sábado, 17 de dezembro de 2011

Mais uma falácia adventista: interpretação fora de contexto de 1 João 2.7


A internauta Débora Borges fez algumas observações a respeito dos artigos que tenho escrito sobre a sabadolatria e assuntos afins. Como ela mencionou uma antiga falácia adventista, pela qual se reafirma que o quarto mandamento do Decálogo deve ser guardado pela Igreja de Cristosenti-me estimulado a escrever mais este artigo.

Referindo-se aos dez mandamentos, a internauta sabatista citou 1 João 2.4,5 e afirmou: “Irmãos, meditem nessas palavras com carinho, e o Espírito Santo iluminará vossas mentes”. Nessa passagem, o apóstolo João disse: “Aquele que diz: Eu conheço-o e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade” (v.4). Seria esta uma prova de que devemos guardar os dez mandamentos, nos dias de hoje?


A internauta também citou os versículos 7 a 11 do aludido capítulo e concluiu: “Olha que interessante esta parte: ‘Irmãos, não vos escrevo mandamento novo, mas o mandamento antigo, que desde o princípio tivestes. Este mandamento antigo é a palavra que desde o princípio ouvistes’. Veja, irmão Ciro: ‘desde o princípio’. O Decálogo diz: ‘amarás o teu próximo como a ti mesmo’. João simplesmente citou esse mandamento
.

Teria mesmo o apóstolo João, ao mencionar “mandamento antigo” e “desde o princípio”, aludido a um dos dez mandamentos? S
e compararmos 1 João 2.7 com 2 João v.5 — haja vista serem as Escrituras análogas —, descobriremos o verdadeiro sentido do jogo de palavas empregado: “rogo-te, não como escrevendo-te um novo mandamento, mas aquele mesmo que desde o princípio tivemos: que nos amemos uns aos outros.

Observe estas duas frases: “tivemos” e “amemos uns aos outros”. Quando João disse “tivemos”, fica evidente que ele não se referiu ao Decálogo, e sim a um mandamento que ele e outros cristãos haviam recebido.

No Decálogo não consta a frase “amemos uns aos outros”. Aliás, nele não está contida nem o mandamento “amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Este faz parte da lei mosaica (Lv 19.18), mas não figura entre os dez mandamentos, que são um resumo da aludida lei (Êx 20; Dt 5).


O novo e, ao mesmo tempo, antigo mandamento é o que foi apresentado desde o princípio da vida cristã, tanto a João como aos outros discípulos que o receberam. Na última refeição do Senhor com os apóstolos, Ele afirmou: “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros” (Jo 13.34,35).


Segue-se que o mandamento apresentado pelo apóstolo João em certo sentido não é novo, e sim antigo, porque se originou em Jesus. Não era a primeira vez que estava sendo apresentado. Por outro lado, o mandamento era novo para quem o estava ouvindo pela primeira vez: parte dos destinatários das Epístolas de João.

Amém?


Ciro Sanches Zibordi

24 comentários:

Janise, Com ou Sem Crise disse...

Amém! E assino embaixo:
Janise Dantas

Thiago Dylan disse...

Amém! Que o Espírito Santo aclare o coração e o entendimento de nossa caríssima internauta!

Vandim disse...

Existem judeus ateus e agnosticos q guardam o sábado nos moldes veterotestamentários.
Convivi com guardadores do sábado q tinham comportamentos e palavreado nada cristãos, mas tbm não dá p generalizar, fato é que a guarda deste dia em nada em nada acrescenta na vida cristã

vagner ribeiro disse...

Pastor Ciro tire-me uma dúvida se puder, em mateus 22,36 um doutor da lei perguntou a Jesus qual era o grande mandamento da lei, e Jesus responde: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. e Jesus também disse: Este é o grande e primeiro mandamento. e continuou-E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo, destes dois depende toda lei e os profetas- Minha pergunta é:isso não tem nada a ver com os dez mandamentos (decálogo),Porque no decálogo o primeiro é: “não terá outros deuses diante de mim.” e o segundo é:“.Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.” Segunda pergunta: Onde, no antigo testamento, é mencionado este grande e primeiro mandamento da lei que Jesus se referiu? tive um Pastor que dizia que Jesus pegou os dez mandamentos e resumiu em dois: Amarás a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a ti mesmo. Se puder me explicar te agradeço, fique na paz.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Vagner Ribeiro,

Leia, por favor: http://cirozibordi.blogspot.com/2011/12/quais-sao-os-principais-mandamentos-que.html.

A paz do Senhor.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Vandim,

Não tenho nada contra quem quer, hoje, guardar o sábado, a despeito de eu ter a certeza absoluta, à luz da Bíblia, de que a guarda do sábado não é um mandamento para a Igreja. O problema está na sabadolatria e na insistência em dizer que as pessoas que não guardam o sábado não obedecem aos mandamentos de Deus.

Um abraço.

CSZ

Os Arminianos disse...

