quarta-feira, 11 de julho de 2007

Compor para Satanás?


Numa recente entrevista, certa vocalista (amada e, em alguns casos, idolatrada por boa parte da juventude evangélica) falou sobre um megashow (realizado em 07/07/07, na praça da Apoteose, no Rio de Janeiro) e fez uma declaração, referindo-se à canção "Mais que Vencedor" do novo CD, pela qual demonstra o quanto está enganada sobre algumas de suas motivações:

“... em uma madrugada em que eu estava irritada com tantas afrontas de satanás... Eu compuz (sic), pela primeira vez, uma música para ele. Eu fiz questão de falar, zombar e declarar que se ele pensa que eu vou parar, é melhor ele desistir. Maior é o que está em mim”.

Na letra da canção "Mais que Vencedor", são dirigidas palavras diretamente a Satanás:

“Você pensa que vai me fazer tropeçar?", "Você pensa que vai me fazer cair?", "Você não se cansa de me tentar”.

Que edificação uma letra com ofensas ao Diabo pode trazer ao povo de Deus? Se bem que a letra em apreço não é tão ofensiva assim, a menos que os gestos, a “dança profética” e a coreografia o sejam. Mesmo assim, pergunto: É correto compor e cantar um “hino” cuja letra desafia o Adversário? Não devemos apenas exaltar o nome do Senhor, além de cantar as suas misericórdias e os seus juízos?
Essas perguntas serão respondidas agora à luz da Bíblia:
1) A Palavra de Deus diz que temos armas apropriadas para vencer o Diabo (2 Co 10.4,5; Ef 6.10-18), mas não devemos dar lugar a ele (Ef 4.27). É mesmo necessário desafiá-lo ou chamá-lo para a briga? Isso não é uma forma de darmos lugar a ele?
2) Nossa postura, à luz da Palavra de Deus, não é de provocação ao Inimigo, e sim de resistência (1 Pe 5.8,9). Davi não provocou o gigante Golias! Ele apenas reagiu às suas afrontas, na força do Senhor (1 Sm 17.36,45). Devemos marchar, avançar, pregando, orando, fazendo a nossa parte como soldados de Cristo. Quando o mal se levantar, Deus nos dará a vitória, pois as portas do Inferno não prevalecerão contra nós (Mt 16.18).
3) Não precisamos exigir nada do Diabo nem desafiá-lo. A orientação bíblica acerca dele é a seguinte: “Sujeitai-vos pois a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós...” (Tg 4.7,8). Não é melhor nos sujeitarmos a Deus, em vez de dirigirmos ofensas ao príncipe das trevas?
4) Nem o arcanjo Miguel ousou pronunciar palavras contra Satanás, mas disse apenas: “O Senhor te repreenda” (Jd v. 9). Miguel podia ter dito: "Escuta aqui, seu capeta, você é isso e aquilo", mas não o fez. Por que muitos hoje verberam contra Satanás? Este deve zombar de quem faz isso, pois, ao agirem assim, deixam de glorificar o Senhor Jesus.
5) Satanás está caído, mas um dia foi ungido por Deus (cf. Ez 28). Isso significa que quem trata diretamente como ele é o próprio Deus. No futuro, sabemos, o Senhor o esmagará debaixo de nossos pés (Ap 20.1-3,10; Rm 16.20), pois o Inimigo já está julgado (Jo 16.8-11). Mas lembre-se de que Davi não se levantou contra Saul para matá-lo, mesmo sabendo que o então rei de Israel estava desviado. Por quê? Porque Saul havia sido ungido pelo Senhor.
6) Os compositores da atualidade têm se preocupado muito em provocar o Inimigo, em dizer palavras de afronta diretamente a ele. Apesar disso, o Senhor continua a procurar os verdadeiros adoradores, cujo desejo é adorar a Deus em espírito e em verdade (Jo 4.23,24).
7) Letras como a da canção em apreço, desprovida de fundamento bíblico, só servem para confundir as pessoas. Não promovem o evangelho cristocêntrico, haja vista não darem à Pessoa de Cristo a merecida ênfase, ao mesmo tempo que mencionam o Diabo o tempo todo. Eu sei que a intenção da compositora foi boa, porém dirigir-se ao Inimigo no cântico de louvor é um grande desvio da Palavra de Deus.

Respeitosamente,

Ciro Sanches Zibordi

54 comentários:

Daniel disse...

Pr. Ciro, a Paz do Senhor!

Quero te parabenizar por mais essa atitude. O povo de Deus precisa ser alertado sobre fatos estranhos que vêm acontecendo dentro de nossas igrejas.
Quero também dizer-te de que não estás só nesse trabalho, pois tenho certeza de que Deus é contigo!
Sou filho de um pastor de uma AD aqui em SP.
Sou coordenador de jovens em minha igreja local e tenho tido o cuidado de transmitir seus sábios conselhos a todos os jovens que estão sob minha responsabilidade e, graças ao bom Deus, tenho tido êxito.
Gostaria de sugerir de que fosse postado algo sobre as tais "atitudes proféticas", visto que hoje em dia, muito se fala em "data profética", "número profético", "dança profética", "palavra profética", "presente profético" e até mesmo em "reforma profética de casa". Tenho muitas dúvidas sobre isso e gostaria de que me fossem dirimidas.
Quero te lembrar de que certa vez, meu pai, minha esposa e eu tivemos a honra de jantar contigo e com a tua esposa na casa de um irmão aqui em SP e naquela oportunidade, te relatei sobre um certo dia em que tive minhas costas literalmente "impactada" pela Palavra de Deus.
Que Deus continue te usando!
Daniel

Jadson Maués (jadsonmaues@bol.com.br) disse...

A paz do Senhor Pr. Ciro, não sei posso falar isso aqui, mas certa vez ouvi dizer que letras de afronta ao inimigo como mencionado, tem algo haver com "hinos exorcitas"...e isso é uma das característica do movimento g-12...?seria isso...?que Deus lhe abençoe...excelente artigo...

Ciro Sanches Zibordi disse...

Jadson,

De fato, esse tipo de linguagem ofensiva e desafiadora ao reino das trevas é característica do Movimento G12. Trata-se de uma distorção do evangelho de Cristo, pois em parte alguma do Novo Testamento vemos base para isso. Devemos fazer a obra de Deus com ousadia, e, se assim procedermos, o Inimigo se levantará, mas o Senhor nos dá poder para pisar serpentes e escorpiões (Lc 10.19). Isso significa que a Igreja deve avançar, resistindo ao Diabo (1 Pe 5.8,9; Tg 4.7).

Dirigir ao Inimigo palavras ofensivas é uma forma de dar lugar a ele (Ef 4.27). É comum ouvir hoje em dia pessoas dizendo: "Agora eu vou cantar para o Diabo ouvir". Por que não canta para louvar a Deus? Alguns pregadores também dizem: "Eu vou gritar bem alto para os demônios escutarem". Por que não prega para os pecadores ouvirem, para os crentes serem edificados?

Que Deus nos guarde dessas deturpações que depõem contra a Palavra de Deus.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Grande Daniel,

Como eu poderia me esquecer do irmão!

Sua história seria cômica se não tivesse sido trágica a sua experiência...

O importante é que você aprender com todo aquele trauma, não é mesmo?

Anotei a sua dica e, quando Deus me der inspiração e oportunidade, preparei o artigo sobre o assunto.

Um grande abraço! A paz do Senhor para você, Sandra, pastor Toninho e todos!

CSZ

Ana disse...

Teu blog é voltado às comédias?

Se disser que não, é uma piadista incontinente, faz-me rir sem querer.

O que importa as marcas de roupas da Ana Paula? É carnal usar grife? Todos os dias nós pecamos então ao retirar do cabide a troca de roupa.

Ah! Esqueceu de dizer aos preclaros e digníssimos discípulos de vossa senhoria que agora, por sua autoria, existe décimo primeiro mandamento: Não usarás a marca Prada.

Ana (rindo muito)

Ciro Sanches Zibordi disse...

Ana,

Que bom que você está rindo! Por um instante pensei que você era incapaz de fazer isso, haja vista os seus "elogiosos" e impublicáveis comentários...

Agradeço-lhe por mais esta sua "respeitosa" participação... Em razão de algumas "crianças" estarem na sala, não pude publicar todos os seus "elogiosos" comentários...

Meu blog, por graça de Deus, é voltado para a verdade, com toques de humor e ironia. Afinal, até Elias e Paulo valeram-se desses recursos. Ou você nunca leu 1 Reis 18 e 2 Coríntios 11?

Sim, meu blog é voltado para esclarecer o povo de Deus, e o seu? Tive a curiosidade de visitá-lo...

De qualquer forma, fiquei feliz por você ter admitido que a fiz rir... Afinal, fazer determinadas pessoas rirem não é muito fácil...

Bem, no meu artigo em não critiquei a roupa do pessoal que vai participar do megashow. Apenas fiz um comentário sem emitir opinião. Apesar disso, se você quiser saber a minha opinião sobre esses megashows "evangélicos" e sua parafernália, há vários artigos neste blog que podem fazê-la refletir um pouco melhor...

Não tenho discípulos. Tenho leitores, e o meu compromisso é instigá-los a, nesses últimos dias, se voltarem para Palavra, não dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios (1 Tm 4.1).

Ah, e não se esqueça de que "O Diabo veste Prada".

CSZ

Anônimo disse...

