terça-feira, 5 de março de 2013

Haverá uma trindade satânica?


Sabemos que o Diabo já está julgado (Jo 16.8-11), e a sua carreira, em descensão (Ez 28.11-19). Quando quis se igualar a Deus, foi precipitado das alturas (Is 14.12-15) e se tornou o “príncipe das potestades do ar” (Ef 2.2). Na Grande Tribulação, ele será lançado na Terra (Ap 12.7-9). No Milênio, ficará aprisionado num abismo (Ap 20.1-7). E, por fim, será condenado, em última instância, ao Lago de Fogo (Rm 16.20, Ap 20.10).

Depois do Arrebatamento da Igreja, haverá uma batalha nas regiões celestiais. Sob a liderança do arcanjo Miguel — encarregado de proteger o povo de Israel (Jd v.9; Dn 12.1) —, os anjos de Cristo prevalecerão contra os do Diabo: “E houve batalha no céu: Miguel e seus anjos batalhavam contra o dragão; e batalhavam o dragão e os seus anjos, mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus” (Ap 12.7,8). Nesse tempo, o Dragão será expulso das regiões celestiais: “foi precipitado o grande dragão” (v.9).

A precipitação do Inimigo à Terra trará grande prejuízo à humanidade, principalmente a Israel. A tríade satânica, a falsa trindade (Ap 13), se estabelecerá com muita força: “Ai dos que habitam na terra e no mar! Porque o diabo desceu a vós e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo” (12.12b). Hoje, o Diabo e os anjos que se rebelaram contra Deus, no princípio (12.4), não têm plena liberdade de ação. Eles habitam as regiões celestiais (Ef 6.12; Gl 1.8), onde está o trono do “príncipe das potestades do ar” (Ef 2.2). Após o Arrebatamento, eles agirão direta e irrestritamente na Terra.

De acordo com Apocalipse 16.13, as duas Bestas — uma que sobe do mar (13.1-10) e outra que emerge da terra (13.11-18) — entrarão em ação no período tribulacional: “E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi saírem três espíritos imundos, semelhantes a rãs”. Deus também revelou ao apóstolo Paulo, em 2 Tessalonicenses 2, essas duas Bestas: os versículos 3 a 6 se referem à primeira (o Anticristo); e os 7 a 12, à segunda (o Falso Profeta).

Satanás jamais conseguirá ser igual a Deus (Is 14.12-14). E essa frustração faz dele um imitador das obras divinas, porém com intentos maus. Ele formará a sua falsa trindade — na verdade, uma tríade, haja vista não ser ela uma união de três pessoas que formam um único deus, e sim três pessoas distintas agindo separadamente, tendo como líder o Dragão. Este, o Anticristo e o Falso Profeta tomarão posse, temporariamente, da Terra. Se a Santíssima Trindade é composta de Deus-Pai, Cristo e Espírito (Mt 28.19; 2 Co 13.13), a falsa trindade satânica terá como protagonistas o Antideus, o Anticristo e o Antiespírito.

As diferenças entre Cristo (o Cordeiro de Deus) e o Anticristo (a Besta do Diabo) são muitas. Cristo é a imagem de Deus (Cl 1.15); o Anticristo, a de Satanás. Cristo é a segunda Pessoa da Trindade; o outro também será a segunda pessoa, mas da falsa trindade satânica. Cristo desceu do Céu (Jo 6.51); o outro subirá do abismo (Ap 11.7). Cristo é o Cordeiro (Jo 1.29); o outro, a Besta. Cristo é o Santo; o outro, amante da iniquidade, terá um aliado chamado de Iníquo (2 Ts 2.8).

Cristo veio em nome do Pai; o Anticristo virá em seu próprio nome. Cristo subiu ao Céu (At 1.9-11); o outro descerá para o Inferno. Cristo é o Filho de Deus (Jo 3.16); o outro, o filho da perdição. Cristo é o mistério de Deus; o outro, o da iniquidade. Cristo recebe o louvor dos santos; o outro será adorado pelos ímpios. A Noiva de Cristo é a Igreja; a do outro será “uma prostituta” (Ap 17.16,17). Cristo é a verdade (Jo 14.6); o outro, a mentira. Cristo é a luz (Jo 8.12); o outro, trevas. Os seguidores de Cristo andam na luz (1 Jo 1.7); os do outro andarão em trevas (Ap 16.10). O Reino de Cristo é eterno; o império do Anticristo durará apenas sete anos.


Assim como Cristo veio ao mundo para revelar a glória do Pai (Jo 1.14), a Besta revelará a natureza funesta do Diabo, agindo segundo o seu poder (Ap 13.1,2). A palavra “anticristo” pode significar “contra Cristo” ou “no lugar de Cristo” — ou uma combinação das duas definições. Como os fariseus do passado, o Anticristo será inimigo figadal de Cristo e seus seguidores (Mt 12.14; Lc 15.2). E, da mesma forma que o Espírito convence os pecadores e glorifica a Jesus (Jo 16.8-14), o Falso Profeta induzirá todos a adorarem o Anticristo (Ap 13.11-15).

Ciro Sanches Zibordi
Texto extraído do livro Erros Escatológicos que os Pregadores Devem Evitar, publicado pela CPAD em 2012

14 comentários:

Vânia Luz disse...

Essa guerra ente o arcanjo e satanás já aconteceu.
O diabo não pode ainda está nos céus, onde Deus habita não há mas o pecado.
O filho da perdição, já foi lançado por terra e é por isso que os dias estão tão maus.