Não tenho nada contra quem quer, hoje, guardar o sábado, a despeito de eu ter a certeza absoluta, à luz da Bíblia, de que a guarda do sábado não é um mandamento para a Igreja. O problema está na sabadolatria e na insistência em dizer que as pessoas que não guardam o sábado não obedecem aos mandamentos de Deus.

Pois é pastor Ciro, auguns deles ou melhor muitos deles dizem que quem não guarda o sábado, tem ou terá o sinal da besta, pois segundo eles o sábado é o sinal (SELO) de Deus para com a verdadeira igreja (A Igreja Remanescente) e as outras por "guardarem o domingo" são filhas de Babilonia.

Eles ainda dizem que a palavra 'Sunday' (domingo) é o dia do deus sol, afirmando que nós adoramos no dia de um deus pagão. O problema é que eles também se esquecem que a palavra 'Saturday' (sabado) significa dia do deus saturno e que para o Império Romano pagão, todos os dias eram de alguma forma paganizado. Tal atitude mostra como os tais são anti-bíblicos.

Jean Patrik

João Dórea disse...

Pastor Ciro,

É sempre um prazer ler os seus artigos, e tenho aprendido muito netes últimos anos. Sou dirigente de um ministério, tenho buscado o conhecimento na teologia com a ajuda do Espírito Santo.

Quero saber se no curso da ETAD e FAETAD tenho agum módulo de Apologética? se não, aonde buscar este curso, pois almejo defender a Fé assim como o Sr. faz com muito louvor? um grande abraço.

Em Cristo.

Jean Patrik disse...

João Dórea,

Na EETAD tem sim um livro muito bom sobre apologética.

Mas faço curso de aplogética no ministério de apologética (CACP) http://www.cacp.org.br/index.html

Muito bom!

O pastor Ciro seria um apologeta conteporaneo.

Fiquei até abismado quando falou de um assunto clássico.

Jean Patrik

Palavra e Vida disse...

Vivemos na dispensação da lei do amor. Exemplo disso é o da mulher adúltera, pegada no ato de adultério pelos líderes religiosos judeus e trazidas até Jesus para ser apedrejada, mais Jesus fez ao contrário, deu lhe o perdão. Para o amor há lei? Jesus quer amor, misericórdia.

JANAILSON SALES ARAÚJO disse...

QUE SEJAMOS DEFENSORES DA VERDADDE BÍBLICA BATALHANDO CONTRA TODA FALÁCIA ADVENTISTA SEM FUNDAMENTO BÍBLICO...

João Dórea disse...

Jean Patrik,


Agradeço a dica, conheço muito o site da CACP, vi também o curso de Apologética.

Vi alguns comentários na net a respeito do site, por esse motivo gostaria de saber se averia algum outro para consultar.

mas valeu mesmo assim,

Em Cristo.

Severino Saulo disse...

Todos os que querem viver pela Lei deveriam cumprir todos os mandamentos que estão escritos no livro da Lei, e nós sabemos que não são apenas 10 se não me falha a memória existem mais de 600 mandamentos. Assim sendo quem guarda o sábado, também guarda os demais mandamentos? Acho que não! Até porque ninguém pode se justificar com Deus por cumprir as obras da Lei, se assim fosse não haveria a necessidade de Jesus morrer por nós.

Deixo esse texto para meditação de todos.

“Ó insensatos gálatas! quem vos fascinou a vós, ante cujos olhos foi representado Jesus Cristo como crucificado? Só isto quero saber de vós: Foi por obras da lei que recebestes o Espírito, ou pelo ouvir com fé? Sois vós tão insensatos? tendo começado pelo Espírito, é pela carne que agora acabareis? Será que padecestes tantas coisas em vão? Se é que isso foi em vão. Aquele pois que vos dá o Espírito, e que opera milagres entre vós, acaso o faz pelas obras da lei, ou pelo ouvir com fé? Assim como Abraão creu a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça. Sabei, pois, que os que são da fé, esses são filhos de Abraão. Ora, a Escritura, prevendo que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou previamente a boa nova a Abraão, dizendo: Em ti serão abençoadas todas as nações. De modo que os que são da fé são abençoados com o crente Abraão. Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las. É evidente que pela lei ninguém é justificado diante de Deus, porque: O justo viverá da fé; ora, a lei não é da fé, mas: O que fizer estas coisas, por elas viverá. Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; para que aos gentios viesse a bênção de Abraão em Jesus Cristo, a fim de que nós recebêssemos pela fé a promessa do Espírito.” Gálatas 3.1-14

O BLOG DA VERDADE disse...

Aqui esta um que "cre" em Jesus,chama-o de "Yahshua",diz que o Espirito Santo eh feminino,e critica as igrejas que ensinam o contrario e guarda a lei mosaica:www.abrahamic-faith.com

O BLOG DA VERDADE disse...

Oh!E defende a poligamia,criticando os que a rejeitam.

Nerly Nunes disse...

primeiro, quero parabenizar pelo belo texto...Muito bom saber dessas coisas.