Pr. Ciro

No site do tal grupo, encontrei o seguinte questionamento:

"UM CULTO COM A MINHA CARA!
As pessoas evoluem, consequentemente o mundo evolui assim como as formas de manifestação cultural, religiosa, etc.. Baseando-se nisso o Lagoinha.com quer saber: Você acha que os cultos para jovens devem ser "estilizados", ou "modernizados" para atrair a juventude para as igrejas? Qual a sua opinião sobre os cultos para jovens atualmente?"

A coisa está fervendo por lá!

Conservador

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Conservador,

Recomendo às pessoas que estão participando da eleição do "culto com a sua cara" que leiam 1 Coríntios 14.26. E espero, sinceramente, que elas se lembrem de que o culto é PARA DEUS, e não para agradar o ser humano ou atender às suas preferências. Não estou sugerindo que os nossos cultos sejam missas, mas devemos nos submeter ao que a Palavra de Deus prescreve quanto ao culto a Deus.

Agradeço-lhe pela participação.

CSZ

Edmilson Cruz disse...

Prezado Pr Ciro

Acompanho-o em seus artigos a muito tempo pelo MP. E já faz algum tempinho que visito seu blog. Parabenizo-o pela iniciativa.

Bom, quanto aos hinos desse grupo quero dizer que já fui abençoado por muitos hinos deles, mas assim como qualquer um de nós também cometem equívocos. Sabemos deles por que estão na mídia mas é um exemplo claro do que vem ocorrendo nas ADs pelo Brasil afora. De outra maneira, é claro, mas com a mesma essência. Veja, quanto a questão sobre a "visita de Jesus ao inferno" isso é pregado frequentemente em nossos púlpitos, e ás vezes não é nem por obreiros mais indoutos, mas por pastores presidentes. Quanto as atitutes e expressões "espirituais", faltaria espaço aqui pra exemplificar o que já vi em nossas igrejas.
Talvez possam influenciar muitos, mas antes deles muitas coisas já vem ocorrendo dentro das ADs faz tempo. Eu chamaria isso de uma espiritualidade exagerada, porque as vezes os sentimentos são bons, por exemplo, querem ser guiados pelo Espírito Santo mas o que ocorre é de qualquer sentimento que vem ao coração interpretam como sendo a direção divina para aquilo, e acabem não baseando suas ações a luz da Bíblia que é base de nossa fé.

Um abraço em Cristo

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Edmilson,

Agradeço-lhe pela participação.

Considero positivo o seu comentário, mas não quero que pense que as minhas críticas se dirigem a um grupo ou a uma denomimação. Até porque o grupo em questão tem influenciado diretamente várias igrejas.

Não podemos tolerar erros doutrinários valendo-nos do álibi "espiritualidade exagerada". Temos de nos voltar para a verdade, e a tolerância a desvios como esses geram devios maiores ainda, compromentendo a nossa salvação (leia 1 Coríntios 15.1,2).

Não podemos tolerar heresias porque achamos que as igrejas tais e tais, e os pregadores fulano e beltrano, as propagam. Nossa fonte primacial de autoridade deve ser a Palavra de Deus. Ela deixa claro que não houve festa alguma no inferno; que Jesus não tomou chaves do Diabo; que não abriu cadeias no Inferno, etc.

Quanto a outras manifestações que o irmão não mencionou, é provável que muitas delas já tenham sido analisadas aqui neste blog.

Os erros que têm acontecido em nossos dias devem-se à falta de ensino da sã doutrina. Muitos obreiros não valorizam a Escola Dominical, não motivam os crentes a ler a Bíblia, a freqüentar os cultos de ensino. Tudo gira em torno de bênção, culto de milagres, culto de libertação, campanha disse e daquilo, "louvorzão", shows, mau uso dos dons espirituais, manipulação, mecanicismo, falta de seriedade com as coisas de Deus, etc. O evangelho prevalescente hoje é o humanista, da prosperidade, angelocêntrico, e não o CRISTOCÊNTRICO. Tudo hoje gira em tormo de receber, receber, receber...

Reitero, pois, que este blog não está a serviço de uma denominação, em detrimento de outras. O nosso desejo é propagar e defender a verdade do evangelho.

Em Cristo,

CSZ

Ricardo disse...

Caro Pr Ciro,
O senhor tem noção do que está fazendo?
O senhor sabe com quem está "mexendo"?
O senhor conhece pessoalmente algum integrante deste afamado grupo?
O senhor sabe que com suas palavras muitas pessoas que são admiradores "fãs" deste tão conceituado grupo possam fazer uma "propaganda" negativa com relação a sua pessoa?
O senhor sabe que a Pastora citada tem um "poder" de influenciar pessoas através da mídia?

Bem se o senhor sabe de tudo isso, eu agradeço a Deus por sua vida.

Agora com permissão gostaria de citar o nome de um superpregrador dos dias atuais que merece uma análise de sua pessoa, e ele é de nossa igreja.
É um tal de Pr Marco F.....
O que o senhor tem pra falar dele?

Em Cristo

João Ricardo

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro João Ricardo,

A paz do Senhor. Agradeço-lhe pelas perguntas, que passarei a respondê-las agora:

1) Eu sei sim o que escrevo e por que escrevo, pois Deus me levantou, por sua graça, para pregar a sua gloriosa Palavra. Meu compromisso é com Ele, assim como o de Estêvão o era. Naquele caso, os ouvintes taparam os ouvidos para não ouvi-lo, mas Jesus ficou em pé, à direita de Deus, em sinal de aprovação (At 7).

2) Eu não estou "mexendo" com nenhuma pessoa, pois, ao contrário do que muitos pensam, meu objetivo não é ofender ou atacar pessoas. Eu reprovo (porque a Bíblia e Deus também fazem isso), as heresias, os modismos, os desvios do verdadeiro evangelho de Cristo. Tanto que sequer citei diretamente o nome de alguém nesse artigo.

3) Não preciso conhecer ninguém pessoalmente para emitir juízo ou discernimento à luz da Bíblia (cf. 1 Jo 4.1; Mt 7.15). E isso é até melhor. Se eu conhecesse alguém, poderia me se sentir constrangido em condenar os erros que propaga. Por isso, sinto-me à vontade. Mas lembre-se: combato heresias, modismos e práticas injustificáveis à luz da Palavra, e não pessoas.

4) Não tenho medo de ameaças. Ademais, que falem contra mim. Mas o que tenho abordado é de acordo com a Bíblia. Será que os fiéis de algum grupo ou denominação estão dispostos a rasgar a Bíblia ou a falar contra o Deus da Palavra? Quem sou eu ante as grandes verdades da Palavra de Deus? Que me acusem, que zombem, mas é com Deus que eles devem tratar, e não comigo!

5) Minhas análises são à luz da Palavra, e não com base no que penso. Meu último livro já foi rasgado diante de 15 mil pessoas, sabia? Mas ninguém rasga a Bíblia! E, graças a Deus, no Estado em que isso aconteceu, meu livro vendeu ainda mais!

6) Sem fazer comparações, mas Lutero foi perseguido pela Igreja Romana por dizer a verdade... E hoje ficam indignados contra mim porque vejo a necessidade de uma Reforma dentro da Igreja Brasileira!

7) Se eu sei que a "Pastora" citada tem um "poder" de influenciar pessoas através da mídia? Já disse que nada tenho contra nenhuma pessoa. Só condeno os erros, as heresias, os modismos... E sabe de uma coisa? Um erro de nossos dias são os títulos de "pastora", "apóstola", "bispas", etc., que sequer têm o aval da Palavra de Deus. Não sou machista, como alguém poderá pensar, ao ler este comentário, mas não há na Bíblia fundamento para os tais títulos. Haja vista Efésios 4.8-11; Mateus 10; Atos 6; 1 Timóteo; 2 Timóteo; Tito. É preciso analisar tudo à luz da Bíblia, e não de acordo com o que eu ou você pensamos...

8) Tenho feito aqui análises sobre pregações. Não tenho nenhum interesse em analisar a vida de pregadores, salvo exceções. Haja vista Mateus 7.21-23. Minha missão é alertar o povo de Deus.

Deus o abençoe!

CSZ

Ricardo disse...

Caro Pr Ciro

Obrigado pelas respostas
Acho que não me fiz entender
Desculpe se meus questionamentos lhe ofenderam
Mas voltando ao assunto
Sem citar nomes de pessoas, mas as atitudes.

Eu continu insistindo com o senhor.

O que o senhor acha das atitudes, como pregador do citado pastor?
Tendo em vista que ele tem influenciado muitas pessoas com suas mensagens.
Não estou aqui para falar de pessoas em particular, mais sim em atitudes que algumas vêm tomando com relação a doutrina puramente bíblica.
Frases já citadas pelo senhor que também estão sendo ditas por muitos pregadores em nossa nação.

Mais uma vez, me desculpe se não fui muito claro em minhas palavras.
Como o senhor, eu tenho um ardente zelo pela pureza do evangelho

Em Cristo,


João Ricardo

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro João Ricardo,

Louvo a Deus pelo seu zelo e seu interesse pela verdade.

Mas não emito juízo de valor sobre pessoas.

Quanto às heresias que este ou aquele pregador propagam, já tenho analisado neste blog e em meus livros, e ainda continuarei a fazer isso.

