terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Caia de joelhos diante do Salvador Jesus Cristo


A belíssima composição Oh Holy Night, do francês Adolphe Charles Adam (1803-1856), fala da noite do nascimento do nosso Salvador Jesus Cristo. Ela nos estimula a imaginar como foi aquele glorioso momento e glorificar a Deus por isso: “Caia de joelhos/ Oh, ouça as vozes dos anjos/ Oh, noite divina/ Oh, noite, quando Cristo nasceu/ Oh, divina noite”.

Na composição há também uma referência à oração-modelo deixada pelo Senhor Jesus, conhecida como “Pai Nosso”. E, em seguida, vem novamente a ênfase: “Caia de joelhos/ Oh, ouça as vozes dos anjos/ Oh, divina noite/ Oh, noite, quando Cristo nasceu/ Oh, divina noite/ Oh, noite/ Oh, noite santa! [...]/ O poder e a glória! [Oh santa noite!]/ Cristo Jesus/ Jesus Cristo! [Oh, noite santa]/ Ele nasceu nesta noite, noite santa!”

Que jamais nos esqueçamos de cair de joelhos todos os dias, onde quer que estejamos, a fim de reconhecer a obra vicária que o Senhor Jesus realizou ao se encarnar para nos revelar a glória do Pai, morrer pelos nossos pecados e ressuscitar para a nossa justificação.

Ouça agora a belíssima canção, composta no século XIX, Oh Holy Night. No vídeo abaixo, ela é interpretada pelo quarteto Il Divo — formado por um suíço, um norte-americano, um francês e um espanhol — num anfiteatro romano (em ruínas), na cidade de Mérida, Espanha.




Ciro Sanches Zibordi

2 comentários:

Anônimo disse...

Que tópico lindo e oportuno,
Agora mesmo estava ouvindo esta canção na versão da Jeanne Mascarenhas, que acabou de lançar o CD Meu natal" e deslumbrei com a voz, arte e a técnica da mesma.
Antes tinha gostado na versao de Eduardo e Silvana.
Agora me encantei com esta versao que o senhor postou ai, parabens.

Antonio GaRCIA.

Anônimo disse...

Sinceramente, chorei! Que Deus abençoe sobremaneira tão lindas vozes, e que o Senhor coloque no coração desses talentosos jovens o seu real temor, para que eles estejam sempre dispostos a louvá-LO. Jesus Cristo é sempre digno de toda honra e glória e louvor.
Em Cristo
Luciano