam que não são doutrinas, mas qual seria regra para aplicação das mesmas, visto que o Senhor Jesus, falou por muitas parabolas.
As ilustrações e analogias na verdade são ficticias e por isso as vezes temo por certos testemunhos que tenho ouvido e já ouvi como de um irmão Batizado no Espirito Santo com evidência de linguas em um onibus, este episódio já ouvi em várias versões e existe até um corinho do mesmo.
Além de outros que em seu livro é citado, sobre a festa que houve no inferno após o sacrificio do Senhor Jesus.
Fico no aguardo de sua ajuda.
Paz do Senhor.

Luciano-lupajov-

Marcelo disse...

A paz do Senhor, Pastor.
Quanto a promessas se cumprirem ou não, vejamos o que diz o próprio Deus em Gn 18.19:
Porque eu o tenho conhecido, que ele há de ordenar a seus filhs e a sua casa depois dele, para que GUARDEM O CAMINHO DO SENHOR, para agirem com justiça e juízo; PARA QUE O SENHOR FAÇA VIR SOBRE ABRAÃO O QUE ACERCA DELE TEM FALADO.
Deus, após ter escolhido a Abraão e ter-lhe feito preciosas promessas, impõe condições para que se cumpra TUDO O QUE HAVIA PROMETIDO ANTERIORMENTE. Abraão recebeu a promessa de que de sua decendência Deus faria uma grande nação, então, quanto ao nascimento de um filho com sua esposa Sara, a promessa foi cumprida com ele em vida, quanto à promessa da grande nação, foi cumprida após sua morte.
No caso de Isaque, idem: Não morreu em Moriá por causa da promessa e morreu de velhice sem ver cumprida a principal promessa.
Ismael, semelhantemente, não morreu quando foi deixado no deserto por causa da promessa (Gn 21.11-13) mas morreu antes de ver sua decendência ser uma grande nação.
Concluindo, quem tem promessa pode morrer ou não, nesse último caso, se quem tem a promessa permanecer na vontade de Deus, verá o cumprimento da mesma. Meu pai tinha uma promessa de ver todos os filhos (5) nos caminhos do Senhor, quando morreu tinha dois, agora, depois de 14 anos tem quatro e dentro em pouco, todos estarão.

Anônimo disse...

Olá meu amado pastor, preciso de uma resposta sua quase que urgente...
Estou lendo seu livro “Erros que os pregadores devem evitar” comprei o outro também do apostolo Paulo...Enfim no livro “Erros que...” na pagina 48 o senhor fala do hades e diz que agora somente os ímpios estão lá! Então vem as perguntas
Para onde vão os justos mortos em Jesus agora?
O hades sempre foi responsabilidade de Deus? É isso que trata Ec 12.7?
Afinal é coerente Satanaz e seus anjos estarem soltos e os ímpios já estarem sofrendo no hades?

Como o senhor sabe sobre as palavras Geena, Tártaro e Hades? Elas estão escritas no horiginal da bíblia e o João Ferreira de Almeida traduziu tudo como inferno? Foi isso?

Interessante eu sempre tratei a parábola do rico e lazaro como uma simples parábola...nunca entendi para onde iam os mortos, justos e impios.

Ah meu pastor, aguardo com urgência essas suas respostas...preciso delas para segunda feira as 07:00 da manhã

Fica com Deus meu pastor, estou adorando os livros!! Ta batendo tudinho com a biblia e com o que eu havia aprendido! Aleluia, glorias a Deus!
Louvo a Deus pela sua vida.

Gostaria que o senhor me respondesse pelo email, se possível é claro.

Anderson Rodrigues andersonbecario@gmail.com

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pastor Ciro!
A Paz do Senhor!
Esse assunto "crente que tem promessa não morre", está mais do que debatido e entendido.
Acontece que muitas pessoas, infelizmente, estão tão confiadas nesse "jargão", que estão com dificuldades de mudar sua postura com relação a ele.
Parabéns pela exposição.
Este último artigo põe um verdadeiro: "PT SAUDAÇÕES" nessa questão"
Um grande abraço!

wanderson disse...

As primeiras lições deste trimestre da EBD, foi uma "surra" para muita gente...

Elias disse...