Espero não tê-lo decepcionado, mas não quero transformar este blog em um lugar de troca de acusações. Tudo, em minha vida, procuro fazer segundo a direção do Senhor. E minhas mensagens, quer pregadas, quer escritas, têm como motivação a defesa do Evangelho e a manutenção da pureza doutrinária.

Em Cristo,

CSZ

Wellington disse...

Olá Pastor, a Paz!

Acredito que não devemos baixar nossas cabeças para o diabo, não devemos temê-lo.... Pois ele já foi derrotado e está debaixo de nossos pés! E sim afronta-lo... Não é isso que ele faz conosco? Nos afronta e nos intimida diariamente em situações do nosso próprio cotidiano; não podemos nos deixar intimidar e sofrer acusações. Entendo bem a colocação da Ana em relação a esta música; o Ministério Diante do Trono passou por muitas lutas para gravar o CD ali no Rio de Janeiro; eu tenho acompanhado este processo, embora não tenha nenhuma ligação com eles. E realmente vejo a Ana Paula como uma guerreira, uma serva de ousadia, que tem levado a Palavra e conquistado almas para o Reino de Deus. Não considere isto idolatria Pastor... rs...minha intenção não é essa.... “Por que Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas”, mas temos que reconhecer que ele tem sido vaso nas mãos do Senhor. Bom...tenho só 16 anos....sou jovem e não tenho muita experiência como o Senhor, mas gostaria de expressar minha opinião sobre isso....
Acho que devemos sim afrontar e intimidar satanás...não devemos temê-lo...temos que mostrar que somos mais que vencedores... ao contrário dele que é fracassado! Vejo esta atitude como uma demonstração de Fé, Unção e Ousadia! Poucas pessoas têm coragem de fazer isso....de colocar a “cara” a tapa e enfrentarem satanás! O Senhor Jesus o enfrentava com palavras.... por que não fazermos o mesmo? E vemos na própria sociedade que pessoas assim sempre vencem....fazem à diferença!
Cada um tem uma forma de agir sua fé....o mínimo que podemos fazer é respeitar isso. Gosto de pessoas ousadas e que não se deixam intimidar....
Pastor, quero agradecer pela oportunidade e espero que compreenda minha opinião. Afinal, cada um pensa de uma maneira, não é?!
Fique na Paz do Senhor! Abraços

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Wellington,

Também respeito as suas opiniões, mas é uma pena que você não tenha feito nenhuma referência às citações que eu fiz da Bíblia, o que demonstra que você se preocupa muito mais em justificar as atitudes de quem você admira do que pautar a sua vida segundo a Palavra.

O que a Bíblia diz não vale nada para você? Nas Escrituras não há incentivo para afrontar Satanás!

O que isso resolve para você? Por que não louva a Jesus apenas? Lembra-se da tentação de Jesus, narrada em Mateus 4.1-11? Leia esta passagem, por gentileza. Aprenda com Jesus. Veja se ele chamou o Diabo de "capeta", "capiroto", "maldito", etc. O Senhor tão-somente o repreendeu pela Palavra. Nada mais que isso.

Aconselho-o que releia o artigo, calmamente, e analise todas as referências. Se não concordar comigo, com o meu jeito de abordar os assuntos, tudo bem; eu entendo. Mas, pelo amor de Deus, LEIA A BÍBLIA!

Estude a Palavra! Honre a Palavra! Não se deixe manipular por pessoas que consideram a Bíblia uma mera fonte secundária. Usam-ma como uma mera comprovadora de falsos ensinamentos e de suas invencionices, como engatinhar e depois dizer "Leão da Tribo de Judá". Isso é blasfemo!

A questão não é baixar a cabeça para o Diabo. A sua prioridade é sujeitar-se a Deus (Tg 4.7), e não atacar Satanás.

Saiba que o Diabo ainda não está debaixo de nossos pés. Isso só acontecerá no futuro (Rm 16.20; Ap 20.1-3,10). Mais uma vez lhe peço, estou quase implorando de joelhos, caro jovem, FIQUE COM A PALAVRA!

Você fala com a boca cheia sobre o ministério tal e a cantora tal. Por que não defende a Bíblia e as suas verdades da mesma forma? Use a sua força corretamente. Direcione o seu amor, a sua força (que vem de Deus), para as coisas mais prioritárias. Tenha a Bíblia como a sua fonte primária de autoridade, e não o fulano, a beltrana...

Fulana é uma guerreira... Oh, sim! Mas você é um soldado de Criso (2 Tn 4.3,4), ou não? E deve amar sobre todas as coisas o Yaveh Tsebaoth, o SENHOR dos Exércitos. Este, sim, merece toda a sua fidelidade!

Não considerar sua atitude uma idolatria? A Palavra de Deus é clara! Se amarmos uma pessoa ou coisa mais do que a Deus, pode acreditar: isso é idolatria, ainda que não admitamos (Mt 10.37; 1 Tm 6.10; 2 Tm 4.10; 1 Jo 2.15-17).

É TOTALMENTE antibíblico afrontar e supostamente intimidar Satanás com meras palavras de xingamento... Ele, aliás, deve rir dessa atitude. Não devemos temê-lo, isso é verdade. Mas não cabe a nós enfrentá-lo. O que nos compete é fazer a obra de Deus, com ousadia (Mt 16.18; At 4.31; Hb 13.5,6). Não vemos no Novo Testamento os apóstolos dirigindo palavras ofensivas ao Inimigo. Isso é um modismo de nossos dias.

Poucas pessoas têm coragem de xingar Satanás? Você acabou de incluir Jesus, Paulo e grandes homens da Bíblia nessa sua precipitada afirmação...

Jesus enfrentou de fato Satanás, mas não com palavras de zombaria. Ele o enfrentou pela Palavra, dizendo-lhe "Está escrito", e não como alguém faz hoje, dizendo que vai tripudiar em cima da cabeça dele. Isso é inútil. Não é assim que age um servo de Deus.

O mínimo que podemos fazer é respeitar A PALAVRA DE DEUS!

Cada um pensa de uma maneira? Oh, sim. Mas ninguém detém a Verdade. Esta está na Bíblia. Submeta-se a ela, jovem, e você será muito feliz. Caso contrário, prepare-se para as frustrações...

A paz do Senhor!

CSZ

Schneider - ADCuritiba disse...

A Paz do Senhor amados!

"Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade."
2 Coríntios 13:8

É o parecer.

Q Deus vos abençoe.

Wellington disse...

Olá Pastor... A Paz do Senhor Jesus!
Li seu comentário e analisei todas as suas idéias. Confesso que fiquei abalado, e respeito sua opinião como servo de Deus. Bom.... Como disse não apresentei argumentos bíblicos, pois não conheço tão profundamente a Palavra, embora busque a cada dia mais crescer em graça e conhecimento. Concordo e discordo com algumas coisas expostas pelo Senhor, a questão não é a letra da música em si; mas a maneira como a idéia foi exposta. Isso que não me agradou, entende Pastor, a forma como foi colocado. Mas orei sobre isso e o Senhor me orientou. É isso que satanás realmente quer criar conflitos entre os filhos de Deus, por isso, mais uma vez eu digo: Respeito totalmente suas opiniões, embora também tenha as minhas. Quanto à idolatria a Ana Paula Valadão, gostaria de deixar claro que meu coração está em paz quanto a isso. O único que é idolatrado em minha vida é o Senhor Jesus, pois a Ele devo tudo e não a ela. Apenas admiro a Ana por escrever músicas de grande poder espiritual e por ser uma serva de Deus, assim como agradeço ao Senhor pela tua vida, que também acredito que seja um servo do Senhor. É claro que a maioria dos jovens realmente a idolatra; mas eu não estou incluso neste grupo. Os jovens olham o lado externo....a voz dela, o ministério, a fama...mas eu a admiro pelo que está dentro dela. Admiração é totalmente diferente de Idolatria... Mas quem somos nós para julgar tais atitudes? Deixo está missão nas mãos do único que é digno de fazê-lo...o Senhor Jesus, pois nós como homens não podemos julgar. Mais uma vez quero agradecer a oportunidade e dizer que me sinto extremamente feliz em poder expor minha opinião para um homem de Deus!

Fique na Paz do Senhor e que Ele continue abençoando tua vida! A Ele a Glória! Abraços!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Wellington,

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo.

É bom saber que você está refletindo sobre o que conversamos.

Que Deus abençoe a sua vida!

CSZ

Maria disse...

Prezado Pastor,

Tive acesso ao seu blog, hoje, pela 1° vez. Sou nascida e criada no evangelho, meu pai é pastor também, sempre nos esclareceu sobre as coisas de Deus à luz da Palavra. Uma das coisas em que ele mais orienta a igreja é com relação à Escola Dominical, isso é importantíssimo!! É o momento de aprendermos a Palavra de Deus juntamente com a igreja.

