domingo, 23 de setembro de 2007

Bênção ou maldição de Toronto?


Graças a Deus, não estamos sozinhos nesse nosso combate contra heresias e modismos da atualidade! O jornal Mensageiro da Paz (órgão oficial das Assembléias de Deus no Brasil), cujo fundador é o apóstolo Gunnar Vingren, apresenta neste mês uma matéria de duas páginas sobre a carta do pastor Paul Gowdy (ex-líder da Igreja do Aeroporto de Toronto) sobre as aberrações que chamam de manifestações do Espírito, a qual já foi publicada neste blog. Eis um trecho da matéria do Mensageiro da Paz número 1.468:

"O pastor canadense Paul Gowdy, um dos antigos líderes da Toronto Airport Christian Fellowship (Comunhão Cristã do Aeroporto de Toronto), mais conhecida como "Igreja do Aeroporto", que disseminou alguns dos mais populares modismos perniciosos que infestaram o meio evangélico nos últimos anos, como "dente de ouro", "unção do cai-cai", "unção do riso", etc., denunciou recentemente e arrependido a farsa dessas heresias e o que realmente aconteceu por trás da promoção desse falso avivamento. Inicialmente, a denúncia foi publicada só para um pequeno círculo de evangélicos, mas aos poucos começou a ser divulgada em grande escala nos EUA, especialmente a partir de fevereiro. Blogs e sites foram os grandes popularizadores do texto."

Ciro Sanches Zibordi

22 comentários:

Ismael de Vasconcelos Ferreira disse...

Graças a Deus!

Já ia perguntar porque não abordar esses assuntos no MP.

Recentemente, depois de um editorial escrito pelo Pr. José Wellington no MP, houve uma discussão em minha Igreja com relação às palmas. Infelizmente os irmãos tomaram o esclarecimento do Pastor somente por um lado (o das palmas), não olhando para o outro (corinhos ditos "quentes"). Mas isso é o reflexo do que vem acontecendo também com a Bíblia.

Vou aguardar agora quais serão os comentários com relação a este artigo. Ou será que vão dizer que o MP está indo contra a Bíblia?

Um abraço Pastor

Ismael

Vitor Hugo da SIlva disse...

Pastor Ciro, a paz do Senhor Jesus!

Realmente é um absurdo tudo o que surgiu desta referida igreja. Porém, tenha uma dúvida a respeito de algumas manifestações em nosso meio, como o caso dos dente de ouro. Estas manifestações de dentes ou obiturações de ouro podem ou não ser genuínas? Será que Deus não faria isto?

Deus lhe abençoe grandemente!
Vitor Hugo.

Elian Soares disse...

Glória a DEUS por isso!

Enfim um orgão oficial da Assembléia de Deus se manifestou a respeito!

Ainda assim, os "defensores dos show-mans" irão se colocar em defesa dos tais.

Deus continue te abençoando, pastor Ciro q já há muito vem advertindo-nos, através deste importante diário virtual!

Teo Jornalista disse...

Pastor Ciro,

Numa comunidade do Orkut um determinado irmão tava questionando se as suas pregações contra o cai-cai e cia limitada não estariam em contradição com as experiências relatadas pelo pioneiro Gunnar Vingren, que fala de 'rir pelo poder' e coisas do tipo.

1. O que o sr tem a dizer sobre isso?

2. Qual a base bíblica para tal manifestação?

Na comunidade em questão (Cristão Pentecostal Decente), tentei dar uma explicação plausível (ao irmão que atende pelo nome de Hugo), mas não consegui muito por não ter lido ainda os relatos dos pioneiros.

Aguardo resposta.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Teo,

A paz do Senhor.

Eu soube do tal debate. Peço-lhe perdão, mas a minha melhor resposta é a seguinte. Leia com calma esta série de 1 a 5, bem como a série "Carta aos maldizentes de plantão", de 1 a 3. Creio que, assim, o irmão entenderá qual é o meu posicionamento a respeito e, sobretudo, o que a Bíblia diz a respeito. Ah, sim, leia também o artigo "Isso que é culto no monte!", pois ele também trata do mesmo assunto.

Em Cristo,

CSZ

Leandro Barbosa disse...

graças a Deus, que tem os que conservam o verdadeiro culto cristão com salmos, hinos e doutrina que gera em nossas vidas o verdadeiro avivamento, venho observado os crentes do ''cai-cai'' e são na verdade irmãos que não gostam de culto de doutrina e escola dominical !!!