CRENTE MORRE ANTES DA PROMESSA COM CERTEZA. DEUS NÃO VAI AGUARDAR A SUA BOA VONTADE P/ CUMPRIR A DELE.A PROMESSA TEM QUE SER ENTENDIDA .....
UM PASTOR DE NOSSO ESTDO NOS ANOS 60 CHEGOU P/ INICIAR O EVANGELHO EM UMA CIDADE DO LITORAL, FOI APEDREJADO NO MEIO DA RUA, MAS UM DIA EM ORAÇÃO DEUS DISSE QUE O DARIA EM SUAS MÃOS O GOVERNO DAQUELA CIDADE. UM DIA SUA ESPOSA A FALAR C/ UMA IRMÃ LAMENTOU SUA MORTE E O NÃO CUMPPRIMENTO DA PROMESSA, MAS TARDE NOS ANOS 90 SEU FILHO FOI PREFEITO POR DOIS MANDATOS. E TAMBEM QUERO LEMBRAR QUE MIYSES VIU A TERRAR E NAO A PODE POSSUIR MESMO TENDO A PROMESSA.

Eveline disse...

A Paz do Senhor, abençoado Pastor!

Em primeiro lugar, quero dizer que louvo a Deus pela tua vida, que graças a Ele mesmo, tem sido usada para edificação de muitas outras, entre essas muitas, a minha.

Com relação a expressão "Crente que tem promessa não morre", prefiro me apegar ao texto bíblico onde o apóstolo Paulo cita: "Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens" (1Co 15.19), e assim podemos dizer: "Ora vem, Senhor Jesus!".

Um forte abraço! Deus te abençoe cada dia mais, com sabedoria do alto, dada por Deus, que faz a diferença e a noiva de Cristo sabe discernir o que vem de Deus, porque ela (a noiva do Cordeiro) é espiritual.

Com grande estima,

Eveline Santos - DF

Roberto disse...

Pastor Ciro,a paz do Senhor!
Li o que o senhor escreveu sobre o assunto "quem tem promessa de Deus não morre" ,vi também os outros comentários dos irmãos e decidi , pela primeira vez,(eu so acompanhava) postar o meu.
Não sei se entendi corretamete, se foi assim eu discordo do senhor, se não, me perdoe. Quando o senhor diz que "O Senhor Jesus não é obrigado a cumprir todas as promessas que as pessoas julgam ter recebido dEle". Se o Senhor Jesus não falou, ele não tem porque cumprir, não era dEle a palavra. Contudo se, e tão somente se, Ele falou e a sua promessa não traz em seu bojo uma exigencia ou condição para que esta se cumpra,ou seja o cumprimento dela dependerá do cumprimento da exigencia, então Ele é fiel pra cumprir.
Paulo não morreu no naufragio, porque havia promessa pra ele.
o sacerdote Simeao não morreu enquanto não viu Jesus.
No episódio da fome em Samaria houve uma promessa que o Conselheiro do rei veria a promessa cumprida, mas não participaria dela.
Paulo sabia que as promessas para sua vida aqui na terra haviam terminado,e percebeu, pelo Espirito, que seu fim estava proximo então escreveu: "...terminei a carreira...".
Não coloquei os textos biblicos, para não ser extenso, mas cremos que um cristão vive enquanto o plano(promessa) de Deus para com sua vida ainda não foi alcançado/cumprido...
No restante de sua exposição concordo, existem infelizmente, pouca base biblica entre nosso pregadores, e muito mais em aluns de nossos irmãos.

Luiz Carlos disse...

Paz do Senhor Pastor Ciro e aos demais irmãos em Cristo Jesus, venho aqui postar minha opinião sobre o tema "Quem tem promessa de Deus não morre" o que de fato ocorre em nosso meio é ouvirmos certas coisas e não confronta-las com o que diz a Bíblia fazendo-se assim um exegese do que foi dito, estou de pleno de acordo com o Pastor Ciro pela gloriosa explanação deste texto, pois qual o crente que nos dias atuais não tenha esta frase na ponta da lingua "ora vem Senhor Jesus" e se diz isto é porque independente das promessas feitas deseja-se a volta de Jesus o mais breve possível ou não.
Paz do Senhor

Presbitero Euripedes disse...

Caro e amado Pastro Ciro Sanches Zibordi, em primeiro lugar gostaria de lhe deixa a preciosa Paz de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Eu acompanho e adimiro o seu trabalho ha pouco tempo, mas já percebi que o amado Pastor zela pelos bons costumes e pela verdade.
Quanto a tais chavões usados apenas para emocionar as nossas ovelhas tem nos trazido grandes prejuizo em nossos cultos, pois nos dias atuais as ovelhas só vai a igreja se tiver um destes animadores para pregar ou até cantar,muitos entendem que avivamento está associado à movimento e não estudam a palavra, é por isso que os charlatões tem sugado a lã de nossas ovelhas com tanta facilidade.
Que Deus te abençõe e continue nessa luta contra estes homens que desejam apenas a lã de nossas ovelhas.
Presbitero Euripedes
Ass de Deus
Rio Verde-GO
Pastor Presidente: Alvino Pereira Rocha

Mara magno disse...