Por isso venho comentar este tópico. Realmente muitas coisas têm surgido a fim de conturbar e enganar o coração daquele que está em Deus, mas me questiono, será que esta pessoa (que eu acredito ser serva de Deus), não estava, assim como o senhor, expressando seus pensamentos, num momento até mesmo de desabafo, por várias afrontas recebidas de Satanás? Daí dizer que fez uma música pra ele? Não para colocá-lo em evidência, mas para declarar que por maiores que fossem os desafios e empecilhos, ela não iria desistir de realizar aquilo que o Senhor colocou em seu coração, e aí não falo só de um show, mas de todo um ministério?
A música em referência diz: " Você pensa que vai me fazer tropeçar, você pensa que vai me fazer cair, você não se cansa de me tentar, mas eu não me canso de te resistir, você quer saber quem vai vencer, te digo maior é o que está em mim, bem maior é o que está em mim, eu me cansei sim de você, eu me cansei de acreditar em suas mentiras, não sou, mas seu escravo e agora em mim habita, o Espírito de vida que me faz vencer, em Jesus sou mais que vencedor ...". A compositora em nenhum momento "xinga" ou diz a Satanás que ele é o capeta, ou isso ou aquilo. Apenas diz que em meio a tantas provas ela não vai desistir porque bem maior é Cristo que com ela está. Essa música me faz lembrar uma outra música, bem antiga que diz "Golias tu vens contra nós com espadas e lanças, mas nós vamos contra ti em nome do Senhor ...", apesar de usar uma história bíblica, pra mim essas músicas são iguais. Esta mulher tem escrito várias outras músicas lindas e bíblicas e que tem abençoado muitas vidas.

Temos sim, que ficar atentos a tudo que chega até nós, pedirmos sabedoria ao Espírito Santo para retermos o que é bom, mas não vejo problemas com esta canção.

Esclareça-me por favor!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada irmã Maria,

A paz do Senhor.

Agradeço-lhe pela maneira tão respeitosa com que se dirigiu a mim. Creio que a irmã entendeu que o meu objetivo não é atacar pessoas, e sim combater erros doutrinários e modismos injustificáveis no meio do povo de Deus. Não cabe a mim condenar, mas sim julgar, examinar e emitir parecer à luz da Palavra de Deus (At 17.11; 1 Jo 4.1; Mt 7.15-23; 1 Ts 5.21).

Procurarei agora responder às suas perguntas:

1) "Será que esta pessoa (que eu acredito ser serva de Deus), não estava, assim como o senhor, expressando seus pensamentos, num momento até mesmo de desabafo, por várias afrontas recebidas de Satanás?"

Resposta: Bem, primeiro eu não desabafei, pois num momento de desabafo podemos dizer coisas inapropriadas. Eu falei em sã consciência e à luz da Bíblia que não apóio a prática (que já é um modismo no meio do povo de Deus) de dirigir-se ao Diabo, na pregação, no louvor e na oração. Não cabe a nós "bater boca" com o Adversário, tampouco provocá-lo ou chamá-lo para a briga (leia atentamente Mateus 4.1-11; Jd v.9).

2) "Daí dizer que fez uma música pra ele? Não para colocá-lo em evidência, mas para declarar que por maiores que fossem os desafios e empecilhos, ela não iria desistir de realizar aquilo que o Senhor colocou em seu coração, e aí não falo só de um show, mas de todo um ministério?"

Reposta: Não precisamos provar NADA para o Diabo! A Bíblia é clara: "SUJEITAI-VOS a Deus, e resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós?" (Tg 4.7). Quando o crente se sujeita ao Senhor, o Senhor se encarrega de dar uma resposta ao Inimigo. Não foi isso que aconteceu com Jó? Leia atentamente os capítulos 1 e 2 do livro de Jó. Este servo do Senhor era sincero, reto, temente a Deus e desviava-se do mal, e o Senhor deu testemunho dele a Satanás.

3) "A música em referência diz: 'Você pensa que vai me fazer tropeçar, você pensa que vai me fazer cair...'"

Resposta: Totalmente errado! Não há base bíblica para se compor uma canção, chamada de hino, com dizeres voltados para o Diabo. Não cabe a nós fazer isso. Cabe a nós clamar a Deus (Jr 33.3), buscar ao Senhor (Jr 29.13), em humilhação (2 Cr 7.14; At 4.28-31).

4) "A compositora em nenhum momento 'xinga' ou diz a Satanás que ele é o capeta, ou isso ou aquilo. Apenas diz que em meio a tantas provas ela não vai desistir porque bem maior é Cristo que com ela está".

Resposta: A irmã tem razão. Por isso, eu escrevi: "Que edificação uma letra com ofensas ao Diabo pode trazer ao povo de Deus? (Se bem que a letra em apreço não é tão ofensiva assim, a menos que os gestos, a “dança profética” e a coreografia o sejam.) Mesmo assim, pergunto: É correto compor e cantar um “hino” cuja letra desafia o Adversário? Não devemos apenas exaltar o nome do Senhor, além de cantar as suas misericórdias e os seus juízos?"

Eu reconheci que a letra da canção em si não possui palavras tão ofensivas, mas eu questionei principalmente a postura de voltar-se contra Satanás, até porque ficou claro na entrevista dada pela cantora o seu desejo de "tripudiar" sobre o Inimigo. E a coreografia e as danças, acerca das quais a irmã já deve ter tido conhecimento, são mais eloqüentes do que a própria letra.

5) "Essa música me faz lembrar uma outra música, bem antiga que diz 'Golias tu vens contra nós com espadas...'"

Resposta: O caso de Davi e Golias eu também citei, para dar outra ênfase, mas nesse caso Davi não se dirigiu ao Diabo, e sim a um adversário de guerra, no sentido literal.

6) "Esta mulher tem escrito várias outras músicas lindas e bíblicas e que tem abençoado muitas vidas".

Resposta: Nada tenho contra "esta mulher", minha irmã. Mas acertos anteriores não anula erros atuais (cf. Ap 2.4,5). E eu também reconheço que algumas de suas composições são belas e bíblicas. Outras, porém, conduzem o povo de Deus ao erro. Precisamos saber analisar "frutos" (Mt 7.20), independentemente das pessoas. Não podemos aceitar tudo o que alguém diz só porque tem fama ou porque é respeitada pela maioria. Devemos julgar segundo a reta justiça (Jo 7.24).

7) "Temos sim, que ficar atentos a tudo que chega até nós, pedirmos sabedoria ao Espírito Santo para retermos o que é bom, mas não vejo problemas com esta canção".

Resposta: A Palavra de Deus (e não eu ou a irmã) não apóia o modismo de dirigir palavras ao Inimigo. Por isso, prefiro dizer que os pastores e ensinadores devem ensinar a igreja a louvar a Deus, a dirigir palavras de adoração a Deus, e o Diabo que faça o trabalho dele pra lá (Mt 16.18; Ef 4.27).

Em Cristo,

CSZ

daniela disse...

Caro pastor Ciro:

Respeito sua posição quanto à músicas ou marcas de roupa, levando em consideração a denominação da qual o senhor faz parte, mas não concordo plenamente com tudo o que escreveu, pois acho que todas as formas de adoração são válidas, sejam elas envergonhando o inimigo, agradecendo à Deus por Suas obras ou engrandecendo o nome dEle diretamente.
Eu (particularmente) acho que marcas de roupa ou a forma de adoração não influenciam na relação entre o homem e Deus.

Mudando de assunto, o que o senhor acha da adoração com danças?
Pelo que li nos seus "artigos" ainda não compreendi a sua posição.

Respeitosamente
Daniela

ps:penso que irá achar estranho o meu endereço de e-mail, mas vou deixar claro que tenho apenas 13 anos.

Fique com Deus

Ciro Sanches Zibordi disse...

Jovem Daniela,

A paz do Senhor!

Este é o problema de boa parte da juventude crente deste tempo: "eu acho isso", "eu acho aquilo". Mas é difícil ouvir uma adolescente como você dizer: "A Palavra de Deus diz isso e aquilo". Vocês são manipulados por seus ídolos, ainda que não admitam e até fiquem enfurecidos.

Nada falei, jovem, sobre marcas. Você sequer entendeu o que eu disse e quer debater, dizendo "eu acho". Busque a Deus, menina. Leia a sua Bíblia. Quem sabe haja salvação para você. Não se deixe levar pelos seus cantores-ídolos.

Não estou defendendo nenhuma denominação. Eu amo a Palavra de Deus e permanecerei nela, haja o que houver. É a última hora. Salvar-se-á quem ama a Palavra, e não que "acha isso e aquilo". Acorde!

Não é você nem eu quem deve dizer quais são as formas de adoração aceitas por Deus. Siga a Palavra do Senhor.

Quanto à sua pergunta, se estiver sinceramente interessada, neste mesmo blog há um estudo bíblico sobre o assunto.

A paz do Senhor, jovem.

CSZ

CAROLINA disse...

BOA NOITE...PASTOR COM O DEVIDO RESPEITO QUE TENHO QUE TER COM O SENHOR PELO O FATO DE O MESMO SER UMA AUTORIDADE INSTITUIDA POR DEUS, GOSTARIA DE FAZER UM COMENTARIO, QUEM É O HOMEM PARA JULGAR OUTRO HOMEM, A PALAVRA DE DEUS DIZ QUE ELE É JUSTO E FIEL E QUE ELE ESTÁ ACIMA DE TUDO E DE TODOS E QUE NADA HÁ EM OCULTO QUE ELE NÃO HÁ DE REVELAR, AI EU PERGUNTO QUEM SOMOS NÓS PARA JULGAR???? SE REALMENTE ELES ESTIVESSEM FORA DA DIREÇÃO DO SENHOR, DEUS JÁ NÃO TERIA FEITO ELES CAIREM???? ALÉM DO MAIS A PALAVRA DE DEUS MESMO DIZ QUE ELE NÃO DEIXA OS SEUS ENGANADOS. TEMOS QUE TOMAR CUIDADO COM O QUE FALAMOS OU ESCREVEMOS, POIS A PALAVRA DO MEU DEUS DIZ: AI DAQUELE QUE TOCAR EM UM UNGIDO MEU.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Carolina,

Agradeço-lhe pela maneira respeitosa com que se dirigiu a mim, pois tenho recebido comentários de pessoas que se dizem servas de Deus, mas que comportam-se como fãs, valendo-se de xingamentos, maldições e até ameaças. Vejo que essas pessoas, embora participem de shows pelos quais dizem esmagar Satanás, estão na verdade fazendo a vontade dele.