Leandro Barbosa disse...

cai-cai foi muito engrassado...

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Victor Hugo,

Para aprofundamento nesse assunto, sugiro que o irmão leia o livro "Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria". O irmão tem este livro, não é? Não o irmão que ganhou-o por acertar uma pergunta neste blog?

Mas adianto que todos os sinais e maravilhas devem acontecer para a glória de Deus, e não para a glória de milagreiros. E mais importante que sinais é dizer a verdade, como fez João Batista (Jo 10.41).

O fenômeno dos dentes de ouro e do ouro nos dentes, conquanto miraculoso e realizado no meio do povo de Deus, não encontra apoio nas Sagradas Escrituras, que são a nossa regra de fé, de prática e de viver. Mas, para entender melhor isso, é bom que o irmão confira os capítulos 1 e 9 do citado livro.

Em Cristo,

CSZ

wendelberg disse...

Quanto aos dentes de ouro, uma vez fui a uma "cruzada de milagres" e achei estranha a liturgia do culto. Pra encurtar, relato duas coisas que estranhei:
1. o pregador soltou umas poucas "farpas" contra o pastor presidente da AD da Cidade, que não concorda (eu suponho) com as manifestações ocorridas nos cultos ministrados por esse pregador (e são da mesma convenção)
2. Passei mais tempo olhando pra boca da minha esposa (procurando os dentes, é claro!, pois nóis tava na pindaíba) do que orando pra Deus operar.
Ainda sou muito "verde" pra julgar essas coisas, por isso, por enquanto, só observo e oro.
Fica na paz.

Elizabete disse...

Não é só no Brasil que existe picareta.
ótimo saber que esse homem da matéria surtou e se arrependeu antes de partir para a eternidade.
Não é?

Gutierres Siqueira, 18 anos disse...

Graças ao Bom Deus, o MP, orgão oficial das Assembléias de Deus no Brasil, manifestará mais uma vez a falácia da bênção de Toronto. Mas, infelizmente, muito dos nossos líderes sequer leem esse maravilhoso periódico!
Agora, gostaria que a nossa CGADB, tomasse posições enérgicas contra líderes heréticos no meio assembleiano, assim como fez com o "último avivamento mundial" de Olriel de Jesus. Aquela decisão da nossa convenção, foi um atitude madura e sábia.
Que Deus continue abençoando o material ortodoxo de nossa eitora e a nossa convenção.

Um abraço!
Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro Pastor Ciro!
A Paz do Senhor!
Não foi possível minha ida à Casa Verde no sábado. Precisei cumprir uma agenda emergencial do nosso Presidente.
Quanto ao post, creio que a editoria do Jornal MP está acompanhando seu Blog e os comentários.
Glória a Deus!
Quanto as dúvidas do amigo Vítor Hugo e do Wendelberg, compreendo perfeitamente, no entanto, não podemos piorar o que já está por demais polemizado.
Se entrarem em contato comigo pelo e-mail: carsavis@superig.com.br, acredito que poderei compartilhar algumas informações que ajudarão em uma melhor compreensão.

Elian Soares disse...

Adquiri o Jornal "O MENSAGEIRO DA PAZ" e pude levá-lo para a Escola Bíblica Dominical.

Mostrei aos alunos essas informações, mas percebi que, por outro lado, despertou a ira de alguns que insistem em acreditar nos show-mans, no entanto, muitos outros foram esclarecidos e recebeu com satisfação.

O importante é defender a fé q um dia nos foi dada!

Deus continue abençoando o pastor e registro aqui votos de uma boa semana na paz do Senhor.

Um abraço,

Elian

****

michele disse...

Assisti uma matéria sobre essa igreja uma vez no fantástico, e qdo soube que era "EVANGÉLICA" fiquei escandalizada!

Infelismente, esse modernismo todo, esta afetando a igreja de Cristo, pois vira e mexe, vemos Pastores importando esses dons do espirito com "e" minúsculo, em nossas igrejas!!!

E o resultado disso tudo é o afastamento do verdadeiro Espirito Santo em nossas vidas!!!!


