sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Assembléia de Deus

A Igreja Evangélica Assembléia de Deus, pioneira do Movimento Pentecostal no Brasil, completou neste ano 96 anos. Como assembleiano, sinto-me honrado em pertencer a essa instituição histórica que já teve em suas fileiras homens como Gunnar Vingren, Daniel Berg, Samuel Nyström, Eurico Bergstén, Cícero Canuto de Lima, Paulo Leivas Macalão, Valdir Nunes Bícego e tantos outros.
Às vésperas de seu centenário, no entanto, essa igreja vem sofrendo ataques de homens descompromissados com a sã doutrina, que dão lugar a suas preferências pessoais, a pontos de vista dissociados da Palavra de Deus, a suas experiências "transcendentais" e a modismos injustificáveis. Nosso tempo tem sido marcado por imitações, más inovações, misticismo e falsificações dentro da igreja.
Mas a Assembléia de Deus cresceu no Brasil seguindo ao modelo bíblico (2 Tm 1.13; Hb 8.5), e não a opiniões de homens, que passam (1 Pe 1.24,25). Os pioneiros do Movimento Pentecostal foram fiéis à Palavra do Senhor e puseram o fundamento (1 Co 3.10). Cabe a nós, que cremos na operação multiforme do Espírito Santo, saber como devemos edificar.

O MODELO DO VERDADEIRO PENTECOSTES


O modelo para nós, hoje, está no livro de Atos dos Apóstolos (ou melhor, Atos do Espírito Santo), especialmente no capítulo 2. Ali encontramos as características do verdadeiro Pentecostes, que gera crentes e igrejas genuinamente pentecostais. As aberrações que vemos em nossos dias se devem ao distanciamento do modelo bíblico-apostólico, as quais são praticadas por movimentos ditos pentecostais, que são, na verdade, neopentecostais ou neoliberais.
Em Atos 2.1-4, vemos que todos estavam reunidos. A palavra “todos” é inclusiva, o que denota unidade no Espírito Santo. Não havia lugar para discordâncias, contendas, divergências pessoais em torno das coisas de Deus; todos estavam ali, juntos, reunidos. Será que havia naquela igreja espaço para disputas desleais por posição, cargo, etc., como vemos em nossos dias, principalmente em convenções de ministros?
No dia de Pentecostes, veio do Céu um som como de um vento (At 2.2). O que está ocorrendo atualmente nas igrejas vem mesmo do Céu? Reflitamos sobre a origem daquilo que ouvimos, vemos e sentimos (At 17.11). O verdadeiro revestimento de poder do Espírito vem do Alto (Lc 24.49; At 11.15). A Palavra de Deus nos alerta quanto a “outro espírito” (2Co 11.4), isto é, espíritos que se passam pelo verdadeiro Espírito de Deus (1 Jo 4.1).
O som que veio do Alto era como de um vento. Não houve vento natural de fato, e sim algo semelhante a seus efeitos. O que isso representa? O vento tem as seguintes características: impulsiona; separa (Sl 1.4 e Mt 3.12); movimenta; fertiliza (Cl 4.16; Jo 3.5,8); limpa; não tem cor (favoritismo, individualismo, discriminação); move-se continuamente (cf. Ec 1.6 e Gn 1.2); espalha perfume; suaviza no calor; vivifica (Ez 37.8-10). Mas devemos ter cuidado com os ventos que não provêm do Espírito de Deus (Mt 7.25; Ef 4.14).
Línguas como que de fogo também foram repartidas (At 2.3). O verdadeiro Pentecostes tem algo para se ouvir, para se ver e para se repartir, mas “do Céu”. Textos como Atos 2.4; 10.44-46 e 11.15 evidenciam que as línguas estranhas são o sinal físico inicial do batismo com o Espírito Santo. Elas são apresentadas, também, como um dos dons do Espírito Santo (1 Co 12.10,30). É isso que evidencia o dom do Espírito, e não “quedas de poder” ou risos intermináveis.
As línguas foram “como que de fogo”. O que isso significa? O fogo tem as seguintes características: alastra-se; comunica-se; purifica; ilumina; aquece. A Assembléia de Deus, bem como toda e qualquer igreja que deseja caminhar sob poder do Espírito, precisa desse fogo do Céu!
Diante da manifestação do Espírito de Deus no dia de Pentecostes, muitos zombaram, dizendo: “Estão cheios de mosto” (At 2.13). Esses escarnecedores não eram pessoas ímpias, e sim religiosas. Hoje não acontece a mesma coisa? Há muitos zombadores e críticos religiosos. A Palavra de Deus afirma que, no último tempo, haveria escarnecedores (Jd v. 18).
No entanto, Pedro, cheio do Espírito Santo, pôs-se em pé e, além de dar uma resposta aos zombeteiros, pregou a Palavra de Deus (At 2.14-15). O verdadeiro Movimento Pentecostal é formado por crentes cheios do Espírito, que ficam de pé para pregar o evangelho, e não por aqueles que, dando lugar às suas emoções ou seguindo a modismos, caem ao chão para usufruir “novas unções”...
Em muitos púlpitos (ou palcos?) não há mais espaço para a Palavra de Deus. O tempo é ocupado por excesso de música, peças teatrais, coreografias... A Assembléia de Deus precisa olhar para os pioneiros e se lembrar do temor que eles tinham, do amor à Palavra e à oração, do desejo de evangelizar...
Só assim o capítulo 29 de Atos do Espírito Santo continuará sendo escrito por essa igreja e outras, fiéis à Palavra do Senhor.