Quanto ao seu comentário, quero que saiba que respeito a irmã e todos os servos de Deus, de todas as denominações. Contudo, não posso me omitir quanto à verdade. Já escrevi um artigo que responde à sua indagação "QUEM É O HOMEM PARA JULGAR OUTRO HOMEM".

Reitero que o servo de Deus PODE JULGAR, SIM. Temos a mente de Cristo (1 Co 2.16), a unção do Santo (1 Jo 2.20) e a Palavra de Deus (Hb 5.12-14; At 17.11), que afirma CLARAMENTE: "Provai se os espíritos são de Deus" (1 Jo 4.1). Não podemos julgar no sentido de caluniar (Mt 7.1,2). Contudo, podemos e devemos julgar, examinar, discernir (1 Ts 5.21; Mt 7.15-20; Hb 13.9; 2 Pe 2.1,2; At 20.28-30).

A irmã está enganada ao pensar que o crente deve aceitar toda e qualquer manifestação ou ensinamento errado executados por pessoas "ungidas". Saul era ungido e fez um "monte" de coisas erradas. E Deus disse a Samuel: "Até quando terás dó de Saul, tendo eu o rejeitado?" Leia 1 Samuel 16.

A sua pergunta "SE REALMENTE ELES ESTIVESSEM FORA DA DIREÇÃO DO SENHOR, DEUS JÁ NÃO TERIA FEITO ELES CAIREM????" é elementar, com todo o respeito. Por que os muçulmanos não caíram até hoje? E a igreja romanista? E as seitas pseudocristãs? Nada tenho contra o grupo que a irmã defende, repito, e sim contra heresias e modismos. Mas esse seu argumento não respalda os erros praticados.

Quanto à ameaça tácita que muitos os fãs me têm feito, e a irmã acabou também fazendo-a, ao mencionar os "ungidos" são intocáveis, isso só é verdade quando eles andam segundo a Palavra. Oriento a irmã a ficar com a Palavra de Deus, ao invés de se apegar a homens falíveis (1 Pe 1.24,25). Somente as Escrituras são a verdade.

Em Cristo,

CSZ

luis fernando albuquerque disse...

na verdade acho que a maioria das opinios sao contar você!
acho que devemos afrontar o diabo sim para a gloria do nome de Deus nao se esqueça que a musica chama em JESUS sou mais que vencedor!!!!!
e nao e atoa que ja é uma das mais cantadas no Brasil sem ao menos ser lançada!!!!
vejo ai um pouco de inveja!!!!! se isso fosse errado nao seria o maior grupo de louvor do brasil!!!!
e vc ao mer ver sem querer julgar deve estar um pouco com inveja naop seja instrumento nas maos do diabo! de defesa!!!
em jesus sou mais que vencedor!! ou ou ou ouou!!!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Ou, ou, ou, você é demais, Luís Fernando Albuquerque!

Olha, pelo nome, pensei que leria uma argumentação coerente e à luz da Bíblia, mas foi só impressão... Trata-se de mais um fã apaixonado, capaz de xingar, matar, morrer, para que a sua "banda preferida" seja considerada por todos o máximo, a "number one"...

"Acho, acho, acho..." Este é o problema! Essa geração de "sonhadores apaixonados" acha muita coisa, mas não quer saber de se submeter à verdade da Palavra de Deus! Isso mesmo, meu caro.

Se você acha que as opiniões, em sua maioria, são contra mim, parabéns para você! O problema é se essas opiniões que são contra mim forem na verdade contra a Bíblia! Não confie na maioria, meu caro. Jesus perdeu uma multidão de seguidores num só dia... Sabe por quê? Porque disse a verdade (Jo 6.60-69).

Você acha que devemos afrontar o Diabo? Só que ele ri disso! O que o vence é ter uma vida longe do pecado e próxima do Senhor (1 Jo 3.8; Tg 4.7,8). Mas o que vale é o que você acha, não é mesmo? Então, continue achando... Quem segue à Palavra não acha; TEM CERTEZA (Fp 4.13; 1 Jo 5.19).

Lembre-se de que o seu maior inimigo não é o Diabo! Seu maior inimigo é VOCÊ MESMO! A sua carne, sabia? Ou você nunca leu Tiago 1.13,14? Eu ACHO que você tem de ler mais a Bíblia!

Pois é... a geração que acha não pára de cantar a canção tal... Ma-ra-vi-lha! Agora, quantos desses "apaixonados" conhecem os versículos-chave da Palavra de Deus? Vá em frente com o seu "achismo", meu caro... Afinal, quem é fã é fã até morrer... A menos que Cristo ocupe o primeiro lugar em sua vida.

Quanto à inveja, nem vou lhe responder... Basta ler o artigo de hoje, dia 26/7/07. Lá está a resposta.

Oh, o maior grupo de louvor do Brasil! My God! Madonna e suas madonetes que se cuidem! Lembre-se, meu caro, Deus não está preocupado com quantidade, e sim com a VERDADE (Sl 12.1; 101.6; Mt 24.1-12; 2 Co 2.17; Fp 3.18; Mt 7.22,23).

Quanto às suas últimas palavras, sei que elas decorrem do coração de um fã apaixonado, e não de um servo de Deus.

Reflita, rapaz. Ainda há tempo de você se converter e voltar-se para a Palavra de Deus e o Deus da Palavra.

Deus o abençoe!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Aos irmãos que me escreveram ONTEM para dizer energicamente que não concordam comigo, e a alguns até me ofenderam com duras palavras e maldições, dirijo-lhes agora uma palavra.

Agradeço-lhes por dedicarem tempo me escrevendo, mas lamento por não publicar o comentário de vocês, tampouco respondê-los. Isso se dá por algumas razões.

Primeiro, vocês escreveram um "livro", quando, para dizer o que disseram, bastava um parágrafo. Vocês precisam ser mais sucintos, pois eu não tenho o tempo que vocês têm de ficar entrando e saindo do Orkut, passando o dia e a noite no MSN, conferindo vídeos no YouTube... Ontem, eu trabalhei o dia inteiro e preguei à noite...

Segundo, alguns de vocês parece até que não sabem escrever, pois empregam palavras como "Cançaum", "Joaum"... Eu sei que esse "estilo" impera entre os internautas adolescentes, mas não cabe aqui neste espaço, não é? Amadureçam, por favor!

Terceiro, você falam, falam, falam... mas não dizem nada! O que deve prevalecer é a Palavra de Deus! Eu estou citando a Palavra, e com certeza (não tenho nenhuma dúvida), e vocês estão argumentando com palavras ocas, sem nenhuma convicção. Estão fazendo valer as suas preferências pessoais: "Eu acho", "Eu gosto"... Bem, se vocês pensam que podem ignorar trechos da Bíblia, a fim de andarem como bem entendem, vão em frente... mas cuidado com o buraaaaaaaaacooooo...

Quarto, alguns de vocês, que continuam com essa atitude reprovável de fãs, e não de servos de Deus, dizem que esse blog não lhes serve para a edificação. Bem, eu já falei e vou repetir: NÃO ESCREVO PARA AGRADAR PESSOAS. MEU COMPROMISSO É COM DEUS. Se alguém não gostar, não precisa ler. Há tantos e tantos blogs...

Ah, quero que saibam, ainda, que Deus está considerando as palavras de ofensas que dirigem contra mim. Eu oro por vocês, para que se voltem para a Palavra de Deus e deixem essas efemeridades que seguem. Oro para que recebam Jesus, não como Astro, não como Revolucionário, não como o Papai Noel, não como o "Demolidor"... Oro para que recebam a Cristo como SENHOR E SALVADOR.

Que Deus os abençoe.

CSZ

lililorenzzo disse...

Graça e Paz,Pr.Ciro. Perdoe-me o que falarei,pois serei contra o que disse aqui nesta análise,mas creio que a letra da canção que a compositora fez é justamente pra deixar claro ao inimigpo que ele não tem poder sobre quem é ungido e escolhido do Senhor.Não adiante ele tentar abater, desanimar, entristecer,fazer cair,enganar (pois é isso que ele faz melhor, pois é pai da mentira)que quem está com ela é maior! Creio que ela não está desafiando o inimigo,mas deixando claro que todo Poder pertence a Jesus!
E é uma letra de edificação sim,pois nos dá mais força através da palavra cantada,para prosseguirmos firmes para o alvo e encontramos forças em Jesus para vencermos o inimigo e buscarmos cada vez mais Sua presença e Sua palavra para alimentar a nossa alma e nosso coração com alegrias e vitórias que só Ele pode nos dar! Não adianta o inimigo tentar nada contra nós,pois Jesus é maior!!!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Lili Lorenzzo,

Até que enfim apareceu alguém por aqui que contrarie ao que eu falo, mas mesmo assim sabe conversar...

Bem, indo direto ao assunto, quem lê os meus artigos sobre este assunto com mais razão e menos paixão percebe que eu reconheci que a letra em apreço não é ofensiva.

