sábado, 28 de setembro de 2013

Criança transgênero? Pare o mundo, quero descer!


Li, há poucos dias — estarrecido —, a notícia (dada com muito destaque pelo portal UOL) a respeito de uma criança argentina de apenas 6 anos cujos pais conseguiram "mudar" seu sexo. O desejo do garoto foi prontamente atendido pela mãe e acatado pelas autoridades de Buenos Aires. Manuel, aos 4 anos, resolveu que deveria ser uma menina, e sua mãe, então, passou a chamá-lo de Luana ou Lulu.


O site UOL apresenta o acontecimento como uma grande conquista e afirma: "Os pais da garotinha argentina conseguiram autorização do governo de Buenos Aires para que a filha trocasse sua identidade no DNI, o RG da Argentina. Ela será a primeira criança transgênero a obter esse feito no país". Wow!

Mas o trecho da reportagem mais estarrecedor é este: "Foi assistindo a um programa de TV sobre uma menina transgênero que Gabriela [mãe do menino Manuel] diz ter compreendido o que se passava com a filha e buscou ajuda. 'Ao aceitar que meu filho não era o filho que eu dei à luz, mas sim uma menina, aceitei sua identidade e me coloquei ao seu lado', disse a mãe de Lulu".

Diante do meu estarrecimento, alguém poderá dizer que sou fundamentalista, preconceituoso ou homofóbico. Mas, responda-me, por favor: Que maturidade tem uma criança de 4 anos para decidir que, a despeito de ter nascido fisiologicamente homem, é uma mulher? Pelo amor de Deus, onde está o bom senso e a inteligência dessa gente?! Afinal, sabemos que um infante é facilmente manipulável — como se fosse barro ou massa de moldar — e pode ser convencido de qualquer coisa, sobretudo se tiver apoio dos pais.

Segundo a Bíblia — sim, a Bíblia, que muitos desprezam e zombam dela sem nunca a terem lido —, cabe aos pais, se estes tiverem juízo, ensinar o menino no caminho em que deve andar (cf. Provérbios 22.6). No caso em apreço, é evidente que os pais são os responsáveis pela "mudança" de sexo do garoto Manuel. E é lamentável que a grande mídia aplauda essa conduta. #ProntoFalei, quer gostem, quer não gostem.

Ciro Sanches Zibordi

18 comentários:

Ailson Vieira disse...

Meu caro Ciro, é com pesar que digo; Jesus disse assim; não temas, ó pequeno rebanho, aprouve ao Pai dar-vos o Reino.
Observe que é grande a multidão que caminha para a corrupção e depravação total. Não querem mais saber de Deus nem da Sua Palavra.
Enfim, está se cumprindo o que já foi profetizado. Fique firme no Senhor !!! Abraços!

Anônimo disse...

Quando essa criança crescer e mudar de opinião o que todos esses loucos vão fazer???

IVI disse...

Tb fiquei estarrecida.

IVI disse...

Tb fiquei estarrecida.

Zé Mário disse...

Pr Ciro,
Creio que algumas mães estão "transferindo" seus desejos de ter uma criança do sexo feminino e acabam impondo uma "nova realidade" para estes pequeninos.
Mas o que nos resta será sempre: Maranata!

Zé Mário disse...

Pr Ciro,
Creio que algumas mães estão "transferindo" seus desejos de ter uma criança do sexo feminino e acabam impondo uma "nova realidade" para estes pequeninos.
Mas o que nos resta será sempre: Maranata!

Zé Mário disse...

Pr Ciro,
Creio que algumas mães estão "transferindo" seus desejos de ter uma criança do sexo feminino e acabam impondo uma "nova realidade" para estes pequeninos.
Mas o que nos resta será sempre: Maranata!

Levino Carvalho. disse...

A Paz, CIRO isso é loucura insanidade,essa grande tentativa de desconstrução do tradicional e do ético lança o homem num abismo pois quem estabelecerá limites a esse homem completamente autônomo, sabemos que no fim haverá limites mais que limites são esses e da onde virão?

Zilton Alencar disse...

Deixa eu ver se entendi direito, pr Ciro... Eu cai do berço de cabeça quando era pequenininho, e desde então tenho dificuldade de entender as coisas...

Se uma criança quiser FAZER UMA TATUAGEM, não pode, mas MUDAR DE SEXO pode?? É isso mermo??

#RivotrilUrgente

Rafael Evandro disse...

A Bíblia nos afirma que Deus criou homem e mulher,e Ela é verdadeira.
Mas certo senador,a poucos dias, foi muito infeliz ao dizer que a Bíblia era um mito,que não deveria ser levada muito a serio.
A paz do Senhor pastor,que Deus o abençoe.

Saulo Alves disse...

Caro pastor Ciro, com certeza,vivemos em tempos difíceis e , por isso, faz-se mais do que necessário a busca de um verdadeiro avivamento na igreja. Eu fico estarrecido com essa notícia.Mas o que me entristece mais é o fato de vermos coisas do mundo entrando nas igrejas ,e o povo de Deus sem discernimento para rebatê-las veementemente. Fiquei triste quando li sobre um festival de músicas evangélicas onde é enaltecido o melhor louvor , sendo avaliado vários itens que compõem o louvor , acarretando em troféu ao vencedor. Gostaria de saber desse povo se também irão premiar o pastor que prega melhor, a mulher do círculo de oração que mais ora, o irmão mais santo, (desculpe a minha ironia), etc. Na minha simples visão, eu não concordo com esse tipo de competição para com as coisas de Deus. Posso estar errado, por isso, gostaria muito que o senhor falasse um dia sobre essas práticas na música evangélica.

saudações em Cristo Jesus!

João Maria disse...

Meu Deus!!. Em que mundo estamos! É triste ver e ouvir essas coisas.

João Maria

João Maria disse...

Meu Deus!!. Em que mundo estamos! É triste ver e ouvir essas coisas.

João Maria

Clévison Valverde disse...

Se o senhor me der uma carona, desço junto!
Infelizmente o mundo está indo de mal a pior. Somente Jesus para mudar os rumos desta coisa (com sua volta, é claro).

Clévison Valverde disse...

Se me der a honra de lhe acompanhar, desço junto!

Clévison Valverde disse...

Se o senhor me der uma carona, desço junto!
Infelizmente o mundo está indo de mal a pior. Somente Jesus para mudar os rumos desta coisa (com sua volta, é claro).

Josenilda Almeida disse...

Eu me pergunto o que nos resta vê, nessa vida? Vejo esse tipo de artigo e parece que não me abala mas, será que o problema é comigo ou é que temos visto tanta coisa ruim, que já estamos esperando qual será a próxima? Meu Deus venha logo!!!!

Hugo Oliver disse...

Ao Autor do comentário no final do post, concordo plenamente com você, passou uma reportagem ontem no Fantástico mostrando sobre isso, e o que eles querem? Mostrar ao mundo que tudo isso é normal, por isso que a globo faz questão de propagar esses tipos de informações. Gente, se as pessoas lessem a bíblia elas entenderiam porque tanta coisa acontece com elas. E é óbvio que os pais não tem um pingo de noção. É realmente muito triste ver esses tipos de coisas. Crianças decidindo o que querem fazer com suas vidas, me poupe cara.