Ciro Sanches Zibordi

15 comentários:

Pastor César Moisés disse...

Caro Pastor Ciro

Parabéns à nossa querida Assembléia de Deus e, parabéns pelo texto.

Big abraço

Ricardo disse...

Fico feliz por hoje ser lembrando o dia da fundação desta tão honrosa denominação, onde eu faço parte e com "orgulho", mas fico triste em ver que depois de tão pouco tempo, as coisas não são mais as mesmas.
Tenho apenas 27 anos, mas tenho acompanhado através da história, o desenvolvimento desta igreja, infelismente não posso dizer que somos os mesmos de outrora, muita coisa mudou, infelismente pra pior.
Mas creio que não em todo lugar
Ainda existem os "remanescentes" que guardam os príncipios bíblicos e não abrem mão deles por nada.
E creio que o Pr Ciro faz parte desta equipe, lutemos até o fim, não vamos deixar a nossa igreja "mudar" mais do que já mudou.
Em Cristo
Um servo que clama por avivamento.

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Olá Pastor Ciro!
Parabéns à nossa querida Assembléia de Deus e ao irmão por ter postado essa brilhante homenagem!
Sei perfeitamente que a denominação não salva, mas como assembleiano de nascença, defendo nossas doutrinas porque são bíblicas, e nossos costumes porque são bons.
Ouvi muito dizer que, costume não tem nada a ver, mas ninguém abre mão dos seus, mesmo quando não são bons.
Também fomos muito criticados pelos neopentecostais, que nos taxavam de "assembleianos fanáticos".
E agora?
Eles estão até tatuando o corpo em homenagem à denominação e aos seus líderes.
Creio acima de tudo em Jesus Cristo que me salvou, mas como preciso congregar em uma Igreja, sou muito feliz por ser Assembleiano.
E daí!
Oh Glória!
Mais uma vez, Parabéns!
Quando vou a reunião de Conselhos de Pastores, costumo dizer que: DEUS É AMOR;
CRISTO É A RESPOSTA;
Cremos que Jesus realmente dá VIDA NOVA;
Todos queremos ver O BRASIL PARA CRISTO;
Aqui é a verdadeira CASA DA BENÇÃO;
Estamos pedindo a Deus: SARA NOSSA TERRA; enfim:
Tudo faz parte da GRANDE ASSEMBLÉIA DE DEUS.

Pr.Carlos Roberto - AD Cubatão -SP.

ALTAIR GERMANO disse...

Paz do Senhor companheiro e amigo!

Parabéns pela lembrança de tão significante data. As dificuldades que nossa igreja passa,em especial no campo doutrinário, são um grande desafio para a geração que o Senhor já levantou como guardiã da são doutrina.Os falsificadores serão denunciados e desmascarados em nome de Jesus.

Como já dizia os mais antigos "segura a doutrina!!!!"

Um Abraço, fica na paz do Senhor Jesus!

Pr.Altair Germano _ Abreu e Lima

ALTAIR GERMANO disse...

Em tempo "sã doutrina"

mauro honda disse...

Pator Ciro.

A Paz do Senhor

O Senhor retirou aquela materia sobre o Benny Hinn ?

Gostaria de saber se colocou ela em algum outro blog ou alguma outra area de seu blog. Pois eu passei o link para varias comunidades para estarem avaliando.

Grato.

Mauro Honda
matenho2001@yahoo.com.br

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Mauro,

Estou dedicado a um novo projeto (livro), pelo qual abordarei alguns assuntos relacionados com vários temas desenvolvidos neste blog. Por isso, resolvi recolhê-los temporariamente.

Mas todos eles voltarão, em breve...

Conto com a sua compreensão.

