quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Maria do Rosário e Jean Wyllys comem comida crua

Conforme a grande mídia tem noticiado, a própria família do jovem gay encontrado morto, há poucos dias, em São Paulo, já admitiu que ele se suicidou. Filmagens dos últimos momentos do rapaz e anotações em seu diário confirmam a tese defendida desde o início pela polícia: suicídio.

Cabe a mim, diante do exposto, verberar mais uma vez contra o juízo de valor apressado da Exma. Sra. ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR). Ignorando a versão policial, Rosário emitiu nota condenando com veemência "o assassinato motivado por homofobia" do rapaz e exigindo tomada de posição por parte do Congresso Nacional. Isso ajudou a incitar a militância LGBT contra a polícia e os "fundamentalistas evangélicos"!

Entretanto, muito pior que a atitude da ministra da SDH/PR foi a do Exmo. Sr. deputado-federal-que-acha-que-ganha-muito-pouco Jean Wyllys, o qual escreveu um artigo para a revista Carta Capital pregando o ódio evangelicofóbico. Não satisfeito em afirmar, sem provas, que o rapaz fora assassinado por motivação homofóbica, Wyllys acusou, de maneira apressada, os "fundamentalistas evangélicos" de estarem por trás do "assassinato" do jovem e de outros.

Eis um trecho da "obra-prima" de Jean Wyllys: "Eu já disse uma vez e vou repetir. Cada uma dessas vítimas tem um algoz material — o assassino, aquele que enfia a faca, que puxa o gatilho, que 'desce o pau', como o pastor Malafaia pediu numa de suas famosas declarações televisivas. Mas há outros algozes, que também têm sangue nas mãos. São aqueles que, no Congresso, no governo e nas igrejas fundamentalistas, promovem, festejam, incitam ou fecham os olhos, por conveniência, oportunismo, poder e dinheiro, cada vez que mais um Kaique é morto. Eles também são assassinos" (a íntegra do texto ainda consta do site "cartacapital", na seção Colunistas/Jean-Wyllys).

Que vergonha, hein?! Mas, como dizia meu saudoso pai, "O apressado come cru". #ProntoFalei, com base em fatos, e não movido por ódio ou qualquer outro sentimento que deponha contra a razão.

Ciro Sanches Zibordi

8 comentários:

Elinaldo Renovato disse...

Pr. Ciro, também acompanhei mais essa petralhada. A ministra militante prova que faz coro com o deputado-carona, que destila seu ódio e intolerância ferina contra os evangélicos. Cada um só pode dar o que tem. Esse deputado não passa de mais um agente útil a serviço do anticristo, em sua sanha contra a palavra de Deus. Para ele, a Bíblia é um livro "homofóbico", porque condena o sexo misturado com fezes humanas. E quer que nós , servos de Deus, fiquemos calados, amordaçados, ou só falemos contra a homossexualidade "dentro dos templos". No rádio, na TV, no jornal, na internet, NÃO! É homofobia. Deus nos livre da ditadura gay. E tenha misericórdia desses fanáticos materialistas. Como disse Pedro: "Não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido" (Atos 4.20). Esse tipo de atitude, desses petistas, faz parte da "rebelião contra Deus" e contra a Igreja de Jesus Cristo. Mas não adianta. Jesus disse: "Pois também eu ... edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela" (Mt 16.18).

blogdolima disse...

isto serve de alerta pra nós evangélicos e pessoas de bem,vamos escolher melhor em quem vamos votar neste ano,pois eu acredito que a maioria dos brasileiros são contra a imoralidade que vem devastando as famílias brasileiras.Respeito a escolha sexual do gays,mas isto não os torna privilegiados em nada.A lei é para todos senhores.Fica o lerta,não jogue seu voto no lixo!

blogdolima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Olá pastor Ciro, graça e paz !!!

Para ser sincero eu também achava que existia apóstolos nos dias de hoje, e daí eu dei uma grande pesquisada nisso. Li vários artigos de grandes pastores renomados sobre isso, como do pastor Renato Vargens que é contra apóstolos nos dias de hoje.
.
http://www.pulpitocristao.com/2013/09/existem-apostolos-nos-dias-de-hoje-renato-vargens/
.
http://renatovargens.blogspot.com.br/2013/10/o-que-leva-uma-pessoa-se-autointitular.html
.
Mas também li o outro lado que defende a existência de apóstolos nos dias de hoje, e eles dizem que os apóstolos nos dias de hoje são pessoas que vem ao mundo com uma missão específica, como grandes pastores como Paul Washer, John Piper, David Wilkerson, cujos ministério influenciaram nações... É isso mesmo ?

Nesse caso meu caro pastor Ciro, você também é um apóstolo, pois você também veio com uma missão específica que é de desmascarar erros, doutrinas e levar muitos ao conhecimento de onde erraram. E seus livros e obras nos mostra isso.

Não tenho preconceito contra os pentecostais. Sou pentecostal batizado no Espirito santo. Na verdade, acho que tenho mais preconceitos com os calvinistas reformados que se acham os donos da razão e acham que tem o rei na barriga, considerando todas as outras igrejas como seitas demoníacas, principalmente as pentecostais.

Você poderia abranger um artigo somente sobre esses dons de efésios e mostrar eles nos dias de hoje, especialmente o de apóstolo. Como eu sei que alguém é um apóstolo ? O que diferencia um apóstolo de um profeta, de um mestre, de um pastor, etc .... Poderia fazer isso ?
.
Abraço.
Piere Bocatto.

JOL JOLE disse...

Que absurdo esse militante gay!A sanha deles é tão grande para prejudicar os evangélicos, que nem sequer olham direito nem esperam a coisa ser averiguada direito. Querem ser adorados por serem gays.Família é homem e mulher, dentro dos moldes bíblicos.Aqui não é a ditadura gay, ninguém é obrigado a achar bonito isso, essa aberração.Bonito é um casal hétero, com filhos ensinados dentro da ética e boa moral.Casamento gay é uma aberração.DEUS SEJA LOUVADO.

Ezequiel Domingues dos Santos disse...

Tal é a sutileza revolucionária de jogar grupos contra grupos, que, mesmo provando que foi suicídio, eles consegue fazer uma retórica que consegue jogar contra o crescimento evangélico numa sociedade "heteronormativa' o motivo da depressão do rapaz. Eles são treinados para em todos os pontos denegrir e santanizar os valores cristãos, assim com os próprios evangélicos, os quais, sendo fiéis a ortodoxia bíblica, recebem deliberadamente o nome de "fundamentalistas".

http://www.ezequiel-domingues.blogspot.com.br/

Miqueias Sousa disse...

Pastor, A paz do Senhor.
No seu artigo publicado no face, acerca do pregador que fala sobre utilização das midias socias, creio que a palavra "concerto" foi grafada de forma incorreta, a não ser que o sr. utilizou a forma de propósito.
Textos ótimos que o sr. publica, continue assim sendo usado por Deus para a glória Dele.
Sou membro da Tradicional em Manaus e gostei muito de suas ministrações durante os dois dias.
Um abraço.

Miqueias Sousa disse...

Ops Pastor, eu que me equivoquei ao falar sobre a palavra "concerto", verifiquei seus outros posts e realmente errei ao querer dar outra grafia a palavra, desculpe-me, aprendi a "dica" de português.
A Paz do Senhor