Quem lê o esse texto, pensa que o cão ainda está onde mora o altíssimo.

Flaviano Filho disse...

Prezado Irmão Ciro

Você cometeu um erro que muitos teólogos tem cometido ao longo dos anos,mas nunca é tarde para corrigir.
Noa existe trindade satânica.
O que é Trindade?

Explico

A trindade é uma doutrina cujo objetivo é afirmar a unidade de Deus, e que, é inerente a esta unidade certa complexidade relacional. Trindade é uma explicação ao fato de que este Único Deus, apesar de sua unidade, se relaciona de forma complexa, ou seja, apesar dele ser um único Deus, Ele se revelou como Pai, Filho e Espírito Santo. O cristianismo por ser uma religião monoteísta não está disposta discutir a unidade de Deus, pois é um fato, do contrário, o cristianismo seria mais uma religião politeísta ou idólatra. O Credo de Atanásio diz:
"Assim o Pai é Deus, o Filho é Deus, o Espírito Santo é Deus. E contudo não são três deuses, mas um só Deus.
Observe o cuidado de Atanásio, que ao usar o termo "Deus" três vezes associado ao Pai, Filho e Espírito Santo, deixa claro que não está com isso afirmando que existem três deuses, como ele mesmo explicita logo após "contudo não são três deuses, mas um só Deus". Atanásio está defendendo a interpretação cristã de que este único Deus, que sempre percebemos na revelação das Escrituras como Pai, Filho e Espírito, é trino em pessoa, mas não são três divindades distintas e independentes, do contrário, novamente estaríamos comprometendo a fé monoteísta afirmada pelas Escrituras (Dt 6:4).
Dito isto eu pergunto: o diabo conseguirá ser uma trindade?????/
O termo Trindade foi criado exclusivamente para Deus.O Diabo nunca conseguirá ser uma trindade.Portanto, ao invés de dizer trindade satânica diz tríade satânica. Com certeza esse é um dos erros que os pregadores não devem cometer.
Fica na Paz do Senhor

Flaviano Filho

Ciro Sanches Zibordi disse...

Flaviano,

E o irmão cometeu um erro que boa parte dos brasileiros comentem, sobretudo os estudantes, na prova do ENEM: não leu o texto com atenção e, por isso, não soube interpretá-lo e entender a palavra trindade à luz do contexto. Leia o texto de novo, devagar, com calma...

Lembre-se: nunca é tarde para se corrigir.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Vânia,

Você realmente leu o artigo com total atenção?

Bem, quanto a Apocalipse 12, trata-se de uma passagem difícil, pois é um parênteses no livro de Apocalipse. Ali, alude-se ao passado, ao presente e ao futuro.

O Diabo não está preso, com todo respeito aos amilenaristas (ou amilenistas) de plantão. Ele acusa aos salvos e, por isso, tem relativo acesso à presença de Deus. Estude mais sobre o assunto, sem preconceito, e você verá que o Diabo foi vencido por antecipação, mas ainda não foi definitivamente esmagado. Satanás não está onde Deus habita, mas a sede do seu governo maligno é "nas regiões celestiais, hoje. Estude Efésios 2 e 6.

CSZ

Luiz Henrique disse...

Belas aula escatologica e camisa pastor! Risos...

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Amigo e nosso pr. Ciro Zibordi,

A paz amado!

Estamos á porta! Aleluia!

As nossas lágrimas são derramadas neste momento em que a nossa alegria é maior do que a tristeza de vivermos nesta época tão difícil.

A alegria está às portas. Maranata!

O Senhor seja contigo, nobre atalaia.

O menor.

Flaviano Filho disse...

A paz do Senhor Pr Ciro

Foi mal...realmente não li o texto com atenção.

Flaviano Filho

Nunes disse...

Parabéns Pr. Ciro, olha que o Deus de paz te esconda no seu pavilhão e debaixo de sua potente destra estejas seguro, pois o inimigo vive furioso com o irmão, são poucos que não usam de engano, mas estamos nesse mundo para isso, mostrar ao mundo JESUS, o caminha a verdade e a VIDA, vem Jesuss tua Noiva te aguarda... Aleluias.

José Paulo Furtado Tirone disse...

A paz do Senhor! Parabéns por esse resumido, porém, muito esclarecedor texto! Trouxe-me grande entendimento!
Graças a Deus por esse dom maravilhoso que Ele tem dado a você, pois tem servido de benção e inspiração para minha vida e de muitos outros também!

Edwin Mello disse...

Pr. Ciro, muito agradecido por ESCREVER =)

Jadiel Franca disse...

Pr.ciro como sempre o espirito santo atrves de sua pessoa tirando duvidas minhas e nao somente minhas mas tambem de todos os que querem compreender as sagradas escrituras.que jesus continue te inspirando cada dia.

Flaviano Filho disse...

falsa trindade ?É verdade, que você escreveu a palavra falsa antes de trindade,mas mesmo assim nunca use o vocábulo trindade para Satanás.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Flaviano,

O irmão está equivocado. Assim como existe falso deus, falso Cristo, existe falsa trindade.

CSZ

Flaviano Filho disse...

O termo “Trindade” foi cunhado por Tertuliano especialmente para Deus.Portanto,é errado usar esse vocábulo para se referir a tríade satânica de Apocalipse .