Eu aproveitei a oportunidade para fazer uma análise completa, questionando o fato de a cantora se dirigir ao Diabo, na canção, que em si já é um erro. Referi-me, ainda, às coreografias, que considero pra lá de exageradas. Infelizmente, de nada adianta dizer ao Diabo isso e aquilo se empregarmos exatamente o que é do mundo! Como você bem sabe, Satanás é o príncipe deste mundo (Jo 16.11). E continuará sendo até ao fim da Grande Tribulação (Ap 20.1-3).

O segredo para vencer o inimigo, hoje, que nos tenta e procura nos abater, desanimar, entristecer, fazer cair, enganar... é submeter-se a Deus (Tg 4.7), pois palavras dirigidas a ele não têm nenhum efeito se continuarmos pecando (1 Jo 3.8). E é isso que muitos jovens fazem. Berram contra o Diabo, mas vivem pecando. Esquecem-se de que a nossa carne é o nosso maior inimigo (Tg 1.14,15).

Não precisamos deixar claro para o Diabo que ele é isso e aquilo! Isso é perda de tempo! Maior é aquEle que está conosco. Ponto final. Se estamos com Cristo e submissos à sua vontade, o Diabo nada tem em nós! Não precisamos nos dirigir a ele, nem na oração, nem cantando, nem pregando...

Podemos até fazer menção dele, mas não dirigir palavras a ele, diretamente. Isso é antibíblico. Nem Jesus fez isso. Apenas citou-lhe a Palavra (Mt 4.1-11). Não o xingou nem precisou dizer palavras para "colocá-lo no seu lugar".

A letra dessa canção, portanto, com todo o respeito, em si não edifica porque fere o princípio de que um hino deve enaltecer o nome do Senhor. Está errado querer mostrar algo ao Diabo. Além disso, a coreografia é igualzinha às do mundo. Não há nenhuma diferença.

Leia Apocalipse 19.1-6. Veja se no Céu haverá espaço para essas coisas. Não! Lá só haverá adoração reverente, e não essas danças mundanas.

Mas quero lhe dizer que, apesar de minhas palavras diretas e sinceras, nada tenho contra você. Respeito a sua opinião. E lhe responderei quantas vezes quiser, desde que mantenhamos o princípio do respeito.

Em Cristo,

CSZ

Débora disse...

A paz do Senhor!

Admiro muito seu ministério, inclusive já li um de seus livros "Adolescentes S/A". Sou jovem, tenho 15 anos e sou da Assembléia de Deus. Vou confessar que também admiro o ministério Diante do trono, já fui muito edificada com suas canções, mas aceitei a crítica, pois realmente, na bíblia não encontramos citações para adorar ao diabo, pois só Deus é digno de toda honra e louvor. Agradeço a Deus pela sua vida, porque serviu para me alertar a buscar antes de tudo a palavra de Deus.
Fui muito edificada com esse comentário, pois muitos jovens estão sendo iludidos por cantores que o levam ao erro. Fico feliz, porque existe ainda homens sem medo de falar a verdade se baseando na bíblia. Quero ser uma fã sim, mas uma fã de Cristo!

Que Deus continue te abençoando e te capacitando, fica com Deus pastor!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Débora,

A paz do Senhor!

Que Deus abençoe a sua vida pelo seu bom senso e amor às Escrituras! Essa sua atitude de examinar tudo e reter o bem é o que falta nos fãs deste e daquele grupo. Por se apegarem cegamente a um conjunto ou cantor, nada mais valorizam, esquecendo-se de que a Palavra de Deus está acima de tudo.

Agradeço-lhe pela palavra de incentivo, inclusive ao mencionar o meu modesto livro "Adolescentes S/A".

É bom ver uma menina como você interessada pela Palavra de Deus! Isso é muito raro em nossos dias. Deus há de abençoá-la por isso.

Em Cristo,

CSZ

ENAILE disse...

Olá!
Recebi um email falando sobre o que foi escrito por vc. O recebi de uma professora muito querida aqui do Seminário Batista do Sul, onde estudo Gestão da Música na igreja (Bacharel em Música Sacra).
Como vc pode ver, nós, que nos preparamos durante 5 anos especificamente pra cuidar da liturgia e música na igreja, temos muito trabalho pela frente... hehhehe
Concordo com sua posição e louvo a Deus por ainda existir "ainda um justo nessa cidade, por isso ela não será destruída"... Penso que, se as pessoas tivessem a disposição que têm pra se manterem como advogados das novas bandas voltada para a leitura e estudo da Palavra, com certeza, teríamos menos discussões de "achismos"... até porque não creio que a intenção dos compenentes do Diante do Trono seja a de ocupar o lugar de Deus na vida das pessoas, sendo como "representantes de Deus". Ciro, às vezes, as pessoas são acusadas de terem dito ou feito determinadas coisas, sem nenhuma relação com a realidade, e aparecem logo os "defensores" e esses sim geram confusão. Talvez, quem fez essa declaração, aceite tranquilamente a sua críitica e, como qualquer um de nós, reflita um pouco e repense sua opinião, afinal de contas, todos nós somos irmãos e humanos: podemos errar, acertar e corrigir nossa conduta.
Obrigada por ser um dos poucos corajosos que usam a Bíblia como fundamentação.
Enaile

Anônimo disse...

Querido Pastor Ciro, há algum tempo não visitava seu blog, mas hoje que estou aqui, posso ver que o tempo não consegue apagar a grande essência e poder da Palavra de Deus manifestados através de seus artigos!!! Parabéns!!!
Há muitos blogs que são complexos e teóricos demais, mas o seu destaca-se e brilha! Quando alguém me solicita uma dica sobre materiais didáticos ou fontes enriquecedoras, recomendo seu blog! Os artigos são fáceis de ler e tornam-se agradáveis pelo toque de humor e base bíblica! É disso que nossos jovens precisam!
Muito obrigada por todos os conselhos dados até hoje! A Igreja brasileira não precisa de extravagâncias, mas sim do simples ensino da Palavra que de modo sublime, supera todo entendimento humano!
Que Deus abençoe sua vida e família!
Debora Zibordi - São Paulo

Anônimo disse...

Prezado pastor Ciro,
Concordo com você nas analises de algumas canções, mas o que acontece hoje no meio cristão, é um verdadeiro acusa acusa, falta de amor um com outros. Não estou dizendo que devemos nos calar contra heresias, mas não podemos crucificar tais pessoas, lembram da mulher adúltera, todos erramos, pois o único infalível é Jesus Cristo, até os heróis da bíblia erraram feio, no entanto houve arrependimento.

Continue fazendo tais analises, pois edifica muito nossas vidas, pois como o sr mesmo diz, temos que viver a luz da palavra de Deus, no entanto use mais do equilibrio, pois a análise sempre vem negativa, por que não menciona analises de hinos do mesmo grupo que transformaram vidas? Não podemos julgar toda uma vida ou ministério por alguns erros, os erros devem ser mostrados, porém com prudência, pois tratamos com pessoas, e devemos amor e perdão a elas, e só atacando os erros, eu não vejo amor. As analises até parece que cristãos irão perder a salvação por escutar alguns grupos de louvor. O senhor sempre diz “antes de tudo a palavra de Deus”, concordo com vc, mas nunca esqueça de I Corintios 13, pois não transparece em algumas de suas mensagens, Não consigo imaginar o senhor ao lado dessas pessoas dialogando sobre seus erros, pois da forma que escreve você fecha toda e qualquer oportunidade.

Hinos evangélicos com letras erradas no Brasil, se você analisar num contexto geral são poucos e não irão destruir vidas por seus “erros”, pois são erros que não nos levam pra perdição de nossas vidas, pois daqui a pouco já não são mais cantados, no entanto existem pastores pregando heresias, e isso é muito mais sério, que as pessoas estão mais atentas, por se tratar de Palavra, porém o senhor sempre nega em comentar sobre tal pastor no seu blog, não entendo porque, o senhor diz que não tem nada contra pessoas, mas o senhor só iria analisar o que ele prega e não ele, o mesmo que vem fazendo com outras criticas.

Certo dia um amigo, com o coração quebrantado querendo conhecer a verdade, me disse o seguinte; sempre leio mensagens e artigos em sites evangélicos e me entristece muito ver tanto bate boca, falta de unidade, e falta de respeito entre os crentes de hoje, só sabem apontar os próprios irmãos ao invés de tentar com sabedoria falar dos seus erros de uma forma mais respeitosa, falando também de suas virtudes.

Com amor em Cristo,

Valdean

Elizeu Rodrigues dos Santos disse...

Pr Ciro

Não entendo o que pensa a maioria assembleiana com tantas seitas dentro de nossa convenção, de costumes, de usos, de maneiras de usar a Palavra. Minha congregação é pequena, mas percebo nela umas 5 seitas quando o assunto é louvor. Outros caem no espírito. Uma outra é com relação a CRIANÇAS exortando a igreja. Um amigo meu, que reside em Bergén, na Noruega, me relatou que assistiu lá uma matéria sobre pregadores mirins, que virou comércio nos USA, e mostrou 2 aqui do Brasil. Onde a Palavra ensina que crianças pregam e exortam o povo? Timóteo já era adulto, porém para o povo judeu não passava de um moço, pois ainda não devia ter 40 anos.

