segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O que significa — de fato — o logotipo da CGADB?


Vários internautas perguntam e especulam a respeito do logotipo da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil). Por ocasião da última AGO (Assembleia Geral Ordinária) da CGADB, escrevi um artigo bem-humorado, espirituoso, pelo qual discorri sobre a conduta de alguns convencionais. Afirmei, na ocasião: “Coincidente e curiosamente, o logotipo da CGADB ilustra bem as características dos obreiros que participam das reuniões convencionais, apresentando verdadeiros retratos deles”.

Usando o logotipo como ilustração, mencionei as características dos obreiros que participam das AGOs, começando pelo lado negativo: “o logotipo mencionado apresenta três tipos de convencionais: (a) o de cabeça quente (nervoso, irascível, arrogante, com foguinho sobre a cabeça); (b) o que pisa na bola e/ou nos seus desafetos (sem misericórdia, considera-se superior aos outros); e (c) o que tem duas caras (politiqueiro, bajulador, falso)”.


Mas eu também fiz uma abordagem positiva, com base no mencionado logotipo: “também apresenta três tipos de ministros: (a) o pentecostal (com a chama sobre a cabeça, fervoroso, tem o poder do Espírito sobre a sua vida); (b) o zeloso (diligente, cuidadoso, olha por cima do rebanho, supervisionando-o, e vê ao longe); e (c) o empreendedor (prioriza a obra missionária; observe que há um globo sobre a sua cabeça)”.


Tenho visto, entretanto, no YouTube, pessoas mal-intencionadas especulando a respeito do logotipo da CGADB. Existem até vídeos — produzidos por inventores de males, paranoicos, apreciadoras das teorias da conspiração — que ligam, forçosa e caluniosamente, essa instituição à maçonaria.

Afinal, o que significa o logotipo da CGADB? Toda logomarca costuma apresentar elementos que enfatizam a sua missão. Veja o caso do Bradesco. Os elementos geométricos de sua marca dão forma ao tronco e à copa de uma árvore, o que simboliza vida, crescimento, abrigo, suporte, etc. No emblema da Seleção Brasileira aparecem cinco estrelas para designar que o Brasil é pentacampeão mundial. E assim por diante.


O logotipo da CGADB foi criado para enfatizar a missão da centenária Igreja Evangélica Assembleia de Deus. As figuras dos homenzinhos juntos, enfileirados, marchando, representam trabalho, multiplicação, evangelização, união e crescimento. Alude à Grande Comissão (Mt 28.19; Mc 16.15-20). Já a chama que aparece sobre a cabeça de um deles simboliza o poder do Espírito Santo, que vem do alto (Lc 24.49; At 1.8). Falo com conhecimento de causa, pois sou membro dessa instituição há muitos anos.


Em Cristo,


Ciro Sanches Zibordi

7 comentários:

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo e nosso pr. Ciro Zibordi,

A paz de Cristo, o nosso Senhor!

É incrível o que passa na cabeça de alguns que se deixam levar por qualquer onda de afirmações.

Por certo, é certo que alguns como o amado possue a base no conhecimento da Palavra e da consciência formada pelo conhecimento da Palavra, e assim, graças a Deus, pode e deve cada vez mais, continuar nesta árdua batalha: A de dilacerar as insinuações e as heresias terroristas que tentam desviar a mente de muitos para o calabouço.

O Senhor seja contigo, nobre atalaia!

O menor de todos os menores.

Marcio disse...

Pastor Ciro analisando o salmo 1 , surgiu uma duvida , o que significa não se assentar na roda dos escarnecedores?. tenho amigos que não são evangélicos e estive num aniversário e nos sentamos nas mesma mesa onde eles bebiam,contavam algumas piadas mas mantive minha posição e fui convidado para orar pelo dono da festa aproveitei e falei de Jesus, como evangelizar estas pessoas se somos criticados por estarmos junto com elas ?

Pr. Anderson Luciano Betim Ribeiro disse...

A Paz do Senhor Pastor!

Opa, seis estrelas no emblema? É profético Pastor? RSRSRS

Parabéns, mais uma vez coerente, equilibrado e esclarecedor. Deus te conserve nesta missão de promover a verdade com propósito de edificar.

Um abraço.

pr Jonatas de Oliveira disse...

Boa abordagem do pr. Ciro!
Por falta de conhecimento, por falta de juízo crítico, por falta de temor a Deus, por falta de sensibilidade com a dignidade alheia; e alguns, (com todo respeito), por falta de atividade produtiva, tem dado uma importância exagerada a escritos ou vídeos com a "última revelação" do cristianismo.
Alguns, por pura preocupação excessiva com a vida alheia, escrevem e divulgam grandes inutilidades.
Creio que, assim como o escritor deste artigo, deveríamos nos dedicar a estudar a palavra de Deus e livros que possam edificar e informar.
Claro que isso envolve investimento financeiro; e também atividade mental; afinal, estudar também é trabalho; como disse Albert Einstein “Sucesso e genialidade, são 10 por cento de inspiração e 90 por cento de transpiração”.

FB FILMAGENS disse...

Pr. Ciro, a Paz do Senhor Jesus!
Igreja precisa mesmo de Logomarca?
E a meus olhos ela parece bem estranha!
Abraço,
Juliane

FB FILMAGENS disse...

Pr. Ciro, a Paz do Senhor!

Igreja precisa mesmo de Logomarca?
Para mim parece estranha.

Abs,
Juliane

Anônimo disse...

Deus tenha misericórdia de nós! ....A Assembléia de Deus já não é mais a Assembléia de Deus!.