domingo, 13 de julho de 2014

Orgulho de ser brasileiro


Pode comemorar, brasileiro. O Brasil está na final da Copa do Mundo da Alemanha! Depois de golear a anfitriã por 7 a 1, em pleno 
Olympiastadion Berlin, a Seleção canarinho vai enfrentar a Argentina, que passou com muita dificuldade pela Holanda. Ficamos tristes pela situação da Alemanha, que, além de perder na semifinal, também foi goleada ontem pela Holanda, por 3 a 0, no Signal Iduna Park, em Dortmund, e ficou em quarto lugar.

Como se não bastasse a vergonhosa participação da Seleção Alemã na Copa, realizada em seu próprio país, levando dez gols em dois jogos, o povo alemão está indignado com o governo. O tão festejado legado da Copa tem sido pífio. E o trem-bala, prometido pela chanceler Angela Dorothea Merkel, há quatro anos, não foi entregue. Merkel deve receber uma sonora vaia, neste domingo, no momento da entrega dos prêmios aos finalistas.

A grande indignação dos alemães não é por causa do futebol, e sim em razão de a Alemanha estar e 85º. lugar no ranking do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Alguns ufanistas estão comemorando — não sei por quê —, e um ex-chefe de Estado que fala “pelos cotovelos” chegou a dizer que a Alemanha está entre os “sete melhores países em tudo o que você quiser”.

Outros defensores do partido que está no poder há mais de dez anos dizem que a Alemanha só não está melhor por causa da Segunda Guerra Mundial. Afinal, desde 1945, os alemães não conseguem se reerguer. Mas a oposição não concorda com isso, pois a corrupção ali é grande, e os políticos corruptos, mesmo depois de punidos pelo Bundesgerichtshof (STF alemão), recebem regalias.

Comemore, brasileiro! Ganhando ou perdendo a Copa, continuaremos felizes, pois o Brasil ainda está em 5º. lugar no ranking do IDH e temos educação, saúde, segurança, justiça, transportes, qualidade de vida, civilidade, etc. Somos um país exemplar. E mais: a nossa presidenta Dilma Rousseff, que estará presente na grande final, no 
Allianz Arena, em Munique, será aplaudida por todos, seja qual for o resultado, haja vista ser ela uma grande estadista, que tem conduzido a nossa nação com muita competência, a ponto de ser considerada a segunda pessoa mais influente do mundo!

Soltemos, pois, o nosso grito: “Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”...

Ciro Sanches Zibordi

2 comentários:

Divina Aparecida Freitas disse...

Paz do senhor irmão Ciro, gostaria que o irmão escrevesse uma matéria explicando sobre as guerras de gogue e magogue, se serão antes ou depois do arrebatamento? DEUS abençoe

Pb Fernando disse...

É pastor Ciro, tá muito difícil estufarmos o peito e dizer que somos brasileiros com muito orgulho.