E, já que o assunto aqui é o "sábado", gostaria de saber o porque ele é citado em Mateus 24:20.

Abraço!

Anônimo disse...

Irmão Ciro,

o que eu quero que o senhor me explique não é o tivemos, mas sim o "desde o princípio". João não diz que é desde quando cristo veio aqui.

Então só tem uma outra explicação, que está se referindo aos 10 mandamentos.

Débora Borges

Ciro Sanches Zibordi disse...

Débora Borges,

Fiz uma longa exposição de 1 João 2.7, à luz dos contextos imediato e remoto, explicando a Bíblia pela Bíblia, e você a desprezou, apresentando mais uma questiúncula. Já percebi que você não quer aceitar o que está escrito na Palavra de Deus.

Desculpe-me... Meu tempo é muito precioso. Não prosseguirei em nossa conversa. Escolha entre a verdade bíblica e as suas próprias concepções.

Que Deus a abençoe.

CSZ

Nelson Passos disse...

Olá me chamo Nelson Passos dono do blog Vinde ao Senhor (www.vindeaosenhor.blogspot.com) e sempre acesso o seu blog. Lendo este tópico Pastor Ciro percebi que o senhor concorda com a objetora Adventista que a "Lei do amor a Deus e ao próximo" vem desde o principio. Ora se ele vem desde o principio ele não é um mandamento "novo" e nisso você também concorda já que citou os versiculos que revelam a ordem de amar a Deus e ao proximo no antigo testamento.

Ora se a Lei do Amor tomaram o lugar dos Dez Mandamentos no Novo Testamento por qual motivo esses mesmos Mandamentos foram dados no Antigo Testamento já que a Lei do Amor a Deus e ao próximo já existia? Ora se a quebra do mandamento do Sábado no Antigo Testamento era pecado e necessária sua guarda para a salvação e hoje em dia não é mais não estaria Deus salvando a humanidade com "dois pesos e duas medidas"?

A Bíblia deixa claro também que o mandamento do amor depende "de toda a Lei e os profetas" (Maateus 22:40). Ora se o mandamento da Lei do Amor a Deus e ao próximo é fechada em si mesma quais são esses outros mandamentos citados por Jesus? Dez Mandamentos não podem ser já que segundo você eles foram anulados. Quais são então?

Espero ansiosamente.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Nelson Passos,

Não sou dono deste blog, pois entreguei-o ao Senhor Jesus. Mas parabenizo-o pelo seu eclético blog. Percebi que o senhor, entre outras coisas, é discípulo de Ellen G. White, a qual assevera que a salvação não é apenas pela graça, e sim mediante à guarda do sábado...

Não nego que o mandamento de amar o próximo vem desde o princípio, pois Deus é amor. Seria incoerente dizer que apenas Jesus trouxe o amor ao mundo. Aliás, o próprio Filho de Deus foi enviado por causa do amor (Jo 3.16; Rm 5.8).

Entretanto, é uma afronta à exegese bíblica dizer que 1 João 2.7 refere-se aos dez mandamentos. O contexto deixa claro que João aludiu a um mandamento que ele e os discípulos de Jesus receberam, e não ao Antigo Testamento.

CSZ

Renan Mendes disse...

Paz de Cristo querido Pastor Ciro!

Tenho visto um judeu messianico dizer que as leis para os gentios seguirem são as leis noéticas citadas em Atos 15, na qual eu concordo com ele, e na própria nao consta nada sobre o sábado.Porém, ele cita que Deus se agrada disso baseado em Isaias 56.
Queria te perguntar se você também concorda que Paulo guardava as festas judaicas mais importantes, pois alguns teologos de nome tem escrito em suas bíblias de estudo este fato, creio que é baseado em Atos 20, quando Paulo vai depressa á Jerusalém para a festa de Pentecostes, graça e paz a você meu amado irmão em Cristo!

Pr. Pires disse...

Parabens pr. Ciro por mais essa defesa Fp 1.7,16.

Pr. Pires disse...

O sábado era um sinal entre Deus e o povo de Israel Êx 31.13; Esta claro que nem exitia a igreja, mas so passou a existir no dia de Pentecostes. O que ta faltando para os adventista, é estudar mais a hermenêutica[Do gr. hermeneuo," interpretar, explicar] Ciência que tem por objetivo descobrir o verdadeiro sig. de um texto.

Ignácio disse...

Não meu amigo. O contexto que está se referindo 1 João 2:7 é de um capítulo que se refere a todos os mandamentos na sua totalidade. Perceba que nesse capítulo, não há distinção entre o que é mandamento direcionado à Deus e os mandamentos direcionados ao próximo. E levando em consideração que o que interessa é o tema que se está tratando nessa situação, os mandamentos citados na referida passagem remetem a todos eles e não uma especificamente.
O outro capítulo dala de outro assunto e não pode ser usado para anular o real significado de 1 João 2:7, até por quê a bíblia não contradiz, ela sempre se complementa.
Lucas 16:17
E é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til da lei.

Fique com Deus !