CSZ

lupajov disse...

Eram linguas ou idiomas?
Qual eram as origens dos Missionarios Fundadores?
Antes de talvez pensar que sou cristão tradicional, sou de origem pentecostal, mas o que o original grego diz a respeito disto?
Desculpe-me pastor Ciro, as indagações oportunas, fico feliz pelos 96 anos de obra missionaria das Assembleias de Deus, Parabens a todos os membros desta Igreja. como disse Gamalieu, se a obra não for de Deus fracassará, temos visto que tem sido um sucesso, parabens.

Paz do Senhor

Ev Márcio Batista disse...

Pr Ciro, apresento pra você o meu blog particular onde abordo a midia cristã na igreja.

http://midiacrista.blogspot.com/

Ev. Márcio Batista
Diretor DepCom IEAD Joinville/SC

Elian Soares disse...

Paz, Pastor Ciro!

Parabéns a minha, nossa querida Igreja Assembléia de Deus.

Nasci num lar cristão assembleano, criado por dedicados servos do Senhor estou muito feliz em saber que estamos às vesperas de tão importante aniversário.

Lamento que nossa querida denominação tenha deixado lacunas abertas para entrada dos modismos e movimentos estranhos ao verdadeiro movimento pentecostal. Como sempre digo aos alunos da EBD, estamos sendo influenciados por movimentos procedentes de igrejas e denominações alheias à nossa convenção (neopentecostais ou neoliberais, como citado neste artigo), importados, principalmente dos EUA.

Infelizmente, tem um “show-man” brasileiro, com visual “moderno e não mundano”, admirador desses tipos de modismos e que, infelizmente, se diz assembleano, falando heresias, incitando rebelião (basta ver a idéia central do seu livro “Assassinos de Profetas”) e disseminando tais modismos, entre os jovens pregadores. O pior é que seus fãs o acham intocável.

Como assembleano, protesto contra tais comportamento! A Assembléia de Deus foi e é a maior igreja do Brasil, com uma visão missionário imbatível, não precisando de tais complementos, novidades e modismos.

Deus nos abençoe e tenha misericórdia de nós!

Lucas disse...

Pr.Ciro é com muito prazer que escrevo ao amado através deste blog, o que muito gostei, parabéns pelos temas aqui apresentados e analizados a luz das Santas Escritura a imútavel Palavra de Deus.
Pergunto-lhe sobre uma manifestação sobre o artigo intitulado " Ser moderno sem ser mundano".Foi retirado?
Porquê, achei muito interresante sua resposta.

Lucas Esteves
Porto Alegre- RS

Anônimo disse...

Prezado pastor,

gostaria que me esclarecesse uma dúvida: o cristão pode ou não comer doces de cosme e damião. Ouvi dizer que o apostolo Paulo disse que não havia problemas para os maduros. Pode ou não comer?

michele disse...

Amo e respeito muito esse ministério e sei que sua postura em relação ao batismo do Espitito Santo é fiel e verdadeira em relação a palavra de Deus...

Muitos Tradicionais comparam esse ministério com o Neopentecostais...

Confesso que fiquei chocada com um acontecimento, não sei se o irmão têm conhecimento do video no youtube que um caça herege fez sobre "Desmascarando gideões 2007"...

É Terrivel vêr os ataques contra homens de Deus e o mover do Espirito Santo!!!

Estou indignada com esses fariseus que perdem tempo em atacar e criticar, homens de Deus...

Estão mais preocupados com seu intelecto, com sua faculdade de Teologia com seus próprios conhecimentos, do que receber o verdadeiro Dom do Espirito Santo e primeiramente temer a Deus!

para esses eu deixo esse vers " O temor de Deus é o princípio da sabedoria "

Anchieta Campos disse...

Meus parabéns caro Pr. Ciro! A Igreja e o movimento pentecostal sempre precisaram e hoje em dia mais do que nunca precisam de homens que tem o compromisso maior com a Palavra de Deus, e não com a sua torpe ganância e promoção própria!
Que o Senhor te mantenha sempre assim, sempre com a Bíblia acima de tudo! Fica na Paz do Senhor JESUS!

Pr. Devair Silva disse...

Pr. Ciro parabenizo pelo carinho com a nossa Igreja Evangélica Assembleia de Deus! Sou pastor de uma Igreja, e tenho lutado para continuar sendo Assembleiana. Dá nojo o que está acontecendo em nossas Igrejas, acabaram os adoradores, é só palmas, danças, músicas profanas, nudismo e as díscipulas de jezabel. Se faz necessário que lutemos por resgatar o que um dia foi a nossa Igreja.