A PAZ DO SENHOR.SUAS POSTAGEM SÃO BENÇÃOS PRA NOSSAS VIDAS.
ANALISO À LUZ DAS ESCRITURAS O QUE OUÇO NOS PÚLPITOS DE NOSSAS IGREJAS,E APESAR DE POUCO CONHECIMENTO QUE TENHO, É IRRELEVANTE TAIS ATITUDE, FICO A PENSAR:QUANTOS ESTÃO SE DESVIANDO POR "PROMESSAS" FRUSTRADAS, ACHANDO QUE DEUS É O SERVENTE, E ESQUECE QUE O SERVO É ELE, E QUE ESTAMOS A MERCÊ DE SUAS PROMESSAS, E CLARO, CONDICIONADAS A ELA.
CONTUDO, (GRAÇAS A DEUS) DEUS TEM LEVANTADOS HOMENS ZELOSOS QUE NÃO SE CALAM ,FALAM A VERDADE À LUZ DAS ESCRITURAS, E FICO FELIZ POR MINHAS CONCLUSÕES ESTAREM COMPATÍVEIS COM AS SUAS.
AFINAL VOCÊ, E OUTROS QUE CONHEÇO,SÃO OS "JOÃOS BATISTAS" ATUAIS.

ESPERO APRENDER MAIS, NO ENCONTRO QUE TEREMOS EM JUNHO NO MAGUARI.

QUE DEUS LHE DÊ MAIS ENTENDIMENTO.

A PAZ DO SENHOR!

Pb ozeas disse...

Amado Pastor Ciro.
Graças a Deus encontrei um aliado na minha luta tantos "sonhos e promessas", não que eu seja inimigo, porém, sou Pb da Ass de Deus, pentecostal e amo a palavra de Deus mas, o que estamos vendo nos últimos dias é uma avalanche de pregações emocionais, quando "GRANDES" pregadores falam de sonhos e promessas pessoas choram, riem, saltam e só faltam morrer de tanta euforia e emoção. Quando analisamos com cautela muitas dessas pessoas não tem compromisso com Deus, não oram, não lêem a bíblia, não frequentam a EBD já vi até algumas que se emocionam mas, fumam e bebem, trai esposa e todo tipo de coisa vil. Quero dar todo meu apoio e pedir que o Senhor continue nessa batalha pois muitos crentes estão sendo enganados e indo de mal a pior por causa dos show-man de púlpitos!

wellington disse...

Pr. Ciro a Paz do Senhor

no livro de Isaías Cap. 14 v12-14 está referindo-se ao anjo decaído, a Lúcifer?


na cançao Como Zaqueu tem um trecho que diz: "...quero subir o mais alto que eu puder..." pode ter uma ligação com esta passagem de Isaías?

vanessa disse...

Pr. Ciro, paz do senhor. concordo com o senhor. E gostaria que me corrigise se estiver equivocada no meu modo de pensar, porque quero aprender.
Muitas pessoas se fortalece com essa fraze para fazer o quem bem entende, até pecar, porque dizem q tem promessa de Deus e que Ele vai cumprir. Mas eu tenho uma certa duvida com relacao a isso.
O patriarca Abraao; Deus fez uma promessa a ele, que le teria um filho, e ele aceito e creu na promessa, mas com o passar do tempo, ele saiu do lugar e quiz antecipar a promessa aceitando a proposta de Sara, com relacao a Agar...Como sabemos da historia.
Eu tenho duvidas nisso.
Deus le fez uma promessa.
Ele saiu do lugar e tomor outro caminho, que nao era o de Deus.
Mas igual Deus cumprio com a promessa que le fez,
ainda que tardou a cumpri, creio que pela sua preciptacao.
Mas cumpriu. E Abraao já era bastante velho quando se cumpriu.
Eu creio que Deus cumpri suas promessas.[se realmente foi Deus que fez a promessa] Como esta escrito en Números 23:19 "Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?"
Mas se nós deixarmos a Jesus, e nao tivermos compromisso com Ele e sua palavra; Creio que Deus, tambem, nao tem que ter o compromisso de cumprir com a promessa que nós fez.
Estou certa pastor?
Nao vim le criticar vio! Deus me guarde de tal coisa. Só quero saber se esse meu mode de pensar estar bem.
Deus siga le abencoando cada dia!
Paz do Senhor

Vanessa

Pb. Neutel Bastos disse...