É, temos o dossiê, como diz Roberto Justus no aprendiz 5, que é a Palavra. Porém, não fazemos o uso e interpretação corretos cfe o sr escreve. E varremos a casa do vizinho, que são as outras denominações, e não nos atrevemos a falar as coisas com sinceridade e transparência, do jeito como Jesus sempre elogiou: "Eis um verdadeiro israelita, em quem não há dolo!"

Tharsis disse...

Pastor Ciro,
A paz do Senhor.

A tempos eu vinha procurando um blog tão bom e tão ligado à Palavra, que combatesse às heresias à luz da Bíblia sem denegrir imagem de pessoa alguma.
Fico feliz por encontrar esse blog.
Hoje 22.05, feriado, então resolvi passar um tempo a mais na interner atrás de sites como esse. Achei! E passei a madrugada toda vasculhando seu blog.
Mas, pra não ser prolixo, eu gosto muito desse artigo.
Concordo plenamente que muitos deixaram de estudar as Sagradas Escrituras e vivem apenas de megashows, "louvorzão" e coisas do gênero.
Que o Senhor abra a mente dos incautos.
Dou graças a Deus por ter, como Timóteo, vivido naquilo que aprendi e que fui inteirado, pois sei de quem tenho aprendido.

Deus continue te abençoando e tendo misericórdia desses que sabem todas as músicas dos cantores-ídolos, mas não conseguem aprender um versículo da Palavra divina.

Ah! Vou continuar lendo sempre esse blog.
Fica na paz, pastor Ciro!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Renato Santiago,

A paz do Senhor.

Agradeço-lhe pelas críticas. Costumo valorizar tudo o que me dizem sinceramente, aproveitando o que de fato tem proveito. Desculpe-me da redundância.

Não publiquei o seu comentário porque ele é de cunho pessoal. Acredito que, se o irmão tivesse o meu e-mail, teria preferido escrever diretamente a mim.

Quanto à argumentação de que o Diabo não é ungido, com base no texto que citou, não posso concordar, à luz da Bíblia. Isso porque há ungidos e ungidos. Há ungidos que permanecem ungidos. E há ungidos que, continuam ungidos, mas caídos, como Saul, Eli, etc.

O que quis dizer com "o Diabo é ungido" foi que o negócio dele é com Deus. Nada temos com ele e não precisamos dirigir palavras contra ele. Isso é inútil. Devemos sim repreendê-lo, expulsá-lo. Xingá-lo, jamais!

Como eu já disse, Saul foi ungido por Deus e, mesmo tendo fracassado, Davi preferiu não "fazer justiça com as próprias mãos", dizendo "Ele é ungido do Senhor".

Não temos nada com o Diabo! Não precisamos ficar chamando-o para a briga, tripudiando sobre ele, etc. Isso reflete imaturidade. Lembre-se de que o arcanjo Miguel não "bateu boca" com Satanás.

O Inimigo é um querubim caído, mas, pelo fato de um dia ele ter sido ungido por Deus, é o próprio Senhor quem tem de tratar com ele, e não nós. Por isso, uma canção (e não hino) composta para o Diabo é antibíblica e incoerente teologicamente.

Também reitero que nada tenho contra o grupo que o irmão mencionou. Mas também não o idolatro. E, se o irmão ler outros artigos e meus livros, observará que eu inclusive reconheço as virtudes da cantora e compositora que também citou.

Em Cristo,

CSZ

Anônimo disse...

Prezado Pastor CIro;

Não entendi a não publicação do meu comentário, não vi nada pessoal na minha explanação, pois não ataco a sua pessoa em nenhum momento, aliás, agradeço sua resposta, muito educada e no espirito, mas sinceramente, me causa muita estranheza a nao publicação pois leio outras mensagens bem mais "agressivas" e elas são postadas.

Em Cristo

Renato Santiago

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Renato Santiago,

Não fique desapontado, mas há críticas que não precisam ser partilhadas com todos os internautas. É como aquela urna postada em super-mercados junto ao caixa, nas quais os clientes depositam as suas críticas, sem que todos precisem ler.

Recebi suas críticas, acatei algumas; outras, não. Mas não vi necessidade de expô-las.

Em Cristo,

CSZ

Paulo Paz disse...

Olá!

Uns dias atras meditei nesse assunto e me lembrei da passagem onde Miguel diz "O Senhor te repreeda!".

Dias antes eu cantava essa música direto em casa. Meu irmão, que está "desviado", me ouviu cantando um trecho que diz isso: "E no lago de fogo você (o Diabo) vai arder" e disse algo do tipo: "Nossa.. que legal" - ironicamente - "ficar cantando isso...". Algo do teor "pra que vou ficar cantando músicas que falam de Satanás?"

Bom refletir sobre esse assunto.
E confesso que fiquei envergonhado por mim.

Abração!!
Deus guarde sua alma e te dê forças e sabedoria para a glória do Senhor Jesus!

Maris disse...

A Paz do Senhor pastor Ciro.
Finalmente eu encontrei alguém que pensa exatamente como eu em relação a alguns aspectos da vida cristã atual. Porém fiquei um pouco surpresa com uma tua frase em resposta a Daniela de apenas 13 anos de idade, quando o senhor disse "quem sabe haja salvação para você".
Sem mais, que Deus continue o abençoando e que abençoe Daniela também.
Maris.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada Maris,

A paz do Senhor!

Na época eu fui meio direto com a jovem Daniela, pois eu estava sendo "bombardeado". Numa certa comunidade havia um tópico com quase 1.000 comentários, e a maioria, agindo como fãs, verberava contra mim... Por isso, falei de maneira contundente com alguns.

Mas peço-lhe que não isole a frase, por favor. O "quem sabe haja salvação para você" não se refere à salvação eterna. Trata-se de salvação quanto à compreensão do assunto em pauta. Aliás, quem sou eu para opiniar sobre a salvação da alma de alguém?!

Por outro lado, foi boa a sua observação, pois alguém poderá entender da mesma forma que a irmã... Se eu fosse escrever hoje, teria cuidado para não deixar a frase um tanto dúbia.

Mas enfatizo que a minha intenção foi referir-me à salvação quanto a ter uma boa formação bíblica coerente, posto que a jovem então estava um tanto confusa. De maneira alguma quis sugerir que ela não era salva.

Para exemplificar, às vezes dizemos assim: "Eu nunca fui um bom aluno em matemática. Mas a minha salvação foi ter conhecido o professor fulano, que me ajudou muito". Deu para entender?

Um grande abraço!

CSZ

Maris disse...

Pastor Ciro, agradeço a rápida resposta ao meu comentário. Gostei muito da sua explicação. Eu já tinha entendido um pouco da sua resposta dada a Daniela. A minha preocupação era com ela. Ela sim, poderia não ter entendido. Que Deus abençoe todos nós e que o Espírito de Deus console sempre o nosso coração. Amém.

Dalmir de Veras disse...

Pr. Ciro,

Tenho visitado seu blog e tenho aprendido um pouco mais, a cada post registrado.

Tenho conhecimento sobre o livro escrito por ti Adolescente S/A, embora não tenha lido ainda, acredito que deves conhecer um pouco a "causa" adolescente, que aos olhos de muitos é a "causa" aborrecente.

Após ter lidos alguns post de adolescentes com idéias fortes sobre determinado grupo musical, verifiquei a contundência que eles colocam o assunto, sem muita preocupação com o que será digitado, sem nenhum respeito pela verdade Bíblica, pois haja a vista de post anteriores para podermos entender melhor a situação. Te faço então algumas perguntas:

- Há em nossos adolescentes cristãos e frequentadores de EBD, uma "rebeldia" (o termo ficou um pouco forte) endêmica, como a que há nos adolescentes não cristãos ?

- Falta aos adolecentes uma educação melhor, principalemnte no que tange à interpretação de textos ?

- Ou ainda, nossos adolescentes têm a lucidez necessária para entender a Palavra de Deus e po-la em prática ou são facilmente subvertidos por correntes ditas Gospel ?

Essas indagações a faço, pela leitura atenciosa a cada post registrado aqui. Notadamente há repetidos posts, sem que haja uma compreensão melhor do que foi outrora registrado.

Sou pai de adolescentes, e entendo o que é conviver com adolescente, pois eu também já fui um, mas, verifico que mesmo sendo exposto à Luz da Bíblia algo que não agrada a Deus, tenha alguns que reiteradamente ainda insistem no erro, e isso é muito preocupante, pois minhas bençãos adolescentes ainda aceitam a Palavra de Deus como termo final á discussão, embora sempre haja uma procura incansável de provar o contrário na Bíblia, para poderem estar com a razão, mas têm sido difícil para eles lutarem contra a verdade, inclusive dessa tática eu também me utilizei para redarguir meus pais, eu estava sempre errado mesmo.

Um fraterno abraço em Cristo, e espero ter feito perguntas apropriadas para o momento e para a questão, que também tenho levantado em minha congregação.

João Leoncio.... disse...

João Leôncio...
A Paz do Senhor Pr. Ciro...

