domingo, 27 de julho de 2008

O que C.H. Spurgeon diria hoje? E o que falariam dele?




O pregador inglês Charles Haddon Spurgeon nasceu em 19 de junho de 1834 e começou a pregar em 1850. Ele, que tem sido considerado o príncipe dos pregadores, pregou o evangelho de Cristo e combateu heresias e modismos de seu tempo até 1892, quando partiu para a eternidade. As citações abaixo deixam-nos com a impressão de que ele se referia aos trabalhosos dias em que vivemos...

"A apatia está em toda parte. Ninguém se preocupa em verificar se o que está sendo pregado é verdadeiro ou falso. Um sermão é um sermão, não importa o assunto; só que, quanto mais curto, melhor" ("Preface", The Sword and the Trowel [1888, volume completo], p.iii). Meu Deus, se naquela época as coisas já estavam assim, o que Spurgeon diria hoje?!

"Haveria Jesus de ascender ao trono por meio da cruz, enquanto nós esperamos ser conduzidos para lá nos ombros das multidões, em meio a aplausos? (...) se você não estiver disposto a carregar a cruz de Cristo, volte à sua fazenda ou ao seu negócio e tire deles o máximo que puder, mas permita-me sussurrar em seus ouvidos: 'Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?'" ("Holding Fast the Faith", The Metropolitan Tabernacle Pulpit, vol.34 [Londes, Passmore and Alabaster, 1888], p.78). Este sermão foi pregado em 5 de fevereiro de 1888, quando Spurgeon estava sendo censurado por defender o evangelho. O que ele falaria hoje das pregações antropocêntricas?

"Estão as igrejas vivenciando uma condição saudável ao terem apenas uma reunião de oração por semana e serem poucos que a freqüentam?" ("Another Word Concerning the Down-Grade", The Sword and the Trowel [agosto, 1887], pp.397,398). Infelizmente, o chamado "louvorzão" tem substituído o período de oração, em nossos cultos. Spurgeon ainda fala!

"O fato é que muitos gostariam de unir igreja e palco, baralho e oração, danças e ordenanças. Se nos encontramos incapazes de frear essa enxurrada, pordemos, ao menos, prevenir os homens quanto à sua existência e suplicar que fujam dela. Quando a antiga fé desaparece e o entusiasmo pelo evangelho é extinto, não é surpresa que as pessoas busquem outras coisas que lhe tragam satisfação. Na falta de pão, se alimentam de cinzas; rejeitando o caminho do Senhor, seguem avidamente pelo caminho da tolice" ("Another Word Concerning the Down-Grade", The Sword and the Trowel [agosto, 1887], p.398). Spurgeon disse isso em 1887 mesmo?!

"Não há dúvidas de que todo tipo de entretenimento, que manifesta grande semelhança com peças teatrais, tem sido permitido em lugares de culto, e está, no momento, em alta estima. Podem essas coisas promover a santidade ou nos ajudar na comunhão com Deus? Poderiam os homens, ao se retirarem de tais eventos, implorar a Deus em favor da salvação dos pecadores e da santificação dos crentes?" ("Restoration of Truth and Revival", The Sword and the Trowel [dezembro, 1887], p.606). Hoje, os seguidores da "nova onda" revoltam-se contra os que defendem o evangelho de Cristo. Mas o que diriam eles de Spurgeon?

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi

14 comentários:

Bruno Oliveira da Silva disse...

Pr Ciro estou mais uma vez maravilhado em entrar em seu blog. Isso nos encoraja a pregar palavra, toda a palavra, somente a palavra... Deus continue abençoando seu ministério.

Paz em Cristo,

Bruno O. da Silva

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor

Hoje está dificil, porquê se tentamos com a Palavra de Deus, argumentar para a não abertura da igreja ao mundo, somos criticados, e chamados de santarrões, como se o evangelho de Cristo fosse impraticavel, e tudo é pela greça de Deus!! Tudo é sim pela graça de Deus, pela qual precisamos de perdão de nossos pecados, pois não somos perfeitos, mas não devemos nos arrepender de nenhuma forma permitir a perca de santidade acobertada sobre a graça que Deus tem nos dado!! As misericórdias de Deus se renovam, mas seria um tanto injusto ficar sempre testando até onde vamos perder a comunhão com Deus, com diversas inovações inseridas no meio do povo de Deus!! Lembrando que foi aos poucos que a igreja Católica acabou por aderir diversas crenças errôneas e que contradizem a Palavra de Deus no meio de seus cultos!!

Nós temos que oferecer o nosso melhor a Deus!! Mesmo falhos que somos, não devemos "aliviar" a nossa cruz!!

Em tudo Deus seja louvado!!

Anônimo disse...

Fabio (Sorocaba, SP)

A paz do Senhor a todos.

Pastor Ciro, continue nesta difícil obra que é a defesa do evangelho.
Estamos orando para que Deus continue te usando poderosamente nesta dífícil tarefa. Talvez alguém o tenha como um crítico, não se preocupe, são aqueles que estão errado e não tem a humildade de reconhecer o erro e entrarem pelo caminho. Deus o levantou para esta obra.
O Senhor é contigo varão valoroso!
Honra, glória, poder, majestade, domínio pertence a Deus, o Todo poderoso, que era, que é e sempre será. Amém!

Edson Dorna disse...

A paz do Senhor!

Este homem foi é um exmplo para nossa vidas, parece que ele esta nos nossos dias, umas das frasese dele que que li, e vejo que está na sua vida e de muitos que defendem o evangelho é...

