quinta-feira, 20 de novembro de 2014

666 motivos para não comemorar o Natal

Nessa época do ano surgem muitos “entendidos” apresentando várias razões para não celebrarmos o Natal...

Dizem que Jesus não nasceu em 25 de dezembro. É evidente que Ele não nasceu nessa data! Mas ela é histórica; foi escolhida pela Igreja Católica Romana, a fim de induzir os pagãos a celebrarem o nascimento de Cristo.

Dizem que o Natal é uma festa pagã. Mas o Natal de Cristo precede e transcende o paganismo da Igreja Romana. O nascimento do Senhor Jesus foi celebrado até pelos anjos, que exclamaram: “Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens!” (Lc 2.14).

Dizem que o Natal é todos os dias. Algum de nós faz aniversário todos os dias? É óbvio que glorificamos a Jesus diariamente, pois Ele é o nosso Senhor e habita em nós! Mas aniversário é uma data especial. É uma oportunidade para mostrarmos ao mundo que Cristo é o Salvador.

Dizem que celebrar o Natal é idolatria. Ora, quem diz isso ainda não aprendeu o que é idolatria, à luz do Novo Testamento. Idolatria é uma ação objetiva, e não subjetiva. É uma condição do coração e é praticada de modo consciente. Deixemos, pois, as doutrinas de homens, do tipo “não toques, não proves, não manuseies” (Cl 2.20-22).

Se o leitor é um pregador do Evangelho, por favor, não entre pelo caminho do fanatismo religioso. Fuja do legalismo farisaico! O cristianismo verdadeiro não é fanatizante, como as religiões e seitas pseudocristãs e extremistas, que proíbem doação de sangue, ingestão de determinados tipos de alimento, etc. Somos livres em Cristo (1 Co 10.23-32).

Em vez de apresentar inúmeras razões para não celebrar o Natal de Jesus Cristo, prezado pregador, fale da sua gloriosa encarnação (1 Tm 3.16), da sua morte vicária (2 Co 5.17-21) e da sua maravilhosa ressurreição (1 Co 15.17-20)! Afinal, esses três eventos estão relacionados com a obra expiatória do Senhor.

Ah, sim, quanto ao título desse artigo, 666 motivos para não comemorar o Natal, empreguei-o a fim de prender a sua atenção e também para enfatizar que é o espírito do Anticristo, prevalecente no mundo sem Deus, que tem influenciado as pessoas a ignorarem o Natal de Cristo.

Feliz Natal! Happy Christmas!

Ciro Sanches Zibordi

7 comentários:

Helena disse...

Coerência, sabedoria, verdade... tudo isso e muito mais, inserido neste belo texto, elaborado de forma inteligente e inteligível. Parabéns, Pr Ciro.

Cleusa Elisete disse...

Feliz Natal pra ti também! É uma data que renova as forças de um ano inteiro em função de correrias atrás de dinheiro, compromissos, e essa data nos remete a uma reflexão muito maior do que harmonia com as pessoas, mas uma reflexão de como estamos no caminho da fé. Carregados de religiosidades ou cheios do Espírito Santo de Deus? Devemos sim comemorar o nascimento do nosso Salvador, razão da nossa existência. Abraços, Deus abençoe cada vez mais esse blog abençoado, pastor.

Cleusa Elisete disse...

Feliz Natal pra ti também! É uma data que renova as forças de um ano inteiro em função de correrias atrás de dinheiro, compromissos, e essa data nos remete a uma reflexão muito maior do que harmonia com as pessoas, mas uma reflexão de como estamos no caminho da fé. Carregados de religiosidades ou cheios do Espírito Santo de Deus? Devemos sim comemorar o nascimento do nosso Salvador, razão da nossa existência. Abraços, Deus abençoe cada vez mais esse blog abençoado, pastor.

Cleusa Elisete disse...

Feliz Natal pra ti também! É uma data que renova as forças de um ano inteiro em função de correrias atrás de dinheiro, compromissos, e essa data nos remete a uma reflexão muito maior do que harmonia com as pessoas, mas uma reflexão de como estamos no caminho da fé. Carregados de religiosidades ou cheios do Espírito Santo de Deus? Devemos sim comemorar o nascimento do nosso Salvador, razão da nossa existência. Abraços, Deus abençoe cada vez mais esse blog abençoado, pastor.

Cleusa Elisete disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Maia disse...

Não devemos ir além do que está escrito 1coríntio 4:6 - a bíblia não nos autoriza a comemorarmos o nascimento do Filho de Deus. A igreja não comemorava o nascimento do Senhor. Conforme doutrina apostólica, o verdadeiro cristão deve anunciar a morte do senhor e não o nascimento 1coríntios 11:26 .

Ciro Sanches Zibordi disse...

João Maia,

Em 1 Coríntios 11.26 não está escrito "e não o nascimento". Cuidado!

CSZ