Pr Ciro, a promessa de Deus na vida do crente só se cumprirá se ele permenecer fiel a Deus e a sua Palavra.

Erivelton disse...

A paz do Senhor.
Querido pastor, no meu ponto de vista, existe promessas que são incondicionais, é o caso do arrebatamento da igreja,pois o homem crendo ou não, estando preparado ou não Jesus virá e levará a sua igreja. Para ter direito a subir com cristo o homem presisa aceitar a Jesus como único salvador.
Outras promessas são condicionais, para a receber é necessario uma determinada posição diante de Deus,por isso concordo com o amado pastor que não se pode afirmar que "Crente que tem promessa não morre",pois quando examinamos as Escrituras encontramos pessoas que receberam promessas de Deus e morreram sem tomar posse da promessa.É o caso do povo de Israel, tinham promessa de uma terra que manava leite e mel, mas devido as murmurações morreram no deserto salvo Josué e Calebe(Numeros 14.20-38).Nem Moisés, homem que Deus escolheu para guiar o povo teve direito de entrar na terra prometida(numeros 20.12).
Mas no meio dessa geração pecadora encontramos Josué e Calebe, homens tementes a Deus e devido ao bom testemunho tiveram o direito de entra na terra prometida e desfrutar das promessa de Deus (Josué 14.6-15)
Em Jeremias capitulo 18 Deus fala :
No momento em que falar contra uma nação, e contra um reino para arrancar, e para derrubar, e para destruir,
Se a tal nação, porém, contra a qual falar se converter da sua maldade, também eu me arrependerei do mal que pensava fazer-lhe.
No momento em que falar de uma nação e de um reino, para edificar e para plantar,
Se fizer o mal diante dos meus olhos, não dando ouvidos à minha voz, então me arrependerei do bem que tinha falado que lhe faria.

É o que aconteceu com Nínive (Jonas 3.1-10 )"E Deus viu as obras deles, como se converteram do seu mau caminho; e Deus se arrependeu do mal que tinha anunciado lhes faria, e não o fez."
Por isso agredito que só recebe as Promessa de Deus,isto é, se a promessa for mesmo de Deus, pois nos últimos dias se tem visto muitas falsas profecias, as pessoas que permanecem fiéis ao Senhor.

WSouza disse...

Eu comprei os livros "Erros que pregadores cometem..." interessado em saber as refutações de acordo com a Bíblia. Eu sou componente de um ministério de louvor e tenho a preocupação de saber se o que cantamos está de acordo com a palavra. Quanto a expressão em discussão, que crente que tem promessa não morre, achava que era correta, mas agora, vejo que eu estava enganado. Crente que tem promessa morre também! Deus é soberano! A promessa da eternidade é melhor que promessas terrenas.

Jesriel Matias disse...

caro pastor Ciro. concordo com o comentário do irmão.Mediante a ao texto, tenho uma dúvida: um certo irmão que a princípio discordava do comentário em apreço, disse-me que o crente não morre pois, se ee por ventura morrer, recebe-lo-á, na ressureição, ele tem por base 1 Ts4.16, e também no caso do texto em Hebreus, que diz que "não receberam a promessa", ele respondeu que, aqueles homens, ressussitaram para receber, por exemplo: os que morreram sem chegar a canaã, ressussitarão pra adentrar na canaã celeste.Espero que o irmão tenha me compreendido. Em cristo.

junior disse...

Paz do Senhor..
querido irmao gostaria de falar que se acreditarmos q Deus falará uma coisa e não a cumprirá, em que Deus estamos crendo?
desta forma acredito qua as promessas de Deus feitas a uma pessoa hão de se cumprir, pois acredito q Deus ñ é homem para q minta e nem filho do homem para se arrepender..
é minha humilde opinião

Anônimo disse...

Paz Seja convosco pastor Ciro!
A respeito desta frase, " crente que tem promessa não morre" usada por muitas pessoas de modo irresponsável.Tem sido motivos de pessoas acharem que para uma promessa de Deus cumprir nas suas vidas só depende de Deus e que quem recebeu não tem nenhuma obrigação de posição diante de Deus e de obediência pra que ela acontece.

disse...

Rssss Muito bom seu artigo Ciro, Você acredita que tem um cantor que eu gosto muito que canta uma música que se chama " Eu não morrerei"" em que diz que ele não morrerá enquanto a promessa não se cumprir rss. Até debati sobre isso no Facebook com o vídeo do cantor. A musica tem uma melodia linda, mas peca em relação a letra. A bíblia contraria o argumento do cantor uma vez que quem tem promessa de Deus também morre!