>>> SINAL VERMELHO PARA ESSES PASTORES <<<

Anônimo disse...

pr.ciro na ass-de-Deus da minha cidade, existe um ev.com apoio do pr. presidente, atè da convençao ele està reunindo multidoes.leva uma fita mètrica p/medir a barriga dos obesos depois ora p/a gordura desaparecer,ministra dentes de ouro,unçao do cai-cai,sono de Adao etc.sou pb. e assembleiano.no entanto nao entendo, se a CGADB se posiciona contra o modismo porque tudo isso acontece na ass-de-DEUS.eu participei de uma reuniao, mas quando vi ele dizer que iria passar p/corredor e a sombra dele como a do apostolo iria curar eu nao resisti e fui embora, nem que me empurre guèla-abaixo eu nao engulo. de uma olhada no site dele depois diga se ele mereceou nao cartao vermelho? adimiro muito blog, DEUS continue te abençoando.o site è www.pclovispereira.com

Anônimo disse...

Graças a Deus,descobri este espaço para debater sobre esta farça que tem destruído muitas igrejas, sou pastor assembléiano filiado a CGADB, mas fui desligado da minha igreja porque conbati com veemencia o fenômeno do dente de ouro, o milagre do dinheiro na conta e o emagrecimento estantâneo, promovido por um pastor,tambem assembleiano da CGADB. Este fato aconteceu em Abril de 2007 e até hoje sou tido como herege, por não acreditar em milagres. Que Deus possa abençoar o Irmão, por discutir este assunto.

Sil Pedra disse...

Graça e paz Pastor....

Graças a Deus por eu ter encontrado o senhor na web, eu precisava muito encontrar alguém esclarecido na palavra de Deus para ter um papo maduro sobre a chamada unção do riso. Sempre repudiei essas práticas neopentecostais e corro de culto re-pre-pre demais. Não me alio ao cessacionismo mas também não desprezo I Co 14.
Mas leia só o que me aconteceu:

Há aproximadamente um mês, veio à minha igreja um pastor americano chamado David Morgan, acompanhado de uma equipe de 4 quatro pessoas. Quando meu pastor o chamou ao altar, olhei para o pastor convidado e pela primeira vez na minha vida, senti a presença de Deus dentro de mim de forma inconfundível, simplesmente por o.l.h.a.r para alguém...senti comunhão com aquele homem e no meu coração cri q era um homem de Deus. E realmente, a msg foi muito boa, bíblica e sem lero-lero.
.
Ao final da pregação, ele e sua equipe orariam pelas pessoas que quisessem ir a frente. Apesar de não ter esse hábito, lá fui eu, pq Deus falou cmg demais durante a pregação. Uma jovem senhora da equipe, com uma presença muito agradável, veio orar por mim e pedi pra que rogasse a Deus que me desse o fruto do Espírito Santo.

Ela impôs as mãos sobre mim, fez uma oração e de repente começou a “ministrar” alegria e paz sobre a minha vida, repetindo isso muitas vezes e com muita intrepidez, além de soprar em mim (pois é hehe) jamais pensei q deixaria alguém fazer isso...de repente comecei a tremer e minha perna ficou bamba...cambaleei, quase cai, mas me mantive de pé, deixei ela continuar orando e quando dei por mim eu estava na chom!!!

Fiquei completamente impotente, frágil, incapaz de me levantar, mas estava consciente de tudo. Ali deitada revivi a tristeza que só Deus sabia que estava dominando a minha alma e eu chorava como quem sentia dor, aquele dia eu conheci o que é dor da alma...

Ela continuava a orar por alegria e de repente pastor, comecei a sentir uma onda de prazer me invadindo,de forma quase q palpável, e foi como se a minha alma estivesse sendo abraçada, acariciada, o q gerou um bem estar em mim tão, tão, mas tão intenso, do qual eu nunca, mas nunca mesmo havia experimentado em minha vida, que comecei a sorrir. Era como se eu estivesse tomando um banho e tirando uma imundície de mim, um prazer extraordinário, algo vivo se movia dentro de mim, mas era delicioso, era a presença de Deus, e eu sofro só de imaginar que alguém poderá me provar q espíritos maus podem simular a presença de Deus. É lindo, é interno, é intenso demais pra vir das trevas pastor..parecia que eu tava no céu.

Eu recebi uma verdadeira descarga de dopamina pastor, nunca usei droga, mas d.u.v.i.d.o que algum alucinógeno seja capaz de produzir tamanho encanto.Eu sorria pq me parecia que o Espírito Santo me abraçava pastor, me senti amada, feliz, querida por Deus, me senti a amada do livro de Cantares. Não é algo semelhante a “sentir cócegas” não é nada disso... cócegas é ruim, e a risada que eu dava não era gratuita, tola, sem sentido, era algo motivado pela maior alegria que já senti na vida, a alegria da presença de Deus dentro de mim...