" Precisamos de disciplina e treinamento para lidar pessoalmente com aqueles que não conhecem a Jesus. Não há desculpa para nós, devemos nos esforçar nesta tarefa enfadonha até que ela se torne agradável." Charles Spurgeon

E precisamos ter isso em mente, pois temos que ter o mesmo sentimento do nosso irmão Paulo, sentir dores parto até que Cristo seje formados em muitos de nossos irmãos...

Que Deus continue abençoando esse espaço...

Pastor Ciro, o sr ja recebeu os emails com as fotos pelo ccdp@bol.com.br pois o Pr Jonas vai me cobrar... aguardo resposta...

Em Cristo

Edson Dorna
www.santodosantos.blogspot.com

Vanessa (21 anos) disse...

A Paz do Senhor, pastor!

Muito me alegra saber que ainda existem pessoas como o senhor, que não têm medo de dizer a verdade e de pregar a genunína Palavra de Deus, sem fazer questão de agradar a ninguém, a não ser a Deus!

Às vezes, eu vejo os modismos (e até mesmo heresias) se infiltrando na Igreja e, como a GRANDE maioria vai atrás dessa onda, eu fico me perguntando: "será que a errada sou eu?"
Graças a Deus que existem pessoas como o Senhor, que zelam pela sã doutrina!

Certas coisas nos deixam até mesmo indignados, quando vemos verdadeiros charlatães brincando com a fé do povo e enganando os mais simples. Dá vontade de gritar aos quatro cantos do mundo que tudo isso é bobagem, mas infelizmente eu não tenho voz.

Pastor, continue sendo como a minha voz, onde minha voz não alcança, através de suas publicações e deste blog.

Que Deus continue te abençoando, te dando sabedoria, graça, e te usando pra abrir os olhos de muitos cegos!

A Paz do Senhor!

Vanessa (membro da Assembléia de Deus - min. Brás)

Paulo Cézar de Lima disse...

Que Deus possa levantar muitos Spurgeon, que venham a falar a verdade, porque o que precisamos hoje é da verdade... eu ainda acredito que Deus vai levantar muitos Spurgeons como também muitos Martinho Lutero que vão lutar por uma igreja séria.

Pastor Ciro....
quando puder faça uma visita www.cantinhodopc.blogspot.com

estou esperando um comentário seu... aceito até crítica e opinião (risos)

Dá instrução ao sábio e ele se fará mais sábio (Proverbios 9:9)

Paulo Cézar
AD Itararé

Pr. Newton disse...

Pr. Ciro,

A misericórdia de Deus é tão fantástica, que no meio da enxurrada de divertidos personagens, que ocuparam os púlpitos, transformando-os em palcos, com verdadeiros shows repletos de fumaças sensibilizadoras, com suas luzes estroboscopicas, surgem homens de Deus, que não aceitam esta brincadeirinha de santinhos.

Homens dispostos, a enfrentar a hipocrisia, mas, com a necessidade de prestigiar o que é verdadeiro segundo a Palavra de Deus, e não se envolver com o que há de destruidor de vidas em locais chamados de igreja, com enganadores e violentadores de vidas.

A Igreja do Senhor - a verdadeira Igreja - não se deixa contaminar com estes assaltantes de púlpito, que não se satisfazem com o título de pastor, e uma vida condizente com a volta de Jesus.

Estes se auto-elegem, para o seu próprio ego, e ndistiguir a ecessitam títulos inusitados de Apóstolos, como se isto o conferissem um poder maior, que nunca terão, e sim, somente o sucesso e poder temporal.

É de grande alegria, verificar em seu blog, o quanto de crentes verdadeiros, são alimentados com suas palavras de ensino e desprovidas de qualquer sentimento ou necessidade em querer alcançar prestígio. E, sim, assumir a responsabilidade, também, em suas mãos, nestes dias do final dos tempos.

Deus seja contigo,
Pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Anônimo disse...

Pr.Ciro!

Com certeza, os seguidores da "nova onda" chamariam Spurgeon de herege, atrasado, fanático e muito mais... Tudo ou todos que que falam a verdade, alertando contra seitas, heresias e modismos, são vistos por alguns, com maus olhos...É a inversão de tudo em evidência nos dias atuais... Se naquela época a atitude de certos cristãos e igrejas preocupava, imagina agora...

Mas acho que se Spurgeon vivesse nos nossos dias, ele não se anularia, não se calaria, pelo contrário, continuaria com o mesmo discurso, nos alertando contra tudo que se opõe à Palavra de Deus. Que surjam mais crentes, fiéis a Deus, como ele... Em Cristo, Quédia.

Estelio disse...

Amado Pr Ciro,
Homens de Deus compromissados com a palavra como Spurgeon, Jonathan Edwards são poucos. Sem lisongia, quero inclui-lo (o senhor) nesta lista.
Perseguições virão - como fizeram a Ezequiel e Jeremias;
Ameaças virão - da parte dos fãs e tietes dos pregadores famosos; e
O seu socorro virá do Senhor...ALELUIA.

alfredo disse...

Rapaz o que e isso que eu li agora profundo. e esse pastor disse isso a tanto tempo atras hummm isso e revelacao rsrsrsrsr vou da umas estudadas sobre o miniterio desse pastor. graca e paz pastor to sempre acomponhado seu blog pq creio e sei q a verdade ta sendo passada

Alfredo L Cristino

DD disse...

Por isso a consideração de Príncipe dos Pregadores, era homem que sabia o que falava.

DD disse...

Por isso a consideração de Príncipe dos Pregadores, era homem que sabia o que falava.

DD disse...

Por isso a consideração de Príncipe dos Pregadores, era homem que sabia o que falava.

DD disse...

Por isso a consideração de Príncipe dos Pregadores, era homem que sabia o que falava.