Tenho acompanhado o seu blog diariamente e pude ver o quanto alguem que fala a verdade hoje em dia é atacado...
Tenho 22 anos e vejo como se tornou normal no meio da igreja(especialmente dos jovens), idolatrar alguns cantores que tem um rostinho bonito, um estilo moderno, letras q mexam com a emoção e tantas coisas mais.
E aí de nós se formos contra essas idéias, na qual paricularmente eu me questiono muito acerca de certas letras(repleplés) que as vezes nao tem nenhum embasamento biblico, nao buscam glorificar a Deus e sim ficar na "boca do povo" e vender muitos cds.
Sou novo na fé mas tenho buscado muito de Deus através da Sua palavra, no qual descubro a cada dia mais como servir melhor ao criador e como ficar alerta a certas heresias.

a biblia diz(nao me recordo a passagem) que: ".. o meu nome esta continuamente na boca deles, mas seu coração está longe de mim.."
Queria pedir ao senhor para me esclarecer acerca do verdadeiro louvor a Deus, visto a confusão que alguns estao fazendo ao idolatrar certos cantores profissionais.

Amo a palavra de Deus e nela que busco me edificar para que nao seja levado por ventos de falsas doutrinas....

Desde já agradeço...
espero ter sido coerente...
Que Deus continue te usando...

a paz..

Elaine disse...

Li uma entrevista com a autora/intérprete da música em questão, e a mesma observação acerca do comportamento do arcanjo Miguel diante do diabo foi colocada pelo entrevistador. A cantora, erroneamente, valeu-se de Mateus 16.23 para justificar sua afronta ao príncipe das trevas, exemplificando com Jesus que o repreendeu quando este usava Pedro para tentar impedir o plano da salvação de Deus.

Verdadeiramente, pastor Ciro, é necessário buscar à luz da Bíblia o que agrada a Deus e o que está certo para nossas vidas mediante a Sua Palavra. Às vezes temos de mostrar o lado negativo a fim de valorizar o positivo.

Doa a quem doer, a Verdade deve ser anunciada.

Deus continue te usando com ousadia e intrepidez para que olhos sejam abertos e vidas sejam edificadas à luz de Cristo.

Fraternal abraço.

Paz do Senhor.

ECC

Junior disse...

Dai se deriva tanta hipocrisia e heresia nos dias de hoje: a supervalorização Gospel. Isso é um termo tão desgastado quanto inútil, visto que o excesso de santidade que se designa a determinadas pessoas do meio gospel cria uma barreira de que nada que não provém desse meio é tido como diabólico, e qualquer semelhança nesse aspecto como foi a igreja católica da idade méida não é mera coincidência. Afrontar a Satanás com que propósito?
Isso cansa, tantas músicas tidas como santas sem nenhum conteúdo ou base na verdade. Agora eu entendo a passagem que diz que nos últimos dias o Senhor dirá"apartai-vos de mim porque eu não vos conheço".
Parabéns pelo texto, tomara que essa onda de adoração extravagante e esses mantras gospeis sem tão vazios sumam com a mesma intensidade que vieram. Se não fossemos tão dependentes do nosso ego, seriamos uma geração de pessoas com um pouco mais de conteúdo e discerninmento.

Lisnei disse...

eu moro na grande Bh, e sei como a família Valadão é muito idolatrada, infelizmente. Primeiramente queria dizer ao pastor, que me sinto honrado em saber que o senhor o meu blog, que é humilde e de um conteúdo bem, bem mais que o seu, oseja inferior mesmo, mas um dia eu escreverei melhro que o senhor. Bom, O pastor Marcio já aceitou ser chamdo de apóstolo por uns tempos, mas ele mudou. É tambem um homem muito sério em querer agradar a Deus, infelizmente as vezes erramos ao querer acertar, e creio que assim ocorreu na igreja da lagoinha. A Ana Paula é uma pessoa muito sincera, e faz de tudo para agradar a Deus, porem por descuido ou ingenuidade tem cometido alguns deslises, as vezes muito sérios. Um deles, é tentar minimizar a idolatria católico romana. Soube tambem que devido o grau de adoração pessoal que seus fãs estavam vivendo, o seu pai, usando de sabedoria, suspendeu por uns tempos sua paresentação na igreja, pois as pessoas estavam na prejudicando espiritualmente idolatrando-a. Certa vez vi o linguajar usado pelo André, e achei uma afrointa a Cristo a forma que ele disse "Jesus é pelinha", onde está a bíblia deste povo? Linguagem sã e irrepreensível é a recomendação de Paulo. Conheço um jovem, que Ganha salário mínimo, mas se veste como a Ana Paula, inclusive, fez questão de ir na costureira da Ana Paula e encomendar um vestido igual, pelo qual pagou todo seu salário, usa o penteado do mesmo jeito e fala igualzinho... AH, e me desculpe se citei este nomes pois outra pessoa já tinha sitado antes. E quero dizer a Ana que não sou discipulo de ninguem aqui embaixo, só sou cristão, sincero, cheio de falhas, tambem não suporto ver ninguem sendo endeusado. como dizia Paulo em Romanos 13.12,"é tempo de despertarmos do sono..." Jesus está vindo e nós temos nós temos esquecido da fé genuina e pura sem invencionices.

Anônimo disse...

a paz de Jesus, pr Ciro.

moacir, rio claro, sp

sei que não tem muito a ver com o assunto mas gostaria de saber qual é o seu entendimento sobre o que a gente cresceu aprendendo sobre a "queda de lucifer" na biblia, e se lermos mais atentamente veremos que não é como dizem...
o que o pastor tem a dizer? te perguno porque sei que você tem um bom entendimento da palavra que tenho visto em discernir o que é falácias e o que é verdade.

se possivel responda pois ja perguntei a outros e ninguem se manifestou e olha que são "os grandes" sabedores da verdade. não sei se por medo de manifestar sua opiniões diferentes do que é estipulado a acreditar ou por não querer ver as verdades nos verciculos em relato.

Henrique Damasceno disse...

Não discordo totalmente do contexto exposto, embora discode em boa parte... realmente acho que foi uma bola fora. Mesmo assim não ofusca em nada a importância que o Diante do Trono tem na minha vida, afinal, aquelas canções me acompanham nos momentos bons, maus... enfim...
Acho que a forma com que a postagem foi exposta foi meio agressiva, afinal, batendo os olhos na imagem usada e no título em si da a entender que estamos falando de satanistas, o que não é o caso da Ana Paula Ela é serva de Deus, filha de um Servo de Deus que dirige um ministério onde a mão de Deus está em constante ação, tem toda uma história que nem todos conheçem voltada para ministério, missões... enfim!
Só quero chamar atenção para isso.

Paz querido!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Henrique Damasceno,

Infelizmente, não é de apenas um fato isolado que estamos falando. E sim de POSTURA, de POSICIONAMENTO, de ATITUDE, de COMPORTAMENTO. E isso tudo transcende a uma apresentação infeliz, em um show, que por definição já é uma imitação do mundo.

Não mencionei nomes, como o irmão fez, porque não costumo fazer juízo de valor sobre pessoas. Entretanto, chamar esse negócio de chamar o Diabo para briga, de pisar "profeticamente" no Diabo, com bota confortável, não tem apoio na Palavra de Deus.

O artigo pode ser considerado agressivo, principalmente para os fãs do aludido grupo, mas ele é contundente contra o erro, e não contra pessoas. Não existe ofensa. Existe combate ao erro. Quanto à imagem, ela é sugestiva, pois remete ao Diabo e à moda ("O Diabo veste Prada").

Mas agradeço-lhe pela participação.

CSZ

Anônimo disse...

tres interessant, merci

Letícia Cavalcanti disse...

Eu hoje sinto uma profunda decepção, um grande abismo de decepção, em relação a essa cantora. Eu não me lembro, mas acho que comecei a perceber mais claramente que havia algo errado em relação a ela quando vi mais que a gravadora dela tinha passado a ser a Som Livre... Mais, recentemente, neste blog vi verdadeiros horrores, incluindo o desta postagem, que ocorreram no ministério do grupo da cantora e no dela.
Mas por que eu me decepcionei? Porque, lamentavelmente, eu já gostei do ministério da cantora, em minha pré-adolescência, em minha adolescência, em minha inocência(embora eu ache que eu sempre fui meio desconfiada, achando estranho algo que eu chamei quando adolescente de "um avivamento que eles fizeram lá" [no DVD Preciso de Ti]). Mesmo depois da adesão à Som Livre, eu ainda cheguei a "perdoar" a cantora por um tempo em alguns aspectos, tentando aprender umas três músicas dela que eu via cantarem na igreja... Cheguei a comprar o DVD infantil Davi, mais para confirmar mesmo se eu estava ou não agindo com puro preconceito em relação à cantora com sua nova gravadora (que decepção tive eu!!!). Eu ainda não conhecia bem esse blog (apenas um texto dele), nem os livros de sua autoria, pastor, - só conhecia a capa sugestiva de um deles, através da observação de uma prima minha na EBD -, e percebo que estava em um momento de deixar de ser extremista e descansar... Porque, para mim, às vezes, cansa e angustia esperar aparecer um pregador ou um cantor que sejam mais honestos, e não ver muita coisa boa surgir.
Eu li o seu livro, pastor, "Erros Que os Adoradores Devem Evitar" e lembro ter visto algo sobre a música desse artigo, mas nunca desconfiei que a cantora fosse quem é... Até que hoje, tendo curiosidade, fui pesquisar na internet, e descobri. Eu já fui procurar meio que sabendo que devia ser uma pessoa com boa aparência, numa perspectiva diferente da que eu tinha quando lia o comentário da música no livro há um ano, quando imaginava a cantora como uma daquelas novidades que surgem e passam logo. Ela ainda não passou, não é... Com melhor ou pior aparência, ainda está na mídia e esforçando-se como todo bom "adorador-astro" para se manter lá.