A bíblia demonstra que Abraão, Isaque e Jacó tinham uma promessa de Deus, porém, morreram sem alcançá-las "Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas; mas vendo-as de longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra"
(Hb 11:13 ).

A concepção de alguém vitorioso hoje é a de uma pessoa bem sucedida financeiramente, empreendedor, cheio de bens materiais, mas, não é assim a vitória que o crente conquistou em Cristo, visto que, muitos pela fé viveram maltratados, aflitos e necessitados. Isto demonstra que a promessa de Deus vai além de questões vinculadas a livramentos com relação às agruras deste mundo "Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a tribulação que nos sobreveio na Ásia, pois que fomos sobremaneira agravados mais do que podíamos suportar, de modo tal que até da vida desesperamos" ( 2Co 1:8 ).
Quem tem promessa de Deus morre, pois para Deus vivem todos!
(Lc 20:38). A morte física não é empecilho para cumprimento de suas promessas e Abraão verá o cumprimento cabal das promessas de Deus. Do modo que se expressou o cantor entende-se que a morte põe termo às promessas de Deus, e NÃO é assim, pois Deus não é Deus de mortos. Mas sim de vivos! Paz querido!

Alex Pedruzzi disse...

É muito triste perceber como parte da igreja está "engessada" devido a bordões como este. É como se Deus tivesse feito maldade à Moisés, quando não o deixou entrar em Canaã, depois de ter caminhado e O servido tantos anos, diante de um povo que não demonstrava a menor consideração.

Se me permite dizer, minha opinião é que, a não ser que envolva a conversão ou salvação de um determinado grupo ou pessoa, promessas para essa vida são passageiras, e não tem nada a acrescentar na vida de um cristão... eu sugiro até que, quem a recebeu, preste bem atenção... cuide esse, para não se fustrar.

Às vezes esquecemos que a vida aqui é um castigo (consequência do pecado), pois estamos longe do Senhor (Gn 3.6; 2Co 5.6-8). E a maior promessa, pelo menos para, mim única e suficiente, é a nossa "Herança", que a recebemos por estarmos em Cristo. Voltar para Deus, reconhecido como seus filhos, e receber um novo corpo glorificado, não só deve ser prioridade, como também é A nossa necessidade. E diante desta Promessa, qualquer outra que exista, se torna leviana.

É lícito entender que somos humanos e temos sentimentos... mas é por isso mesmo que a palavra nos alerta o tempo todo quanto ao cuidado com o nosso "coração", e também quanto ao que realmente queremos ou acreditamos(Cl 3, como o senhor já se refiriu, é bem claro a respeito disso).

Paz à todos,
Um abraço.

Anônimo disse...

A paz do Senhor esteja contigo.
A minha pastora sempre nos alerta sobre andarmos conforme a Palavra e sobre as dificuldades de um verdadeiro cristão, que ele não está livre das adversidades da vida. Mas com Jesus, o fardo fica mais leve, e que as promessas de Deus, se formos fiéis a Ele, se cumprirao. Quanto a morrer antes dela se cumprir...podemos estar confiantes no cumprimento, mesmo que ja nao estejamos mais presentes nesse mundo terreno, desde que tenhamos nos mantido fieis ao nosso Deus, todo Poderoso.
Abraços

manoel francisco disse...

Em relação ao tema: " Crente que tem promessa não morre " venho lembrar que Paulo, apesar de ter promessas, disse que se não se sujeitasse a palavra de Deus, seria reprovado ( I Cor 9:27 ). Podemos mencionar inclusive os que estavam no barco com Paulo,em que todos tinham promessa, mas morreriam porque não queriam se sujeitar à palavra de Deus ( At. 27: 22-24 e 31 ). Isso cheira a teologia espírita do corpo fechado.

RJR.WIRELESS+REDE+HARDWARE+SOFTWARE disse...

"Crente que tem promessa não morre?"
Todos estes ainda viveram pela fé, e morreram sem receber o que tinha sido prometido; viram-nas de longe e de longe as saudaram, reconhecendo que eram estrangeiros e peregrinos na terra.
Hebreus 11:13

Agora me respondam então quem prometeu não foi fiel é isso
SIM OU NÃO.

Anônimo disse...

presizo de ajuda eu estou com medo de morrer antes da promeça si cumprir-pq o Senhor mim sentenciou-mim ajudem

Lacerda disse...

Existem promessas que estão reservadas para a eternidade (Hebreus 11.13).