Bom, e daí?
Mais uma ovelhinha do Benny Hinn?
De jeito nenhum, pra falar a verdade, eu sinto medo quando olho pro cabelo dele...
Confesso que aquele foi o dia mais esdrúxulo que me lembro de ter vivido. Sou uma crente bereana, meu pastor é homem inteligente, amante da palavra de Deus, dá lugar de honra a pregação da palavra , não chama cantor de levita, hehe, naum adotou g12, não pendurou bandeira de Israel na igreja, enfim, está na contramão dessa renovação batista que está acontecendo por aí afora...Ele é filho do pastor Sampaio da Batista Central que é uma denominação muito séria. E até ele caiu (!!!!!!!!)

Tenho meditado sobre tudo isso nesses dias e fiquei pensando se essa unção do riso não pode ser algo similar ao dom de línguas, no qual muitos “crentes” imaturos fazem mal uso do dom, ou mesmo falsos crentes e demônios simulam línguas estranhas, trazendo confusão pra casa de Deus e lógico, estranhamento e repudio àqueles que não crêem em tal dom. Vendo certas coisas em nossas igrejas carismáticas, pentecostais, eu consigo até entender os cessacionistas.

Sei que é complicado basear a fé em experiência, pra mim tb a Bíblia Sagrada é regra de fé, no entanto pastor, é impossível negar a própria experiência e tentar prosseguir como se aquilo não tivesse acontecido. Me senti como um calvinista ortodoxo que no meio da oração de concordância começa a falar em línguas..ja pensou q legal heheeh...

Sabe pastor, eu sempre amei o estudo, não desperdicei as oportunidades de estudar, faço psicologia na ufmg, tenho boas influencias teológicas, estudo a palavra de Deus, família convertida, criada no evangelho há 25 anos, sempre presente na EBD, estudo as revistas, leio ótima literatura cristã, como Spurgeon, Baxter, Owen, Piper, (Supremacia de Cristo a cpad lançou!! Parabéns pra cpad) Lloyd jones, Moody, além da coleção do Myer pearlman, Phillip yancei e tb do David Wilkerson ...graças a Deus tive ótimas influências que me ensinaram a ler coisas boas, mas acima de tudo, amo muito a Palavra e a tenho como melhor amiga e conselheira.

Pastor, sei que sou vaso de barro e tudo q tenho venho de Deus, só estou contando essas coisas a meu respeito pra que o senhor entenda pq essa experiência me intrigou tanto e trouxe um turbilhão de questionamentos à minha mente...chego a pensar: cruzes, será q o diabo fez aquilo? Mas o diabo conseguiria me causar bem estar? Abraçar minha alma? Se a resposta for sim, eu devo estar em comunhão com ele, aaa nãooo, a não messsmo, to fora, eu quero é Deus, ai pastor, vou confessar...to com medo...me ajuda?


Como diria o pregador Zé chavão,
Esse blog “nasceu no coração de Deus”
pois tem me feito muito bem hehehe

Dá o perdão aí se fui prolixa ok, eu precisava explicar tudinho inho inho ...
Prazer, pastor...
Sil Pedra

Sil Pedra disse...

Graça e paz pastor...

Sou a Silvania que te escreveu pedindo que retirasse um comentário meu do blog.
Só hoje acessei a net desde que mandei o e mail.
Meu comentário é o último do post "Benção ou maldição de Toronto"
Na verdade eu queria ter enviado por email, mas por não ter procurado direito não o encontrei no blog... No afã de compartilhar minha experiência e saber a opinião do senhor, que julgo valiosa, deixei de lado a busca e enviei publicamente meu relato....

Mas está tudo bem..o senhor tem todo o direito de responder somente o q achar relevante...copiei meu texto e guardei. Ou Deus me mostrará alguém que pense diferente do senhor, a respeito da relevância do que perguntei, ou quem sabe o próprio Espírito Santo é quem vai me ensinar por meio da inerrante Bíblia...

Julgue como quiser pastor, mas se usei meu tempo escrevendo meu comentário, que foi praticamente um desabafo, foi pq acreditei q mesmo sendo o interesse específico de uma ovelha apenas, despertaria o coração discipulador de um pastor...ainda mais tendo lido respostas até mesmo à ofensas...maaaas...nem todo mundo faz o mesmo julgamento sobre o que tem ou não valor...
;D

Foi um prazer ver Spurgeon aqui...amo muito esse homem de Deus, mas muito mesmo!!

Obrigada aíii
Na paz....
sil Pedra

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada irmã Sil Pedra,

A paz do Senhor!

Uma das razões para eu não responder de imediato a alguns comentários é a falta de concisão. Eu até os leio, mas, em meio a tantos afazeres, fica difícil dar uma resposta de imediato. Inclusive, acabei de criar um blog exclusivo para respostas de perguntas que me chegam por e-mail, pois assim posso fazer uma seleçao: http://pastorciroresponde.blogspot.com

Agradeço-lhe pelas palavas de incentivo.

A irmã mencionou que pediu o fruto do Espírito, mas este não é recebido assim, em uma oração. Todos os servos de Deus, o possuem (Gl 5.22), e ele precisa amadurecer a cada dia. A conversão é um processo, embora já tenhamos a certeza da vida eterna. É como se estivéssemos subindo uma escada que não tem o último degrau (Pv 4.18,19; Hb 6.9; Jr 33.3).

Não vejo problemas em alguém sentir a presença de Deus, a ponto de não suportar ficar em pé. Isso aconteceu até com João, se bem que o ocorrido em Patmos se deu em meio a um arrebatamento em espírito e na presença real do Senhor Jesus (Ap 1).

O Senhor Jesus não derruba ninguém à moda Benny Hinn, com sopros e golpes de paletó. Se alguém cai é por fraqueza espiritual, auto-sugestão, técnicas outras e, alguns casos, por ação do mal mesmo (1 Tm 4.1-3; Dt 13.1-4).

Não estou contra a sua experiência e o seu sentimento, mas não vejo apoio na Palavra de Deus para o que chamam de "cair no Espírito" e "unção do riso". Prefiro acreditar que a irmã sentiu-se transbordante de alegria, o que é uma realidade na presença de Deus (Sl 16.11).

Lembre-se de que a Palavra de Deus está acima de quaisquer experiências. O próprio apóstolo Paulo, que esteve no Terceiro Céu (!) e ouviu palavras inefáveis de que ao homem não é lícito falar (2 Co 12.1ss), tinha como fonte primacial de autoridade as Escrituras (1 Co 4.6; 15.1-4; Gl 1.6-12).

O nosso modelo de culto está em 1 Coríntios 14. No culto coletivo a Deus deve haver louvor, exposição da sã doutrina, manifestação do Espírito, mas tudo com ordem e decência. E essas inovações, como "quedas de poder", "unção do riso", "unção do leão", "unção da lagartixa", "unção dos quatro seres", "unção da loucura", etc., nada têm que ver com o culto genuinamente pentecostal.

Que Deus abençoe a sua vida!

CSZ

Netto disse...

Há muito tempo que eu procurava uma matéria interessante sobre o assunto. Parabéns, pastor.
Sou da AD desde que nasci e, graças à Deus, aprendi com meu pai a não crer nesse tipo de movimento. A AD é uma igreja sadia e esses movimentos deixam a igreja doente.

Anônimo disse...

É extremamente lamentável ver líderes desprezando a pregação genuinamente cristocêntrica para promoverem "shows" em cima do púlpito, servindo alimento podre ao rebanho do Senhor. Na pequena congração em que congrego, de certa forma, tenho enfrentado algumas "represálias" por me opor ao cai-cai, unção do riso, unção do leão (e outras mais), reteté, enfim. Parte-me o coração ver as irmãs requebrando como devassas, depois caindo pelo chão e os obreiros tendo que correr rapidamente com o paletó para cobrir suas pernas e outras coisas. O muito que meu dirigente faz é dizer "Não segure, deixe cair; se for do Senhor ninguém se machucará, mas se se machucar é porque não era de Deus". Isso é lamentável. Pastor de cajado mole!

Michael Maggione disse...

Pastor Ciro;
Gostaria de cumprimentá-lo com a paz do Senhor Jesus, paz esta que, nos impulsiona a viver num mund tão vil. Queria apenas pedir para que o senhor passe no meu blog, acabei de criar e ficaria imensamente grato se desse uma olhada nele e me ajudasse a divulgá-lo. Unamos,pois, a nossa fé e com grande impeto, batalhemos em favor da causa de Cristo.
www.vencendo-emcristo.blogspot.com.
Michael Maggione